Browsing Tag

teatro

Adaptação da obra de Noel Rosa, “A Noiva e o Condutor”, faz duas apresentações no Teatro Brasil Tropical

Inspirado na opereta de Noel Rosa e Arnold Gluckmann, “A Noiva e o Condutor” sobe aos palcos nas férias do Teatro Brasil Tropical para apresentações dias 18 e 25 de janeiro, (sábados) às 20h. ​
A narrativa acompanha Helena, moça que sonha em se casar com um rapaz abastado, e é traída pela paixão quando conhece Joaquim. Embalado pelos clássicos do samba como ‘Com que roupa eu vou’ e outras canções menos populares, o espetáculo revela um olhar crítico sobre a sociedade da década de 1930 e dá uma nova roupagem à opereta original.​
  ​
No palco, artistas se entregam na energética mistura de cantar, dançar e atuar para divertir a plateia. A Noiva do Condutor é uma revista radiofônica escrita pelo genial sambista Noel Rosa. Mesmo com a morte precoce, Noel criou uma série de inesquecíveis músicas tocadas ao longo dos anos. O Grupo K’Os Coletivo resolveu repaginar o musical escrito em 1935, batizando-o de “A Noiva e o Condutor”.​
A obra fala da história do Brasil, do apogeu do samba e dos costumes. Além disso, o musical favorece a pesquisa do samba, gênero tão importante na formação da cultura.​
SERVIÇO
A Noiva e o Condutor​
Data: 18 e 25 de janeiro (Sábado)​
Horário: 20h​
Local: Teatro Brasil Tropical (Av. da Abolição, 2323 – Meireles)
Valores: R$60 inteira / R$30 meia-entrada​

Ingressos: sympla.com.br ou na bilheteria do teatro​

Meia-Entrada: Crianças de 2 a 12 anos, Estudantes, Idosos com 60 anos ou mais, Jovens pertencentes a Família de Baixa Renda, Pessoas com Deficiência, Professores e Profissionais da Rede Pública Municipal de Ensino.​

Duração: Aproximadamente 60 minutos​
Classificação indicativa: LIVRE​
Capacidade: 437 lugares​
Informações: (85) 3254-6705

Christian Figueiredo apresenta show em família no Theatro Via Sul Fortaleza

Transitando por um mundo imaginário, Christian Figueiredo, traz nos dias 11 e 12 de janeiro aos palcos do Theatro Via Sul Fortaleza, uma história de possibilidades e encantamentos. Através de um telão, o ator vai percorrer por várias faixas etárias e através de seu super controle remoto ele vai direto ao futuro onde verá possibilidades e em um simples clique caminha para o passado. Levando a plateia a uma viagem de possibilidades e interpretações sobre vários momentos em que vivemos e ainda vamos viver.

“Um espetáculo que tem muita interação, muitos youtubers irão participar através do telão, é a possibilidade de mostrar algo totalmente novo, diferente de tudo o que já fiz em toda minha vida, muito confiante nesse novo desafio.”, completa Christian. Christian em Família é um espetáculo para todas as idades, que levará plateia a uma reflexão de quanto é interessante a pessoa amadurecer, rever e conhecer as outras fases da vida através de uma nova perspectiva.

 

Sobre Christian Figueiredo

Christian começou sua carreira com 15 anos de idade em seu canal no Youtube, hoje suas redes somam milhões de seguidores. Na televisão, o ator gravou a série “Me conta lá no quarto” para programa dominical Fantástico da Rede Globo de televisão. No cinema o ator gravou juntamente com outras celebridades “Internet – O filme”, que levou para as telonas uma forma diferente de conhecimento sobre a grande rede mundial de computadores. Na literatura o YouTuber escreveu “Eu fico loko – As aventuras de um adolescente nada convencional” e seu segundo livro “Eu fico loko 2 – As histórias que eu tive medo de contar”, projeto em que ganhou ainda mais notoriedade em sua carreira com milhares de livros vendidos. No teatro, Christian rodou o Brasil com a turnê “Eu fico Loko” e hoje volta aos palcos para mais um sucesso nacional com “Christian Figueiredo em família”.

 

SERVIÇO

‘Christian Figueiredo em Família’

Datas: 11 e 12 de Janeiro de 2019

Horário: Sábado e Domingo 16h;

Classificação: 12 Anos

Duração: 80min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$ 80/R$ 40 (plateia e mezanino)

Vendas: Bilheteria do teatro ou https://site.bileto.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza/

Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h

Capacidade: 732 PessoasInformações: (85) 3099-1290

Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.Estacionamento no Via Sul Shopping

Sucesso de público, comédia “O Auto do Cumpade Cido” está de volta ao Theatro Via Sul Fortaleza

Em cartaz desde 2007, com público de mais de 100 mil pessoas, a comédia “O Auto do Cumpade Cido” entra em cartaz para apresentações dias 28 e 29 de dezembro, às 21h, no Theatro Via Sul Fortaleza.

O Auto do Cumpade Cido é uma comédia que caiu do céu. É uma alusão ao Auto da Compadecida de Ariano Suassuna, mas é outra história…

Desde 2007 em cartaz. Começou lá no Teatro Praia Centro, onde fez muita gente rir, depois partiu para multidões no Theatro Via Sul, festival de humor de Maranguape, Juazeiro do Norte, e mais uma ruma de lugar, atingindo a marca de mais de 100 mil pessoas que já sorriram com as peripécias dos atores em cena. São inúmeros os testemunhos de gente que assistiu a peça e levou o restante da família para se alegrar, desde 2007 surpreende pelo humor puro de censura livre e hospitaleiro.

 

ELENCO

Luis Costa faz o papel de Seu Cido, um velho coronel, viúvo, que acabou de perder a esposa e mora com um funcionário baixinho e engraçado, que vive querendo arrumar a vida do seu Cido.

João Besouro, o incrível João Netto, criador da personagem Zé Modesto.

Luis Costa é ator com 35 peças de teatro na carreira. Fez parte do elenco do quadro de humor “Se liga no humor da TV Verdes mares. Atualmente é ator do Grupo Comédia Cearense, o mais antigo grupo de teatro do Brasil, em atividade.

 

TEATRO ESSENCIAL

A melhor definição para O Auto do Cumpade Cido, são dois atores e um cenário minimalista durante todo o espetáculo.

Um tamborete, um lampião e algo que não tem limite, as reflexões e as gargalhadas.

 

SERVIÇO

Auto do Cumpade Cido Datas: 28 e 29 de Dezembro de 2019

Horário: Sábado e Domingo 21h;

Classificação: LIVRE

Duração: 60min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$50/R$25 (plateia alta lateral e mezanino) e R$60/R$30 (plateia baixa e alta central)

Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h

Capacidade: 732 PessoasInformações: (85) 3099-1290

Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.Estacionamento no Via Sul Shopping

Musical “Isso que é amor”, inspirado em canções de Luan Santana, chega ao Theatro Via Sul Fortaleza

 ​
Inspirado nas canções de Luan Santana, o musical “Isso que é amor” sobe aos palcos do Theatro Via Sul Fortaleza para apresentações dias 14 e 15 de dezembro em três sessões.
O espetáculo conta a história de Gabriel Lucas, um jovem e romântico popstar, que sonha em encontrar um amor que inspire as suas criações e a sua vida. Ao compor as músicas para o próximo álbum, Gabriel fantasia uma mulher desconhecida, a vê em detalhes, sonha com ela durante as noites. A cada dia, ela lhe parece mais real. Passando por uma das cidades da sua turnê, ele a reconhece, por acaso, em uma praça: Leona. Como nas fantasias de Gabriel, os dois se apaixonam. Impulsionados por um encontro que às vezes parece mágico, em outras vezes, real, os dois jovens enfrentam obstáculos e crescem para viver esse amor plenamente.

SERVIÇO

Isso que é Amor
Datas: 14 e 15 de Dezembro de 2019

Horário: Sábado 18h e 21h; Domingo 19h

Classificação: LIVRE

Duração: 120min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: Sábado – 18h e 21h R$50,00/R$25,00 (Mezanino Lateral) R$120,00/R$60,00 (Demais Setores)

Domingo – 19h R$50,00/25,00 (Mezanino Lateral) R$100,00/R$50,00 (Demais setores)

Vendas: Bilheteria do teatro ou https://www.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza

Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.

Estacionamento no Via Sul Shopping

Espetáculo “Pocahontas” será apresentado no Teatro Brasil Tropical

 

 
Inspirado na história real da famosa ameríndia, que virou filme e desenho animado pela Disney, a Escola de Atores Marcelino Câmara traz para os palcos do Teatro Brasil Tropical o espetáculo “Pocahontas”, dia 8 de dezembro, às 17h​
A peça conta a história de Pocahontas, filha do chefe de uma tribo nativa, que quando vê as terras que seu povo habita serem invadidas por exploradores, só lhe resta uma opção: tentar impedir um confronto que pode resultar em um grande massacre Para isso, conta com a ajuda de John Smith, seu aliado.​
A adaptação teatral conta com atores que desenvolvem vários personagens, expondo, assim, a ideia de que nativos e exploradores são seres que fazem parte do mesmo meio.​
Serviço:
Pocahontas​
Local: Teatro Brasil Tropical (Av. da Abolição, 2323)​
Data: 8 de Dezembro (Domingo)​
Horário: 17h
Valores: R$40,00 inteira / R$20,00 meia-entrada​
Ingresso: sympla.com.br​
Duração: 50 minutos​
Classificação indicativa: LIVRE​

Abertura do Ceará Natal de Luz na Praça Portugal terá show de Nando Cordel, música erudita e teatro

 

A 23ª edição do Ceará Natal de Luz 2019 segue com uma programação diversificada, repleta de cearensidade, valorizando os talentos do Ceará e do Nordeste. Além do Coral da Luz que se apresenta diariamente na Praça do Ferreira, o evento natalino chega à Praça Portugal neste sábado (30) e domingo (01), a partir das 17h30. As atrações culturais no coração da Aldeota acontecerão todos os fins de semana, até 22 de dezembro.

A abertura será neste sábado (30) com o Octeto Porta Voz e banda. Com Poty Fontenelle como maestro, foi o primeiro grupo coral cearense a realizar turnê pela Europa, em 1996. Participou do maior festival de coral das Américas, o Cantapueblo, em Mendoza, na Argentina e ganhou as 4 edições do Trofeu Brasil Cantat, dado aos 16 melhores corais do país.

Em seguida, será a vez da apresentação ‘O Natal do Ceará’, do grupo teatral Blitz Intervenções, às 18h30. No espetáculo, as crianças irão conhecer Cdlino e Cdlina, ajudantes do Noel, que nasceram na oficina do Mestre Espedito Seleiro. De lá, também veio Olinda, uma árvore que não se identifica com os clássicos pinheiros natalinos e busca sua identidade na nossa história.

A primeira noite estará completa com o show do cantor pernambucano Nando Cordel, às 19 horas. Compositor de grandes canções como ‘De volta ao aconchego’ e ‘Isto aqui tá muito bom’, ambas com Dominguinhos, ele é considerado um dos maiores nomes do país, com letras cantadas por Maria Bethânia, Ivete, Chico Buarque, Zizi Possi, Fafá de Belém, Fagner, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Martinho da Vila, entre outros. No último mês, o cantor fez música para falar sobre o óleo que atingiu as praias do Nordeste.

Já no domingo (01), a partir das 17 horas, o grupo Quartzo Verde, de instrumentistas da iniciação artística da Universidade Estadual do Ceará (UECE), sob orientação do professor Ms. George Pessoa, fará apresentação com a improvisação como processo criativo para a performance. As particularidades de cada integrante são valorizadas, tornando cada apresentação do grupo única.

Às 17h30 é a vez da peça ‘Segredo de Duende’, da Blitz, que irá trazer a magia para o ambiente, remetendo a nossa imaginação a um jardim imenso, iluminado e caprichosamente cuidado por seres mágicos. Os seis duendes conduzirão o espetáculo no Jardim Encantado do Noel.

O trio formado por Tito Freitas, Nélio Costa e Ricardo Pontes, que surgiu casualmente pela afinidade musical dos integrantes, formará uma união na apresentação musical, às 18 horas. O trio tem um repertório diverso com clássicos natalinos “Jingle Bell”, “Noite Feliz”e “Então é Natal”, e sambas como “Canto de Osanha”, “Madalena” e “Samba de uma nota só”.

Dando continuidade à programação artística, às 18h40,acontecerá a apresentação de Uma Noite em Viena, com os solistas Adrianne Moreno, Esther Fontenelle, Franklin Dantas, Giorgi Gelashvili e Liana Fonteles.

A segunda noite de apresentações do Ceará Natal de Luz na Praça Portugal se encerrará ao som da música instrumental da Orquestra de Sopros de Pindoretama. A partir das 19 horas, os músicos do projeto que já estiveram em mais de 600 concertos em todo o Ceará e executam um repertório rico de canções nacionais e internacionais.

Parceiros

A 23ª edição do Ceará Natal de Luz é realizado pela CDL Fortaleza e pelo Instituto CDL de Cultura e Responsabilidade Social, apresentado pelo Ministério da Cidadania, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e pela Prefeitura Municipal de Fortaleza. O evento conta com o patrocínio das seguintes empresas e instituições: Sesi, Fiec, Café Santa Clara, Zenir, M Dias Branco, Casa Pio, Enel, Newland, Normatel, Banco do Nordeste e Rede. E tem ainda o apoio do Governo do Estado do Ceará, da Câmara Municipal de Fortaleza, da Assembleia Legislativa do Ceará, do Sistema Verdes Mares, do Grupo Edson Queiroz, da Faculdade CDL, do Sindiônibus, da Indaiá, do Shopping Del Paseo, do Shopping Aldeota e do Jardins Open Mall.

PROGRAMAÇÃO PRAÇA PORTUGAL

 

Sábado, 30 de novembro

17h30 – Octeto Porta Voz e banda

18h30 – O Natal do Ceará, Blitz Intervenções

19h – Nando Cordel

Domingo, 01 de dezembro

17h – Quartzo Verde (UECE)

17h30 – Segredo de Duende, Blitz Intervenções

18h – Tito Freitas Trio

18h40 – Uma Noite em Viena, com os solistas Adrianne Moreno, Esther Fontenelle, Franklin Dantas, Giorgi Gelashvili e Liana Fonteles e trio

19h30 – Orquestra de Sopros de Pindoretama

alores coletivos e descarte consciente do lixo são temas de intervenções artísticas na Virada Cultural Fortaleza

 

Alinhada com um dos objetivos da Virada Cultural Fortaleza de promover um contato de afeto e aproximação entre o Centro da cidade e a população, o evento traz a artista plástica, Joana Salle, para fazer algumas intervenções artísticas. As ações pretendem fazer provocações suaves, divertidas e pertinentes e abordarão temas como valores coletivos e descarte consciente do lixo. As intervenções serão montadas nos locais em que haverá programação e ficarão disponíveis durante todo o evento. “A Virada Cultural é muito mais que um evento, é um espaço de festa, cultura, diálogos e pensamentos junto com a população. A minha ideia é criar suportes que provoquem as pessoas e amplifiquem pautas pertinentes”, conta Joana Salle. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Fortaleza por meio da Secretaria de Cultura (Secultfor).

 

Uma das intervenções, segundo a artista, aborda valores coletivos através de questionamentos ao público como: “Qual é a sua bandeira?”, “Que bandeira você levanta e luta por ela?”, pois, como a artista reforça, cada um levanta sua bandeira de interesse próprio, de acordo com suas culturas, seus ideais, religiões. “Frente às atuais crises democráticas, ambientais e culturais, torna-se ainda mais urgente dialogar com o público sobre o futuro do coletivo. Com essa ação, eu convido as pessoas a abrir o coração, falar sobre sentimentos bons, coletivos, positivos. Convido todos a levantar suas bandeiras coletivas, de valores universais, pois, no meio de tantas diferenças, encontramos sentimentos que são comuns a todos e isso nos fortalece”, afirma Joana Salle.

 

Com a segunda intervenção, intitulada de “Caçambart”, a artista pretende chamar atenção dos fortalezenses para importância de depositar o lixo corretamente e nos locais adequados. Com a instalação, que faz parte do projeto “Lixo é massa”, Joana fará intervenções nas caçambas de rua, originalmente utilizadas para descarte de entulhos de obras da construção civil. Serão fixados adesivos, bandeiras e tubos de led nas caçambas identificando o tipo de material que deve ser descartado no local na cor correspondente a cada um (papel, plástico, vidro e metal). A comunicação será feita no conceito de maximalismo de informação, provocando visualmente a população com arte, design e luz. “A ideia é educar e comunicar com imagem de repetição. Não existe mais “fora” quando se fala em lixo, ele faz parte do nosso dia a dia, por isso queremos conduzir as pessoas a usar corretamente o lixo e saber separá-lo adequadamente. O benefício é coletivo!”, reforça a artista

 

Sobre a artista

Joana Salle é arquiteta e artista visual, com pós-graduação em Arte Contemporânea na Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP (SP). Cearense radicada em São Paulo, a artista desenvolve projetos que dialogam com resíduos em diversas instalações da capital paulista. Um dos últimos trabalhos foi realizado com a utilização das sobras de tecido da estilista Adriana Barra. Joana desenvolveu um projeto de oficina criativa com mulheres com privação de liberdade do presídio de Santana (SP). As detentas criaram um jardim de flores de tecido, em que o afeto e as histórias fomentaram a criatividade dessas mulheres. No primeiro dia de primavera, no bairro de Pinheiros, o jardim foi aberto para o público e foram divididos sentimentos em formato de flores para as pessoas. No trabalho mais atual, “Alma De Artista”, Joana montou uma barraca e vendeu sua “alma” por R$ 1,99 na avenida Paulista.

 

Confira abaixo a programação completa.(Programação sujeita à alteração)

Mercado São Sebastião – Festival da Buchada
Rua General Clarindo de Queiroz, 1745

Datas: 08 e 9/11 (sexta e sábado)

Hora: das 18h às 0h

Atrações:

08/11: Trio Pisada Mansa, Forró Só no Machucado e Thiaguinho Mala Mansa

09/11: Forró é o Novo, Jean Dumont e Waldonys.

Praça do Ferreira

Rua Floriano Peixoto
Datas: 09 e 10/11 (sábado e domingo)

Hora: das 16h às 00h30, no sábado a domingo (09 a 10/11), e das 15h às 18h30, no domingo (10/11)

Atrações:

09/11: Tarcísio Sardinha, Ghetto Roots, Banda Dubaile, Os Transacionais, Os Alfazemas e Cordel do

Fogo Encantado.

10/11: Orquestra Popular do Nordeste, Roberta Fiúza e show do cantor Felipe Cordeiro.

Praça dos Leões

Rua General Bezerril
Datas: 09 e 10/11 (sábado e domingo)

Hora: das 16h às 8h, de sábado a domingo (09 a 10/11), e das 12h às 20h, no domingo (10/11)

Atrações:

09/11: Coletivo Fertinha, Coletivo de DJs Brega que Pariu, Transvirada Cultural com o Coletivo as

Travestidas e, Coletivo Carnaval no Inferno.

10/11: Projeto Som na Caixa, projeto Tome Batom Vermelho e Coletivo Rebel Women.

Mercado dos Pinhões

Praça Visconde de Pelotas
Datas: 08, 09 e 10/11 (sexta, sábado e domingo)

Hora: das 18h às 22h30, na sexta-feira (08/11); das 16h às 21h, no sábado (09/11); e das 16h às 20h, no

domingo (10/11).

Atrações:

08/11: Renato Assunção, Paulo Façanha, Freitas Filho e Gabriela Mendes

09/11: Feira de Economia Criativa, Alê Eloi, Roberto Viana, Yane Caracas e Preto e Café

10/11: Feira de Economia Criativa, DJ Famoso, Lídia Maria, Mel Mattos e Anderson Monteiro.

 

Praça Cristo Redentor

Ao lado do Teatro São José
Data: 09/11 (sábado)

Hora: das 16h às 21h30

Atrações: Roda de capoeira com Associação Zumbi Capoeira, Grupo Na Quebrada do Coco, Tambor das Marias da Casa do Mestre Felipe e Festa dos Tambores Ancestrais, com Pingo de Fortaleza convida Luxo da Aldeia.

Teatro São José

Rua Rufino de Alençar, 299-327
Datas: 09 e 10/11 (sábado e domingo)

Hora: das 17h às 23h, de sábado (09/11); e das 10h às 17h, no domingo (10/11)

Atrações:

09/11: Projeto Musicando Fortaleza e espetáculo teatral “Maquinista”, do Pavilhão da Magnólia.

10/11: Espetáculo infantil “O Napoleão”, do Pavilhão da Magnólia, e espetáculo infantil “Entra na Roda”,

do grupo Os Comedores de Abacaxi.

Complexo Cultural Vila das Artes – Casa do Barão de Camocim

Rua General Sampaio, 1632 – Centro
Datas: 09 e 10/11 (sábado e domingo)

Hora: das 16h às 18h, no sábado (09/11); e das 10h às 16h, no domingo (10/11).

Atração: Exposição de Quadrinhos

Complexo Cultural Vila das Artes – Vila das Artes

Rua 24 de Maio, 1221
Datas: 9 e 10/11 (sábado e domingo)

Hora: das 16h às 2h, de sábado a domingo (9 a 10/11); e das 10h às 16h, no domingo (10/11)

Atrações:

09/11: Arena ClubNerd (jogos modernos de tabuleiro), Let’s Cosplay (encontro e concurso de cosplay),

Game Cup (campeonato de videogame), Vila do Rock (Show de rock), Sarau na Taipa e Sarau da Cia.

Bate Palmas.

10/11: Espaço Kids, Covil do RPG (jogos de RPG), Feira de Quadrinhos e produtos Geek, palestra

“Harry Potter e o impacto da leitura infanto juvenil”, com Ascendio, e palestra sobre literatura fantástica

com a escritora Renata Ventura, autora do livro “Arma Escarlate”.

Roteiros Culturais Passeios a pé pelo Centro

Datas: 09 e 10/11 (sábado e domingo)

Hora: das 15h às 16h

Concentração: Teatro São José

Percurso: Teatro São José, Paço Municipal, Travessa Crato (Raimundo dos Queijos), Centro Cultural

BNB, Praça dos Leões (Museu do Ceará, Igreja do Rosário e Academia Cearense de Letras) e Praça do

Ferreira (Observatório de Fortaleza, farmácia Osvaldo Cruz e Cineteatro São Luiz).

Ciclofaixa Cultural
Data: 10/11 (domingo)

Hora: das 8h às 13h

Concentração do passeio ciclístico guiado: 8h no Paço Municipal

Pontos de visitação: Paço Municipal, Forte Nossa Senhora da Assunção, Travessa Crato (Raimundo dos

Queijos), Praça dos Leões, Praça do Ferreira, Praça Filgueiras de Melo e Teatro São José.

Paço Municipal e Anfiteatro

Rua São José, 01
Data: 10/11 (domingo)

Hora: das 8h às 17h

Atrações: visita guiada “Nossa História”, Arena kids, Festival de Passinho, Cururu Skate e Reggae,

contação de histórias com Paula Yemanjá e Rafael Limaverde, projeto Pé de Livros, sarau Pé de Palavra, Lançamento de livro “Tirinete – Rabecas da Tradição”, do escritor Gilmar de Carvalho, Chorinho Cordas que Falam e roda de conversa com Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez) e Gilmar de Carvalho.

Polo dos Queijos

Rua General Bezerril, 151
Data: 10/11 (domingo)

Hora: das 8h às 16h

Atrações: Roda de Bamba (chorinho), Roberto Arruda canta Roberto Carlos, Helano Moreira canta

Waldick Soriano, Ericson Medeiros canta Belchior e Cacimba de Aluá (forró).

Cores da Rua – Pintura de Rua
Data: 10/11 (domingo)

Hora: das 8h às 12h

Local: Rua Barão do Rio Branco. Ponto de encontro: no cruzamento com a Rua Guilherme Rocha.

Curta Mais Teatro recebe Ana Guasque e Suzy Rêgo no espetáculo Mulheres de Shakespeare

 

Com texto da premiada autora, Thelma Guedes, e direção do encenador inglês Luke Dixon, o espetáculo recebe sessão única no sábado, dia 16 de novembro, às 19h no Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Na trama, as atrizes Ana Guasque e Suzy Rêgo se encontram em um teatro para uma reunião de elenco quando são surpreendidas por um temporal. Enquanto esperam pelo diretor e o restante da equipe, deparam-se com as mulheres de Shakespeare, memórias femininas que perpassam os séculos. Esse encontro faz com que se voltem para si mesmas, revendo e questionando os próprios conflitos.

A peça reúne as personagens femininas de Shakespeare em um mosaico multifacetado e leve, alternando momentos dramáticos com humor. A montagem é baseada em uma extensa pesquisa realizada pela atriz e bailarina Ana Guasque sobre as figuras femininas na obra de William Shakespeare (1564-1616). De acordo com as atrizes, a encenação surgiu da necessidade de dar voz a essas personagens criadas há cinco séculos, uma época em que as mulheres não possuíam espaço na sociedade e sequer podiam subir ao palco – elas eram interpretadas por homens mais jovens que possuíam a voz mais aguda.

Serviço

[Curta Mais Teatro] Mulheres de Shakespeare

Data: sábado(16), às 19h

Local: Cineteatro São Luiz – Rua Major Facundo, 500 – Centro

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) – à venda na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus

Classificação Indicativa: 12 anos

Duração: 80 minutos

 

ESPETÁCULO INFANTIL ANNIE ENTRA EM CARTAZ NO THEATRO VIA SUL FORTALEZA

Annie conta a história de uma órfã que, junto de mais seis
crianças, vive numa casa comandada pela dona Hannigan, todas
abandonadas depois de perderem os pais e expostas a trabalhos constantes
e maus tratos da chefe da casa. O espetáculo infantil acontece neste
sábado, dia 2 de novembro, em duas sessões, 15h e 17h, no Theatro Via
Sul Fortaleza.

A protagonista, que tem onze anos, foi deixada na frente do orfanato com
um cordão de brilhante e uma carta dos pais avisando que voltariam para
buscá-la, deixando sempre uma faísca de esperança com a menina. Às
vésperas do Natal, Annie foge do orfanato e conhece a turbulenta Nova
York, tendo a sorte de ser chamada para passar um tempo com o
milionário Oliver Warbucks, onde enfim dá início a trama agitada e
contagiante. Espetáculo baseado na história em quadrinhos de Harold
Gray que estreou na Broadway em 1977 e agora ganha uma versão adaptada pela Escola de Atores Marcelino Câmara. A carismática protagonista Annie é uma garotinha ruiva que foi abandonada por seus pais quando ainda era bebê — mas nunca perdeu a esperança de encontrá-los.

Após uma seleção o elenco é composto de 15 meninas, que se revezam
no papel das órfãs e com belas coreografias e impagável nas
provocações à Senhora Hannigan, a ranzinza administradora do
orfanato. Às vésperas do Natal, Annie tenta fugir dos desmandos de
Hannigan e, por sorte, acaba sendo convidada para passar uma temporada
na mansão de Oliver Warbucks, milionário interpretado por Dacosta
Gomes, que começa a trama durão, mas logo se encanta com a menina de
cachos vermelhos. Golpe de misericórdia para derreter o coração das
famílias: Annie salva da carrocinha um cachorro (sim, de verdade), que
ela decide apelidar de Sandy.

SERVIÇO

Annie

Datas: 02 de Novembro de 2019

Horário: Sábado 15h e 17h;

Classificação: LIVRE

Duração: 90min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 –
Edson Queiroz

Ingressos: R$ 40/R$ 20 (mezanino) e R$40/R$20 (plateia)

Vendas: Bilheteria do teatro ou online:
https://site.bileto.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza/

Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290

Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h
às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h

Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.
Estacionamento no Via Sul Shopping

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE É ENCENADA NO TEATRO BRASIL TROPICAL


Um dos famosos clássicos da literatura e do cinema mundial ganha
adaptação pela Escola de Atores Marcelino Câmara. É a A Fantástica
Fábrica de Chocolate, que entra em cartaz dia 3 de novembro, às 17h,
no Teatro Brasil Tropical.

O espetáculo conta a história de Charlotte Bucket é uma garota pobre
que vive com o avô numa pequena e miserável casa. Ela é uma grande
fã de chocolate, do qual ganha apenas uma barra e somente no dia de seu
aniversário, da marca do maior fabricante de chocolate do país: Willy
Wonka, cuja enorme e enigmática fábrica está situada bem perto de sua
casa.

Eis que Willy Wonka lança uma estranha promoção: em cinco de suas
Barras Wonka foram colocados convites dourados, que davam a quem os
achasse o direito de passar um dia visitando a fábrica. Charlotte,
então, abre seu presente anual mais cedo, mas não consegue encontrar o
Convite Dourado.

A primeira criança a encontrar o Convite Dourado é Augustus Gloop. Era
de se esperar que Augustus ganhasse o Convite Dourado, já que come
muitas barras por dia. A segunda pessoa a achar o convite foi Veruca
Salt. Veruca sempre consegue tudo o que quer, e atazanou o pai até
conseguir um Convite. Porém, não foi o senhor Salt que o deu, nem a
senhora Salt, mas sim as empregadas da fábrica de nozes do senhor Salt.
A terceira ganhadora foi Violet Beauregarde que tem entre seus hábitos
a arte de mascar chiclete. Em suas palavras e nas de sua mãe ela “é
uma vencedora”. E até o fato de ela, com apenas 10 anos, ter 263
troféus e medalhas é impressionante. Do que ela parece mais gostar é
de seu recorde mundial de mascar chicletes. O quarto ganhador foi Mary
Game, uma garota que joga muito vídeo game, mal-humorada e metida a
sabe-tudo, além disso, viciada em televisão e não mostra nenhum
interesse por ter ganho um Convite Dourado.

Charlotte encontra o último convite. Uma mulher ofereceu 500 dólares
de presente para Charlotte em troca do convite, mas o dono da loja onde
Charlie comprou a barra mandou-a e a outro interesseiro deixá-lo em
paz, dizendo a ele não dar o convite a ninguém.

Na Fábrica de Chocolate de Wonka, as crianças conhecem Willy Wonka e
seus estranhos empregados, os Oompa-Loompas. Na Fábrica, cada uma das
crianças egoístas recebe um castigo e uma música, composta pelos
Oompa Loompas. O primeiro a ir embora é Augustus Gloop, num acidente na
sala do chocolate. A segunda é Violet Beauregarde, num acidente na
importante sala de invenções. A terceira é Veruca Salt na sala de
nozes. O quarto é Mary Game na sala que ela própria escolheu. Só
sobrou Charlotte que recebe a fábrica de presente.

SERVIÇO:

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE

Local: Teatro Brasil Tropical – Av. da Abolição, 2323

Data: 3 de Novembro (Domingo)

Horário: 17h

Valores: R$40 inteira / R$20 meia

Ingresso: sympla.com.br

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: LIVRE

Informações: (85) 3458-1900

MINHA VIDA EM MARTE, DE MÔNICA MARTELLI, FAZ APRESENTAÇÕES EM FORTALEZA


Créditos: Julia Rodrigues

A comédia Minha Vida em Marte, de MÔNICA MARTELLI, chega a Fortaleza
para apresentações no TEATRO RIOMAR FORTALEZA, NOS DIAS 2 E 3 DE
NOVEMBRO. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pela
internet, através do site uhuu.com ou na bilheteria dos teatros.
Com a sua peça, Mônica que já conquistou um público impressionante:
são 200 mil espectadores desde sua estreia, em maio de 2017, no Rio de
Janeiro. De lá para cá, a obra recebeu cinco indicações a prêmios e
passou por diversas cidades, sempre com sessões esgotadas. Além disso,
a peça inspirou o filme _Minha Vida em Marte, _que levou mais de 5
milhões de espectadores aos cinemas, o que a faz detentora da maior
bilheteria nacional dos últimos anos – assim como no teatro e na
televisão, Mônica também foi dirigida por sua irmã, SUSANA GARCIA,
celebrando, mais uma vez, o sucesso da parceria.

Minha Vida em Marte é a continuação da saga de Fernanda, personagem
que surgiu pela primeira vez no teatro em 2005, quando Mônica Martelli
lançou a comédia Os Homens São de Marte… E é pra Lá que eu Vou,
sem imaginar o sucesso que a peça, protagonizada e escrita por ela,
alcançaria. Fernanda, a personagem que ela criou para falar de amor e
discutir o empoderamento feminino muito antes da expressão ter a
importância que tem hoje, mudou a vida de Monica. A autora, então com
36 anos, viu o espetáculo tornar-se um sucesso sem precedentes ao
alcançar mais de 2,5 milhões de espectadores e dar origem a um filme
homônimo – que arrastou mais de 2 milhões pessoas para os cinemas
– e a uma série televisiva com o mesmo título que vai para a sua
quinta temporada no GNT, sendo uma das maiores audiências do canal.

Doze anos depois Mônica repete o sucesso de sua peça precursora.
Dirigida pela irmã SUSANA GARCIA, Minha Vida em Marte traz de volta
Fernanda, agora com 45 anos, à procura de respostas para a
sobrevivência conjugal. “Demorei para fazer esta peça porque sei que
só é possível falar com propriedade sobre um assunto quando se
consegue olhar para ele com distanciamento”, resume a autora que, tal
qual sua personagem, conhece a fundo a dor da separação. Tendo como
suporte suas próprias experiências, Monica leva ao teatro um monólogo
bem-humorado que aproxima através do riso e leva homens e mulheres à
reflexão. E assim a atriz se confirma como uma das autoras brasileiras
que melhor traduzem o comportamento feminino moderno.

O ENREDO DE MINHA VIDA EM MARTE

Em_ Os Homens São de Marte…_ Fernanda estava em busca do amor. Minha Vida em Marte traz agora a personagem já casada há oito anos com Tom
com quem ela teve uma menina de 5 anos, Joana. Este é o pano de fundo
para a protagonista se questionar na terapia de grupo. É nas sessões
de análise que ela narra e vivencia deliciosamente as alegrias e os
muitos problemas do seu casamento. Ali, ela expõe assuntos íntimos
como a intolerância no casamento, a falta de tesão, as tentativas de
“trabalhar a relação” e percebe que nas relações estagnadas,
adia-se o afeto e acumulam-se mágoas. “É muito comum no casamento
que a gente deixe para amanhã a ternura, o sexo e a tolerância. E
quando percebemos isso, a família que tanto sonhamos já está por um
fio”, revela Mônica sobre o destino de Fernanda.

Fernanda será capaz de superar a crise ou será preciso se separar?
Vale a pena enfrentar a solidão? A comédia toca ainda em temas como
traição, machismo, trabalho duplo da mulher e educação dos filhos.
Minha Vida em Marte é um texto libertador que foi escrito sob a
premissa de que ser feliz é fundamental.

SOBRE MÔNICA MARTELLI

A atriz carioca é a criadora e intérprete de Os Homens São de Marte… E é pra Lá que eu Vou, montagem que durante 12 anos foi
vista por mais de 2,5 milhões de espectadores, passou por 40 cidades em
20 estados brasileiros – além de Portugal – e tornou-se um dos mais
longevos sucessos de público do gênero no país. O monólogo foi um
verdadeiro fenômeno teatral e deu origem a uma série que vai para a
sua quinta temporada no canal GNT. E a um filme, codirigido também por
Susana Garcia e que levou aos cinemas dois milhões de pessoas em 2014.
Em 2018, estreou sua versão cinematográfica de Minha Vida em Marte
junto dos atores Paulo Gustavo e Marcos Palmeira, cravando um novo
sucesso: são mais de 5 milhões de espectadores e a maior bilheteria
para um filme nacional nos últimos anos.

Mônica é vista ainda, há seis anos, como uma das apresentadoras do
programa Saia Justa, no canal GNT. Participou de novelas globais como
Beleza Pura e TITITI, integrou o elenco do seriado Mandrake, da
HBO, e de filmes como Trair e Coçar e Só Começar, entre outros.

SUSANA GARCIA, A DIRETORA __

Susana Garcia é a diretora do espetáculo e do recente filme Minha Vida em Marte, além de ser também irmã de Monica Martelli. Essa
parceria profissional começou na codireção do filme Os Homens São de Marte…, continuou durante as quatro temporadas da série do GNT
que Susana dirigiu e que agora completa um ciclo artístico no teatro e
no cinema. Sua carreira teve início como codiretora no espetáculo La Barca d’América. Logo depois seria ovacionada e premiada em sua
estreia na direção, ao lado do marido HERSON CAPRI, em Eu Sou Minha Própria Mulher – a dobradinha de sucesso seria repetida com Capri no
infantil A Casa da Madrinha. Sua assinatura está ainda em outros
trabalhos como Conversando Com Mamãe, Querida Mamãe e A Fada Que Tinha Ideias.

FICHA TÉCNICA

Texto e interpretação de MÔNICA MARTELLI

Direção de SUSANA GARCIA

Cenografia de FLÁVIO GRAFF

Figurino de MARCELLA VIRZI

Iluminação de MANECO QUINDERÉ

Direção de Movimento de MARCIA RUBIN

Direção de produção de HERSON CAPRI

Produção de CAPRI PRODUÇÕES

Produção Executiva DEBORAH AGUIAR

Assessoria de Imprensa de ANTONIO TRIGO (TRIGO PRESS)

FORTALEZA (CE)

Sábado, 2 de novembro, 21h

Domingo, 3 de novembro, 20h
Duração: 70min
Classificação: Livre

Teatro RioMar Fortaleza (Rua Lauro Nogueira, 1.500 – piso L3 do
Shopping RioMar Fortaleza – Papicu)
www.teatroriomarfortaleza.com.br [2]

SETOR

VALOR

MEIA-ENTRADA

1º Lote – Plateia Baixa A

R$140,00

R$70,00

1º Lote – Plateia Baixa B

R$120,00

R$60,00

1º Lote – Plateia Alta

R$90,00

R$45,00

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser
realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante
apresentação de documentos que comprovem a condição de
beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a
comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na
bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;

***A LEI DA MEIA-ENTRADA MUDOU: agora o benefício é destinado a 40%
dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo
quem têm direito a MEIA-ENTRADA e os TIPOS DE COMPROVAÇÕES OFICIAIS
NO CEARÁ:

  • IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação
    de documento de identidade oficial com foto.
  • ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação
    Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida
    pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios
    Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais
    informações: [3]www.documentodoestudante.com.br [3]
  • PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do
    cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social
    da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto
    Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo
    com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de
    maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão
    estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
  • JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e
    29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que
    será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de
    março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
  • JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de
    identidade oficial com foto.
  • PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante
    apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal
    de Educação e Assistência Social (SEDAS).
  • DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento
    oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados
    doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue
    cos hospitais do Estado do Ceará.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não
comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada
dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do
complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Site: [4]www.uhuu.com [4]

Atendimento: falecom@uhuu.com

BILHETERIA DO TEATRO RIOMAR FORTALEZA: Rua Desembargador Lauro Nogueira,
1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de
funcionamento: de terça-feira a sábado, das 12h às 21h, e domingo e
feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o
início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

FORMAS DE PAGAMENTO:

Internet: Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American.

Bilheteria: Dinheiro, Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American e
Banricompras (débito).

Fabiano Cambota apresenta stand-up comedy no Theatro Via Sul Fortaleza.

O vocalista e violonista da banda Pedra Letícia, Fabiano Cambota, chega a uma nova fase da carreira, agora como humorista, e apresenta seu show de stand-up comedy, dia 25 de outubro, às 21h, no Theatro Via Sul Fortaleza.

Sobre Fabiano Cambota

Agora anda metido porque faz stand-up comedy, e acha que está pronto pra ser ator. Começou a tocar quando era adulto e suas influências variam entre rock clássico e música brasileira. Seu maior sonho era o pesadelo da família: ser músico. Arranha pandeiro, viola e violão, mas só arranha. Nasceu em Goiânia. Capricorniano, não tem a menor ideia do que isso influencia na sua existência. Mede 1,83m e o peso varia de acordo com a época do ano.

Antes de se tornar cantor, foi bancário, professor de inglês e dançarino safado na Itália. Começou a tocar quando já era adulto e suas influências variam entre rock clássico e música brasileira. Cita nomes como Luis Gonzaga, Ney Matogrosso e Freddie Mercury. 

Passa os dias escrevendo crônicas, músicas, tocando violão e jogando vídeo game. Autor da maioria das músicas da banda, ele assume que é o culpado pelas letras da banda.

SERVIÇO

FABIANO CAMBOTA
Datas: 25 de Outubro de 2019

Horário: Sexta 21h;

Classificação: 14 Anos

Duração: 90min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$ 60/R$ 30 (mezanino) e R$80/R$40 (plateia)

Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290
Endereço: Shopping Via Sul – Fortaleza/CE – Brasil, Av. Washington Soares, 4335
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.

Estacionamento no Via Sul Shopping

Willou e Watson apresentam seu show no Theatro Via Sul Fortaleza

Contando com diversos estilos de humor, como stand-up comedy, paródias, piadas, batalhas de rap, música, figurinos personalizados e a clássica “cena das gêmeas siamesas”, o show “O que não dizer”, dos gêmeos Willou e Watson, sobe aos palcos do Theatro Via Sul Fortaleza, dia 6 de outubro, às 17h.


Naturais de Rondônia, Willou e Watson Alves ganharam o Brasil todo com seus vlogues na Internet. Usando de fatos cotidianos para fazer humor, os jovens têm como inspiração outros fenômenos do YouTube, como Felipe Neto, Whindersson Nunes e Kéfera, além de humoristas como Tirullipa.


O canal dos gêmeos, “O Que Não Dizer” possui mais de 3,4 milhões de inscritos, e um engajamento de mais de 250 milhões de visualizações. Além disso, contam com mais de 636 mil seguidores no Facebook, e contas separadas no Instagram, ambos com mais de 405 mil seguidores e “O Que Não Dizer” com mais de 250 mil seguidores.

SERVIÇO

O Que Não Dizer
Datas: 06 de Outubro 2019

Horário: Domingo 17h;

Classificação: LIVRE

Duração: 80min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$ 70/R$ 35 (Plateia baixa e Plateia alta central) e R$50/R$25 (plateia alta lateral e mezanino)

Vendas: Bilheteria do teatro ou pelo site: https://site.bileto.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza/Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.

Estacionamento no Via Sul Shopping

Fernanda Gentil apresenta “Sem cerimônia” no Theatro Via Sul Fortaleza

A jornalista e apresentadora do “Se Joga”, Fernanda Gentil, sobe aos palcos do Theatro Via Sul Fortaleza para apresentar o espetáculo “Sem cerimônia”, nos dias 26 e 27 de outubro. A peça marca sua estreia nos palcos e, como o nome sugere, busca quebrar protocolos. ​​

“Sem cerimônia” propõe um momento de reflexão entre Fernanda e a plateia a partir de experiências pessoais e profissionais vividas pela apresentadora de 32 anos e 12 de carreira, que destaca que em pouco mais de uma hora espera fazer o público pensar.​​”Que você entre no teatro de um jeito e saia dele, no mínimo, um pouquinho melhor. Mais positivo, feliz, e esperançoso. E uma coisa é certa: pra isso, vou tentar de tudo! Desde abrir a minha história – e com ela, as dores e delícias que vivi e senti – até te chamar pra cantar, responder perguntas, e me contar sobre você”, ressalta Fernanda.​​

SERVIÇO:

​FERNANDA GENTIL​

Datas: 26 e 27 de Outubro de 2019

​Horário: Sábado 21h e Domingo 17h​

Classificação: 12 Anos​

Duração: 75min

​Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

​Ingressos: R$ 60/R$ 30 (mezanino) e R$80/R$40 (plateia)​Vendas: bilheteria do teatro ou pelo site: https://www.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza


Capacidade: 732 pessoas

Informações: (85) 3099-1290​Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h​Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.​Estacionamento no Via Sul Shopping​

Sesc Fortaleza garante sua programação cultural no início de outubro

Com o intuito de promover cultura de qualidade, valorizar os artistas locais e reconhecer a arte em suas mais variadas formas, o Sesc Ceará oferece programação cultural ampla e diversificada em diferentes espaços de Fortaleza. Nesta semana (1 a 7/10), o público confere apresentações musicais e espetáculos teatrais para crianças e adultos. Confira abaixo:

PROGRAMAÇÃO 1 a 7/10

         Teatro

Palhaçaria e montagem infantil fazem parte da programação teatral do Sesc no mês de outubro. Durante esta semana, o público adulto e infantil tem opção de espetáculo garantida, com entrada gratuita e em espaço aberto, possibilitando o acesso de todos os interessados.

Data: 1/10 (terça-feira)

Espetáculo: Algodões

Grupo: Grupo Vocal UFC Sobral

Evento: Terça Encena

Horário: 12h30

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Data: 5/10 (sábado)

Espetáculo: Mãe d’água e Circo Pirilampo

Grupo: Circo Pirilampo

Evento: Arte na Praça

Hora: 17h e 18h

Local: Praça Luiza Távora

                                                       Música                                             

Em setembro, a programação musical do Sesc promete agradar a diversos públicos. Do chorinho ao forró, passando também pela MPB, música clássica e tradição, os projetos de música do Sesc trazem a Fortaleza artistas de gêneros musicais variados, primando pela diversidade.

Data: 2/10 (quarta-feira)

Apresentação: O Auto do Boca Rica

Artista: Cia Epidemia de Bonecos

Evento: Terreiro da Tradição

Horário: 18h30

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Entrada Gratuita  

Data: 3/10 (quinta-feira)

Apresentação: Solta Teu Grito

Artista: Casa Maré

Evento: Degusta Som

Horário: 12h30

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Entrada Gratuita   

Data: 4/10 (sexta-feira)

Apresentação: Sons de Vós

Evento: Sesc Chorinho

Horário: 19h

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Entrada Gratuita   

Data: 6/10 (domingo)

Apresentação: Felipe Adjafre

Evento: Projeto Pôr do Sol  

Horário: 17h

Local: Aterro da Praia de Iracema

Sobre o Sesc

O Sesc, instituição integrante do Sistema Fecomércio, oferece ações de educação, cultura, esporte, saúde, lazer e promoção social. Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, empresários e seus dependentes são os beneficiados pelo Sistema, mas os serviços também podem ser acessados pela população em geral.

www.sesc-ce.com.br

Facebook: /sescceara

Twitter: @sesc_ce

Instagram: sescce