Browsing Tag

teatro

Willou e Watson apresentam seu show no Theatro Via Sul Fortaleza

Contando com diversos estilos de humor, como stand-up comedy, paródias, piadas, batalhas de rap, música, figurinos personalizados e a clássica “cena das gêmeas siamesas”, o show “O que não dizer”, dos gêmeos Willou e Watson, sobe aos palcos do Theatro Via Sul Fortaleza, dia 6 de outubro, às 17h.


Naturais de Rondônia, Willou e Watson Alves ganharam o Brasil todo com seus vlogues na Internet. Usando de fatos cotidianos para fazer humor, os jovens têm como inspiração outros fenômenos do YouTube, como Felipe Neto, Whindersson Nunes e Kéfera, além de humoristas como Tirullipa.


O canal dos gêmeos, “O Que Não Dizer” possui mais de 3,4 milhões de inscritos, e um engajamento de mais de 250 milhões de visualizações. Além disso, contam com mais de 636 mil seguidores no Facebook, e contas separadas no Instagram, ambos com mais de 405 mil seguidores e “O Que Não Dizer” com mais de 250 mil seguidores.

SERVIÇO

O Que Não Dizer
Datas: 06 de Outubro 2019

Horário: Domingo 17h;

Classificação: LIVRE

Duração: 80min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$ 70/R$ 35 (Plateia baixa e Plateia alta central) e R$50/R$25 (plateia alta lateral e mezanino)

Vendas: Bilheteria do teatro ou pelo site: https://site.bileto.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza/Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.

Estacionamento no Via Sul Shopping

Fernanda Gentil apresenta “Sem cerimônia” no Theatro Via Sul Fortaleza

A jornalista e apresentadora do “Se Joga”, Fernanda Gentil, sobe aos palcos do Theatro Via Sul Fortaleza para apresentar o espetáculo “Sem cerimônia”, nos dias 26 e 27 de outubro. A peça marca sua estreia nos palcos e, como o nome sugere, busca quebrar protocolos. ​​

“Sem cerimônia” propõe um momento de reflexão entre Fernanda e a plateia a partir de experiências pessoais e profissionais vividas pela apresentadora de 32 anos e 12 de carreira, que destaca que em pouco mais de uma hora espera fazer o público pensar.​​”Que você entre no teatro de um jeito e saia dele, no mínimo, um pouquinho melhor. Mais positivo, feliz, e esperançoso. E uma coisa é certa: pra isso, vou tentar de tudo! Desde abrir a minha história – e com ela, as dores e delícias que vivi e senti – até te chamar pra cantar, responder perguntas, e me contar sobre você”, ressalta Fernanda.​​

SERVIÇO:

​FERNANDA GENTIL​

Datas: 26 e 27 de Outubro de 2019

​Horário: Sábado 21h e Domingo 17h​

Classificação: 12 Anos​

Duração: 75min

​Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

​Ingressos: R$ 60/R$ 30 (mezanino) e R$80/R$40 (plateia)​Vendas: bilheteria do teatro ou pelo site: https://www.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza


Capacidade: 732 pessoas

Informações: (85) 3099-1290​Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h​Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.​Estacionamento no Via Sul Shopping​

Sesc Fortaleza garante sua programação cultural no início de outubro

Com o intuito de promover cultura de qualidade, valorizar os artistas locais e reconhecer a arte em suas mais variadas formas, o Sesc Ceará oferece programação cultural ampla e diversificada em diferentes espaços de Fortaleza. Nesta semana (1 a 7/10), o público confere apresentações musicais e espetáculos teatrais para crianças e adultos. Confira abaixo:

PROGRAMAÇÃO 1 a 7/10

         Teatro

Palhaçaria e montagem infantil fazem parte da programação teatral do Sesc no mês de outubro. Durante esta semana, o público adulto e infantil tem opção de espetáculo garantida, com entrada gratuita e em espaço aberto, possibilitando o acesso de todos os interessados.

Data: 1/10 (terça-feira)

Espetáculo: Algodões

Grupo: Grupo Vocal UFC Sobral

Evento: Terça Encena

Horário: 12h30

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Data: 5/10 (sábado)

Espetáculo: Mãe d’água e Circo Pirilampo

Grupo: Circo Pirilampo

Evento: Arte na Praça

Hora: 17h e 18h

Local: Praça Luiza Távora

                                                       Música                                             

Em setembro, a programação musical do Sesc promete agradar a diversos públicos. Do chorinho ao forró, passando também pela MPB, música clássica e tradição, os projetos de música do Sesc trazem a Fortaleza artistas de gêneros musicais variados, primando pela diversidade.

Data: 2/10 (quarta-feira)

Apresentação: O Auto do Boca Rica

Artista: Cia Epidemia de Bonecos

Evento: Terreiro da Tradição

Horário: 18h30

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Entrada Gratuita  

Data: 3/10 (quinta-feira)

Apresentação: Solta Teu Grito

Artista: Casa Maré

Evento: Degusta Som

Horário: 12h30

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Entrada Gratuita   

Data: 4/10 (sexta-feira)

Apresentação: Sons de Vós

Evento: Sesc Chorinho

Horário: 19h

Local: Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 –  Centro)

Entrada Gratuita   

Data: 6/10 (domingo)

Apresentação: Felipe Adjafre

Evento: Projeto Pôr do Sol  

Horário: 17h

Local: Aterro da Praia de Iracema

Sobre o Sesc

O Sesc, instituição integrante do Sistema Fecomércio, oferece ações de educação, cultura, esporte, saúde, lazer e promoção social. Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, empresários e seus dependentes são os beneficiados pelo Sistema, mas os serviços também podem ser acessados pela população em geral.

www.sesc-ce.com.br

Facebook: /sescceara

Twitter: @sesc_ce

Instagram: sescce

Risadaria apresenta Igor Guimarães no Teatro Brasil Tropical

Considerado o maior festival de humor do mundo, com 1,6 milhões de espectadores, o Risadaria completa 10 anos em 2019 e sai em turnê comemorativa. E quem sobe aos palcos do Teatro Brasil Tropical para esse momento é o humorista Igor Guimarães, em show que acontece no dia 4 de outubro, às 20h.

Jornalista e humorista mambembe de São Paulo, Igor Guimarães escreveu para diversos grupos de teatro amador e, em 2009, entrou para o stand-up comedy.  Atualmente, se apresenta em diversos teatros, festivais, comedy club’s e bares, mostrando seu humorismo benigno em locais como: Comedians, Hilarius Comedy e Ao Vivo Music.  Já dividiu o palco com grandes humoristas do gênero e já fez participações em programas de TV. É o famoso e arrebatador Advogado Paloma, seu personagem de sucesso mundial.

Serviço

Risadaria – 10 anos
Local: Teatro Brasil Tropical (Av. da Abolição, 2323)
Data: 04 de Outubro (Sexta)
Horário: 20h
Valores: R$50 a inteira / R$25 a meia
Ingresso: sympla.com
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: 16 anos

Prêmio Bibi Ferreira: ‘Elza’ é eleito o melhor musical brasileiro; espetáculo ganhou em cinco categorias

O Musical Elza foi o grande vencedor da sétima edição do Prêmio Bibi Ferreira, que aconteceu na noite de ontem (24), no Teatro Renault, em São Paulo. A montagem faturou cinco das nove indicações ao prêmio, nas categorias: melhor roteiro original em musicais: Vinícius Calderoni; melhor arranjo original em musicais: Letieres Leite; melhor direção em musicais: Duda Maia; melhor atriz em musicais: Larissa Luz; melhor musical brasileiro: Elza Musical | Sarau Agência de Cultura Brasileira.

O espetáculo estreou em julho de 2018 no Rio de Janeiro, passou por 15 cidades e foi visto por mais de 100 mil espectadores. Agora, após imenso sucesso popular e a aprovação irrestrita da homenageada Elza Soares, o público de Fortaleza poderá conferir o espetáculo em duasapresentações, no Cineteatro São Luiz, nos dias 5 e 6 de outubro.

Com texto inédito de Vinícius Calderoni e direção de Duda Maia, o espetáculo tem a direção musical de Pedro Luís, Larissa Luz e Antônia Adnet. Além disso, o maestro Letieres Leite, da Orquestra Rumpilezz, foi o responsável pelos novos arranjos para clássicos do repertório da cantora, tais como Lama, O Meu Guri, A Carne e Se Acaso Você Chegasse. O projeto foi idealizado por Andréa Alves, da Sarau Agência, a partir de um convite da própria Elza e de seus produtores Juliano Almeida e Pedro Loureiro.

SERVIÇO
Musical ELZA
Datas: 05 e 06 de outubro de 2019
Horários: Sábado às 20h; Domingo às 18h
Local: Cineteatro São Luiz – Rua Major Facundo, 500 – Centro
Valor dos ingressos: Plateia Inferior – R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia); Plateia Superior – R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
Vendas: na bilheteria do teatro (De terça a sábado, de 10h às 18h30. Domingos e feriados, horário sujeito a alteração, de acordo com a programação do mês) e no site www.tudus.com.br
Classificação: 14 anos
Duração: 150 minutos
Informações: 85) 3252-4138 / (85) 3252-2730
Assessoria de Imprensa: VP Comunicação

BIBI, uma vida em musical

Macintosh HD:Users:meise:Desktop:- BIBI 18:Selo Bibi
            4.jpg

“Não consigo lembrar de mim fora de um teatro”. É assim que Bibi Ferreira, 96 anos, 76 como atriz, cantora, diretora e produtora, se descrevia.

A trajetória pessoal e profissional dessa estrela brasileira só poderia ser contada e celebrada levando para o palco o próprio palco, das companhias de comédia, do teatro de revista, dos grandes musicais e do teatro engajado em que ela atuou. Assim é BIBI, uma vida em musical, um espetáculo inédito, escrito por Artur Xexéo e Luanna Guimarães, sob direção geral de Tadeu Aguiar, que estará em cartaz em Fortaleza no Theatro José de Alencar nos dias 13, 14 e 15 de setembro.

Apresentado pelo Ministério da Cidadania e Circuito Cultural Bradesco Seguros, através da Lei de Incentivo à Cultura , o musical é uma realização da Negri e Tinoco Produções Artísticas [espetáculo “Excepcionalmente Normal” e diversos shows de Thereza Tinoco e Áurea Martins].

A atriz paulistana Amanda Acosta vive Bibi. Ela foi Eliza Doolittle na montagem paulista de “My Fair Lady” de 2006, o mesmo papel que Bibi Ferreira fez na primeira montagem brasileira da peça americana. Amanda foi integrante do Trem da Alegria, de 1988 a 1992, quando o trio se desfez. Atriz de cinema e TV, ela fez no teatro musical “Essa é a nossa Canção”, “Baby, o Musical” e “4Faces do Amor”, todas sob direção de Tadeu Aguiar. Amanda Acosta venceu quase todos os prêmios de melhor atriz.

Em BIBI, uma vida em musical, a história familiar, profissional e amorosa da artista se enredam. A formação em música, dança e línguas estrangeiras foi estimulada pela mãe Aida Izquierdo, bailarina espanhola. A estreia profissional no teatro, aos 19 anos, foi pela mão do pai, o ator Procópio Ferreira, em papel escrito por ele para a filha.

Assim, o musical percorre todas as fases da vida de Bibi, da escolha do seu nome, sua preparação para os palcos, os espetáculos musicais como os inesquecíveis “Gota d’Água”, de Paulo Pontes e Chico Buarque, “My Fair Lady”, “Alô Dolly” e “Piaf, a Vida de Uma Estrela da Canção”,  seus casamentos, o nascimento da filha única, Tina Ferreira, as viagens para Portugal e Inglaterra a trabalho, a homenagem da escola de samba Viradouro até sua chegada a um teatro da Broadway, aos 90 anos.

Artur Xexéo [“Cartola – O Mundo é um Moinho”, “Eu Não Posso Lembrar Que Te Amei – Dalva e Herivelto”, “Hebe, o Musical”]avalia a importância de Bibi Ferreira na profissionalização do ator no Brasil, em relação ao seu ofício. “Em relação ao teatro musical, ela foi, sem dúvida, a primeira atriz brasileira pronta para o gênero. Antes dela, havia as vedetes de revista, não necessariamente atrizes, diz o coautor do texto.

Sob direção musical de Tony Lucchesi [“60! Década de Arromba – Doc. Musical”, “Eu não posso lembrar que te amei–Dalva e Herivelto”], oito músicos interpretam 33 canções, das quais cinco foram criadas para o espetáculo, letra e música, por Thereza Tinoco [suas composições foram gravadas por Simone, Ney Matogrosso, Lucinha Araújo, entre outros. Sua canção O Viajante foi tema do personagem de Tony Ramos, na novela Baila Comigo, da TV Globo. Compôs para vários infantis, para “Fica Combinado Assim”, de Herval Rossano, e dois números musicais para Bibi in Concert Pop, III, a pedido de Bibi Ferreira].

BIBI, uma vida em musical tem direção geral de Tadeu Aguiar [“Quase Normal”, “Ou tudo ou Nada”, “Essa é a nossa Canção”, “4Faces do Amor”, “Para sempre ABBA”, “Eu não posso lembrar que te amei–Dalva e Herivelto”].

Elenco [ordem alfabética]

Amanda Acosta (Integrante do grupo musical Trem da Alegria, atuou em musicais My Fair Lady, 4 Faces do Amor, Carmem a Pequena Notável, Cangaceiras Guerreiras do Sertão), André Rayol (Rapsodia o Musical, Radio Nacional- as ondas que conquistaram o Brasil), Bel Lima (“60! Década de Arromba – Doc. Musical, Pippin, Cole Porter”), Carlos Arruza (Comunitá, Mamma Mia- Malhação- TV Globo), Carlos Darzé (“Enlace – A Loja do Ourives”, “Curral Grande”, do Coletivo Ponto Zero), Chris Penna (“Yank – o Musical”, “Beatles num Céu de Diamantes”, “Garota de Ipanema – O Amor é Bossa”, “Chacrinha – O Musical”),Flávio Moraes (cantor, assistente de direção musical em Vamp e Elizeth a divina), Guilherme Logullo (“Garota de Ipanema – O Amor é Bossa”, “Elis, a Musical”, “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”- Pippin , Nelson Gonçalves o amor e o tempo), Gottsha (As Malvadas – Ô Abre Alas (A vida de Chiquinha Gonzaga)  Cole Porter – Ele Nunca Disse que me Amava – Godspell), João Telles(“A Peça ao Lado”, “Ubu Rei”, “Godspell”), Julie Duarte (“Rapsódia – O Musical”, “Estúpido Cupido”, infantis “Os Músicos de Bremen”, “A Bela e a Fera”, “Os Saltimbancos”” Peter Pan”), Jullie (Tudo por um pop Star, A Noviça Rebelde, Nelson Gonçalves o amor e o tempo), Leo Bahia (“Chacrinha – O Musical”, “The Book of Mormon”, “O Mambembe”, “Ponte Golden Gate”, “Gabriela, um Musical”), Moira Osório (Chapeuzinho Vermelho – Como Você Nunca Viu, o Musical” Elis a Musical), Ryene Chermont (Estúpido Cupido, Cauby Cauby), Rosana Penna (“Carrossel, o Musical”, “Nuvem de Lágrimas – o Musical” Dogville), Simone Centurione (“Liza por Elas”, “O Som da Motown”, “Como Eliminar seu Chefe” Vamp).

O espetáculo foi sucesso de público e crítica no Rio de Janeiro e em São Paulo, tendo tido 107 indicações a prêmios, fato inédito na história do teatro brasileiro. Agora segue em tournée por 07 (sete) capitais brasileiras: Salvador, Natal, Fortaleza, Maceió, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife.

CIRCUITO CULTURAL BRADESCO SEGUROS

www.bradescoseguros.com.br/circuito_cultural

Manter uma política de incentivo à cultura é compromisso permanente do Circuito Cultural Bradesco Seguros. Nos últimos anos, o Grupo Bradesco Seguros orgulha-se de ter patrocinado e apoiado projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.

Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “Mudança de Hábito”, “Chacrinha, O Musical”, “Elis – A Musical”, “A Família Addams”, “O Rei Leão”, “Bem Sertanejo”, “Les Misérables”, “60 – Década de Arromba”, “Cinderella” e “Wicked”, além da “Série Dell’Arte Concertos Internacionais”, “Ballet Zorba, O Grego” e a exposição “Cavaletes de Cristal de Lina Bo Bardi no MASP”.

FICHA TÉCNICA – BIBI, uma vida em musical

Autores Artur Xexéo e Luanna Guimarães

Direção Tadeu Aguiar

Direção musical  Tony Lucchesi

Música original  Thereza Tinoco

Cenário Natalia Lana

Figurino Ney Madeira e Dani Vidal

Coreografia Sueli Guerra

Desenho de luz Rogerio Wiltgen

Desenho de som Gabriel D’Ângelo

Assistência de direção Flavia Rinaldi

Assistência de coreografia Olivia Vivone

Assistência de direção musical Alexandre Queiroz

Assistência de iluminação Wagner Azevedo

Coordenação  Geral de Produção  Cláudia Negri

Coordenação de Produção – Thereza Tinoco

Produção local: Free Lancer Producções

Direção de Produção Edgard Jordão

Realização Negri e Tinoco Produções Artísticas

BIBI, uma vida em musical

Dias: 13 (sexta), 14 (sábado) e 15 (domingo) de setembro

Horários: às 20 horas

Local: Theatro José de Alencar

Endereço:Liberato Barroso, 525 – Centro

Classificação etária: 10 anos

Duração: 165 minutos

INGRESSOS

Plateia: R$ 104,00 inteira / R$ 52,00 meia 

Balcão: R$ 104,00 inteira / R$ 52,00 meia 

Frisa: R$ 104,00 inteira / R$ 52,00 meia 

Camarote: R$ 104,00 inteira / R$ 52,00 meia 

Torrinha: R$ 64,00 inteira R$ 32,00 meia 

Vendas:

INTERNET – www.bilheteriavirtual.com.br

BILHETERIAS OFICIAIS – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Endereço: Liberato Barroso, 525 – Centro

Telefone: 3101-2583

Horário de Funcionamento: de terça a domingo, das 14h às 19h

Ticket Shop Iguatemi (85- 99201.3095) e RioMar Kennedy  (85- 99272.2015)

SEMANA SESC DE ARTES INTEGRADAS TRAZ MAIS DE 50 ATRAÇÕES GRATUITAS

Múltiplas linguagens marcam a Semana Sesc de Artes Integradas, que acontece de 23 a 31 de agosto no Sesc Fortaleza. A programação reúne mais de 50 atrações gratuitas em Artes Cênicas – Teatro e Dança, Música, Literatura, Audioviual, Literatura e Artes Visuais, além de apresentações de grupos tradicionais da cultura popular.

Para participar, o Sesc Ceará solicita doação de 1 kg de alimento para o programa Mesa Brasil. Os shows de abertura e encerramento são gratuitos para quem possui Cartão Sesc. Para os demais, o valor do ingresso é de R$ 5,00, com doação de 2kg de alimento para todos.

A exposição Lembra-se a Cada Instante da Graça que é Ser abre a programação, na sexta-feira (23), às 9h, no Hall do Teatro Emiliano Queiroz. O projeto da artista Dávila Pontes e da escritora Anna K Lima busca provocar o outro com considerações cotidianas, através de fotografias que dialogam – ou não – com microtextos estampados. As imagens falam das relações: consigo, de afeto, com a cidade e com o mundo.

No primeiro dia da Semana Sesc de Artes Integradas também tem espetáculo performático Mnemosine: Porque Memória Feminina!, da artista e narradora de histórias Paula Yemanjá; apresentações do multiartista Zéis; do Maracatu Vozes da África; e dos paranaenses da Banda Mais Bonita da Cidade, trazendo o show De Cima do Mundo Eu Vi o Tempo. Quem fecha a noite é a cantora e compositora paulista Ana Cañas.

Em turnê com o show TODXS, ela apresenta as canções do álbum homônimo, quinto lançamento de estúdio da artista. Dirigido pela própria Ana Cañas, o espetáculo tem forte cunho político – especialmente no que diz respeito às pautas feministas e de defesa dos direitos das minorias. Acompanhada de Monica Agena (guitarra e violão) e DJ Nato PK, Ana Cañas apresenta o show mais seguro e inovador da carreira.

No sábado (24), ganha destaque na programação o espetáculo Interior, do Grupo Bagaceira de Teatro, às 19h, no Palco Cênico. Fruto de uma pesquisa realizada durante dois anos, a peça é um mergulho à cultura interiorana e nordestina, da serra, do sertão e do litoral. Para quem gosta de ritmos regionais, às 20h tem show especial de 20 anos do grupo paraibano Cabruêra.  A banda, que se apresenta no Palco Sesc Música, traz influências que vão desde o cancioneiro popular da Paraíba, através do coco, repente, forró, embolada e ciranda, até o rock, reggae, dub, afrobeat e worldmusic. Já fizeram diversas turnês pela Europa, Estados Unidos e África, além de terem quatro álbuns lançados no exterior.

 Já no domingo (25), tem balada divertida e educativa para as crianças, a partir das 17h. Com a Aquarela Mixer, os pequenos vão curtir músicas ao vivo, DJ e brincadeiras, em um show lúdico e agitado, com músicas que marcaram gerações e novos hits infantis. Aliás, atrações infantis não faltam na Semana Sesc de Artes Integradas, comoos espetáculos Má-Gí-Áh com Palhaço Bibildo, do grupo Panelinha de Teatro; As Aventuras de João Sortudo, da Cia Prisma de Artes; e João Botão, do Teatro Máquina .

 Com atrações para todas as idades, na semana acontecem diversas atividades, como Book Crossing – rede de compartilhamento de livros; Exibição de Curtas – Festival Nueva Mirada para a Infância e Adolescência; saraus e até uma oficina de pandeiro com músicos da banda Cabruêra.

Para encerrar a programação, no sábado (31), tem o show do grupo As Bahias e a Cozinha Mineira. O trio, fundado em 2011, é considerado uma das vozes mais fortes do movimento LGBTQ e formado pelos artistas Assucena Assucena, Raquel Virginia e Rafael Acerbi, e lança agora seu terceiro álbum, Tarântula.Veja a programação completa. A maior parte tem classificação etária livre.

SERVIÇO: SEMANA SESC DE ARTES INTEGRADAS

Data: De 23/08 a 31/08

Local: Sesc Fortaleza (R. Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro)

Grátis com doação de 1 kg de alimento

SHOW DE CIMA DO MUNDO EU VI O TEMPO – A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE

Data: 23/08 (sexta-feira)

Horário: A partir das 19h

Local: Sesc Fortaleza – Palco Sesc Música

Ingressos: Grátis com doação de 2 kg de alimento(mediante Cartão Sesc). Púbico em geral -R$ 5,00 com doação de 2kg de alimento. Venda no local, no dia do show, a partir das 8h.

SHOW TODXS – ANA CAÑAS

Data: 23/08 (sexta-feira)

Horário: A partir das 21h

Local: Sesc Fortaleza – Palco Sesc Música

Ingressos: Grátis com doação de 2 kg de alimento(mediante Cartão Sesc). Púbico em geral -R$ 5,00 com doação de 2kg de alimento. Venda no local, no dia do show, a partir das 8h.

SHOW AS BAHIAS E A COZINHA MINEIRA

Data: 31/08 (sábado)

Horário: A partir das 21h30

Local: Sesc Fortaleza – Palco Sesc Música

Ingressos: Grátis com doação de 2 kg de alimento(mediante Cartão Sesc). Púbico em geral -R$ 5,00 com doação de 2kg de alimento. Venda no local, no dia do show, a partir das 8h.

Programação

SEXTA-FEIRA (23/08)

9h – Abertura de Exposição: Lembra-se a Cada Instante da Graça que é Ser – Artes Visuais

Artista/Grupo: Anna K e Dávilla Pontes

Local: Hall do Teatro

12h30 – Sessões Acústicas – Música

Artista/Grupo: Zéis

Local: Palco Sesc Música

16h30 – Mnemonise: Porque memória feminina! – Artes Visuais

Artista/Grupo: Paula Yemanjá

Local: Espaço Cultural

18h – Maracatu Vozes da África – Tradição

Artista/Grupo: Maracatu Vozes da África

Local: Estacionamento

19h – Show De cima do mundo eu vi o tempo – Música           

Artista/Grupo: A Banda Mais Bonita da Cidade

Local: Palco Sesc Música  

21h – Show TODXS – Música            

Artista/Grupo: Ana Cañas

Local: Palco Sesc Música  

SÁBADO (24/08)

17h – Pandeirada – Oficina de Pandeiro com Pablo Ramires e Arthur Pessoa (Cabruêra)* – Música

Artista/Grupo: Cabruêra

Local: Palco Sesc Música  

*Levar pandeiro

18h – Corpo Fechado para Balanço – Artes cênicas (Teatro)

Artista/Grupo: Leya Ramos

Local: Palco cênico            

19h – Interior – Artes cênicas (Teatro)

Artista/Grupo: Grupo Bagaceira de Teatro  

Local: Palco cênico

20h – Cabruêra 20 anos – Música

Artista/Grupo: Cabruêra

Local: Palco Sesc Música  

DOMINGO (25/08)

17h – Aquarela Mixer – Música/Infantil

Artista/Grupo: Aquarela Entretenimento     

Local: Palco Sesc Música  

18h – Exibição de Curtas – Festival Nueva Mirada para a Infância e Adolescência – Audiovisual     

Local: Espaço Cultural       

18h30 – Má-Gí-Áh Com Palhaço Bibildo – Artes cênicas

Artista/Grupo: Panelinha de Teatro

Local: Espaço Cultural       

SEGUNDA-FEIRA (26/08)

9h – Sarau Autoral de Música e Poesia – Literatura   

Artista/Grupo: Melo Poesia com Bruno D’Almeida

Local: Espaço Cultural       

De 10h às 16h – Biblioteca Raquel de Queiroz/Book Crossing e Exposição de livros – Biblioteca    

Local: Espaço Cultural       

11h – Gran Finale – Artes Cênicas  

Artista/Grupo: As Dezgraças de Palhaçaria

Local: Palco cênico

12h30 – Santos de uma Esquina – Música      

Artista/Grupo: Santos de uma Esquina          

Local: Palco Sesc Música                  

16h – Sarau Autoral de Música e Poesia – Literatura 

Artista/Grupo: Melo Poesia com Bruno D’Almeida

Local: Espaço Cultural

17h – Exposição / Muralismo Grafite – Artes Visuais

Artista/Grupo: Jr. Zapata

Local: Parede da Lanchonete         

18h – Exibição do filme O Shaolin do Sertão – Audiovisual

Direção: Halder Gomes    

Local: Área de Convivência

19h – Concerto aos Três Climas – Música     

Artista/Grupo: Rabecacello

Local: Palco Sesc Música                                                                                                                

TERÇA-FEIRA (27/08)

9h – Circo Pirilampo – Artes Cênicas

Artista/Grupo: Grupo Ânima

Local:

De 10h às 15h – Biblioteca Raquel de Queiroz/Book Crossing e Exposição de livros – Biblioteca    

Local: Espaço Cultural

10h – O Rato comeu meu livro e outras histórias – Literatura

Artista/Grupo: Bruno D’Almeida

Local: Espaço Cultural       

11h – Liberdade – Artes Cênicas

Artista/Grupo: Beatriz Barros dos Santos     

Local: Palco cênico            

12h – Circo de uma Mulher Só – Artes Cênicas

Artista/Grupo: CIM-Companhia Itinerante De Malabares         

Local: Palco cênico

14h – O Mágico Entre Nós – Artes Cênicas    

Artista/Grupo: Cia. Plural de Artes Cênicas

Local: Palco cênico

16h – O Rato comeu meu livro e outras histórias – Literatura

Artista/Grupo: Bruno D’Almeida

Local: Espaço Cultural       

18h – Exibição de Curtas – Festival Nueva Mirada para a Infância e Adolescência – Audiovisual     

Local: Espaço Cultural       

19h – Carrilhão – Artes Cênicas      

Artista/Grupo: Grupo Nopok

Local: Palco cênico

20h – Blues Rock Independent – Música      

Artista/Grupo: Cláudio Oliveira

Local: Palco Sesc Música  

QUARTA-FEIRA (28/08)

9h – A Trupe Do Carrapicho – Artes Cênicas

Artista/Grupo: Aquarela Entretenimento     

Local: Palco cênico

10h – As Histórias que a Vovó Contava – Literatura

Artista/Grupo: Gorette Costa

Local: Espaço Cultural

De 10h às 18h – Biblioteca Raquel de Queiroz/Book Crossing e Exposição de livros – Biblioteca    

Local: Espaço Cultural

14h – A Trupe Do Carrapicho – Artes Cênicas

Artista/Grupo: Aquarela Entretenimento     

Local: Palco cênico

16h – As Histórias que a Vovó Contava – Literatura

Artista/Grupo: Gorette Costa

Local: Espaço Cultural

17h – Afoxé Omorisá Odé – Tradição             

Artista/Grupo: Afoxé Omorisá Odé

Local: Palco Sesc Música

18h – Carrilhão – Artes Cênicas      

Artista/Grupo: Grupo Nopok

Local: Palco cênico

19h – Traficando Poesias – Música 

Artista/Grupo: GhettoRoots

Local: Palco Sesc Música

QUINTA-FEIRA (29/08)

9h – As Aventuras De João Sortudo – Artes Cênicas

Artista/Grupo: Cia Prisma De Artes

Local: Palco cênico

10h – 40 Anos De Conte Lá Que Eu Canto Cá – Literatura        

Artista/Grupo: Daivid Gomes          

Local: Espaço Cultural

De 10h às 17h – Biblioteca Raquel de Queiroz/Book Crossing e Exposição de livros – Biblioteca    

Local: Espaço Cultural

14h – As Aventuras de João Sortudo – Artes Cênicas

Artista/Grupo: Cia Prisma De Artes

Local: Palco cênico

16h – As Histórias que a Vovó Contava – Literatura

Artista/Grupo: Gorette Costa

Local: Espaço Cultural

18h – Exibição de Curtas – Festival Nueva Mirada para a Infância e Adolescência – Audiovisual     

Local: Espaço Cultural       

19h – João Botão – Artes cênicas (Dança)     

Artista/Grupo: Teatro Máquina

Local: Palco cênico                                           

20h – Movendo Nações – Música    

Artista/Grupo: Rafa Winner e Banda

Local: Palco Sesc Música

21h – Nazirê – A vitória vai chegar – Música 

Artista/Grupo: Nazirê        

Local: Palco Sesc Música  

SEXTA-FEIRA (30/08)

10h – Sarau da B1 – Literatura        

Artista/Grupo: Samuel Siqueira

Local: Espaço Cultural       

De 10h às 18h – Biblioteca Raquel de Queiroz/Book Crossing e Exposição de livros – Biblioteca    

Local: Espaço Cultural

12h – Pulso de Marte – Música        

Artista/Grupo: Pulso de Marte       

Local: Palco Sesc Música  

16h – As Histórias que a Vovó Contava – Literatura

Artista/Grupo: Gorette Costa

Local: Espaço Cultural

17h – Os Orixás – Tradição

Artista/Grupo: Afoxé Filhos Da Nação           

Local: Estacionamento                      

19h – Sem Conservantes – Artes Cênicas

Artista/Grupo: Giradança

Local: Palco Sesc

20h – Off the Rails – Música

Artista/Grupo: Gabriel Yang            

Local: Palco Sesc Música  

21h – Babi e Jaques Lasserre – Música           

Artista/Grupo: Babi e Jaques Lasserre          

Local: Palco Sesc Música                                                                                                                                               

SÁBADO (31/08)

18h – Corpo Fechado para Balanço – Artes cênicas

Artista/Grupo: Leya Ramos

Local: Tenda Cultural        

19h – Proibido Elefantes – Artes cênicas

Artista/Grupo: Giradança

Local:  Palco Cênico          

Classificação etária: 14 anos

20h- Projeto Rivera – Turnê Florescer – Música         

Artista/Grupo: Projeto Rivera         

Local:  Palco Sesc Música 

21h30- As Bahias e a cozinha mineira – Música

Artista/Grupo: As Bahias e a cozinha mineira

Local:  Palco Sesc Música            

Cineteatro São Luiz recebe o espetáculo “Caio do Céu” na programação da Bienal do Livro

“Caio do Céu”, da Companhia de Solos & Bem Acompanhados com Deborah Finocchiaro, é um espetáculo sobre Caio Fernando Abreu e que expõe e questiona os valores da sociedade e, principalmente, as questões da alma humana, da morte e da vida. A programação faz parte do “Curta Mais Teatro” e da “Bienal do Livro” (Bienal Fora da Bienal), acontece no Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), no dia 21/8, às 19h, e está com ingressos à venda por R$20 (inteira) e R$10 (meia).

Caio Fernando Abreu é visceral, sincero, confessional, um biógrafo do emocional, um fotógrafo da fragmentação contemporânea, um tradutor do seu tempo. Escreveu, principalmente, sobre o tema que mais lhe despertava a imaginação: a condição humana. Caio do Céu transpõe seu universo para o palco através de crônicas, cartas, contos, poemas, textos teatrais, depoimentos, música ao vivo e projeções. Traz para a cena o próprio artista, por meio de vídeos, com trechos de suas entrevistas. O roteiro prioriza parte da obra que valoriza a vida em todos os seus aspectos, apresentando também uma face pouco conhecida do autor: um homem vibrante e solar, que se revela desperto para o milagre da existência diante da iminência da morte – muitas vezes abordada com humor, leveza e profundidade.

Caio Fernando Abreu (1948/1996), um dos autores mais populares da literatura nacional, foi ator, dramaturgo, jornalista e escritor. Traduzido para o alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e holandês, mesmo depois de sua morte, segue conquistando uma incrível legião de fãs. Suas frases e pensamentos são compartilhados incansavelmente nas redes sociais por jovens e adultos que reconhecem a profundidade e atualidade da sua obra. A montagem é dirigida pelo experiente e premiado diretor Luís Artur Nunes, amigo pessoal de Caio.

Serviço

Espetáculo Caio do Céu (Bienal Fora da Bienal)

21/08, às 19h

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) – À venda na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus.

GRUPO FORMOSURA DE TEATRO APRESENTA “FREI TITO: VIDA, PAIXÃO E MORTE” NO TEATRO DA PRAIA

Crédito: Gustavo Portela

Para honrar e relembrar a memória de Frei Tito de Alencar, morto há 45 anos, o Grupo Formosura de Teatro apresenta mais uma temporada do espetáculo Frei Tito: Vida, Paixão e Morte, no Teatro da Praia. A peça estará em cartaz de 10 de agosto a 14 de setembro, respectivamente as datas de nascimento e morte de Frei Tito, com apresentações aos sábados, às 20h, e domingos, às 19h, e os ingressos custam R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

O espetáculo, que tem texto de Ricardo Guilherme, direção de Graça Freitas e direção musical de Rami Freitas, narra de forma documental a trajetória de Tito de Alencar Lima (1945 -1974). O dominicano cearense militou contra a ditadura militar no Brasil dos anos 1960 e 1970, foi preso político, torturado e banido do país, sendo exilado na França. O texto da montagem, além da biografia de Frei Tito traz também fatos marcantes relativos à geração que, no Brasil, encarnou a vanguarda de uma militância revolucionária contra o governo vigente à época.

“Foi como um desafio estético e temático que aceitamos montar e apresentar esta peça. Tito é um personagem complexo, atormentado, paradoxal. Um religioso envolvido com um grupo revolucionário de luta armada contra a ditadura, cuja morte trágica o transformou em ícone e “mártir” da resistência à ditadura militar no Brasil. Torturado sob a acusação de pertencer à Ação Libertadora Nacional-ALN, organização de luta armada fundada por Carlos Marighella, Tito foi destruído psiquicamente por seus carrascos, o que o levou ao suicídio”, contextualiza Graça Freitas.

O elenco, composto pelos atores Maria Vitória, Leonardo Costa, William Mendonça e Ricardo Guilherme, busca mais que por em evidência os processos históricos. Com 80 minutos de duração e três atos, o espetáculo abrange a breve biografia de Frei Tito, desde sua relação com a família ao envolvimento com os movimentos sociais e seu exílio na França, após ter sido preso e torturado pela ditadura. “É um ato poético-político, uma oportunidade de levar adiante as denúncias de Tito e prosseguir na luta pela construção de uma democracia plena em nosso País”, explica William Mendonça, também produtor do espetáculo.

“O texto de Ricardo Guilherme, escrito na década de 1980, continua atual neste contexto de invisibilidade e esquecimento forçado, onde o resgate da memória mais uma vez torna-se um ato político que impede que o tempo concilie com o silenciamento  das  vozes daqueles que  lutaram na contramão de décadas de injustiça social e política, para impedir que a complacência histórica com os criminosos seja o capítulo final de nossa história”, afirma Graça.

Sobre o Grupo Formosura de Teatro

Oriundo do Grupo Independente de Teatro Amador – “GRITA” –, nasce em 1985, no cenário artístico cearense, o Grupo Formosura de Teatro. O trabalho teve início a partir da criação de espetáculos com bonecos, contudo o legado artístico trazido da vivência no GRITA levou o Formosura a ampliar seu campo de atuação. Constitui-se de uma família de artistas, que se juntam a parceiros da sua arte, no difícil movimento de realizá-la em grupo.

Mais informações: http://grupoformosuradeteatro.blogspot.com.br/

Serviço:

Frei Tito: Vida, Paixão e Morte

Texto: Ricardo Guilherme

Direção: Graça Freitas

Direção Musical: Rami Freitas

Elenco: Maria Vitória, Leonardo Costa, William Mendonça e Ricardo Guilherme

Realização: Grupo Formosura de Teatro.

Local: Teatro da Praia (Rua José Avelino, 662 – Praia de Iracema)

Data: 10 de agosto a 14 de setembro, sábados (20h) e domingos (19h)

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Duração: 80 minutos

Classificação: 12 anos

Capacidade: 60 pessoas por sessão

TOM CAVALCANTE ESTREIA NOVA TEMPORADA PELO BRASIL

Sucesso de público, com plateia lotada em todas as suas apresentações, o espetáculo “Todos os Toms” levanta voo e visita as principais cidades e capitais do Brasil. O espetáculo adiciona ao humor e talento únicos do artista uma inédita produção em apresentações desse gênero. No palco, Tom canta suas perfeitas imitações de grandes nomes da música, entre outras surpresas.

O humorista passará por Natal, Fortaleza, São Paulo, Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Mais informações podem ser encontradas no serviço abaixo.

Cada apresentação tem seus diferenciais únicos, pois Tom trabalha suas crônicas e piadas em cima das atualidades do Brasil e do mundo, com uma boa dose de improviso, que ele domina tão bem. As observações do comportamento humano e o olhar atento sobre a política do país somam-se às hilariantes imitações de personalidades da televisão e aos personagens originais do humorista, como o hilário João Canabrava, O velho contador de causos Sr. Venâncio, a petulante domestica Jarilene. Com licença, obrigada.

Sobre Tom Cavalcante

Um dos maiores humoristas do Brasil, Tom Cavalcante carrega o raríssimo dom de captar a essência do comportamento humano de cada indivíduo e traduzi-la com absoluta riqueza de detalhes no gestual, no olhar e na reprodução da voz. Entre criações próprias e imitações, já deu vida a mais de duzentos personagens.

Fortaleza (CE)

Sábado, 21 de setembro, às 21h

Domingo, 22 de setembro, às 20h


Duração: 100min
Classificação: 14 anos


Teatro RioMar Fortaleza (Rua Lauro Nogueira, 1.500 – piso L3 do Shopping RioMar Fortaleza – Papicu)
www.teatroriomarrecife.com.br

SetorValorMeia-Entrada
Plateia Baixa AR$120,00R$60,00
Plateia Baixa BR$100,00R$50,00
Plateia AltaR$50,00R$25,00

– 50% Jornal o Povo ou Diário do Nordeste para titular e acompanhante nos primeiros 100 ingressos. Vendas apenas na bilheteria do teatro

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;

***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:

– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br

– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).

– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

Formas de pagamento:

Internet: Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American.

Bilheteria: Dinheiro, Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American e Banricompras (débito).

Grupo Lígia Aydar encerra programação de férias com “Matilda” e “O Rei das Selvas” na Arena Iguatemi

Para fechar a programação de férias, o Grupo Lígia Aydar realiza, neste fim de semana, mais dois espetáculos inéditos para o público cearense, na Arena Iguatemi. Sábado (27), a revolucionária “Matilda” e domingo (28), “O Rei das Selvas” encerra a temporada “Julho na Selva” do shopping. As apresentações serão às 17h, abertas ao público.

Os espetáculos compõem a programação da Arena Iguatemi, um espaço de diversão e alegria para toda a família, com programação especial aos fins de semana. Com atores locais, aprovados na seleção em abril e treinados pela companhia, são montagens riquíssimas em elementos cênicos, com números cantados ao vivo.

Matilda: Matilda reúne as crianças da turma para acabar com a ditadura rigorosa da Diretora. Vendo que a professora é uma boa pessoa e pode ajudá-los, ela monta um plano pra ser um sucesso. Será que a diretora vai cair no plano dela?

O Rei das Selvas: A jornada de um jovem leão e suas dificuldades após um grande mal tomar conta da selva, devido a ganância e a fome, pelo poder de um sucessor do trono real. Mas a ajuda da verdadeira amizade e um puro coração faz com que o jovem leão se torne o verdadeiro rei.

Grupo Lígia Aydar

Fundada em 2012 pela empresária, figurinista e atriz Lígia Aydar, naquela época ainda estudante de Moda na USP em São Paulo, a empresa iniciou suas atividades com o nome de Cia ao Cubo, baseada em três pilares fundamentais para o sucesso no mundo musical: Canto, Dança e Interpretação. Hoje, tendo o seu nome reconhecido em todo o noroeste paulista, a empresa se reformulou e tornou-se o Grupo Lígia Aydar, composto pelas frentes de Teatro Musical, Escola de Artes e Produções, levando a qualidade, o compromisso e o comprometimento da Arte de São Paulo, Nova York e outras grandes metrópoles globais para todos os envolvidos em seus projetos. Sempre preocupada em tornar a sua equipe cada vez mais preparada para atender aos clientes mais exigentes, nunca para de investir em seu elenco e em suas produções.

Agregando amor e alegria, com a seriedade e honestidade de seu trabalho que regem as crenças do Grupo, toda a equipe vem conquistando o Brasil com sua magia, fantasia e dedicação. O Grupo hoje atua em mais de 10 estados e possui grandes parcerias no mundo corporativo, sendo especializada em todos os tipos de eventos e datas comerciais importantes em grandes redes de Shoppings. Em 2019 a empresa ampliou sua rede de atuação e atingiu o Nordeste, tendo uma filial na cidade de Fortaleza.

Serviço:

“Matilda”, apresentado pelo Grupo Lígia Aydar

Data: 27/7 (Sábado)

Horário: 17h (aberto ao público)

“O Rei das Selvas”, apresentado pelo Grupo Lígia Aydar

Data: 28/7 (Domingo)

Horário: 17h (aberto ao público)

Onde: Shopping Iguatemi

Endereço: Av. Washington Soares, 85 – Edson Queiroz

Sucesso de crítica e de público, musical “Forever Young” chega ao Theatro Via Sul Fortaleza

Indicada a diversos prêmios, ao retratar a terceira idade de forma bonita, poética e bem-humorada, a comédia musical Forever Young chega ao Theatro Via Sul Fortaleza para apresentações dias 3 e 4 de agosto. O espetáculo, do aclamado suíço Erik Gedeon, estreou em agosto de 2016 e passou por mais oito capitais brasileiras, com grandes hits mundiais da música pop e rock’n’roll.

Na peça, seis atores representam a si mesmos, fazendo uma brincadeira: “Como estarão daqui a 40 anos?”. Quase centenários, passam seus dias de forma bem-humorada, em um teatro transformado em retiro para artistas, sempre sob a supervisão de uma enfermeira. Na ausência dela, estes simpáticos senhores se transformam, revelando suas verdadeiras personalidades e mostrando, através do bom e velho rock’n’roll, que o sonho ainda não acabou e que eles são eternamente jovens! Com hits de sucesso do rock/pop mundial, como “I Love Rock and Roll”, “Smells Like a Teen Spirit”, “I Got You Babe” e, é claro, a emblemática “Forever Young”, as lembranças vêm à tona e todo o ambiente se transforma… Desde que a enfermeira não volte!  

O espetáculo foi indicado aos maiores prêmios de teatro musical como Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Reverência, entre outros. Quem assina a direção é Jarbas Homem de Mello, tradução e adaptação de Henrique Benjamin, direção musical de Miguel Briamonte e elenco composto pelos atores Naíma, Will Anderson, Janaina Bianchi, Ton Prado, Marya Bravo, Felipe Catão e Fernando Zuben.

SERVIÇO

FOREVER YOUNG 
Datas: 3 e 4 de Agosto de 2019

Horário: Sábado 21h e Domingo 20h;

Classificação: 14 Anos

Duração: 100min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$ 75/R$ 37,50 (mezanino) e R$100/R$50 (plateia)

Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.

Estacionamento no Via Sul Shopping

Espetáculo infantil “Baby Shark” volta ao Theatro Via Sul Fortaleza

Com mais de dois bilhões de visualizações no YouTube, tendo alcançado o 31º lugar da Billboard, o fenômeno “Baby Shark” volta ao Theatro Via Sul Fortaleza para apresentação única dia 21 de julho, às 16h. Apesar de ter sido criado para crianças até três anos, a melodia se tornou tão popular que já ganhou diversas versões, inclusive de adultos, que estão adorando reproduzir a dança.

Baby Shark” originou-se de uma canção ou um canto de fogueira. Algumas fontes mencionaram mitos tradicionais como base, outros acampando com origem no início do século 20, e alguns o veem como possivelmente desenvolvido por conselheiros do acampamento inspirados no filme Tubarão. Tornou-se uma canção de fogueira onde cada membro de uma família de tubarões é introduzido com diferentes movimentos da mão.

Alguns famosos, como a atriz americana e famosa nas redes sociais, Amanda Cerny, além de Kim Kardashian e Card B, entraram na onda, gravaram vídeos dançando a coreografia e compartilharam em suas redes sociais. No Brasil, o fenômeno se espalhou por todo o país e virou o tema infantil mais comentado e buscado do momento! 

SERVIÇO

BABY SHARK 
Data: 21 de julho

Horário: Domingo 16h!

Classificação: LIVRE

Duração: 60min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$ 60/R$ 30 (mezanino) e R$70/R$35 (plateia)

Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.

Estacionamento no Via Sul Shopping

Clássico infantil “Pinóquio” entra em cartaz nas férias do Teatro Ceará Show


​As férias chegaram e o Teatro Ceará Show está recheado de espetáculos para os pequenos aproveitarem!! A famosa história do carpinteiro Gepeto, que constrói um boneco de madeira, o famoso menino chamado Pinóquio que ganha vida, fica em cartaz dias 6 e 13 de julho, às 17h, no Teatro Ceará Show.

​​Serviço:​ Pinóquio

​Local: Teatro Ceará Show (Av. Abolição, 2323 – Meireles) ​Dias: 6 e 13 de julho de 2019​. Horário: 17h​. Ingressos: R$40 (inteira)/R$20 (meia)​Classificação: LIVRE​ Vendas: www.ingressorapido.com.br ou na bilheteria do teatro​Informações: (85) 4012-3030

‘O FRENÉTICO DANCIN´DAYS’ FAZ TURNÊ NACIONAL

Créditos: Leo Aversa

Asas abertas, feras soltas, o Rio de Janeiro era uma festa. E não havia lugar mais adequado para celebrar do que o Frenetic Dancing´Days Discotheque, boate idealizada, em 1976, pelos amigos Nelson Motta, Scarlet Moon, Leonardo Netto, Dom Pepe e Djalma Limongi, ponto de encontro de todos os seres livres. Quatro décadas depois, a felicidade bate novamente à porta. O espetáculo ‘O Frenético Dancin´Days transporta para o palco a aura mítica em torno do lugar.

Não à toa, tem sido o grande sucesso da temporada e já foi visto por mais de 100 mil pessoas, entre Rio e São Paulo, aonde permanece em cartaz até o final de maio. Depois, o musical cai na estrada e percorre seis cidades brasileiras. Em Fortaleza, as apresentações acontecem dias 28 e 29 de junho, no Teatro RioMar Fortaleza. Mais informações sobre datas e serviços podem ser encontradas ao final do texto.

Nelson Motta (ao lado de Patrícia Andrade) assinou o texto com a absoluta propriedade de quem foi um dos fundadores da boate e viveu toda a agitação que marcou o Rio naquela época. Deborah Colker aceitou o desafio e fez sua estreia na direção teatral, além de assinar as coreografias, ao lado de Jacqueline Motta. A realização é das Irmãs Motta e Opus,produção geral de Joana Motta.

Autor de musicais consagrados como ‘Elis, a musical’, ‘Tim Maia- Vale Tudo, o musical’ e ‘S´imbora, o musical – a história de Wilson Simonal’, Nelson Motta afirma que nunca foi tão feliz com um espetáculo. “Esse musical é uma festa, as pessoas ficam enlouquecidas na plateia, parece que estamos mesmo voltando aos tempos da boate. É uma alegria imensa”, festeja. Eu sabia da potência, da força do Dancin´Days, de como ele mudou a cidade.

A boate chegou com esse caráter libertário, lá as pessoas eram livres, podiam ser como elas são. Isso tem uma grande força política, social, filosófica, artística. Não há nada como o livre arbítrio, estar em um lugar onde você vai ser quem você é”, afirma Deborah.  

O musical é uma superprodução, com 17 atores e seis bailarinos. Deborah Colker (premiada na Rússia com o Prix Benois de la Danse, considerado o Oscar da Dança) assina também as coreografias (ao lado de Jacqueline Motta) e tem ao seu lado uma ficha técnica de peso: Gringo Cardia (cenografia e direção de arte), Maneco Quinderé (desenho de luz), Alexandre Elias (direção musical), Fernando Cozendey (figurinos) e Max Weber (visagismo). Passarão pelo palco os principais personagens que marcaram não apenas a história da boate, mas da cultura nacional.

Os cenários e figurinos recriam a atmosfera disco, mas com uma identidade própria. “A minha inspiração foi a estética de como as pessoas se comportavam na época e o quão ousadas eram no vestir”, explica Fernando Cozendey. “O desafio foi trazer o shape 70 atualizado, criar algo que ainda provocasse espanto, alegria e libertação para um público em 2018. O espetáculo para mim é sobre transgressão de ser, vestir, dançar, existir”, acrescenta.

A direção musical de Alexandre Elias também acompanha o espírito da época e inova ao trazer um DJ pilotando a música ao vivo. “Quando a Joana Motta me convidou para esse projeto, ela veio com essa “sacada” que iríamos contar a história de uma discoteca e que devíamos ter um DJ. E, no caso do Dancing´Days, o DJ Dom Pepe era uma das figuras centrais”. Para construir os arranjos, Alexandre Elias passou meses pesquisando e optou pela técnica dos samples. “Estamos usando tecnologia de ponta nessa área, misturei elementos dos arranjos originais, que são clássicos presentes na nossa memória afetiva, com ideias minhas e da direção, para chegarmos ao resultado final”, explica Alexandre.

Dance sem parar

A noite carioca fervia nos anos 70, quando a casa foi criada para inaugurar também o Shopping da Gávea. A cena disco estava explodindo em Nova York, mas ainda não tinha acontecido no Brasil. O Dancin´Days foi inaugurado em 05 de agosto de 1976 e marcou a chegada da discoteca no país. Lady Zu, Banda Black in Rio, Tim Maia, a pista da boate fervia. Na casa, se apresentaram nomes como Rita Lee (ainda com o Tutti-Frutti), Raul Seixas, Gilberto Gil. “Eu adoro dançar, eu adoro dança, tudo que se movimenta. E para dançar você precisa de música. E música boa é a junção perfeita. E não tem como o Dancin´Days não ter isso, é uma música muito boa, é a melhor. É um iluminismo!”, celebra Deborah.

Nada causou tanta sensação quanto o surgimento das Frenéticas. Contratadas inicialmente como garçonetes, elas também faziam uma breve apresentação durante a madrugada. O sucesso foi imediato: Leiloca, Sandra Pera, Lidoca, Edyr, Dhu Moraes e Regina Chaves logo abandonaram as bandejas e assumiram os holofotes. Elas foram o primeiro grupo contratado da multinacional Warner, que estava aportando no Brasil. O país inteiro cantou ‘Dancin´Days’, ‘Perigosa’, ‘O Preto que satisfaz’ (abertura da novela ‘Feijão Maravilha’, da TV Globo), entre tantas outras.

“As Frenéticas foram obra do acaso e, claro, do talento de seis garotas que eram atrizes desempregadas, começaram como garçonetes do Dancin´Days e, no fim da noite, cantavam quatro músicas. Foi um estouro! o Dancin lotava só para ver as Frenéticas, que se tornaram as rainhas da discoteca no Brasil”, aponta Nelson.

A boate funcionou por apenas quatro meses, pois o contrato era limitado ao período que antecedia a abertura do Teatro dos Quatro. Ela celebrava um Rio e um país que conseguiam ser livres, apesar da ditadura militar. A casa reunia famosos e anônimos, hippies e comunistas, todas as tribos com o único objetivo de celebrar a vida. O sucesso foi tamanho que a casa foi reaberta no Morro da Urca e inspirou a novela ‘Dancin´Days’, de Gilberto Braga, que tinha a música homônima das Frenéticas como tema de abertura. O país inteirou caiu na gandaia e entrou na festa.

O espetáculo relembrará grandes clássicos da discoteca como ‘I love the nightlife’, ‘You make me feel might real’, ‘We are Family’, ‘Y.M.C.A’, ‘Stayin´alive’, além de clássicos das Frenéticas e grandes sucessos nacionais da época, como ‘Marrom Glacê’, entre outros.

Ficha Técnica

Texto – Nelson Motta e Patrícia Andrade

Direção geral –  Deborah Colker

Direção Musical – Alexandre Elias

Coreografia – Deborah Colker e Jacqueline Motta

Cenografia e direção de arte – Gringo Cardia

Desenho de luz – Maneco Quinderé

Figurinos – Fernando Cozendey

Visagismo – Max Weber

Assistente de direção: Gustavo Wabner

Colaboração artística: Toni Platão

Produção de elenco: Cibele Santa Cruz

Produção geral – Joana Motta

Gerente de Produção Opus – Graziele Saraiva

Direção de Produção – Renata Costa Pereira e Edgard Jordão

Produção Executiva – Vanessa Campanari

Realização – Irmãs Motta e Opus

Fortaleza (CE)

Duração: 120min
Classificação: 12 anos

Sexta-feira, 28 de junho, às 21h

Sábado, 29 de junho, às 21h


Teatro RioMar Fortaleza  (Rua Lauro Nogueira, 1.500 – piso L3 do Shopping RioMar Fortaleza – Papicu)
www.teatroriomarrecife.com.br

SetorValorMeia-Entrada
Plateia Baixa AR$200,00R$100,00
Plateia Baixa BR$120,00R$60,00
Plateia AltaR$50,00R$25,00

-40% KM de vantagens Clientes Ipiranga: a cada 200 km para o participante, limitado a 4 ingressos por CPF. Limitado a 50 ingressos por sessão do espetáculo. Vendas somente pelo site.

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;

***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:

– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br

– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).

– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 –

Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das

12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o

início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

Formas de pagamento:

Internet: Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American.

Bilheteria: Dinheiro, Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American e Banricompras (débito).