Browsing Tag

táxi

Waze e 99 apresentam voz de navegação com Scooby-Doo e Salsicha

 

Os motoristas brasileiros não precisam mais de uma Máquina Mistério para estarem na companhia de Scooby-Doo e Salsicha. Agora, os usuários poderão dirigir com as vozes em português dos personagens – estrelas da campanha da 99, “Dupla Imbatível”. Essa é a primeira voz em português no Waze que é gravada por duas pessoas – nesse caso, dois personagens clássicos.

“Customizar os comandos de voz do Waze torna experiência de dirigir mais divertida e permite um nível de engajamento único para as marcas – ainda mais com a novidade de ter dois personagens dividindo o papel de nos guiar pela cidade. A nossa parceria com a 99 nessa ação, além de inovar, também reforça o posicionamento do Waze como o ‘dupla imbatível’ do motorista brasileiro”, diz Leandro Esposito, diretor geral do Waze para o Brasil.

 

Além da voz dos personagens, os usuários poderão optar entre os ícones para ser o seu carro no mapa do aplicativo. Para ativar a voz do Scooby-Doo, basta acessar o Menu, ir à aba Configurações e, na seção Instruções de Voz, escolher a opção “Português (BR) – Scooby-Doo. Para mudar o carro, na mesma aba de Configurações, o usuário deve ir na seção Configuração de exibição, na aba de Carro no mapa, e escolher entre os ícones. A novidade está disponível para os smartphones iOS e Android e ficará online por 30 dias.

 

A ação, criada em parceria com a agência GUT, faz parte da campanha de marketing da 99 “Dupla imbatível”, cujo objetivo é reforçar os atributos “preço” e “qualidade” da empresa de transporte por aplicativo. Com linguagem e formatos descontraídos, a comunicação apresenta duplas famosas representando motorista e passageiro, como Salsicha e Scooby-Doo.

 

“Nosso propósito é ser a melhor escolha para passageiros e motoristas, aliando preço e qualidade, uma Dupla Imbatível que beneficia a todos. A campanha vem ao encontro com o nosso objetivo e de maneira leve e divertida e reforça os nossos compromissos com democratização do acesso ao transporte e à geração de renda”, afirma Stella Brant, diretora de Marketing da 99.

 

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece cinco tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Compartilha, serviço de corridas compartilhadas disponível em Belo Horizonte MG); e o 99Comfort,  que reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em Porto Alegre (RS).

 

Sobre o Waze

O Waze é pioneiro em navegação social, otimizando a tecnologia móvel e a comunidade global engajada para redefinir as expectativas em relação aos mapas de hoje. O Waze tem a maior rede de motoristas do mundo, que trabalham juntos diariamente para superar o trânsito e economizar tempo e dinheiro. O app recomenda consistentemente as rotas mais rápidas com base em direção em tempo real e dados de milhares de usuários. De redirecionamento de tráfego, postos de combustíveis com preços baixos e ofertas relevantes de grandes marcas, o Waze é uma das companhias de direção mais amplas do mercado. Para fazer o download gratuito do aplicativo Waze para iOS e Android, visite http://www.waze.com

99 COMPLETA DOIS ANOS DE OPERAÇÃO DO 99POP EM FORTALEZA

A 99, empresa brasileira de transporte urbano que integra a companhia
global DiDi Chuxing, completa nesta semana dois anos de atuação da
99Pop, a categoria de carros particulares da plataforma, em Fortaleza.
Nesse período, o crescimento da operação local se refletiu na
expansão para 28 cidades do Ceará.

Desde o lançamento da plataforma, a 99 tem alcançado marcas
impressionantes na capital. Um exemplo é a quilometragem somada dos
onze passageiros com mais viagens pela categoria, que já percorreram 69
mil quilômetros. A distância é aproximadamente equivalente a três
voltas no Brasil.

Outro dado que impressiona é de um passageiro que mais utilizou o
aplicativo na cidade, com um deslocamento superior a 15 mil
quilômetros, o mesmo que a distância em linha reta de Fortaleza para
Pequim, capital da China e sede da Didi.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados da operação no estado,
principalmente pela receptividade dos usuários com a prestação de
serviço qualificado de nossos parceiros motoristas”, afirma Bruno
Paiva, gerente de operações da 99 em Fortaleza.

SEGURANÇA NA 99

Nos dois anos atuando no mercado cearense, a 99 buscou aprimorar as
ferramentas de segurança e disponibilizar serviço de qualidade a todos
os usuários. Por isso, a empresa dedica seus esforços na prevenção,
proteção e atendimento de todos os usuários, sejam eles motoristas ou
passageiros.

Antes das corridas, o app investe continuamente em inteligência
artificial para evitar que ocorrências aconteçam, reconhecimento
facial e rastreador de comentários contra assédio. Durante as
corridas, em recursos como alerta de áreas de risco e o
compartilhamento de rotas. E depois da corrida, numa central de
emergência 24h, 7 dias por semana, que responde prontamente em caso de
necessidade.

Responsáveis por essa tarefa estão os mais de 130 profissionais que
compõem o setor de segurança da empresa no Brasil. Entre eles estão
ex-militares, engenheiros de dados e psicólogos, que atuam
exclusivamente para a proteção dos usuários.

PREVENÇÃO EM PRIMEIRO LUGAR

Para celebrar o mês em que completa dois anos na cidade, a empresa
desenvolveu uma série de recomendações de segurança para seus
usuários:

* É SUGERIDO UM “PONTO DE ENCONTRO FÁCIL”, área indicada para o

passageiro embarcar com segurança.
* ANTES DE ENTRAR NO CARRO, O USUÁRIO DEVE VERIFICAR A PLACA E A FOTO
do motorista e só embarcar se as informações coincidirem. O
aplicativo analisa o histórico público dos condutores por meio de
documentos e fotos, mas os passageiros são convidados a confirmar essas
informações no começo e no fim da corrida, como medida extra de
proteção.
* TODAS AS VIAGENS SÃO REGISTRADAS POR GPS e o perfil das chamadas é
monitorado por inteligência artificial. O algoritmo pode identificar
situações de risco, bloqueando o acesso à plataforma. Assim, o
sistema pode prever incidentes antes que eles aconteçam.
* O USUÁRIO DISPÕE DE UM CANAL DE ATENDIMENTO EXCLUSIVO PARA
SEGURANÇA no 0800-888-8999. A assistência oferece auxílio imediato –
em caso de assédio a uma mulher, o atendimento é exclusivamente
feminino.

SOBRE A 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e
motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global
Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil
motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no
Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a
startup oferece cinco tipos de serviços na sua plataforma: 99POP,
categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões
metropolitanas e grandes cidades; 99TAXI, categoria que cobre todo o
país; 99TOP, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo;
99COMPARTILHA, serviço de corridas compartilhadas disponível em Belo
Horizonte MG); e o 99COMFORT, que reúne comodidade de carros novos e
espaçosos a um preço acessível em Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e
São Paulo (SP).

99 aumenta em 60% o número de cidades atendidas e reforça iniciativas voltadas à segurança

A 99, empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa DiDi Chuxing, passou a atender 600 novas cidades no primeiro semestre de 2019. O número total de cidades em que a plataforma atua passou de 1000, ao fim de 2018, para 1600. Como forma de manter o serviço em constante evolução, o aplicativo, que tem como um dos principais focos a segurança de seus usuários, anuncia novo recurso, o botão de emergência para motoristas. A funcionalidade chegou ao Brasil em julho, depois de ser implementada com sucesso na China, em 2018.

A função já existe para passageiros desde o ano passado e, recentemente, passou por atualizações que melhoraram a interação dos usuários e condutores com o aplicativo. Agora, o motorista também pode compartilhar a sua rota com qualquer contato de sua lista telefônica por meio de WhatsApp e Messenger, com abertura do link diretamente da área que contém os dados do veículo, em complemento a opção pelo navegador de internet.

A inclusão de contatos de confiança são outra novidade permitida pela ferramenta. Com ela, será possível adicionar os números de até cinco pessoas para falar rapidamente com família e amigos, caso necessário. Para motoristas que possuem câmera no automóvel, o botão sinalizará de maneira mais clara se a câmera está ativa e gravando.

“O recurso adiciona mais uma camada de proteção ao motorista”, comenta Thiago Hipólito, Diretor de Segurança da 99. “O foco da iniciativa é agir rapidamente em qualquer situação  de emergência”.

A 99 possui uma equipe especialmente dedicada em segurança composta por mais de 100 pessoas, incluindo ex-militares, engenheiro de dados e psicólogos, trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana, cuidando exclusivamente da proteção de motoristas e passageiros.

O aplicativo usa tecnologia de ponta para focar especialmente em prevenção. Entre as soluções desenvolvidas estão o reconhecimento facial, câmeras instaladas nos veículos, inteligência artificial que monitora todas as chamadas, mapeamento de áreas de riscos, machine learning para rastrear casos de assédio, rodas de conversas e cursos online para uma conduta de respeito e tolerância, além do canal de atendimento exclusivo de segurança pelo 0800-888-8999.

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1 mil cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece três tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o Brasil; e 99Top, serviço premium de táxis de luxo oferecido em São Paulo.  Para mais informações, acesse: http://www.99app.com/

99 torna a experiência no Fortal completa e oferece descontos em viagens e espaço exclusivo


Quem vai de 99 neste Fortal, que acontece de 25 a 28 de julho, chegará mais perto do Corredor da Folia. Um dos maiores festivais de música do Brasil, com mais de 40 atrações nos quatro dias de festa, ganhou um reforço de peso em seu plano de mobilidade, com a parceria firmada entre o aplicativo e a organização do evento. A união garantirá maior comodidade, segurança no deslocamento, descontos exclusivos e uma estrutura especialmente montada para receber os foliões na Cidade Fortal.

Além do deslocamento seguro de quem festeja em Fortaleza, a 99 promete tornar a experiência do folião ainda melhor com os benefícios que acontecem logo na chegada ao Fortal. Para os passageiros guardarem as energias para a avenida, os motoristas terão acesso exclusivo, indo mais perto da entrada do evento. Ao desembarcar, o usuário ganha pulseira que dá acesso ao Lounge Bar 99, que conta com área de descanso, espaço com bebidas e a Tirolesa 99.

Após a festa, os veículos parceiros estarão na saída do evento para atender de forma rápida e segura todos os foliões. Quem for de 99Pop e voltar de 99Táxi terá 20% de desconto no retorno. Para garantir o benefício para ir para a folia, basta inserir o cupom DE99NOFORTAL. Na saída do evento, o folião deve ir ao ponto de embarque 99 e garantir seu desconto da volta.

Para os motoristas, a 99 e o Fortal garantem um estacionamento exclusivo da plataforma. Os parceiros terão acesso a uma área com direito a internet, lanches e bebidas não alcoólicas com água, café e refrigerante.

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece cinco tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Compartilha, serviço de corridas compartilhadas disponível em Belo Horizonte MG); e o 99Comfort,  que reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em Porto Alegre (RS).

Pesquisa inédita da 99 aponta que 76% dos brasileiros não fazem planejamento financeiro em relação ao transporte

A 99, em parceria com a Ipsos, realizou pela primeira vez no Brasil uma pesquisa sobre comportamento e percepção do brasileiro em relação à mobilidade urbana. Com o título “Como o brasileiro entende o transporte urbano”, o estudo apontou que 76% não se planeja financeiramente quanto aos custos com transporte mensal no Brasil. Foram realizadas 1.500 entrevistas domiciliares com população 18 anos ou mais entre 29 de abril e 8 de maio com margem de erro de 2,5 p.p., em todas as regiões do País.

A pesquisa mostra que 62% sequer tem a noção de quanto desembolsa mensalmente em suas despesas gerais. A variação entre percepção e realidade sobre gastos com transporte é tanta que a diferença chega a quase seis vezes entre donos de carros. O gasto médio das despesas com transporte declaradas pelos entrevistados foi de R$ 211 – média entre todas as classes sociais. Obviamente, os gastos indicados na pesquisa variam por classe: R$ 446 (Classe A), R$ 302 (Classe B), R$ 181 (Classe C) e R$ 158 (Classe D/E).Entre donos de carro, o gasto real pode chegar até R$ 2090,58, quando declarados os valores abertamente (combustível, IPVA, manutenção e etc.).

De acordo com o levantamento, os brasileiros gastam em média 1h20 para se deslocar (ida e volta) para a atividade principal do dia. Esse o gasto é de 2h07 para cumprir todos os deslocamentos diários. As classes C e D/E são as que mais tempo levam para se locomover: 129 minutos para a classe C e 130 para as classes D/E. As classes A e B levam 94 e 124 minutos respectivamente. As regiões campeãs em tempo de locomoção são a Sudeste (144 minutos) e a Nordeste (132 minutos). Em média são 2,4 deslocamentos diários com percurso maior que 500 metros.

Um ponto levantado pelo estudo é que os entrevistados usam em média três modalidades de transporte por semana. Entre as principais, 70% andam a pé, 46% utilizam ônibus e 43% o carro particular. Por outro lado, modais emergentes como carros por aplicativos já estão inseridos na rotina do brasileiro: 18% afirma ter utilizado aplicativos na semana anterior à entrevista.

Para 4 a cada 10 brasileiros é difícil ou muito difícil a forma de se locomover no Brasil. “É importante que o brasileiro tenha informação para se planejar e buscar a melhor combinação de modais, entre os tradicionais e emergentes, públicos e privados. Só assim é possível suprir cada tipo de necessidade, gerando não só economia de dinheiro, mas de tempo, de energia e melhor qualidade de vida – além de se ter uma experiência melhor na cidade em que se vive”, diz Pâmela Vaiano, Diretora de Relações Públicas da 99.

Uma transição em curso. O estudo revela que dentre os proprietários de carros 30% abriria mão do carro em prol de outros meios de transporte. Os dados obtidos estão de acordo com um comportamento que já vem sendo observado na sociedade, em que o carro próprio deixa de ser um item dos sonhos, principalmente entre os mais jovens. Dados do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) apontam uma queda de 30% na emissão de carteiras de habilitação (CNH) nos últimos três anos.

Uma das explicações para essa queda na emissão de CNHs é o crescente uso de carros por aplicativo – na pesquisa, 79% dos entrevistados que avaliaram o serviço classificaram como bom ou excelente. “Além da qualidade do serviço, o uso de carros por aplicativo também possibilita maior controle financeiro, já que os gastos com esse modal podem ser acompanhados de perto e o usuário ganha conforto, comodidade e tempo, além da economia com impostos e gastos relacionados a um veículo próprio”, explica a executiva

Essa é a primeira vez que uma pesquisa sobre o comportamento diante do transporte e a mobilidade urbana é realizada com abrangência nacional. “Vivemos um momento de transformação e ampla discussão sobre mobilidade. Mas é preciso colocar as pessoas no centro do debate, para que planos saiam do papel e a diversidade de modais melhore a eficiência e a convivência nas cidades. Assim, entender como o brasileiro percebe seu deslocamento – em relação a hábitos, custos e escolhas – é fundamental para elaboração de soluções que atendam aos anseios da população”, afirma Pâmela Vaiano, diretora de Relações Públicas da 99.

Sai o carro, entra a qualidade de vida. Dos entrevistados que não possuem carro, 11% tinham e deixaram de ter nos últimos 5 anos. Entre as principais razões, os gastos com o veículo é o mais citado. Já para 5%, a razão é a mudança no estilo de vida. Uma melhor integração entre os transportes é o desejo de muitos brasileiros, para uma melhor qualidade de vida, conforto e economia de tempo e dinheiro.

Na garupa do Nordeste. Os nordestinos são os que menos andam a pé em comparação a outras regiões como Centro-Oeste e Norte, além disso gastam em média 95 minutos para se deslocar até a atividade principal (ida e volta).

A diversificação do Pantanal. Em média os moradores do Centro-Oeste utilizam três tipos de transportes na semana. Além disso, 23% utilizam carros por aplicativo.

Rumo ao Chuí de carro. O Sul é o que mais concentra o número de usuários de carro entre as regiões, (66% dos entrevistados na região Sul utilizaram o carro na última semana). 34% utilizam o ônibus como meio de transporte Além disso, 20% utilizou bicicleta ou patinete na última semana.

Quem mais anda a pé em todo o Brasil? Assim como Centro-Oeste, o Norte é a região que mais anda a pé. Dos entrevistados, 85% deslocam-se a pé e justamente são os que menos utilizam o carro em todo o País (23%). Em compensação, ganham de todas as regiões no uso de motos (32%).

Pelos túneis do Sudeste. Quem mora na Região Sudeste é o que mais utiliza o metrô em todo o País, dada a concentração de linhas no Rio de Janeiro e em São Paulo. São também os que menos utilizaram motos na última semana (11%). 21% utilizou carro por aplicativo na última semana.

A pesquisa domiciliar foi realizada pela Ipsos a pedido da 99. Foram ouvidas 1.500 pessoas entre 29 de abril e 8 de maio de 2019, em todas as regiões do País. Margem de erro de 2,53 pontos percentuais.

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1 mil cidades no Brasil.

Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece três tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o Brasil; e 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo.