Browsing Tag

Saúde

Unimed Ceará inaugura academia ao Ar Livre no Parque Adahil Barreto

 

No último domingo (18), às 9 horas, a Unimed Ceará inaugurou uma academia ao ar livre, no Parque Adahil Barreto, em parceria com o Governo do Estado. Este é o oitavo equipamento para uso da comunidade em geral na prática de atividade física, que nestes últimos meses têm sido ainda mais utilizados, em razão das restrições que a pandemia impôs.

A iniciativa segue a proposta do movimento nacional Mude 1 Hábito, do Sistema Unimed, com o objetivo de incentivar as pessoas a aderirem um novo estilo de vida, em prol da saúde e bem-estar.

“As parcerias público-privadas que temos realizado são um presente para a população do Ceará, porque ampliam o acesso a práticas saudáveis, prevenindo doenças e garantindo mais qualidade de vida de forma gratuita e acessível, já que os equipamentos estão instalados em regiões de grande movimentação”, diz o presidente da Unimed Ceará, Darival Bringel.

Além desta parceria das academias ao ar livre, a Unimed Ceará tem outras iniciativas, como o projeto Bike Vida e a Arena Beira-Mar (com a Prefeitura de Fortaleza). “Tudo isso, junto com as academias, com foco na comunidade em geral, e não apenas nos nossos clientes”, acrescenta o presidente.

As academias são compostas de três módulos: “Espaço Funcional”, que conta com aparelhos para treinamento funcional, idealizados de acordo com as valências físicas, o Espaço Fitness que é destinado aos exercícios voltados para o fortalecimento muscular, e o Espaço Cardio, que possui aparelhos específicos para melhorar a capacidade cardiorrespiratória.

Além do Parque Adahil Barreto, já foram implantadas pela Unimed Ceará sete academias na capital: Parque do Cocó, Praça da OAB, Praça do Mirante, Praça das Flores, Parque Riacho Maceió, Praça Portugal e Floresta Curió; e oito no interior do Estado (Iguatu, Itapipoca, Crateús, Sobral, Reriutaba, Quixadá, Tauá e Icó).

Com desafios voltados para a obesidade e o câncer em crianças, primeira edição do Hackathon Saúde Infantil inicia dia 23

 

Para estimular soluções que promovam a prevenção, o diagnóstico e o tratamento de qualidade para crianças e adolescentes que lidam com o câncer e a obesidade, o Instituto Desiderata realizará de 23 a 30 de outubro a primeira edição do Hackathon Saúde Infantil. Totalmente online, o evento está com inscrições abertas e gratuitas até o dia 21, pelo site https://www.hackathonsaudeinfantil.com.br.

Trabalho em equipe, maratonas com trocas de experiência e conhecimento, desafios inspiradores e projetos que unem tecnologia, criatividade e inovação pelo principal objetivo: ajudar a transformar a realidade de milhares de crianças e adolescentes que convivem com o câncer ou a obesidade, e são atendidos pelo sistema público de saúde do Brasil. Durante o evento, os inscritos deverão propor soluções para os dois desafios apresentados pelo Desiderata, um de Oncologia Pediátrica e outro de Obesidade Infantil.  Funciona assim: a partir de problemas já mapeados, os participantes articulam ferramentas que vão produzir mudanças sociais para tornar a vida dessas crianças mais saudável.

As inscrições podem ser individuais ou em grupo, respeitando a capacidade máxima de cinco pessoas por equipe. Durante os dois primeiros dias do evento, acontecerá a formação de times entre os participantes ainda sem grupo.

A live de abertura do Hackathon Saúde Infantil será no dia 23 e, com as equipes definidas, os integrantes poderão idealizar e executar seus projetos nos dias 24 e 25. Depois de apresentados ao júri, os trabalhos passam por análise e avaliação. A divulgação do resultado e a premiação de R$ 15 mil para o 1º lugar de cada categoria serão no dia 30, em uma live para todos os envolvidos.

Fundado há 17 anos, o Desiderata é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) com uma história inovadora de atuação conjunta com gestores públicos e organizações. O Instituto desenvolve e implementa soluções relacionadas à prevenção, ao diagnóstico e ao cuidado da saúde de crianças e adolescentes.

 

Festival Costume Saudável lança grupos no Telegram para antecipar debates sobre saúde do corpo e mente

SONY DSC

O Mercadinhos São Luiz está na contagem regressiva para a oitava edição do Festival Costume Saudável, nos dias 24 e 25 de outubro, mas já antecipou os debates sobre os macrotemas que serão discutidos no evento, criando quatro “salas virtuais” no aplicativo Telegram, abertas ao público.

Interessados em atividades de alta performance podem participar do Grupo Vermelho (https://t.me/tribovermelhafcs2020); quem quiser ouvir e contribuir com temas sobre maternidade, paternidade e informações de saúde para a criançada entram no Grupo Roxo (https://t.me/triboroxafcs2020); consumo sustentável e alimentação saudável é no Grupo Verde (https://t.me/triboverdefcs2020); e, por fim, qualidade de vida, saúde emocional e mental no Azul (https://t.me/triboazulfcs2020).

As novidades desta edição e detalhes da programação também serão divulgadas nos grupos, e os integrantes terão a oportunidade de conferir em primeira mão tudo o que acontecer no festival.

Sobre o Festival Costume Saudável

Desde 2013, o Festival Costume Saudável, maior evento de hábitos saudáveis do Norte e Nordeste, reúne centenas de atividades, entre palestras, oficinas, apresentações culturais, aulões, food park, feira de microempreendedores e apresentação de novidades da indústria e comércio para os segmentos saudável e sustentável.

O Costume Saudável é uma iniciativa dos Mercadinhos São Luiz, que enxergou uma carência de informações sobre como aderir ao estilo de vida saudável na cidade. O objetivo do evento é reafirmar um dos pilares estratégicos dos Mercadinhos São Luiz, contribuindo para a divulgação de novos hábitos alimentares, a prática de atividades físicas que promovem o bem-estar e a adoção de um estilo de vida saudável.

 

Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara é referência em atendimento humanizado

O Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado, tem como missão prestar um atendimento humanizado à população cearense. O diferencial na assistência da unidade é relatado pela costureira Auxiliadora Magalhães, 57 anos.

“O HGWA é uma ótima unidade. Os profissionais são maravilhosos. Fiz alguns amigos lá, inclusive. Eu sempre estou fazendo tratamento no hospital e aproveito para revê-los”, conta Auxiliadora, que conheceu o hospital em 2013. À época, ela havia recebido o diagnóstico de câncer no palato duro, uma fina camada óssea do crânio localizada no “céu”da boca.

No hospital, a costureira realizou cirurgia para retirar o tumor. Depois, fez procedimentos para a reconstrução do palato. Auxiliadora continua sendo acompanhada pela equipe multidisciplinar da unidade, sendo submetida a consultas e exames a cada dois meses. “Sou acompanhada por um médico cardiovascular, um reumatologista e um cirurgião, além de fonoaudiólogo, nutricionista e até mastologista”, comenta.

Quem também tem boas lembranças do atendimento do HGWA é o técnico de enfermagem e animador de festas infantis Wanderson Guerreiro, 34. O jovem é grato pelo acolhimento que recebeu dos profissionais da unidade durante o tempo em que a mãe dele, a aposentada Fátima Pinheiro, 73, esteve internada no hospital após ter um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em julho deste ano.

“Os médicos, enfermeiros e técnicos são maravilhosos. Minha mãe foi recebida por uma equipe que a acolheu com cuidado e carinho. Fora isso, eles também me davam apoio, palavras de conforto e de fé, o que me ajudou bastante a enfrentar as dificuldades, principalmente quando ela ficou em isolamento por suspeita de Covid-19”, conta.

Agora em casa, Fátima é acompanhada pela equipe do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) “Sou muito grato ao hospital. Ao sair, fiz questão de deixar uma carta de agradecimento na Ouvidoria e me colocar à disposição para trabalhar voluntariamente como animador com as crianças que são atendidas no HGWA. Vejo que pode ser uma forma de eu conseguir retribuir o que recebemos durante o período de internação da minha mãe”, disse.

Mesmo com a suspensão temporária das visitas durante a pandemia, a Ouvidoria do hospital contabilizou 560 elogios de acompanhantes e pacientes entre janeiro e setembro deste ano. “O HGWA tem como prioridade oferecer um cuidado centrado no paciente e em sua família, visando superar as suas expectativas em relação ao seu internamento na instituição. Para tanto, são desenvolvidos uma série de medidas, como plano terapêutico individualizado, escuta qualificada, apoio psicológico, realização de desejos e pesquisa de satisfação. Os pacientes e familiares são convidados a participarem de decisões sobre o seu tratamento e a se manifestarem sobre oportunidades de melhoria e sugestões”, disse a diretora de Processos Assistenciais do HGWA, Thaís Lobo Herzer.

 

Serviço de Atendimento Domiciliar

O Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) promove o acompanhamento de pessoas em casa, buscando diminuir os riscos de infecções, reduzir os custos hospitalares e, sobretudo, dar continuidade ao tratamento de forma humanizada para melhorar a qualidade de vida do paciente.

Por meio do SAD, os pacientes também têm acesso, em casa, a remédios de alto custo fornecidos pelo hospital. Uma equipe multidisciplinar formada por médicos cardiologistas, pneumologistas, enfermeiros, assistente social, nutricionista, fisioterapeutas e técnico de laboratório é responsável pelos cuidados prestados.

 

Atendimento

O HGWA atende pacientes previamente encaminhados pela Central de Regulação do Estado. Além de realizar exames e cirurgias diversas, o hospital conta com Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adulto, pediátrica e neonatal e Unidades de Cuidados Especiais (UCE) adulto, pediátrica.

Crianças serão transportadas do pré-operatório para o Centro Cirúrgico em carrinhos elétricos no hospital do Hapvida

É de conhecimento geral que alegria e bem-estar são essenciais para manter uma pessoa saudável. É por isso que, o Sistema Hapvida busca, cada vez mais, oferecer um ambiente acolhedor e divertido para seus pacientes, especialmente para as crianças. Nesta sexta, 16, a partir das 10 horas o Hospital Luís de França, referência em saúde pediátrica em Fortaleza, vai inaugurar o projeto Acolhimento Linha de Cuidado Cirúrgica, que vai levar o paciente do pré-operatório para o Centro Cirúrgico em um carrinho elétrico.

A proposta é tornar esse momento tão delicado, que é sair dos braços da mãe e ir ao Centro Cirúrgico, um pouco mais lúdico e acolhedor, tanto para pacientes quanto para os familiares, desmistificando o medo tão comum que crianças têm de hospitais. “O projeto faz parte de uma série de ações do Hapvida no Hospital Luís França, reforçando nosso acolhimento às crianças, que devemos atendê-las de forma lúdica. Faz parte da nossa missão desmistificar a ida aos hospitais para os pequenos e oferecer uma maior qualidade de vida, além de levar mais leveza ao atendimento”, explica o médico, Caio Malachias, diretor do Hospital Luís de França.

O transporte será feito seguindo todos os protocolos de segurança que foram estabelecidos pelo hospital, incluindo esterilização dos materiais usados e do próprio carrinho, além de um profissional treinado para dirigi-lo. Só serão transportadas neles as crianças a partir de um ano que já são capazes de se sustentar sentadas e poderão fazer o trajeto com tranquilidade. Após a inauguração nesta sexta-feira, no Hospital Luís de França, o projeto vai continuar em pleno funcionamento nesta unidade de saúde pediátrica e deve ainda ser implantado em outros hospitais.

Sesc lança Movimento Rosa com intervenções educativas e campanha em prol da sensibilização

 

Durante o mês de outubro, a equipe de Educação em Saúde, Assistência e o Departamento Físico-Esportivo do Sesc Fortaleza realizará ações educativas em diversos pontos de Fortaleza e na própria Unidade do Sesc para alertar sobre a importância da prevenção ao câncer de mama.

O Movimento Rosa vai acontecer até 28  com uma sequência de intervenções educativas em shoppings e empresas, palestras online com profissionais de Saúde e representantes da Associação Toque de Vida, oficinas, aulões de atividade física, entre outras iniciativas.

As atividades mobilizam o público para a ação no Dia Nacional de Combate ao Câncer (27), quando, em parceria com o Senac Ceará, será feita a coleta de mechas para confecção de perucas para mulheres em tratamento ao câncer de mama. Neste dia, as pessoas que quiserem fazer a doação de cabelos poderão ir até o Sesc Fortaleza entre 9 e 12h, e 14h e 17h, para realizar o corte com os alunos do curso de cabeleireiro do Senac Ceará.

Uma das instituições que participam do Movimento Rosa é a Associação Toque de Vida, formada por mulheres que passaram pelo procedimento de retirada das mamas. No dia 14, a coordenadora Mary Ferreira Dias conversa com a enfermeira do Sesc, Marília Bessa, sobre a importância das redes de apoio no enfrentamento ao câncer de mama, a live será transmitida às 16h pelo perfil @sescce. No dia seguinte acontece a oficina que ensina como utilizar lenços como adereço para a cabeça.

 A sexta-feira (16) será o Dia D, com aulões de Zumba no Sesc Fortaleza e o Desfile Rosa, a partir das 8h, com a participação de mulheres integrantes do Grupo de Estudos Oncológicos – GEON. Na semana seguinte (23/10) o tema em debate será a sexualidade feminina e o câncer de mama, com participação da ginecologista da Maternidade Escola Assis Chateubriand, Nadiedja Nobre, e a enfermeira obstetra do Sesc, Clara Cardoso.

De acordo com a gerente da unidade do Sesc Fortaleza, Lorena Wendt, a programação foi pensada nos mínimos detalhes, de forma a potencializar a importância do cuidado. “Nessa perspectiva é que o Sesc Fortaleza vem realizando projetos que promovem espaços para debates e reflexões, pautando questões de relevância social”, destaca.

 

 Mamografias gratuitas em Santa Quitéria

Após período de intervalo no atendimento durante a pandemia, a unidade móvel Sesc Saúde Mulher retoma o atendimento ao público com exames de mamografia, prevenção do câncer de colo do útero (Papanicolau), exame clínico das mamas, além de atividades educativas em saúde. A unidade móvel está na cidade de Santa Quitéria e permanece até 18 de dezembro com atendimento gratuito. Na estrutura equipada com salas individualizadas para realizar os exames de mamografia e citopatológico, os profissionais de Saúde do Sesc realizarão diariamente 20 exames de mamografia para mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos e 20 exames citopatológicos (colo de útero) para mulheres de 25 a 64, sexualmente ativas.

A previsão dos atendimentos no município é de: 1.200 mamografias; 1.200 exames citopatológicos; 720 exames clínicos mamas. Clique e saiba mais

 

Exposição Reflorescer
A exposição de telas bordadas por mulheres em tratamento do câncer de mama está aberta à visitação do público na Unidade Sesc Centro até o dia 31.
Clique e saiba mais

 

Serviço
Movimento Rosa
Período: 2 a 28 de outubro
Clique e confira a programação completa

Médica e cordelista Paola Tôrres lança cartilha sobre Leucemia

Com lançamento virtual para esta quinta-feira (15), às 20h, a obra “Leucemia Sem Segredo – Uma Cartilha em Cordel” será distribuída gratuitamente para associações de pacientes e para as principais instituições brasileiras que atuam no tratamento e prevenção do câncer.A literatura de cordel está cada dia mais viva e presente em diversos espaços brasileiros, e na medicina não tem sido diferente. A médica e cordelista Paola Tôrres, que recentemente tomou posse na ABLC – Academia Brasileira de Literatura de Cordel, já tem um trabalho de destaque na união dessas artes: a medicina e o cordel. Neste novo lançamento, essa atuação se dá de forma ampliada.

A obra “Leucemia Sem Segredo – Uma Cartilha em Cordel” se propõe a acessibilizar informações sobre a Leucemia Mielóide Aguda, uma doença severa, e que embora tenha tratamento, ainda é alvo de preconceitos e equívocos, possivelmente pela fala de conhecimento.

Com a sonoridade das rimas e da métrica do cordel, Paola que é sobretudo uma educadora, nos convida com leveza para uma aula regada por poesia, conhecimento e desmistificação sobre uma doença tão pouco abordada.

Ricamente ilustrada pelo premiado artista plástico Jô Oliveira, a cartilha é apresentada por Nelson Hamerschlak (Hospital Israelita Albert Einstein), apoiada pela Astellas Farma Brasil, e foi editada pelo Instituto Roda da Vida.

Além da edição impressa, que será distribuída gratuitamente para associações de pacientes e para as principais instituições brasileiras que atuam no tratamento e prevenção do câncer, o e-book estará disponível nas redes e sites dos parceiros deste projeto. O lançamento será virtual, e está marcado para 15 de outubro (quinta-feira) no canal do YouTube do Instituto Roda da Vida!

Serviço:
Lançamento da obra “Leucemia Sem Segredo – Uma Cartilha em Cordel” de Paola Tôrres – (Quinta-feira) às 20h.
canal do Instituto Roda da Vida .

Festival Costume Saudável 2020 convida participante a adotar novos hábitos sem sair de casa

Faltam poucos dias para a oitava edição do Festival Costume Saudável, que vai acontecer nos dias 24 e 25 de outubro. O diferencial desta edição é que o evento, o maior de hábitos saudáveis do Norte e Nordeste,  terá programação 100% virtual, e toda a comunicação visual está alinhada a esta proposta, convidando os participantes a se exercitar e aprender com os temas sem sair de casa.

Frases como “Vista roupas confortáveis. Só não vale pijama”; “Comece o exercício empurrando o sofá pro lado”; “Nunca foi tão saudável ficar o dia todo na internet” e “Dica para tirar manchas de suor do sofá: suar longe dele” ilustram as peças elaboradas pela agência Slogan Propaganda.

O evento vai ocupar as telas dos participantes nos dois dias, das 8h às 18h, com transmissão ao vivo pelo YouTube e Instagram. A organização da programação por salas (desta vez virtuais), já conhecida dos participantes, vai ser mantida na edição online. Interessados em atividades de alta performance devem ficar de olho na sala vermelha; quem quiser ouvir sobre maternidade, paternidade e informações de saúde para a criançada vai ficar ligado na sala roxa; consumo sustentável e alimentação saudável é na sala verde; e, por fim, qualidade de vida, saúde emocional e mental na sala azul.

Mais detalhes da programação serão divulgados no instagram do Festival Costume Saudável: https://www.instagram.com/festivalcostumesaudavel/.

Sobre o Festival Costume Saudável
Desde 2013, o Festival Costume Saudável, maior evento de hábitos saudáveis do Norte e Nordeste, reúne centenas de atividades, entre palestras, oficinas, apresentações culturais, aulões, food park, feira de microempreendedores e apresentação de novidades da indústria e comércio para os segmentos saudável e sustentável.

O Costume Saudável é uma iniciativa dos Mercadinhos São Luiz, que enxergou uma carência de informações sobre como aderir ao estilo de vida saudável na cidade. O objetivo do evento é reafirmar um dos pilares estratégicos dos Mercadinhos São Luiz, contribuindo para a divulgação de novos hábitos alimentares, a prática de atividades físicas que promovem o bem-estar e a adoção de um estilo de vida saudável.

Unimed investe em cultura para levar bem-estar à população de casa

                                                                                                                                                                                                                                         Créditos: divulgação | Priscila Prade
Com foco no bem-estar e nos benefícios da cultura para a saúde mental da população neste momento de pandemia, o Teatro Unimed retoma suas atividades em ambiente digital, com o espetáculo teatral online e inédito Madame Sheila, dividido em oito atos semanais de até oito minutos cada. A peça conta a vida e os pensamentos da Madame Sheila, protagonizada pelo ator Luís Miranda, uma socialite avessa ao calor do Brasil, que passa a quarentena cercada por empregados e prisioneira em sua própria mansão, em Paris. A ação faz parte do projeto ‘Teatro Unimed em Casa’, iniciativa do Teatro Unimed para continuar produzindo cultura e entretenimento em tempos de pandemia.
Atividades culturais como essa são importantes, pois levam qualidade de vida à população de todo o Brasil. “A saúde vai muito além de cuidados físicos, inclui também estar bem com a mente, ter lazer, fazer boas escolhas e o que gosta. O teatro e a arte expressam muito bem tudo isso e incentivam o bem-estar que tanto buscamos, ainda mais neste momento por que estamos passando. Essa é uma forma de tornarmos a cultura acessível mesmo na pandemia e privilegiar toda a população”, destaca o presidente da Central Nacional Unimed, Alexandre Ruschi.
Em 2019, a Central Nacional Unimed trouxe grandes incentivos a espaços culturais e atividades que visam à melhoria da qualidade de vida dos moradores de São Paulo, por meio de experiências positivas em prol da promoção e cuidado com a saúde. São ações que concretizaram o reposicionamento de marca da empresa, que se mostra cada vez mais sólida e com planos para contribuir com o futuro e a saúde da capital paulista.
“Estamos comprometidos em levar qualidade de vida e promover diversidade à população. No ano passado, realizamos muitas ações de promoção da saúde, principalmente com foco preventivo. A pandemia nos fez inovar nos formatos para levar informação, educação e lazer para as pessoas, mas o digital garantiu que a gente quebrasse as barreiras do isolamento social. As mensagens de fomentar a importância da medicina preventiva e incentivar hábitos mais saudáveis são alguns dos nossos principais objetivos para evitar o surgimento de doenças ou controla-las, e o prazer que a arte proporciona é uma ferramenta muito eficaz para isso”, explica Alexandre Ruschi.
É assim que o Teatro Unimed retoma suas atividades, levando cultura e entretenimento de qualidade não apenas ao público paulistano, mas de todo o Brasil e, até mesmo, do exterior. “É com muita alegria que conseguimos, neste momento de crise mundial, continuar gerando trabalho para um dos setores que mais sofreu com a pandemia, com dezenas de profissionais envolvidos, equipes totalmente dedicadas a levar às famílias brasileiras um espetáculo cheio de bom humor, que nos faz voltar a sorrir e, ao mesmo tempo, pensar. Uma produção inédita, de alta qualidade, que pode ser acessada gratuitamente por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo”, afirma Fernando Tchalian, CEO da desenvolvedora REUD.
A frase “o show tem que continuar” nunca fez tanto sentido diante do atual cenário de crise vivido por muitos artistas que atuam no palco e nos bastidores do teatro nacional. A pandemia causou um forte impacto na cultura. Além dos artistas, existem diversas profissões impactadas diretamente pelo fechamento dos teatros, deixando muitas famílias em situação vulnerável. A Associação dos Produtores de Teatro – APTR organiza uma campanha para arrecadação de recursos em apoio à alimentação dos que trabalham com a quinta arte.
E o Instituto Central Nacional Unimed abraçou a causa. Por meio de doações, será possível recarregar 1,2 mil cartões alimentação VR Benefícios — isento da cobrança de taxas — já distribuídos para aqueles que estão sem trabalho na área, desde o início da pandemia da Covid-19, auxiliando os profissionais e suas famílias. O público de Madame Sheila pode fazer parte dessa corrente do bem, doando qualquer contribuição por meio do aplicativo Ame Digital. Afinal, os espetáculos podem até ter dado uma “pausa”, mas a solidariedade não.
Madame Sheila
O espetáculo teatral mostra a vida e os pensamentos da Madame Sheila (Luis Miranda), socialite avessa ao calor do Brasil, que passa a quarentena cercada por empregados e prisioneira em sua própria mansão, em Paris. É uma divertida crônica do momento atual, que faz rir e, ao mesmo tempo, pensar sobre os comportamentos humanos. A peça pode ser vista no site do Teatro Unimed (www.teatrounimed.com.br), com apresentação de oito atos semanais, de até oito minutos cada, exibidos online gratuitamente, nas quintas-feiras de outubro e novembro. A direção é de Monique Gardenberg, que faz uso de sua dupla experiência como diretora teatral e cineasta, para criar um espetáculo teatral digital com a colaboração de sua parceira Daniela Thomas (cenografia), Jorge Farjala (figurino), Glauco Firpo (direção de fotografia) e  Beto Bruel (iluminação), vencedor do Prêmio Shell 2020 por seu trabalho em Lazarus, espetáculo que inaugurou o Teatro Unimed.
Teatro Unimed
Iniciativa da Desenvolvedora REUD e projeto do cultuado arquiteto Isay Weinfeld, o Teatro Unimed está localizado em um dos pontos centrais da cidade de São Paulo: esquina da Rua Augusta com a Alameda Santos, a apenas uma quadra da Avenida Paulista. Com curadoria da programação feita por Monique Gardenberg, Carlos Martins e Jeffrey Neale, da Dueto Produções, o Teatro Unimed é voltado para espetáculos de alta qualidade e nunca antes exibidos na cidade, como o musical Lazarus, de David Bowie, com o qual abriu suas portas em agosto de 2019. Muito versátil, com o que existe de mais moderno em tecnologia cênica, ideal para espetáculos de teatro, música, dança, eventos, gravações e transmissões ao vivo, o Teatro Unimed é todo revestido em madeira, com 249 lugares, palco de 100m2, boca de cena com 12m de largura e fosso para orquestra.
Primeiro teatro criado por Isay Weinfeld (responsável pelos projetos dos hotéis do Grupo Fasano, do residencial Jardim, em Nova York, e do Hotel InterContinental, em Viena), o Teatro Unimed ocupa o primeiro andar do sofisticado edifício projetado pelo arquiteto, o Santos Augusta, empreendimento da REUD, combinação única de escritórios, café, restaurante e teatro. Elegante e integrado ao lobby no piso térreo, o Perseu Coffeehouse é a porta de entrada do Santos Augusta. Com mobiliário vintage original dos anos 50 e 60, assinado por grandes nomes do design brasileiro, como Zanine Caldas, Rino Levi e Carlo Hauner, e uma carta de cafés, comidinhas e drinks clássicos, é o lugar perfeito para encontros informais, desde um café da manhã até o happy hour. O Casimiro Ristorante é uma iniciativa de um dos mais admirados e tradicionais restaurantes de São Paulo o Tatini, fruto da dedicação de três gerações de profissionais voltados para a gastronomia italiana de qualidade: Mario Tatini, Fabrizio Tatini e Thiago Tatini.
Sobre a Central Nacional Unimed
A Central Nacional Unimed é a operadora nacional dos planos de saúde empresariais da marca Unimed. Sua carteira de clientes é composta por cerca de 1,7 milhão de clientes de grandes corporações brasileiras. Também trabalha com PME e foco regional em Salvador, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Itabuna, Ilhéus, São Luís, Brasília e São Paulo. Em 2019, a Central Nacional Unimed registrou receita de R$ 7,6 bilhões (+35,9% em relação a 2018). Também esteve entre as dez operadoras do País que mais cresceram em vidas 2019, com o maior faturamento e market share. É considerada uma das melhores empresas para se trabalhar e uma das melhores para se iniciar a carreira. Faz parte do Sistema Unimed, composto por 345 cooperativas médicas presentes em todo o território nacional, que compartilham os valores do cooperativismo e o trabalho para valorização dos médicos e da medicina.

Outubro Rosa: diagnóstico precoce e tratamento contra o câncer precisam continuar independente da pandemia

 

Durante a pandemia da Covid-19, muitas consultas, exames de rotina, tratamentos e até mesmo cirurgias, foram adiados devido aos riscos de contrair o novo coronavírus. O alerta sobre o câncer de mama se destaca com a chegada do Outubro Rosa, sendo este o primeiro mês de campanha diante a uma pandemia. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima quase 66 mil casos em 2020.

A Sociedade Brasileira de Mastologia Regional Ceará  destaca os cuidados com o câncer de mama. O rastreamento e a continuidade do tratamento, são fundamentais para a cura. Neste ano de 2020, a Sociedade abraça como lema a frase “Quanto Antes Melhor”, em alusão à importância do diagnóstico precoce.

Dados apurados durante a pandemia mostram que a queda de atendimentos de pacientes com câncer de mama foi de 60% a 80% nos meses de março e abril, logo no início do isolamento social no Brasil. Conforme estatísticas disponibilizadas pela Sociedade Brasileira de Mastologia Regional Ceará, em março de 2019 foram realizadas 5.720 mamografias de rastreamento pelo SUS no estado. Em igual período deste ano de 2020 foram 3.358.

A presidente da SBM Regional Ceará, médica mastologista Aline Carvalho orienta que as mulheres acima dos 40 anos, na faixa etária preconizada para o rastreamento, mesmo que assintomáticas, não atrasem seus exames mamários. “O câncer não espera! Não dá pra esperar a pandemia passar para se cuidar”, afirma.

A SBM reforça que a pandemia pode ter deixado muitas mulheres sem diagnóstico. Fator preocupante, tendo em vista, que no ano passado a cobertura do SUS já foi considerada baixa. As mulheres necessitam retomar seus exames, sempre seguindo as medidas de segurança, principalmente no caso de notar um nódulo palpável. O ideal é não postergar e buscar um atendimento imediatamente para diagnóstico precoce.

Mês temático

O movimento “Outubro Rosa”, caracterizado pelo laço rosa, teve início nos Estados Unidos da América, onde o Congresso Nacional votou e aprovou lei estabelecendo outubro como o mês nacional de prevenção ao câncer de mama. A data tem abrangência mundial. Durante o mês, monumentos e prédios administrativos costumam serem iluminados pela cor rosa fazendo referência ao tema.

Hapvida compra grupo paulista Santa Filomena por R$ 45 milhões

A HAPVIDA PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A anunciou, no último dia 28, a aquisição de 100% das ações das entidades: Filosanitas Saúde Ltda. (Filosanitas), Casa de Saúde e Maternidade Santa Filomena S.A. (Hospital Santa Filomena), Centro Médico Santa Filomena Ltda. e Centro de Diagnóstico por Imagem Santa Filomena Ltda. (Grupo Santa Filomena e Transação, respectivamente) em linha com sua estratégia de expansão e consolidação nacional.

O Grupo Santa Filomena é composto pela operadora de saúde Filosanitas, do Hospital Santa
Filomena, três clínicas médicas e um centro de diagnóstico por imagem, todos localizados no
município de Rio Claro, em São Paulo. A Filosanitas conta com uma carteira de cerca de 5,5 mil
beneficiários de planos de saúde concentrados na região de Rio Claro, cuja carteira é
majoritariamente composta de planos coletivos (74%) e sinistralidade de cerca de 80% (2019). O
Hospital Santa Filomena, tradicional na região e fundado em 1937, conta atualmente com 73 leitos
sendo 16 leitos de UTI.

A região de saúde que engloba, além de Rio Claro, Limeira, São Carlos, Pirassununga, Araras e
Piracicaba, entre outras, tem população de 2,1 milhões de habitantes e cerca de 840 mil beneficiários
de planos de saúde privados. A transação é sinérgica do ponto de vista geográfico e operacional,
uma vez que a cidade de Rio Claro fica localizada a 160 km de Ribeirão Preto e a apenas 35 km de
Limeira, sede da Medical, empresa recém adquirida pela Companhia (sob aprovação da ANS).

 

A Medical conta com hospital próprio de alta complexidade com cerca de 100 leitos. Nesta mesma
região, a Companhia possui cerca de 180 mil beneficiários em planos de saúde, incluindo a Medical.
Dentre os planos de expansão orgânica no estado de São Paulo estão previstas novas estruturas
assistenciais incluindo três hospitais, sendo um em Barretos, um em Bauru e um em São Carlos, além
de prontos atendimentos, clínicas e unidades de diagnóstico, todos com inauguração prevista para o
primeiro semestre de 2021. Com isso, a Companhia terá uma infraestrutura sólida na região que
permitirá implementar seu modelo de negócio verticalizado possibilitando o acesso da população local
a uma saúde de qualidade.

O preço de aquisição, que inclui parte do imóvel do hospital com terreno de 2,5 mil metros quadrados
e 3,5 mil metros quadrados de área construída foi fixado em R$45,0 milhões. A aquisição do Grupo
Santa Filomena é mais um passo importante na estratégia de crescimento e ganho de market share
no estado de São Paulo, ampliando o potencial de crescimento verticalizado na região, reforçando
cada vez mais o compromisso com a criação de valor para os acionistas.

A conclusão da Transação, como de praxe, está sujeita à negociação bem-sucedida dos respectivos
instrumentos contratuais de aquisição e suas respectivas formalizações, o que envolve também a
condução de maneira satisfatória dos procedimentos de diligência legal, contábil e operacional ainda
em curso, bem como à apreciação e aprovação pelos órgãos reguladores. Por fim, a Companhia
esclarece que a Transação não deverá gerar direito de retirada, na forma da legislação aplicável.

Live sobre ‘A alimentação e a saúde dos cabelos’ com a nutróloga, Márcia Beretta, e dermatologista, Juliana Leitão, nesta segunda-feira, 28

 

Nesta segunda-feira, 28, às 18h, a nutróloga,  Márcia Beretta, bate um papo sobre ‘A alimentação e a saúde dos cabelos’ com a dermatologista Juliana Leitão. A transmissão acontece no perfil da nutróloga @dra.marciaberetta.

“Afinal qual a influência da alimentação na saúde dos cabelos? Investir em bons cosméticos garante cabelos saudáveis? Qual o real motivador por trás da queda de cabelo? Essas e outras questões serão abordadas por mim e  Juliana Leitão na live de hoje. Preparamos um conteúdo muito rico e espero contar com a presença de vocês”,  diz a nutróloga.

 

Sobre a médica

Márcia Beretta é especialista em Nutrologia pela Faculdade de Medicina da USP (São Paulo). Fala sobre obesidade, intolerância alimentar, desnutrição, alimentação da mulher pós-menopausa, alimentação saudável, emagrecimento, suplementação na atividade física, entre outros.

“A pele de Tilápia” é o grande vencedor do Prêmio Euro e leva € 500 mil

 

Com um total de 1.655 projetos inscritos no Brasil e mais de 15 mil médicos participando por meio da votação, a Eurofarma anuncia o grande vencedor do Prêmio Euro Inovação na Saúde – o médico do Ceará, Edmar Maciel, com o projeto “A Pele de Tilápia: Um Novo Biomaterial para Tratamento de Queimaduras, Feridas, Cirurgias Ginecológicas e Medicina Regenerativa”. O anúncio foi realizado na noite de 24 de setembro, em um evento virtual que contou com a presença de diversos convidados. O médico estuda o uso da pele de tilápia no tratamento de queimaduras desde 2014, e vem ampliando os estudos em diversas outras especialidades médico-cirúrgicas. O projeto tem mostrado a versatilidade da pele de tilápia como um novo biomaterial, com múltiplas aplicações.

“Estou muito feliz com essa conquista. O Brasil nunca teve pele de animal para tratar queimados e feridos e os produtos que estamos estudando e desenvolvendo são exportados por nosso país, com um elevado custo, não chegando, na maioria das vezes, na população mais carente. Estamos finalizando o processo de negociação para que uma empresa possa registrar o produto na ANVISA, produzir e comercializar em larga escala e, inclusive, ser utilizado no mercado internacional”, diz o médico.

“Em um ano atípico como este, por conta da pandemia do coronavírus, queremos reforçar as coisas boas que estão acontecendo. A Eurofarma tem em seu DNA o apoio constante à inovação e a projetos que trazem benefícios concretos para a qualidade de vida da sociedade brasileira. Estamos bastante orgulhosos de ter viabilizado este prêmio e reforçado nosso compromisso ao estimular a comunidade médica a criar mais projetos que venham a melhorar o atendimento ao paciente e o cuidado com a vida”, diz Roberta Junqueira, diretora Comercial da Eurofarma, patrocinadora exclusiva do Prêmio Euro.

O evento de premiação foi marcado por grandes momentos, com vídeos que mostravam como às 11 iniciativas finalistas fizeram a diferença. Durante 1h30, apresentações artísticas representando os continentes faziam uma analogia de que, para a medicina e para inovação, não existem fronteiras. A noite foi finalizada com um show especial.

O Prêmio Euro Inovação na Saúde tem o objetivo de reconhecer e oferecer incentivo na busca por soluções em produtos, serviços e ações inovadoras que tenham um forte impacto social no país. O médico Edmar Maciel receberá o valor correspondente em reais a € 500.000,00 (quinhentos mil euros). As outras 10 iniciativas finalistas receberão, cada uma, o valor correspondente em reais a € 50.000,00 (cinquenta mil euros), totalizando €1.000.000,00 (um milhão de euros).

Sobre o Grupo Eurofarma 

Primeira multinacional farmacêutica de capital 100% brasileiro, o Grupo Eurofarma, desde sua fundação em 1972, atua no setor de saúde produzindo e comercializando produtos e serviços inovadores para melhorar a qualidade vida das pessoas. Com foco na geração de valor compartilhado, atua nas áreas de Prescrição Médica, Isentos de Prescrição, Genéricos, Hospitalar, Oncologia e Veterinária. Somente no Brasil, oferece 313 produtos, 649 apresentações, atende 25 especialidades médicas e cobre 89 classes terapêuticas, que representam 81% das prescrições no mercado de marcas.

O Grupo Eurofarma possui operação própria em 20 países, com parque fabril no Brasil e plantas em outros 6 países da América Latina. Em 2019, gerou vendas de R$ 5,6 bilhões e emprega mais de 7 mil colaboradores. 

 

EUROFARMA NAS MÍDIAS DIGITAIS

www.eurofarma.com.br
Facebook: @eurofarma | LinkedIn: @eurofarma

Instagram: @eurofarmalab | Twitter: @eurofarmaLab

Evento multidisciplinar discute atualização sobre tratamentos contra o câncer

 

O 3º Simpósio Multidisciplinar em Oncohematologia e Imunoterapia aborda, entre outros temas, tratamentos oncológicos modernos como a imunoterapia, em que a atuação do próprio sistema imunológico do paciente é potencializada para combater as células cancerosas

O Brasil deve registrar 625 mil novos casos de câncer neste ano no país, dos quais 4,33% (27.080 novos diagnósticos) no Ceará, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Os avanços no tratamento oncológico e os cuidados necessários para garantir a segurança no tratamento desses pacientes no contexto da pandemia de covid-19 estão entre os temas abordados no Simpósio Multidisciplinar em Oncohematologia e Imunoterapia. A iniciativa será promovida entre os dias 1º e 3 de outubro de 2020, com realização do Núcleo de Oncologia e Hematologia do Ceará (Nohc) e Oncovie.

Realizado de forma presencial nas duas edições anteriores, desta vez palestrantes do Ceará terão presença garantida em estúdio e especialistas nacionais e internacionais terão participação por meio de transmissão online. As inscrições para o simpósio são totalmente gratuitas e voltadas para profissionais da saúde que atuam na oncologia, reumatologia e para estudantes interessados nessa áreas.

 

Demanda social e atualização

O médico oncologista, doutor em Farmacologia Clínica e diretor da Associação Médica Cearense, Aurillo Rocha, é um dos organizadores do evento científico e ressalta a importância de manter a comunidade oncológica atualizada, especialmente quando as informações científicas são cada vez mais dinâmicas.

 

“Nosso simpósio surge num momento de grande demanda social e disponibiliza uma diversidade de informações e reflexões para a discussão de conhecimentos oncológicos e de áreas relacionadas”, diz o oncologista. Temas como tratamentos menos invasivos, cuidados paliativos e oncogenética estão na pauta do evento, que tem ainda quatro encontros online pré-simpósio (15, 17, 24 e 29 de setembro).

“Sabemos que hoje é possível realizar um tratamento diferenciado baseado em novas tecnologias e em novas práticas para pacientes com doenças crônicas como câncer e doenças reumáticas, o que garante mais sucesso nos resultados”, explica o oncologista Aurillo Rocha. O evento promove, além das palestras para profissionais médicos e equipes multidisciplinares, conteúdos relevantes na área de pesquisa básica e submissão de trabalhos científicos.

Serviço:

As inscrições para o 3º Simpósio Multidisciplinar em Oncohematologia e Imunoterapia estão abertas no link a seguir

https://doity.com.br/iii-simposio-multidisciplinar-em-oncohematologia-e-imunoterapia

Frotinha do Antônio Bezerra recebe Novo Centro Cirúrgico

O novo Centro Cirúrgico Dr. José David Pinto Bezerra, do Hospital Distrital Evandro Ayres de Moura (Frotinha do Antônio Bezerra),será entregue para a população de Fortaleza nesta terça-feira (15/09), às 17h. As obras, no valor de aproximadamente R$ 2,6 milhões, contemplaram um aumento de área de 27,31 m².

A estrutura ampliará de dois para três salas de cirurgias e de três para oito leitos na Sala de Recuperação (SR). Foram realizadas ainda restaurações na área transfucional, construção do novo necrotério, nova estrutura de farmácia e ampliação da central de esterilização. A unidade já passou por outra intervenção e ampliou de 58 para 70 leitos, sendo 12 novos e dois requalificados.

“Vamos aumentar a capacidade instalada em torno de 40% nos procedimentos cirúrgicos, da cirurgia geral e da traumatologia. O que nós queremos é garantir uma linha de cuidado segura, além de reduzir o tempo de espera de pacientes, que receberão tratamento adequado no tempo certo”, enfatiza Dr. Romel Araújo, Coordenador de Redes Pré Hospitalar e Hospitalar da Prefeitura de Fortaleza.

Sobre o homenageado

José David Pinto Bezerra foi médico atuante na área clínica. Trabalhou durante 35 anos no Hospital Distrital Doutor Evandro Ayres de Moura (Frotinha do Antônio Bezerra) e no Gonzaguinha da Barra. Também trabalhou no Hospital de Maracanaú, Hospital Gomes da Frota e Posto de Saúde Humberto Bezerra. Faleceu no dia 7 de novembro de 2017.