Browsing Tag

prefeitura de Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza abre seleção pública para assistente da educação infantil

A Prefeitura de Fortaleza está com inscrições abertas para a seleção pública de Assistente da Educação Infantil Substituto da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza. A seleção visa o preenchimento de 300 vagas com contratação imediata e 250 para a formação de cadastro de reserva. As inscrições devem ser feitas até o dia 12 de julho pela internet, no Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura.

Os interessados em participar do processo seletivo devem possuir diploma de conclusão do Ensino Médio Completo na Modalidade Normal, ou histórico e declaração que atestem cumprimento de pelo menos 50% da carga horária do curso de Licenciatura em Pedagogia ou diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de Licenciatura Plena em Pedagogia (em Regime Regular ou Especial – UVA) ou de curso de Formação de Professores do Ensino Fundamental (1ª à 4ª Série – Uece).

Para se inscrever, os candidatos devem acessar o Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura de Fortaleza, preencher o formulário eletrônico e pagar a taxa de inscrição no valor de R$80. O processo seletivo constará da aplicação de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, com conteúdo de conhecimentos básicos e específicos. A data prevista para aplicação da prova é 25 de julho de 2021.

Os candidatos aprovados na seleção serão lotados nos seis Distritos de Educação da Secretaria Municipal da Educação (SME) e terão sua remuneração referente à jornada de trabalho de 240 horas mensais no valor de R$ 1.354,08. A convocação obedecerá rigorosamente à ordem crescente de classificação final, por Distrito, de acordo com a necessidade do órgão.

Mais informações
Diretoria de Concursos e Seleções (Dices)
Endereço: Av. João Pessoa, 5609 – Damas
Telefone: 3433.2987

Entorno da Praça do Sagrado Coração de Jesus é interditado para requalificação

Fonte: Fortaleza Nobre

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), informa que, a partir da próxima segunda-feira (17/05), os trechos das ruas Pedro I, Solon Pinheiro e Jaime Benévolo, localizados no entorno da Praça do Sagrado Coração de Jesus, no Centro, passarão por bloqueios. A medida, que terá duração de três meses e 15 dias, é necessária para dar continuidade às obras de requalificação que acontecem na região.

Os serviços contemplam a recuperação completa das vias, a construção de um novo terminal de ônibus na rua Sólon Pinheiro, além da requalificação de calçadas, meio-fio e nova pavimentação.

As intervenções fazem parte das obras de restauro e urbanização da Praça do Sagrado Coração de Jesus e da Cidade da Criança, dois importantes equipamentos localizados na região central da cidade, que vão proporcionar mais lazer, acessibilidade e mobilidade aos frequentadores locais.

Desvio de tráfego

Para os motoristas que trafegam na região, a orientação é seguir pela Av. Duque de Caxias, à direita na Rua Solon Pinheiro, à direita na Rua Pedro Pereira e à direita novamente na Av. Visconde do Rio Branco.

A sugestão para quem vem na Rua Jaime Benévolo é entrar à esquerda na Av. Duque de Caxias, à direita na Rua Solon Pinheiro, à direita na Rua Pedro Pereira e à direita na Av. Visconde do Rio Branco.

Sobre a obra

Em junho de 2020, a Prefeitura de Fortaleza deu início aos serviços de restauro e requalificação da Cidade da Criança e da Praça do Sagrado Coração de Jesus.

O projeto, executado pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), prevê a urbanização e requalificação dos equipamentos, criação de novos espaços, bem como a restauração das edificações existentes no interior do parque.

As melhorias contemplam a urbanização de toda a área, totalizando 27 mil metros quadrados, restauração e pintura de adornos e estátuas, nova iluminação em LED, novas calçadas, paisagismo e instalação de mobiliários urbanos.

Praça do Sagrado Coração de Jesus

O equipamento, que recebe obras desde março deste ano, contará com novos pisos, reordenamento de canteiros e novos mobiliários urbanos como bancos e quiosques.

O projeto prevê, ainda, a restauração e transferência do terminal aberto de ônibus existente, que passará a funcionar na Rua Sólon Pinheiro, como forma de otimizar a circulação dos coletivos. Outra grande novidade será a integração da Praça com o Parque Cidade da Criança, além da criação de um corredor cultural na Rua Jaime Benévolo, com áreas de convivência, alimentação e amplos espaços para apresentações artísticas. As obras possuem cronograma de conclusão para o 2º semestre deste ano.

Linhas de ônibus

Em virtude do bloqueio das vias do entorno do terminal aberto da Praça do Sagrado Coração de Jesus, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) transfere 24 linhas do terminal para as ruas adjacentes a partir de segunda-feira (17/05).

Provisoriamente, serão instalados novos pontos de embarque e desembarque em três vias principais: Av. Visconde Do Rio Branco, Rua Pedro I e Rua Assunção. Os agentes do Sindiônibus e da Etufor vão orientar os usuários nos pontos e afixar cartazes informativos no interior dos ônibus.

Ponto de embarque e desembarque 1 – Av. Visconde do Rio Branco entre Rua Pedro Pereira e Rua Pedro I
600 – Messejana/Frei Cirilo/Expresso
650 – Messejana/Centro /BR Nova/Expresso
660 – Cj Palmeiras/Centro
022 – Jardim das Oliveiras/Centro
601 – Aerolândia
612 – Cj Tancredo Neves/Lagamar
613- Barroso/Jardim Violeta
603 – Jardim União/Centro
604 – Dias Macedo/Centro
633 – Passaré/Centro
666 – Jardim Castelão
609 – Cidade dos Funcionários/Sítio São José
610 – Cidade dos Funcionários/Cj Alvorada
611 – Cidade dos Funcionários/Cofeco/Lago Jacarey
649 – Cidade dos Funcionários/Sítio São José/CMR

Ponto de embarque e desembarque 2 – Rua Pedro I entre Rua Assunção e Rua Floriano Peixoto
602 – Pq Pio XII/Ana Gonçalves
605 – Cj Pref. José Walter/BR 116/Av. I
606 – Cj Pref.José Walter/BR 116/Av. N
625 – Parque Manibura/Borges de Melo
670 – Sítio São João/Centro
816 – Edson Queiroz/Centro

Ponto de embarque e desembarque 3 – Rua Assunção entre Rua Pedro I e Av. Duque de Caxias
501 – Bairro de Fátima
701 – Parque Americano
702 – Av. Antônio Sales/Dionísio Torres

Fortaleza inicia segunda fase da vacinação contra a gripe nesta terça-feira (11)

A Prefeitura de Fortaleza dá continuidade, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), à vacinação contra a gripe com o início da segunda fase da campanha. A imunização começa nesta terça-feira (11/05), nas salas de vacinação dos 116 postos de saúde da Capital, das 8h às 17h. A segunda fase da campanha tem como públicos-alvo idosos a partir de 60 anos e professores.

Para ter direito à imunização, os idosos devem apresentar documento oficial com foto e cartão do SUS, caso possuam. A vacinação ocorrerá de forma simultânea para idosos de todas as faixas etárias, sem necessidade de agendamento. Os professores, além do documento, devem apresentar o contracheque, comprovando que atuam na rede de ensino.

A primeira fase da campanha, que teve início no dia 12 de abril, contemplou trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas e crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias. Ao todo, 91,5 mil pessoas foram imunizadas até o momento, o que corresponde a 32,2% da meta. Mesmo após o fim da primeira fase, esse grupo pode se dirigir aos postos para receber a vacina.

Vacinação Covid-19

Caso a pessoa tenha recebido a vacina da Covid-19, ele deve aguardar para receber a vacina da influenza respeitando o intervalo de, no mínimo, 14 dias após o recebimento da segunda dose.

Fases da campanha de vacinação contra a gripe
Primeira – Crianças (6 meses a menores de 6 anos), gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde;
Segunda – Idosos com 60 anos e mais e professores;
Terceira – Pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, rodoviário, urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Viaduto sobre a avenida Mister Hull tem trânsito liberado nesta segunda-feira (03/05)

Nesta segunda-feira (03 /05), o viaduto localizado sobre a Avenida Mister Hull, no bairro Antônio Bezerra, teve o trânsito liberado nos dois sentidos da via. Com a conclusão da obra estrutural do viaduto, foi restabelecida a configuração original do tráfego, permitindo maior fluidez.

O equipamento passou por obras de reparação estrutural com toda a recuperação do concreto, substituição das juntas de dilatação, nova pintura no guarda-corpo e pintura antipichação nos pilares. Após o período chuvoso na Capital, o viaduto receberá nova pavimentação asfáltica e sinalização. Os serviços têm previsão para iniciarem ainda neste mês de maio.

A obra de reparação estrutural, concluída antes do prazo previsto, teve como finalidade garantir mais segurança viária, melhorar a trafegabilidade e prolongar a vida útil do equipamento.

Sobre a obra

A Prefeitura de Fortaleza realiza, desde janeiro de 2020, obras de restauro em viadutos e pontes. Somente no segundo semestre de 2020, outros três equipamentos receberam melhorias semelhantes ao do viaduto sobre a Mister Hull: o viaduto da avenida Leste Oeste, localizado ao lado do Mercado Central; a Ponte José Martins Rodrigues, construída sobre o Rio Ceará; e o viaduto da avenida Santos Dumont sobre a avenida Engenheiro Santana Júnior.

Hospital da Mulher completa um ano de atendimento de referência contra a Covid-19 com tratamento humanizado

 

Há um ano, a pandemia também mudou a rotina do Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns Neumann (Hospital da Mulher). Desde 23 de abril de 2020, a unidade começou a acolher pacientes com Covid-19 e ampliou a oferta de assistência e tratamento na rede municipal de saúde de Fortaleza. Passado um ano, o hospital segue tratando as vítimas da pandemia com um atendimento humanizado e de excelência.

Inicialmente, em abril do ano passado, foram entregues 30 leitos de enfermaria no hospital, que direcionou o perfil dos novos leitos para atuar como unidade referência para tratamento da Covid-19 na rede municipal de saúde. Hoje a unidade conta com 127 leitos para tratamento da Covid-19, sendo 107 de enfermaria, 14 de UTI e 6 leitos de média complexidade.

“Tivemos que redefinir fluxos, processos, ampliar e redirecionar parte do hospital em dois espaços, de atendimento Covid e não Covid. Tudo isso sendo planejado e executado ao mesmo tempo, com a emergência que a pandemia precisava”, afirma Rodrigo Linhares, diretor do hospital.

Em um ano, o hospital internou 1,6 mil pacientes para o tratamento da doença. Foram registradas quase 1,4 mil altas, número positivo e conquistado por meio do esforço da equipe profissional e gestora. “Desde o início da pandemia, os profissionais da saúde vêm atuando de forma incansável na missão de salvar vidas. Essas pessoas, que corajosamente seguem nessa luta implacável, merecem todo o nosso respeito e reconhecimento”, ressalta Ana Estela Leite, secretária da Saúde de Fortaleza.

Atendimento humanizado

Antes da pandemia, o Hospital da Mulher já possuía o atendimento humanizado como um dos pilares do equipamento, por se tratar de um hospital maternidade, que já trouxe muitas vidas ao mundo. No momento de crise, extremamente desafiador com muitas perdas e luto, a unidade continuou buscando trazer um serviço acolhedor aos pacientes internados, que estavam longe de suas famílias, enfrentando uma doença desconhecida e assustadora.

A equipe multiprofissional de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, técnicos de enfermagem e equipe de apoio fortaleceu a aproximação do paciente com a família, trazendo otimismo no dia a dia do atendimento nas enfermarias, buscando mecanismos como realização de videochamadas com a família. “É esse tipo de atendimento humanizado que traz para um hospital o real sentido do cuidado de pessoas”, afirma João Batista, coordenador da Rede Pré-Hospitalar e Hospitalar da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs), os pacientes recebem atendimento multidisciplinar e especializado, com todas as tecnologias disponíveis, e a extubação é momento de grande comemoração, com mensagens motivacionais e placas comemorativas. Roni Rodrigues, fisioterapeuta da unidade, ressalta a importância dessas ações nos leitos críticos: “as pessoas foram entendendo que a UTI não era um ambiente final, mas, sim, curativo. Buscamos fazer com que os pacientes se sentissem capazes e fortes”.

O vídeo do fisioterapeuta com a equipe anunciando a extubação de uma paciente no hospital, com a mensagem escrita em um cartaz, emocionou e se tornou um dos exemplos marcantes na linha de frente contra a doença. Com amor, carinho, profissionalismo e toda dedicação, o Hospital da Mulher segue na luta para continuar salvando vidas.

Seis postos de saúde atenderão casos de síndrome gripal no fim de semana (24 e 25/04)

A Prefeitura de Fortaleza mantém o funcionamento de seis postos de saúde neste fim de semana (24 e 25/04), para atender exclusivamente a população com sintomas leves de síndrome gripal e reforçar as medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. O atendimento será realizado das 8h às 17h.

Os postos de saúde contam com equipes compostas por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Os profissionais realizam o acompanhamento e a triagem de pacientes com sintomas leves de casos suspeitos e confirmados da Covid-19.

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)

Em caso de sintomas moderados e graves, os pacientes devem se dirigir a uma das 12 UPAs na Capital. Destas, seis são geridas pelo Município e as outras seis pelo Estado. Devido ao avanço dos casos da Covid-19 na Capital, houve uma ampliação de 177% no número de leitos das UPAs municipais.

 

Postos abertos no fim de semana (24 e 25/04)

Zenirton Pereira (R. José Roberto Sales, 475 – Barra do Ceará)

Mirian Mota (Rua Coronel Jucá, 1636 – Aldeota)

Fernandes Távora (Rua Maceió, 1354 – Henrique Jorge)

Ocelo Pinheiro (Rua Elcias Lopes, 517 – Itaoca)

Parque São José (Rua Desembargador Frota, s/n – Parque São José)

Luís Franklin (Rua Alexandre Vieira, s/n – Coaçu)

Prefeitura de Fortaleza lança novo Vacinômetro com dados da vacinação contra a Covid-19

A partir desta sexta-feira (23/04), está disponível o Vacinômetro, nova ferramenta exclusiva para acompanhamento dos dados da vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza.

A plataforma já pode ser acessada em https://vacinometro.fortaleza.ce.gov.br.

Entre os dados disponíveis na ferramenta, estão o número de vacinados no dia, detalhando em primeira e segunda dose, e número total de pessoas contempladas desde o início da campanha, com distinções por grupos prioritários (trabalhadores da saúde, indígenas, pessoas com deficiência institucionalizadas, profissionais das forças de salvamento e segurança e idosos, incluindo institucionalizados). A ferramenta também traz a porcentagem de vacinados, levando em consideração o número total de doses recebidas no Município.

O balanço atualizado da campanha já estava sendo divulgado diariamente nas redes sociais e no Portal da Prefeitura, e nas lives diárias da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Agora, os dados também estarão concentrados e disponibilizados no Vacinômetro, como mais uma alternativa de acompanhamento das informações.

O objetivo do Vacinômetro é dar maior transparência aos dados da campanha de vacinação, iniciada em 18 de janeiro em Fortaleza. “A ferramenta é de extrema importância para a população, para que ela visualize o andamento da nossa campanha, dando maior celeridade ao processo”, afirma Ana Estela Leite, secretária da Saúde de Fortaleza.

Fortaleza vacinou mais de 67 mil idosos na segunda fase da campanha contra a Covid-19

 

Entre 22 e 29 de março, 67.042 doses de esperança foram aplicadas em Fortaleza nos idosos pertencentes à segunda fase da vacinação contra a Covid-19. O resultado alcançado é celebrado pela gestão municipal, que visa intensificar as atividades nos próximos dias conforme o recebimento de novos lotes do imunobiológico.

“Este fim de semana muito nos alegrou, atingimos nosso recorde diário de vacinação. Somando o sábado e o domingo (27 e 28/03), 33.293 idosos receberam o imunobiológico. Resultado de muito esforço em prol do cidadão de Fortaleza. O intuito é dar mais celeridade nos próximos dias, conforme formos recebendo novas doses da vacina”, afirma Ana Estela Leite, secretária da Saúde de Fortaleza.

A nova etapa da campanha, iniciada em 22 de março, contempla os idosos de 60 a 74 anos e está ocorrendo de forma gradual e escalonada. Foi iniciada pelos idosos de 74 anos e, agora, estão sendo vacinados os que possuem a partir de 68 anos cadastrados na plataforma Saúde Digital (https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br), da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) e previamente agendados pela Prefeitura de Fortaleza.

De acordo com o último balanço, entre 18 de janeiro e 29 de março, 247.771 pessoas receberam a primeira dose dos imunobiológicos disponíveis.

 

Primeira fase da campanha

Em Fortaleza, a primeira fase da campanha contra a Covid-19 contemplou até 29 de março 180.729 fortalezenses com a primeira dose da vacina. Desses, 100.204 já receberam o reforço do imunobiológico.

Entre os vacinados com a primeira dose até o momento, 80.876 profissionais da saúde, 10 indígenas e 224 pessoas com deficiência acima de 18 anos institucionalizadas. Fazem parte também do somatório 99.619 idosos acima de 75 anos, incluindo os que vivem em instituições de Longa Permanência (ILPI) .

Fortaleza vacina 16.326 idosos em um único dia contra a Covid-19

Esta quinta-feira (25), feriado da Data Magna do Ceará, Fortaleza vacinou 16.326 idosos contra a Covid-19 e bateu recorde de pessoas beneficiadas com o imunobiológico em um único dia. Atualmente, estão sendo contemplados idosos a partir de 70 anos, apenas mediante agendamento, dentro da segunda fase da campanha de vacinação na Capital.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, anunciou a notícia em suas redes sociais. “Essa tem sido a nossa prioridade, vacinar a população com a maior celeridade possível! Agradeço a cada um dos profissionais que estão envolvidos nessa nobre missão de proteger a nossa gente, levando doses de esperança a tantas famílias”, celebrou.

A Prefeitura de Fortaleza ampliou o número de locais de vacinação para o feriado. Foram oito centros de vacinação mais 43 postos de saúde em funcionamento exclusivamente para a aplicação das doses. Esta logística de ampliação dos locais também será executada no fim de semana (27 e 28/03). A relação dos endereços será divulgada no portal da Prefeitura.

Segunda fase da campanha de vacinação

A segunda fase da campanha de vacinação contra a Covid-19 contemplará os idosos de 60 a 74 anos e está ocorrendo de forma gradual e escalonada, desde a última segunda-feira (22/03). Foi iniciada pelos idosos de 74 anos e, atualmente, estão sendo vacinados os idosos a partir de 70 anos.

A Prefeitura continua organizando a vacinação por agendamento, a partir daqueles que já realizaram o cadastro na plataforma Saúde Digital (https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br), da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa).

Passo a passo para cadastro no Saúde Digital:
1) Acesse o site https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br
2) Selecione a opção “Ainda não tenho cadastro”
3) Identifique-se preenchendo corretamente seus dados
4) Nesta etapa do cadastro, deve ser informado se a pessoa idosa está acamada. Caso a resposta seja positiva, a Prefeitura realizará agendamento para a modalidade domiciliar
5) Confirme seus dados e crie uma senha de acesso ao cadastro
6) Finalize o cadastro e confira seu e-mail de confirmação, para garantir que o cadastro seja concluído.
7) Acompanhe no site https://coronavirus.fortaleza.ce.gov.br as listas dos agendados, que são divulgadas diariamente. Você também receberá orientações sobre data, horário e local, por e-mail e WhatsApp, próximo ao seu dia do atendimento.

No caso dos idosos que não têm acesso à internet ou possuem dificuldades em realizar seu cadastro, a Prefeitura atua diariamente com a busca ativa deste público, por meio das equipes da Estratégia da Saúde da Família (ESF), orientando sobre o cadastro para vacinação.

Serviço

Cadastro pelo sistema Saúde Digital
https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br/ 

Relação diária dos idosos agendados
https://coronavirus.fortaleza.ce.gov.br 

Telefone 0800 275 1475 – para pessoas que realizaram o preenchimento dos seus dados no sistema Saúde Digital e que não receberam confirmação do cadastro por e-mail poderem consultar a efetivação do cadastro.

Prefeitura mantém seis postos em funcionamento contra Covid-19 no feriado e no fim de semana

 

A Prefeitura de Fortaleza manterá seis postos de saúde em funcionamento nesta sexta-feira, feriado de São José, e no fim de semana (19 a 21/03), das 8h às 17h, para acolher, exclusivamente, pacientes com síndrome gripal leve. A iniciativa objetiva fortalecer a assistência para acolher a demanda da população, reforçando as medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19.

A ação abrange diversas Regionais da Cidade para facilitar o atendimento aos fortalezenses. Cada posto contará com equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, entre outros, que realizam o acolhimento, triagem e consultas de pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

Todos os postos são equipados com oxímetros, aparelho que mede o nível de saturação de oxigênio no sangue, para auxiliar no diagnóstico precoce de possível comprometimento pulmonar. Ele pode detectar rapidamente até pequenas mudanças na eficiência com que o oxigênio está sendo transportado para as extremidades mais distantes do coração, incluindo as pernas e os braços.

 

Atendimento nas UPAs para casos de média complexidade

Além dos postos, que atendem pacientes com sintomas leves de síndrome gripal, Fortaleza conta com 12 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), sendo seis delas administradas pelo Município, todas funcionando 24h por dia, aptas para realizar atendimento de pacientes com sintomas de média complexidade, sugestivos à Covid-19.

Medidas Sanitárias

A Prefeitura esclarece que o cumprimento das orientações sanitárias previstas em decreto segue executando importante papel no controle da pandemia, a exemplo do distanciamento social, do uso de máscaras e da higienização adequada de mãos.

Confira os postos:

Sexta-feira – Feriado de São José (19/03)

Posto de Saúde Fernando Façanha – R. Rio Tocantins – Jardim Iracema

Posto de Saúde Irmã Hercilia – Rua Frei Vidal, 1821 – São João do Tauape

Posto de Saúde Licinio Nunes – Rua VI, 197 – Quintino Cunha

Posto de Saúde Francisco Monteiro –  Av. dos Eucaliptos, s/n – Dendê

Posto de Saúde Regis Jucá – Av. Pref. Evandro Ayres de Moura, 618 – Mondubim

Posto de Saúde Luiz Franklin – R. Alexandre Vieira – Coaçu

Sábado e domingo (20 e 21/03)

Posto de Saúde João Medeiros – Av. Dom Aloísio Lorscheider, 982 – Vila Velha

Posto de Saúde Irmã Hercilia – Rua Frei Vidal, 1821 – São João do Tauape

Posto de Saúde Licinio Nunes – Rua VI, 197 – Quintino Cunha

Posto de Saúde Antonio Círiaco – R. Gomes Brasil, 555 – Parangaba

Posto de Saúde Argeu Hebert –  R. Geraldo Barbosa, 1095 – Bom Jardim

Posto de Saúde Jangurussu – R. Estrada do Itaperi – Passaré

Projeto de rastreamento de casos suspeitos da Covid-19 em Fortaleza supera 14 mil acompanhamentos

O Covid Tracker, projeto da Prefeitura de Fortaleza que realiza o monitoramento e rastreamento de contatos de casos suspeitos ou confirmados para a Covid-19, já realizou mais de 14 mil acompanhamentos, entre agosto de 2020 e março de 2021. A iniciativa visa bloquear precocemente a disseminação do coronavírus, encerrando a cadeia de contágio.

A equipe do projeto, composta por aproximadamente 25 profissionais, acompanha a evolução da doença nos casos positivados para a Covid-19 e identifica as pessoas que tiveram contato próximo com estes pacientes. A investigação e o rastreamento ocorrem por meio de ligações telefônicas, que orientam sobre como proceder e alertam para evitar futuras contaminações.

A Secretaria da Saúde do Município (SMS) coleta os contatos em diversas esferas da sociedade como servidores municipais, componentes do ambiente escolar e pessoas atendidas nas unidades da Rede Municipal de Saúde.

“O monitoramento e rastreamento, além de consolidar os dados e as informações relativas à incidência de casos de Covid, também contribuiu com as estratégias de prevenção e de controle da doença dentro das escolas. Durante o funcionamento, isso foi fundamental para não deixar cadeia de transmissão se instalaram nas escolas, então nosso agradecimento a toda equipe da SMS, que nos ajudou desde o início, possibilitando a compreender o que era a doença”, afirma Andréa Nogueira Graça, vice-presidente do Sindicato de Educação da Livre Iniciativa do Ceará (Sinepe-CE)

Histórico do Projeto Covid Tracker

A ação teve início em agosto de 2020, contemplando os servidores do Município. Diariamente, os profissionais preenchem um cadastro no sistema, indicando a existência de sintomas gripais ou sinalizando um possível contato com casos confirmados. Em setembro, a Prefeitura ampliou o serviço aos alunos e colaboradores de escolas particulares, que tiveram o expediente retomado durante este período. Dois meses depois, em novembro, a ação foi ampliada aos pacientes da Rede Assistencial Municipal. Usuários que procuram postos e UPAs e que obtêm um resultado médico de suspeita de Covid-19 também recebem ligações diárias das equipes.

Como saber se sou um possível transmissor?

Conforme o Ministério da Saúde, é um possível contato qualquer pessoa que esteve próximo a um caso confirmado de Covid-19 durante o período de transmissibilidade, que são 2 dias antes e 10 dias após a data de início dos sintomas, além de:

– Pessoas que estiveram a menos de um metro de distância, por um período mínimo de 15 minutos, com um caso confirmado;
– Teve contato físico direto com um caso confirmado, a exemplo de abraço ou aperto de mão;
– Profissional da saúde que prestou assistência em saúde ao caso de Covid-19 sem utilizar equipamentos de proteção individual (EPI), conforme preconizado, ou com EPIs danificados;
– Residente na mesma casa/ambiente (dormitórios, creche, alojamento, dentre outros) de um caso confirmado.

 

Prefeitura de Fortaleza garante a oferta de oxigênio nas unidades de saúde

 

 

A Prefeitura de Fortaleza continua garantindo os insumos necessários ao atendimento dos casos de infecção pelo coronavírus, realizando a compra e manutenção de oxigênio para as unidades de saúde do Município. Dentre os principais sintomas da Covid-19, que já infectou quase 359 mil pessoas em Fortaleza de acordo com o IntegraSUS, estão a infecção do sistema respiratório, que pode levar ao óbito. Com o aumento da demanda por oxigênio nas unidades, ocasionado pela pandemia, a necessidade de oxigênio também passa a ser maior.

O Município disponibiliza oxigênio a pacientes nos 10 Hospitais, seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 116 Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS). O insumo nessas unidades pode ser usado no auxílio da respiração de usuários, nebulização, casos de intubação e no tratamento de doenças respiratórias, possibilitando segurança e estabilidade para o paciente. O oxigênio serve também em casos de inalação, expurgo, esterilização de equipamentos e outros casos.

As entradas de oxigênio de três UPAs são abastecidas por usinas dentro das próprias unidades. Essas usinas funcionam filtrando o ar e outros elementos por meio de compressores e permitindo a passagem do oxigênio. Dependendo da demanda, as usinas produzem 5,6m³ de oxigênio por hora através de energia. Caso haja queda de eletricidade no local, são disponibilizados cilindros reservas para manter a disponibilidade do insumo a todo momento.

As unidades hospitalares e pré-hospitalares, como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e três UPAs municipais, possuem tanques de oxigênio, cujo tamanho varia conforme a demanda da unidade, e que são reabastecidos constantemente. Por meio de contrato com empresa privada, a rede hospitalar possui 900 mil m³ de oxigênio a serem utilizados de setembro de 2020 a setembro de 2021. Nos últimos três meses, os hospitais utilizaram 25% da capacidade total. Além disso, foi aberto um processo de aditivo desse valor que pretende disponibilizar mais 225 mil m³ de oxigênio à rede.

Prefeitura de Fortaleza promove mais um mutirão contra o mosquito Aedes aegypti

A Prefeitura de Fortaleza intensifica, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), as ações de combate aos focos do mosquito Aedes aegypti (mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya) e roedores (vetores da leptospirose) com mais um mutirão da Operação Inverno, nesta sexta-feira (29/01), no bairro Vicente Pinzón. A concentração acontece a partir das 8h, envolvendo 80 profissionais da Vigilância Ambiental de Fortaleza.

Estão previstas 2.022 visitas domiciliares, em um raio de 32 quarteirões, contemplando cerca de 47.573 pessoas. Durante a programação, serão promovidas também visitas aos estabelecimentos comerciais, afixação de cartazes, blitz educativa e controle químico por meio de máquinas portáteis. A população também poderá esclarecer dúvidas e conhecer o ciclo evolutivo do vetor transmissor. Além disso, haverá disponibilização de vacinação antirrábica e teste rápido para leishmaniose canina (calazar).

Dentre os critérios de seleção dos bairros dos mutirões, estão o histórico de incidência elevada das arboviroses, população suscetível ao soropositivo da Dengue 2 e as áreas com maior número de criadouros do mosquito. Neste ano, 142 visitas já foram realizadas e 253 focos do mosquito eliminados. No último dia 15 de janeiro, o bairro Bom Jardim e adjacências receberam a inspeção das equipes, que realizaram a vistoria de 4.433 imóveis.

A Operação Inverno iniciou em novembro do ano passado, visando intensificar a prevenção, reduzir o número de criadouros do mosquito e sensibilizar a população sobre as práticas preventivas a serem adotadas. As medidas adotadas contam com a parceria de outras Secretarias Municipais e entidades não governamentais que fazem parte do Comitê Intersetorial de Controle Enfrentamento das Arboviroses.

Serviço
Mutirão Operação Inverno no Vicente Pinzón
Data: 29/01 (sexta-feira)
Hora: 8h às 12h
Local: Praça Vitória, localizada na Rua Brisamar

Prefeitura de Fortaleza inicia vacinação domiciliar de idosos contra a Covid-19

A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta quarta-feira (27/01), a vacinação domiciliar aos idosos a partir de 75 anos de idade que realizaram agendamento. O público faz parte da primeira fase do Plano de Vacinação de Fortaleza, em execução desde a última segunda-feira (18/01). O agendamento para este grupo segue sendo realizado pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza (disponível para todos os sistemas operacionais) e pelo site Vacine Já (http://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/).

Os idosos deste primeiro dia de vacinação em domicílio receberam previamente informações via e-mail e Whatsapp. Para esta quarta-feira, serão disponibilizadas 10 equipes que vão aplicar o imunobiológico em 100 pessoas, conforme planejamento das rotas. Entre eles, estão os idosos que, devido a uma inconsistência no sistema, conseguiram agendar a vacinação no Centro de Eventos (local onde ocorre a imunização de profissionais de saúde) e que, como indicado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), não compareceram ao local.

Para a vacinação domiciliar contra a Covid, a Prefeitura irá estabelecer logística similar à implantada em 2020, em meio à pandemia, para a imunização contra a Influenza. “Vamos traçar informações e iniciar a vacinação a partir de rotas. Iremos avaliar o quantitativo cadastrado e implantar a vacinação de acordo com a localização das residências”, afirma Ana Estela Leite, secretária da Saúde de Fortaleza.

Estes idosos receberão as vacinas da Oxford/Astrazeneca, recebidas na noite do último sábado (23/01) pelo Governo do Ceará após aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O imunobiológico foi produzido no Brasil em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O quantitativo destinado a Fortaleza está em definição pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

Quanto aos idosos que, no ato do agendamento, optaram pela opção de vacinação drive-thru, em breve, a SMS também entrará em contato via e-mail e WhatsApp orientando com a data e local indicados.

Profissionais identificados

Os profissionais de saúde que irão realizar a vacinação domiciliar estarão devidamente uniformizados e paramentados com todos os equipamentos de proteção individual (EPIs), e portando crachá de identificação da Prefeitura de Fortaleza.

Vacinação nos próximos dias

De quarta-feira a domingo (27 a 31/01), continuarão a ser vacinados trabalhadores da saúde ativos atuantes em hospitais. A vacinação acontece no Centro de Eventos e nas unidades hospitalares. A validação do cadastro prévio para a imunização será realizada mediante apresentação de documento de identidade com foto e comprovante profissional (contracheque, carteira de trabalho e declaração do equipamento de saúde em que atua).

Governador Camilo Santana e Prefeito José Sarto acompanham envio do primeiro lote de vacinas contra o coronavírus

O prefeito José Sarto e o governador Camilo Santana acompanharam, nesta segunda-feira (18/01), o envio do primeiro lote de vacinas para a imunização contra o coronavírus para o Ceará. Os gestores estiveram em Guarulhos, durante a manhã, na solenidade do Ministério da Saúde que marcou o início da campanha nacional de vacinação e, em seguida, no local de embarque das 218 mil doses da CoronaVac, que devem chegar a Fortaleza no final desta tarde.
 
Conforme o governador, a pretensão é iniciar a vacinação ainda hoje na Capital e começar a distribuição dos lotes para as cidades do interior, contando com toda uma logística de aviões e helicópteros. Também já foram adquiridas seringas, agulhas, álcool e refrigeradores, dentre os itens citados por Camilo.
 
“Estamos prontos para vacinar a população cearense. A expectativa da população e de todos nós é que sabemos que só voltaremos à normalidade com a vacina. Este será um processo que vai demorar, espero que, até o meio do ano, possamos ter uma quantidade bastante significativa da população imunizada. Vamos ter que trabalhar muito. Este é um momento de união, em parceria com os prefeitos. Queremos fazer a imunização o mais rápido possível”, enfatizou o governador.
 
Sarto lembrou, contudo, que apesar de o momento ser de celebração pela chegada da vacina, este ainda é o primeiro passo de um longo processo. “Os procedimentos que são determinados pelas autoridades sanitárias devem prosseguir, distanciamento social, evitar aglomeração, uso de máscaras, higienização das mãos, e tudo isso faz parte de um conjunto de fatores importantes até que tenhamos imunizado uma grande parcela não só de Fortaleza, mas de todo o Estado do Ceará”, ressaltou.
 
Novos lotes
 
O governador Camilo Santana se reuniu com outros governadores no intuito de cobrar do Ministério da Saúde um calendário de imunização mais efetivo. Além da organização e da logística, o avanço da vacinação dependerá, conforme o gestor, da quantidade de vacinas produzidas pela Fiocruz e pelo Instituto Butantan, além das importadas que devem chegar ao Brasil nos próximos dias.
“Conversamos com o presidente da Fiocruz e com o ministro da Saúde. A previsão é de que, nos próximos dias, cheguem as vacinas da Astrazeneca. Aguardamos, também, o ingrediente farmacêutico ativo (IFA), que terá seu processo de fabricação pela Fiocruz”, explicou.
Segundo o governador, a Fiocruz tem capacidade de produção de 15 milhões de doses por mês a partir do recebimento do IFA, cujas doses são para o Brasil inteiro. Além disso, há duas milhões de doses cuja previsão é de que a Índia libere para o Brasil já nos próximos dois dias.
“Já temos as vacinas produzidas em São Paulo e já estamos dando entrada para o uso emergencial das vacinas produzidas da CoronaVac aqui no Brasil, para que também possam ser utilizadas e distribuídas. O importante é que em breve vamos imunizar todo o Estado do Ceará”, completou.