Browsing Tag

prefeitura de Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza inicia vacinação domiciliar de idosos contra a Covid-19

A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta quarta-feira (27/01), a vacinação domiciliar aos idosos a partir de 75 anos de idade que realizaram agendamento. O público faz parte da primeira fase do Plano de Vacinação de Fortaleza, em execução desde a última segunda-feira (18/01). O agendamento para este grupo segue sendo realizado pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza (disponível para todos os sistemas operacionais) e pelo site Vacine Já (http://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/).

Os idosos deste primeiro dia de vacinação em domicílio receberam previamente informações via e-mail e Whatsapp. Para esta quarta-feira, serão disponibilizadas 10 equipes que vão aplicar o imunobiológico em 100 pessoas, conforme planejamento das rotas. Entre eles, estão os idosos que, devido a uma inconsistência no sistema, conseguiram agendar a vacinação no Centro de Eventos (local onde ocorre a imunização de profissionais de saúde) e que, como indicado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), não compareceram ao local.

Para a vacinação domiciliar contra a Covid, a Prefeitura irá estabelecer logística similar à implantada em 2020, em meio à pandemia, para a imunização contra a Influenza. “Vamos traçar informações e iniciar a vacinação a partir de rotas. Iremos avaliar o quantitativo cadastrado e implantar a vacinação de acordo com a localização das residências”, afirma Ana Estela Leite, secretária da Saúde de Fortaleza.

Estes idosos receberão as vacinas da Oxford/Astrazeneca, recebidas na noite do último sábado (23/01) pelo Governo do Ceará após aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O imunobiológico foi produzido no Brasil em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O quantitativo destinado a Fortaleza está em definição pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

Quanto aos idosos que, no ato do agendamento, optaram pela opção de vacinação drive-thru, em breve, a SMS também entrará em contato via e-mail e WhatsApp orientando com a data e local indicados.

Profissionais identificados

Os profissionais de saúde que irão realizar a vacinação domiciliar estarão devidamente uniformizados e paramentados com todos os equipamentos de proteção individual (EPIs), e portando crachá de identificação da Prefeitura de Fortaleza.

Vacinação nos próximos dias

De quarta-feira a domingo (27 a 31/01), continuarão a ser vacinados trabalhadores da saúde ativos atuantes em hospitais. A vacinação acontece no Centro de Eventos e nas unidades hospitalares. A validação do cadastro prévio para a imunização será realizada mediante apresentação de documento de identidade com foto e comprovante profissional (contracheque, carteira de trabalho e declaração do equipamento de saúde em que atua).

Governador Camilo Santana e Prefeito José Sarto acompanham envio do primeiro lote de vacinas contra o coronavírus

O prefeito José Sarto e o governador Camilo Santana acompanharam, nesta segunda-feira (18/01), o envio do primeiro lote de vacinas para a imunização contra o coronavírus para o Ceará. Os gestores estiveram em Guarulhos, durante a manhã, na solenidade do Ministério da Saúde que marcou o início da campanha nacional de vacinação e, em seguida, no local de embarque das 218 mil doses da CoronaVac, que devem chegar a Fortaleza no final desta tarde.
 
Conforme o governador, a pretensão é iniciar a vacinação ainda hoje na Capital e começar a distribuição dos lotes para as cidades do interior, contando com toda uma logística de aviões e helicópteros. Também já foram adquiridas seringas, agulhas, álcool e refrigeradores, dentre os itens citados por Camilo.
 
“Estamos prontos para vacinar a população cearense. A expectativa da população e de todos nós é que sabemos que só voltaremos à normalidade com a vacina. Este será um processo que vai demorar, espero que, até o meio do ano, possamos ter uma quantidade bastante significativa da população imunizada. Vamos ter que trabalhar muito. Este é um momento de união, em parceria com os prefeitos. Queremos fazer a imunização o mais rápido possível”, enfatizou o governador.
 
Sarto lembrou, contudo, que apesar de o momento ser de celebração pela chegada da vacina, este ainda é o primeiro passo de um longo processo. “Os procedimentos que são determinados pelas autoridades sanitárias devem prosseguir, distanciamento social, evitar aglomeração, uso de máscaras, higienização das mãos, e tudo isso faz parte de um conjunto de fatores importantes até que tenhamos imunizado uma grande parcela não só de Fortaleza, mas de todo o Estado do Ceará”, ressaltou.
 
Novos lotes
 
O governador Camilo Santana se reuniu com outros governadores no intuito de cobrar do Ministério da Saúde um calendário de imunização mais efetivo. Além da organização e da logística, o avanço da vacinação dependerá, conforme o gestor, da quantidade de vacinas produzidas pela Fiocruz e pelo Instituto Butantan, além das importadas que devem chegar ao Brasil nos próximos dias.
“Conversamos com o presidente da Fiocruz e com o ministro da Saúde. A previsão é de que, nos próximos dias, cheguem as vacinas da Astrazeneca. Aguardamos, também, o ingrediente farmacêutico ativo (IFA), que terá seu processo de fabricação pela Fiocruz”, explicou.
Segundo o governador, a Fiocruz tem capacidade de produção de 15 milhões de doses por mês a partir do recebimento do IFA, cujas doses são para o Brasil inteiro. Além disso, há duas milhões de doses cuja previsão é de que a Índia libere para o Brasil já nos próximos dois dias.
“Já temos as vacinas produzidas em São Paulo e já estamos dando entrada para o uso emergencial das vacinas produzidas da CoronaVac aqui no Brasil, para que também possam ser utilizadas e distribuídas. O importante é que em breve vamos imunizar todo o Estado do Ceará”, completou.

Ponte dos Ingleses recebe obra de reforma estrutural antes do projeto de revitalização

A Prefeitura de Fortaleza deu início, na última quinta-feira (14), às obras de reparo estrutural da Ponte dos Ingleses, na Praia de Iracema, que passará por diversas melhorias em toda a sua infraestrutura para oferecer mais segurança para os frequentadores do local e permitir, novamente, o funcionamento do espaço. As intervenções visam recuperar todos os pilares e vigas do equipamento, que há anos sofre com a ação da maresia e corrosão.

Os serviços incluem a ancoragem da edificação, a concretagem das ferragens, além de manutenção preventiva e de restauro. Nesta primeira frente de obra, as equipes trabalham na retirada dos quiosques existentes e de todo o madeiramento antigo da ponte que possui, aproximadamente, 2.369 m² de área, espaço que deve receber uma laje em concreto, que irá substituir o atual piso em madeira. A escolha do material tem como objetivo dar mais durabilidade, resistência e evitar manutenções periódicas.

Com investimento de R$ 4,1 milhões, a obra de reparo estrutural da Ponte dos Ingleses está sendo executada pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) e deve ter duração de seis meses. Após esse período o Governo do Estado do Ceará deve iniciar, por meio da Secretaria do Turismo e da Superintendência de Obras Públicas (SOP), as obras de requalificação da ponte, com a implantação de piso industrial, guarda-corpo e quiosques.

Antes dessa etapa, numa primeira fase dos trabalhos, a SOP já havia providenciado demolição de piso, retirada de pedra natural e colocação de tapumes, isolando a área.

Sobre a ponte

A Ponte dos Ingleses, também conhecida como Ponte Metálica, foi inaugurada em 1921 e durante muitos anos se tornou um dos pontos turísticos mais visitados da Capital, sendo a escolha favorita para apreciar o pôr do sol e golfinhos que nadam naquela área do litoral. A última reforma realizada no equipamento aconteceu em 1994 e, desde de janeiro de 2018, o local foi interditado para visitação ao público. Neste ano, a Ponte dos Ingleses completa 100 anos de construção.

Entenda a nova territorialização administrativa de Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza dá início, neste janeiro de 2021, ao processo de transição e reestruturação das regiões que compõem a Cidade. O projeto, aprovado por lei ainda no ano de 2019, passa a dividir a Capital em 12 Regionais e 39 territórios administrativos sem impactos financeiros para o Município.
A mudança, amplamente discutida com a população e lideranças comunitárias, tem como base o Plano Fortaleza 2040 – planejamento para a Cidade apresentado pela gestão municipal em 2016 – e objetiva diminuir as diferenças entre as regiões de Fortaleza, garantindo maior autonomia administrativa às Secretarias Regionais.
Com a reestruturação, os 121 bairros da Capital foram agrupados em 39 territórios seguindo critérios, como a quantidade de habitantes, a área de cada bairro, a aproximação cultural e a utilização de equipamentos públicos pelos habitantes.
As Secretarias Regionais, que passam de sete para 12, irão compor a Secretaria Municipal de Gestão Regional (SEGER), que substituiu a Coordenadoria Especial de Articulação das Secretarias Regionais.
O secretário de Governo de Fortaleza, Renato Lima, reiterou o intuito da proposta. “A intenção é facilitar e aproximar a interlocução do cidadão com o poder público. O foco será no acolhimento das demandas comunitárias, no cuidado estratégico com o território e, em especial, na articulação das Secretarias Regionais com os outros órgãos que compõem a estrutura administrativa do Município”, esclareceu.
Principais atribuições
A partir da reestruturação, as 12 Secretarias Executivas Regionais serão as principais responsáveis pelas manutenções referentes aos bairros que a integram. A limpeza de ruas ou de espaços utilizados de maneira imprópria para o lixo, o recapeamento de ruas e avenidas, além da capinação, estarão dentro da alçada de serviços que as Regionais devem passar a oferecer diretamente, sem a necessidade da atuação de nenhuma secretaria temática. As Regionais também serão as responsáveis pela manutenção preventiva de equipamentos públicos, como creches, escolas e postos de saúde.
Sem impactos financeiros
Ainda de acordo com Renato Lima, a nova territorialização não impacta as finanças municipais. “Não haverá um real de aumento de gasto público, uma vez que estrutura administrativa anterior, composta por sete Regionais, foi simplesmente redistribuída em 12 novas estruturas”, apontou.
Fóruns territoriais
O processo prioriza o fortalecimento do diálogo comunitário. Para a finalidade, em cada território, haverá um fórum territorial para discussões locais. “O conjunto de fóruns formará o conselho territorial composto por representantes dos bairros da sociedade civil. A instância será aberta e qualquer cidadão poderá participar das reuniões. Os componentes dos fóruns escolherão seus representantes”, detalhou Renato.
Todo o processo
A nova regionalização foi criada por Lei Complementar nº 278, de 23 de dezembro de 2019. Já o Decreto nº 14.590, de 6 de fevereiro de 2020, trouxe a renomeação das Regionais, com novos mapas. Em 31 de dezembro de 2020, por meio do Decreto nº 14.899, o então prefeito Roberto Cláudio publicou a nova regulamentação da estrutura administrativa e do processo de transição das Regionais.

Fortaleza inicia Campanha Nacional contra poliomielite e multivacinação nesta segunda-feira (05)

A partir desta segunda-feira (05), todas as crianças de um ano a menores de cinco terão a oportunidade de atualizar seus esquemas vacinais e receber as duas gotinhas da vacina Pólio, que protege contra a paralisia infantil, conforme cada situação vacinal. As doses serão ofertadas gratuitamente nos 116 postos de saúde de Fortaleza, das 7h30 às 18h30, de segunda à sexta feira, além dos sábados e domingos, das 8h às 16h30, nos postos de saúde Paulo Marcelo e Messejana. A atual Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite segue até o dia 30/10. O dia “D” de mobilização será no sábado, 17 de outubro. A meta do Ministério da Saúde é vacinar, pelo menos, 95% das crianças dessa faixa etária.

A multivacinação também estará disponível, com o importante objetivo de colocar em dia a carteira de vacinação de crianças e adolescentes (0 a 14 anos, 11 meses e 29 dias).  É importante que os pais levem o cartão de vacinação do seu filho, para que seja atualizado, no entanto, casos de perda ou esquecimento não será impedimento para a imunização.

A coordenadora de imunização de Fortaleza, Vanessa Soldatdelli, destaca que, apesar do vírus da Poliomielite não ter sido mundialmente erradicado, ele não está mais presente nas Américas. Portanto, a manutenção da alta taxa de cobertura vacinal é essencial para que novos casos não surjam. “As pessoas deixam de vacinar porque não estão mais convivendo com a doença, mas, temos o dever de esclarecer à população que isso se deve única e exclusivamente ao grande trabalho de imunização que vêm sendo realizado ao longo dos anos. Reforçamos que a melhor maneira de prevenir, continua sendo a vacina. Temos à disposição as doses em todas as nossas unidades, com salas funcionando de forma adequada, durante todo o horário de funcionamento”, afirma a coordenadora.


A doença

A Poliomielite é uma doença infectocontagiosa aguda, causada por um vírus de gravidade extremamente variável: o Poliovírus. Essa doença pode afetar tanto adultos quanto crianças, mas por ser mais contraída na infância, ficou conhecida como “paralisia infantil”.

Não há registro de casos de Poliomielite no país desde 1989 e isso fez com que, em 1994, o Brasil obtivesse o certificado de erradicação do poliovírus selvagem autóctone pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

A poliomielite é transmitida por água e alimentos contaminados ou contato com uma pessoa infectada. Muitas pessoas infectadas com o poliovírus não ficam doentes nem apresentam sintomas.

Recomendações

Visando evitar aglomerações nas unidades de saúde, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) orienta que a ida ao local de imunização limite-se a um familiar e a pessoa que será vacinada. Os postos irão seguir as regras de prevenção a Covid-19, incluindo uso obrigatório da máscara e uso de álcool em gel.  Também será realizada a triagem das pessoas que apresentam sintomas respiratórios, antes da entrada na sala de vacinação, para evitar a propagação do coronavírus.

Prefeitura de Fortaleza intensifica combate ao câncer de mama durante Outubro Rosa

A Prefeitura de Fortaleza iniciou, nesta quinta-feira (01), as atividades em alusão ao Outubro Rosa, mês de conscientização à prevenção e combate ao câncer de mama. Durante este período, os postos de saúde realizarão ações educativas e de prevenção.

Serão realizadas atividades de planejamento familiar, coleta citopatológica, palestras, orientação nutricional, prevenção ginecológica, educação em saúde, exame de mama, solicitação de mamografias, entre outros serviços para a população nas Unidades de Atenção Primária à Saúde em todas as regionais da cidade.

“As atividades serão focadas tanto na prevenção primária quanto na detecção precoce”, afirma Paulo Vasques, assessor técnico da Célula de Atenção à Saúde da Mulher da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). A detecção precoce da doença se dá, basicamente, pelo exame de toque, que pode ser realizado pela própria mulher, mas que deve ser realizado anualmente por um médico em pacientes a partir dos 40 anos.

Na rede municipal de saúde, os 116 postos de saúde são a porta de entrada para consultas com profissionais que podem realizar um exame de mama. Quando necessário, é feito um encaminhamento através da Central de Regulação para agendamento de uma mamografia em uma das 11 prestadoras da rede.

Com o objetivo de modificar os números da detecção precoce do câncer de mama, facilitada pelo acesso a mamografia e biópsias, aliada ao tratamento adequado da doença, a SMS vem ampliando a oferta de exames, através da Policlínica do Passaré (Regional IV), inaugurada em setembro, e em breve na Policlínica do Bonsucesso, que tem previsão de entrega para outubro.

Primeira Casa da Gestante Municipal é entregue nesta quinta-feira (24)

A nova Casa da Gestante do Hospital Distrital Gonzaga Mota (Gonzaguinha Messejana) será entregue para a população nesta quinta-feira (24/09) às 16h. A obra, no valor de aproximadamente R$646 mil, contempla uma área de 311m², em um espaço anexo ao Gonzaguinha de Messejana, hospital com linha de cuidado no atendimento materno-infantil. A solenidade contará com presença do prefeito Roberto Claudio, da secretária de Saúde, Joana Maciel; e da secretária da Regional VI, Darlene Braga.

A estrutura do espaço conta com cinco dormitórios com quatro camas em cada sala, totalizando 20 leitos de repouso, banheiros com acessibilidade, copa, recepção e sala de convivência, além de um consultório com atendimento multidisciplinar com obstetra, neonatologista, nutricionista, enfermeiro e psicólogo. O espaço, que tem como foco o acolhimento de gestantes e puérperas, também possui berços para acolher os recém-nascidos, mantendo-os próximos da mãe após o nascimento.

O espaço acolherá mulheres que precisam de acompanhamento no pré e pós parto, e mães que possuem um recém-nascido na UTI neonatal do hospital. “Todo o espaço foi pensado para que a gestante e o bebê tenham um acolhimento humanizado e digno em todo o seu período de tratamento e acompanhamento no pré e pós parto”, afirma Romel Araújo, Coordenador de Redes Pré Hospitalar e Hospitalar da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Para ter acesso aos serviços da Casa da Gestante, a usuária deve iniciar o pré-natal em uma das 116 Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) do Município e em seguida ser encaminhada para realizar os procedimento de pré-parto no Gonzaguinha da Messejana. A unidade, além de acolher as mães, otimiza os leitos de enfermaria da maternidade e evita complicações no pós-parto.

Linha Materno Infantil Fortaleza

A Rede Materno Infantil da Capital é composta pelos hospitais distritais Gonzaga Mota da Barra do Ceará, do José Walter e de Messejana, além do Hospital Dra Zilda Arns Neumann (Hospital da Mulher) e Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

O Hospital Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará, já passou por expansão, com o incremento de 20% dos leitos da Unidade Neonatal de Cuidados, além de sala de PPP (pré-parto/parto/pós-parto), com ampliação de seis para dez leitos de berçário e ampliação de dois para doze leitos de observação das gestantes.

Além do HNSC, a Rede conta com os três Gonzaguinhas (Messejana, Barra do Ceará e José Walter). Na área obstétrica, foram revitalizados 18 leitos do Gonzaguinha de Messejana, além da reforma da coberta e revisão das instalações elétricas e a entrega da Casa da Gestante. O Gonzaguinha da Barra do Ceará também recebeu reforma da coberta e elétrica, além de um novo complexo de emergência do pronto atendimento. A unidade ganhará um novo Centro de Parto Normal, aumentando em quase 60% da capacidade instalada para partos na unidade.

Já o Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns Neumann é um hospital de retaguarda, referência no atendimento às mulheres, com 16 especialidades, entre elas: obstetrícia, ginecologia, endocrinologia, mastologia, neurologia, cardiologia, dermatologia e ortopedia. Faz cirurgias vasculares, oncológicas, plásticas e de cabeça e pescoço. A unidade tem posto de coleta de leite humano, salas de pré-parto e parto normal, alojamento conjunto, berçário, Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, e leitos para clínica médica e ortopedia.

Serviço
Inauguração da Casa da Gestante – Gonzaguinha da Messejana
Data: 24/09/2020
Horário: 16h
Endereço: Av. Washington Soares, 7700 – Messejana

Prefeitura de Fortaleza promove ações educativas durante a Semana Branca da Odontologia

A Prefeitura de Fortaleza abre as atividades da “Semana Branca da Odontologia” nesta segunda-feira (21/09) com a realização de um simpósio online sobre biossegurança nos diversos procedimentos odontológicos. A semana o objetivo de incentivar a prevenção e promover o diagnóstico precoce das doenças odontológicas como cárie, doença periodontal, má oclusão, fissuras lábio-palatinas e câncer de boca.

Também serão realizadas ações de promoção à saúde bucal nos 116 Postos de Saúde da Capital, com atividades de estímulo ao auto-exame para a prevenção ao câncer de boca, educação em saúde para gestantes/puérperas e puericultura odontológica. O Posto de Saúde Luís Franklin, localizado no bairro Coaçu, promoverá ações de saúde bucal voltadas para a primeira infância, na Sala de Apoio à Mulher que Amamenta.

As atividades, que também serão realizadas nos três Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) do Município, serão focadas na prevenção e educação sobre saúde bucal. “Nosso objetivo é mostrar à população os serviços disponíveis e alertar sobre a necessidade de realizar consultas e exames para evitar doenças como o câncer de boca, por exemplo”, afirma José Carlos de Sousa, coordenador da área de Saúde Bucal da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Prefeitura de Fortaleza entrega Posto de Saúde Gilmário Mourão Teixeira

O prefeito Roberto Cláudio entregou, nesta quarta-feira (16/09), o Posto de Saúde Gilmário Mourão Teixeira. A Unidade, integrada à Coordenadoria de Desenvolvimento Familiar da Universidade Federal do Ceará (CDFAM), irá fortalecer a Atenção Primária do Município, garantindo atendimento a 12 mil pessoas residentes no bairro Planalto Pici.

O equipamento disponibiliza 15 salas de atendimento, incluindo consultórios, clínica de saúde bucal, setores destinados à imunização e à realização de exames laboratoriais, além de ambiente direcionado a práticas integrativas e complementares em Saúde.

“Este equipamento estará de portas abertas para ser um instrumento de transformação de vidas. Servirá para que a comunidade tenha acesso à infraestrutura e aos suportes necessários para cuidar da saúde, tratar doenças e ser mais feliz. Por meio do projeto de extensão entre a UFC e a Prefeitura, muitos profissionais serão formados assistindo e tratando os usuários do Sistema Único de Saúde, aprimorando a assistência capacitada e humanizada”, declarou o prefeito Roberto Cláudio.

Estratégia Saúde da Família (ESF)

Para assegurar a assistência adequada à população, a Unidade irá disponibilizar quatro equipes completas da Estratégia Saúde da Família (ESF), compostas por médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, dentistas, além de agentes comunitários de saúde (ACS) e de endemias.

Horário ampliado de funcionamento

Além disso, a informatização de prontuários, a implantação do ponto eletrônico para profissionais e a ampliação do horário de funcionamento do Posto de Saúde, aberto das 7 às 19 horas, compõem o conjunto de melhorias capazes de otimizar o atendimento à demanda espontânea e programada.

Logística de acolhimento

A logística acontecerá de forma similar à desenvolvida nos 115 postos da Capital. A assistência terá início no acolhimento do Núcleo de Atendimento ao Cliente (NAC), que direcionará o usuário para o serviço adequado à sua necessidade.

As atividades serão reforçadas, ainda, pelo acompanhamento médico destinado a gestantes, puérperas, crianças e idosos. Além disso, a Unidade facilitará o acesso a programas voltados a pacientes com hipertensão, diabetes, hanseníase, tuberculose e HIV.

Paralelamente, a população terá à disposição medicamentos, testes rápidos de HIV e sífilis, verificação de pressão arterial, medição de glicemia, curativos para pequenos ferimentos, retirada de ponto e drenagens de abscessos.

Gestão compartilhada

O pró-reitor de Planejamento e Administração da Universidade Federal do Ceará, Almir Bittencourt, destacou os benefícios intersetoriais estimados a partir da parceria entre a academia e o poder público.

“Esta será uma extensão da Universidade. Além de servir à comunidade do entorno, será importante para a formação de profissionais da saúde da própria UFC, enfermeiros, médicos, dentistas e estudantes, fortalecendo a formação acadêmica por meio do auxílio direto à população”, apontou.

116 Postos de Saúde em funcionamento

“Em oito anos, o prefeito Roberto Cláudio vem investindo em todos os pontos de Atenção, da Primária à Terciária. Em Fortaleza, com este, já são 116 Postos de Saúde em pleno funcionamento. Isso tem trazido um ganho enorme para a população no tocante ao cuidado integral”, concluiu a titular da Secretaria Municipal da Saúde, Joana Maciel.  

Prefeito Roberto Cláudio participa da entrega das duas últimas estações do VLT Parangaba-Mucuripe

O prefeito Roberto Cláudio participou, na manhã desta quarta-feira (16), da viagem inaugural às duas últimas estações do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) Parangaba-Mucuripe, ao lado do governador Camilo Santana. Com a entrega, a linha passa a operar integralmente com dez estações, possibilitando novas opções de deslocamento em Fortaleza.

A linha possui 13,2 quilômetros de extensão, saindo da Parangaba, e passa por 22 bairros até chegar à Estação Iate, no Mucuripe. O tempo total da viagem é de 36 minutos. “Este é um extraordinário presente que a Cidade ganha. Teremos ainda um futuro ponto de integração fundamental, no Terminal do Papicu, onde haverá, além de uma estação do VLT, uma estação do futuro terminal do Metrô Linha Leste. Demonstração importante de plano integrado de mobilidade urbana”, ressaltou Roberto Cláudio.

As estações Mucuripe e Iate irão se somar às outras oito já em funcionamento: Parangaba, Montese, Vila União, Borges de Melo, São João do Tauape, Pontes Vieira, Antônio Sales e Papicu. O tempo de deslocamento entre os dois últimos trechos entregues é, em média, de quatro minutos.

Inicialmente, não haverá cobrança de tarifa, já que o VLT continua em operação assistida, que é uma fase de ajustes e testes necessários antes do início da operação comercial.

Camilo Santana lembrou que o VLT buscar garantir mais qualidade de vida àqueles que utilizam transporte público em Fortaleza. Segundo o Governador, a linha conta com 240 mil passageiros por mês e, com a inauguração, a expectativa é que o número seja expandido.

Agora, os usuários do modal têm acesso à zona litorânea e turística da Cidade, podendo utilizar esse meio não apenas para ir ao trabalho ou à escola, mas também para fins de lazer. Com apenas R$ 3,60, valor da tarifa do metrô, o usuário pode sair da Pacatuba ou Maracanaú, por exemplo, descer na Parangaba e ir até o Mucuripe pelo VLT, utilizando a integração com a Região Metropolitana.

Além de otimizar a mobilidade urbana, o VLT trouxe outros benefícios para a população que vive no entorno da linha. Em diversos pontos, os moradores passaram a contar com novas praças, vias pavimentadas, iluminação e esgotamento sanitário.

Frotinha do Antônio Bezerra recebe Novo Centro Cirúrgico

O novo Centro Cirúrgico Dr. José David Pinto Bezerra, do Hospital Distrital Evandro Ayres de Moura (Frotinha do Antônio Bezerra),será entregue para a população de Fortaleza nesta terça-feira (15/09), às 17h. As obras, no valor de aproximadamente R$ 2,6 milhões, contemplaram um aumento de área de 27,31 m².

A estrutura ampliará de dois para três salas de cirurgias e de três para oito leitos na Sala de Recuperação (SR). Foram realizadas ainda restaurações na área transfucional, construção do novo necrotério, nova estrutura de farmácia e ampliação da central de esterilização. A unidade já passou por outra intervenção e ampliou de 58 para 70 leitos, sendo 12 novos e dois requalificados.

“Vamos aumentar a capacidade instalada em torno de 40% nos procedimentos cirúrgicos, da cirurgia geral e da traumatologia. O que nós queremos é garantir uma linha de cuidado segura, além de reduzir o tempo de espera de pacientes, que receberão tratamento adequado no tempo certo”, enfatiza Dr. Romel Araújo, Coordenador de Redes Pré Hospitalar e Hospitalar da Prefeitura de Fortaleza.

Sobre o homenageado

José David Pinto Bezerra foi médico atuante na área clínica. Trabalhou durante 35 anos no Hospital Distrital Doutor Evandro Ayres de Moura (Frotinha do Antônio Bezerra) e no Gonzaguinha da Barra. Também trabalhou no Hospital de Maracanaú, Hospital Gomes da Frota e Posto de Saúde Humberto Bezerra. Faleceu no dia 7 de novembro de 2017.

Postos de saúde de Fortaleza estarão disponibilizando vacinação neste final de semana (12 e 13/09)

A cidade de Fortaleza terá imunização de rotina e campanha contra o sarampo em dois postos de saúde, neste sábado e domingo (12 e 13. As unidades Paulo Marcelo (Regional II) e Messejana (Regional VI) estarão abertas, das 08h às 17h, exclusivamente para imunização.

A campanha de sarampo foi prorrogada até o dia 30 de setembro, com foco nas pessoas de 20 a 49 anos de idade. Já foram vacinadas 43,3 mil pessoas desde a primeira fase da campanha, iniciada em outubro de 2019, que contemplou crianças de seis meses a menores de cinco anos que ainda não tinham sido imunizadas ou que estavam com o esquema de vacinação incompleto. Crianças a partir de seis meses de idade até 11 meses e 29 dias, adultos de 20 a 29 anos que não tomaram as duas doses da vacina, ou que estavam com o esquema vacinal incompleto, crianças e jovens de 5 a 19 anos que nunca tomaram nenhuma dose ou tinham registrado apenas uma dose na caderneta também foram contempladas.

Síndrome gripal

Usuários que apresentarem sintomas de síndrome gripal durante o final de semana podem procurar uma das seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Município. O atendimento acontece todos os dias, 24h por dia. As Unidades, localizadas nos bairros Vila Velha, Itaperi, Edson Queiroz, Jangurussu, Bom Jardim e Cristo Redentor, são voltadas ao atendimento adulto e pediátrico em casos de urgência e emergência.

Serviço:

– Posto Paulo Marcelo
Endereço: Rua 25 de Março, 607 – Centro
Telefone: 3105-1455

– Posto Messejana
Endereço: Rua Guilherme Alencar s/n – Messejana
Telefone: 3474-2637

Prefeitura de Fortaleza entrega ampliação e requalificação da Escola de Tempo Integral Antonieta Cals

A Prefeitura de Fortaleza entregou, na manhã desta sexta-feira (11/09), a requalificação e ampliação da Escola Municipal de Tempo Integral Antonieta Cals, no bairro São João do Tauape. Com a reforma, estudantes e professores passam a contar com melhores instalações e serviços para fortalecer o processo de aprendizado e ensino.

“Hoje, entregamos esta escola completamente requalificada e ampliada, atendendo a uma grande demanda da comunidade. Tínhamos um compromisso assumido de dotá-la de equipamentos, como o laboratório de informática, auditório novo, além de outros serviços, para que pudéssemos desenvolver um ensino de qualidade e oferecer uma escola em tempo integral voltada para o crescimento dos nossos jovens”, declarou a secretária da Educação, Dalila Saldanha.

A unidade de ensino recebeu novo auditório, quatro novas salas de aula, bloco administrativo com sala dos professores, direção, coordenação, secretaria, biblioteca, sala de inovação educacional e adequação dos laboratórios de informática e ciências.

Também foi realizada reforma geral da cozinha, do refeitório, dos vestiários, da sala do Grêmio Estudantil e do banheiro dos alunos. A ETI conta, ainda, com rampas de acessibilidade e banheiros adaptados, além de estacionamento com piso intertravado, fachada nova com gradil, paisagismo com grama e nova pintura geral.

Para a requalificação foram investidos R$ 3.820.954,51, oriundos de parceria com o Governo do Estado, sendo R$ 2.620.815,30 de origem municipal e R$ 1.200.139,21 de origem estadual.

Para Élcio Dantas, diretor da ETI Antonieta Cals, a entrega representa uma resposta aos anseios dos moradores da região. “Em nome de todos, agradeço. A comunidade lutou por este espaço e a requalificação vem mostrar a preocupação da Prefeitura com a educação”, disse.

A Escola conta com 331 alunos do 6º ao 9º ano e tem a oportunidade de receber, em dois turnos, diversas atividades e capacitações, promovendo qualidade de ensino para formar cidadãos.

Programa de Requalificação de Unidades Escolares

A reforma da ETI Antonieta Cals faz parte dos esforços da Gestão Municipal em proporcionar, por meio da requalificação e ampliação do parque da educação de Fortaleza, mais qualidade de ensino aos estudantes, dotando os equipamentos de infraestrutura mais adequada e serviços de qualidade, além de mais conforto, segurança e acessibilidade para alunos, professores, funcionários e familiares.

No geral, as intervenções contemplam aspectos físicos como coberta, estrutura, pintura interna e externa, esquadrias, acessibilidade, instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, assim como espaços como fachada, sala de professores, banheiros, salas de aula, refeitórios, cozinha, despensa e casa de gás.

Prefeito Roberto Cláudio entrega Polo Gastronômico da Varjota

 

O prefeito Roberto Cláudio entregou, nesta quarta-feira (26), às 18h, o Polo Gastronômico da Varjota (Regional II). O novo espaço, que conta com 1,5 km de vias totalmente urbanizadas, corresponde às ruas Ana Bilhar e Frederico Borges, que passaram por obras de revitalização onde receberam nova pavimentação com blocos em concreto, ciclofaixa, novas calçadas acessíveis com piso tátil e rampas, além de nova iluminação e passagens elevadas nos cruzamentos, mudanças que priorizam o pedestre e estimulam os frequentadores locais à prática da caminhada e outros modais como forma de deslocamento.

Ao longo de todo o novo corredor gastronômico foram instalados espaços de convivência com mobiliários urbanos e paisagismo. As intervenções urbanísticas contaram com a instalação de parklets em madeira, dotados de jardineiras, paraciclos e bancos, um verdadeiro convite para uma pausa com os amigos ou poder contemplar o bairro sem pressa.

As obras foram responsáveis também pela construção de uma nova galeria de drenagem, instalada nas ruas Castro Monte e Tavares Coutinho, que irá auxiliar no escoamento da água da chuva em todo o quadrilátero da Varjota.

Com investimento de R$ 13 milhões, o novo polo irá beneficiar os mais de 110 estabelecimentos existentes na região, fortalecendo o turismo gastronômico deste que é considerado o point mais boêmio da cidade.

Inscrições para a 3ª edição do Projeto Mulher Empreendedora seguem até o dia 31

A Prefeitura de Fortaleza lançou o edital para a 3ª edição do Projeto Mulher Empreendedora. A ação, coordenada pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), visa a estimular o empreendedorismo feminino, possibilitando acesso a financiamento orientado de até R$ 15 mil, além de capacitações e consultorias. Nesta edição, serão selecionadas até 80 novas propostas de negócio.

A iniciativa, que pretende investir até R$ 1,2 milhão, beneficiará grupos com até três empreendedoras ou de forma individual, sendo obrigatório que o gestor principal seja mulher e tenha a partir de 18 anos de idade. É necessário que as interessadas sejam moradoras de Fortaleza, possuam ou desejem possuir empreendimento na capital cearense. As beneficiadas pagarão apenas 60% do valor recebido, com carência de 6 meses, dividido em 15 parcelas mensais sem juros.

 

Protagonismo feminino

Para incentivar a geração de trabalho e renda para mulheres empreendedoras serão aceitos negócios de diversas áreas, como confecção, alimentação, beleza, tecnologia da informação, dentre outras. Cada empreendimento receberá financiamento orientado para compra de máquinas, insumos e equipamentos. A ação também ofertará acompanhamento técnico por até 12 meses aos empreendimentos beneficiados.

As inscrições seguem até o dia 31 de agosto no site

https://digital.fortaleza.ce.gov.br/desenvolvimento-economico/mulherempreendedora

 

Para mais informações, basta ligar para o telefone 0800 081 4141 ou enviar e-mail para mulherempreendedora@sde.fortaleza.ce.gov.br