Browsing Tag

Podcast

PÃO DE AÇÚCAR LANÇA PODCAST SOBRE SUSTENTABILIDADE

Um espaço para ampliar a conscientização e conhecimento sobre sustentabilidade, economia circular, bem-estar animal, mudanças climáticas, desperdício e outros assuntos contemporâneos em discussão pela sociedade. Essa é a proposta do ‘Lugar de escuta’, que o Pão de Açúcar lança na plataforma digital de streaming Spotify na próxima quinta-feira (15/10), data em que se celebra o Dia do Consumo Consciente. O podcast, criado em conjunto com a agência BETC/Havas, é a nova ferramenta da marca para produzir conteúdo educativo sobre os temas e, com isso, contribuir com conscientização, mudanças e hábitos mais sustentáveis.   

Cada episódio do “Lugar de escuta” terá cerca de 30 minutos de duração e vai contar sempre com a participação de um especialista no assunto para realizar um convite à reflexão e ao debate sobre o assunto abordado. Neste primeiro programa, o convidado será Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu, para falar sobre práticas de consumo responsável e de menor impacto socioambiental. O Instituto Akatu é uma organização não governamental que tem como missão sensibilizar, mobilizar e engajar as pessoas para o consumo consciente.  

​”É necessário que as empresas estabeleçam um diálogo contínuo com o consumidor, pautado em um relato sincero sobre o que fazem e o que precisam melhorar para contribuir, cada vez mais, na construção de um futuro sustentável, educando o consumidor e valorizando suas práticas de consumo consciente. Um podcast é uma ótima ferramenta para contribuir na construção desse diálogo”, afirma Mattar. A conversa será mediada pela jornalista Claudia Penteado. Assuntos como economia circular, produção sustentável, bem-estar animal, entre outros, também estão na programação dos próximos episódios. 

Além do lançamento do podcast, o Pão de Açúcar terá ativações distribuídas nas redes sociais com o intuito de engajar os consumidores sobre os impactos socioambientais causados por comportamentos excessivos e como mudanças poderão ser realizadas somente com a contribuição de toda a sociedade. No dia 15/10, a marca vai estimular conversas sobre o tema com outras marcas, como a Unilever, e realizará uma intervenção urbana na loja Teodoro Sampaio, na cidade de São Paulo, com uma instalação para potencializar o awareness do tema de geração de resíduos e reciclagem. Serão instaladas pilhas de resíduos para representarem a quantidade média de material descartados por uma pessoa num período de cinco anos. 

Pioneiro em iniciativas de sustentabilidade no varejo alimentar, o lançamento do ‘Lugar de escuta’ é mais uma ação do Pão de Açúcar em prol da sustentabilidade. Desde 2001, a rede conta com as Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever, desenvolvidas e implementadas em parceria entre as duas marcas, que recebem diariamente materiais recicláveis como alumínio, papel, plástico, vidro e óleo de cozinha descartados pelos clientes. São, ao todo, 66 Estações em operação distribuídas em 20 cidades do Brasil. Em 19 anos, mais de 123 mil toneladas de resíduos já foram encaminhadas à reciclagem.  

Entre outras iniciativas do Pão de Açúcar, estão: a ação de logística reversa de vidro em parceria com a Ambev e a startup Green Mining, que realiza a coleta de garrafas e embalagens de vidro em lojas Minuto Pão de Açúcar. Com 23 pontos de coleta nas lojas de cidade de São Paulo, a ação já reciclou mais de 9 toneladas de vidro em seis meses. Além disso, o Pão de Açúcar conta com um programa pioneiro em logística reversa no varejo alimentar: o Novo de Novo. Ele insere novamente no ciclo produtivo alguns dos materiais descartados por clientes nas Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever. Esses itens são reciclados e transformados em novas embalagens de produtos Qualitá e Taeq, marcas exclusivas da rede.  

Em 2019, o Pão de Açúcar também iniciou a substituição de 100% de suas bandejas de isopor utilizadas em produtos de hortifrúti (frutas, verduras e legumes) das marcas exclusivas Taeq e Qualitá para uma solução 100% biodegradável. E, a rede também foi pioneira na oferta de alimentos orgânicos, há mais de duas décadas.  

O Pão de Açúcar conta ainda com o programa “Caras do Brasil”. Criado em 1999, é exclusivo da rede e tem o propósito de incentivar o desenvolvimento da cadeia de produção alimentar sustentável, com foco em pequenos fornecedores de produtos representativos das diferentes culturas culinárias regionais. Tratam-se de sabores e saberes brasileiros de produtos típicos de cada região do Brasil e que têm sua capacidade produtiva e sua sazonalidade de produção e suas marcas e propostas de valor respeitadas.  

“O Pão de Açúcar tem a sustentabilidade como parte da sua estratégia de negócio e do propósito da marca. Temos uma série de ações que promovem a oferta e o consumo consciente, cadeias produtivas mais sustentáveis e o descarte correto de resíduos recicláveis. Agora, com o lançamento do “Lugar de escuta”, queremos contribuir para ampliar o diálogo, conhecimento e estimular mudança de comportamento, nosso, de nossos clientes e colaboradores e toda a cadeia de valor. Convidamos todos a participarem desta conversa de transformação “, analisa Othon Vela, Diretor de Marketing do Pão de Açúcar. “Por isso, escolhemos o formato de podcast, que é prático e acessível, chegando a maior quantidade possível de ouvintes sobre temas que, como a sustentabilidade, precisam ser abordados”, reforça Vela. 

O Dia do Consumo Consciente, escolhido pelo Pão de Açúcar para o lançamento do projeto ‘Lugar de escuta’, foi instituído em 2009 pelo governo federal como um chamado à reflexão sobre os problemas socioambientais causados por padrões excessivos de consumo da sociedade brasileira. 

Ficha Técnica

Agência: BETC/Havas

Cliente: Pão de Açúcar

Produto: Sustentabilidade                  

CCO: Erh Ray

Diretora Executiva de Criação: Andrea Siqueira

Diretor de Criação: Romolo Megda

Criação: Paula Junqueira, Daniel Zappa, Bruna Marques e Aline Santos

Marcas & Negócios: Monica Moraes, Raquel Hipolito, Octavio Palencia e Fernanda Barros

Canais & Engajamento: Carlinha Gagliardi, Ariane Finavaro

Estratégia: Agatha Kim, Dannyllo Silveira

Conteúdo: Dani Lima, Rodrigo Yoshizumi

Produção: Anna Luisa Ferraz, Juliana Arantes

Aprovação do Cliente: Othon Vela, Camila Assis, Milene Melo

 

Clique aqui para ouvir no Spotify: https://open.spotify.com/show/21K0eqEe9a9hJ547bjPqiD?si=jeq4cPu3R36OVIkhkOXFyA

FCDL lança Podcast Varejo em Movimento

 

A Federação das CDLs do Ceará (FCDL-CE) lança o Podcast Varejo em Movimento, mais um canal de comunicação da entidade que acompanha a aceleração digital e amplia o debate sobre o mundo dos negócios. Os primeiros episódios estão disponíveis no Spotify.

O presidente da FCDL-CE, Freitas Cordeiro, pontua que este é um espaço para quem busca informações sobre o varejo cearense e a atualidade. “As empresas pequenas e médias são maioria entre os associados. Essa grande parte dos lojistas tem tarefas variadas, são empresários que cuidam das finanças, da logística, da comunicação de suas empresas. O Varejo em Movimento levará conteúdos relevantes para todo o Ceará, contribuindo com o modelo de negócio desse público”, explica.

Com periodicidade quinzenal, o podcast Varejo em Movimento amplia o debate sobre o novo varejo e as tendências também para pequenas e médias cidades, tendo como host a jornalista Eugênia Nogueira, da Dégagé Comunicação. Os temas dos primeiros episódios disponíveis são Recuperação judicial como alternativa para a crise econômica, Varejo antes e depois da Covid-19, Panorama da crise e empreendedorismo e Retomada da economia no Ceará.

 

SERVIÇO

Podcast Varejo em Movimento

Spotify – https://n8qhg.app.goo.gl/J3rG

Podcast UniAteneu em Ação amplia canais de escuta para novas plataformas digitais de áudio


O Centro Universitário Ateneu lançou no mês de fevereiro o podcast “UniAteneu em Ação”, um produto de comunicação em formato de entrevista que visa discutir com gestores, coordenadores, professores ou alunos dos cursos ofertados pela UniAteneu sobre algum tema de interesse da comunidade acadêmica ou algum projeto de relevância desenvolvido pela UniAteneu ou pela comunidade acadêmica. A ideia do podcast é também trazer a participação de profissionais do mercado para compartilhar com os internautas os seus conhecimentos e experiências no campo profissionais.

Inicialmente, as edições do podcast “UniAteneu em Ação” foram postadas no Soundcloud e desde o mês de março, passou a estarem disponíveis para acesso também no Spotfy, no Dezzer, Google Podcasts e no Anchor. Até o momento, já foram gravadas edições sobre os temas “Educação a Distância na UniAteneu”, “Os diferenciais da Educação Superior na UniAteneu”, “Apoio à carreira do estudante”, “A importância dos cursos técnicos”, “A atuação da mulher no mercado de trabalho” e “Relacionamento com o aluno”.

A edição mais recente é sobre o tema “Gestão para Resultados”, com o consultor em Gestão para Resultados Elksson Camelo, especialista em Gestão Empresarial e gestor da Área de Gestão Estratégica (AGE) da UniAteneu. A periodicidade é semanal e o tempo de cada edição varia de 15 a 25 minutos. Abaixo, os links para acesso nas diferentes plataformas digitais de áudio que o internauta pode ter acesso às edições do podcast “UniAteneu em Ação”.

 

Soundcloud | Spotfy | Deezer | Google Podcast | Anchor

Creche escola oferece contação de história pelo seu Podcast

 

Com o objetivo de entreter e oferecer conteúdo de qualidade às crianças no período de quarentena, a creche escola Casa da Tia Léa deu início ao seu podcast, o LéaCast. Neste primeiro episódio, pais e crianças têm acesso a uma contação de história produzida pelo grupo Encantos.

“A imagem da Paz” é o primeiro título publicado. Com fundo musical tranquilo e história positiva, as crianças mergulham em uma história que tem como foco fazer o coração dos pequenos se acalmar e a mente, florescer.

É possível ter acesso ao podcast em agregadores como o Spotify.  A Casa da Tia Léa atende crianças do berçário ao quinto do ensino fundamental em duas unidades.

Primeira maratona de podcast do Ceará ocorre dia 30 de novembro na Unifor

O Ceará é o oitavo estado com o maior número de ouvintes de podcast, conforme a Podpesquisa 2018, realizada pela Associação Brasileira de Podcasters (Abpod). Nas regiões Norte e Nordeste, disputa a primeira colocação. Para atender à crescente demanda por conhecimento sobre podcast, seja na podosfera, no ambiente corporativo ou junto aos veículos de comunicação de massa, se realiza em Fortaleza o Assuntar, a primeira maratona de podcast do Ceará, no dia 30/11 (sábado), das 8h às 19h, no auditório da biblioteca da Universidade de Fortaleza (Unifor). O evento é uma realização da Caramelo Comunicação, em parceria com a Abpod, e patrocínio da Unifor, além da produção e curadoria dos podcasts Serifacast, CarameloCast, FutCast e Iradex Poscast. Gratuito, o evento terá suas inscrições abertas em breve pelo Sympla, com vagas limitadas à capacidade do local, que dispõe de 220 lugares.

O Assuntar vai proporcionar o bate-papo entre os painelistas e o público, em um formato que valoriza a conversa direta sobre os seguintes temas: formação de comunidade, podcast jornalístico, podcast corporativo, rentabilização de podcast e podcast como veículo de afirmação de identidade. A programação prevê ainda gravações de podcast ao vivo e muito networking nos intervalos, já que cada painel terá uma hora de duração e será intercalado por trinta minutos de relacionamento entre os assunteiros. Para acompanhar as novidades, basta seguir as redes sociais @vamosassuntar (no Twitter e  no Instagram).

“O Ceará já tem histórico de produção de podcast. O Assuntar vai honrar essa história e também dar voz às novas gerações de produtores, investidores e ouvintes, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas. Estamos diante de um movimento que ganha cada vez mais visibilidade, por se conectar aos novos hábitos de consumo de informação das pessoas em áudio e via Internet. Ter a Universidade de Fortaleza já nesta primeira edição só mostra que a discussão interessa também ao ambiente acadêmico, seja aos cursos de comunicação seja aos de gestão”, ressalta Paulo Jr. Pinheiro, diretor da Caramelo Comunicação e integrante do CarameloCast.

O Brasil possui 50 milhões de internautas que já ouviram pelo menos um programa de áudio pela Internet. Isso representa 40% da amostra de 140 milhões de internautas. É o que revela a Pesquisa Ibope realizada este ano. Os dados, expressivos, também orientam o trabalho da Abpod, principal entidade da área e co-realizadora da maratona, cuja diretoria de comunicação da atual gestão é ocupada pelo jornalista cearense Andreh Jonathas. “O Assuntar se alimenta de dados, como o do Ibope e da Podpesquisa, e reforça as diretrizes da Abpod de valorizar os podcast regionais, proporcionar a formação de novos podcasters e ouvintes, além de dar visibilidade aos conteúdos em áudio de forma plural. Esperamos que seja um ponto de encontro marcante para os participantes”, destaca Andreh, que é também host do SerifaCast.

Programação

9h – 10h

Podcast Independente e Construção de Comunidade

Jurandir Filho (RapaduraCast)

Camila Freitas (Indo e Voltando)

Mediação: Kaio Anderson (Rede Iradex)

10h – 10h30

Crossover 1

Jeanne Gomes (Aos 30)

Pedro PJ Brandão (HQ sem Roteiro e Nicolas)

10h30 – 11h30

Podcast jornalístico

PH Santos (O Povo)

Alan Barros (Diário do Nordeste)

Caio Costa (Jangadeiro)

Mediação: Lucas Mota (FutCast)

13h30 – 14h30

Podcast corporativo e estratégico

Emanuela França (CSP Podcast e RotaCast)

Jorge Godoy (Esticando a Baladeira)

Ciro Camara (Cearenseando)

Kátia Patrocínio (Unifor)

Mediação: Eugênia Cabral (CarameloCast)

14h30 – 15h

Crossover II – Clássico Rei de Podcast

Saulo Alves (Glória e Tradição)

Ygor de Castro (VozãoCast)

15h – 16h30

Podcasts – Como começar

Felipe Lins (Cast Potion)

Filipe Teixeira (O nome disso é mundo)

Mediação: Andreh Jonathas (SerifaCast)

16h30 – 18h

Podcast, Humor e Identidade

Luan Alencar e Felipe Azevedo (Budejo)

Cintia Bailey e Thais Lima (Chá com Rapadura)

Serviço

Assuntar – I Maratona de Podcast do Ceará

Dia 30/11 (sábado), 8h às 19h

Auditório da biblioteca da Universidade de Fortaleza (Unifor)

Entrada gratuita

Quantidade de inscrições sujeita à lotação do local

99 lança podcast ‘Papo de Motora’

A 99, empresa de mobilidade urbana que integra a global DiDi Chuxing, lança mais um canal de comunicação exclusivo para motoristas parceiros da plataforma: o podcast Papo de Motora. A proposta é levar conteúdo relevante para auxiliar o dia a dia do condutor e ser sua companhia nas viagens e corridas. O primeiro programa, lançado na quinta-feira (17), alcançou, em poucas horas, mais de 35 mil downloads.

O Papo de Motora, realizado pela 99 e produzido pela Ampère – empresa responsável por alguns dos maiores podcasts do Brasil -, contará com 12 episódios disponíveis semanalmente, às quintas-feiras no período da tarde, nas principais plataformas digitais, entre elas Spotify e Castbox. Todas as edições têm o mesmo formato: um motorista e um convidado, mediados por uma apresentadora, discutem temas relacionados ao universo de quem dirige carro por aplicativo.

A voz e a vez dos motoristas

Com o tema “Partiu Ganhar Mais!”, o primeiro episódio do Papo de Motora trouxe o condutor Evandro Henrique Roque Pereira, de Natal, e Fernando Jobs, um dos integrantes do Me Poupe!, maior canal de finanças do Brasil, que apresenta dicas para o motorista otimizar seus ganhos. Nesse bate-papo, os participantes trataram de alternativas para ajudar a base de motoristas da 99 aumentar a renda, economizar e alcançar uma vida financeira mais saudável do início ao fim do mês.

O segundo episódio será focado em segurança, com dicas de boas práticas para que os motoristas façam corridas com tranquilidade e se sintam ainda mais seguros nas viagens. Com o tema “Mais mulheres na direção!”, o terceiro episódio irá discutir a presença feminina na plataforma e como o app pode ajudar milhares de brasileiras a alcançar a independência financeira e ter acesso a um fonte de renda extra.

De acordo com Stella Brant, diretora de Marketing da 99, a ideia do podcast surgiu a partir de um projeto-piloto criado para o Maio Amarelo, que contou com quatro episódios sobre segurança.

“Queremos que o Papo de Motora seja companheiro dos motoristas, nós construímos o podcast em parceria com eles para garantir que o programa seja uma fonte de dicas e melhores práticas, levando informações e entretenimento através de conversas leves com temas relevantes para todos”, afirma.


O formato do Papo de Motora foi pensado estrategicamente levando em conta a tendência de crescimento de podcasts no Brasil. Só no ano passado, esse tipo de programa cresceu 25% e de acordo com o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) dos 120 milhões de internautas brasileiros, 40% já escutaram um programa de áudio digital.


Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece cinco tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Compartilha, serviço de corridas compartilhadas disponível em Belo Horizonte (MG); e o 99Comfort, que reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em Porto Alegre (RS).

Minuto de Silêncio leva podcast ao palco do teatro

 

 

 

Há 13 anos de quando surgiu o termo “podcast”, milhares de pessoas têm preferido ouvir as rádios online ao tradicional sinal FM. A chegada de novas tecnologias, a falta de qualidade na transmissão e a precariedade nos assuntos abordados nas rádios impregnadas de comerciais fizeram com que o ouvinte tivesse o interesse em criar sua própria rádio ou ouvir a música ou assunto do seu interesse em uma rádio criada por alguém.

O boom das rádios online se deu em 2004 devido a três fatores: a disponibilidade de softwares baratos de produção de áudio, aos iPods e aos blogs onde eram publicadas as rádios. Assim definiu na época o jornalista Bem Hammersley, do jornal The Guardian, e pela primeira vez na internet utilizou o termo podcasting, perguntando-se como chamaríamos essa nova forma de fazer rádio.

A expressão pegou. As ferramentas de blog evoluíram, os ouvintes agora poderiam fazer uma assinatura RSS para saber quando um novo áudio estava disponível, baixar o arquivo em mp3 e ouvir em seu iPod. O desafio se tornou transformar essas rádios online amadoras em uma edição cada vez mais profissional, com qualidade de áudio e uma entrega cada vez mais facilitada para o ouvinte que não precisaria mais visitar o blog para ouvir seu programa favorito. O podcast não inovou apenas na tecnologia, trouxe também uma nova maneira de se fazer rádio. O podcast possibilitou ao ouvinte escutar, em um único programa de rádio, o tipo de música ou o assunto que ele estava interessado em ouvir.

Mas a palavra podcast ainda é pouco conhecida entre os brasileiros. Não apenas a palavra como também o formato. O podcast se tornou um meio de comunicação que vai além da própria rádio online, pois possibilita o download do áudio. Além disso, a programação não precisa ser feita ao vivo.

No Brasil, o podcast ainda vem evoluindo. Iniciou com baixa qualidade no áudio e com gravações realizadas via Skype, o que compromete muito essa qualidade. Há ainda produtores de podcast que fazem suas gravações dessa maneira, por ser mais fácil e menos custosa. Atualmente, alguns podcasters montam o próprio estúdio, como é caso do programa de humor Minuto de Silêncio, comandado por Vinícius Antunes, roteirista do Zorra da Rede Globo, e Roberto Rocha, engenheiro e editor. Eles montaram todo o equipamento de gravação no apartamento de Vinícius, na Tijuca, Rio de Janeiro. Todas as gravações são presenciais e os convidados sentam à mesa com os apresentadores para falarem dos mais variados temas de forma cômica.

Roberto e Vinicius são amigos desde os anos 90. Fãs de programas de rádio, sobretudo, os de humor, sonhavam em um dia participarem de um. Com a possibilidade a partir do podcast, tiveram a ideia de transportar o sonho de criar um programa de rádio de humor para a realidade na internet. “Quando descobrimos o universo do podcast, chegamos à conclusão de que seria um formato mais viável para produzirmos algo divertido e de qualidade. A partir daí, começamos a juntar nossos amigos pessoais e amigos que trabalham com humor para formar uma mesa de bate-papo que tratasse de qualquer tema com um olhar humorístico”, conta Roberto.

O Minuto de Silêncio surgiu em 2014 e até hoje já passaram mais de 100 convidados, desde comediantes renomados como Marcius Melhem e Fernando Caruso a novos nomes do stand up, roteiristas de humor, atores, diretores e personalidades da internet. “Nesses quase três anos já conquistamos uma legião de ouvintes que aguardam ansiosamente por um novo episódio toda quarta-feira”, enfatiza.

A evolução do podcast não para por aí. Dialogar com o público exige sempre maior proximidade com ele. Para ter um maior contato com seus admiradores, os antigos programas de auditório das rádios promoviam gravações ao vivo com participação dos ouvintes nas cadeias de um auditório do estúdio ou de um teatro. E apesar de toda a facilidade de interação que a internet possibilita, não parece ser suficiente para o fã dos podcasts.

Seguindo o caminho dos programas de auditório, essa também pode ser uma tendência na internet. Partindo dessa percepção, o Minuto de Silêncio alugou o Teatro Henriqueta Brieba, localizado no Tijuca Tênis Clube, para realizar sua primeira edição ao vivo com presença dos ouvintes no auditório. “Sair da internet foi uma demanda do próprio público. Eles pediam mais contato, encontros, interatividade presencial também. Começamos a pensar o Minuto de Silêncio ao vivo meio de brincadeira e, quando vimos, 200 ingressos já estavam esgotados num piscar de olhos”, relata Vinícius. Em pouco tempo de existência comparado a outros podcasts, o Minuto de Silêncio viu-se crescer de forma animadora. Essa interação cada vez maior com o público, dentro e fora da internet, pode ser o fator do sucesso que o podcast vem adquirindo. “Isso vai na contramão do que se diz sobre as relações estarem cada vez mais frias e distantes. Houve um clamor por contato e pela ocupação do teatro para fazer podcast”, explica o roteirista.

 

Grupo pretende, em breve, lançar vídeos de comédia em seu canal no Youtube

Minuto de Silêncio ao vivo

Dia 1 de setembro, às 19h30, no Teatro Henriqueta Brieba, Tijuca Tênis Clube

Rua Conde de Bonfim, 451 – Tijuca, Rio de Janeiro.

 

Site do podcast: http://www.minutodesilencio.com/