Browsing Tag

Negócios

FAÇA A ECONOMIA LOCAL GIRAR

Atenta às mudanças da economia nesse período da crise do novo coronavírus (COVID-19), a Faculdade CDL criou um hotsite para ajudar os pequenos negócios. A plataforma serve como um mapa local das micro e pequenas empresas e de empreendedores individuais, para divulgar e contribuir com cada um que precisa superar esse momento.
A iniciativa foi tomada com base nos dados do Sebrae, que mostram que no Brasil existem 6,4 milhões de estabelecimentos e que desse total 99% são micro e pequenas empresas, que respondem por 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado. Para ajudar a economia local girar, basta cadastrar o empreendimento no site: https://conteudo.faculdadecdl.edu.br/ajudeopequenonegocio. Todos podem participar!

ESCOLA DE NEGÓCIOS


A Faculdade CDL foi fundada em 2008 com o intuito de transformar o varejo cearense através da educação, formando profissionais preparados para seguir os mais diversos segmentos de comércio e serviços. Atualmente, a instituição conta com 8 cursos de graduação e 10 cursos de pós-graduação.
Além disso, oferta regularmente cursos de extensão voltados para diversas áreas dos negócios e cursos in company, contratados sob medida pelas empresas para capacitar seus colaboradores. A comunidade acadêmica é formada por mais de 2 mil alunos que contam com professores qualificados e atuantes no mercado, comprometidos com o objetivo da instituição de transformar o varejo.

Entidades da cadeia coureiro-calçadista orientam associados

Sem interferir nas relações comerciais entre as empresas e com o objetivo de preservar uma cadeia que gera mais de 1,5 milhão de empregos diretos no Brasil, as entidades representativas da cadeia coureiro-calçadista brasileira, Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq), Associação Brasileira dos Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac), Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) estiveram reunidas no último dia 19 de março para tratar de medidas conjuntas para redução do impacto econômico do avanço do novo coronavírus na atividade. Indo ao encontro das diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), o encontro dos dirigentes das entidades aconteceu de forma remota.

Na oportunidade, foi colocado que o setor vem sentindo fortemente a queda abrupta do consumo, bem como reportando o fechamento e suspensão de atividades em quase todas as localidades e que, portanto, se faz urgente uma onda de entendimento e solidariedade. Então, no sentido orientativo, pois não cabe às associações ingerência nas relações comerciais entre as empresas, foi sugerido que haja uma maior abertura dos canais de diálogo e negociação com os clientes para evitar protestos de títulos, pois esses inviabilizariam o acesso a linhas de crédito. Também foram sugeridas a flexibilização de prazos de pagamento e o aceite de suspensão ou adiamento de entrega de mercadorias.

Entendimento
O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, aponta que o momento é grave e exige o entendimento entre os elos da cadeia, para evitar um agravamento do problema. “O consumo vem caindo abruptamente em função do avanço da pandemia. Desta forma, é preciso que todos, desde o fornecedor até o varejo, façam a sua parte, com compreensão e solidariedade”, comentou.

Para o presidente da Abrameq, André Nodari, a pandemia  do novo coronavírus é a maior crise mundial desde a segunda grande guerra, e que por isto necessita de pronta reação da sociedade e do governo.  “É hora das pessoas e empresas colocarem o bem comum acima de interesses pessoais, tanto no aspecto de saúde como no econômico. É hora dos governos agirem para minimizar a recessão”.

O representante do varejo, Marcone Tavares, presidente da Ablac, destaca que neste primeiro momento as empresas do setor estão priorizando pessoas, seus empregos diretos e indiretos. Segundo ele, na lista de prioridades estão os parceiros comerciais e por fim o Governo, que precisa dar a sua contribuição.

Já a superintendente da Assintecal, Ilse Biason Guimarães, também prevê momentos delicados, por lidar-se com vidas humanas, o que está repercutindo na economia de forma quase incontrolável.  Salienta que é importante que todos contribuam, e, principalmente “busquem fortalecer essa união para buscar soluções e conduzir pleitos que possam reduzir os impactos”.

O dirigente do setor curtidor, José Fernando Bello, presidente executivo do CICB, por sua vez, destaca que a adaptação e os ajustes de todos negócios – desde os menores, até as grandes corporações – serão fundamentais para que haja um menor impacto na economia. “Isso será crucial para que tenhamos resultados positivos sobre os cuidados, a segurança e a atenção especial com as pessoas e a sociedade”, avalia.

Todas as entidades da cadeia coureiro-calçadista estão em contato permanente com seus associados para auxiliar e também colher dados sobre o impacto da pandemia na atividade, bem como solicitando medidas de apoio junto aos governos neste momento de crise.

Resultados das franquias fortalecem negócios para 2020


Em um mercado cada vez mais consolidado, o setor de franquias, no Brasil, torna-se um dos investimentos com maior rentabilidade para geração de negócios. Assim confirma o estudo anual a Associação Brasileira de Franchising (ABF), divulgado no começo deste ano, que mostrou crescimento de 6,9% das franquias e expansão em unidades e redes, em 2019.

E nesses patamares, as vendas no setor de perfumaria, beleza e cosméticos também não param de crescer. A Yes! Cosmetics apresentou excelentes resultados nos últimos anos, com reconhecimentos de Excelência em Franchising pela ABF. A expectativa da marca é crescer 19% este ano, com mais de 100 lojas pelo Brasil. “Em 2020, comemoramos 20 anos da Yes! e nosso foco é ampliar e diversificar o nosso mix de produtos. Investimos em tecnologia e inovação e vamos trazer o que há de tendência para o nosso público,” projeta o CEO da marca, Cândido Espinheira.

A melhoria de alguns indicadores, especialmente o Índice de Confiança Empresarial e o PIB, a chegada de novas redes e a abertura de unidades com novos modelos de negócio impactaram positivamente o setor de franquias em 2019. Ainda de acordo com os estudos da ABF, em 2020, a probabilidade é que o mercado de franchising tenha um avanço de 8% em faturamento, que pode levar a aumento de até 6%, em unidades, e 5% em geração de empregos. Os dados também informam que o total de unidades em operação no País expande 5,1% e número de redes em 1,4%.

Para os empreendedores, a Yes! Cosmetics é um ótimo investimento, com excelente relação custo-benefício. Entre os modelos de negócio para franquia, a marca oferece duas opções: quiosques ou lojas. O investimento inicial é a partir de R$ 105 mil, com faturamento médio de R$ 60 mil por unidade e rentabilidade média de 15%. Um atrativo importante para quem pretende abrir o próprio negócio. O design é inovador e ultramoderno, as unidades Yes! são coloridas e convidativas, favorecendo a experimentação dos produtos, e, consequentemente, aumentando as vendas.

Outro diferencial pela escolha da franquia é o suporte oferecido pela rede. De baixo custo e fácil operação, o franqueado conta com amplo suporte e orientação, desde a escolha do ponto comercial ao projeto arquitetônico, até a implantação, marketing e operação. O franqueado participa ainda de treinamentos técnicos, operacionais e gerenciais, com assessoria de uma equipe multidisciplinar, com foco no sucesso do negócio.

Quer saber mais sobre a Yes! Cosmetics? Acesse www.yescosmetics.com.br ou ligue para 0800 970 0444. Siga também @yescosmetics no Instagram.

Sobre a Yes! Cosmetics
Moderna, jovem, colorida, alegre e acessível, a Yes! Cosmetics, empresa nacional que atua no segmento de beleza, foi fundada em 2000, fruto do sonho dos sócios Cândido Espinheira, Felipe Espinheira e Ketty de Jesus. No início, o mix de produtos era composto por 12 deo colônias e 15 cores de batons. Hoje, a Yes! Cosmetics já conta com 300 itens! Todos com alta qualidade, inovação constante e preços acessíveis, além de uma linha exclusiva assinada por Sabrina Sato.

Exportações de calçados somaram US$ 166,7 milhões no bimestre

Dados elaborados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) apontam que, no primeiro bimestre do ano, foram embarcados 23 milhões de pares, que geraram US$ 166,7 milhões, quedas tanto em volume (-10,7%) quanto em receita (-8,5%) na relação com igual período do ano passado. Segregando apenas o mês de fevereiro, foram remetidos ao exterior 10,6 milhões de pares por US$ 75,2 milhões, quedas de 3,3% em pares e de 10% em faturamento em relação ao mês dois de 2019.

O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, destaca que a dinâmica de desaceleração internacional, puxada especialmente pelos Estados Unidos, influenciou negativamente no desempenho. “A queda dos embarques aos Estados Unidos teve um peso muito grande, especialmente nos calçados de couro”, aponta, ressaltando que a contribuição da queda dos embarques para os Estados Unidos no bimestre foi de 6,3,% (da queda total de 8,5%). “Quase tudo o que perdemos foi em função dos Estados Unidos. Além de existir um problema econômico naquele país, que viu suas vendas de calçados despencarem quase 2% no trimestre – o que inibe as importações de uma maneira geral – existe o impacto geral do Coronavírus, especialmente na Ásia e Europa”, avalia Ferreira, acrescentando, ainda, que em 2019 a base também era muito elevada em função da guerra comercial contra a China.

Segundo Ferreira, a boa notícia é de que, com o câmbio atual, em reais, a rentabilidade segue em crescimento. “Em reais, as exportações cresceram 4,9% em fevereiro e 3,8% no bimestre”, informa o dirigente.

Destinos
No primeiro bimestre, o principal destino do calçado brasileiro no exterior foi os Estados Unidos, para onde foram embarcados 1,98 milhão de pares, que geraram US$ 33,36 milhões, quedas de 32,5% e de 11,6%, respectivamente, ante mesmo ínterim de 2019.

O segundo destino do bimestre foi a Argentina. Com uma base fraca de 2019, os hermanos compraram 1,3 milhão de pares verde-amarelos, que perfizeram US$ 13,9 milhões, incrementos de 46,2% e de 30,4%, respectivamente, ante o ano passado.

O terceiro destino do período foi a França, para onde foram embarcados 1,76 milhão de pares por US$ 12,46 milhões, quedas tanto em volume (-35,6%) quanto em receita (-13%) na relação com o mesmo período de 2019.

Estados
O principal exportador de calçados do Brasil no bimestre foi o Rio Grande do Sul. No período, os gaúchos embarcaram 5 milhões de pares por US$ 70,8 milhões, incremento de 4,4% em volume e queda de 4,9% em receita ante o mesmo intervalo do ano passado.

O segundo maior exportador do período foi o Ceará, de onde partiram 9,7 milhões de pares por US$ 52,5 milhões, quedas tanto em volume (-15,4%) quanto em receita (-15,9%) em relação ao período correspondente do ano passado.

No terceiro posto, São Paulo apareceu com incremento de 28,1% em volume e de 3,7% em receita na relação com o primeiro bimestre do ano passado. Os números foram de 1,2 milhão de pares e US$ 14 milhões.

Importações 
O dólar valorizado também teve impacto nas importações de calçados. No bimestre, entraram no Brasil 5,3 milhões de pares, pelos quais foram pagos US$ 69,35 milhões, quedas de 15,8% e de 0,8%, respectivamente, ante o mesmo período de 2019. Segregando apenas fevereiro, a importação foi de 2,5 milhões de pares por US$ 28 milhões, quedas de 28,6% e de 7,5%, respectivamente, no comparativo com o mesmo período do ano passado.

As principais origens das importações do bimestre foram Vietnã (2,35 milhões de pares e US$ 39,9 milhões, incrementos de 10,7% e de 15,9%, respectivamente, ante mesmo período do ano passado), Indonésia (604 mil pares e US$ 10 milhões, quedas de 46% e 38%, respectivamente) e China (1,8 milhão e US$ 9,4 milhões, queda de 26% em volume e incremento de 15,8% em receita).

Já em partes de calçados – cabedais, solas, saltos, palmilhas etc – as importações somaram US$ 4,9 milhões , 25,3% menos do que no primeiro bimestre do ano passado. As principais origens foram China, Paraguai e Vietnã.

Confira as tabelas completas AQUI

Empresas de Pernambuco acompanham o estado com recorde em geração de novos negócios

 

Com políticas de atração de investimentos e segurança no cumprimento de contratos, Pernambuco se mantém como um lugar estratégico na região Nordeste para implantar e selar negócios com grandes investidores privados. O estado terminou 2019 com saldo positivo de mais de 15 mil novos empregos diretos, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), finalizando o ano com R$ 15 bilhões em geração de novos negócios.

A atuação do governo para aprovação de incentivos fiscais voltados à instalação de novos projetos industriais deve garantir que mais de R$ 693 milhões sejam investidos no estado nos próximos meses. “Pernambuco é um excelente lugar para novos negócios. Aqui temos segurança jurídica, que facilita a implantação de empresas privadas, além da localização estratégica privilegiada que fortalece os empreendimentos. Vamos continuar com a pegada forte, para atração de investidores. Conseguimos apresentar um plano de investimentos, com contratos que fortificam um trabalho antigo de prospecção de negócios”, diz o presidente da AD Diper (Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco), Roberto Abreu e Lima.

Entre os que estão investindo no estado estão empresas como a Masterboi e Fipel. A Masterboi, empresa genuinamente pernambucana, anunciou que investirá R$ 112 milhões na implantação de um frigorífico industrial e um abatedouro no município de Canhotinho, Agreste Meridional. Apesar de tecnológica, a planta exigirá mão de obra intensiva: serão gerados cerca de 800 postos de trabalho diretos, número que representa mais da metade da população economicamente ativa do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.


As obras começarão neste primeiro semestre, com as operações sendo iniciadas no fim de 2022. Em atividade plena, a nova unidade, que ficará numa área de 110 hectares, terá capacidade de abater 500 bois e processar 250 toneladas de carne por dia, de bois, suínos, caprinos e ovinos. “Também já vamos nascer habilitados para exportar”, destaca o diretor administrativo da Masterboi, Miguel Zaidan. Segundo ele, serão injetados diretamente, na economia do município, R$ 1,2 milhão mensais, apenas com o pagamento de salários.
Já o Fipel (Frigorífico Industrial de Pernambuco Ltda.), conhecido pela marca Tony, em operação no município de Igarassu, investiu mais de 13 milhões em ampliação desde o ano passado. Aos 22 anos de existência, a empresa de alimentos processados inaugurou uma nova expansão que dobrou sua capacidade de produção e construiu a primeira fábrica de hambúrguer do Norte/Nordeste. Em área de fabricação, a empresa passou de 2 mil metros quadrados para 3,3 mil metros quadrados.

Os itens já produzidos pela empresa, que somam mais de 1 mil toneladas por mês, devem chegar a 2 mil toneladas/mês. Isso sem contar a nova linha de congelados com hambúrguer (mais 500 t/mês), toscana (mais 200 t/mês) e linguiça fina (também mais 200 t/mês). O quadro de funcionários, que gira em torno de 350 trabalhadores, chegará a 500 pessoas quando o Fipel atingir o máximo de sua capacidade de fabricação. “Todo esse investimento está sendo realizado porque queremos continuar sendo reconhecidos, cada vez mais, como quem faz qualidade”, explica o empreendedor Gilson Saraiva Filho, um dos sócios do Fipel.

Maior importadora e distribuidora de pneus e câmaras de ar do Brasil, a Magnum Tires investe constantemente em tecnologia visando atender aos diversos canais de venda em todo o Brasil, procurando simplificar os processos para oferecer os melhores produtos. Nascida em Pernambuco, com sede no município de Jaboatão dos Guararapes, ocupa uma área de 25.000 metros quadrados com 17 docas para carga e descarga de mercadorias. A Magnum Tires conta com mais de 450 colaboradores e representantes em todo Brasil. Em Pernambuco são empregadas cerca de 180 pessoas de forma direta.

Em 2019, a Magnum Tires importou um volume total de 1.572.971 unidades de pneus e 1.519.235 unidades de câmaras de ar. Para 2020 projeta um crescimento em 15%, aumento de market share, lançamento da linha de pneus de passeio da marca própria Magnum, aumento da participação de mercado das marcas GT Radial e Giti e consolidação de novas revendas autorizadas por meio de uma nova plataforma digital B2B (para atendimento de novos revendedores).

Pernambuco tem atraído também gigantes nacionais como a Aché Laboratórios, que investe R$ 660 milhões em sua nova unidade no estado, localizada no Complexo Industrial e Portuário de Suape, no Cabo de Santo Agostinho. A conclusão da primeira etapa, que inclui a área de embalagens de produtos sólidos e o centro de distribuição, contou com um investimento de R$ 429 milhões e a previsão é que sejam produzidas aproximadamente 80 milhões de unidades já em 2020. Até 2021, data prevista para término de toda a obra e início da fabricação, serão investidos R$ 660 milhões na estrutura física, além dos recursos aportados em equipamentos e tecnologia. O novo complexo deve gerar 3 mil empregos entre diretos e indiretos até o final de 2022.

O estado recebe ainda investimentos de grandes companhias mundiais. Pernambuco sediará o primeiro CD da Amazon no Nordeste. Desde que chegou ao País, esta será a primeira operação física da empresa fora de São Paulo, validando a vocação de Pernambuco como o hub logístico regional. A base pernambucana ficará no centro logístico Armazenna Suape. A nova operação ocorrerá de forma plena já no primeiro trimestre de 2020, e a expectativa é gerar centenas de empregos diretos e indiretos. A Amazon é atualmente a empresa mais valiosa do mundo, com valor de mercado de US$ 1 trilhão. Com o anúncio oficial da Amazon, o estado atinge a marca das 114 empresas que anunciaram novos negócios ou a expansão de suas operações em Pernambuco desde  2019. 

Dez espaços gastronômicos com culinária internacional compõem o cruzeiro Marina, que atraca nesta sexta-feira (7) no TMP

Também conhecido por cidades flutuantes, os cruzeiros marítimos reúnem diversos ambientes dentro do navio que agradam os mais mais exigentes turistas. Com atracação prevista para às 10 da manhã desta sexta-feira, 07 de fevereiro, no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza, o Oceania Marina conta com uma culinária internacional invejável dividida em 10 espaços gastronômicos e o The Culinary Center – única escola de cozinha prática no mar.

Outros atrativos são as festas temáticas realizadas a bordo, cassino, boutiques, piano de calda para apresentações ao vivo, piano bar que serve uma variedadede Martini, academia de ginástica, piscina, jogos de tabuleiro, spa, sala de acupuntura, pista de caminhada / corrida com força, deck completo, biblioteca com mais de 1.000 títulos e até um santuário ao ar livre e com espreguiçadeiras.

A maior parte de inspiração do layout do navio veio de estabelecimentos sofisticados como Mondrian Hotel de Miami, o Palm Court no Plaza Hotel de Nova York e o local de refeições Bouchon em Napa. Com bandeira das Ilhas Marshall, o Oceania Marina foi projetado pela
norueguesa de arquitetura marinha “Petter Yran and Bjorn Storbratten” e lançado em 2011.

São 238 metros de comprimento por 32 metros de altura e 7 metros de calado, com 629 cabines, das quais 147 suítes, 44 sacadas, 18 salas internas. E neste roteiro que foi iniciado na Flórida (22/01), em Miami, e no Brasil encerra no Rio de Janeiro no dia 12 de fevereiro, estão 1.210 turistas europeus e mais 760 tripulantes de vários países a bordo. Com lista de espera, este cruzeiro pode ser comprado em pacotes de 21 dias, 33 dias ou 53 dias, com preços que variam na moeda nacional de R$ 47.695,00 até R$ 125 mil. De Fortaleza, o navio
segue para o porto de Recife e depois Rio de Janeiro. “Nossa avaliação quanto à chegada de turistas ao Ceará pelo Terminal Marítimo de Passageiros nesta temporada, que se encerra no próximo dia 24  de março, é muito positiva. Ao dobrarmos o número de navios da temporada passada para esta, o acréscimo foi de 100%, passando de cinco para 10 navios atracando em Fortaleza, e com perspectiva de fechar com 12 mil pessoas chegando aqui – entre turistas e tripulantes. Essa circulação de turistas incrementa a economia local”.Mayhara Chaves, diretora-presidente da Companhia Docas do Ceará.

 

Projetado para os amantes da boa e sofisticada cozinha, não é à toa que conta  com 10 espaços gastronômicos com culinária internacional. No Oceania Marina, por exemplo, está o primeiro restaurante Jacques, criado pelo o famoso chef Jacques Pepin, projetado com um
design de bistrô francês concentrado em cozinha francesa tradicional. Os restaurantes gourmet, como o La Reserve da Wine Spectator, oferecem esclarecedores seminários, degustações e combinações com pratos especiais. E o The Culinary Center é a única escola de cozinha prática no mar, apresentando uma série de enriquecedoras aulas gastronômicas com master chefs. Quanto aos outros restaurantes, destaque para o Polo Grill, que incorpora todos os elementos de uma clássica steakhouse, expressando-os com uma reverência atemporal;
Toscana, com receitas originadas de mães e avós de membros da própria equipe de culinária italiana; Red Ginger, trazendo uma culinária asiática arrojada com um toque de arte moderna asiática no interior; Terrace Café, para qualquer hora do dia; The Bistro, inspirado
nas receitas de família do diretor de Culinária Executiva, Jacques Pépin, com pratos franceses; Waves Grill, oferecendo um menu de almoço variado; Chá da Tarde Baristas; e o serviço de quarto para o passageiro jantar em sua suíte ou cabine com um extenso menu
disponível 24 horas.

 

Pontos de visitação:
– Barracas da Praia do Futuro
– Museu da Cachaça / Maranguape
– Theatro José de Alencar (TJA), Catedral Metropolitana de Fortaleza, Forte N. Senhora da
Assunção e Passeio Público
Companhia Docas do Ceará – Ministério da Infraestrutura
Praça Amigos da Marinha, s/n, Mucuripe – CEP: 60180-422 – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3266.8989 –
www.docasdoceara.com.br
Próximos cuzeiros:
– 01/03/2020: MS Volendam
– 14/03/2020: Silver Shadow
– 20/03/2020: Insignia
– 22/03/2020: Hanseatic Inspiration
– 24/03/2020: Koningsdam

A diretora-presidente da CDC, Mayhara Chaves, lembra que o final desta temporada coincide com a realização da concessão do Terminal Marítimo de Passageiros, a ser realizada na sede da Antaq, em Brasília, no próximo dia 27 de março. “Vencida mais essa etapa,
estaremos focados 100% na movimentação de cargas do Porto de Fortaleza”.

Somapay é a primeira fintech nordestina a oferecer serviços do Banco24Horas para seus clientes via HubDigital

A Somapay, novo nome da Conta Soma que antes oferecia somente sistema de pagamento e conta remuneração, passa a ser uma plataforma de serviços financeiros conectando parceiros, bancos, seguradoras, microempreendedores e trabalhadores. A empresa cearense agora é parceira da TecBan, sendo a primeira fintech a entrar por meio do HubDigital, plataforma desenvolvida pela TecBan para acelerar a entrada de novas instituições de pagamento, fintechs e bancos sociais de todo o Brasil ao Banco24Horas. Agora, clientes da Somapay poderão realizar saques e consultas de saldo e extrato nos mais de 23 mil caixas distribuídos, em todo o Brasil.

Considerada uma fintech – expressão utilizada para negócios que unem tecnologia com serviços financeiros -, a Somapay, inicialmente, trouxe um modelo inteligente de pagamento de colaboradores que realiza repasse para a folha de funcionários em poucos cliques e garante uma conta digital para quem recebe o salário. Forma simples e segura de desburocratizar essa demanda tão dispendiosa e demorada, ao mesmo tempo em que proporciona inclusão financeira de várias pessoas que não conseguem abrir conta em banco comum.

Agora, como Somapay, reposiciona-se no mercado como uma plataforma de serviços financeiros, pois disponibiliza muitas outras facilidades para negócios e empresas: conta digital PF e PJ, cartões benefícios, saque nas lotéricas e no Banco24Horas, recarga de celular, compra de créditos para Uber e para jogos online, por exemplo.

Sobre a Somapay

Com atuação no mercado nacional desde 2014, a Somapay é uma plataforma de serviços financeiros para o público B2B e B2C , que reúne pagamentos de funcionários, conta digital remuneração, conta PJ, Rede de Compras, saques através de aplicativos e outros produtos que facilitam a rotina através da tecnologia.

Atualmente, a Somapay já conta com uma carteira de mais de 35 mil colaboradores de empresas em diversos setores, como supermercados, postos de combustível, gasolinas, indústrias, varejo e empresas de terceirização de mão de obra.

A Somapay têm à frente os sócios-diretores Fernando Gurgel, Patrícia Costa e Silva e Nayana Branco, todos com extensa experiência no mercado financeiro.

Sobre a TecBan

Há 37 anos, a TecBan oferece soluções inovadoras de autoatendimento por meio de um modelo de economia compartilhada, cujo objetivo é criar valor para toda a sociedade. Nos últimos cinco anos, foram investidos R$ 2,2 bilhões dar o acesso a serviços financeiros a todas as classes sociais, em todos os estados do Brasil.

A TecBan também oferece um pacote completo de serviços por meio de soluções criadas com o objetivo de atender às constantes evoluções do mercado e às necessidades das instituições financeiras, estabelecimentos comerciais e consumidores. Produtos como o HubDigital, Saque Digital, Open Banking e Transferências Instantâneas P2P, +Varejo Banco24Horas, Mídia Banco24Horas, Switch Interbancário BlockChain, LinkBooster TBNet, SmartSecurity TBNet, AlwaysOn TBNet e Espaço Multibanco atendem a 140 milhões de pessoas, anualmente, em todo o país.

Curso de Ciências Contábeis da Faculdade CDL é eleito o melhor do Ceará

 

O curso de Ciências Contábeis da Faculdade CDL foi o único curso do Ceará a obter nota máxima no ENADE 2018 e tal fato o torna hoje o melhor do Estado, estando ainda entre os 29 melhores cursos de Ciências Contábeis do Brasil.

Além disso, a Faculdade CDL é uma das 10 melhores faculdades de Fortaleza. Qualificada com nota 4 no ICG (Índice Geral de Cursos), a instituição de ensino superior voltada à educação executiva, reforça seu propósito de ser a melhor escola de negócios do Ceará.

Os resultados positivos se devem ao trabalho desenvolvido pela gestão acadêmica da Faculdade CDL, focada em qualificar profissionais que buscam desenvolver liderança, empreendedorismo e capacidade técnica e gerencial. O diretor da Faculdade CDL, Assis Cavalcante, acredita que a instituição vem desenvolvendo seu propósito de levar ao mercado de trabalho profissionais com elevada competência, ética e responsabilidade.

Marcas calçadistas brasileiras viram conteúdo de influenciadoras norte-americanas

Apresentar a diversidade, as belezas e a cultura do Brasil ao mesmo tempo em que promove as marcas de calçados brasileiras nos Estados Unidos, tudo isso por meio dos olhares de formadoras de opinião no mercado-alvo, foram os objetivos da edição 2019 do Digital Influencer Project – DIP.  Entre os dias 2 e 6 de novembro, o litoral alagoano virou cenário de sessões de fotos e experiência exclusivas para as influenciadoras digitais Natalie Suarez (@natalieoffduty)  e Dylana Suarez (@dylanasuarez). Elas vieram ao país a convite do Brazilian Footwear,  programa de apoio às exportações de calçados mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Conhecidas como Suarez Sisters, elas, que vivem em Nova Iorque, são modelos, fotógrafas e fashionistas, e acumulam milhares de seguidores nas redes sociais. Juntas, somam mais de 850 mil seguidores no Instagram, principal plataforma de trabalho delas. A dupla compartilhou a viagem em seus canais sociais, principalmente pelo Instagram Stories, e apresentaram as marcas participantes a seus seguidores. Esta foi a terceira viagem ao Brasil de Dylana, que é casada com um brasileiro, mas a primeira ao Nordeste. Natalie, por sua vez, nunca havia estado em solo verde-amarelo.

Diversidade
Durante os dias em Alagoas, as fashionistas fotografaram nos principais pontos turísticos de Maceió e viveram experiências típicas da Região oferecidas por algumas das marcas participantes. A analista de Promoção de Imagem da Abicalçados, Luana Chinazzo, destaca que esta edição conseguiu passar toda a diversidade do Brasil, tanto por meio das marcas participantes quanto das atividades oferecidas. “Fomos do rio ao mar, das cidades históricas ao mangue. Elas puderam calçar diferentes estilos de calçados, tanto saltos quanto flats, sempre em sintonia com o ambiente. O conteúdo gerado é rico e demonstra como o nosso país é plural”, contou.

A primeira vivência das irmãs em Alagoas, promovida pela marca Insecta, foi uma visita à Associação Peixe-boi, uma organização comunitária composta por ribeirinhos, pescadores, estudantes e moradores dos municípios de Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres, que trabalham na proteção do peixe-boi marinho, que é hoje o mamífero aquático mais ameaçado de extinção no País. Após o passeio, um almoço com alimentos sem origem animal foi servido para fechar o momento com a cara da marca vegana.

No dia seguinte, as influenciadoras foram convidadas pela Petite Jolie para um passeio de lancha por algumas das principais praias da Região. O passeio, que durou até o pôr do sol, gerou registros lindos em fotos e vídeos e encantou nossas convidadas. “Não pensei que encontraria formações rochosas como as que vi em desertos nos Estados Unidos aqui no Brasil. O pôr do sol nas rochas é lindo!”, destacou Dylana sobre as falésias da praia do Gunga.

A última experiência delas foi uma visita à cidade histórica de Marechal Deodoro, oferecida pela Vicenza. No local, as convidadas visitaram a Associação das Mulheres Rendeiras (AMUR) e aprenderam a fazer a renda filet, típica da região. Depois da atividade, elas ainda visitaram os principais pontos turísticos da localidade e fotografaram para a marca calçadista. “A viagem foi muito inspiradora e educativa. Foi muito legal conhecer destinos mais remotos. Pude me divertir, relaxar e criar muito conteúdo. Melhor  viagem!”, declarou a Natalie. “Nossos dias aqui foram ótimos! Amamos todos os lugares. Nós fotografamos alguns dos nossos  melhores conteúdos aqui. Espero voltar logo”, completou Dylana. Além das experiências, as norte-americanas fizeram sessões de fotos para a Melissa e a Cecconello.

Qualidade e conforto
Sobre o calçado brasileiro, elas destacaram a qualidade e o conforto dos produtos. Elas já conheciam algumas marcas brasileiras, mas se surpreenderam com a variedade de estilos, todos confortáveis. Segundo as influenciadoras, todos os modelos que elas calçaram eram bem-feitos e versáteis. “Eu já ouvia falar sobre os calçados brasileiros, os materiais utilizados parecem ser ótimos. Achei muito confortáveis, ótimos para viajar”, avaliou Natalie.

Dylana destacou, também, as cores utilizadas nos modelos. “Certamente, eu compraria calçados brasileiros, me tornei fã de algumas marcas. Amo como elas brincam com as cores e criam estilos com a cara do verão”, afirmou ela. “Acredito que as marcas brasileiras são muito apaixonadas pelo que fazem e que por isso vão além para criar produtos que calçam bem e são bonitos”, completou a fashionista.

Sobre o Brazilian Footwear:
Brazilian Footwear é um programa de incentivo às exportações desenvolvido pela Abicalçados em parceria com a Apex-Brasil. Este programa tem por objetivo aumentar as exportações de marcas brasileiras de calçados através de ações de desenvolvimento, promoção comercial e de imagem voltadas ao mercado internacional. Conheça: www.brazilianfootwear.com.br| www.abicalcados.com.br/brazilianfootwear.

Sobre a Apex-Brasil:
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Para alcançar esses objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil. Conheça: www.apexbrasil.com.br.

VCI SA É FINALISTA EM PRÊMIO NACIONAL

A VCI SA, empresa precursora em todo o país do modelo multipropriedade
em empreendimentos com marcas premium internacionais, o que colocou
holofotes de fora a esse segmento no Brasil, está concorrendo, junto
com outras gigantes e tradicionais empresas do setor de imóveis, ao
título de empresa mais inovadora do Brasil no GRI Awards 2019, o mais
importante prêmio do ramo imobiliário.

“Esse anúncio coroa um projeto responsável e, de fato, inovador no
nosso país com marca internacional de primeira linha. E os projetos da
VCI já estão configurados dentro da nova Lei de Multipropriedade,
além de serem referência no mercado”, destaca Samuel Sicchierolli,
presidente da VCI SA.

Além desse pioneirismo, a VCI trouxe outras inovações como inéditos
canais de venda. Parcerias estratégicas com outros modelos de valor em
economia compartilhada e a criação de Concept Stores também marcam o
DNA de inovação da VCI SA.

ETAPAS DA PREMIAÇÃO

A primeira etapa do processo de premiação da GRI montou um ranking das
empresas e escolheu as Top 10 do segmento. Conforme informações da
GRI, os projetos indicados no ranking participam agora de votação
eletrônica para a definição dos três projetos mais votados,
denominados de Top 3. O projeto ou empresa com maior número de votos
será automaticamente classificado vencedor em sua categoria.

A premiação dos vencedores ocorrerá em São Paulo, no mês de
dezembro, em jantar solene reservado aos membros do GRI Club, finalistas
do prêmio e outros executivos atuantes no mercado imobiliário
brasileiro.

A indicação da VCI SA para o prêmio é um termômetro da sua
projeção em nível nacional, com empreendimentos da marca Hard Rock
Hotel sendo construídos em Fortaleza (Ceará), Ilha do Sol (Paraná) e
São Paulo, além de outros dois em desenvolvimento em Recife e Natal.

Recentemente, a VCI anunciou que trará para o Brasil outras bandeiras
premium internacionais.

O prêmio GRI Awards 2019 é uma homenagem do GRI Club ao mercado
imobiliário brasileiro e tem como objetivo reconhecer os projetos e
empresas que melhor representam a excelência e inovação no mercado,
destacando-se como referência em suas categorias.

Para votar, é só entrar no site e cadastrar CPF e e-mail. Ao receber o
código, é só confirmar e votar.

Site para votação<<<<
https://www.griclub.org/event/real-estate/gri-real-estate-awards-2019_1525.html?cpid=7011R000001WGoKQAW

61° Congresso Brasileiro do Concreto discute avanços tecnológicos da Engenharia Civil em Fortaleza

A construção civil cresce e desenvolve novas tecnologias no Brasil, com obras complexas, modernas e edifícios cada vez mais altos. É nesse cenário que Fortaleza recebe a 61ª edição do Congresso Brasileiro do Concreto, com o tema Durabilidade das Estruturas de Concreto – Avanços Tecnológicos. O evento discute, entre outras coisas, a realidade local e regional do setor apresentando temas como o Projeto de Infraestrutura para o Ceará em 2050 e a tecnologia do concreto no Brasil. O evento técnico científico reúne cerca de 1200 pesquisadores e profissionais do mercado no Centro de Eventos do Ceará entre os dias 15 e 18 de outubro.

Realizado pelo Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON), o evento promove painéis, seminários e cursos sobre temas diversos contemplando variadas facetas do setor. Entre as temáticas abordadas, estão aspectos ligados a energias renováveis, à situação do pré-moldado e da tecnologia do concreto no Brasil e à infraestrutura dos variados modais de transporte.

 “Nosso setor vem crescendo e se desenvolvendo com base em muitos estudos e tecnologia de excelência. A realização da 61ª edição do Congresso Brasileiro do Concreto é a prova disso, onde reunimos o que há de mais atual nas discussões da Engenharia Civil e profissionais dispostos a ir além das discussões e levar os estudos para a prática”, afirma Denise Jucá Silveira, Diretora Regional do IBRACON.

Além dos fortes nomes nacionais que marcam presença no evento, o Ceará recebe três palestrantes de grande destaque no cenário mundial. Para engrandecer as discussões promovidas pelo Congresso, os professores Paulo Monteiro, da Universidade da Califórnia (EUA), José Matos, da Universidade do Minho (Portugal), e o pesquisador Pedro Cardoso, do Instituto Politécnico Nacional (México), realizam as palestras magnas.

Além das discussões, o evento é palco da XV Feira Brasileira das Construções em Concreto (FEIBRACON), onde diversas empresas e associações comprometidas com a qualidade técnica e a sustentabilidade do setor nacional de construção expõem produtos e serviços. A programação da FEIBRACON é aberta ao público.

Realizado pelo IBRACON, o Congresso conta com patrocínio de grandes instituições: Cimento Apodi, Votorantim Cimentos, Sistema FIEC (ouro), Penetron, Sistema Confea / Crea, LafargeHolcim (prata), Capes e Intercement (bronze).

Sobre o IBRACON

Associação nacional técnico-científica que reúne profissionais e empresas da Engenharia Civil, o Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON) foi fundado em 1972, com o objetivo de divulgar a tecnologia do concreto e seus sistemas construtivos.

Para este fim, promove cursos e eventos, edita publicações técnicas, certifica profissionais e incentiva a formação de Comitês Técnicos. Anualmente, organiza o Congresso Brasileiro do Concreto, maior evento técnico-científico nacional sobre o concreto, que reúne a comunidade técnica para debater e conhecer as pesquisas, desenvolvimentos e inovações sobre o concreto, seus materiais constituintes, a análise e projeto estrutural, as metodologias construtivas e de controle tecnológico, a gestão e normalização na área e a sustentabilidade no setor construtivo.

Mais informações sobre o evento:

61º Congresso Brasileiro do Concreto

Data: 15 a 18 de outubro

Local: Centro de Eventos do Ceará – Fortaleza (CE)

Site: http://www.ibracon.org.br/eventos/61cbc/

Instagram: @ibraconregionalceara

Facebook: ibraconregionalceara

II Mulheres ao Mar no Veleiro Philosophy: Encontro de Mulheres Empresárias

Mulheres unidas é sinônimo de muitas ideias! É nesse barco, ou melhor, em um veleiro que as ideias transbordam e a união feminina ganha força. Vem aí, a segunda edição de Mulheres ao Mar – Encontro de Mulheres Empresárias, no dia 25 de outubro. O evento acontece em alto mar, a bordo do Veleiro Philosophy, às 16h. É produzido pela Blue Moon e divulgado pela Inspira! Comunicação. As inscrições podem ser feitas pelo Sympla ii-mulheres-ao-mar—encontro-de-empresarias. Para se informar sobre outras formas de inscrições, o contato será via WhatsApp (contato disponibilizado abaixo, no serviço). 

Mulheres ao Mar é apoiado pelo médico Leonardo Bezerra, Rosana Cibok – Hipnose e PNL, Inspira! Comunicação, Não Mais Pelo, Cantina Fitness, Meu Querido PetStore, A & L Moda Intima, Planeta da Beleza, Camila Personal Travel, Enseada Turismo, Onde Ir Cidades, Clube do Rímel e Ana Paula Produtos Personalizados. Cobertura: Canal MultiPerfil. O Seara Praia Hotel, é o hotel  oficial do evento e irá oferecer o welcome drink para as participantes.

A ideia do evento partiu da advogada, empresária e palestrante, Lilian Rios, visando proporcionar um final de tarde inspirador a bordo de um dos veleiros mais famosos de Fortaleza, o Veleiro Philosophy, que convidou a diretora da Inspira! para ser sua principal apoiadora. “Foi uma decisão mais que acertada, pois cá estamos juntas promovendo a segunda edição de Mulheres ao Mar. Um evento que instiga a inspiração de mulheres para que sejam cada vez melhores”, conta a Gestora de Marcas e Diretora da Inspira! Comunicação, Mônika Vieira. 

Mulheres ao Mar  é uma iniciativa exclusiva com vagas limitadas, voltado para o público feminino – mulheres de negócios (empresárias e empreendedoras). O sucesso da primeira edição, ocorrido em agosto deste ano, foi tão satisfatório para as idealizadoras, Lilian Rios e Mônika Vieira, trarão para esta edição diversas novidades para as empresárias presentes, a fim de garantir uma experiência completa. 

Integram a programação da segunda edição do Mulheres ao Mar, além de sorteios e brindes, rodas de conversas sobre saúde da mulher com o médico ginecologista e especialista em cirurgia robótica, Leonardo Bezerra, sobre inteligência emocional por meio de relatos de como a maneira que pensamos influencia diretamente no resultado dos nossos comportamentos com a psicóloga e hipnóloga, Rosana Cibok. Histórias de vida e empreendedorismos com Miriam Ari, diretora Comercial do Seara Praia Hotel e Fátima Brilhante, proprietária da Famel. Para eternizar o momento, os clicks ficam por conta do olhar apurado do fotógrafo Henrique Kardozo. 

“A proposta do evento é promover um evento propício para fazer networking com empresárias incríveis, compartilhar conhecimento  e histórias inspiradoras de vida, aprender umas com as outras diversas maneiras de nos reinventar, e nessa trajetória de autoconhecimento encontrarmos nossa melhor versão”, indaga, a advogada e idealizadora do Mulheres ao Mar, Lilian Rios.

Serviço

Mulheres Ao Mar – II Encontro de Mulheres Empresárias no Veleiro Philosophy

Local: Veleiro Philosophy  – Avenida Beira Mar, 4247, Meireles – Fortaleza, CE

Data: 5 de outubro

Inscrições pelo Sympla https://www.sympla.com.br/ii-mulheres-ao-mar—encontro-de-empresarias__658757 ou por meio de depósito bancário indicado no telefone de contato (85 99936-6936)

Organização: Blue Moon

Divulgação: Inspira! Comunicação e Marketing

Saúde Expo, maior feira de negócios do setor hospitalar do CE, deve movimentar milhões na economia do estado e do país

A maior feira de negócios do setor hospitalar do Ceará, a Saúde Expo, chega a sua primeira edição com expectativa de movimentar a economia local e nacional. O evento ocorre entre os dias 21 e 23 de outubro, no Centro de Eventos, como parte da programação do III Fórum ISGH Excelência em Gestão e Saúde.

A feira, que será aberta ao público, tem foco em profissionais médicos, gestores e stakeholders de gestão e saúde. “Uma das nossas grandes missões nessa primeira edição é fomentar o empreendedorismo na medicina. Trazer os médicos que querem abrir ou atualizar seus consultórios ou até mesmo hospitais para conhecer as vantagens de encontrar todo o setor reunido em um único espaço”, afirma Dr Aramicy Pinto, organizador do evento.

Durante os três dias da feira estarão presentes empresas que atuam no fornecimento de material, as quais apresentarão também as novas tecnologias já disponíveis no mercado. Além disso, o evento tem parceria com o Sebrae e o Banco do Nordeste, que estará fomentando novos negócios através de linhas de créditos exclusivas para o financiamento para os gestores e empreendedores do setor de saúde.

De acordo com Aramicy, a feira também se propõe a ser um novo canal no calendário de eventos da capital, à fomentar novos negócios dentro do estado. “O que queremos é criar uma facilidade aos nossos gestores e profissionais da saúde, que hoje, muitas vezes, precisam buscar equipamentos em mercados de outros estados. Por isso a Saúde Expo se torna um marco para Fortaleza, para o nosso setor, se tornando um elo entre os gestores e as empresas.” completa.

Entre as empresas que já confirmaram presença estão Loc Med, Selene, Fast Medic, Inprojectti Cisco e Argos.

lll Fórum ISGH Excelência em Gestão e Saúde

Dando prosseguimento em virtude do sucesso das edições anteriores, o III Fórum ISGH Excelência em Gestão e Saúde, inovará na ambiência de debates, com palestrantes nacionais e internacionais, fazendo com que o tema assuma cada vez mais, importância nas discussões de políticas públicas. Algumas das presenças confirmadas para comandar os painéis são o Superintendente da Controladoria-Geral da União no Ceará, Giovanni Pacelli, o Presidente do TCE, Edilberto Lima e a Chefe da Delegação Regional do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), Simone Casabianca Aeschlimann. Fechando os trabalhos, o Secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto) e a Secretária de Saúde de Fortaleza, Dra. Joana Angélica Paiva Maciel.

Serviço:

I Saúde Expo e III Fórum ISGH Excelência em Gestão e Saúde

Local: Centro de Eventos do Ceará

Data: 21, 22 e 23 de outubro

Horário: 8h às 18h

Entrada franca (para a Feira)

Inscrições para o Fórum: isgh.org.br/forum

Informações: contatoforum@isgh.org.br e/ou (85) 3195-2767

Hard Rock Cafe Fortaleza aposta em eventos

Lauro Sobreira e Rodrigo Ponte

O Hard Rock Cafe Fortaleza projeta agora uma nova fase em sua operação. Com uma diversidade de ambientes, trazendo uma pluralidade de opções, o foco agora é potencializar os eventos que podem ser realizados no local, desde corporativos e comemorações, até festas noturnas.

Voltado para essa cena, assume o posto de diretor comercial e de eventos, Lauro Sobreira. Com vasta experiência na área de entretenimento, Lauro traz experiências de casas como Austin e Living, empreendimentos  de sucesso em Fortaleza, onde ele é sócio e responsável por decisões estratégicas. “O objetivo é abraçar múltiplas tribos para o Cafe, proporcionar experiências mais inovadoras sempre com a música como essência”, destaca Lauro. Promoções inovadoras e condições atraentes também estão nos planos do restaurante, que quer chamar atenção dos turistas que vêm à capital. 

De acordo com o presidente da VCI SA Samuel Sicchierolli, empresa responsável por trazer as operações do Hard Rock Café e Hard Rock Hotel para Fortaleza, “o objetivo é proporcionar uma experiência não só gastronômica, como também musical, corporativa, fazendo com que o cliente se apaixone ainda mais pelo local e veja todo o potencial que a marca Hard Rock oferece”.

O sócio local e diretor de operações, Rodrigo Ponte, destaca que a estrutura do Hard Rock Cafe Fortaleza possui grandes diferenciais. “Aqui contamos com vários ambientes, o que é ideal para celebrar todo tipo de comemoração e em diversos horários.”

Sobre o Hard Rock Café Fortaleza

A rede temática que se faz presente em vários países do mundo contempla ainda uma história viva do rock and roll nas paredes do restaurante em Fortaleza, com memorabilias de grandes nomes do cenário musical. Entre os itens mais famosos estão vestidos usados por Britney e Lady Gaga, guitarra do Bon Jovi e uma bateria do Guns N’ Roses.

O restaurante, que é o primeiro HRC do Nordeste e dispõe de mais de 1700m² em espaços variados como varanda, área vip, andar superior e espaço kids.

LIDE Ceará e BNB realizam Fórum de Desenvolvimento Regional Nordeste no próximo dia 20

O desenvolvimento do Nordeste será pauta central do encontro que o LIDE Ceará promoverá na sexta-feira, dia 20, dentro da programação que celebra os três anos do grupo de líderes empresariais do Estado.

Em parceria com o Banco do Nordeste, o Fórum de Desenvolvimento Regional Nordeste debaterá o tema “Gestão e Desburocratização” e terá palestra de abertura do presidente do BNB, Romildo Rolim, e painéis com o Ministro Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, e o diretor Administrativo Financeiro do Sebrae Nacional, Eduardo Diogo.

“O LIDE Ceará sempre ressaltou a força do Nordeste, mas nunca fechou os olhos para a necessidade de melhorias dos vários atores de nossa economia para fomentar novos negócios, desburocratizar processos e ampliar o crédito. São desafios que precisamos debater e enfrentar com compromisso, sabedoria e de forma conjunta. Por isso é tão valioso para nós promover, neste aniversário de três anos, em parceria com o BNB, um Fórum com este tema, ouvindo os representantes de órgãos e entidades que atuam diretamente para o desenvolvimento da região e de nosso país como um todo”, avalia Emília Buarque, presidente do LIDE Ceará.

O Fórum será uma grande oportunidade para o empresariado cearense conhecer mais sobre as novas gestões destes órgãos e entidades e os avanços alcançados em 2019. O Banco do Nordeste por exemplo comemora crescimento de 15,5% no montante de recursos aplicados este ano, até agosto, na economia regional, totalizando R$ 25,5 bilhões. Destes, R$ 17,8 bilhões com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), que quando comparado a igual período do ano anterior apontam um crescimento ainda maior, da ordem de 16,8%.

“O crescimento deve-se ao propósito de tornar a operacionalização do FNE cada vez mais ágil e eficiente. De fato, esse objetivo move cada um dos que fazem o BNB. Envidamos grande esforço de gestão no planejamento de ações, com ênfase na prospecção e na identificação de oportunidades, buscando dia a dia inovar em processos mais céleres.

Esta governança tem sido, inclusive, reconhecida com certificado de nota máxima do índice de governança IG-SEST, monitorado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais. O que o Banco do Nordeste busca, portanto, é pulverizar o crédito, tornando-o acessível ao máximo de empreendedores, com foco na eficiência, eficácia e conformidade. Nosso resultado é construído com impacto na promoção do bem-estar das famílias e na competitividade das empresas e temos no Lide um importante parceiro pra tal”, afirma Romildo Rolim, presidente do BNB.  

Já o secretário Paulo Uebel destacará o trabalho feito pela recém-criada secretaria do Ministério da Economia na promoção de uma estratégia digital dinâmica e para a desburocratização no Brasil. O governo estima que o país pode incrementar em até 5,7% seu Produto Interno Bruto (PIB) anual através da economia digital.

Projeta-se que, nos próximos anos, a economia digital global cresça 2,5 vezes mais rápido do que o ritmo da economia tradicional, representando mundialmente US$ 23 trilhões até 2025. Entender como o Nordeste pode se inserir neste cenário pulsante é de grande importância para a economia da região.

Uebel realizou um importante trabalho para aprovação da Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica, que, segundo estimativas do Governo, vai gerar 3,7 milhões de empregos e crescimento adicional de 7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 10 anos. O secretário destacou, como vantagens da medida, a possibilidade de digitalizar documentos e depois descartar e a criação de imunidade tributária para a inovação. “Com isso, estamos mais próximos das regras praticadas em países desenvolvidos, em países-membros da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Já é um trabalho de harmonização de regras para que o Brasil possa fazer parte da organização em breve”, disse.

Os novos tempos também vêm exigindo adequação do Sebrae, uma das mais importantes instituições brasileiras para o desenvolvimento de micros e pequenos negócios. Integrante da diretoria do Sebrae Nacional para o período 2019 a 2022, o cearense Eduardo Diogo vem empreendendo esforços para o reposicionamento da entidade na economia brasileira. Sem temer mudanças, ele defende que, além do atendimento direto de pequenos negócios, o Sebrae promova ações para o desenvolvimento do ambiente em que os empreendedores atuam e na articulação junto a governo e parceiros.

Serviço 

Fórum de Desenvolvimento Regional Nordeste
20 de setembro, de 8h às 11h30

Gran Marquise Hotel

Evento para convidados

LIDE Ceará

O LIDE CEARÁ é um grupo de líderes empresariais multisetorial, independente, apartidário, com alta conectividade e com foco no desenvolvimento socioeconômico. O objetivo do grupo é ampliar o ambiente de negócios e as oportunidades, conectando e dando projeção para as empresas, debatendo temas diversos, influenciando e defendendo posicionamentos.

O LIDE CEARÁ tem agenda mensal, de fevereiro a novembro, com conteúdo de altíssimo nível e acesso aos principais expoentes do país no campo empresarial e no poder público. O LIDE nas unidades internacionais (China, Itália, Alemanha, Portugal, EUA, Argentina, Paraguai, dentre outras), representa um ambiente seguro para negócios e desenvolvimento, especialmente entre o mundo e a forte presença do grupo na América Latina, com destaque para o Brasil. A organização está presente nos cinco continentes.