Browsing Tag

MOBILIDADE URBANA

Especialistas internacionais participam de visitas técnicas para conhecer iniciativas de mobilidade de Fortaleza

Durante os dois primeiros dias da cúpula mundial sobre Mobilidade Sustentável em Fortaleza, o “Mobilize Summit“, técnicos e pesquisadores de diversos países irão realizar visitas técnicas para conhecer as intervenções que têm colocado a capital cearense no mapa global dos transportes sustentáveis nos últimos anos.

Entre os dias 24 e 26 deste mês, a cidade recebe um grupo de vanguarda de especialistas em mobilidade sustentável de diversas origens e continentes. Eles vão usar os recentes avanços de Fortaleza como laboratório de análise de melhores práticas para promoção de soluções sustentáveis para o deslocamento urbano, prevenção de mortes e ferimentos no trânsito, redução de emissões de CO2 na atmosfera e melhor aproveitamento do espaço público nas cidades.

Na segunda-feira (24/06) e terça-feira (25/06), no turno da tarde, entre 14h e 16h30, visitas guiadas irão conduzir os especialistas em três roteiros: intervenções cicloviárias, melhorias para pedestres e soluções no transporte público. Também na segunda-feira (24/06), pela manhã, os participantes do Mobilize realizam uma intervenção temporária na rua João Cordeiro, no trecho entre a Av. Historiador Raimundo Girão e a Av. Beira Mar.

Roteiro cicloviário

Neste roteiro, os participantes conhecerão Fortaleza de bicicleta e poderão ver onde e como a cidade implementou uma série de projetos inovadores de ciclismo e intervenções nas ruas. O percurso tem início em frente ao 15° Distrito Policial, na Cidade 2000, e também inclui ruas e avenidas de bairros como Cocó, Aldeota e Meireles, finalizando na Praia de Iracema, na área de intervenção do Cidade da Gente do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Avanços em Fortaleza: a rede cicloviária de Fortaleza cresceu de 68km em 2013 para 260km até maio deste ano, uma expansão de 276% em menos de seis anos. Uma pesquisa realizada pelo ITDP calculou que 40% da população de Fortaleza mora, no máximo, a uma distância de 300 metros da rede cicloviária. A cidade também conta com quatro sistemas de bicicletas compartilhadas: Bicicletar, Bicicleta Integrada, Mini Bicicletar e Bicicletar Corporativo para a população em geral, para integração com o transporte público, para crianças e para os funcionários municipais, respectivamente. O primeiro sistema implantado, o Bicicletar, já registrou mais de 2,5 milhões de viagens. Já as três rotas da Ciclofaixa de Lazer, aos domingos, também buscam aproximar usuários da alternativa de deslocamento.

Roteiro a pé

Na rota a pé, os visitantes terão a oportunidade de caminhar por trechos de ruas e avenidas do Centro da capital e também da Praia de Iracema. O percurso inclui importantes corredores que receberam requalificação nos últimos anos, como a Av. Monsenhor Tabosa, Rua Almirante Jaceguai e Av. Alberto Nepomuceno.

Avanços em Fortaleza: nos últimos anos, algumas intervenções têm buscado melhorar a experiência de quem anda a pé na cidade, como as áreas de trânsito calmo (Rodolfo Teófilo e Vila União) e programas como o “Cidade da Gente” que reconquistaram mais de 6 mil m² de áreas degradadas para o convívio urbano. Ações em interseções viárias, como o programa Esquina Segura, com melhoria de visibilidade em 224 cruzamentos, que já resultaram em 61% de redução de acidentes, também são destaque, além da incorporação de novos elementos para o conforto de quem anda a pé, como travessias elevadas, ilhas de refúgio, semáforos para pedestres, prolongamento de calçadas e travessias em “x”. A organização também menciona o tratamento viário com readequação de velocidade em vias com alto índice de atropelamentos, como na Av. Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste) e Osório de Paiva.

Roteiro no transporte público

Durante o trajeto de transporte público por Fortaleza, os pesquisadores e técnicos vão conhecer o recém inaugurado corredor expresso de ônibus da Av. Aguanambi, além das faixas exclusivas das Avenidas Santos Dumont e Dom Luís, assim como a área de trânsito calmo do bairro Vila União e a sede da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza.

Avanços em Fortaleza: desde 2013, a Prefeitura de Fortaleza vem investindo no transporte público da capital, que registra uma média de 1,1 milhão de passageiros por dia. As faixas exclusivas para os coletivos saltaram de 3,3km em 2013 para 107,4km neste ano, um crescimento de 32 vezes em relação à extensão original. A implantação do Bilhete Único favoreceu a inclusão social com a criação de uma tarifa única integrada e melhorias como reformas nos terminais de ônibus, disponibilização de WiFi em 100% da frota e ar-condicionado em 35% dos veículos, além do aplicativo “Meu Ônibus” com funções de previsão de chegada e denúncia de assédio sexual têm buscado estimular o uso do sistema.

Intervenção temporária revitaliza trecho da Rua João Cordeiro

Além das visitas técnicas, os participantes do Mobilize, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, também realizam uma intervenção temporária na rua João Cordeiro, no trecho entre a Av. Historiador Raimundo Girão e a Av. Beira Mar.

Com cores vibrantes pintadas no asfalto, novo mobiliário urbano, como bancos, mesas e plantas, além de iluminação reforçada, o espaço começa a mudar de cara ainda na manhã do dia 24 (segunda-feira) e tem conclusão prevista para o último dia do Mobilize, dia 26 (quarta-feira), ainda pela manhã. A intervenção será similar ao realizado pelo projeto Cidade da Gente na área central do bairro Cidade 2000 e no entorno do Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura.

A exemplo de intervenções similares realizadas também em cidades como Bogotá, na Colômbia, Mumbai, na Índia, e em São Paulo, a ideia é mostrar que é possível priorizar as pessoas e garantir mais segurança viária a pedestres, pessoas com mobilidade reduzida e ciclistas. Os pedestres são o segundo grupo que mais é vítima de acidentes de trânsito em Fortaleza, registrando 39,8% do total de mortes no trânsito em 2018.

Sobre o Mobilize Summit

O Mobilize já foi realizado nas cidades de Dar es Salaam, na Tanzânia; Santiago, no Chile; e Yichang, na China, e é organizado pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP, da sigla em inglês), em parceria com a Fundação de Pesquisa e Educação da Volvo (Volvo Research and Education Foundation). A realização do Mobilize em Fortaleza fez parte da premiação que a cidade recebeu no início do ano, o “Sustainable Transport Award” (STA, na sigla em inglês) conferido à cidade de Fortaleza por projetos inovadores para promoção da sustentabilidade no deslocamento urbano, por melhorar a mobilidade em geral da população, redução na emissão de gases do efeito estufa e melhoria da segurança e infraestrutura para ciclistas e pedestres.

“Cidades em todo o mundo estão buscando soluções pra o crescimento e o congestionamento, e Fortaleza demonstra o valor de priorizar o transporte público e o espaço para as pessoas”, diz Heather Thompson, CEO da ITDP, “Estamos particularmente empolgados com a replicabilidade do que foi conquistado em Fortaleza em um tempo relativamente curto e com um investimento comparativamente menor. Isto é exatamente o tipo de abordagem orientada por resultados que queremos incentivar, e estamos entusiasmados em reunir especialistas de todo o mundo para ver isso em primeira mão.”

Para outras informações sobre o MOBILIZE, incluindo agenda, atividades e palestrantes, visite: mobilizesummit.org.

Sobre o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento

O Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP, da sigla em inglês) foi fundado em 1985 e tem sede em Nova Iorque, nos EUA. É uma entidade sem fins lucrativos que promove o transporte sustentável e equitativo no mundo, concentrando esforços para reduzir as emissões de carbono, acidentes de trânsito e a desigualdade social. A instituição oferece apoio a cidades em todo o mundo para projetar e implementar sistemas de transporte de alta qualidade e soluções de políticas que tornem as cidades mais habitáveis, justas e sustentáveis.

99 LANÇA FERRAMENTA PARA ABRIR CORRIDA DIRETO NO CARRO EM FORTALEZA

 

A 99, aplicativo de transporte urbano que integra a empresa global DiDi Chuxing, implementa nesta sexta-feira (11), para toda a base, uma ferramenta para conectar passageiros e motoristas diretamente no carro em Fortaleza. A opção está disponível nas modalidades 99 Táxi.

O funcionamento é simples. No app, antes de a corrida começar, clique no botão localizado no canto inferior direito da tela. Depois, é só pedir para escanear o QR code do motorista, ou inserir manualmente o número que aparece abaixo do código. Ao confirmar o condutor, insira o destino desejado para começar a viagem.

A novidade pode ser usada após acenar para um veículo na rua ou num ponto de táxi. Ela também permite que os passageiros possam pagar diretamente pelo aplicativo e estejam cobertos pelas ferramentas de segurança da 99. Além disso, os usuários têm acesso aos descontos e promoções que a plataforma oferece.

“A ferramenta permite que um passageiro se conecte com um taxista específico, para quem ele sinalizou ou que seja de sua confiança”, diz Vinicius Volpatte, Gerente de Operações da 99 e responsável pelo desenvolvimento do produto. “O usuário ganha as facilidades de embarque rápido, pagamento pelo app e funções de segurança da empresa, como o monitoramento das chamadas e o compartilhamento de rotas.”

 
Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de mobilidade urbana fundada em 2012, agora faz parte da global DiDi Chuxing (“DiDi”). A empresa conecta mais de 300 mil motoristas a 14 milhões de passageiros em mais de 500 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece três tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o Brasil, e o 99Top, serviço premium de táxis de luxo oferecido em São Paulo. Para mais informações, acesse: http://www.99app.com/

MOTORISTAS DA 99 AGORA PODEM RECEBER POR TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA

 

A 99, empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa DiDi Chuxing, implementa nesta sexta-feira (30), para toda a base de motoristas, a opção de receber os pagamentos das corridas via transferência bancária. A alternativa se junta ao Cartão 99 para que os condutores tenham ainda mais facilidade de obter sua renda.

Com isso, os motoristas da 99 agora têm mais opções para escolher como receber. Pagamentos no carro continuam podendo ser feitos em dinheiro, débito e crédito na maquininha. Os pagamentos pelo app, agora, são repassados por transferência bancária e, como já era possível, pelo Cartão 99 — um cartão de débito distribuído aos condutores gratuitamente.

Para receber por transferência bancária, basta ao motorista cadastrar os dados da sua conta corrente ou poupança no aplicativo. Os pagamentos são feitos semanalmente às sexta-feiras. A transferência bancária não tem custo para o condutor, e é feita de forma automática. Caso deseje receber pelo Cartão 99, é possível alterar o método de recebimento instantaneamente no app.

“No carro, no cartão ou direto na conta, a 99 quer oferecer ao motorista mais escolhas de como receber”, diz Pedro Aquino, Gerente de Produto da 99. “Aumentando a facilidade do dia a dia do condutor, também ampliamos a oferta de carros disponíveis na plataforma para os passageiros.”

Futuro da mobilidade elétrica e redesenho do mercado de locomoção serão discutidos em seminário

                                                    Lucas di Grassi

 

A mobilidade elétrica é um tema que vem ganhando destaque nos últimos anos no Brasil e no mundo. A temática vai ser um dos pontos centrais do XXIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica (SENDI), maior evento do setor no país, que ocorre em Fortaleza, de 20 a 23 de setembro, no Centro de Eventos do Ceará. Na quinta (22), às 10h45, será discutido “Qual impacto que a mobilidade elétrica está provocando ao redesenho atual do mercado de locomoção”.

 

Para debater a temática, participam Lucas di Grassi (piloto, CEO da Roborace e embaixador da ONU para assuntos relacionados ao meio ambiente), Dalício Guiguer Filho (diretor de programas de produtos globais da GM), Flávio Presezniak (gerente assuntos Governamentais da Nissan) e Karla Zapata (gerente da Enel X no Chile). As palestras têm mediação de Antônio Sérgio de Souza Guetter (CEO da Copel).

 

Lucas di Grassi é o CEO da Roborace, primeira plataforma de corrida de automóveis autônoma do planeta. A iniciativa pretende acelerar o processo de desenvolvimento de tecnologias autônomas, para desenvolver soluções relevantes para o futuro da indústria automotiva.

 

Segundo estudos promovidos pelo Health Effects Institute, órgão que pesquisa os efeitos da poluição e outros agentes sobre a saúde humana, os países emergentes apresentam os piores índices de qualidade do ar – e por isso também registram a maior quantidade de óbitos prematuros ligados a doenças de origem respiratória.

 

Sobre o Sendi

O SENDI acontece desde 1962 a cada dois anos e, após dez anos, será realizado em uma capital nordestina novamente. O evento é realizado pela Abradee e nesta edição tem coordenação da Enel Distribuição Ceará.

 

Sobre a Enel Distribuição Ceará

Com mais de 4 milhões de clientes e responsável por 142 mil quilômetros de linha de distribuição, a Enel Distribuição Ceará é a maior empresa do estado e é referência em qualidade do serviço no país.

Já foi eleita seis vezes a Melhor Distribuidora de energia do país e dez vezes a Melhor da Região Nordeste, por meio do Prêmio Abradee. Além disso, é destaque anualmente no ranking de qualidade do serviço da Agência Nacional de Energia Elétrica.

A companhia é a empresa que mais tem investido em cultura no Ceará. Nos últimos dez anos, foram investidos cerca de R$ 115,5 milhões em 463 projetos realizados por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (Mecenas), Lei Rouanet e Fundo Estadual da Cultura (FEC). A empresa é referência também na categoria Responsabilidade Social do Prêmio Abradee, já tendo recebido oito vezes o prêmio de melhor distribuidora nesta categoria.

Em 2016, a Enel Distribuição Ceará passou por um processo de mudança de marca, que anteriormente se chamava Coelce. Esse processo foi resultado de um reposicionamento estratégico global do Grupo Enel, centrado no conceito Open Power. A companhia mantém sua essência como empresa de energia (Power) e, ao mesmo tempo, utiliza a escala e relevância globais alcançadas pelo grupo em mais de 6 décadas no mercado para entregar a todos os seus stakeholders uma empresa aberta a novas soluções, parceiros e tecnologias.

 

Sobre a ABRADEE

São 42 anos de dedicação ao desenvolvimento do setor de distribuição de energia elétrica brasileiro. A Abradee reúne 47 concessionárias de distribuição de energia elétrica – estatais e privadas – atuantes em todas as regiões do País e que, juntas, são responsáveis pelo atendimento de 99,6% dos consumidores brasileiros.

Sediada em Brasília, a Abradee presta serviços de apoio às suas associadas nas áreas técnica, comercial, econômico-financeira e institucional. Cabe ainda à Associação promover cursos e seminários e editar publicações técnicas, bem como trocar informações com entidades nacionais e internacionais visando ao desenvolvimento e à capacitação de suas Associadas com ênfase na defesa dos interesses do setor de distribuição de energia elétrica.

A Abradee tem como bandeira contribuir para o desenvolvimento do País por meio de um setor de distribuição de energia elétrica sustentável e eficiente, com oferta de serviços de qualidade reconhecida pelos clientes. A visão é a de agregar valor para as empresas distribuidoras, para os clientes e para o país, constituindo-se num agente efetivo de desenvolvimento do setor elétrico.

99 APOSTA EM DIVERSIDADE EM CAMPANHA DE PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA E DE PRÓSTATA

Tradicionalmente conhecido como Outubro Rosa, o movimento que estimula a participação da população no controle do câncer de mama ganha agora um novo olhar com a 99. A empresa de mobilidade urbana, que integra a gigante chinesa Didi Chuxing, trouxe uma abordagem diferente para estimular a conscientização sobre a doença e também sobre o câncer de próstata, deixando de lado os tradicionais rosa e azul ligados ao movimento.

A campanha intitulada “Outubro/Novembro – Prevenção sem Cor e Gênero” tem como principal mensagem a luta contra o preconceito. Para mostrar que o câncer não escolhe gêneros, raças e orientação sexual, a 99 preparou vídeos educativos para disseminar informações sobre prevenção e detecção precoce da doença. O objetivo é estimular a conscientização através da quebra de barreiras, tendo a apresentadora Sabrina Parlatore como embaixadora da ação. Confira o vídeo: https://www.youtube.com/watch?time_continue=17&v=gmOWuO1y1TM.

“Quando se trata de prevenção ao câncer, não há porque separar as pessoas. Nossa proposta é mostrar que a doença não faz distinção. Por isso, vamos mobilizar e conscientizar através da diversidade, um dos valores da 99”, afirma Stella Brant, diretora de Marketing da 99.

Os vídeos que serão disseminados nas redes sociais com as hashtags #outubronovembro e #entreazulerosa também vão ganhar o reforço de ações especiais em nove capitais do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Salvador, Goiânia e Fortaleza.

Nestas localidades, a 99 irá proporcionar maior acesso da população aos serviços de diagnóstico com descontos para clínicas, hospitais e laboratórios onde são realizados exames para detecção do câncer de mama e de próstata.

“A 99 será um dos aliados nessa luta contra o câncer, facilitando a mobilidade e diminuindo as distâncias”, destaca a diretora da 99.

 

Prevenção e Mobilidade

Ao lado da vergonha e do medo, a dificuldade de deslocamento também é um dos entraves para realização dos exames preventivos. Para facilitar o transporte de quem deseja cuidar da saúde, a 99 oferece descontos em duas corridas na modalidade 99Pop (carros particulares) com 20% de desconto com destino às clínicas e centros de diagnósticos participantes da campanha em nove capitais. O benefício é válido até 30 de novembro para corridas pagas via cartão de crédito cadastrado no aplicativo ou Paypal.

Para conferir cupom de desconto, as clínicas participantes em cada cidade e todas as condições, acesse: https://99app.com/outubronovembro

 

Clínicas participantes em Fortaleza

● Hospital César Cals (Avenida Imperador, 545 – Centro)

● Hospital da Mulher (R. George Rocha, 50 – Demócrito Rocha)

● Hospital Distrital Gonzaga Mota Barra do Ceará (Av. Dom Aloísio Lorscheider, 1130 Vila Velha)

● Hospital Distrital Gonzaga Mota Messejana (Av. Washington Soares, 7700 – Edson Queiroz)

● Hospital Geral de Fortaleza (R. Ávila Goularte – Papicu)

● Hospital Monte Klinikum (Rua República do Líbano, 747 – Meireles)

● Hospital São Carlos (Av. Pontes Vieira, 2531 – São João do Tauape)

● Hospital São Mateus (Av. Santos Dumont, 5633 – Papicu)

● Instituto do Câncer (Rua Papi Júnior, 1222 – Rodolfo Teófilo)

 

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de mobilidade urbana fundada em 2012, agora faz parte da gigante chinesa DiDi Chuxing (“DiDi”). A empresa conecta mais de 300 mil motoristas a 14 milhões de passageiros em mais de 500 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece três tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o Brasil, e o 99Top, serviço premium de táxis de luxo oferecido em São Paulo. Para mais informações, acesse: http://www.99app.com/

99 SURPREENDE USUÁRIOS COM DISTRIBUIÇÃO BRINDES NO DIA DAS CRIANÇAS


O Dia das Crianças promete ser ainda mais divertido para os pequenos que embarcarem com seus responsáveis em uma corrida com o aplicativo da 99 – empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa Didi Chuxing. Na sexta, 12, o aplicativo irá distribuir cofrinhos em formato de porquinhos em comemoração à data especial.

A escolha pelo brinde não foi por acaso. Símbolo de economia, o tradicional porquinho tornou-se mascote da campanha Recalcula promovida pela 99, que visa estimular os usuários do aplicativo a repensar escolhas simples do dia a dia, como pedir uma corrida.

“O cofrinho vem para despertar a importância da educação financeira desde a infância, estimulando pais e responsáveis a reavaliar antigos comportamentos. Com o Recalcula, vamos mostrar que ações corriqueiras podem gerar grandes economias”, explica Stella Brant, diretora de Marketing da 99.

Além dos cofrinhos, as crianças ainda vão ganhar giz de cera para estimular a imaginação e personalizar o brinde. Os brinquedos serão entregues pelos motoristas parceiros durante a corrida em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Salvador, Brasília, Goiânia, Manaus e Belém.

 

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de mobilidade urbana fundada em 2012, agora faz parte da DiDi Chuxing. A empresa conecta mais de 300 mil motoristas a 14 milhões de passageiros em mais de 500 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece três tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o Brasil, e o 99Top, serviço premium de táxis de luxo oferecido em São Paulo.

Para mais informações, acesse: http://www.99app.com/

99 LANÇA DUAS FERRAMENTAS DE CHECAGEM DE MOTORISTAS

 

A 99, empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa DiDi Chuxing, está lançando duas novas ferramentas de checagem de motoristas. O aplicativo agora vai pedir que os condutores tirem três fotos de identificação (uma do licenciamento do carro, uma da carteira de habilitação e uma selfie com o documento). Além disso, passageiros serão convidados a verificar se a imagem do motorista bate com quem realizou a corrida.

As medidas visam aumentar ainda mais a segurança do aplicativo, estabelecendo modelos de redundância que darão proteção adicional aos usuários da plataforma. Isso significa que, além das análises de documentos que a empresa já executa, outras camadas de checagem serão adicionadas.

A primeira novidade se dará logo quando o motorista entrar na plataforma. No momento do cadastro, será solicitada ao condutor uma selfie segurando a carteira de habilitação. Ele também precisa subir fotos da própria carta e do licenciamento do veículo.

A segunda novidade são mensagens enviadas aos passageiros antes e depois da corrida. Antes da corrida, será reforçado que o usuário confira se as informações no app estão batendo com quem está atendendo a chamada. Depois da corrida, os passageiros poderão dizer se a foto do condutor está atualizada e se bate com a pessoa que a realizou.

A 99 já faz uma análise de perfil dos motoristas e verifica o histórico público dos condutores, a partir de documentos como CPF, CNH e licenciamento. O app possui ainda uma parceria com o Denatran, que permite acessar automaticamente informações sobre carro e motorista. Com isso, é possível verificar sinistros, por exemplo.

“As novidades vêm para dar ainda mais confiança aos usuários do aplicativo, com foco em prevenção”, diz Leonardo Soares, Diretor de Segurança da 99. “O objetivo é melhorar continuamente a segurança da plataforma.”

99 CONVIDA USUÁRIOS A REPENSAREM SUAS ESCOLHAS COM CAMPANHA “RECALCULA”

 

Você já se questionou sobre quanto as suas escolhas habituais pesam no seu orçamento? A 99 – empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa DiDi Chuxing – em sua nova campanha, “Recalcula”, quer ajudar os usuários a reavaliarem suas escolhas e mostrar que para ser bom de verdade tem que ser bom para todos. Por isso, propõe a todos que repensem suas decisões e saiam da inércia.

Por meio de peças coloridas e divertidas, a campanha “Recalcula” ilustra como os usuários, tanto motoristas quanto passageiros, ganham mais quando utilizam o aplicativo da empresa. Enquanto os passageiros economizam, os condutores lucram mais ao repensar as escolhas, e para isso basta refazer algumas contas.

A campanha inclui também pesquisas comparativas com valores de corridas para trechos equivalentes mostrando que – usando o mesmo carro e o mesmo motorista – a 99 é até 15% mais barata que a concorrência. Até o final do ano, a empresa promoverá ainda ações promocionais que darão à sociedade a oportunidade de recalcular o valor, o tempo e a maneira que escolher realizar atividades cotidianas.

“Queremos estimular o passageiro e o motorista a repensarem escolhas simples do dia a dia, como pedir uma corrida. Assim, comprovamos que para se locomover com facilidade a 99 é a escolha mais benéfica para todos. A ‘Recalcula’ quer provocar uma mudança de pensamento, que vai facilitar e melhorar a vida de quem usa os aplicativos de mobilidade”, explica Stella Brant, diretora de Marketing da 99.

Na série de filmes veiculados na TV e nas redes sociais, criados em parceria com as agências Africa, a 99 leva ao público personagens como uma fonoaudióloga, uma professora do primário, um amigo imaginário e um psicólogo. Todos eles figuras que fazem parte do cotidiano e da trajetória de vida das pessoas. A missão é explicar como recalcular, economizar e comprovar que a 99 é a escolha mais inteligente, com a qual todos ganham.

“Com essa campanha queremos mostrar a todos um grande valor da 99 que é a importância que damos para nossos clientes, passageiros e motoristas, e a nossa crença de que ser bom de verdade tem que ser bom para todo mundo. O passageiro paga menos, o motorista ganha mais e mais rápido e a cidade tem a mobilidade mais acessível e com menos trânsito”, completa a diretora.

 

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de mobilidade urbana fundada em 2012, agora faz parte da gigante chinesa DiDi Chuxing (“DiDi”). A empresa conecta mais de 300 mil motoristas a 14 milhões de passageiros em mais de 500 cidades no Brasil.

Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece três tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o Brasil, e o 99Top, serviço premium de táxis de luxo oferecido em São Paulo. Para mais informações, acesse: http://www.99app.com/

VAMO comemora dois anos com evento nesta sexta

Na manhã desta sexta-feira (21), a Prefeitura de Fortaleza e o Hapvida Saúde, juntamente com a Serttel, promoveram evento para celebrar o aniversário de dois anos de operação do VAMO, sistema de carros elétricos compartilhados da capital. O evento, que foi realizado na Praça Antônio Prudente, contou com a presença de usuários do sistema, jornalistas e representantes da Prefeitura de Fortaleza, do Hapvida e da Serttel.

A programação teve início com a fala da Diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida, Simone Varella, reforçando a importância de se investir em mobilidade urbana e lembrando que iniciativas como o VAMO, que contribuem para a melhoria da qualidade de vida da cidade, tem tudo a ver com saúde, razão pela qual o Hapvida abraçou o projeto. Simone destacou ainda que a questão de mobilidade é de responsabilidade de todos. “Ajudar a Prefeitura a construir esse legado do compartilhamento, de uma sociedade mais integrada às pessoas, convivendo bem o público e o privado, em busca de um coletivo melhor, é função de todos nós”. Ela finalizou agradecendo a todos que colaboraram com o VAMO, em especial, aos usuários que, ao longo desses dois anos, realizaram 3.753 viagens.

Na sequência, foram homenageados e premiados dois usuários que mais usaram o sistema, Luiz Carlos Duarte e Priscilla Oliveira. Eles receberam das mãos da Diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida um passe para uso gratuito de uma hora por dia, durante um mês. Os usuários destacaram a importância da iniciativa para a cidade. “Sou incentivadora do projeto, gosto muito dele não só pelo bem que ele faz ao meio ambiente, mas pela cultura de que a divisão pode multiplicar. A ideia de ter um carro que muitas pessoas possam utilizar, que facilita a vida de mais pessoas por um custo acessível é algo que precisa ser, de fato multiplicado, incentivado e ampliado”, contou Priscilla.

Fechando a solenidade, o Secretário Executivo da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Luiz Alberto Sabóia, agradeceu o Hapvida pelo apoio e enfatizou a importância do projeto para a população. “Gostaria de agradecer imensamente ao Hapvida, pela visão da empresa em relação à cidade. Os carros do VAMO não poluem o meio ambiente, o que é um benefício importante, uma vez que 62% da poluição de Fortaleza hoje vem das descargas dos automóveis. Além disso, a quarta causa mais comum de morte na cidade, são doenças do aparelho respiratório, que tem uma relação muito forte com a poluição ambiental. Por isso, essa iniciativa tem tudo a ver também com saúde pública e coletiva que é missão do Hapvida”.

Luiz Alberto falou ainda que avalia de forma positiva esses dois anos de operação do VAMO e contou que a Prefeitura está avaliando expandir o projeto. “Após esses dois anos, estamos aptos a pensar numa fase de crescimento. Esperamos que em breve, em parceria com Hapvida e Serttel, possamos começar um diálogo técnico e divulgar uma possível fase dois de expansão, contemplando outras regiões da cidade, como por exemplo, o Aeroporto Internacional Pinto Martins. Além disso, estamos estudando a possibilidade de uso de outro tipo de combustível limpo, como por exemplo, uma versão do VAMO movido a gás, produzido a partir do lixo do aterro sanitário. Estamos avaliando também a possibilidade de o usuário poder pegar e deixar o carro em qualquer lugar e não somente nas estações, o que deve aumentar significativamente a quantidade de uso do sistema”, pontuou.

Ao final do evento, os convidados puderam se cadastrar no sistema e fazer test drive nos veículos. Todos os usuários já cadastrados no VAMO terão passe livre de uma hora que deve ser utilizado nesta sexta (21). A programação foi fechada com um café da manhã especial no Café Vida para os convidados.

CARROS DA 99 TERÃO CÂMERA DE SEGURANÇA

 

A 99, empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa DiDi Chuxing, começa nesta terça-feira (18) a instalação de câmeras de monitoramento nos carros da plataforma. A medida visa oferecer ainda mais segurança aos usuários do aplicativo.

Os dispositivos começam a operar em Fortaleza, Recife, Porto Alegre e São Paulo em fase de testes, nos próximos dias. Nos meses seguintes, o número de aparelhos poderá ser ampliado para mais veículos em outras cidades do país.

 

A câmera será diretamente conectada à Central de Segurança da 99, onde os dados serão processados e mantidos em confidencialidade. O dispositivo garantirá acesso às imagens em tempo real. Além disso, a 99 pretende no futuro incluir lentes com visão noturna e “olho de peixe” (ou seja, um ângulo mais amplo para captação abrangente do que acontece no carro). Medindo poucos centímetros, a empresa está analisando a possibilidade de subsidiar o aparelho aos motoristas.

O objetivo é que o monitoramento iniba eventuais incidentes. A tecnologia vai operar aliada à inteligência artificial da 99, que monitora o perfil de todas as chamadas. Assim, o aplicativo pode identificar situações de risco e tomar as medidas cabíveis, acompanhando o que acontece no veículo. O material também poderá ser usado para ajudar na identificação de pessoas que cometerem infrações.

“O dispositivo aumentará ainda mais o nível de monitoramento das viagens feitas pelo app, com foco em prevenção”, diz Leonardo Soares, Diretor de Segurança da 99. “O aumento de proteção será para os dois lados, passageiros e motoristas”.

 

Segurança

A 99 é uma empresa genuinamente preocupada com a segurança de seus passageiros e motoristas. O assunto é prioridade máxima do aplicativo, e um de seus três pilares fundamentais (promover transporte rápido, econômico e seguro).

Para garantir que o serviço seja seguro, a 99 montou uma equipe especialmente dedicada a isso, composta por mais de 50 pessoas incluindo ex-militares, engenheiros de dados e até psicólogos. O time trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana, cuidando exclusivamente da proteção dos usuários.

Esse time será responsável pelo monitoramento das imagens e pode ajudar passageiros e motoristas, caso necessário. As câmeras serão mais uma ferramenta para que esses especialistas melhorem ainda mais a segurança na plataforma.

VAMO promove ação de cadastro na Unifor

 

 

 

De 20 a 31 de agosto, o sistema de Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), carros elétricos compartilhados de Fortaleza patrocinados pelo Hapvida Saúde, vai realizar ação de cadastramento de novos usuários no sistema na Universidade de Fortaleza (Unifor). Na ocasião, os interessados poderão fazer o cadastro no sistema, bem como test drive nos carros. Quem se cadastrar nesse período, receberá um passe de até 1 hora grátis.

Os interessados em fazer o cadastro e o test drive na Unifor devem procurar o stand que está localizado em frente à Biblioteca Central do campus. O passe gratuito de 1 hora será concedido também para aqueles que fizerem o cadastro no website do sistema: www.vamofortaleza.com.br.

A ação promovida pelo Hapvida e pela Unifor, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza e a Serttel, responsável pela operação do VAMO, tem o objetivo de promover o cadastro e fazer com que a população conheça melhor essa opção de modalidade urbana. Atualmente o sistema possui 20 carros, disponíveis em 12 estações, além de seis “vagas VAMO”, locais em que o usuário pode fazer a devolução do veículo sem, contudo, conectar o carro em uma estação de carregamento.

 

Mobilidade elétrica na Unifor

O diretor de Pesquisa e Inovação da Unifor, professor Vasco Furtado, destaca a importância da mobilidade elétrica dentro do ambiente acadêmico e para a cidade de Fortaleza. “A temática de veículos alternativos para a mobilidade é uma prioridade para Unifor e tem sido estudada por professores de diversas áreas, em especial pelo Laboratório de Pesquisa e Inovação em Cidades, o Lapin. Ao colocar à disposição dos alunos uma infraestrutura para desenvolvimento de pesquisa e carros elétricos no campus para facilitar o acesso a essa modalidade de transporte urbano, a Unifor está não só fomentando essas pesquisas, como também incentivando o desenvolvimento da mobilidade elétrica em Fortaleza”, pontua.

Além do Lapin, a DPDI administra, com apoio da Enel, Prefeitura de Fortaleza e Fundação Bloomberg, o Centro de Pesquisa e Mobilidade Elétrica (CPqMEL), laboratório responsável pela análise de dados referentes à mobilidade elétrica em cidades, assim como seu impacto na vida das pessoas. O CPqMEL também realiza pesquisas voltadas para a infraestrutura de recarga que deve ser implantada em Fortaleza para a utilização de veículos elétricos, no intuito de manter a cidade preparada para a popularização do serviço.

 

Vantagens do VAMO

Primeiro sistema de carros compartilhados 100% elétricos da América Latina, o VAMO oferece várias vantagens para os usuários. Além de não emitir gases de efeito estufa e não produzirem poluição sonora, benefícios importantes para o meio ambiente, o sistema é hoje uma opção financeiramente vantajosa para os fortalezenses.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (PAITT), em parceria com o Hapvida e a Serttel, o VAMO reduziu a tarifa em 68% em 2017, ficando ainda mais competitivo com relação a outros modais, inclusive do transporte individual de passageiros por meio de aplicativos.

A redução da tarifação do sistema foi pensada levando em conta o tempo de uso dos veículos. Com isso, o valor a ser cobrado dos usuários que tiverem Bilhete Único diminuiu de R$ 20,00 para R$ 15,00, nos primeiros 30 minutos de utilização. Esse novo valor é indivisível, ou seja, do primeiro minuto ao trigésimo minuto, o valor cobrado é fixo e totaliza R$ 15,00. O mesmo acontece para quem utilizar o sistema por até 3 horas de utilização. Cada faixa de tempo tem sua respectiva taxa de valor indivisível. Somente a partir de 3 horas de uso, é que será cobrado R$ 0,30 por minuto adicional; e a partir de 5 horas, será cobrado R$ 0,50 por minuto adicional. Resumindo, a cobrança se dará da seguinte forma:

– Para até 30 minutos de uso: a tarifa será reduzida de R$ 20,00 para R$ 15,00 (redução de 25%);

– Para até 1 h de uso: a tarifa será reduzida de R$ 44,00 para R$ 20,00 (redução de 54%);

– Para até 2 h de uso: a tarifa será reduzida de R$ 80,00 para R$ 30,00 (redução de 62%);

– Para até 3 h de uso: a tarifa será reduzida de R$ 110,00 para R$ 35,00 (redução de 68%);

– Entre 3 h e 5 h de uso: a tarifa de R$ 35,00, com acréscimo de R$ 0,30 por minuto adicional;

– A partir de 5 h de uso: R$ 71,00, com acréscimo de R$ 0,50 por minuto adicional.

Já o passe mensal agora custa R$ 15,00 para os cadastrados com Bilhete Único e R$ 20,00 para os demais. O valor da taxa mensal é revertido, integralmente, em crédito (de R$ 20 ou R$15) para os usuários, sendo ou não cadastrado com o Bilhete Único.

Além do benefício financeiro para os usuários que possuam Bilhete Único, os carros elétricos compartilhados podem estacionar nas vagas de Zona Azul gratuitamente, assim como no shopping RioMar Fortaleza. E para incentivar o compartilhamento e reduzir ainda mais os custos, o aplicativo do VAMO disponibiliza a função “carona” que permite ao usuário dividir os custos com um colega de trabalho ou amigo, por exemplo.

VAMO oferece cadastro, test drive e passe de 1 hora grátis em shopping de Fortaleza

 

Nesta reta final das férias, o sistema de Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), carros elétricos compartilhados de Fortaleza, oferece um novo estímulo para cadastro de novos usuários. Entre os dias 21 de julho e 5 de agosto, será realizada uma ação no shopping RioMar Fortaleza que promoverá o cadastro no sistema e test drive nos carros.

Além disso, será concedido um passe de 1 hora grátis para os novos usuários cadastrados. Os interessados deverão procurar o stand do VAMO localizado no piso E1, em frente ao posto do Detran, que funcionará das 10h às 22h.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (PAITT), em parceria com o Hapvida Saúde e a Serttel, o VAMO nasceu, em setembro de 2016, com o objetivo de ofertar à população de Fortaleza mais uma opção de mobilidade urbana sustentável. Atualmente o sistema possui 20 carros, sendo cinco do modelo “BYD e6” e quinze do modelo compacto “Zhidou EEC L7e-80”, distribuídos em 12 estações na cidade, além de seis “vagas VAMO”, locais em que o usuário pode fazer a devolução do veículo sem, contudo, conectar o carro em uma estação de carregamento.

Pioneiro no Brasil e na América Latina, o sistema de car sharing 100% elétricos, que não emitem gases de efeito estufa e não produzem poluição sonora, foi inspirado em sistemas semelhantes desenvolvidos em países da Europa e Estados Unidos, em cidades como Paris, Milão, Londres e Indianápolis. “Para o Hapvida, este projeto tem tudo a ver com nossa missão de promover saúde e bem-estar para as pessoas, por isso desde o início abraçamos com grande alegria esta iniciativa”, conta a diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida, Simone Varella.

 

Cadastro no sistema

Para realizar o cadastro, os usuários devem fornecer endereço eletrônico (e-mail) no website do sistema: www.vamofortaleza.com. Em seguida, após a confirmação do e-mail do usuário, deverão ser enviados, também por meio do website, os dados pessoais e fotos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e de comprovante de endereço. As informações serão verificadas pela operadora, que entrará em contato com o usuário para agendar hora, data e estação de desejo do usuário para a assinatura do Termo de Responsabilidade, bem como para realizar test-drive acompanhado de técnico da Serttel.

Para fazer uso do sistema, por meio do site e do aplicativo para smartphone, os usuários podem reservar qualquer carro elétrico disponível em qualquer uma das estações, tendo até 15 minutos para efetivar a retirada do veículo. Os carros elétricos podem ser retirados, todos os dias, das 5h às 23h59, podendo ser devolvidos 24h por dia.

 

Estações do VAMO

Estação 1 – Igreja de Nazaré (Rua André Chaves, 177 – Montese)

Estação 2 – North Shopping (Rua Moreira de Souza, 58 – Parquelândia)

Estação 3 – Praça Luiza Távora (Av. Santos Dumont, oposto ao número 1546 – Aldeota)

Estação 4 – Shopping Center Um (Rua Barbosa de Freitas, 1100 – Aldeota)

Estação 5 – Shopping Iguatemi (Av. Washington Soares, 62 – Edson Queiroz)

Estação 6 – Praça Antônio Prudente (Av. Historiador Raimundo Girão – Meireles)

Estação 7 – Praça Martins Dourado (Rua Bento Albuquerque – Cocó)

Estação 8 – North Shopping Jóquei (Av. Lineu Machado, 419 – Jóquei Clube)

Estação 9 – Igreja Matriz da Parangaba (Rua Sete de Setembro, 218)

Estação 10 – Unifor (Av. Dr. Valmir Pontes, esquina com Av. Washington Soares)

Estação 11 – Praça da Imprensa (Avenida Antônio Sales – Dionísio Torres)

Estação 12 – Igreja de Fátima (Av. Treze de Maio, 200 – Fatima)

 

Vagas VAMO

Vaga 1 – Shopping RioMar Fortaleza (R. Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)

Vaga 2 – Praça do Ferreira (Rua Major Facundo – Centro)

Vaga 3 – Centro Cultural Dragão do Mar (R. Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)

Vaga 4 – Naútico Atlético Cearense (Av. da Abolição, 2727 – Meireles)

Vaga 5 – Praça das Flores (Av. Des. Moreira, S/N – Aldeota)

Vaga 6 – Praça da Gentilândia (Av. Treze de Maio, S/N – Benfica)

Encontro reúne bicicletas clássicas dos anos 1930 a 1980

Nos últimos anos, a mobilidade urbana tem se tornado pauta recorrente nas grandes cidades. Para fugir do trânsito intenso, cada vez mais pessoas têm optado pela bicicleta como principal meio de locomoção. Há quem enxergue nas “magrelas” não apenas um meio de transporte, mas uma paixão, sobretudo pelos modelos clássicos, antigos.

As primeiras bicicletas chegaram ao Brasil ainda no século XIX, entre 1850 e 1870, no Rio de Janeiro, então capital do Império. O primeiro velódromo da América do Sul, o Velódromo Paulistano, foi instalado em São Paulo, em 1896, na Rua da Consolação, entre as Ruas Martinho Prado e Olinda. Restaurar ou colecionar bicicletas antigas é o passatempo de muita gente que busca preservar a memória de determinados períodos.

No dia 26 de novembro, das 8h às 13h, colecionadores de modelos das décadas de 1930 a 1980 se reunirão no Passeio Público com o objetivo de trocar experiência e incentivar o uso das bicicletas no deslocamento urbano. Essa é a 5ª edição do encontro, que é realizado anualmente por iniciativa dos próprios colecionadores.

No encontro, a exposição de modelos que marcaram época é, sem dúvida, é um convite a percorrer memórias nas clássicas bicicletas Philips,  Raleigh, monaretas, berlinetas, rei pelé e tantos outras.

Serviço

5º Encontro Anual de Bicicletas Antigas

Data: 26 de novembro;

Horário: das 8h às 13h

Local: Passeio Público
Mais informações: Jaime Filho – 98604-8488 ou Marco Ximenes – 98837-2067