Browsing Tag

Miguel Falabella

Miguel Falabella e Zezé Polessa apresentam “A Mentira” no Theatro Via Sul Fortaleza

Sucesso em sua temporada europeia, o espetáculo “A Mentira” ganhou sua primeira montagem brasileira, com versão e direção de Miguel Falabella, que protagoniza o espetáculo ao lado de Zezé Polessa. O público cearense poderá conferir a peça em três apresentações, nos dias 14 de março, às 18h e 21h, e 15 de março, às 20h, no Theatro Via Sul Fortaleza. Além dos dois renomados atores, a montagem conta, ainda, com Alessandra Verney e Frederico Reuter no elenco. ​
C”A Mentira” é uma comédia sobre a arte de esconder, seja para proteger aquelas pessoas que amamos, ou não. Na história, Alice surpreende na rua o marido de sua melhor amiga com outra mulher, criando-se assim um conflito – ela deve ou não contar à amiga o que viu? Seu marido Paulo tenta convencê-la a esconder a verdade – e essa mentira é para defender o amigo ou porque ele também tem algo a esconder? ”

Com uma brilhante narrativa, “A Mentira” abre um diálogo instigante sobre fidelidade, honestidade e a realidade da monogamia em casamentos, conseguindo momentos tensos de mentiras – ou confissões acidentais – que fazem a audiência prender sua respiração, dosados habilmente com momentos de grande comédia.
ELENCO
Miguel Falabella
Carismático e popular, o ator, diretor e roteirista carioca tem uma longa trajetória tanto na TV quanto no teatro e ficou conhecido por seus papeis cômicos. Foi apresentador do Vídeo Show por 15 anos, alcançando uma popularidade ímpar. Falabella conquistou a plateia com o
personagem Caco Antibes na comédia “Sai de Baixo” em que também trabalhou como diretor. No teatro atuou e dirigiu espetáculos de enorme sucesso como “GOD”, “Hello, Dolly”, “Os Produtores”, “O Homem de La Mancha”, “Hebe – O Musical” e “Annie”, entre outros.
Zezé Polessa
Atriz renomada, tem uma longa trajetória em diversas novelas e minisséries da Globo. Conhecida por seus personagens cômicos, ganhou o Prêmio Qualidade Brasil de melhor atriz teatral de comédia com monologo “Não Sou Feliz, Mas Tenho Marido”, participando ainda de outras 30
montagens em sua carreira. Na TV seu mais recente trabalho foi na novela “O Sétimo Guardião” da TV Globo.
Alessandra Verney
Atriz e cantora, iniciou sua carreira artística há mais de 25 anos, ao estrear com a dupla Möeller & Botelho. Com Miguel Falabella, atuou nos musicais “Império” e “Alô Dolly”, na comédia “O que o Mordomo Viu” (Prêmio Aplauso Brasil de Melhor Atriz Coadjuvante) e na série global “Sexo e as Negas”. Protagonizou ainda “Kiss Me Kate – O Beijo da Megera”, de Cole Porter, ao lado de José Mayer, quando ganhou o Prêmio Cesgranrio de Melhor Atriz em Musical e foi indicada ao Prêmio Shell de Melhor Atriz, entre outros. Na TV, seu trabalho mais recente foi a novela Verão 90, dirigida por Jorge Fernando. No cinema, atuou em “Apolônio Brasil”, de Hugo Carvana e, recentemente, em “Veneza” e “Jovens Polacas”.
Frederico Reuter

Formado no Tablado, estreou na peça “2 a 2”, atuando logo em seguida em “Eugênia Grandet” e “Baile de Máscaras”. Com Miguel Falabella fez “O Homem de La Mancha”, “O Império”, “Os Produtores”, “Hairspray”, “Alô Dolly”, “Madrinha Embriagada”, “Hebe O Musical”, além de “NY NY”, com direção de José Possi Neto. Em seus trabalhos na TV, atuou na novela “Negócio da China”, em que foi indicado para o prêmio de melhor ator-revelação.

SERVIÇO
A MENTIRA ​
Datas: 14 e 15 de março ​
Horário: Sábado 18h e 21h; Domingo 20h ​
Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz​

Ingressos: R$ 200/R$ 100 (plateia baixa); R$160/R$80 (plateia alta central); R$120/R$60 (plateia alta lateral); R$120/R$60 (mezanino central); R$80/R$40 (mezanino lateral)​

Vendas: Bilheteria do teatro ou https://www.sympla.com.br/theatroviasulfortaleza
Classificação: 12 Anos​
Duração: 80min​

Capacidade: 732 Pessoas​

Informações: (85) 3099-1290​
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a sábado, das 10h às 22h; Aos domingos e feriados, das 11h às 21h​
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.​

Estacionamento no Via Sul Shopping

PREMIADA COMÉDIA MUSICAL O SOM E A SÍLABA CHEGA PELA PRIMEIRA VEZ EM FORTALEZA NO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR

Um dos musicais nacionais mais celebrados e premiados chega em Fortaleza. Nos dias 07 e 08 de setembro, o público poderá se divertir e se emocionar com a comédia musical O Som e a Sílaba, no Theatro José de Alencar. O espetáculo, vencedor de 5 estatuetas e com 23 indicações nas principais premiações do país, conta com texto e direção de Miguel Falabella e foi especialmente concebido para Alessandra Maestrini eMirna Rubim viverem na pele as duas personagens principais.

Ingressos já estão à venda pela internet (www.bilheteriavirtual.com.br) e pela bilheteria oficial do teatro (sem taxa de conveniência). “O Som e a Sílaba” é apresentado pelo Ministério da Cidadania e Porto Seguro, com realização da Maestrini Produções, conhecida por sempre deixar sua marca registrada de sensibilidade e bom humor em todos os projetos que realiza. Em sua essência, o slogan que retrata bastante o espetáculo: “porque a vida pode ser profundamente espirituosa!”

“O Som e a Sílaba” trata da relação entre Sarah Leighton (Alessandra Maestrini) e Leonor Delise (Mirna Rubim), duas mulheres muito diferentes. A primeira, jovem e com dificuldades em se enquadrar na sociedade, porém completamente única, por conta do diagnóstico de Síndrome de Asperger. Sarah é uma Savant: possui um autismo altamente funcional que, por um lado, lhe permite habilidades em algumas áreas, entre elas números e música; e que, por outro, faz com que ela se comunique com o mundo de uma maneira inusitada, gerando situações hilárias. Já a segunda, uma diva internacional da ópera com mais de 50 anos que, por acasos da vida, se tornou professora de canto. Direta, elegante, refinada e aparentemente bem resolvida. Aparentemente.

“A maioria dos savants conhecidos é homem.” Diz Sarah. “Os homens querem ganhar em tudo sempre!” responde Leonor. “Nós estamos sendo cobradas até hoje por causa daquela maldita costela…”

Com diálogos e situações divertidas entre duas pessoas de universos tão distintos, acaba nascendo das diferenças uma cumplicidade; uma transforma a vida da outra, até que o público se pergunta: quem, de fato, está ensinando a quem?

O Som e a Sílaba celebra o mistério e a singularidade da mente humana, com um texto engraçado, cheio de afeto e comovente.

Em torno dessa montagem reuniu-se uma equipe de categoria que constrói  uma verdadeira pintura viva: o elegante cenário ficou nas mãos de Zezinho Santos e Turíbio Santos; a luz sensível de Wagner Freire complementa os premiados figurinos de Ligia Rocha e Marco Pacheco que, juntamente com o visagismo de Wilson Eliodoro, materializam os cativantes personagens do musical. O Som e a Sílaba conta com o design de som de Mario Jorge Andrade, que leva a experiência auditiva do espetáculo, com todos os números musicais cantados ao vivo pelas atrizes, para um novo patamar de excelência.

O espetáculo vem acumulando estatuetas e indicações nas principais premiações do país (Bibi Ferreira, Reverência, Aplauso, Broadway World Brazil Award, Prêmio Imprensa Digital, Prêmio Musical Cast):

Prêmios recebidos no total – 5

– 2 melhor roteiro original – Miguel Falabella

– 1 melhor direção – Miguel Falabella

– 1 melhor atriz – Alessandra Maestrini

– 1 melhor figurino – Lígia Rocha e Marco Pacheco

Indicações no total – 23

– 4 indicações a melhor produção / melhor musical / melhor musical brasileiro – Maestrini Produções

– 4 indicações a melhor texto – Miguel Falabella

– 5 indicações a melhor direção – Miguel Falabella

– 5 indicações a melhor atriz – Alessandra Maestrini

– 2 indicações a melhor elenco – Alessandra Maestrini e Mirna Rubim

– 1 indicação a melhor atriz coadjuvante – Mirna Rubim

– 1 indicação a melhor iluminação – Wagner Freire

– 1 indicação a melhor figurino – Lígia Rocha e Marco Pacheco

FICHA TÉCNICA

Texto e direção: Miguel Falabella

Elenco: Alessandra Maestrini e Mirna Rubim

Design de luz: Wagner Freire

Design de som: Mario Jorge Andrade

Figurinos: Ligia Rocha e Marco Pacheco

Visagismo: Wilson Eliodorio

Cenário: Zezinho Santos e Turíbio Santos

Produtora comercial: Carla Schvaitser

Direção de produção: Deco Gedeon

Produção local: Free Lancer Producções

Apresentação: Ministério da Cidadania e Porto Seguro

Realização: Maestrini Produções

O SOM E A SÍLABA

Dias: 07 (sábado) e 08 (domingo) de setembro

Horários: sábado às 19h e domingo às 18h   

Local: Theatro José de Alencar

Endereço: Liberato Barroso, 525 – Centro

Classificação etária: 12 anos

Duração: 90 minutos

INGRESSOS

Valores:

Plateia: R$ 120,00 inteira / R$ 60,00 meia  

Balcão: R$ 120,00 inteira / R$ 60,00 meia  

Frisa: R$ 120,00 inteira / R$ 60,00 meia  

Camarote: R$ 104,00 inteira / R$ 52,00 meia 

Torrinha: R$ 50,00 inteira R$ 25,00 meia

Vendas:

INTERNET – www.bilheteriavirtual.com.br

BILHETERIAS OFICIAIS – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Endereço: Liberato Barroso, 525 – Centro

Telefone: 3101-2583

Horário de Funcionamento: de terça a domingo, das 14h às 19h

Ticket Shop Iguatemi (85- 99201.3095) e RioMar Kennedy  (85- 99272.2015)

Ministério da Cultura apresenta God com Miguel Falabella


​Crédito: Caio Gallucci

 

O público do Nordeste vai ter a oportunidade de assistir a mais um sucesso de crítica e de público, durante os meses de maio e junho nos três teatros administrados pela Opus Promoções na região. God, com Miguel Falabella, cumpre curta temporada nas seguintes cidades: Natal (dias 12 e 13 de maio, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dias 19 e 20 de maio, no Teatro RioMar Fortaleza); Recife (dia 02 de junho, no Teatro RioMar Recife).

Quando alguma coisa está errada, pode confiar: Deus toma as devidas providências. E dessa vez, o Todo-Poderoso, Rei do Universo, autor do espaço e do tempo decide vir à Terra pessoalmente… ou quase isso. Cansado dos Dez Mandamentos e de toda a incerteza que eles vêm gerando à humanidade, o criador toma forma através de Miguel Falabella para propor novas leis e esclarecer qualquer mal entendido a seu respeito.

No espetáculo de 90 minutos, ele e seus dois arcanjos dedicados, Miguel (Magno Bandarz) e Gabriel (Elder Gattely), respondem a algumas questões profundas que têm atormentado a humanidade desde a sua Criação. De uma forma muito particular, o Deus de Falabella vem para arrancar muitas risadas do público e desvendar os maiores segredos do universo ou, pelo menos, do Brasil. Afinal, Deus não é brasileiro?

De David Javerbaum, vencedor de Emmy Award Winner, o aclamado e premiado “GOD” fez um enorme sucesso na Broadway, sendo definido pelo jornal The New York Times como “delirantemente, divinamente engraçado”. No Brasil, o espetáculo chega ao público pelas mãos de Miguel Falabella que, além de interpretar o personagem principal, assina a versão brasileira e a direção.

O Criador vem aos seus em uma versão bem mais “moderninha”, com direito à Bíblia em formato iPad, sabendo tudo sobre corte de gordura trans e glúten, e sem paciência para política. Dentre os mandamentos repaginados, estão “Honrarás teus filhos”, “Separar-me-ás do Estado” e “Não me dirás o que devo fazer” – todos peculiarmente muito bem explicados e fundamentados. A codireção é de Fernanda Chamma.

BASTIDORES
Desde que assistiu a “GOD” em sua versão original na Broadway, em Nova Iorque, Miguel Falabella soube que precisava trazer o espetáculo para o Brasil. O diretor ainda conferiu a versão apresentada em Portugal, estrelada por um grande amigo, antes de assinar os papeis e começar a trabalhar na adaptação brasileira.

A montagem e os ensaios aconteceram durante um mês, em São Paulo. Nesse período, Miguel se dedicou à grande quantidade de texto do personagem principal, interpretado por ele, e também a todo trabalho corporal.

Ao seu lado, esteve a coreógrafa Fernanda Chamma, que assina a codireção do espetáculo. Ela conta que recebeu com alegria o convite do diretor para essa função e que, por trabalhar há muito tempo com Falabella, os dois já têm uma grande sintonia: “São praticamente dez anos juntos. Já trabalhamos em muitos musicais, seriado e novela. A gente tem um mesmo olhar para colocar um espetáculo em cena, o nosso gosto bate. Ele me permite criar e respeita a opinião dos parceiros de criação. A gente aprende a cada dia, além de se divertir muito”.

Unindo a codireção à coreografia e movimentação de cena, Fernanda dedicou especial atenção à construção dos personagens Miguel (Magno Bandarz) e Gabriel (Elder Gattely) – os anjos que estão ao lado de Deus durante toda a peça. “Esse trabalho corporal é um diferencial da adaptação brasileira. Eu quis fazer com que o corpo desses atores se transformassem em símbolos de imagens de anjos. Os detalhes de pescoço, cabeça, mãos e cotovelos tornam-se vivos para poder dar o texto de cada um, ditar os mandamentos e fazer a ponte com o Falabella. São posições bonitas, desenhadas”, detalha a codiretora.

O cenário de Marco Pacheco traz para o palco a atmosfera celestial, com inspiração nos deuses gregos e presença de elementos como o mármore branco e as colunas jônicas. “O principal objetivo era criar uma alusão de Deus descendo do Céu à Terra, por isso a ideia da escada alta com degraus diminuindo de acordo com a altura, para criar uma profundidade. Também criamos um sofá largo e confortável para que ‘Deus’ ficasse à vontade conversando com o público”, explica o cenógrafo.

No figurino, também assinado por Marco, a inspiração para as roupas de Miguel e Gabriel veio das pinturas clássicas, onde os anjos vestiam armaduras celestiais. E não faltou a elas o lado moderno: “A armadura e as asas são fixas para facilitar a locomoção e principalmente o conforto dos anjos. A calça é de resina e eles usam tênis com aplicação de spikes. Esse figurino ficou pronto antes dos ensaios para que os atores se adaptassem à roupa e pudessem replicar a coreografia da Fernanda Chamma”, justifica Pacheco. Já o figurino de Deus o coloca no lugar completamente atual em que ele quer estar: “Esse Deus é um Deus descolado, que gosta de luzes e brilho, por isso o terno dele tem um corte moderno, diferente dos tradicionais. A gravata azul entra na paleta do cenário e relembra as cores do céu”, acrescenta.

 

Ficha Técnica:

Texto: David Javerbaum

Versão Brasileira e direção: Miguel Falabella

Codireção: Fernanda Chamma

Produção Geral: Sandro Chaim

Cenário e Figurino: Marco Pacheco

Iluminação: Adriana Ortiz

Trilha Sonora: Leandro Lapagesse

Visagismo: Dicko Lourenço

Elenco: Miguel Falabella, Elder Gattely e Magno Bandarz

Voz em off Deus: Bruno Garcia

Transportadora Oficial: Avianca

Promoção: Globo

 

Classificação: 12 anos
Duração: 90min.

 

 

As sessões dos dias 12/05 (em Natal)19/05 (em Fortaleza) e 02/06 (em Recife) são realizadas com recursos da Lei de Incentivo à Cultura e realização do Ministério da Cultura.

MINISTÉRIO DA CULTURA apresenta

Realização: OPUS PROMOÇÕES e MINISTÉRIO DA CULTURA – Governo Federal, Ordem e Progresso

Apoio: CVC

 

 

GOD
COM MIGUEL FALABELLA
Dias 12 e 13 de maio, no Teatro Riachuelo (Natal/RN)
Dias 19 e 20 de maio, Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE)
Dia 02 de junho, Teatro RioMar Recife (Recife/PE)

FORTALEZA (CE)
Dias 19 e 20 de maio
Sexta-feira e sábado, às 21h
Teatro RioMar Fortaleza 
(Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE)
www.teatroriomarfortaleza.com.br

 

INGRESSOS:

Setor Valor  Meia-Entrada
Plateia Alta R$ 50,00  R$ 25,00
Plateia Baixa B R$ 150,00  R$ 75,00
Plateia Baixa A R$ 180,00  R$ 90,00

 

– 50% de desconto na compra de até dois ingressos por assinante titular do Jornal Diário do Nordeste, mediante apresentação do voucher do Clube do Assinante e documento de identificação com foto. Desconto válido apenas para vendas na bilheteria do teatro e limitado a 100 ingressos.

 

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.


CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Ingresso Rápido: 4003-1212

www.ingressorapido.com.br

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.