Browsing Tag

Meio ambiente

“Sustentabilidade no Estado: Inovação e resultados do licenciamento ambiental” é tema do Diálogos Ambientais da Semace

Nesta quarta-feira (23/06), às 19h, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), em parceria com o Instituto Federal do Ceará (IFCE) e Núcleo Audiovisual Jaguaribe (Naja), promove a 10ª edição do Diálogos Ambientais. Alusivo à Semana do Meio Ambiente, celebrada no início do mês, o evento abordará a temática Sustentabilidade no Estado: Inovação e resultados do licenciamento ambiental.

Na oportunidade, os gestores da Semace, Tiago Bessa (DITEC), Adilson Júnior (DICOP) e Waslley Maciel (GECON) vão apresentar temas acerca de seus setores de tecnologia da informação e licenciamento ambiental. Para colaborar com o debate através de suas experiências, o advogado e conselheiro do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) Rômulo Alexandre é o convidado da Superintendência. A mediação será feita pelo professor do IFCE/Jaguaribe, Marcos Vieira.

O evento será transmitido pelo canal do You Tube da Semace. A inscrição para participar é gratuita, basta preencher o formulário on-line disponibilizado pela organização do evento. Os inscritos poderão solicitar declaração de participação. De acordo com a Superintendente Adjunta, Virgínia Carvalho, os diálogos têm como objetivo “facilitar a troca de saberes e opiniões sobre o meio ambiente, entre representantes do Estado, do mercado e da sociedade”.

Expositores

Tiago Bessa Aragão

Biólogo, especialista em Direito Ambiental pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER/PR). Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente – Universidade Federal do Ceará (UFC). Servidor público ocupante do cargo de fiscal ambiental, atualmente desenvolve a função de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação (DITEC) da SEMACE.

Adilson do Nascimento Adriano Júnior

Engenheiro Civil e Tecnólogo em Saneamento Ambiental. Atualmente desenvolve a função de Diretor na Diretoria de Proteção e Controle Ambiental (DICOP) da SEMACE.

Waslley Maciel Pinheiro

Engenheiro de Pesca, Mestre em Ciências Marinhas e Doutorando em Engenharia de Pesca. Atualmente desenvolve a função de Gerente de Licenciamento Ambiental (GECON) da SEMACE.

Rômulo Alexandre Soares

Advogado, mestre em negócios internacionais. Auditor Líder de Sistema de Gestão Ambiental – ISO 14001:2004. Membro pela OAB-CE no COEMA.

Fetrans abre inscrições para o Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar 2021 e apresenta demais ações previstas para iniciar no mês do Meio Ambiente

No mês em que se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Federação dos Transportes (Fetrans) abre inscrições para empresas do setor concorrerem à 19ª edição do Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar, uma das mais tradicionais comendas do segmento. As inscrições devem seguir até o final do mês de junho, no site da Federação (www.fetrans.org.br). O novo edital com as regras de participação também pode ser conferido no site. Dentre as novidades apresentadas para a 19ª edição do prêmio, uma das principais será a possibilidade de participação de todos os modais do transporte: rodoviário, aéreo, ferroviário, metroviário, dutoviário e hidroviário. É a primeira vez que uma premiação do setor de transportes contempla todos eles.

A reformulação do PMQA passa ainda pelo maior alinhamento do Prêmio com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo é atender às atuais demandas sociais, ambientais e econômicas do setor, do País e do mundo, promovendo ações transversais e o engajamento de todos os stakeholders em torno do respeito ao meio ambiente e à preservação do planeta.

Criado em 2002, a Fetrans já premiou 282 projetos de empresas do setor por ações de redução de emissão de gases tóxicos na atmosfera e certificou 321 empresas com o “Selo 100%”, que reconhece aquelas que possuem toda a frota aprovada nos testes de opacidade e sem multas ambientais. Além disso, mais de 40 personalidades e instituições já foram agraciadas com o Troféu Destaque Ambiental.

Outra importante ação de incentivo às práticas sustentáveis da Federação iniciada no mês de junho é o início da oferta gratuita do serviço de Avaliação da Qualidade do Diesel empresas de transporte do Ceará, Piauí e Maranhão pelo Programa Despoluir – maior programa ambiental do transporte brasileiro, coordenado regionalmente pela Fetrans. O objetivo é estabelecer rotinas de testes que visam garantir a qualidade do diesel, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do transporte rodoviário.Com o serviço, além de avaliarem as características de armazenagem do combustível, as equipes do Despoluir poderão detectar possíveis inconformidades, garantindo uma melhor qualidade do diesel e contribuindo para o desenvolvimento sustentável do transporte rodoviário Os procedimentos corretos evitam prejuízos financeiros e ambientais.

O Despoluir é ainda responsável por realizar aferições veiculares, aplicando a análise de opacidade (níveis de fumaça). Dessa maneira, o programa vem contribuindo para promover a eficiência energética e gerar ganhos ambientais no setor de transporte. Só no primeiro trimestre de 2021, as equipes do programa realizaram mais de 4 mil aferições veiculares ambientais nas empresas de transporte coletivo de passageiros e rodoviário de cargas.

Dia Mundial do Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo. A data tem como objetivo principal chamar a atenção para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

A cada ano, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) define uma temática diferente e um país para serem realizadas as atividades oficiais de celebração da data. Em 2021, o tema é a Restauração dos Ecossistemas e o Paquistão é o anfitrião oficial.

 

Inscrições PMQA 2021
Prazo: 01 a 30 de junho
Local: www.fetrans.org.br

Sobre o PMQA

Com edições anuais, o Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar é uma ação realizada pela Federação dos Transportes (Fetrans) desde 2002 por meio do Despoluir – Programa Ambiental do Transporte, o maior programa ambiental do transporte brasileiro. O objetivo da premiação é incentivar e promover o reconhecimento das empresas do setor de transportes dos estados do Ceará, Piauí e Maranhão comprometidas com a redução das taxas de emissão de gases poluentes e com a preservação dos recursos naturais, executando soluções viáveis para harmonizar ganhos econômicos com benefícios ambientais.

A tradição e a credibilidade conquistadas ao longo desses 19 anos de realização do prêmio estão aliadas a novas visões sobre sustentabilidade, consumo consciente e eficiência energética. Com um olhar cada vez mais voltado para o futuro, o PMQA mudou e busca contribuir de forma ainda mais significativa e inovadora para o desenvolvimento sustentável do setor de transportes.

Albatroz-de-nariz-amarelo é resgatado pela Semace em Trairi

Em nova ação de resgate de animais silvestres, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) resgatou um albatroz-de-nariz-amarelo neste domingo (13), no município de Trairi. O animal, que foi encontrado por pescadores na praia de Mundaú, estava desorientado e foi levado para a residência de uma cidadã que solicitou o resgate da Superintendência.

O albatroz, de nome científico Thalassarche chlororhynchos, foi levado para o Projeto Cetáceos da Costa Branca, localizado no Rio Grande do Norte, onde receberá cuidados especiais e será avaliado até ser solto de volta para o seu habitat natural. No intuito de adiantar o processo de deslocamento da ave, uma equipe de resgate do PCCB, composta por veterinário e monitor do projeto, se deslocou até o município de Icapuí para prestar os primeiros atendimentos emergenciais ao animal.

Os albatrozes são aves marinhas migratórias que passam maior parte da vida em alto-mar buscando alimento. Do total de 22 espécies existentes, sendo parte deles 17 estão ameaçadas ou em algum grau, de extinção, segundo aponta a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês). Dez espécies sobrevoam o Brasil, sendo que seis interagem com a pesca, conforme aponta o Projeto Albatroz.

Essa é a primeira vez que a Semace resgata um albatroz localizado na orla cearense. A ave foi identificada como um albatroz-de-nariz-amarelo juvenil. “É muito importante destacar que se trata de uma espécie que apresenta risco de extinção segundo a lista vermelha da IUCN, observa a gestora ambiental da Superintendência que participou da operação, Marina Lopes.

Ocorrências

O número de resgate de animais silvestres pode ser maior com a colaboração das comunidades litorâneas. No caso de ocorrências como essa, a Semace pode ser acionada pelo telefone (85) 3254.3083 ou 0800.275.22.33 (horário comercial e dias da semana) ou pelo e-mail atendimento.fauna@semace.ce.gov.br e aplicativo Semace Mobile.

Cetáceos

O PCCB é vinculado à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Seus projetos e ações são realizados em parceria com outras universidades, órgãos de governo e organizações não-governamentais (ONG´s) e empresas. O projeto atua principalmente no monitoramento de praias, resgate, reabilitação e soltura de animais marinhos.

Beach Park registra nascimento de tartarugas-de-pente

Fotos: Fabio Nunes (biólogo e voluntário na ação).

 

Uma bela imagem para marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente (comemorado no último sábado, dia 5): uma equipe do Beach Park registrou o nascimento de um ninho de tartarugas-de-pente nas proximidades do Oceani Beach Park Hotel. Cerca de 146 tartaruguinhas alcançaram o mar em poucos minutos, acompanhados por voluntários, entre eles biólogo, crianças, vizinhos, colaboradores do hotel e integrantes da Associação Pordunas, que tem o Beach Park como fundador e maior apoiador no desenvolvimento de ações e projetos que contemplam as áreas ambiental, educacional e de infraestrutura do município de Aquiraz. O ninho vem sendo monitorado desde o fim de março, quando a equipe identificou o ponto de desova na praia e o isolou com cordas e placa, a fim de evitar o trânsito de pessoas sob a areia.

Todos os hotéis do Beach Park contam com equipe treinada para o manejo da fauna marinha, incluindo tartarugas e mamíferos. “Geralmente a eclosão dos ovos de tartaruga tipo pente acontecem nesse período no litoral cearense e leva em torno de 60 dias depois da desova – por isso a importância de isolar a área do ninho para protegê-lo. Após a eclosão, a equipe ajuda também a direcionar as tartaruguinhas que, por ventura, possam ir para a direção contrária ao mar”, explica Raissa Bisol, gerente de Meio Ambiente do Beach Park.

A tartaruga-de-pente é considerada a “mais tropical de todas as tartarugas” e está distribuída entre mares tropicais e, por vezes, subtropicais dos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico. É uma espécie criticamente em perigo, de acordo com a classificação do Ministério do Meio Ambiente (MMA), podendo alcançar até 110 cm de tamanho e 86kg.

 

ISO 14.001:2015

O Beach Park mantém um Sistema de Gestão Ambiental do empreendimento, que planeja ações, previne e controla impactos significativos sobre o meio ambiente, gerenciando riscos e melhorando continuamente o desempenho ambiental e a produtividade do grupo.

Todas as iniciativas desse sistema são alinhadas com as metas dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidas pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) e que compõem a Agenda 2030. Esse trabalho resultou na obtenção pelo Beach Park, pelo quinto ano consecutivo, da certificação ISO 14.001: 2015, um reconhecimento internacional em gestão ambiental e norma adotada por grandes empresas, de todo mundo, que têm o compromisso de ampliar os negócios, reduzindo o impacto ambiental, segundo a gerente Raissa Bisol.

Diariamente e com o apoio de parcerias, o Beach Park desenvolve ações sustentáveis em todo o complexo, envolvendo desde a escolha de fornecedores, manutenção de estação de tratamento de esgoto e água e tratamento dos resíduos sólidos.

Por meio da coleta seletiva, os resíduos são encaminhados para triagem, prensados e direcionados para transformação em novos produtos, como papelão, sabão, artigos de artesanato, sacos plásticos e chinelos. “Para essa coleta, incentivamos a responsabilidade social com o trabalho de ex-catadores de Aquiraz, que fazem o serviço de triagem e compactação. A venda desses resíduos é o que custeia a renda desses trabalhadores, e parte dos novos produtos, são doados para projetos sociais”, diz a gerente.

 

Calendário Ambiental

Em parceria com a Associação Porto das Dunas – Pordunas, o Beach Park mantém um Calendário Verde, com realização do Dia de Limpeza da Praia, Dia da Árvore e o Dia da Água – que envolvem ações como plantio de mudas para a recuperação da foz do Rio Pacoti e limpeza da praia, mares e rios.

Foram mais de 50 operações de limpeza durante oito anos e mais de 100 toneladas de resíduos retirados da praia. A última operação Praia Limpa aconteceu no dia 27/1, com apoio do Beach Park e execução da Associação do Porto das Dunas (Pordunas), em parceria com Prefeitura Municipal de Aquiraz, com recolhimento de cerca de 900kg de resíduos entre a foz do Rio Pacoti e o Beach Park Suítes Resort.

Outra iniciativa mantida pelo Beach Park na área é o Programa de Educação para a Sustentabilidade, onde são realizadas ações de educação ambiental com crianças, comunidade local, clientes, funcionários e fornecedores, envolvendo plantio de mudas, trilha ecológica, resgate e proteção de animais, e plantio de horta comunitária na escolinha do Porto das Dunas.

 

Sobre o Beach Park Entretenimento    

Com 35 anos de história, o Beach Park Entretenimento é um grupo de empresas genuinamente cearense, que atua em diversas áreas de lazer e entretenimento. Localizado na praia de Porto das Dunas, à 17 km de Fortaleza/Ceará, o complexo turístico Beach Park é uma das opções de lazer mais procuradas pelos viajantes no país inteiro. Atualmente ocupa mais de 200 mil m² e reúne um parque aquático, três resorts, um hotel, além do Restaurante de Praia e da Vila Azul do Mar – espaço de convivência e serviços -, ambos abertos ao público. O Aqua Park, que conta com 18 grandes atrações, é premiado como um dos melhores parques aquáticos do mundo e melhor parque aquático da América Latina (2020) pelo TripAdvisor; além de melhor parque aquático do Brasil pela Revista Viagem e Turismo.

O Beach Park Entretenimento também faz parte do Hall da Fama do TripAdvisor por ter recebido o Certificado de Excelência nos últimos cinco anos. Pelo segundo ano consecutivo, foi eleito um dos melhores lugares para se trabalhar do Brasil pelo Prêmio Great Place To Work. Mais que um destino de férias, hoje o Beach Park se consolida como um grupo de entretenimento por meio de suas diversas atuações como a Rádio Beach Park, a Revista Onda Beach Park e o Beach Park Studios – estúdio de animação próprio.

Shoppings RioMar realizam ações de conscientização na Semana do Meio Ambiente 

A sustentabilidade é uma pauta do cotidiano dos empreendimentos do Grupo JCPM, que desde suas construções já adotam práticas de cuidado com os recursos naturais. E na Semana do Meio Ambiente deste ano convida a população para refletir sobre a “Restauração dos Ecossistemas” e em ações cotidianas que possam ser realizadas hoje, para um futuro mais sustentável. Nesse sentido, na Capital cearense, os shoppings RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy realizarão, a partir de 05 de junho, exposições no mall e distribuição de mudas de plantas de espécies nativas e hortaliças para os clientes.

Levar um pouco de verde para casa e conhecer os benefícios de cultivar plantas nativas, como ipê-amarelo, jucá e jenipapo, são alguns dos objetivos da ação de distribuição de mais de 500 mudas aos visitantes dos shoppings. No RioMar Fortaleza, a iniciativa acontecerá nos dias 05 e 06 de junho, já no RioMar Kennedy, nos dias 07 e 09/06, no horário de funcionamento, das 12h às 21h.

Exposições

Os visitantes também poderão conhecer mais sobre a “Restauração do Ecossistemas”, com olhar especial para os cuidados com a vida na água e na terra, e ações para proteger, conservar e recuperar tais recursos. Os painéis poderão ser visitados de 07 a 11 de junho, no Piso L2 do RioMar Kennedy, próximo à Lotérica.

Outra oportunidade de conhecimento será a exposição itinerante do Ecomuseu Natural do Mangue da Sabiaguaba, que de 05 a 25 de junho, levará até o RioMar Kennedy uma amostra do acervo da instituição, que é reconhecida pelo trabalho de preservação do mangue da Sabiaguaba, em Fortaleza. No espaço, localizado no Piso L2, um convite para conhecer mais sobre a importância e impactos desse ecossistema da cidade, com a demonstração de fósseis animais e elementos nativos da região.

Dia a dia sustentável

Os shoppings do Grupo JCPM no Ceará, RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy, já foram concebidos e construídos como equipamentos sustentáveis, sendo capazes de consumir 35% a menos de energia, quando comparado a outros empreendimentos convencionais, pois têm amplo aproveitamento da iluminação natural. Os sistemas inteligentes de refrigeração e de aproveitamento da água de condensação dos aparelhos de ar-condicionado também proporcionam mais economia de recursos naturais. Quanto ao consumo de água, a redução chega a 70% de economia, com a utilização de sistema de descargas e mictórios a vácuo, além de torneiras com detectores de presença.

Também investem e estimulam a reciclagem como meio de transformação de vidas com as Centrais de Resíduos, que além de destinar corretamente todo o resíduo com potencial de reciclagem, também geram emprego e renda a 16 famílias moradoras do entorno. Os espaços e a renda gerada com a comercialização são totalmente administrados pelos próprios recicladores. Só no ano de 2020, foram reciclados nas duas Centrais quase 422 toneladas, entre papel, papelão, plástico, vidro, metal e alumínio.

Assim, o Grupo JCPM compreende que é preciso agir hoje para um amanhã sustentável e tem em suas diretrizes ações de sustentabilidade socioambiental e, desde 2018, implementou o Manifesto de Sustentabilidade com o tema “E você? O que pode fazer pelo amanhã, hoje?”, com foco nas operações sustentáveis dos empreendimentos que administra.

Serviço:

Semana do Meio Ambiente dos shoppings RioMar

Distribuição de mudas

05 e 06/06 – RioMar Fortaleza

04 a 06/06 – Nas compras realizadas na plataforma RioMar Kennedy Online (www.riomarkennedy.com.br)

07 e 09/06 – RioMar Kennedy

Exposições

07 a 11/06 – Restauração dos Ecossistemas (Mall, Piso L2, RioMar Kennedy)

05 a 25/06 – Exposição itinerante do Ecomuseu Natural do Mangue da Sabiaguaba

Itens sustentáveis na construção: longevidade para o meio ambiente, economia para o bolso

 

“Sustentabilidade” tem, aos poucos, deixado de ser apenas um termo da moda, e passado a, de fato, fazer parte das escolhas individuais, seja na alimentação, saúde ou hábitos de consumo. Cientes deste novo comportamento dos consumidores, muitas marcas têm apostado em itens ecológicos, que representam economia para o bolso e, principalmente, cuidado com o meio ambiente, fazendo jus ao conceito de desenvolvimento sustentável, definido pela ONU como: “aquele que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades”.

Nas lojas da Acal Home Center, há uma série de produtos desenvolvidos com essa proposta de maior cuidado com o meio ambiente, de marcas Deca, Santa Luzia, Celite, Jed, Perflex, Imperatriz, Onduline, Ecoforce, Taschiba, Gaya, Osram, Stella, Coral, Fortex, Hidracor, Vedacit e Nutriplan.

Entre as opções para uso no dia a dia, estão: conjuntos de bacia e caixa com sistema de acionamento que permite utilização racional de água, que trazem economia de até 60% no volume de água utilizada; torneiras com acionamento automático por sensor, com baixo consumo de energia e economia de até 85% da água; torneiras com arejador, que permitem redução do fluxo mantendo a sensação de volume; telhas ecológicas que utilização de mais de 50% de material reciclado no processo de fabricação; arandelas, balizadores e refletores solares com sensor, que permitem maior capacidade de geração de energia, armazenamento de carga e iluminação, garantindo mais autonomia e luminosidade; rodapés feitos totalmente de produtos recicláveis; e esmalte à base de água, menos agressivo ao meio ambiente, pois gera menos emissão de compostos e vapores que são prejudiciais e não utiliza solvente.

“Muitos dos nossos fornecedores já desenvolvem linhas ecológicas, muito conscientes da necessidade urgente de oferecer soluções para o presente, lembrando das gerações futuras. E nossos clientes aderem rapidamente a estas soluções, de forma também consciente, pensando na economia e preservação destes recursos que nos são tão caros, como água e energia”, diz Cabral Neto, diretor comercial da Acal.

Semana do Meio Ambiente

A atenção ao meio ambiente precisa ser diária, mas uma semana do ano é dedicada à reflexão do tema. A Semana Nacional do Meio Ambiente é comemorada na primeira semana do mês de junho, quando no dia 5 se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente. No Brasil, este período de conscientização foi criado pelo Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981. O objetivo era complementar a celebração ao Dia do Meio Ambiente instituído pela ONU.

A iniciativa visa incluir a sociedade na discussão de pautas que tratam da preservação do patrimônio natural do Brasil.

APA da Bica do Ipu é fiscalizada pela Semace com apoio da Sema e BPMA

A Área de Proteção Ambiental da Bica do Ipu foi alvo de uma operação de fiscalização envolvendo a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e policiais do Batalhão de Policiamento de Meio Ambiente (BPMA). A ação fiscalizatória ocorreu de 25 a 27 de maio, objetivando a apuração de denúncias referentes a crimes e infrações ambientais cometidos dentro da poligonal daquela unidade de conservação.

Foram identificadas quatro áreas desmatadas. Um desmatamento na localidade de Várzea do Giló com um chalé em fase de construção. Após a equipe identificar e localizar o autor da infração foi verificado que o órgão ambiental municipal tinha iniciado processo de apuração da infração notificando os responsáveis por meio da Notificação nº146. Na localidade de Sítio São João, uma supressão vegetal de 0,11 hectares motivou a lavratura de dois documentos: um auto de infração no valor de R$ 5.000,00 e um termo de embargo que paralisou a atividade irregular.

Os outros dois desmatamentos situados na localidade de Queimadas terão suas áreas calculadas com usos de ferramentas computacionais de georreferenciamento da Semace. Na ocasião da vistoria, as ações do suposto empreendimento estavam paralisadas, não sendo possível identificar seus responsáveis. A Diretoria de Fiscalização (Difis) da Superintendência adverte que outras medidas de investigação serão tomadas para identificar e responsabilizar os infratores.

Para o gerente da Difis da Semace, Pablo Bonfim, as denúncias feitas à autarquia ajudam bastante no combate a crimes ambientais. “É uma forma de evitar degradações como desmatamentos e queimadas recorrentes nessa região. Além disso, as denúncias ajudam também a preservar nossos recursos naturais, a exemplo da Bica do Ipu, situado na localidade. Vale destacar que no momento da denúncia é preciso dar informações precisas, quanto mais, melhor”, destaca o gestor da Superintendência.

A Semace ressalta que, denúncias de irregularidades ao meio ambiente podem ser formalizadas através do Disque Natureza: 0800 275 22 33, ou via site e aplicativo Semace Mobile.

Projeto Fortaleza Viva dá início ao plantio de mudas na cidade 

 

A primeira ação de plantio do projeto Fortaleza Viva ocorrerá sábado (29), no bairro Velha Velha, a partir das 8 horas, na Praça Tancredo Neves. O projeto é de autoria do vereador Júlio Brizzi, e o evento terá apoio da Associação Comunitária de Benefício aos Amigos.

Na ocasião serão plantadas 310 mudas, sendo 300 espécies de mudas ornamentais (de jardim), entre elas, mini lacre amarelo e hibisco, e 10 espécies arbóreas como Ipê Roxo, Pau Pombo e Oiti.

Socorro Rodrigues, presidente da Associação Comunitária de Benefício aos Amigos, fala da confiança que tem no trabalho do vereador Júlio Brizzi e da importância da ação para a comunidade do bairro Vila Velha.

“O Júlio é, antes de um vereador, um grande amigo da nossa comunidade, sempre se faz presente de alguma forma e conhece a nossa realidade. Atitudes como essa são uma prova do carinho que ele tem por nós, assim como muitas outras que ele fez e confio que continuará fazendo. É muito gratificante receber um projeto como este do Fortaleza Viva, no nosso bairro, o jardim será nossa responsabilidade, fazemos questão de realizar os cuidados e manutenção”, explica Socorro Rodrigues.

O objetivo do projeto é pautar as questões ambientais. Durante os quatro primeiros anos do mandato de Júlio Brizzi será  realizado o plantio de 16.424 mudas de espécies vegetais em Fortaleza, o quantitativo de mudas é referente à votação alcançada pelo vereador no último pleito.

“Minha missão na câmara também é de contribuir com o debate ambiental na cidade, envolver as comunidades e a juventude em ações propositivas que colaborem para construção de uma cidade mais sustentável. Dessa forma, o projeto Fortaleza Viva, é uma iniciativa de educação ambiental e gentileza urbana, as quais são importantes estratégias de desenvolvimento sustentável”, expõe o Júlio.

 

Fortaleza Viva

Foi planejado o plantio de mudas florestais em 10 corredores de ampla circulação da cidade, totalizando 100 árvores nativas. Ocorrerá também o plantio de mudas florestais em 10 Unidades de Conservação, reservas indígenas, entre outros, somando 500 árvores nativas. Haverá ainda, a doação de 1.400 mudas de espécies vegetais em atividades educativas e eventos a serem realizados.

Centrais de reciclagem dos shoppings RioMar contribuem para geração de emprego e renda com a destinação correta resíduos recicláveis

O Dia Internacional da Reciclagem é lembrado nesta segunda-feira, 17 de maio. A data foi instituída pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência, e a Cultura) para estimular a reflexão sobre o consumo, seus impactos e o descarte correto dos resíduos. Conectados às iniciativas de sustentabilidade, desde a sua concepção, os shoppings RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy mantêm em suas estruturas Centrais de Resíduos, que destinam corretamente todo o resíduo com potencial de reciclagem gerado pelos lojistas, funcionários e clientes dos empreendimentos.

As Centrais de Resíduos contribuem também para geração de emprego e renda de catadores e suas famílias, moradores do entorno dos shoppings, que administram as Centrais, em parceria com os shoppings, ficando com os valores arrecadados com a venda do material reciclado. Ao todo, 16 famílias são beneficiadas diretamente com a renda gerada nas Centrais dos dois shoppings, administradas pela Associação da Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no RioMar Fortaleza, e pela Rede dos Catadores de Resíduos Sólidos do Estado do Ceará, no RioMar Kennedy.

Só no ano de 2020, foram reciclados nas duas Centrais quase 422 toneladas, entre papel, papelão, plástico, vidro, metal e alumínio.

Dados da Centrais RioMar Fortaleza e Kennedy/2020:

2.172,8 kg de papel

344,65 kg de papelão

3.192,3 kg de vidro

4. 448,66 Kg de plástico

1.342,2 kg de Alumínio (latinhas)

Essa iniciativa está presente em todos os shoppings administrados pelo Grupo JCPM no Nordeste (Salvador Shopping, Salvador Norte Shopping, RioMar Aracaju, Jardins, RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy, RioMar Recife) e, ao longo de 2020, foram segregados 1.857,7 toneladas de recicláveis, beneficiando 154 pessoas que atuam diretamente nas sete centrais.

RioMar e Sustentabilidade
Os shoppings do Grupo JCPM no Ceará, RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy, já foram concebidos e construídos como equipamentos sustentáveis, recebendo, por exemplo, a Certificação AQUA (Alta Qualidade Ambiental) da Fundação Vanzolini de São Paulo, nas fases de concepção, projeto e realização da obra.

Os empreendimentos são capazes de consumir 35% a menos de energia, quando comparado a outros empreendimentos convencionais, pois têm amplo aproveitamento da iluminação natural. Os sistemas inteligentes de refrigeração e de aproveitamento da água de condensação dos aparelhos de ar-condicionado também proporcionam mais economia de recursos naturais. Quanto ao consumo de água, a redução chega a 70% de economia, com a utilização de sistema de descargas e mictórios a vácuo, além de torneiras com detectores de presença. Nos shoppings também podem ser encontrados pontos de reciclagem de resíduos eletrônicos, pilhas e baterias.

Assim, o Grupo JCPM compreende que é preciso agir hoje para um amanhã sustentável e tem em suas diretrizes ações de sustentabilidade socioambiental e, desde 2018, implementou o Manifesto de Sustentabilidade com o tema “E você? O que pode fazer pelo amanhã, hoje?”, com foco nas operações sustentáveis dos empreendimentos que administra.

Serviço:

Dia Mundial da Reciclagem, 17 de maio

Centrais de Reciclagem nos shoppings RioMar

RioMar Fortaleza – R. Des. Lauro Nogueira, 1500 (Estacionamento, Piso E1)

Comunidade Nossa Senhora Aparecida

RioMar Kennedy – Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 (Estacionamento, Piso E2)

Rede de Catadores de Resíduos Sólidos do Estado do Ceará

Coema aprova projeto de complexo fotovoltaico em São Gonçalo do Amarante

O empreendimento solar Complexo Mundo Novo, localizado dentro do Complexo Industrial Multimodal Portuário da Taíba (CIMPORT), foi aprovado pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema), em sua 287ª Reunião Ordinária, nesta quinta-feira (06), com transmissão via Youtube da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). Características dos meios físico, biológico e socioeconômico da área e seu entorno, identificação e caracterização dos impactos ambientais e mitigação deles foram alguns dos aspectos apresentados ao colegiado.

O Complexo está projetado para uma potência total de 182 MW. Instalado na Fazenda Mundo Novo, no município de São Gonçalo do Amarante, o empreendimento compreenderá uma área aproximadamente de 393,18 hectares. O complexo se qualifica como um projeto de produção de energia elétrica a partir da irradiação solar, aumentando a disponibilidade de energia elétrica para o país.

De acordo com o projeto, no processo de aproveitamento da energia solar não existem: emissões de poluentes atmosféricos (gases); resíduos sólidos (lixo), emissões de efluentes (águas contaminadas e esgotos) e nem tão pouco há consumo de outros bens naturais, como a água. O único processo existente durante a operação é de transformação da irradiação solar em energia elétrica.

O projeto proposto para produção de energia fotovoltaica se constitui de quatro usinas, sendo uma fotovoltaica de potência individual de 44MW e três fotovoltaica de potência individual de 46MW.

Cada usina é composta pela união de diversos painéis solares, que produzem energia elétrica em corrente contínua e posteriormente segue para os inversores de frequência. Os inversores a transformam em corrente alternada. Com isso, a energia segue para o transformador que eleva a tensão de saída dos inversores, para tensão padrão da rede de energia. Logo, a energia segue para rede de distribuição.

O complexo também propõe a construção de uma linha de transmissão, com aproximadamente 8 quilômetros de distância linear, permitindo a conexão entre o complexo Mundo Novo e a Subestação Pecém.

A apresentação do projeto ao Coema faz parte das etapas do licenciamento ambiental da Semace. Na ocasião, o encontro virtual foi presidido pelo secretário Estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno, contado também com a presença do secretário-executivo do Conselho e superintendente da Semace, Carlos Alberto Mendes.

Duas cobras pítons são resgatadas pela Semace em ação de entrega voluntária

Em atenção a uma solicitação de entrega voluntária, duas cobras pítons foram resgatadas pela equipe de Diretoria de Fiscalização (Difis) da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), no município de Groaíras. Os animais estavam sob posse irregular de um cidadão que os mantinham em sua residência sem autorização ambiental.

Os répteis são da espécie Python bivittatus (nome científico), sendo uma de padrão selvagem e a outra albina. Por se tratar de espécie exótica, que não pode ser solta em habitat do país, as cobras serão destinadas aos dois zoológicos de Fortaleza, Sargento Prata e Ecopoint, lugares onde deverão receber tratamentos adequados.

A demanda foi solicitada à autarquia através do e-mail atendimento.fauna@semace.ce.gov.br, canal especialmente destinado para assuntos de Fauna da Difis. Na ocasião, “o solicitante informou que estava de posse irregular dos animais, e que não tinha condições de entregar na instituição”, informou o fiscal ambiental da autarquia, Roberto Cavalcante.

Entrega voluntária

A entrega voluntária aos órgãos competentes é o melhor caminho de destinação de animais silvestres mantidos sob posse irregular e evita também possíveis sanções. Com o objetivo maior de devolver esses tipos de animais aos seus devidos habitats, a Semace atua prontamente no atendimento de solicitações de entrega voluntária. A atitude de entrega não implica em sanções administrativas, garante a Difis da autarquia.

“É importante que as pessoas se conscientizem que a posse irregular de animais silvestres é caracterizada como crime ambiental. A entrega voluntária é o ato mais correto. Inclusive, a legislação exime de pena/sanção o cidadão que faz entrega voluntária”, destaca Roberto.

Disque Natureza

A Semace também possui o Disque Natureza, além do aplicativo Semace Mobile, para casos de denúncias de agressão ou resgate de animais silvestres, através do contato 0800.2752233 (ligação grátis). A autoria da denúncia é preservada.

Semace resgata macaco-prego e autua por cativeiro irregular em Trairi

Em Trairi, um Macaco-prego foi resgatado por fiscais ambientais da Diretoria de Fiscalização (Difis) da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) nesta terça-feira (20), na praia do Mundaú. Em condições irregulares, o animal encontrava-se sob posse de uma cidadã que o mantinha preso acorrentado em sua residência.

A ação foi motivada através de uma denúncia anônima. Na ocasião, os fiscais da Superintendência flagraram o crime ambiental, resgatando o animal e aplicando multa de R$ 5.000,00, como prevê o Decreto Federal n° 6.514/2008.

O macaco foi levado para um empreendimento de fauna regularizado, onde recebe prontamente cuidados de um veterinário.

“A Difis da Semace tem buscado coibir essa prática ilegal visto que a guarda de animais silvestres em cativeiro sem a devida autorização, além de irregularidade administrativa é crime ambiental passível de detenção de seis meses a um ano, além da multa”, informa a diretora do setor, Carolina Braga. Segundo aponta o Artigo 24 do Decreto Federal Nº 6.514/2008, para espécie constante na lista da CITES, a multa é de R$ 5.000,00 por indivíduo.

A operação da Semace contou com o apoio do Batalhão de Policiamento de Meio Ambiente (BPMA).

Macaco-prego

O Macaco-prego (nome científico Sapajus apella) faz parte da lista da Convenção sobre Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagem em Perigo de Extinção (CITES). A espécie pertence à família Cebidae e tem ampla distribuição na América do Sul. São considerados um dos primatas mais inteligentes das Américas.

Denúncias

A Semace ressalta que denúncias de irregularidades ao meio ambiente podem ser formalizadas através do Disque Natureza: 0800 275 22 33, via site da Semace e aplicativo Semace Mobile.

Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail: atendimento.fauna@semace.ce.gov.br.

Nespresso e Correios instalam ponto de coleta de cápsulas em Fortaleza

Alinhada com o compromisso global de oferecer uma solução de reciclagem para cada consumidor, a Nespresso, marca líder em cafés porcionados, disponibilizou uma base para recebimento de cápsulas usadas em uma unidade dos Correios localizada na capital cearense (agência Central). O projeto piloto é fruto de uma parceria inédita entre as duas organizações, como parte da estratégia da Nespresso de ampliar a sua capacidade de reciclagem em nível nacional. A ação começou em Fortaleza e, agora, segue para outros importantes mercados: São Paulo capital, Piracicaba e Santos, inicialmente também como piloto.

“Temos muitos consumidores em Fortaleza, e nossa escolha de iniciar o piloto na região é devido à preocupação evidente do púbico local com a reciclagem. Além disso, faz parte da nossa responsabilidade enquanto marca disponibilizar uma opção de reciclagem para cada pessoa que consome nossos produtos. Pretendemos ampliar ainda mais nossa capacidade local, juntamente com a abertura de Boutiques (lojas Nespresso) no futuro” diz Cecilia Soares, Gerente de Sustentabilidade da Nespresso no Brasil.


Os consumidores podem levar suas cápsulas usadas e descartá-las em local determinado dentro da unidade dos Correios, que fará a transferência do material até o Centro de Reciclagem da 
Nespresso, localizado na região metropolitana de São Paulo, para separar o pó de café do alumínio, sem a utilização de água. “No processo de economia circular, o alumínio é infinitamente reciclável, ou seja, ele volta para o seu ciclo de vida em formas variadas, como bicicletas e canetas. Enquanto o pó de café será compostado, se tornando adubo orgânico”, explica Cecilia.

A parceria com as agências dos Correios começa como um projeto embrionário, que pretende chegar a outros lugares, na medida em que evoluir. O presidente da estatal, Floriano Peixoto, ressaltou que “os Correios estão engajados em ações que promovam a sustentabilidade, fornecendo soluções acessíveis e confiáveis para aumentar a participação da população. A empresa tem adaptado seus serviços a essas necessidades, somando atitudes empresariais e individuais que gerem valor à sociedade”. Após a avaliação dos resultados, o piloto poderá ser estendido para mais 40 agências, em âmbito nacional.


No Brasil, a 
Nespresso iniciou a reciclagem em 2011 e investe mais de R$ 5 milhões de reais por ano em ações ligadas à reciclagem. Desde 2011, atua com um sistema próprio de reciclagem, responsável por separar o pó de café do alumínio em seu Centro de Reciclagem. É possível conhecer o trabalho realizado pela empresa no local por meio do tour virtual. Atualmente, a companhia possui 200 pontos de coleta espalhados pelo Brasil e tem a meta de atingir 30% de reciclagem efetiva até dezembro de 2021. Tanto as cápsulas da linha doméstica quanto da linha profissional podem ser recicladas. 

Correios e Nespresso – ponto de coleta                                                                                  


Agência Central de Fortaleza

Rua Senador Alencar, 38, Centro, CEP: 60030-970, Fortaleza (CE)


Tour Virtual ao Centro de Reciclagem da Nespresso

https://www.nespresso.com/centro-de-reciclagem/tour-virtual 

Natura &Co América Latina atinge compromisso de ter 50% de lideranças femininas na região

Natura &Co América Latina, que reúne as operações de Avon, Natura, The Body Shop e Aesop na região, alcançou o compromisso de ter 50% de lideranças femininas em 2020 ao alcançar 51% de mulheres em cargos de direção ou acima, no ano passado. O compromisso, que faz parte das Ambições 2020 assumidas pela Natura em 2014, foi ampliado para todas as empresas do grupo Natura &Co com o lançamento do Compromisso com a Vida, a Visão de Sustentabilidade 2030 do grupo.

Globalmente, o grupo Natura &Co se comprometeu a aumentar o número de mulheres na liderança e no Conselho de Administração de 35% para 50% até 2023, bem como garantir paridade de gênero e remuneração igualitária entre toda a sua força de trabalho até 2023, contribuindo para promover a equidade de gênero na organização.

Com a nova organização do grupo, após a chegada da Avon ao grupo em janeiro de 2020, os objetivos desse Compromisso ganham força ao alcançarem mais de 18 mil colaboradores e colaboradoras na América Latina, das quais 60% são mulheres. Em todas nossas unidades de negócio contamos com mulheres altamente qualificadas, capazes, comprometidas em alcançarem suas próprias metas e as dos negócios. Temos a determinação de promover ao máximo o potencial das talentosas mulheres que fazem parte do grupo e estamos comprometidos com oferecer-lhes a oportunidade de progresso e desenvolvimento que desejem alcançar”, afirma Milena Buosi, gerente de Diversidade e Inclusão de Natura &Co América Latina.

Ciente de que o desenvolvimento sustentável só será alcançado se juntarmos esforços para a eliminação das barreiras tangíveis e não tangíveis que limitam o desenvolvimento das capacidades da população feminina, Natura &Co acredita que garantir acesso a condições de trabalho que permitam assegurar melhores condições de vida para mulheres contribui também com a redução da desigualdade social. Essas metas se alinham com pelo menos três dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – ODS5: Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas, ODS8: Promover o trabalho Decente e Crescimento Econômico e o ODS10: Redução das Desigualdades.

De acordo com informações divulgadas pela Organização Internacional do Trabalho, 70% das mulheres no mundo têm o desejo de ter um trabalho remunerado, não obstante enfrentam alguns desafios comuns como a dificuldade da conciliação da vida familiar com o trabalho e uma maior dificuldade de acesso a equidade de oportunidades com homens, à medida em que aumentam o nível de escolaridade e expertise.

Em Natura &Co, acreditamos que as empresas são importantes agentes de transformação social e, por meio dos produtos das nossas empresas, serviços e comportamento empresarial, podemos influenciar as mudanças que entendemos necessárias na sociedade. Assim, para promover a equidade de gênero, atuamos através de três pilares: liderança feminina, corresponsabilidade e combate à violência contra a mulher. Nesse contexto, além das metas de inclusão, temos como compromisso promover bem-estar durante a jornada de trabalho, contribuindo para que as colaboradoras tenham uma melhor experiência e consigam conciliar carreira e com a vida pessoal. Exemplo disso foram as iniciativas implementadas para conviver na nova realidade de trabalho em casa, promovendo horários de almoço estendidos (das 12h às 14h) e ações como Tempo Presente, que deu direito a um dia livre para mães no mês do Dia das Mães.

Também foi lançada no ano passado para Natura &Co na América uma política de enfrentamento à violência de gênero, que direciona a adoção de procedimentos e recursos para apoiar as colaboradoras que estiverem em situação de violência. Antes dessa unificação, as principais empresas do grupo, Natura e Avon, possuíam protocolos locais de apoio às colaboradoras em situação de violência em alguns países, que agora serão ampliados para toda a região, reforçando o compromisso com a causa e a equidade de gênero na América Latina.

Um exemplo de destaque da liderança feminina está na área de inovação: 70% do corpo de cientistas do Centro de Inovação da Natura são mulheres. Elas são mestres, doutoras e PhD de diversas áreas do conhecimento que lideram projetos científicos disruptivos que estão transformando o futuro da cosmética – sem testes em animais, inspirada pelos ativos da biodiversidade brasileira e orientada a gerar benefícios para o meio ambiente e a sociedade.

 

Compromisso com a Vida 2030

O Compromisso possui três pilares: enfrentar a crise climática e proteger a Amazônia, Abraçar a Circularidade e a Regeneração e Defender os Direitos Humanos e sermos mais humanos. Esse último, se refere a igualdade de gênero, inclusão de grupos sub-representados e salário digno para colaboradoras e colaboradores; aumentos mensuráveis nos ganhos, ensino e saúde da rede; e intolerância contra a violação dos direitos humanos na cadeia de suprimentos.

 

Sobre Natura &Co

Natura &Co é um grupo global de cosméticos multicanal e multimarcas que inclui Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. Em 2020, o grupo registrou receita líquida de R$ 36,9 bilhões. As quatro empresas que compõem o grupo estão empenhadas em gerar impactos econômicos, sociais e ambientais positivos. Há 130 anos, a Avon é sinônimo de mulher: oferecendo produtos de beleza inovadores e de qualidade que são vendidos principalmente para mulheres, pelas mulheres. Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira do segmento de cosméticos e higiene pessoal, líder em vendas diretas. Fundada em 1976 em Brighton, na Inglaterra, por Anita Roddick, The Body Shop é uma marca global de beleza que busca fazer uma diferença positiva no mundo. A marca de beleza australiana Aesop foi fundada em 1987 com o objetivo de criar uma linha de produtos superlativos para a pele, o cabelo e o corpo.

Sustentabilidade: MRV deixa cidades mais verdes e promove melhorias urbanas

 

Ao longo de 41 anos de atuação no mercado imobiliário, a MRV intensificou seus investimentos nos pilares ESG (Enviromental, Social and Governance) se tornando referência no setor quando se trata de sustentabilidade. Apesar da temática ter ganhado destaque no último ano entre as empresas, a companhia já adota ESG como metas permanentes para sua alta gestão desde 2015. Exemplo disso está no investimento em urbanização, que se refere ao valor que é aplicado diretamente nas cidades de atuação da companhia.

Somente no ano passado, a MRV, uma plataforma de soluções habitacionais, investiu cerca de R$ 230 milhões nos municípios onde atua com execução de obras de pavimentação, construção de estações de tratamento de água e esgoto, de parques, ciclovias, entre outras diversas melhorias em equipamentos públicos de forma espontânea ou por meio de parcerias público privadas acordadas com prefeituras em função de seus empreendimentos.

A MRV está presente em mais de 160 cidades em todo o Brasil. Se somada ao investimento dos últimos quatro anos, a quantia empregada para garantir mais qualidade de vida dos seus clientes e da vizinhança dos seus empreendimentos chega a R$ 1 bilhão. Segundo o presidente da companhia, Eduardo Fischer, este valor faz parte de uma estratégia de negócio da MRV.

“É o conceito de entrega do nosso produto, por isso não somos apenas uma construtora, entregamos soluções em moradia. E a moradia não se resume ao apartamento de ótima qualidade. Toda a vizinhança de um empreendimento influencia o valor agregado do imóvel, como boas vias de acesso, iluminação pública, saneamento, espaços de lazer e integração com o meio ambiente. Isso traz benefício para toda comunidade ou mesmo um bairro inteiro”.

Também em 2020,  a MRV destinou mais de R$ 5 milhões para o plantio de árvores, o que representa 160 mil mudas espalhadas por todo o país. O plantio ocorre com finalidades diversas, desde paisagismo até a recomposição de áreas de preservação ambiental. Esta ação está prevista na “Visão 2030 MRV”, documento que relaciona as atividades da empresa ao alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), sendo um importante norteador do investimento relacionado à sociedade e meio ambiente.

No ano passado, o presidente Eduardo Fischer, se tornou um Líder de ImPacto, programa do Pacto Global da ONU, que coloca presidentes de grandes marcas como porta-vozes da sustentabilidade para a evolução dos negócios inserindo os ODS nas estratégias de suas companhias. Fischer adotou o ODS11, Cidades e Comunidades Sustentáveis.

“A MRV entende que faz parte do desenvolvimento urbano e da manutenção do meio ambiente. Todo o setor privado está entendendo que precisa promover o bom uso dos recursos para que as populações tenham melhor qualidade de vida e é isso que vamos continuar fazendo”, explicou Fisher.

Crédito da imagem: iStock