Browsing Tag

investimento

Banco do Nordeste ultrapassa R$ 8 bilhões investidos no Crediamigo em 2020

O cenário de pandemia trouxe um desafio a mais para os microempreendedores, o da reinvenção. Foi por esse caminho que Werbeson Feitosa Bezerra e o Banco do Nordeste trilharam juntos. Para Werbeson, “o BNB, por meio do Crediamigo, impulsionou meu desejo de crescimento pessoal e profissional, ampliou minha visão de mundo e se tornou a chave de meu sucesso”.

O Banco do Nordeste acaba de ultrapassar, na posição do último dia 25 de setembro, a marca de R$ 8 bilhões desembolsados pelo Crediamigo, o seu programa de microcrédito urbano. O valor corresponde a 3 milhões de operações realizadas em toda a área de atuação da Instituição, os nove estados da Região e o norte de Minas Gerais e do espírito Santo.

Para o superintendente de Microfinança e Agricultura Familiar do BNB, Antônio Jorge Pontes Guimarães, “no apoio à retomada da economia nesse período de crise sanitária, o Crediamigo do Banco do Nordeste tem sido fundamental para os microempreendedores, um impulso às suas atividades e o melhor crédito para a superação dessa fase”.

É o caso de Werbeson, cliente do Crediamigo desde 2018, quando realizou seu primeiro empréstimo e retirou aproximadamente R$ 1.000. Com o recurso, montou uma pequena loja de acessórios para celular, em Fortaleza. Em dois anos, fez mais 7 empréstimos, ampliando o capital de giro e estoque, o que lhe permitiu elevar a rotatividade e, consequentemente, o lucro.

Maior programa de microfinança urbana da América do Sul, o Crediamigo do Banco do Nordeste oferece capital de giro e investimento para micro e pequenos empreendedores, com financiamentos que variam de R$ 100 a R$ 21 mil, contemplando empreendedores individuais ou em grupo. Mais de 2 milhões de empreendedores já foram atendidos pelo programa, que, além do crédito, oferece orientação para uma aplicação eficiente do recurso.

No Ceará, as contratações do Crediamigo alcançaram R$ 2,5 bilhões, montante 7,1% superior às contratações realizadas em igual período do ano passado, que somaram R$ 2,3 bilhões. Somente no Estado, o número de operações em 2020 já ultrapassou a marca de 1 milhão.

Sicredi Asset é destaque em guias de fundos de investimentos da Investidor Institucional e do Valor Econômico

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 4,5 milhões de associados e atuação em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal – conquistou, por meio de sua gestora de recursos, quatro colocações de seus fundos de renda fixa no ranking “Melhores Fundos Para Institucionais”, da Revista Investidor Institucional. Os produtos foram classificados como “excelentes” pelo guia, que considera o período de 12 meses, até dia 30 de junho de 2020.

“A classificação da Investidor Institucional confere aos nossos produtos de renda fixa não só o reconhecimento deles no mercado como também nos orienta sobre estarmos disponibilizando as oportunidades mais rentáveis aos nossos associados. A Asset do Sicredi é responsável pela gestão de mais de R$50 bilhões e possui rating “Forte” pela Fitch Ratings, o que demonstra a robustez e a qualidade de nossos processos de investimentos que, por fim, nos permite oferecer produtos e serviços financeiros dos mais simples aos mais complexos de forma segura e rentável”, diz Ricardo Green Sommer, diretor de Gestão de Recursos de Terceiros do Sicredi.

 

Guia Valor de Fundos de Investimento 2020

Além da classificação pela Revista Investidor Institucional, a Sicredi Asset também foi destaque, no mês passado, no Guia Valor de Fundos de Investimento 2020, publicação do jornal Valor Econômico. O fundo Sicredi FI Institucional RF IRF-M ficou entre os 10 mais rentáveis na categoria Renda Fixa Ativo.

O fundo Schroder Sicredi Ibovespa FIA, também distribuído pelas cooperativas do Sicredi, figurou no ranking como um dos 10 fundos mais rentáveis e entre os cinco com mais cotistas do guia na categoria Ações Índice.

 “Além das avaliações, que conferem os bons desempenhos dos nossos fundos nos rankings, o Sicredi segue implementando melhorias que favoreçam ainda mais os nossos associados. Uma delas foi a revisão do nosso portfólio, na qual reduzimos as taxas de administração dos nossos fundos e também a diminuição dos tickets de aplicação inicial para os fundos de varejo. Cabe lembrar que a Sicredi Asset também lançou um fundo multimercado, que busca teses de investimento complementares, que sobrevivam aos momentos de volatilidade e tensão do mercado. Assim, possuímos estratégias em juros, inflação, câmbio, bolsa e commodities, que podem trazer maior volatilidade ao produto, mas que permite a busca de ganhos de capital no longo prazo”, ressalta Sommer.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

 

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Banco do Nordeste prepara linha de crédito voltada para serviços de saúde

O Banco do Nordeste está preparando a linha de crédito FNE Saúde, com o objetivo de financiar projetos de investimento para a implantação, expansão e modernização da estrutura física de empresas do segmento da saúde humana. Com o novo produto, que conta com o apoio da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), o Banco pretende impulsionar o aumento da produção de itens e equipamentos vinculados ao setor, assim como ampliar a capacidade instalada de atendimento em toda sua área de atuação, agregando melhoria na qualidade da prestação de serviços à sociedade.

A nova linha de crédito terá como público-alvo prestadores de serviços de saúde, inclusive aquelas de natureza filantrópica e sem fins lucrativos. O FNE Saúde utilizará recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, principal funding do BNB. Toda a linha foi estruturada de acordo com necessidades diagnosticadas no mercado e de modo convergente às prioridades trazidas no Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE – Sudene).

Entre os itens financiáveis estarão obras civis, máquinas e equipamentos, softwares, móveis e utensílios, veículos automotores, aquisição de unidades industriais, aeronaves para o transporte de enfermos, insumos, peças, componentes e produtos críticos para saúde, estudos e projetos de engenharia, treinamento, consultorias, serviços técnicos especializados e capital de giro associado.

Poderão ainda ser enquadrados como projetos de saúde em inovação, com as melhores condições ofertadas pela linha, aqueles vinculados às atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação, nas seguintes linhas de atuação: biofármacos, farmoquímicos e medicamentos; equipamentos, materiais e dispositivos médicos; desenvolvimento de novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) aplicadas na atenção à saúde à distância (telesaúde e telemedicina); e medicina regenerativa.

O Banco do Nordeste tem realizado investimentos no setor de saúde humana em toda sua área de atuação, que engloba os nove estados do Nordeste, além do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. No ano de 2018, foram aplicados R$ 865,2 milhões no segmento. Em 2019, o montante investido subiu para R$ 1,2 bilhão. Apenas no primeiro semestre de 2020, o BNB soma R$ 287,7 milhões aportados no segmento, dado que representa crescimento de 0,9% e 0,8%, respectivamente, quando comparado com igual período dos anos anteriores.

Aplicações do Banco do Nordeste no segmento  empresarial crescem 34,8% no primeiro semestre

 

O Banco do Nordeste investiu, no primeiro semestre deste ano, R$ 3,4 bilhões no segmento empresarial, registrando incremento de 34,8% em relação ao mesmo período de 2019, quando o BNB contratou R$ 2,5 bilhões. Do total contratado, R$ 247,9 milhões correspondem especificamente a operações financiadas no âmbito do Programa de Infraestrutura (Proinfra).

Foram 3.884 operações contratadas em toda a área de atuação do Banco, que inclui os nove estados da Região e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Os recursos são oriundos do funding Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Para o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim, “o incremento das aplicações no segmento evidencia a capacidade dos empreendedores e também do Banco de superarem as dificuldades de um ano atípico, reforçando a ideia de que, como parceiros, empresas e BNB acreditam na retomada breve da economia no contexto pós-pandemia”.

O Ceará liderou as contratações do segmento, com R$ 654,3 milhões para o total de 762 operações. Em valores, segue-se Pernambuco, com R$ 634,3 milhões, equivalentes a 638 operações, enquanto, em termos de contratações, o Maranhão destacou-se na segunda posição, com 699 operações, totalizando R$ 205,4 milhões.

O Banco do Nordeste conta, ainda, com o FNE Emergencial, que oferece crédito com taxa de juros a 2,5% ao ano, além da redução das taxas de juros para produtos como Giro Especial e FNE Giro, criando possibilidades para as empresas superarem dificuldades ocasionadas pela pandemia.

O Banco do Nordeste também disponibiliza para o segmento Empresarial – empresas com faturamento anual de R$ 4,8 milhões até R$ 400 milhões – recursos com fonte de poupança rural que permitem a contratação de operações com taxas competitivas para os produtos Custeio, Comercialização e no âmbito do Programa de Financiamento para Comercialização, Beneficiamento ou Industrialização de Produtos de Origem Agropecuária (Finagro).

Investimentos para pequenas empresas é tema de live com especialista

 

A reinvenção das pequenas empresas tem sido um dos temas mais falados pelos especialistas durante a pandemia. Com o tema “Investimento para pequenas empresas: Por onde começar?”, a Vivaz Soluções em RH promove uma live no dia 9 de julho, a partir das 19h, em seu canal no instagram @vivazsolucoes.

O Victor Ibiapina, diretor-sócio da Vivaz Soluções vai conversar com a Carolina Rebouças, consultora da Ápice Investimentos, escritório representante da XP Investimentos em Fortaleza. A consultora vai apresentar aos empreendedores algumas opções de investimentos e abordar quais pontos deve ficar atento, na hora de fazer estes investimentos com foco no seu negócio.

As empresas que estavam organizadas financeiramente, com um bom caixa e possuíam investimentos financeiros, sofreram os impactos da pandemia, porém de forma mais branda. “Acredito que um planejamento de investimentos será essencial para manutenção da saúde de uma empresa durante uma próxima crise. É preciso continuar a investir no digital, mas é preciso também ter capital investido em uma reserva de segurança pensando no médio e longo prazo”, afirma Victor Ibiapina.

O momento é de adaptação e pensar no futuro. “Ao pensar em investimentos para pessoa jurídica, é muito importante ressaltar que não há receita de bolo, cada empresa deve planejar seus investimentos de acordo com seus objetivos e nicho de negócio”, completa Carolina Rebouças.

Este bate papo tem o objetivo de clarear e mostrar para os empreendedores que também devemos pensar em investimentos para os nossos negócios e explicar algumas opções de investimentos para empresas. Para saber mais sobre investimentos e negócios, siga os perfis no instagram @carolinaoliveirarb e @apiceinvestimentos.

 

Serviços:

Live: “Investimento para pequenas empresas: Por onde começar?”

Dia 9 de julho, às 19h

Canal instagram @vivazsolucoes

Não precisa fazer inscrição.

Mais informações: 85 2181-6931

Presidente da VCI SA  promove live no Instagram para falar sobre as operações da Hard Rock

O empresário, Samuel Sicchierolli, presidente da VCI SA, incorporadora de marcas da hotelaria internacional em estados brasileiros,  como a Hard Rock, realiza, nesta quinta-feira (28/05), a partir das 20h, live no Instagram (@vci_sa) para tratar das operações dos empreendimentos da empresa. No Ceará, a VCI SA está construindo o Residence Club at The Hard Rock Hotel Fortaleza, na praia de Lagoinha, em Paraipaba. Outra marca que a empresa está à frente é a espanhola EuroStars.
Quem quiser adiantar as perguntas pode enviar os questionamentos via stories do Instagram ou durante a live. “Vamos promover um bate papo voltado para os nossos clientes e para o público em geral. Estaremos à disposição para responder às perguntas. Trabalhamos sempre com a devida transparência de todos os atos e, neste momento em que mais adequado é usar as redes sociais para isso, consideramos importante estreitar essa relação com o público por meio delas”, destaca Samuel Sicchierolli.
VCI
A VCI S/A é pioneira no País em trazer o conceito de multipropriedade para empreendimentos de alto padrão. É o caso do Hard Rock Hotel. Além do Ceará, o empreendimento está presente em Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo e Paraná (Ilha do Sol).
SERVIÇO:
Live no Instagram sobre Hard Rock no Brasil
Data: quinta-feira (28/05)
Horário: 20h
Instagram (vci_sa)

Porto de Fortaleza cresce na movimentação de carga e no resultado financeiro

 

A Companhia Docas do Ceará fechou o balanço financeiro do primeiro quadrimestre deste ano com alta de 7,94%, em comparação ao mesmo período de 2019. A receita oriunda das cargas movimentadas, de janeiro a abril último, atingiu o montante superior a R$ 22 milhões, com forte contribuição da movimentação dos  granéis sólidos (cereais e não-cereais).

Somente o trigo respondeu, no período analisado de 2020, por 410.360,850 toneladas e já alcançou 38% de tudo o que foi movimentado no ano passado (1.061.482,478 toneladas). Superando o primeiro quadrimestre de 2019. No âmbito do Nordeste, o Porto de Fortaleza movimentou 40% de todo o trigo no ano passado.

De acordo com a diretor de Administração e Finanças da Companhia Docas do Ceará, Humberto Castelo Branco, esse incremento na movimentação dos granéis sólidos, que vem contribuindo para o bom desempenho do resultado financeiro da CDC, faz parte do planejamento estratégico aprovado pela diretoria executiva da companhia. “Contando com a movimentação da carga geral e contêineres, estamos focando nossa atividade nos granéis sólidos (cereais e não-cereais) e nos granéis líquidos. Este último, apesar de uma leve queda na movimentação devido ao cenário de saúde pública que se instalou desde março de 2020, será reaquecido em breve”.

E no final de semana foi concluída a operação pela Multlog para exportação de 45 mil toneladas de escória do cliente Apodi com destino à França. Um novo carregamento deste mesmo material, só que da Votorantim, terá início até o final desta semana com a operação, também, realizada pela  Multlog. Na semana em curso, o Porto de Fortaleza registar ocupação dos seus berços 103, 104, 105, 106 e 201, com a movimentação de trigo, magnésio, alcatrão, carga de projeto e Gás Liquefeito de Petróleo – GLP.

Cidades que possuem atuação da MRV receberam investimento de R$ 235 milhões em 2019

 

A plataforma de soluções habitacionais MRV investiu R$235 milhões em recursos durante o ano passado para melhorias dos municípios onde a empresa tem negócios. No acumulado dos últimos 10 anos o montante ultrapassa R$ 1,4 bilhão.

Os valores destinados à urbanização fazem com que o impacto de um novo empreendimento seja positivo, uma vez que áreas urbanizadas trazem maior conforto e se valorizam no mercado. O investimento em equipamentos públicos não é apenas um benefício, ele faz parte do propósito da MRV “construir sonhos de transformam o mundo”.

A urbanização é um dos pilares da companhia. O conceito de moradia da MRV envolve a valorização de imóveis e empreendimentos atrelados à qualidade de vida da população. Assim, o produto da empresa engloba benefícios que irão gerar transformações para a vizinhança, bairros e para cidade.

Os recursos em infraestrutura de urbanização se referem a pavimentação asfáltica, arborização, ciclovias, parques lineares para caminhadas e, em casos de parcerias com o poder público, a instalação de postos de saúde e policiamento, creches, dentre outros.

No Ceará, a construtora investiu mais de R$ 4 milhões. Os principais investimentos foram em Fortaleza, Maracanaú e Eusébio, onde a construtora contribuiu para a melhoria dos entornos de seus empreendimentos, como obras em: vias, parques, praças, equipamentos públicos e infraestrutura urbana em geral, de acordo com as demandas locais.

Segundo o coordenador de obras regional, Wagner Borges, as iniciativas da MRV mudam o cenário das regiões onde construímos e a construtora consegue ter um retorno que vai além do financeiro. “Visamos atender as necessidades da cidade e da comunidade, promovendo uma habitação sustentável para o cliente e para a vizinhança do empreendimento”, ressalta.

 

Sobre MRV

Há mais de 40 anos no mercado e com atuação em mais de 160 cidades, a MRV tem como propósito construir sonhos que transformam o mundo e acredita que esta transformação começa do lado de dentro. Investindo mais de R$ 80 milhões anualmente em inovação, a empresa acompanha as transformações e necessidades do setor imobiliário e procura estar à frente, criando tendências e focando na evolução constante de seus processos. Tanto que é a primeira empresa de seu setor a desenvolver e colocar em funcionamento uma plataforma de vendas, que possibilita seus clientes realizarem todo o processo de compra de um imóvel digitalmente.

LUCRO LÍQUIDO DA TIM CRESCE MAIS DE 30% EM 2019

A TIM encerra mais um ano demonstrando a força da sua estratégia baseada na inovação e melhor experiência do cliente. Mesmo em um cenário econômico desafiador, a operadora registra lucro líquido normalizado(1) de R$ 2.049 milhões, alta de 32,1% na comparação com 2018. No trimestre, o crescimento é de 28,7%, chegando a R$ 756 milhões.

O resultado é alavancado pelo consistente crescimento da receita líquida de serviços – R$ 4.357 milhões no 4T19, aumento de 3,2% ano a ano –, além da redução de custos e otimização de investimentos. O EBITDA normalizado(1) é o maior da história da companhia: R$ 1.967 milhões no 4T19, alta de 8,1% na comparação anual. A margem EBITDA também é recorde e cresceu pelo sexto ano consecutivo, chegando a 42,9% no quarto trimestre.

(1) Os valores indicados como normalizados foram ajustados para efeitos não-recorrentes.

“O ano de 2019 foi marcado pela retomada da inovação da TIM. Voltamos a ditar tendências em oferta, estivemos mais presentes na mídia com uma comunicação diferenciada, apostamos em segmentos como o agronegócio para trazer novas fontes de receita e lideramos a preparação para a chegada do 5G ao Brasil. Como resultado, conquistamos indicadores históricos e recuperamos a nossa imagem em todos os segmentos. Estamos prontos para um 2020 ainda melhor, preparados para protagonizar os movimentos do mercado e entregar sempre a melhor experiência para os clientes”.

PIETRO LABRIOLA – CEO da TIM BRASIL

 

Novos negócios e parcerias

 

A TIM se consolida como líder no processo de digitalização do campo e já cobre 5,1 milhões de hectares com sua rede 4G. A companhia aposta no agronegócio, aliando-se aos principais players para se posicionar como a fornecedora de conectividade do setor. A TIM é embaixadora do ConectarAGRO, junto com AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec e Trimble.

 

A operadora é pioneira no desenvolvimento do 5G no Brasil e conta com parcerias com instituições de ensino, fornecedores de tecnologia e hubs de startups, criando três 5G Living Labs para estudar a tecnologia. No quarto trimestre, lançou o polo de Campina Grande (PB), que se junta aos laboratórios de Florianópolis (SC) e Santa Rita do Sapucaí (MG). Também ativou, em dezembro, a rede experimental no Cubo Itaú, em São Paulo.

 

Inovação na Rede

 

Em 2019, a TIM confirma mais uma vez a liderança na cobertura 4G, com 3.477 municípios cobertos, representando 94% da população urbana do país. O tráfego de dados na rede de quarta geração ultrapassa 85%, uma alta de nove pontos percentuais em relação a 2018.

 

O foco no fortalecimento de infraestrutura foi primordial para o resultado, com 90% do Capex destinado a projetos como expansão de rede de fibra óptica, virtualização de rede e expansão da cobertura NB-IoT, já em mais de 3.200 cidades, que é fundamental para aplicações de Internet das Coisas.

 

Outros destaques do período são os acordos de compartilhamento de infraestrutura focados no 4G, que permitem eficiência operacional para a empresa e expansão da oferta para os usuários.

 

 

Transformação da base de clientes

 

A TIM segue bem-sucedida em sua estratégia de focar no valor da base de usuários, com o crescimento do ARPU em todos os segmentos. No trimestre, o ARPU móvel tem sólido avanço de 5,8% atingindo R$ 25,1. Já o ARPU de TIM Live aumenta 4,4%, para R$ 83,8.

 

A operadora encerra o ano com 21,5 milhões de clientes no pós-pago, crescimento de 6,1% ano a ano. O segmento alcança o maior mix já registrado sobre a base total: 39,4%. São 1,2 milhão de adições líquidas em 2019, com o TIM Black Família sendo responsável por 33% dos novos acessos.

 

No pré-pago, a TIM mantém a liderança do mercado e amplia o market share pelo segundo trimestre consecutivo. O segmento dá sinais de recuperação com o crescimento do número de “recarregadores” e dos valores das recargas, impulsionado pela constante presença na mídia.

 

A TIM Live segue em evolução e aumenta a base em 21,1% no ano. A ultra banda larga fixa da companhia chega a 12 novas cidades em 2019 e totaliza 566 mil clientes, em 25 municípios do país. O alcance da cobertura FTTH mais do que dobra no ano, com 2,3 milhões de domicílios. As adições líquidas nessa tecnologia continuam responsáveis pela performance no negócio, com 35 mil novos acessos no trimestre e 119 mil no ano.

 

Relacionamento digital

 

A TIM avança na digitalização do negócio e no relacionamento com o consumidor. Os usuários únicos do MEU TIM crescem 18% na comparação anual, o que impulsiona a queda nas interações no call center em 17% no mesmo período. Aumentam também a aderência à conta online (com penetração de 66%), as vendas online (+36% no pós-pago e +28% no Controle) e a recarga via app (+55%).

 

 

Sobre a TIM

 

A TIM segue com sua missão de conectar e cuidar de cada um para que todos possam fazer mais. Para isso, atua focada nos pilares estratégicos de oferta, infraestrutura, eficiência e experiência do cliente, com base em uma cultura interna de accountability e na mudança de processos e plataformas que permitam a transformação digital. A empresa é desde 2015 líder em cobertura 4G no País e referência nas tendências do mercado, em linha com a assinatura da marca: “A inovação não para”.

 

A companhia é a única do setor de telecomunicações a integrar o Novo Mercado da B3, reconhecido como nível máximo de governança corporativa, além de estar há 12 anos seguidos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE): é a operadora por mais períodos consecutivos nesta carteira. Também é primeira empresa de telefonia reconhecida pela Controladoria-Geral da União (CGU) com o selo Pró-Ética, iniciativa que existe com o objetivo de promover um ambiente corporativo mais íntegro, ético e transparente. Para mais informações, acesse: www.tim.com.br.

 

Sobre o Instituto TIM

 

O Instituto TIM (www.institutotim.org.br) tem como missão criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano, utilizando a tecnologia móvel como um dos principais habilitadores. Define sua atuação em projetos focados em quatro pilares: Ensino (projetos educacionais para crianças e jovens); Aplicações (soluções tecnológicas); Inclusão (ações pró-cidadania) e Trabalho (novas oportunidades de atuação e capacitação).

 

Em parceria com diversas instituições federais e aproximadamente 70 secretarias municipais e estaduais, como de Educação, Cultura e Planejamento em todo o País, as ações do Instituto TIM já alcançaram cerca de 500 municípios, em todos os 26 estados e Distrito Federal, beneficiando mais de 700 mil pessoas, especialmente, crianças de 6 a 12 anos.

Empresas de Pernambuco acompanham o estado com recorde em geração de novos negócios

 

Com políticas de atração de investimentos e segurança no cumprimento de contratos, Pernambuco se mantém como um lugar estratégico na região Nordeste para implantar e selar negócios com grandes investidores privados. O estado terminou 2019 com saldo positivo de mais de 15 mil novos empregos diretos, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), finalizando o ano com R$ 15 bilhões em geração de novos negócios.

A atuação do governo para aprovação de incentivos fiscais voltados à instalação de novos projetos industriais deve garantir que mais de R$ 693 milhões sejam investidos no estado nos próximos meses. “Pernambuco é um excelente lugar para novos negócios. Aqui temos segurança jurídica, que facilita a implantação de empresas privadas, além da localização estratégica privilegiada que fortalece os empreendimentos. Vamos continuar com a pegada forte, para atração de investidores. Conseguimos apresentar um plano de investimentos, com contratos que fortificam um trabalho antigo de prospecção de negócios”, diz o presidente da AD Diper (Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco), Roberto Abreu e Lima.

Entre os que estão investindo no estado estão empresas como a Masterboi e Fipel. A Masterboi, empresa genuinamente pernambucana, anunciou que investirá R$ 112 milhões na implantação de um frigorífico industrial e um abatedouro no município de Canhotinho, Agreste Meridional. Apesar de tecnológica, a planta exigirá mão de obra intensiva: serão gerados cerca de 800 postos de trabalho diretos, número que representa mais da metade da população economicamente ativa do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.


As obras começarão neste primeiro semestre, com as operações sendo iniciadas no fim de 2022. Em atividade plena, a nova unidade, que ficará numa área de 110 hectares, terá capacidade de abater 500 bois e processar 250 toneladas de carne por dia, de bois, suínos, caprinos e ovinos. “Também já vamos nascer habilitados para exportar”, destaca o diretor administrativo da Masterboi, Miguel Zaidan. Segundo ele, serão injetados diretamente, na economia do município, R$ 1,2 milhão mensais, apenas com o pagamento de salários.
Já o Fipel (Frigorífico Industrial de Pernambuco Ltda.), conhecido pela marca Tony, em operação no município de Igarassu, investiu mais de 13 milhões em ampliação desde o ano passado. Aos 22 anos de existência, a empresa de alimentos processados inaugurou uma nova expansão que dobrou sua capacidade de produção e construiu a primeira fábrica de hambúrguer do Norte/Nordeste. Em área de fabricação, a empresa passou de 2 mil metros quadrados para 3,3 mil metros quadrados.

Os itens já produzidos pela empresa, que somam mais de 1 mil toneladas por mês, devem chegar a 2 mil toneladas/mês. Isso sem contar a nova linha de congelados com hambúrguer (mais 500 t/mês), toscana (mais 200 t/mês) e linguiça fina (também mais 200 t/mês). O quadro de funcionários, que gira em torno de 350 trabalhadores, chegará a 500 pessoas quando o Fipel atingir o máximo de sua capacidade de fabricação. “Todo esse investimento está sendo realizado porque queremos continuar sendo reconhecidos, cada vez mais, como quem faz qualidade”, explica o empreendedor Gilson Saraiva Filho, um dos sócios do Fipel.

Maior importadora e distribuidora de pneus e câmaras de ar do Brasil, a Magnum Tires investe constantemente em tecnologia visando atender aos diversos canais de venda em todo o Brasil, procurando simplificar os processos para oferecer os melhores produtos. Nascida em Pernambuco, com sede no município de Jaboatão dos Guararapes, ocupa uma área de 25.000 metros quadrados com 17 docas para carga e descarga de mercadorias. A Magnum Tires conta com mais de 450 colaboradores e representantes em todo Brasil. Em Pernambuco são empregadas cerca de 180 pessoas de forma direta.

Em 2019, a Magnum Tires importou um volume total de 1.572.971 unidades de pneus e 1.519.235 unidades de câmaras de ar. Para 2020 projeta um crescimento em 15%, aumento de market share, lançamento da linha de pneus de passeio da marca própria Magnum, aumento da participação de mercado das marcas GT Radial e Giti e consolidação de novas revendas autorizadas por meio de uma nova plataforma digital B2B (para atendimento de novos revendedores).

Pernambuco tem atraído também gigantes nacionais como a Aché Laboratórios, que investe R$ 660 milhões em sua nova unidade no estado, localizada no Complexo Industrial e Portuário de Suape, no Cabo de Santo Agostinho. A conclusão da primeira etapa, que inclui a área de embalagens de produtos sólidos e o centro de distribuição, contou com um investimento de R$ 429 milhões e a previsão é que sejam produzidas aproximadamente 80 milhões de unidades já em 2020. Até 2021, data prevista para término de toda a obra e início da fabricação, serão investidos R$ 660 milhões na estrutura física, além dos recursos aportados em equipamentos e tecnologia. O novo complexo deve gerar 3 mil empregos entre diretos e indiretos até o final de 2022.

O estado recebe ainda investimentos de grandes companhias mundiais. Pernambuco sediará o primeiro CD da Amazon no Nordeste. Desde que chegou ao País, esta será a primeira operação física da empresa fora de São Paulo, validando a vocação de Pernambuco como o hub logístico regional. A base pernambucana ficará no centro logístico Armazenna Suape. A nova operação ocorrerá de forma plena já no primeiro trimestre de 2020, e a expectativa é gerar centenas de empregos diretos e indiretos. A Amazon é atualmente a empresa mais valiosa do mundo, com valor de mercado de US$ 1 trilhão. Com o anúncio oficial da Amazon, o estado atinge a marca das 114 empresas que anunciaram novos negócios ou a expansão de suas operações em Pernambuco desde  2019. 

Gomes de Matos firma parceria com Cordel Ventures para fomentar mercado de negócios e start ups no Estado

 

 

A Gomes de Matos Consultores Associados firmou parceria com a Cordel Ventures, a fim de montar um clube de investidores e gerar negócios e oportunidades para empresas e start ups locais. Para apresentar a parceria, a GMCA  e Cordel realizam evento, no dia 7 de novembro, de 8h |às 11h, na sede da Gomes de Matos, para empresas, convidados e formadores de opinião.

 

A ideia da parceria é tornar o estado do Ceará um HUB, no que tange ao ecossistema de startups e inovação, constituindo um grupo de investidores, destinado à realização de atividades voltadas à criação de oportunidades, visando a análise de necessidades do mercado, fomento da cultura empreendedora, capacitação e a criação livre de networking. O propósito da parceria é gerar e identificar as oportunidades, transformando-as em negócios inovadores e lucrativos, com criatividade, inovação e arrojo.

 

A iniciativa vai proporcionar às empresas todo o suporte nos negócios: reuniões mensais (sempre com apresentações de case de sucesso e networking); Missões empresariais; Avaliação de startups e outros negócios para a indicação de investimentos; Envio de report mensal dos negócios e oportunidades avaliadas; Mentoria para investimentos com definição da tese de investimento individualizado por investidor; Intermediação dos investimentos, garantindo também toda a segurança jurídica.

 

Para o diretor de Marketing, Eduardo Hamdan, O Ceará já é reconhecido por ser um HUB portuário, aéreo e tecnológico. “O objetivo é que nos tornemos também um HUB em inovação, reconhecido em todo o país e o melhor caminho para isso é criando e fortalecendo o ecossistema de inovação e startups”, explica.

 

Segundo Marcus Vinicius Saraiva, sócio da Cordel Venture e fundador da Ipanema Comunicação, a parceria com a Gomes de Matos  é muito importante porque com a tradição e qualidade já reconhecida no mercado da consultoria, a Cordel, que é empresa focada em inovação, vai chegar para somar forças para entrar no mercado das empresas tradicionais e conecta-las às iniciativas de inovação. “Com isso, vai trazer maior valor agregado, novos processo gerenciais, novos produtos e também a possibilidade desses empreendedores mais tradicionais poderem conhecer, investir e acreditar em ideia mais inovadoras que estão sendo desenvolvidas no Ceará”, argumenta Marcus. O resultado será benéfico para o crescimento da economia do nosso Estado.

Porto Seguro apresenta ao mercado a Plataforma Conquista, um meio digital de soluções personalizadas de investimentos, seguros e crédito

A Porto Seguro apresenta ao mercado a primeira plataforma digital com soluções integradas em investimentos, seguros e crédito. Desenvolvida a partir do comportamento do consumidor brasileiro, o novo “hub” da Porto Seguro oferece aconselhamento dirigido para a concretização de objetivos de vida, seja, por exemplo, a aquisição de um automóvel, compra da casa, uma viagem ou um complemento de renda para o futuro. Os produtos são apresentados como viabilizadores ou “meios”.

Com soluções individualizadas por conta do uso de Inteligência artificial, o Conquista, como será apresentado ao mercado, irá sugerir os melhores caminhos para a conquista de objetivos. De acordo com Marcelo Picanço, diretor geral de seguros e investimentos da Porto Seguro, a plataforma é verdadeiramente diferente de tudo o que é ofertado quando o assunto é pensar no futuro. “A Plataforma Conquista oferecerá soluções para a necessidade de cada usuário. Foi construída a partir do ponto de vista do cliente, que poderá, em um único lugar, ter a visão de toda sua vida financeira, desde investimentos, de curto e longo prazo, até proteção de seguros e também produtos de crédito. Por meio de Inteligência Artificial (robot advisor) e aconselhamento humano suportado por Corretores de Seguros e Agentes Autônomos de Investimento, ele terá a indicação de produtos dentro de uma ampla oferta de soluções”, comenta o executivo.  

O consumidor terá a oportunidade de conhecer e pensar no seu futuro por meio do leque de soluções, que inclui: fundos de investimento, financiamento de veículos, consórcio de automóveis e imóveis, cartão de crédito, planos de previdência privada, seguros de vida e seguro viagem. “Nosso objetivo é conceder uma visão holística ao cliente.

E, para trazer total imparcialidade no aconselhamento financeiro, a Porto Seguro deixará disponível fundos de investimentos geridos pela companhia e também por outras gestoras. Para tanto, quintuplicamos a nossa oferta de fundos, o que reforça o nosso interesse em buscar a melhor combinação de soluções para cada cliente”, reforça Picanço.

Já os Corretores de Seguros e Agente Autônomos de Investimento (AAI’s) terão um papel fundamental, pois eles podem tanto comercializar os produtos da plataforma, como também convidar clientes para que a ferramenta digital realize as ofertas em seu nome. “A Porto Seguro reconhece o relacionamento que os nossos parceiros têm com seus clientes e o desenvolvimento da plataforma estreita ainda mais a atuação deles com esse público”, ressalta Rivaldo Leite, diretor geral de produção da Porto Seguro.

O Conquista traz outra novidade aos clientes: oferecerá o primeiro programa de relacionamento com pontuação para as soluções contratadas e acumulação de patrimônio dentro da plataforma. O usuário poderá resgatar os seus pontos, por exemplo, para a aquisição de seguros e serviços Porto Seguro, além dos programas parceiros de milhas aéreas e outros produtos, já presentes no Cartão de Crédito da empresa.  

Como vai funcionar

O usuário poderá ingressar no Conquista por meio do convite de Corretores de Seguros e Agentes Autônomos de Investimentos (AAIs) ou diretamente pelo portal. Os clientes da companhia poderão utilizar o mesmo login que utilizam no site da Porto para o acesso à plataforma.

Após o acesso, basta completar as informações com os seus objetivos de vida e entender quais são os melhores caminhos para alcançá-los. E monitorar a evolução do seu relacionamento e as sugestões adicionais da plataforma.

A plataforma tem característica híbrida, que permite a realização de vendas pelos Corretores de Seguros/AAIs e também recomendadas pela plataforma. As dúvidas que surgirem durante a navegação podem ser esclarecidas pelos profissionais parceiros da companhia, por meio do chat e também pela Central de Atendimento da plataforma na Porto Seguro.

Sobre a Porto Seguro

A Porto Seguro é uma empresa brasileira com mais de 70 anos de mercado e está entre as maiores seguradoras do País, ocupando a primeira posição nos ramos de Seguro Auto e Residência. Atualmente, são quase 8,5 milhões de clientes únicos, 13,2 mil funcionários, 12,5 mil prestadores e 36 mil corretores parceiros. A companhia tem ainda 105 sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil. O Grupo Porto Seguro é formado por 27 empresas – entre elas Azul Seguros, Itaú Seguros de Auto e Residência, Porto Seguro Saúde e Porto Seguro Uruguai – que atuam nos mais diversos ramos como seguros, produtos financeiros, serviços de emergência e conveniência, proteção e monitoramento, plano de saúde para Pets, entre outros. Em 2018, o lucro líquido da companhia foi de R$ 1,3 bilhão.

Multipropriedade: comitiva com presidentes do Creci no Brasil confere nova modalidade

Presidentes dos conselhos de Corretores de Imóveis (Creci)

A multipropriedade foi tema de encontro entre presidentes dos conselhos de Corretores de Imóveis (Creci) de todo o País na noite desta quinta-feira, 12, na sede da Venture Capital Investimentos SA, localizada na Avenida Desembargador Moreira, 1080.

Durante o evento, o presidente da VCI, Samuel Sicchierolli, empresa responsável pela incorporação e comercialização da marca Hard Rock no Brasil, apresentou os empreendimentos de Fortaleza e Ilha do Sol (PR). Cerca de 26 presidentes representando todos os Estados da Federação, estão em visita ao Ceará.

“A fração imobiliária é o modelo imobiliário que mais cresce no mundo. E os projetos da VCI estão configurados dentro da nova Lei de Multipropriedade, além de serem referência no mercado. A presença da cúpula do Creci de todo o País aqui mostra a credibilidade dos nossos projetos”, destaca Sicchierolli, se referindo à Lei 13.777, promulgada em 20 dezembro de 2018, que regulamenta a multipropriedade imobiliária. O Residence Club at Hard Rock Hotel Fortaleza tem previsão de inauguração em dezembro de 2020 e já possui quase 50% das unidades comercializadas.

O conceito de multipropriedade consiste em um grupo de pessoas que compra um mesmo imóvel para lazer ou investimento e o usufrui em datas alternadas, pré-definidas no momento do contrato, com a respectiva matrícula em cartório de imóveis. A segunda propriedade familiar traz, além do benefício de possuir a escritura definitiva do patrimônio, a possibilidade de usufruir de um complexo 5 estrelas, com alta qualidade de serviço, pagando um valor proporcional, nas semanas que são designadas ao comprador. 

Presidente da VCI: Samuel Sicchierolli

“Após a aprovação da nova lei, ficou bem definido o que é multipropriedade, um sistema vantajoso porque não há necessidade de um investimento milionário para se ter acesso a um imóvel de alto padrão. O interessado pode comprar uma fração e usufruir do imóvel.

E no caso específico do Residence Club at the Hard Rock, usufruir não só no Ceará, mas no Brasil e no mundo, porque trata-se de uma bandeira internacional respeitada por sua organização e seus critérios, daí o sucesso nas vendas”, destaca Tibério Benevides, presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado do Ceará, ao se referir à possibilidade de intercâmbio, pois a compra no Residence Club at The Hard Rock Hotel possibilita trocar as duas semanas de uso por diárias em outros hotéis do mundo que façam parte da RCI, rede da qual a Hard Rock Hotel participa.

Geraldo Nascimento, presidente do Creci do Distrito Federal, faz coro com Tibério. Ele ressalta que embora a multipropriedade seja uma novidade no Brasil para os corretores, já é um sucesso, pois é fácil para quem vende e para quem compra.

“A pessoa que adquire está comprando as suas férias. E toda essa aceitação (à multipropriedade) ocorre em um cenário que ainda não saiu da crise, pois trata-se de um produto acessível”, diz, seguido de Antonio Mozart, presidente do Creci de Santa Catarina. “Aposto nessa nova modalidade de multipropriedade porque ela oportuniza termos o documento do imóvel, a escritura, nos tornando realmente proprietários”, conclui.

Diageo anuncia investimentos de R$ 100 milhões no Ceará

A Diageo, empresa  líder mundial na produção de bebidas alcoólicas premium e proprietária das marcas Johnnie Walker, Smirnoff e da cearense Ypióca desde 2012, vai investir R$ 100 milhões no Ceará. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (29), durante o lançamento da pedra fundamental do seu novo complexo industrial em Itaitinga, na região metropolitana de Fortaleza.

A cerimônia contou com a presença do governador do Ceará, Camilo Santana, de diversas autoridades e das principais lideranças da companhia no país.

A unidade reunirá a fábrica e o escritório de Ypióca, além de um centro de distribuição, que movimentará o equivalente a metade dos produtos vendidos no país. Além disso, o Porto do Pecém receberá 75% dos contêineres de bebidas que a empresa importa para o Nordeste, permitindo que a Diageo envase do whisky escocês Black & White na nova unidade industrial, que será a única a efetuar essa operação no país.

Para Gregorio Gutiérrez, presidente da Diageo para a região PUB (Paraguai, Uruguai e Brasil), os investimentos prometem elevar o impacto positivo das operações no Ceará, estado estratégico para a companhia. “O anúncio demonstra nossa visão de futuro. O novo complexo terá capacidade instalada favorável à expansão da operação e introdução de linhas de outros produtos.”

O governador do Ceará, Camilo Santana, celebra as iniciativas. “O investimento de R$ 100 milhões de reais é um movimento importante nesse momento econômico que o Brasil vive e isso significa geração de empregos, que nós vamos ter uma fábrica moderna, o que há de melhor no mundo nesse setor, um centro de distribuição no Nordeste brasileiro”, destacou.

A estimativa é que o complexo seja inaugurado no início do segundo semestre de 2020. Com o aporte, Itaitinga se transformará em um dos mais importantes hubs logísticos da companhia no Brasil. A escolha da cidade se deve à sua localização estratégica, próxima à capital e com fácil acesso à BR 116, melhorando a logística de transporte viário de mercadorias. 

Com área três vezes maior que a atual unidade industrial de Ypióca, em Fortaleza, a nova unidade receberá tecnologias que garantirão maior eficiência operacional aliada à sustentabilidade, com redução no consumo de água em até 40% na produção de bebidas. Com estrutura e processos de excelência, a fábrica será referência global da empresa e a única na região Paraguai, Uruguai e Brasil. 

O envase local de Black & White também gerará impacto positivo sobre a cadeia produtiva e a economia do Estado. O engarrafamento do whisky segue o crescente investimento no Ceará, somando-se à produção da vodka Smirnoff, desde fevereiro de 2019, e da cachaça Ypióca, com 170 anos de tradição. 

Hoje, as operações da Diageo no Ceará empregam cerca de 400 profissionais. No pico da obra de construção do complexo, serão gerados 350 postos de trabalho temporários. 

Impacto social

Em Itaitinga, o impacto econômico positivo une-se ao social, a exemplo do que ocorre no estado do Ceará, onde as ações do Instituto Diageo já beneficiaram cerca de 25 mil pessoas. Uma dessas iniciativas é o Tecendo o Futuro, programa lançado em maio que promove a ressocialização e gera oportunidade de trabalho a internas do Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, situado próximo ao complexo industrial. As participantes são capacitadas para atuação como artesãs, utilizando palha de carnaúba na elaboração de embalagens para produtos Ypióca e outros artigos. 

Em paralelo, o programa Fala Sério!, que conscientiza estudantes da rede estadual, por meio do teatro, para o não consumo de bebidas alcoólicas, vai alcançar mil alunos da cidade. Em 30 de agosto, a  EEMTI (Escola de Ensino Médio em Tempo Integral) Antônio Geraldo e a EEFM (Escola de Ensino Fundamental e Médio) Perboyre e Silva receberão as apresentações, seguidas de debate. No estado, 80 mil alunos da rede pública serão beneficiados em 2019. Finalmente, o Instituto Diageo oferece o programa Learning for Life, que capacita jovens de baixa renda para atuarem como bartender.

“Temos o firme propósito de aglutinar ações efetivas para o desenvolvimento socioeconômico das comunidades onde atuamos”, afirma a diretora de relações corporativas da Diageo e presidente do conselho do Instituto Diageo, Daniela de Fiori. 

Autoridades presentes

A cerimônia em Itaitinga contou com a presença de diversas autoridades, além do governador do Ceará, Camilo Santana, como o secretário do desenvolvimento econômico e trabalho do Estado do Ceará, Maia Júnior; o secretário de recursos hídricos do Estado do Ceará, Francisco José Coelho Teixeira; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Beto Studart; o presidente do Sistema Fecomércio Ceará, Maurício Filizola; representando o prefeito de Itaitinga, o secretário do planejamento e desenvolvimento da Prefeitura Municipal de Itaitinga, Dulcynardo Honorato; o deputado estadual Nezinho Farias; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE), Erinaldo Dantas; bem como as principais lideranças da Diageo no país.

Sobre a Diageo

A DIAGEO é líder mundial na produção de bebidas alcoólicas premium, com uma coleção de marcas nas categorias de bebidas destiladas, vinhos e cervejas. Essas marcas incluem SMIRNOFF, JOHNNIE WALKER, YPIÓCA, TANQUERAY, CÎROC, GUINNESS e BAILEYS, entre outras. A DIAGEO é uma empresa multinacional que opera em 180 países. As ações da companhia são negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque (DEO) e na Bolsa de Valores de Londres (DGE). Para mais informações sobre a DIAGEO, seus funcionários, suas marcas e seu desempenho, visite www.Diageo.com. Saiba mais sobre consumo responsável de bebidas alcoólicas em www.DrinkiQ.com.br.

Sobre o Instituto Diageo

O Instituto Diageo é uma entidade sem fins lucrativos que realiza ações nas áreas de educação, capacitação profissional, geração de renda e responsabilidade na relação entre sociedade e álcool. Entre as ações do instituto, lançado em abril de 2019, destacam-se três programas: o Learning for Life, que capacita jovens de baixa renda para atuação como bartender; o Fala Sério!, que conscientiza sobre o não consumo de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos de idade; e o Tecendo o Futuro, que promove geração de renda por meio do artesanato com palha de carnaúba e contribui para a ressocialização de internas do sistema penitenciário do Ceará. 

Shopping Iguatemi Fortaleza fecha parceria com Coco Bambu e terá complexo gastronômico e de lazer

O Shopping Iguatemi Fortaleza fechou parceria com o grupo Coco Bambu e terá um complexo gastronômico de 4 mil metros quadrados de área no primeiro andar da expansão. O novo espaço, que está em obras, deverá ser inaugurado até dezembro deste ano.

Com investimento de R$ 16 milhões, o complexo contará com o restaurante Coco Bambu, o espaço Coco Bambu Lounge e o parque infantil Plus Buffet Kids.

De acordo com o superintendente do Shopping Iguatemi Fortaleza, Wellington Oliveira, a parceria reforçará o mix de lazer e entretenimento do shopping, além de valorizar as marcas e os negócios cearenses. “O Coco Bambu é uma importante rede cearense, que vem se expandindo para diversas regiões do país. Vamos, então, ampliar a nossa oferta da área gourmet, com novas opções na gastronomia, e valorizar as operações e os negócios nascidos no Ceará”, afirmou.

Sobre o Shopping Iguatemi Fortaleza 

O Shopping Iguatemi Fortaleza tem 37 anos de existência. Empresa do grupo JCC – Jereissati Centros Comerciais, que também controla shopping centers em Belém (PA) e Campo Grande (MS), o Iguatemi Fortaleza traz números bastante positivos. São mais de 450 lojas e quiosques que reúnem o mais completo mix de compras, lazer, gastronomia e serviços de Fortaleza em mais de 90 mil metros quadrados de área. Por corredores amplos e projetados para o melhor aproveitamento da iluminação natural, fazer um passeio pelo Iguatemi é experimentar conforto, comodidade e aproveitar o que a vida tem de melhor.