Browsing Tag

FIEC

André Siqueira celebra 100 anos de fundação do Centro Industrial do Ceará (CIC), na FIEC

100 anos de contribuição para a indústria, economia e política do Ceará! 2019 tem sido um ano de comemorações para o Centro Industrial do Ceará (CIC) e a festa para celebrar o centenário de criação da instituição será no próximo dia 21 de novembro. Uma programação especial, que tem à frente o atual presidente, André Siqueira, está sendo preparada para o momento, na sede da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC).

Na ocasião, serão lançados o livro do centenário e o documentário, que contam toda a história da entidade, desde a idealização até os dias atuais e perspectivas para o futuro. O documentário conta com a direção do cineasta Wolney Oliveira e roteiro com depoimentos de vários líderes empresariais que já foram membros importantes ao longo de toda a história do CIC.

“É com grande alegria que celebramos os 100 anos do CIC, uma importante instituição que, por todos estes anos, tem contribuído e apoiado o crescimento do Estado. Vários foram os marcos durante este centenário e, agora, temos o Programa de Otimização, Eficiência e Inovação no Ambiente de Negócios”, disse André Siqueira.

Rodrigues de Albuquerque Advogados promove evento, em parceria com o Centro Internacional de Negócios da FIEC e NUSA – Negocios USA , sobre o tema “Como fazer negócios nos EUA”

Sócios da RDA: advogados, Miguel Hissa, Rui Farias e Rodrigo Carvalho

Diante de um cenário de tantas incertezas, sob o ponto de vista econômico do país, o mercado internacional tornou-se uma possibilidade para muitos brasileiros que querem investir ou atuar comercialmente no Estados Unidos. 

O Escritório Rodrigues de Albuquerque Advogados – RDA vem investindo no suporte aos brasileiros que pretendem fazer  negócios, imigrar e investir nos EUA, em parceria com o escritório de advocacia americano Negocios USA – NUSA, com sede em Miami.

A parceria entre os dois escritórios  oferece soluções adequadas e customizadas àqueles que têm interesse em atuar em terras americanas, oferecendo todo o suporte jurídico e comercial para expedição e tramitação de documentação, e proporcionando aos interessados comodidade e segurança.

A parceria ganha reforço com a entrada do Centro Internacional de Negócios – CIN, ligado à Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC, que no dia  27 de agosto, abrirá as portas para o Escritório Rodrigues de Albuquerque e para a Nusa, para falar aos empresários, indústrias e demais interessados sobre o tema “Como fazer negócio nos EUA”.  

Na ocasião, o representante da NUSA, Hênio Godinho, conduzirá a palestra. Estarão presentes, também, os sócios da RDA, Rui Farias, Miguel Hissa e Rodrigo Carvalho. O evento é destinado a convidados e imprensa. 

Sobre Hênio Godinho:

Profisisonal de gestão executiva, com histórico de sucesso em corporações multinacionais de primeira linhae experiência local direta nos mercados regionais dos EUA, Brasil, América Latina, Europa, Oriente Médio e Ásia. Experiência em operações internacionais, planejamento estratégico, corporate & trade finance, logística integrada e imigração estruturada.

Sobre Rodrigues de Albuquerque Advogados:

Contando com staff de profisisonais multidisciplinares com reconhecida trajetória e qualificação, e em constante processo de formação e atualização.  A iniciativa tem foco em três áreas: imigração, investimentos imobiliários e comércio, trabalhado sempre no sentido de educar as pessoas sobre como é realidade de negócios nos EUA. 

Na sua atual composição, além dos três sócios, Miguel Rocha Nasser Hissa, Rui Barros Leal Farias e Rodrigo Macêdo de Carvalho, conta com a participação de um consultor especial, o renomado, Francisco Haroldo Rodrigues deAlbuquerque, que, depois de mais de três décadas servindo à magistratura, retomou a Advocacia.  

A sociedade tem como objetivo prestar assistência jurídica personalizada, de forma segura, eficiente e ágil, com staff composto de profissionais qualificados, em constante processo de capacitação, nas suas respectivas especialidades e deestrutura física ampla e adequada para atender bem aos anseios dos seus clientes e colaboradores.

Desde sua fundação, o Escritório Jurídico Alexandre Rodrigues de Albuquerque tem o papel de formador decompetentes operadores do direito, padrão vislumbrado por seus sócios. Todos os que passaram pelo escritório, trilham suas carreiras em posições de destaque nas mais diversas áreas do meio jurídico. 

No ano em que comemora três décadas de atuação, o escritório jurídico busca novas formas de comunicar-se com o seu público e traz inovações em seus serviços. Em 2019, consolidou a parceria com a americana NUSA, a fim de assessorar brasileiros que desejam morar e/ou investir nos Estados Unidos. A nova fase da parceria visa dotar as empresas deconhecimento sobre o processo de exportação aos EUA, e apresentação dos caminhos e procedimentos corretos para poder trilhar o sucesso no maior mercado consumidor do mundo.

O processo de constante inovação da RDA, exigido pelo cenário globalizado e pelas constantes mudanças das organizações, também se dará na gestão descentralizada, imprimindo celeridade e modernidade aos processos e atendimentos, fruto da cultura dos três jovens gestores.

 O Rodrigues de Albuquerque Advogados é sediado em Fortaleza, na torre empresarial do Shopping Aldeota. 

Advogados e Sócios:

Miguel Rocha Nasser Hissa OAB(CE) n.o 15.469 Advogado, graduado pela Universidade Federal do Ceará – UFC; Pós-Graduado em Direito Imobiliário pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR 

Rodrigo Macêdo de Carvalho OAB(CE) n.o 15.470 Advogado, graduado na Universidade Federal do Ceará – UFC; Pós-Graduado em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP

Rui Barros Leal Farias OAB(CE) n.o 16.411 Advogado, graduado na Universidade de Fortaleza – UNIFOR; Mestre em Direito pela Universidade Federal do Ceará – UFC Professor do Curso de Direito da Faculdade 7 de Setembro – FA7; Membro da International Bar Association – IBA; Membro da Turnaround Management Association – TMA Macêdo deCarvalho, Nasser Hissa e Barros Leal Farias.

Áreas de Atuação

Direito Empresarial

Direito Civil

Direito Internacional

Direito Tributário

Direito Administrativo

Direito Municipal

Direito Eleitoral

Serviço:

Escritório Júridico Alexandre Rodrigues de Albuquerque

Endereço: Av. Dom Luiz, nº 500 – Sala 1501 – 15º andar

Telefones: (85) 3458.1755 / (85) 3458.1756

E-mail: contato@albuquerque.adv.br

Skype: Albuquerque.adv.br

www.albuquerque.adv.br

LIDE Ceará e FIEC recebem secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade

O LIDE Ceará e a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) recebem, no próximo dia 23 de agosto, o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Governo Federal, Carlos Alexandre da Costa, em um café-debate em Fortaleza. O tema é “Brasil – Um salto para a produtividade”. O evento é exclusivo a filiados e convidados das entidades e acontece no Hotel Gran Marquise.

O secretário tem como uma de suas principais bandeiras a retomada da competitividade das empresas brasileiras. “É preciso destruir as barreiras à competitividade. O país precisa desenvolver instintos que outrora já teve, como o da liderança e o da inovação global. Nós hoje temos um longo caminho para fazer o que os ingleses chamam de ‘catching up’. Nós ficamos para trás em diversas áreas. Mas já conseguimos retomar a liderança em alguns setores. Precisamos expandir para os demais”, afirmou no evento de apresentação da equipe ao setor produtivo.

“Entre os empresários cearenses há uma expectativa muito boa em relação à retomada econômica. A nossa indústria também vem num movimento de reestruturação para este novo ciclo. O Ceará e o Nordeste têm um amplo potencial produtivo e nosso posicionamento é colaborativo. Não faremos coro para dividir, pois nosso legado na Federação das Industrias é consolidar elos que promovam a produtividade”, diz Beto Studart, presidente da FIEC.

“Para o LIDE Ceará este é o momento de construir uma agenda positiva. Muitas ações de reestruturação da economia vêm sendo percebidas pela classe empresarial. Acreditamos firmemente num novo ciclo de competitividade para 2020 e trazer o secretário Carlos da Costa também tem como propósito apresentar sugestões que possam contribuir no debate construtivo de uma economia mais sólida de Norte a Sul do país”, destaca Emília Buarque, presidente do Lide Ceará.

Carlos Alexandre da Costa

Economista formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), com mestrado e Ph.D (ABD) em Economia pela University of Califórnia, Carlos Alexandre Da Costa é titular da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Governo Federal. Foi diretor de Planejamento, Crédito e Tecnologia do BNDES, presidente do Instituto de Performance e Liderança, executivo residente no JP Morgan e sócio-diretor do Ibmec Educacional.

Carlos da Costa também possui vasta atuação no setor acadêmico, tendo sido professor de Economia e Finanças no Ibmec, na UERJ e no Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais. Além disso, desenvolveu atividades de pesquisa em diversas áreas como “Economia e Regulação”, “Investimento Estrangeiro”, “Regulação Setorial” e “Reformas Macroeconômicas”.

 LIDE Ceará

O LIDE CEARÁ é um grupo de líderes empresariais multisetorial, independente, apartidário, com alta conectividade e com foco no desenvolvimento socioeconômico. O objetivo do grupo é ampliar o ambiente de negócios e as oportunidades, conectando e dando projeção para as empresas, debatendo temas diversos, influenciando e defendendo posicionamentos. O LIDE CEARÁ tem agenda mensal, de fevereiro a novembro, com conteúdo de altíssimo nível e acesso aos principais expoentes do país no campo empresarial e no poder público. 

O LIDE nas unidades internacionais (China, Itália, Alemanha, Portugal, EUA, Argentina, Paraguai, dentre outras), representa um ambiente seguro para negócios e desenvolvimento, especialmente entre o mundo e a forte presença do grupo na América Latina, com destaque para o Brasil. A organização está presente nos cinco continentes.

Centro Industrial do Ceará (CIC) completa centenário neste dia 27

Neste dia 27 de julho, o Centro Industrial do Ceará (CIC) completará 100 anos de criação. O atual presidente, André Siqueira, destaca que as algumas ações de comemoração estão sendo programadas como, por exemplo, o Livro 100 anos com a história da instituição, Seminário sobre Ambiente de Negócios; homenagem que será dada à entidade pela Assembleia Legislativa do Ceará, após o recesso das atividades legislativas; e continuidade na realização do Programa de Otimização do CIC.

Também está sendo realizado um media metragem sobre o CIC e captação de vídeos dos ex-presidentes e principais líderes do Ceará sobre o CIC e sua importância. As gravações já iniciaram.

“É um momento de muita alegria para nós que fazemos parte desta diretoria do CIC, uma entidade que marcou e marca a história do Ceará e, além de poder, neste momento, com o Programa de Otimização, contribuir para o crescimento do nosso Estado, com a melhoria do ambiente de negócios”, disse Siqueira.

Após três meses e meio de trabalho do Programa de Otimização, Eficiência e Inovação do Ambiente de Negócios do Ceará foi realizada a análise da jornada do empreendedor, entendendo as dores do empresariado no relacionamento com os órgãos governamentais, o que serviu como base para a proposição da agenda de projetos e soluções. 

Esta agenda, – composta por 28 projetos e soluções de diferentes natureza (simplificação de processos e regras de negócios, simplificação das legislações e normativos, desenvolvimento de soluções de TI etc) a serem desenvolvidas em nove órgãos do poder executivo estadual cearense -, irá nortear as ações do programa até o fim do mês de setembro, nas quais as iniciativas, sob responsabilidade dos órgãos, serão estruturadas e monitoradas por meio de uma governança que será criada pelo CIC e o Governo, visando garantir a efetividade das soluções.

Ceará exporta U$ 38 mil dólares em impressão gráfica no primeiro semestre, de acordo com Sindgráfica

Recentemente o Sindicato da Indústria Gráfica do Estado do Ceará divulgou um estudo, por meio do Sistema FIEC, que traçou um panorama do mercado de indústrias gráficas no primeiro semestre de 2019 e relatou que o Ceará exportou mais de U$ 38 mil dólares em impressão para outros países no período. Devido a esse crescimento, dos dias 10 a 13 de setembro, chega à capital cearense a Signs Nordeste, evento com foco em impressão digital, sinalização e serigrafia. 

De acordo com o diretor-presidente do Febratex Group, empresa especialista na promoção de feiras de negócios, Hélvio Pompeo Madeira, o Ceará é uma potência no setorgráfico. “Vimos a necessidade de alimentar este mercado com informação, tecnologia, networking e tudo mais que uma feira como a Signs Nordeste tem para oferecer. O Nordeste agora vai ter mais esta oportunidade de ficar próximo desse núcleo que gera tantos empregos e é tão importante para a economia do país”, explica.

A Signs Nordeste vai apresentar os principais lançamentos, produtos e serviços no segmento de serigrafia, comunicação visual e grandes formatos, além de técnicas de estamparia para o setor têxtil. A dois meses da realização, as feiras já estão com mais de 80% dos espaços reservados. Para Pompeo, a participação é uma oportunidade importante de networking: “Nestes encontros estarão os principais players do mercado têxtil e de comunicação visual. As empresas irão expor ao mercado as suas novidades mais recentes.”

Inovações na Serigrafia

O mercado de serigrafia é bastante concorrido. Neste sentido, o setor tem buscado a diferenciação através de novos substratos, formatos, design e, principalmente, qualidade do produto final. Essa tendência tem se verificado também nos produtos voltados para o segmento da moda, que antes eram comprados por causa de sua utilização e agora são considerados como itens para reforçar um estilo próprio de se vestir ou de uma característica pessoal.

Ceará Fashion Trade (CFT) movimenta a cadeia produtiva da moda, entre os dias 14 e 16 de maio, no Centro de Eventos do Ceará

O mercado da moda cearense iniciou 2019 com ritmo acelerado e buscando um novo momento econômico e com vistas a recuperar espaço e protagonismo no cenário brasileiro. Atualmente, o Ceará ocupa a quinta colocação nacional, com faturamento líquido de R$ 3,6 bilhões. Segundo dados do Observatório da Indústria, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), o mercado setorial cearense de vestuário gera cerca de 110 mil empregos formais, o que representa 9,5% da mão de obra nacional e 37,5% em relação à participação industrial local. No total são 2.999 estabelecimentos, sendo 26 de grande porte, 161 médio, 713 pequeno e 2.069 micro empresas.

Quais alternativas estão sendo buscadas para melhorar o setor? Para reforçar a união da cadeia da moda cearense, que está em crescimento pujante, acontece a quarta edição da feira setorial da moda Ceará Fashion Trade (CFT), de 14 a 16 de maio, no Centro de Eventos do Ceará, com amplos debates sobre os âmbitos e consolidando o Ceará como um dos maiores e principais polos confeccionistas do país, além da convergência dos setores têxtil, de confecções, de calçados e aviamentos.

Durante a Feira, as empresas atacadistas e de pronta entrega dos setores feminino, masculino, infantil, moda íntima, praia, fitness, surfwear, jeanswear, calçados e bolsas, serviços, acessórios, têxtil e aviamentos terão a oportunidade de promover suas coleções junto aos compradores de lojas multimarcas, magazines, lojas especializadas e redes atacadistas, além de atuar junto a representantes, corretores e compradores autônomos.

A CFT promove um ambiente de interação com base em negócios positivos para as empresas expositoras e os compradores nacionais e internacionais presentes, contando com 60 marcas expositoras que apresentarão seus produtos e estarão abertas para encontros de negócios com compradores, representantes comerciais, corretores e profissionais de estilismo, marketing, gestores de moda e imprensa especializada e influenciadores digitais. As empresas cearenses ocuparão os 100 estandes da feira com o mais completo mix de segmentos, indo da moda feminina, masculina e infantil à lingerie e moda praia; da moda plus size às roupas de dormir; da moda fitness ao setor de bolsas, calçados e acessórios e aviamentos.

Apresentado pelo Sistema FIEC e pelo Sebrae/Ceará e realizado em parceria pelos sindicatos industriais da moda no Ceará – Sindroupas, Sindconfecções e Sinditêxtil, a CFT reunirá pequenas, médias e grandes empresas confeccionistas do Ceará com atuação em atacado nas modalidades de pedido futuro, pronta entrega e private label. A promoção é da Ikone Eventos e do DFB Festival.

Programação diversificada que une concurso, painéis e desfiles

Painel “Como driblar os desafios e inovar nos setores têxtil e de confecção”

Discutir o futuro do setor é pauta constante no meio empresarial, educacional e político. Como o modelo industrial sobreviverá, o que está mudando no perfil de consumo, quais as alternativas para sua empresa continuar competitiva no mercado? São algumas das perguntas que serão debatidas no primeiro dia de CFT, a partir das 15h30, no painel “Como driblar os desafios e inovar nos setores têxtil e de confecção”, ministrado por grandes nomes como Élcio Batista, secretário Chefe da Casa Civil do Estado do Ceará; Marcelo Ramos, assessor da Diretoria do SENAI CETIQT; Renato Jardim, superintendente de Políticas Industriais e Econômicas da Abit; Paulo André Holanda, diretor Regional do Senai Ceará; Jairo Amorim, diretor Industrial da Guararapes, com mediação de Rafael Cabral, presidente do Sinditêxtil e Lélio Matias, presidente do Sindroupas.

Concurso “Ceará Moda Contemporânea 2019”

Como parte da programação paralela da CFT, acontece a décima edição do Concurso Ceará Moda Contemporânea, primeiro do Brasil a contemplar as três áreas: Costura, Modelagem e Design. Foi idealizado para promover o reconhecimento e a valorização dos estudantes e profissionais de moda atuantes na cadeia produtiva têxtil e de confecção do Ceará, mostrando sua criatividade e relevância. O concurso premia os três melhores candidatos de cada categoria. Além disso, entrega o prêmio de excelência ao candidato da categoria Design que demonstra esmero em seu trabalho, com profissionalismo e pontualidade. Atualmente, o concurso é realizado pelo Sindroupas em parceria com Sinditêxtil.

O evento consolidou-se no meio empresarial e acadêmico e é reconhecido como grande celeiro de novos talentos e profissionais da moda. A ação proporciona a interação do Sistema S com as empresas de moda assim como a grande oportunidade para profissionais e/ou estudantes apresentarem seu potencial para os segmentos envolvidos.

Durante a CFT acontecerá o desfile das 8 coleções dos finalistas da categoria Design e a exposição dos trabalhos das categorias Costura e Modelagem. A premiação dos vencedores representa o ponto alto desse concurso que contará com uma plateia de empresários e representantes de instituições e imprensa, reconhecendo os resultados dos trabalhos desenvolvidos.

Painel “Omnichannel e Customer Centricity – Novas estratégias para um novo Consumidor”

O painel “Novas estratégias para um novo consumidor” abre o bate-papo do segundo dia de CFT, 15 de maio, a partir das 16h. A discussão traz o consumidor como o foco central das indústrias, levantando temas atuais voltados ao marketing aplicado às estratégias de comunicação com o novo consumidor, ao atendimento das demandas frente às tendências de moda e a geração de conteúdo relevante para esse público. O momento será ministrado por Gal Kury, consultora de Marketing e professora Universitária; Gabriela Dourado, jornalista, professora Universitária e editora de moda e estilo de vida do Diário do Nordeste e Zé Filho, diretor Criativo Ahazando.

Painel “Novos Modelos de Negócios da Moda”

Como funcionam os novos modelos de negócios da moda? Esse é o questionamento central do painel “Novos modelos de negócios da moda”, que discutirá o processo de transição do mercado, que está levando os consumidores a tomarem ações cada dia mais conscientes, associadas a criação de um novo estilo de vida, marcadamente com foco no meio ambiente e na ética social. O debate será mediado pela Lorena Delfino, pesquisadora e Consultora de moda sustentável e representante do Movimento Fashion Revolution Fortaleza, e conduzido por Marilia Mendonça Diniz, técnica da Unidade de Inovação e Sustentabilidade do Sebrae-CE, por Sávio Ewan, empreendedor da empresa Enroupe e por Larissa Teixeira, empreendedora do Brechó 55, a partir das 17h, encerrando o segundo dia de evento.

Painel “O Profissional de Moda Atual e as Exigências do Mercado”

O mercado de trabalho tem exigido cada vez mais dos profissionais que atuam no mundo da moda. Muitas empresas buscam pessoas versáteis que, além de criarem novas tendências de vestuário, também possam assumir outras funções coordenando, planejando e supervisionando processos de produção. Por isso, para se destacar no mercado, os profissionais devem estar atentos, buscando atender as novas exigências do mercado como um todo.

E, seguindo esse pensamento, a CFT traz, em seu último dia de evento, 16 de maio, a partir das 15h, o painel “O Profissional de Moda Atual e as Exigências do Mercado”. Haverá discussão sobre os diferenciais e exigências existentes no mundo da moda e como os profissionais devem se preparar e agir para se destacarem diante da concorrência. O momento será conduzido por Ana Maria Castelo, acionista do Grupo Turma da Malha; Ana Luiza Ximenes Dias, diretora Comercial do Grupo Ponto da Moda; Renan Ximenes, coordenador do Projeto Lab Ponto da Moda e Paulo Rabelo Pinheiro, diretor de Operação da Benatêxtil, com mediação de Karol Mota, professora do curso de Design de Moda e coordenadora da Central de Carreiras e Oportunidades da UNIFOR e Danielle Caldas – professora do curso de Design de Moda da UniAteneu e consultora do SENAI/CE.

Senai Ceará na Ceará Fashion Trade

A Ceará Fashion Trade contará com 3 áreas assinadas pelo Senai/CE onde o visitante terá uma compreensão da moda em quase sua totalidade, indo do início à finalização de um produto, a partir da construção do tecido.

Mini Fábrica de Confecções – neste espaço será possível compreender todo o processo inicial de uma indústria de confecções do vestuário, abrangendo as etapas principais que consistem em:

O Setor de Criação (design) – onde poderá ser demonstrado a pesquisa de moda, as cartelas de cores, o desenho de moda e técnico na ficha técnica de desenvolvimento.

O Setor de Desenvolvimento – que abrange a modelagem bidimensional / plana e a tridimensional / moulage, com exemplos das técnicas e o resultado inerente a esta área da empresa.

No mesmo espaço do setor teremos a demonstração da pilotagem ou prototipagem, onde se executa a costura/montagem da primeira peça de uma empresa de confecção – em máquinas de última geração do parceiro do evento Ceará Moda Contemporânea – SILMAQ, durante a ação do evento os visitantes poderão acompanhar a execução da peça (blusa/camisa de malha).

Para finalizar as atividades do setor, temos a oficina de serigrafia que está ligada ao processo de beneficiamento de produto proposto no setor de criação, os participantes poderão acompanhar a execução de uma estampa e recebe-la ao término do tour do processo produtivo.

Além do processo de criação e desenvolvimento do setor do vestuário, será oferecida uma demonstração das técnicas de construção dos produtos do setor têxtil via teares manuais.

Programação

Terça-feira (14)

Centro de Eventos do Ceará – CFT

15h – Solenidade de Abertura

15h30 – Painel “Como driblar os desafios e inovar nos setores têxtil e de confecção”.

Palestrantes:

Élcio Batista – Secretário-Chefe da Casa Civil do Estado do Ceará

Marcelo Ramos – Assessor da Diretoria do SENAI CETIQT

Renato Jardim – Superintendente de Políticas Industriais e Econômicas da Abit

Paulo André Holanda – Diretor Regional do Senai Ceará

Jairo Amorim – Diretor Industrial da Guararapes

Mediadores:

Rafael Cabral – Presidente do Sinditêxtil

Lélio Matias – Presidente do Sindroupas

17h – Concurso Ceará Moda Contemporânea

Quarta-feira (15)

Centro de Eventos do Ceará – CFT

16h – Painel “Omnichannel e Customer Centricity – Novas Estratégias para um Novo Consumidor”

Palestrantes:

Gal Kury – Consultora de Marketing e Professora Universitária

Gabriela Dourado – Jornalista, Professora Universitária e Editora de moda e estilo de vida do Diário do Nordeste

Zé Filho – Diretor Criativo Ahazando

17h – Painel “Novos Modelos de Negócios da Moda”

Palestrantes:

Marilia Mendonça Diniz – Unidade de Inovação e Sustentabilidade – Sebrae-CE

Sávio Ewan – Empreendedor – Enroupe

Larissa Teixeira – Empreendedora – Brechó 55

Mediadora:

Lorena Delfino – Pesquisadora e Consultora de moda sustentável e Representante do Movimento Fashion Revolution Fortaleza

Quinta-feira (16)

Centro de Eventos do Ceará – CFT

15h – Painel “O Profissional de Moda Atual e as Exigências do Mercado”

Palestrantes

Ana Maria Castelo – Acionista do Grupo Turma da Malha

Ana Luiza Ximenes Dias – Diretora Comercial do Grupo Ponto da Moda

Renan Ximenes – Coordenador do Projeto Lab Ponto da Moda

Paulo Rabelo Pinheiro – Diretor de Operação da Benatêxtil

Mediadores:

Karol Mota – Professora do curso de Design de Moda e Coordenadora da Central de Carreiras e Oportunidades da UNIFOR

Danielle Caldas – Professora do curso de Design de Moda da UniAteneu e consultora do SENAI/CE

16h – Desfile UniAteneu

17h – Desfile Unifor

Destaque

DFB Festival e Ceará Fashion Trade APRESENTAM A Passarela da Indústria!

Com a proposta de fortalecer os setores envolvidos e valorizar o protagonismo da moda à frente do desenvolvimento econômico e social do estado, a Ceará Fashion Trade (CFT) estabeleceu uma forte parceria com o DFB Festival. Juntos, os dois eventos construíram o Projeto da Passarela da Indústria, que contará com 3 desfiles no line up do DFB Festival.

LOCAL: Aterro da Praia de Iracema – DFB Festival

Quarta-feira (15)

14/05

21h

FIEC apresenta:

Água de Coco

Quinta-feira (16)

19h30

Sinditêxtil apresenta:

Jangadeiro Têxtil

Sexta-feira (17)

19h30

Sindroupas apresenta:

Matias

Serviço
Ceará Fashion Trade 2019

Data: 14 a 16 de maio

Horário: 14h às 20h

Local: Centro de Eventos Ceará – Pavilhão Oeste – portão A – Salão Taíba

(Avenida Washington Soares, 999, Edson Queiroz)
Inscrições pelo site: www.cearafashiontrade.com.br
Informações: 85 3261.1111/cft@ikone.com.br

Rogério Marinho, Secretário Especial de Previdência e Trabalho, palestra sobre reforma previdenciária em evento do LIDE Ceará e FIEC

Brasília – O relator da Comissão Especial que discute a Reforma Trabalhista, Rogério Marinho, durante audiência pública (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Na próxima sexta-feira (10), LIDE Ceará e FIEC realizam, em ação conjunta, um almoço-debate com o Secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho. Na ocasião, ele abordará o “Novo Brasil e a Nova Previdência” em um evento voltado para filiados das duas entidades. A reforma interessa ao setor produtivo, que busca recuperar a competitividade da economia e retomar o crescimento. O evento acontece no Hotel Gran Marquise.

“O Brasil atravessa grave crise econômica que teima em se perpetuar apesar dos avanços recentes alcançados. Ainda levaremos tempo para recuperarmos o que foi perdido pelo descalabro administrativo a que fomos submetidos por governos descompromissados com a nação. Para essa retomada, é essencial a aprovação da reforma da previdência para que possamos startar o novo momento nacional”, destaca Beto Studart, presidente da FIEC.

“Receberemos o Secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, na semana em que será divulgado o cronograma da comissão especial que analisa a reforma, bem como datas deliberativas, audiências e acordos de procedimentos. Estamos acompanhando os movimentos que vêm sendo feitos, inclusive de alguns partidos desejando desidratar o texto original. Muitas lideranças e entidades do país inteiro estão se organizando para acompanhar de forma proativa o debate. O LIDE Ceará inclusive passou a integrar a ‘Frente Apoie a Reforma’. A ideia é mostrar o quanto a situação atual da previdência trava a geração de empregos e impede o país de crescer”, explica Emília Buarque, presidente do LIDE Ceará.

Rogério Marinho

Rogério Marinho é Secretário Especial de Previdência e Trabalho, secretaria diretamente ligada ao Ministério da Economia. É economista. Exerceu mandatos de deputado estadual e federal, e na Câmara dos Deputados foi o relator da modernização trabalhista e do projeto que mudou as regras do FIES. Foi também vereador, Presidente da Câmara Municipal de Natal, Secretário Municipal de Planejamento e Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico.

LIDE Ceará

O LIDE CEARÁ é um grupo de líderes empresariais multisetorial, independente, apartidário, com alta conectividade e com foco no desenvolvimento socioeconômico. O objetivo do grupo é ampliar o ambiente de negócios e as oportunidades, conectando e dando projeção para as empresas, debatendo temas diversos, influenciando e defendendo posicionamentos. O LIDE CEARÁ tem agenda mensal, de fevereiro a novembro, com conteúdo de altíssimo nível e acesso aos principais expoentes do país no campo empresarial e no poder público.

O LIDE nas unidades internacionais (China, Itália, Alemanha, Portugal, EUA, Argentina, Paraguai, dentre outras), representa um ambiente seguro para negócios e desenvolvimento, especialmente entre o mundo e a forte presença do grupo na América Latina, com destaque para o Brasil. A organização está presente nos cinco continentes.

Sindicatos lançam Plano Diretor de Mineração com presença de diretores da ANM

 

Livro com diagnóstico do setor de mineração da Região Metropolitana de Fortaleza é lançado em evento na Fiec. Sindicatos e empresários recebem os diretores da Agência Nacional de Mineração para discutir e planejar o segmento.

 
Sindicatos ligados ao setor de mineração do Ceará lançam, na próxima terça-feira (30), com apoio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Plano Diretor de Mineração para a Região Metropolitana de Fortaleza.

 
O evento acontecerá às 08h30, no auditório Luiz Esteves e contará com a presença dos Diretores da Agência Nacional de Mineração (ANM): Tasso Mendonça Júnior, Tomás Antônio Albuquerque de Paula Pessoa Filho e Débora Toci Puccini. Na ocasião, os convidados participarão de debate com os representantes dos sindicatos envolvidos e empresários sobre as demandas do setor e as novidades do segmento.

 
Na obra, são apresentadas medidas que buscam fomentar o desenvolvimento da mineração sustentável, integrando a indústria nas ações de planejamento da RMF. O primeiro Plano Diretor de Mineração da Região Metropolitana de Fortaleza foi publicado em 1998, quando a região tinha nove municípios, sendo atualmente composta por 19.

 
O presidente do Sindminerais, Ricardo Cavalcante, reforça a importância do encontro, alertando que os bens minerais são fundamentais para o desenvolvimento econômico do Brasil. “Não existe condições de haver crescimento sem a mineração estar presente. A mineração oferece matéria prima para os mais variados tipos de indústrias, como construção civil, siderúrgicas, fertilizantes, etc. Muitas vezes o nosso setor é até discriminado, mas isso acontece porque a sociedade não se dá conta da quantidade de coisas que utilizamos no dia a dia que vêm da mineração”, afirma.

 
Participam do evento e da obra, além do Sindminerais, o Simagram – representado pelo presidente Carlos Rubens Araújo Alencar; o Sindcerâmica – representado pelo presidente Marcelo Guimarães Tavares; o Sindibrita – representado pelo presidente Abdias Veras Neto e o Sindbebidas – representado pelo presidente Cláudio Sidrim Targino.

 
Sobre o Plano Diretor de Mineração

Os planos diretores de mineração têm como objetivo disciplinar o aproveitamento das substâncias minerais, principalmente de grande alcance social como as matérias-primas usadas na construção civil.

 

Serviço:

Lançamento do Plano Diretor de Mineração para a RMF

Data: 30 de Abril (terça-feira)

Horário: 8h30

Local: FIEC – Auditório Luiz Esteves (Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota)

Parceria firmada entre Sindialimentos, Fiec, Sebrae e Adagri trará benefícios para produtores de aves e de entreposto de ovos

 

Presidente do Sindicato das Indústrias da Alimentação e Rações Balanceadas no Estado do Ceará (Sindialimentos), André Siqueira continua em intenso ritmo para alcançar conquistas para produtores do Estado. Dessa vez, parceria firmada com Fiec, Sebrae e Adagri vai ajudar produtores de aves. A partir de agora, a união destas entidades com o Sindialimentos permitirá a elaboração de plantas arquitetônicas e memoriais descritivos para construção de abatedouros de aves e entreposto de ovos.

 

Sendo assim, um produtor que pretende construir um abatedouro ou entreposto, ele poderá solicitar ao sindicato as plantas do projeto gratuitamente, por e-mail, e já aprovadas pela Adagri. “Ele não precisará mais fazer investimento, contratar projetista, terá diminuição de tempo e gastos e tudo já estará aprovado, simplesmente, para ser colocado em prática. Uma medida interessante, que trará facilidade para os projetos de quem deseja empreender nessa atividade. O Sindialimentos está sempre em busca de levar benefícios para produtores”, afirmou André Siqueira.

 

Os interessados podem solicitar os projetos pelo e-mail: sindialimentos@sfiec.org.br

Seminário Rota Ceará 2020 discute novas oportunidades de negócios com a instalação dos Hubs Aéreo, logístico/portuário e Tecnológico no cenário econômico do Ceará e do Brasil

 

 

Representantes de empresas e instituições de importância no cenário nacional e internacional como Angola Cable Data Center, Sebrae, APM Terminals, Tecer Terminais Portuários, FIEC, CDL Fortaleza, Skal, SEBRAE e Banco do Nordeste do Brasil já confirmaram presença no Seminário Rota Ceará 2020, que acontece dia 24 de janeiro de 2019, das 8h às 18h na sede da FIEC.

O Estado do Ceará começa o ano preparado para um novo momento de sua economia ao consolidar seus hub de setores estratégicos, como o do Turismo (Hub Aéreo + Concessão Aeroporto e novos Terminais), Indústria (Hub Logístico/Portuário + ZPE + Parceria Roterdan ) e Empreendedorismo Digital (Hub Digital + Data center Angola Cables

Os três setores vão receber, juntos, investimentos de mais de 4 bilhões de reais nos próximos anos, alterando o panorama de oportunidades no Ceará, transformando; vocações econômicas e buscando fortes resultados na geração de emprego e no aumento da participação cearense no PIB nacional.

Durante o Seminário serão apresentados os cenários desses 3 eixos e as oportunidades de negócios nos setores da Indústria, Comércio e Serviço, traduzindo os impactos e transformações desses empreendimentos para a economia do estado do Ceará.

Será apresentada palestra sobre o Hub Logístico/Portuário com o tema “Oportunidades de negócios com o Complexo Industrial do Pecém e o novo desenho de oportunidades para o estado do Ceará”, seguido do painel “Hub logístico/portuário e seu impacto no cenário econômico e na geração de novos negócios.”

Haverá palestra sobre o Hub Aéreo com o tema “Oportunidades de Negócios com o Hub da KLM/Air France e a nova gestão de aeroportos da Fraport” e painel sobre “Cenários de oportunidades de negócios com os hubs aéreos e a nova estrutura do Aeroporto de Fortaleza. Como se beneficiar?”.

E sobre o Hub Digital, o tema a ser abordado será “Angola Cables e Google e a geração de negócios com o hub digital”, seguida do painel de encerramento “Os hubs e o desenho de oportunidades de negócios para o estado do Ceará.”

Além do Seminário, foi produzido conteúdo editorial exclusivo, web documentários apresentando os setores do Turismo, Indústria e Empreendedorismo, além de publicação especial com projeto gráfico editorial do jornalista Luis Sérgio Santos com entrevistas, artigos, além do hot site www.rotaceara2020.com.br com todo o material digital e podcast das entrevistas.

O Seminário Rota Ceará 2020 é uma realização do Instituto do Conhecimento e da Produção Cultural e conta com a organização da Ideia de Evento.

 

Serviço:

Seminário Rota Ceará 2020

Data: 24/01/2019

Horário: 08h às 18h

Local: Auditório da FIEC (Av. Barão de Studart, 1980)

Inscrições gratuitas: www.rotaceara2020.com.br

FORTALEZA RECEBE CIRCUITO DE CORRIDA SESI

 

Tudo pronto para a sexta edição do Circuito de Corrida Sesi em Fortaleza. Cerca de três mil corredores sairão às 6h30, do aterro da Praia de Iracema, em percursos de 10km e 5km, neste domingo, dia 02/12. Desses, mil são trabalhadores da indústria do Estado do Ceará que participam da prova de forma gratuita. O evento vai distribuir R$ 35 mil em prêmios.

Repetindo o sucesso dos anos anteriores, a organização reservou 1000 vagas para os trabalhadores da indústria que participarão gratuitamente. “A adesão foi um sucesso. No início da semana, as vagas já haviam sido preenchidas”, contou Daniel Pereira, presidente da Federal Pernambucana de Atletismo, organizador do Circuito. “A qualidade de vida do trabalhador é o diferencial competitivo das empresas no século XXI. É por isso que o Sesi investe nessa parceria”, completou.

Além de promover a saúde e o fim do sedentarismo, a etapa cearense no Circuito quer ajudar a desenvolver hábitos sustentáveis na população. O evento conta com área para massagens, guarda-volumes, alongamento, premiação, distribuição de chips de controle e kits da corrida, além de café da manhã e lanche balanceado para os participantes.

ALONGAMENTO – O alongamento é um ponto alto da prova. “A prática sempre foi muito difundida como benéfica para a atividade no sentido de prevenir lesões e preparar os músculos para absorverem melhor o impacto do exercício. É por isso que antes da prova uma equipe de professores faz o alongamento com os participantes”, explicou André Nonato, responsável pela logística do evento.

O Circuito de Corrida SESI é uma realização da Federação de Atletismo de Pernambuco e tem patrocínio do SESI. Depois de Fortaleza, o circuito, que já passou por Maceió, segue para Recife, dia 09.

 

Serviço:

Circuito de Corrida SESI // Provas de 10 km e 5 km

Entrega dos KITS para etapa Fortaleza

– Dias 30/11 – 8hs as 18hs

– Dias 01/12 – 8hs as 17hs

Local: SESI Parangaba

 

Premiação:

CATEGORIA 10KM E 5KM – GERAL

CLASSIFICAÇÃO

MASCULINO

FEMININO

TOTAL

1º Lugar

R$1.650,00

R$1.650,00

R$3.300,00

2º Lugar

R$1.000,00

R$1.000,00

R$2.000,00

3º Lugar

R$800,00

R$800,00

R$1.600,00

4º Lugar

R$500,00

R$500,00

R$1.000,00

5º Lugar

R$300,00

R$300,00

R$600,00

TOTAL:

R$8.500,00

CATEGORIA 10KM E 5KM – INDUSTRIÁRIO

CLASSIFICAÇÃO

MASCULINO

FEMININO

TOTAL

1º Lugar

R$2.000,00

R$2.000,00

R$4.000,00

2º Lugar

R$1.500,00

R$1.500,00

R$3.000,00

3º Lugar

R$1.000,00

R$1.000,00

R$2.000,00

4º Lugar

R$500,00

R$500,00

R$1.000,00

5º Lugar

R$300,00

R$300,00

R$600,00

TOTAL:

R$9.000,00

Hidracor participou do Seminário Tinta de Qualidade Reconhecida

 
A Hidracor participou, nesta terça-feira (27), do Seminário Tinta de Qualidade Reconhecida. Fortaleza é a primeira cidade a receber a iniciativa, que se realiza na Federação as Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), e pretende percorrer os principais polos de fabricação de tintas do país, com o objetivo de sensibilizar a indústria e os lojistas para a importância de se produzir e revender produtos com qualidade reconhecida.

No painel da qual participou, a Hidracor compartilhou cases que reforçam a importância de estar de acordo com as normas, assim como os investimentos que tem feito em inovação e que colocam a empresa entre as mais fortes do setor.

O evento, gratuito, foi uma realização da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafti) e contou, em Fortaleza, com a colaboração do Sindicato das Indústrias Químicas, Farmacêuticas e da Destilação e Refinação de Petróleo do Estado do Ceará (Sindiquímica) e da Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção do Ceará (Acomac-CE).

Fórum debate a relação do agronegócio com a crise hídrica do Estado

 

 

Com a proposta de debater os desafios do setor do agronegócio no Estado, a Fundação Demócrito Rocha (FDR) realiza o I Fórum do Agronegócio cearense e sua relação com a crise hídrica. Promovido pelo O POVO, o evento será no dia 14 de novembro, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), das 13 às 19 horas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site especial.opovo.com.br/forumagronegocio.

A palestra de abertura do Fórum tem como tema Oportunidades e desafios do agronegócio brasileiro com foco no Nordeste e será ministrada por Luis Roberto Barcelos, presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas).

Estão programadas, ainda, palestras com o diretor técnico da Associação Cearense de Criadores de Camarão, Antônio Albuquerque; o presidente da Betânia Lacteos, Bruno Girão; o presidente do Conselho Administrativo da Itaueira Agropecuária e diretor da Fiec, Carlos Prado; o professor associado da Universidade Federal do Ceará (UFC), Francisco de Assis Filho; e o Diretor de Estudos Econômicos do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará, Adriano Sarquis Bezerra de Menezes.

O superintendente de negócios de varejo e agronegócio do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Luiz Sérgio Farias Machado, apresentará o case Financiamento de tecnologias e pesquisas aplicadas ao agronegócio cearense. O evento também conta com três painéis de debates. São eles: O agronegócio cearense sob a ótica do setor produtivo; Recursos hídricos e o impacto no desenvolvimento do agronegócio cearense e Promoção e políticas de desenvolvimento para o agronegócio cearense.

 

PROGRAMAÇÃO*

13 horas às 13h30min – Cadastramento

13h30min às 14 horas – Solenidade de Abertura

14 horas às 14h30 – Palestra magna: Oportunidades e desafios do agronegócio brasileiro com foco no nordeste
Palestrante: Luis Roberto Barcelos – Presidente da Abrafrutas.

14h30min às 15h45min – Painel I – O agronegócio cearense sob a ótica do setor produtivo
Palestrantes: Antônio Albuquerque, diretor técnico da Associação Cearense de Criadores de Camarão (ACCC); Carlos Prado, presidente do Conselho Administrativo da Itaueira Agropecuária e Diretor da Fiec; e Bruno Girão, Presidente da Betânia Lacteos

Debatedores: Lucas Antônio de Souza Leite, diretor geral da Embrapa Agroindústria Ceará e Flávio Saboya, presidente da Faec

15h45min às 16h15min – Coffee Break

16h15min às 17h30min – Painel II – Recursos hídricos e o impacto no desenvolvimento do agronegócio cearense

Palestrante: Francisco de Assis Filho, professor associado da UFC

Debatedores: Silvio Carlos Ribeiro, diretor de Agronegócio da Adece e Francisco Teixeira, secretário de Recursos Hídricos do Estado do Ceará

17h30min às 17h45min – Case – Financiamento de tecnologias e pesquisas aplicadas ao agronegócio cearense
Palestrante: Luiz Sérgio Farias Machado, superintendente de negócios de varejo e agronegócio do Banco do Nordeste do Brasil (BNB)

17h45min às 19 horas – Painel III – Promoção e políticas de desenvolvimento para o agronegócio cearense

Palestrante: Adriano Sarquis Bezerra de Menezes – Diretor de Estudos Econômicos do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará

Debatedores: Alci Porto, diretor técnico do Sebrae Ceará e Carlos Matos, deputado estadual e ex-Secretário de Agricultura do Ceará

* Programação sujeita a alterações

 

Serviço

I Fórum do Agronegócio cearense e sua relação com a crise hídrica
Data: 14 de novembro
Horário: de 13 às 19 horas
Local: Federação das Indústrias do Estado do Ceará – Fiec (Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota, Fortaleza – CE)

Inscrições gratuitas no site: especial.opovo.com.br/forumagronegocio

Nova diretoria do Centro Industrial do Ceará (CIC) toma posse próximo dia 22 de agosto, na FIEC

 
O Centro Industrial do Ceará (CIC) está com nova diretoria para a gestão 2018/2020. Tendo como presidente o empresário André de Freitas Siqueira – também presidente do Sindialimentos, o CIC vem com a perspectiva de realizar um trabalho voltado para a modernização do ambiente de negócios e a diminuição da burocracia que afeta diversos setores produtivos. E, para oficializar a posse, que acontecerá dia 22 de agosto, às 19h, no auditório da FIEC haverá palestra com o jornalista William Waack.

“Estamos com alguns projetos em andamento para estes dois anos à frente do CIC. Nosso foco principal será o projeto ‘Simplificar para desenvolver’, que tem como objetivo debater os entraves burocráticos que afetam diretamente nossos negócios, na melhoria do ambiente de negócios no Ceará e na eficiência do Estado”, disse Siqueira. “Nosso ponto de partida serão os dados produzidos pelas ‘Rotas Estratégicas’ que compõe o Programa de Desenvolvimento da Indústria desenvolvido pela FIEC, que apontam gargalos que afetam diretamente os nossos negócios, além de apontamentos que serão obtidos a partir de pesquisa realizada junto aos sindicatos, conselhos temáticos e núcleos setoriais que compõe a FIEC”.

Esse projeto tem como parceiros estratégicos a Federação das indústrias do Ceará (FIEC), Associação dos Jovens Empresários (AJE) Fortaleza e Confederação Nacional da indústria (CNI).

De acordo com o presidente, “também é nosso propósito realizar debates e interagir com os municípios do interior do Estado e, dessa forma, estimular o desenvolvimento industrial nas cidades cearenses e abrir diálogo e, junto com a Federação, propor melhores condições industriais para o interior”.

Para essa gestão ainda foram eleitos: 1º vice-presidente José Sampaio de Souza Filho; Vice-Presidente, Edgar Gadelha Pereira Filho; Vice-Presidente, André Montenegro de Holanda; Vice-Presidente, Felipe Soares Gurgel; Vice-Presidente, Antonio Marcos Ribeiro do Prado; Diretor Financeiro, Marcos Antonio Ferreira Soares; Diretor de Relações Institucionais, Raul Amaral Júnior; Diretor Administrativo, Benildo Aguiar; Diretor Jurídico, Adenauer Moreira; Diretor Jurídico, Alexandre Aguiar Maia; Diretor, Aluisio da Silva Ramalho Filho; Diretora, Marina Abifadel Barrozo; diretores, Carlos Rubens Araújo Alencar, Flávio Noberto de Lima Oliveira, Germano Maia Pinto, Marcelo Guimarães Tavares, Yuri Torquato de Oliveira Figueiredo, Lauro Chaves Neto, José Aélio Silveira Júnior, Ricardo Augusto de Palhano Xavier; diretora Mirian Silva Pereira; conselheiros fiscais titulares, Marcos Silva Montenegro, Francisco Eulálio Santiago Costa, Luiz Francisco Juaçaba Esteves; conselheiros fiscais suplentes, Pedro Manoel Peres Pinto, Abdias Veras Neto, Francisco Lélio Matias Pereira.

Sindiverde empossa diretoria para gestão 2018 – 2022

 

O Sindicato das Empresas de Reciclagem de Resíduos Sólidos Domésticos e Industriais do Estado do Ceará (Sindiverde) empossou, dia 24 de julho, o empresário Mark Augusto Lara Pereira como seu presidente. A solenidade foi comandada pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Beto Studart.

O novo gestor tem formação acadêmica em Administração de Empresa, Direito e em Geologia, além de ser mestrando de Geologia Ambiental na Universidade Federal do Ceará (UFC). É sócio-diretor da Limptudo Serviços de Limpeza e Conservação LTDA, empresa do segmento de coleta de resíduos sólidos; membro da Associação Profissional dos Geólogos do Ceará (APGCE); conselheiro nacional da Câmara de Geologia, Geografia, Minas e Agrimensura (CEGGMA) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Ceará (CREA/CE).

O programa de gestão do novo presidente compreende o projeto de ampliação da base social; a disseminação da educação ambiental no seio escolar, como também orientação e estímulos às indústrias de todos os segmentos a se adequarem à Lei Nacional dos Resíduos Sólidos. O objetivo é fomentar o apoio e a participação efetiva nas ações que intensifiquem e fortaleçam as relações entre o segmento público e a sociedade cearenses, com foco no desenvolvimento sustentável, sempre ao lado da FIEC, buscando valorizar a representatividade sindical junto às indústrias de reciclagem de resíduos sólidos domésticos e industriais.

 

Sobre o Sindiverde

Criado em 1998, é um dos 40 sindicatos patronais ligados à Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e conta hoje com 76 empresas associadas, ligadas à indústria de reciclagem, incineradoras, consultoria ambiental, transformação e usinas de aterro.

Conheça a nova diretoria:

Presidente – Mark Augusto Lara Pereira

Vice Presidente – Graça Maria da Cruz

Dir. Administrativo – Edmilson Lopes Pereira

Dir. Financeiro – Rafael Dudeus Meira Moreira Alves

Dir. Relações Trabalhistas e Sindicais – Marcos Augusto Nogueira de Albuquerque

Dir. De eventos – Sabrina Moreira de Paula Castro

Dir. Técnico – Bruno Bertrand Melo Nazareth

Conselho Fiscal Titula :

Marcos Kaiser Brasil

Mônica Renard

Carlos Napoleao Bastos Tigre

Conselho Fiscal Suplente:

Paulo Afonso Pradas

Mônica Regina Tributino