Browsing Tag

Edital

Programa Corredores Digitais lança edital 2019 nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira (05), será lançado o edital do Corredores Digitais 2019, um programa de empreendedorismo e inovação do governo do Estado, que tem o objetivo de gerar novas empresas de base tecnológica, transformando ideias em empreendimentos inovadores.

Nesta edição, a chamada busca selecionar até 220 times de empreendedores, impactando diretamente mais de 800 pessoas, com duração de seis meses cada, em duas modalidades: a primeira é a Criação de Negócio para equipes com ideias, pesquisas, invenções ou negócios em estágio pré-operacional para validação da solução e do modelo de negócio e, a segunda modalidade é a Tração de Negócio, para equipes com soluções em estágio operacional, que visam aumentar sua base de clientes e acessar investimentos.

Os selecionados serão incentivados a desenvolver novos negócios incorporando tecnologias aos setores econômicos estratégicos do Ceará, mediante a oferta de ciclo de aprendizado prático em empreendedorismo e inovação, metodologia própria, infraestrutura, ambiente de prototipagem rápida, mentorias especializadas, network e incentivo econômico.

A partir da segunda-feira (08), terá início a etapa de Difusão Empreendedora, que deve alcançar 10 mil pessoas em todo o Ceará com disseminação da cultura e conhecimento empreendedor através de ações como palestras, hackathons e workshops incentivando o público à submissão de projetos ao Programa. Interessados em receber essa ação deverá encaminhar solicitação através do link disponibilizado no site da Secitece. 

O Corredores Digitais já apoiou mais de 450 ideias, com 133 novas tecnologias e modelos de negócios, mil pessoas foram impactadas diretamente em 13 regiões do Ceará, gerando mais R$ 1 milhão em faturamento por ano. “O programa Corredores Digitais acredita que o empreendedorismo pode ajudar a mudar a realidade do desemprego vivenciada por muitos jovens. Mesmo que as pessoas não saibam exatamente o que querem fazer, basta ter uma boa ideia e vontade para aprender com a gente”, destaca Gabriela Purcaru, coordenadora de empreendedorismo e inovação da SECITECE.

Sobre o Corredores Digitais

O Corredores Digitais é o programa de desenvolvimento de novas empresas de base tecnológicas a partir da transformação de ideias em empreendimentos inovadores que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos estratégicos do Estado do Ceará.

Serviço:

Lançamento do edital do Programa Corredores Digitais 2019 

Data: 05 de Julho (Sexta-feira)

Horário: 9 horas

Local: Polo de Inovação Embrapii Fortaleza (Rua Nogueira Acioli, 621, Aldeota). 

Inscrições para edital Natura Musical 2019 acontecem de 2 a 19 de julho

Natura Musical seleciona novos projetos para patrocínio em 2020. O edital, com inscrições abertas de 2 a 19 de julho, busca artistas, bandas e grupos que já atuam profissionalmente no mercado e desejam desenvolver, consolidar ou revigorar suas carreiras. O processo de seleção também abre espaço para projeto de mapeamento, desenvolvimento e registros de cenas musicais. As inscrições podem ser feitas até o dia 19 de julho pelo site natura.sponsor.com.

“Buscamos por projetos que representem a diversidade e o vigor da produção atual da música brasileira. E Natura Musical vem para somar forças, para apoiar o trabalho de artistas, bandas e cenas que são porta-vozes do nosso tempo”, afirma Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “Os projetos patrocinados têm nas mãos o potencial para fortalecer o legado da música brasileira e, ao mesmo tempo, injetar energia ao mercado, ampliar seu impacto e renová-lo.”, completa.

As propostas inscritas no edital podem ter diversos formatos como álbum, EP, vinil, shows, turnês, clipes, além de pesquisas, séries de vídeos ou podcasts, documentários, mostras, residências artísticas, intercâmbios, oficinas e conferências. Os projetos serão avaliados por uma rede de curadores formada por artistas, produtores, jornalistas e empresários do mercado musical. Os critérios utilizados para a seleção podem ser consultados no regulamento do edital (clique aqui). O anúncio dos selecionados será feito até dezembro de 2019.

A plataforma oferecerá R$ 5,4 milhões em patrocínio, com a combinação de recursos próprios da marca e recursos incentivados. Serão contemplados projetos de todo o território brasileiro por meio da Lei de Incentivo à Cultura (nacional) e, regionalmente, na Bahia, com a Faz Cultura; em Minas Gerais, com Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais; no Pará, com Semear; e no Rio Grande do Sul, com a LIC.

Histórico Natura Musical

Com 14 anos, o Natura Musical tem hoje um papel singular na valorização da produção contemporânea e da identidade musical brasileira: já apoiou 418 projetos de 20 Estados brasileiros. A plataforma lança, em média, 20 discos anualmente, com destaques nas listas de melhores do ano e premiações nacionais e internacionais.

Alguns dos mais representativos compositores e intérpretes da nova geração já foram patrocinados pelo programa, como Liniker e os Caramelows, Tássia Reis, francisco, el hombre, Luiza Lian, Tuyo, Larissa Luz, Johnny Hooker, entre outros. Ao mesmo tempo, a plataforma apoia projetos emblemáticos de ícones da música brasileira: é o caso de Jards Macalé, com “Besta Fera”, Elza Soares, com “A Mulher do Fim do Mundo”, Dona Onete, com “Rebujo”, por exemplo. Nos próximos meses, o novo trabalho de Margareth Menezes também será lançado em parceria com Natura Musical.

Em 2017, como uma forma de ampliar seu impacto, Natura Musical expandiu a sua atuação, inaugurando a Casa Natura Musical. Em dois anos de atuação, o espaço já promovou cerca de 240 shows de artistas que representam a toda a diversidade da música brasileira. Ainda no mesmo ano, Natura Musical passou a patrocinar festivais de Norte a Sul do País. Em 2019, serão 9 eventos em oitos Estados. “Os festivais são fundamentais para manter pulsante a cena musical independente e a economia local. Além disso, eles contribuem para que os artistas patrocinados possam circular e alcançar novos públicos”, pontua Fernanda Paiva. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu R$ 143 milhões no patrocínio de 418 projetos – entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais e filmes.

Edital Natura Musical 2019

Inscrições, regulamento e atendimento a proponentes

Inscrições abertas: de 2/7 até 19/7 (até às 17h, pontualmente) pelo site natura.com.br/naturamusical.

Em caso de dúvidas, fale com a gente:

(11) 5056-9816 ou mailto:editalnaturamusical@natura.net

O atendimento será realizado das 10h às 17h, durante o período de inscrições.

Comdica abre processo de escolha de Conselheiros Tutelares

 

 

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Fortaleza (Comdica) abre o processo de escolha em data unificada para composição dos Conselhos Tutelares do Município de Fortaleza, período 2020 a 2024. As inscrições devem ser feitas de 10 de abril a 5 de maio, pela internet, no Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura. No total, são ofertadas 80 vagas para o cargo (40 para titulares e 40 para suplentes).

Para a pré-candidatura ao processo de escolha é necessário ter idade igual ou superior a 21 anos; ensino médio completo; ser residente e eleitor do município de Fortaleza há pelo menos 1 ano; experiência profissional ou em regime de voluntariado de no mínimo dois anos em trabalho direto na área da criança, do adolescente e da família, nos últimos cinco anos anteriores ao pleito; além de demais documentos comprobatórios indicados no edital de convocação.

O processo de escolha será realizado em três fases, de caráter eliminatório, sendo a primeira composta por aplicação da prova de conhecimentos específicos, a segunda de análise documental, apenas para os candidatos aprovados na primeira fase, seguida pela última etapa que consistirá na votação.

Para se inscrever, os interessados devem acessar o Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura de Fortaleza, preencher o formulário eletrônico e pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 40. Aos candidatos solicitantes de isenção, o processo deverá ser realizado pela internet, mediante o preenchimento do formulário de solicitação de isenção da taxa de inscrição, que deverá ser entregue na sede do Imparh, juntamente com os documentos comprobatórios necessários.

Os candidatos eleitos serão submetidos a curso preparatório de habilitação à função de Conselheiro Tutelar, sendo a participação e aprovação requisito essencial à posse. Os Conselheiros Tutelares escolhidos exercerão suas atividades em regime de dedicação exclusiva e deverão cumprir jornada de trabalho de oito horas diárias.

TJA lança edital de Ocupação Artística 2019

 

Chegando na sua terceira edição, a Chamada de Ocupação Artística do Theatro José de Alencar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), irá selecionar grupos do Estado do Ceará para compor o cronograma de atividades dos mais variados espaços deste complexo cultural de junho a dezembro de 2019. O período de inscrições é de 05 a 25 de abril de 2019.

São 16 espaços disponíveis e muitas possibilidades de desenvolver um trabalho artístico no mais importante teatro do Ceará. Artes visuais, música, dança, teatro, circo, audiovisual, literatura e outras linguagens artísticas podem ocupar os espaços que compõem a edificação tombada, jardim e todo o Anexo CENA.

Ao todos foram contemplados 121 projetos nos anos de 2017 e 2018. Alguns programas disponibilizam apoio financeiro e outros são cedidos espaços para realização de atividades culturais das mais variadas linguagens artísticas.

Com esta iniciativa, o Theatro José de Alencar busca promover o fortalecimento e fomento desta centenária casa de espetáculos junto à classe artística e ao grande público. Após cumprir o calendário disposto na Chamada, serão divulgados os selecionados, de acordo com os espaços pretendidos e linguagens.

 

Confira o edital e faça sua inscrição:
http://mapa.cultura.ce.gov.br/oportunidade/1371/

Inscrições abertas para o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia

 

Repaginado, com novas categorias, novo valor e agora com abrangência nacional, o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 está com inscrições abertas. O Edital é uma ação da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), que tem o objetivo de ampliar a reflexão e a experiência artística, a formação de público e o acesso a bens e serviços culturais, por meio da fotografia. As inscrições são on-line e feitas pelo site de editais da Secult: http://editais.cultura.ce.gov.br/, no período de 10 dezembro de 2018 a 11 de fevereiro de 2019.

Garantido pela lei do Sistema Estadual de Cultura do Ceará, o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 destinará um total de R$ 280.000,00 a projetos autorais de fotografia. O prêmio irá reconhecer e fomentar a fotografia brasileira, por meio da seleção de 5 autores dentre os trabalhos inscritos. Cada autor poderá inscrever apenas uma proposta de um trabalho autoral em uma das três categorias de premiação: Categoria I – Narrativas Brasileiras; Categoria II – Descobertas; Categoria III – Novas Visões.
“Avaliamos o prêmio e tomamos um caminho de que ele pudesse ganhar uma abrangência nacional. A própria figura do Chico Albuquerque é uma referência nacional, merece esse destaque. Além disso, o Ceará já tem uma vocação e um percurso reconhecido na fotografia. De como a fotografia cearense dialoga com a fotografia nacional para que possamos ter aí um movimento de dentro para fora, de fora para dentro, de chamar atenção do país para o Ceará e vice-versa. Sobre as novas categorias, importante ressaltar essa relação delas com a obra: “narrativas brasileiras”, é esse ressaltar que o Chico apresentou ao construir ensaios fotográficos que apontavam nossa narrativa; a categoria “descobertas”, é esse olhar de generosidades que ele tinha com os novos fotógrafos e, por fim, “novas visões”, é essa ousadia e novidade que o trabalho aponta”, afirma Fabiano Piúba, secretário da Cultura do Ceará.

O Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia é uma ação de reconhecimento e promoção da produção cultural no campo da Fotografia cearense e brasileira e constitui-se como uma iniciativa que se insere nas políticas de fomento às Artes Visuais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), com ênfase no estímulo aos processos e ciclos de criação, produção, difusão, pesquisa, memória e formação no campo da fotografia.

 

Conheça as novas categorias do Prêmio

A Categoria I – Narrativas Brasileiras do Edital do Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 é destinada a premiar o percurso consolidado de um(a) autor(a), reconhecendo a relevância da sua trajetória para a fotografia brasileira. Podem se inscrever autores(as) que tenham trabalhos voltados para a construção de narrativas fotográficas, no formato de ensaio autoral, que interpretem e valorizem a diversidade brasileira.

A Categoria II – Descobertas é destinada à premiação e revelação de autores(as) com ensaios fotográficos que apresentam novas contribuições para o campo da fotografia brasileira na atualidade.

Já a Categoria III – Outras Visões é para trabalhos que atravessam os limites do ato fotográfico e recorrem à transversalidade na criação visual, por meio de processos inovadores em diálogo e conexão com outras linguagens e as novas tecnologias.

 

Quem pode participar
Podem se inscrever no Edital do Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 pessoas físicas, maiores de 18 anos, brasileiras natas ou naturalizadas, residentes e domiciliadas em qualquer um dos municípios do território nacional e com atuação no campo da fotografia.

 

Inscrições
As inscrições para o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 são gratuitas e feitas exclusivamente pela internet, no site http://editais.cultura.ce.gov.br/2018/12/08/premio-chico-albuquerque-de-fotografia-edicao-2018/?et_fb=1&fbclid=IwAR0ouJBQnh7cbr5E-wM-UoK984QJa_65KPvdQnu6La7GGGJFsjIvSnIF9Jk, no período de 10 de dezembro de 2018 a 11 de fevereiro de 2019.

O(a) candidato(a), antes da inscrição, deverá realizar ou atualizar o cadastro no Mapa Cultural do Ceará, com o perfil de Agente Individual (Pessoa Física).

 

Mais informações
O Prêmio é uma homenagem ao fotógrafo brasileiro Chico Albuquerque (1917-2000) que nasceu no Ceará e tornou-se pioneiro na fotografia publicitária no País e um dos artistas mais inovadores de sua geração. Ao longo de uma trajetória de 68 anos dedicados à fotografia, consagrou-se como retratista de personalidades que marcaram a história brasileira. Dentre seus principais trabalhos, destaca-se o ensaio “Mucuripe” (1952) que retrata o cotidiano de jangadeiros do litoral cearense, revelando a profunda relação desses homens com o mar.

O Prêmio Chico Albuquerque, com novas categorias e abrangência, visa estimular processos criativos para a experimentação e a inovação no campo da fotografia e sua transversalidade com outras linguagens artísticas e áreas do conhecimento e posicionar o Ceará como estado de referência no âmbito das políticas públicas para o desenvolvimento da fotografia brasileira.

 

Serviço:
Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018
Inscrições: De 10 de dezembro de 2018 a 11 de fevereiro de 2019, pelo site http://editais.cultura.ce.gov.br/2018/12/08/premio-chico-albuquerque-de-fotografia-edicao-2018/?et_fb=1&fbclid=IwAR0ouJBQnh7cbr5E-wM-UoK984QJa_65KPvdQnu6La7GGGJFsjIvSnIF9Jk

Edital Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia será lançado neste sábado, 8

 

Repaginado, com novas categorias, novo valor e agora com abrangência nacional, o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 será lançado neste sábado, 8/12, às 20h, durante o Fotofestival Solar, no novo anfiteatro do Centro Dragão de Mar de Arte e Cultura. O Edital é uma ação da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), que tem o objetivo de ampliar a reflexão e a experiência artística, a formação de público e o acesso a bens e serviços culturais, por meio da fotografia. As inscrições são on-line e feitas pelo site de editais da Secult: http://editais.cultura.ce.gov.br/, no período de 10 dezembro de 2018 a 11 de fevereiro de 2019.

Garantido pela lei do Sistema Estadual de Cultura do Ceará, o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 destinará um total de R$ 280.000,00 a projetos autorais de fotografia. O prêmio irá reconhecer e fomentar a fotografia brasileira, por meio da seleção de 5 autores dentre os trabalhos inscritos. Cada autor poderá inscrever apenas uma proposta de um trabalho autoral em uma das três categorias de premiação: Categoria I – Narrativas Brasileiras; Categoria II – Descobertas; Categoria III – Novas Visões.

“Avaliamos o prêmio e tomamos um caminho de que ele pudesse ganhar uma abrangência nacional. A própria figura do Chico Albuquerque é uma referência nacional, merece esse destaque. Além disso, o Ceará já tem uma vocação e um percurso reconhecido na fotografia. De como a fotografia cearense dialoga com a fotografia nacional para que possamos ter aí um movimento de dentro para fora, de fora para dentro, de chamar atenção do país para o Ceará e vice-versa. Sobre as novas categorias, importante ressaltar essa relação delas com a obra: “narrativas brasileiras”, é esse ressaltar que o Chico apresentou ao construir ensaios fotográficos que apontavam nossa narrativa; a categoria “descobertas”, é esse olhar de generosidades que ele tinha com os novos fotógrafos e, por fim, “novas visões”, é essa ousadia e novidade que o trabalho aponta”, afirma Fabiano Piúba, secretário da Cultura do Ceará.

O Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia é uma ação de reconhecimento e promoção da produção cultural no campo da Fotografia cearense e brasileira e constitui-se como uma iniciativa que se insere nas políticas de fomento às Artes Visuais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), com ênfase no estímulo aos processos e ciclos de criação, produção, difusão, pesquisa, memória e formação no campo da fotografia.

 

Conheça as novas categorias do Prêmio

A Categoria I – Narrativas Brasileiras do Edital do Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 é destinada a premiar o percurso consolidado de um(a) autor(a), reconhecendo a relevância da sua trajetória para a fotografia brasileira. Podem se inscrever autores(as) que tenham trabalhos voltados para a construção de narrativas fotográficas, no formato de ensaio autoral, que interpretem e valorizem a diversidade brasileira.

A Categoria II – Descobertas é destinada à premiação e revelação de autores(as) com ensaios fotográficos que apresentam novas contribuições para o campo da fotografia brasileira na atualidade.

Já a Categoria III – Outras Visões é para trabalhos que atravessam os limites do ato fotográfico e recorrem à transversalidade na criação visual, por meio de processos inovadores em diálogo e conexão com outras linguagens e as novas tecnologias.

 

Quem pode participar
Podem se inscrever no Edital do Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 pessoas físicas, maiores de 18 anos, brasileiras natas ou naturalizadas, residentes e domiciliadas em qualquer um dos municípios do território nacional e com atuação no campo da fotografia.

 

Inscrições
As inscrições para o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018 são gratuitas e feitas exclusivamente pela internet, no site http://editais.cultura.ce.gov.br, no período de 10 de dezembro de 2018 a 11 de fevereiro de 2019.

O(a) candidato(a), antes da inscrição, deverá realizar ou atualizar o cadastro no Mapa Cultural do Ceará, com o perfil de Agente Individual (Pessoa Física).

 

Mais informações
O Prêmio é uma homenagem ao fotógrafo brasileiro Chico Albuquerque (1917-2000) que nasceu no Ceará e tornou-se pioneiro na fotografia publicitária no País e um dos artistas mais inovadores de sua geração. Ao longo de uma trajetória de 68 anos dedicados à fotografia, consagrou-se como retratista de personalidades que marcaram a história brasileira. Dentre seus principais trabalhos, destaca-se o ensaio “Mucuripe” (1952) que retrata o cotidiano de jangadeiros do litoral cearense, revelando a profunda relação desses homens com o mar.

O Prêmio Chico Albuquerque, com novas categorias e abrangência, visa estimular processos criativos para a experimentação e a inovação no campo da fotografia e sua transversalidade com outras linguagens artísticas e áreas do conhecimento e posicionar o Ceará como estado de referência no âmbito das políticas públicas para o desenvolvimento da fotografia brasileira.

 

Serviço:
Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia 2018
Inscrições: De 10 de dezembro de 2018 a 11 de fevereiro de 2019, pelo site http://editais.cultura.ce.gov.br.

Secult divulga resultado do Selo de Responsabilidade Cultural 2018

 

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) divulga nesta quinta-feira, 6/12, o resultado final da convocatória do Selo de Responsabilidade Cultural 2018, destinado ao reconhecimento de pessoas jurídicas de direito público e privado, com e sem fins lucrativos, que comprovadamente implementam ou incentivam programas, projetos e ações voltados para o desenvolvimento cultural do Estado do Ceará. O resultado pode ser acessado no site de editais da Secult: http://editais.cultura.ce.gov.br/.

“O Selo de Responsabilidade Cultural é garantido por uma lei de 2006. Ele reconhece empresas e instituições culturais que apoiam, realizam e promovem a cultura no Ceará, seja diretamente ou por meio de leis de incentivo, como a Lei Rouanet e a Lei do Mecenato Estadual. Nós retomamos esse Selo numa estratégia de fortalecimento do Sistema Estadual de Cultura, com relação ao Fundo Estadual de Cultura, ao Mecenato, para que possa qualificar e estimular as empresas e instituições da sociedade civil a ampliar e qualificar suas ações de responsabilidade cultural”, destaca o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba.

A ação tem também por objetivo incentivar práticas de responsabilidade cultural em empresas e organizações com operações no Ceará, além de incentivar as instituições públicas e privadas a projetos culturais por meio do Fundo Estadual de Cultura, o Mecenato Estadual e outras fontes de financiamento, contribuindo com o alcance das metas do Plano Estadual de Cultura e reconhecendo políticas públicas culturais exitosas implementadas por prefeituras municipais do Ceará.

 

Empresas que recebem o Selo:

Confira por categoria as empresas e instituições que irão receber o Selo de Responsabilidade Cultural 2018.

Modalidade Diamante: Servis Segurança; Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Sobral, Prefeitura Municipal de Assaré e M. Dias Branco

Modalidade Ouro: Cegás; Condomínio Shopping Benfica; Fundação Beto Studart; Instituto Beatriz e Lauro Fiúza;

Boas Práticas: Arcos – Associação Arte e Acordes; Associação Filhos e Amigos de Icó, Associação Shalom; Instituto Katiana Pena; Prefeitura Municipal de Palhano; FIEC – Federação das Industrias do Estado do Ceará.

 

Entrega do Selo será no TJA

A solenidade de outorga do Selo de Responsabilidade Cultural acontecerá no dia 17 de dezembro, às 19h, no Theatro José de Alencar, e contará com a apresentação da Camerata da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (OSUECE).

 

Mais sobre o Selo de Responsabilidade Cultural

O Selo de Responsabilidade Cultura surge para fortalecer o Sistema Estadual da Cultura, instituído pela Lei Nº 13.811/2006. A entrega do Selo em 2018 alinha-se às diretrizes, objetivos e metas do Plano Estadual da Cultura, instituído Lei 16.026/2016.

Para participar do processo de convocatória do Selo de Responsabilidade Cultural 2018, as instituições se candidataram ao selo nas categorias Empresarial, Institucional e Governamental. Somente pessoas jurídicas que tenham programas, projetos ou ações de promoção ou apoio a cultura desenvolvidos no Estado do Ceará puderam participar.

XI Edital Mecenas do Ceará com inscrições abertas

 

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) informa: inscrições abertas para o XI Edital Mecenas do Ceará. O processo teve início dia 8 de outubro e segue até dia 6 de novembro. Mais informações no site: http://editais.cultura.ce.gov.br. O edital Mecenas traz valor de R$ 26.700.000,00 (vinte e seis milhões e setecentos mil reais) e contempla as seguintes categorias, Categoria I – Doação, Categoria II – Patrocínio e Categoria III – Investimento.

O XI Edital Mecenas do Ceará alinha-se à Lei Nº 16.026, de 1º de junho de 2016, que institui o Plano Estadual da Cultura (PEC), que preconiza o fomento à cultura, de forma ampla, por meio de sua promoção e difusão, da realização de editais e seleções públicas, com ênfase no atendimento às metas 17 e 18 do PEC, nos termos da lei.

O Mecenato Estadual é o fomento a atividades culturais por meio da conjugação de recursos do poder público estadual com os de instituições privadas, no qual ocorra renúncia fiscal nas modalidades doação, patrocínio e investimento.

 

Contato sobre o Edital:
Email: editalmecenas@secult.ce.gov.br
Telefones: (85) 31016.6765 (dúvidas sobre o Edital) e (85) 3101-6737 (dúvidas sobre o Mapa Cultural do Ceará) Horário de atendimento: dias úteis, das 9h às 17h.

Acesse o edital:

XI EDITAL MECENAS DO CEARÁ – 2018

Presidente da Associação dos Servidores da Ematerce está confiante na realização do Concurso Público do órgão

 

O Governo do Estado publicou na edição do Diário Oficial do Estadodesta quarta-feira (22/8) o edital do processo seletivo para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará – Ematerce (PL Nº 68/2018). A seleção abre 263 vagas, sendo 196 para profissionais de nível médio e 67 para nível superior. A lei que autoriza o concurso foi sancionada no mês passado pelo Governo do Ceará. Ao receber a informação sobre a divulgação do edital, o presidente da Associação do Servidores da Ematerce, Sabino Bizarria, destaca que foi uma longa caminhada para chegar a publicação do edital do Concurso. Ele está confiante na realização do Concurso até o fim.

“Ha 4 anos, durante a campanha eleitoral de 2014, o então candidato, hoje governador Camilo Santana, nos prometeu o tão sonhado concurso. Foram inúmeras incursões. Conseguimos vencer a primeira batalha: saiu o EDITAL do concurso. Agora devemos ficar atentos para os próximos passos: prova, aprovação e contratação. Continuamos confiantes na palavra do governador”, acredita.

Edital do programa de apoio à programação do Museu do Ceará e do Museu Sacro São José de Ribamar 2018 seguem até dia 27/8

 

As Inscrições para o Edital do Programa de Apoio à Programação do Museu do Ceará e do Museu Sacro São José de Ribamar 2018, equipamentos da Secretaria da Cultura do Estado, foram prorrogadas até dia 27/8. Interessados podem se inscrever exclusivamente online, pelo site www.editais.cultura.ce.gov.br.

Criados em 1932 e 1967, respectivamente, o Museu do Ceará e o Museu Sacro São José de Ribamar salvaguardam importantes acervos relacionados à História e ao Patrimônio Cultural cearenses, promovendo extensa programação composta pela montagem de exposições, a conservação de seus acervos museológicos, visitas orientadas, cursos, oficinas, palestras, publicações na área de Museologia e História, entre outras atividades, dinamizadas com o lançamento, em 2017, do primeiro Edital de Apoio à Programação Cultural do MUSCE e doMSSJR, resultando em parceria firmada com entidade cultural sem fins lucrativos que teve seu projeto selecionado no certame.

A seleção dos projetos se dará em duas etapas: Habilitação da Inscrição e Avaliação e Seleção da Proposta. A Habilitação da Inscrição é uma etapa de caráter eliminatório, realizada por uma Comissão de Habilitação formada por integrantes da equipe da Secult, na qual será verificado se as instituições candidatas apresentaram toda a documentação exigida por este edital.

Já a Avaliação e Seleção da Proposta é etapa de caráter eliminatório e classificatório, na qual é realizada a análise técnica das propostas das instituições habilitadas na fase anterior, por uma Comissão de Avaliação e Seleção instituída pela Secult. Nesta fase, além da análise do material enviado no ato da inscrição, cada instituição habilitada na etapa anterior terá 30 minutos para realizar apresentação oral da proposta, podendo ser feita por até 3 (três) membros envolvidos no programa proposto. A apresentação será em hora e local previamente marcados pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.
Saiba mais: http://editais.cultura.ce.gov.br/2018/07/06/edital-do-programa-de-apoio-a-programacao-do-musce-e-museu-sacro-sao-jose-de-ribamar-2018/

SECULT: quatro editais seguem com inscrições abertas

 

Seguem com inscrições abertas quatro editais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Três deles são destinados a pessoa jurídica: o Edital de Chamamento Público do Programa de Ocupação Artística e Cultural do Teatro Carlos Câmara 2018; o Edital do programa de apoio à programação do Museu do Ceará e Museu Sacro São José de Ribamar 2018; e o edital do Selo de Responsabilidade Cultural – Edição 2018. Há também o Edital Tesouros Vivos Da Cultura 2018, de patrimônio imaterial, que selecionará os novos Mestres e Mestras da Cultura, além de grupos e coletividades.

Outros dois editais terão inscrições abertas em breve: o Edital de Seleção de instituição parceira para a realização do XII Encontro Mestres do Mundo – 2018, que está atualmente em período para conhecimento da sociedade, e o XV Edital Natal de Luz, que está em período de consulta pública.

 

Confira mais informações no site de editais da Secult: http://editais.cultura.ce.gov.br

Edital de Chamamento Público do Programa de Ocupação Artística e Cultural do Teatro Carlos Câmara 2018
Inscrições até 10/8/2018

Edital Tesouros Vivos Da Cultura 2018
Inscrições até 17/08/2018

Edital do programa de apoio à programação do MUSCE e Museu Sacro São José de Ribamar 2018
Inscrições até 19/08/2018

Edital do Selo de Responsabilidade Cultural – Edição 2018
Inscrições até 28/08/2018

Edital de Seleção do XII Encontro Mestres do Mundo – 2018
Em período de conhecimento da sociedade (MROSC)

XV Edital Natal de Luz
Em período de Consulta Pública

Inscrições abertas para Edital de Chamamento Público do Programa de Ocupação Artística e Cultural do Teatro Carlos Câmara

 

Seguem abertas, até dia 26/07, as inscrições para Edital de Chamamento Público do Programa de Ocupação Artística e Cultural do Teatro Carlos Câmara. Saiba mais: http://editais.cultura.ce.gov.br/2018/07/12/edital-de-chamamento-publico-do-programa-de-ocupacao-artistica-e-cultural-do-teatro-carlos-camara/

 

Constitui-se objeto do presente edital a seleção pública de 01 (uma) entidade de direito privado sem fins lucrativos para formalizar parceria com a Administração Pública, em regime de mútua cooperação, para realização de 01 (um) Programa de ocupação artística e cultural para o Teatro Carlos Câmara (TCC), que contemple atividades de fomento à dinâmica de criação, produção, circulação, formação e fruição cultural, envolvendo prioritariamente artistas, grupos, companhias e coletivos do Ceará.

 

O conjunto das atividades propostas no programa de ocupação deve atender aos objetivos deste Edital e poderá contemplar múltiplas linguagens artísticas e distintas manifestações culturais, tendo as artes cênicas como prioridade, a serem realizadas no período de 07 (sete) meses, contados a partir da formalização do Termo de Colaboração com a entidade selecionada.

 

O Teatro Carlos Câmara disponibilizará as suas instalações (Hall, Sala Principal, Foyer, Pátio Externo) para a realização das atividades previstas na proposta e arcará com as despesas de manutenção de custeio básico do equipamento, como serviços de limpeza, segurança armada interna 24 horas, fornecimento de água e energia.

 

Saiba mais: http://editais.cultura.ce.gov.br

Inscrições abertas para o Edital “Tesouros Vivos da Cultura” 2018

 

As inscrições do Edital dos “Tesouros Vivos da Cultura” do Estado do Ceará – 2018 seguem abertas até dia 27 de julho. O Edital contempla a seleção e a titulação de até 11 Mestres ou Mestras da Cultura, 2 grupos e 1 coletividade como Tesouros Vivos da Cultura do Estado do Ceará.

As inscrições para o Edital dos Tesouros Vivos da Cultura 2018 são gratuitas e poderão ser realizadas através da entrega da documentação em envelope lacrado ao Setor de Protocolo da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), no período de 25 de junho a 27 de julho de 2018, no horário de 08h às 12h e das 13h às 16h30min, ou por meio de serviços de correspondência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT, com Aviso de Recebimento (AR), com postagem até o último dia de inscrição, aos cuidados da Coordenadoria de Patrimônio Histórico e Cultural – COPAHC, no seguinte endereço: Rua Major Facundo, nº 500, Edifício São Luiz, Centro, CEP: 60.025-100, Fortaleza-Ceará.

A inscrição deverá ser feita através da ficha de inscrição acompanhada do currículo/portfólio do candidato. Todas as informações referentes à ficha de inscrição e currículo/portfólio deverão ser verídicas e atualizadas.

Mais informações: http://www.secult.ce.gov.br/index.php/editais-tesouros-vivos-da-cultura/category/201-tesouros-vivos-da-cultura-2018

CORAL DA UFC ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS PARA NOVOS ALUNOS


O Coral Canto da Casa – projeto da Casa da Voz da Universidade Federal do Ceará (UFC) – está recebendo novos alunos. Para se inscrever, tem que ter entre 14 e 21 anos e estudar em escola pública. As inscrições são realizadas na sede da EIM Instalações Industriais, nas segundas, quartas e sextas, das 14h às 17h. O endereço é Avenida Washington Soares, 5700.
Ano passado, o Coral fez 20 apresentações do musical “Tudo tem seu tempo”. Concebido para fazer refletir sobre o tempo do agora, teve no repertório músicas que fizeram parte de cada momento de descoberta do corpo e da voz dos jovens participantes e que expressavam um sentido para seguir o pulso da vida. Tempos Modernos (Lulu Santos), Depois (John Ulhoa), Pouco Tempo (Francisco Neto), Admirável Chip Novo (Pitty), Último Dia (Paulinho Moska), Oração ao Tempo (Caetano Veloso), Felicidade (Marcelo Jeneci) e O Tempo Não Para (Cazuza) foram algumas das músicas cantadas e interpretadas.
Este ano, o Coral Canto da Casa deve montar seu musical em torno do tema Rock.
Mais sobre o Coral
É um projeto da Casa da Voz da UFC que, através da Associação de Amigos do Coral da UFC (ACUFC) e das parcerias firmadas entre Enel Distribuição Ceará e EIM Instalações industriais, objetiva a formação musical de estudantes adolescentes de escolas públicas.
Almeja desenvolver o potencial humano através da arte e estimular a solidariedade pela criação e expressão musical. Cumpre assim os verdadeiros objetivos da extensão universitária, na configuração de um coro jovem que congrega a comunidade e que conta com o apoio e o compromisso social de agentes dos setores acadêmico, artístico e empresarial.

Contemplado pelo VIII Edital Mecenas do Ceará, da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, integra os projetos da Plataforma Sinfonia do Amanhã, mantida pela Enel em parceria com o Governo do Estado do Ceará. Os ensaios são realizados na sede da EIM Instalações Industriais.

Secult: Inscrições abertas para o Edital “Tesouros Vivos da Cultura” 2018

 

Atendendo à meta do Plano Estadual de Cultura do Ceará que prevê a ampliação do número de Mestres e Mestras da Cultura do Estado de 60 para 80 até 2018, a Secretaria da Cultura (Secult) abre inscrições para o Edital dos “Tesouros Vivos da Cultura” do Estado do Ceará – 2018. O Edital contempla a seleção e a titulação de até 11 Mestres ou Mestras da Cultura, 2 grupos e 1 coletividade como Tesouros Vivos da Cultura do Estado do Ceará.

As inscrições para o Edital dos Tesouros Vivos da Cultura 2018 são gratuitas e poderão ser realizadas através da entrega da documentação em envelope lacrado ao Setor de Protocolo da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), no período de 25 de junho a 27 de julho de 2018, no horário de 08h às 12h e das 13h às 16h30min, ou por meio de serviços de correspondência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT, com Aviso de Recebimento (AR), com postagem até o último dia de inscrição, aos cuidados da Coordenadoria de Patrimônio Histórico e Cultural – COPAHC, no seguinte endereço: Rua Major Facundo, nº 500, Edifício São Luiz, Centro, CEP: 60.025-100, Fortaleza-Ceará.

A inscrição deverá ser feita através da ficha de inscrição (Anexo I) acompanhada do currículo/portfólio do candidato. Todas as informações referentes à ficha de inscrição e currículo/portfólio deverão ser verídicas e atualizadas.

O Edital dos “Tesouros Vivos da Cultura” do Estado do Ceará é parte da política cultural da Secult voltada ao patrimônio imaterial, que visa contribuir para o reconhecimento, a proteção e a valorização da diversidade dos conhecimentos, fazeres e expressões das culturas populares e tradicionais no Ceará, por meio da titulação dos “Tesouros Vivos da Cultura”, com vistas à preservação da memória cultural e transmissão de seus saberes e fazeres artísticos e culturais.

Através do Edital, os mestres, os grupos e as coletividades são reconhecidos como difusores de tradições, da história e da identidade, atuando no repasse de seus saberes e experiências às novas gerações. Selecionados por uma Comissão Especial, formada por 5 membros de notório saber na cultura popular, os quais serão designados pelo Secretário da Cultura, os mestres da cultura, os grupos e a coletividade passam a contar com reconhecimento institucional.

Os mestres e mestras também recebem um subsídio no valor de um salário mínimo mensal, como auxílio para a manutenção de suas atividades e para a transmissão de seus saberes e fazeres. O programa Mestres da Cultura se tornou um referencial do Ceará para o Brasil, recebendo, à época de sua criação, prêmio do Ministério da Cultura, pela qualidade e pelos efeitos da iniciativa.

Com a diplomação, os inscritos no Livro de Registro dos “Tesouros Vivos da Cultura” se comprometem a transferir suas técnicas e conhecimentos a alunos ou aprendizes, através de programas educativos, os quais, quando organizados diretamente pela Secretaria da Cultura do Estado, terão despesas custeadas pelo Tesouro Estadual.

 

Ampliação dos Mestres e Mestras da Cultura do Ceará

Atualmente, o Ceará conta com 69 mestres e mestras da Cultura, 11 grupos e 2 coletividades ativos, contemplados com Edital dos Tesouros Vivos. Com o Edital de 2018, passarão a ser 80 mestres diplomados. Isto representa o cumprimento de uma das metas do Plano Estadual de Cultura, instituído em junho de 2016, e que contempla diretrizes para a valorização da cultura popular tradicional.

Uma vez por ano, todos os Mestres e Mestras da Cultura oficialmente reconhecidos se reúnem no Encontro Mestres do Mundo, promovido pela Secult. A edição mais recente do evento aconteceu entre novembro e dezembro de 2017, em Limoeiro do Norte. O Encontro recebeu recentemente o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, maior do Brasil na área de patrimônio cultural.

 

Categorias

Para o Edital dos “Tesouros Vivos da Cultura” 2018, serão considerados aptos a serem inscritos no Livro de Registro dos “Tesouros Vivos da Cultura” as pessoas naturais, os grupos e as coletividades dotados de conhecimentos e técnicas de atividades culturais, cuja produção, preservação e transmissão, são considerados representativas de elevado grau de maestria, constituindo importante referencial da Cultura Cearense.

Pessoa natural é o Mestre ou Mestra da cultura tradicional popular, pessoa que tem grande experiência e compreensão dos saberes e fazeres populares, com capacidade de transmitir os conhecimentos e as técnicas necessárias para a produção e preservação de uma expressão tradicional popular, e que tem seu trabalho reconhecido pelos agentes da manifestação cultural que representa, pela comunidade onde vive, como também por outros setores culturais, constituindo importante referencial da cultura tradicional popular no Ceará.

Para os devidos fins do Edital, os grupos são agrupamentos formados espontaneamente por membros de uma comunidade que se envolvem diretamente com uma expressão cultural tradicional popular. São dotados de conhecimentos e técnicas de atividades culturais, com elevado grau de maestria na produção, preservação e transmissão de um saber e/ou fazer tradicional, constituindo importante referencial da cultura tradicional popular no Ceará.

Já a categoria coletividade é a comunidade e/ou associação de pessoas que é dotada de conhecimentos e técnicas de atividades culturais, com elevado grau de maestria na produção, preservação e transmissão de um saber e/ou fazer tradicional, constituindo importante referencial da cultura tradicional popular no Ceará.

 

Inscrições

Como na edição do Edital de 2017, os candidatos poderão optar pelo envio da inscrição oral, gravada em vídeo, com o limite máximo de 20 (vinte) minutos de duração, devendo orientar-se pelo Roteiro para Inscrição Oral (Anexo VI), respondendo todos os quesitos na sequência em que se encontram. As inscrições orais, gravadas em vídeo, poderão ser enviadas em CD, DVD, pendrive ou similar.

A inscrição poderá ser proposta pelo próprio candidato, no caso de pessoa natural, ou por seu representante, no caso de grupo ou coletividade, ou ainda por terceiros, desde que expressamente autorizados pelo candidato mediante declaração de autorização.