Browsing Tag

CORREIOS

Correios realiza leilões para venda de veículos usados no CE

Os Correios irão realizar duas licitações para vender 211 veículos usados em atividades operacionais no Ceará. As sessões públicas ocorrerão em 22 de outubro, em horários distintos, no saguão da agência Central da empresa em Fortaleza (rua Senador Alencar, 38 – Centro).

O primeiro certame é composto por 54 lotes (28 motocicletas e 26 utilitários) e começa às 8 horas. Já o segundo certame compreende 157 lotes (125 motocicletas e 32 utilitários) e terá início às 13h.

Para participar dos leilões, as pessoas físicas ou jurídicas interessadas devem satisfazer as condições fixadas nos editais. Os documentos estão disponíveis no site dos Correios: http://www2.correios.com.br/institucional/licitacoes/resumo_editais.cfm?origem=LCA00001/20CE&dr=7 (LCA00001/20CE) e http://www2.correios.com.br/institucional/licitacoes/resumo_editais.cfm?origem=LCA00002/20CE&dr=7 (LCA00002/20CE).

Os veículos poderão ser visitados no período de 14 a 21 de outubro, somente em dias úteis, conforme condições, horários e locais estabelecidos nos editais.

Feirão de Imóveis dos Correios – Propostas devem ser enviadas até a próxima semana

Interessados em participar do Feirão de Imóveis dos Correios devem se atentar aos prazos para envio de propostas. A abertura dos envelopes com os lances está agendada para a próxima semana, entre os dias 13 e 15 de outubro. No Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e no Paraná, há 13 imóveis com editais abertos para esse período.

Em Foz do Iguaçu/PR, por exemplo, o imóvel comercial situado no centro da cidade possui duas edificações, com área total construída de 458,91 m². A região do imóvel concentra infraestrutura de serviços urbanos já consolidada, proximidade com bancos, órgãos públicos, hotéis, restaurantes, lojas e comércios dos mais variados ramos e portes, favorecido ainda pelos atrativos turísticos.

No Distrito Federal, são mais de 25 imóveis desocupados – para entrega imediata-, localizados em regiões com serviços públicos como ruas pavimentadas, transporte coletivo (ônibus e/ou metrô), bancos, escolas e serviço de saúde básico. Alguns imóveis ficam em áreas nobres de Brasília.

Para participar das licitações, os interessados devem apresentar as propostas em envelopes fechados, os quais serão abertos na data marcada. O acesso aos editais e demais informações sobre cada certame estão disponíveis na página dos Correios.

Vídeos com imagens panorâmicas de alguns dos móveis também estão disponíveis no canal da empresa no YouTube.

Gestão imobiliária – O Feirão de Imóveis dos Correios oferta a venda de apartamentos, prédios, terrenos, entre outros, nos Estados de AL, BA, CE, DF, ES, GO, MT, MS, MG, PR, PE, RJ, RN, RS, RO, SC, SE e SP.

Os interessados poderão conhecer os imóveis por fotos e vídeos, além de agendar visitas presenciais. Para cada imóvel será divulgado o respectivo edital de licitação, contendo o preço mínimo de venda e outros detalhes.

Correios Digital – App tem novidades para encomendas internacionais

 

Com a proximidade de importantes datas para o comércio eletrônico – Singles’ Day (Dia do Solteiro), Black Friday e Natal -, os Correios disponibilizaram mais uma funcionalidade em seu aplicativo: o pagamento de impostos e serviços de importação.

Além do acesso pela plataforma “Minhas Importações”, no site dos Correios, os clientes agora podem efetuar o pagamento dos impostos e serviços pelo aplicativo dos Correios, para suas compras no exterior. Basta acessar “Rastreamento” no App Correios. Esta funcionalidade já está disponível para celulares Android e, em breve, para IOS.

Todas as encomendas internacionais recebidas no Brasil, independentemente de serem tributadas ou não, estão sujeitas à cobrança do Despacho Postal, que é o serviço prestado pelos Correios para liberação da encomenda para o importador. Esse serviço inclui a apresentação da encomenda para a aduana, a inspeção de raio X, a armazenagem, o recolhimento e o repasse dos impostos (quando houver), além da devolução da encomenda quando o importador não realiza o pagamento dos impostos.

Nesse primeiro momento, o aplicativo oferecerá as opções de pagamento por cartão de crédito ou boleto bancário. Até novembro, os Correios ampliarão as funcionalidades do aplicativo, incluindo a revisão de impostos, por exemplo.

O Despacho Postal custa R$ 15 (quinze reais) valor em média quatro vezes menor do que o praticado por outras empresas para realizar os mesmos serviços. O pagamento pode ser efetuado em até 30 dias, a contar da data de liberação de entrada pela aduana brasileira. Após a confirmação do pagamento, a encomenda segue para o endereço de destino. Caso o pagamento não seja realizado, a encomenda poderá ser devolvida à origem ou apreendida pela Receita Federal.

Saiba mais sobre as funcionalidades do app Correios.

Correios e Sebrae promovem seminário online e gratuito sobre e-commerce

Estão abertas as inscrições para o Seminário de Vendas Online promovido pelos Correios, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Distrito Federal (Sebrae/DF). O evento, online e gratuito, será realizado na próxima semana, dias 1º e 2 de outubro.

A proposta é levar para as Empresas de Pequeno Porte (EPPs) e Microempresas (MEs) não somente o conhecimento de especialistas dos Correios, do Sebrae e do mercado, mas também compartilhar a experiência de empresários e pequenos negócios que já vendam por e-commerce. Esta é uma oportunidade para empreendedores de todo o Brasil que buscam expandir e consolidar seus negócios, frente à transformação digital acelerada pelo contexto mundial.

Serão quatro horas de seminário, divididas em dois dias, em que serão apresentadas soluções de baixo custo para logística de distribuição, bem como para a gestão de negócio online, através dos produtos e serviços ofertados tanto pelo Sebrae, quanto pelos Correios.

O evento contará com os seguintes painéis: Vendas; Inovação e presença digital (formas de pagamento e interação com clientes); Logística para e-Commerce e Gestão da cadeia produtiva; e Como impulsionar seus negócios online. Ao final do seminário, os participantes poderão emitir certificado.

Ao trabalhar a temática, os Correios e o Sebrae pretendem levar ao empreendedor brasileiro, nesse momento de crise, novas possibilidades quanto à operação do seu negócio virtual.

 

Serviço

Seminário de Vendas Online – Sebrae e Correios, juntos, ensinam o melhor caminho para vender com um e-commerce

Datas: 1º e 2/10/2020, quinta e sexta-feira

Horário: 18h às 20h10 (horário de Brasília/DF)

Inscrições disponíveis na plataforma do Sebrae/DF.

Correios aguarda decisão da justiça para retomar sua qualidade operacional

Desde o mês de julho, os Correios vêm tentando negociar os termos do Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2021, em um esforço para fortalecer as finanças da empresa e preservar sua sustentabilidade.

Enquanto os sindicatos insistem em manter uma proposta imprudente, tendo em vista a crise atual, a empresa entende que não há margem para medidas incompatíveis com a situação econômica atual e vislumbra uma economia da ordem de R$ 800 milhões ao ano, apenas com o racionamento dos gastos com pessoal: o suficiente para recuperar, em três anos, o prejuízo de R$ 2,4 bilhões acumulados em gestões passadas.

É imprescindível que acordos dessa natureza reflitam o contexto em que são produzidos e, de forma alguma, contribuam para o acúmulo de prejuízos ou falência. As paralisações regulares e inconsequentes, além de afetarem a imagem da instituição e de seus empregados perante a sociedade, trazem prejuízos financeiros não só à própria estatal: grandes e pequenos empreendedores brasileiros contam com o bom funcionamento da empresa para manterem seus negócios vivos, sobretudo no contexto atual.

Em um cenário no qual o desemprego cresce aceleradamente e as incertezas impostas pela crise não apontam qualquer perspectiva, é um feito hercúleo manter uma empresa de porte nacional funcionando sem sacrificar, sobretudo, os empregos de seus trabalhadores. Os Correios têm promovido o saneamento de suas finanças com a transparência de sempre, com foco nas melhores práticas de administração e governança do Brasil e do mundo, consonante com determinações do Ministério da Economia.

Ao mesmo tempo, a empresa luta para atravessar uma crise mundial sem precedentes e busca oportunidades de alavancar seu negócio em um dos poucos segmentos com capacidade de crescimento: o e-commerce. Para isso, os Correios seguem trabalhando a despeito de paralisações: durante fins de semana e feriados, os empregados têm unido forças para garantir a entrega de milhões de objetos.

A transformação da cultura de consumo global aponta para uma urgente necessidade de adaptação e inovação, o que requer dinheiro em caixa. Para que a empresa permaneça firme no caminho da recuperação econômica, os erros das gestões passadas exigem, hoje, medidas racionais: apenas investimentos inteligentes viabilizarão o posicionamento dos Correios como a melhor opção do mercado, prontos para competir em pé de igualdade com outros gigantes logísticos e, assim, garantir sua sustentabilidade.

A empresa aguarda o julgamento do dissídio marcado para o próximo dia 21/9 e, com ele, o retorno dos trabalhadores, cientes da sua responsabilidade para com a sociedade e da sua importância para a prestação de serviços essenciais à população, em um momento tão delicado para o país e o mundo.

Semana Brasil – Correios participa das ações de incentivo ao comércio nacional

 

Começou a Semana Brasil, iniciativa do Governo Federal, celebrada entre os dias 3 e 13 de setembro, que visa incentivar a retomada da economia. Os Correios, maiores operadores logísticos da América Latina, confirmam, mais uma vez, o apoio à campanha: varejistas de todo o país podem contar com a capacidade, expertise e capilaridade da estatal para ampliarem suas vendas.

Além de promover o resgate dos valores patrióticos do Dia da Independência – 7 de Setembro -, a Semana Brasil tem o objetivo de aquecer a economia nacional por meio do estímulo ao comércio, proporcionando aos consumidores ofertas e descontos nas lojas brasileiras.

Para os Correios, a campanha é uma oportunidade de buscar novos nichos de mercado, reforçar a marca e demonstrar, mais uma vez, porque a empresa é essencial para o Brasil.

Mais informações sobre a Semana Brasil estão disponíveis no site: www.gov.br/semanabrasil

Selo – Para registrar a iniciativa, os Correios também lançaram um selo personalizado alusivo à campanha. A peça traz a imagem da bandeira do Brasil, marca e slogan da campanha: “Vamos em frente, com cuidado e confiança”.

Semana Brasil – Correios participa das ações de incentivo ao comércio nacional

Começou a Semana Brasil, iniciativa do Governo Federal, celebrada entre os dias 3 e 13 de setembro, que visa incentivar a retomada da economia. Os Correios, maiores operadores logísticos da América Latina, confirmam, mais uma vez, o apoio à campanha: varejistas de todo o país podem contar com a capacidade, expertise e capilaridade da estatal para ampliarem suas vendas.

Além de promover o resgate dos valores patrióticos do Dia da Independência – 7 de Setembro -, a Semana Brasil tem o objetivo de aquecer a economia nacional por meio do estímulo ao comércio, proporcionando aos consumidores ofertas e descontos nas lojas brasileiras.

Para os Correios, a campanha é uma oportunidade de buscar novos nichos de mercado, reforçar a marca e demonstrar, mais uma vez, porque a empresa é essencial para o Brasil.

Mais informações sobre a Semana Brasil estão disponíveis no site: www.gov.br/semanabrasil

Selo – Para registrar a iniciativa, os Correios também lançaram um selo personalizado alusivo à campanha. A peça traz a imagem da bandeira do Brasil, marca e slogan da campanha: “Vamos em frente, com cuidado e confiança”.

Correios divulga resultado do Programa Jovem Aprendiz

Os Correios publicaram, nessa quarta-feira (29), o resultado do processo seletivo para o Programa Jovem Aprendiz 2020. A relação dos classificados está disponível na página dos Correios. Os candidatos aprovados devem aguardar a convocação que irá acontecer gradualmente, de acordo com a necessidade dos Correios e conforme as regras previstas no edital do processo seletivo publicado na internet.

Um total de 566.412 estudantes de todo o país se candidataram às 4.462 vagas publicadas no edital. Os jovens selecionados terão uma jornada semanal de trabalho de 20 horas e receberão um salário de até R$ 490,83 mensais – além de vale-transporte, vale-refeição ou alimentação e uniforme. Durante os 12 meses de contrato, o Jovem Aprendiz conciliará a parte teórica dos cursos de Assistente Administrativo ou de Assistente de Logística, com a parte prática das atividades exercidas nos Correios.

 

Programa Jovem Aprendiz

Desde 2011, dezenas de milhares de jovens tiveram a oportunidade de conseguir sua primeira experiência profissional em uma das maiores empresas públicas do país. Uma década de comprometimento da empresa com a sociedade, contribuindo para a inclusão social de jovens. Mais detalhes sobre o Programa Jovem Aprendiz dos Correios 2020 podem ser encontrados no site www.correios.com.br.

Correios alerta clientes sobre falsos perfis nas redes sociais e e-mails maliciosos

Em tempos de isolamento social e consequente aumento de compras pela internet, os Correios chamam a atenção de clientes e consumidores que aguardam a entrega de suas encomendas, para a origem de mensagens e alertas eletrônicos. Os conteúdos que circulam na internet, por meio de sites, e-mails, mensagens instantâneas, redes sociais e SMS podem ocultar intenções criminosas para realização de fraudes online.

 

Geralmente, os criminosos cibernéticos se passam por empresas respeitáveis e sites confiáveis para atrair pessoas, utilizando uma técnica denominada “phishing”, que consiste em jogar iscas para pescar informações, aludindo à palavra inglesa “fishing”, que quer dizer pescaria. Esse tipo de golpe pode resultar em inúmeros transtornos e prejuízos financeiros para as vítimas.

Como prestadores de serviços de interesse coletivo, assim como instituições bancárias, os Correios também são alvo de frequentes ações de grupos ou pessoas mal intencionados. A empresa reitera que não envia mensagens eletrônicas sem prévia autorização do cliente e não dá permissão para que terceiros o façam em seu nome. Desta forma, orientamos os clientes a não abrirem os arquivos ou clicarem nos links e excluírem as mensagens imediatamente.

Muitas mensagens eletrônicas falsas são disparadas citando indevidamente o nome dos Correios (Imprensa Correios; Sedex Brasil; Financeiro Correios; Correios Brasil) e informando sobre a tentativa de entrega de uma encomenda. Trata-se de spam, com links contendo vírus ou agentes maliciosos. Nas redes sociais, diversos perfis falsos se apresentam, normalmente, como “Suporte Correios”, oferecendo uma suposta ajuda em troca de informações dos clientes, para utilização indevida.

 

Canais oficiais – Os Correios disponibilizam diferentes canais oficiais de relacionamento com usuários e clientes. As informações sobre como acessar e utilizar esses canais estão amplamente divulgadas em nossas plataformas eletrônicas de comunicação e, também, em nossas agências.

Desta forma, qualquer interação da empresa com os clientes segue rígidos procedimentos de segurança e confiabilidade. A Central de Atendimento dos Correios (CAC), quando acionada por meio das redes sociais, solicita apenas informações sobre objetos postais ou algum outro dado específico do cliente, em conversa privada. Durante o atendimento, a Central envia o link de acesso à página do Fale Conosco dos Correios e orienta os clientes a registrarem a manifestação na plataforma.

A empresa também faz o acompanhamento sistemático sobre a ocorrência de perfis falsos, que utilizam de forma indevida o nome e a marca dos Correios, nas redes sociais e em outros ambientes on-line. Quando identificada esse tipo de violação, a estatal toma as medidas cabíveis, conforme o caso, e as reporta às autoridades de segurança da informação, quando necessário.

 

Os perfis oficiais da empresa nas redes sociais são verificados (possuem um selo azul de autenticidade ao lado do nome da página). São eles:

Facebook – @correios

Instagram – @correiosoficial

Twitter – @correiosbr

LinkedIn – @correios

YouTube – @correiosoficial

Reforçamos aos clientes que, caso tenham qualquer dúvida sobre a veracidade de uma mensagem atribuída aos Correios, entrem em contato com nossa Central de Atendimento, pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 725 7282 (demais localidades), ou pelo Fale Conosco, no site http://www.correios.com.br/

A empresa reitera que está trabalhando para viabilizar, com segurança, a continuidade de suas atividades, essenciais para atender a população nesse momento em que mais precisa.

Correios obtém lucro pelo terceiro ano consecutivo

Os Correios apresentaram, nesta quarta-feira (17), os demonstrativos contábeis do exercício de 2019. As informações foram publicadas no Diário Oficial da União. Em plena recuperação da empresa, a atual gestão segue deixando sua marca, com balanço financeiro de 2019 registrando saldo lucrativo de R$ 102 milhões.

Em mensagem publicada no DOU, o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, destacou que o resultado foi possível após a implementação de uma série de medidas estruturantes, adotadas pela gestão visando à sustentabilidade econômico-financeira e a retomada dos altos padrões de qualidade da estatal.

“Houve a revisão do portfólio da empresa, com foco na modernização dos serviços oferecidos, dado um ambiente de maior adaptabilidade, integração e aprendizagem contínua. Foram priorizadas também a reformulação e a criação de soluções eficientes e convenientes para pequenos, médios e grandes clientes, com repetidos recordes de postagens em encomendas”, ressaltou o gestor.

O texto oficial também informa que as iniciativas adotadas para adequação da força de trabalho, os investimentos nas rotinas operacionais e a modernização dos canais de atendimento colaboraram para melhor apuração dos custos e impulsionaram os bons resultados.

Já a diferença dos resultados alcançados nos dois últimos anos ocorreu, principalmente, em função do registro de despesas referentes aos contratos de arrendamento; despesas decorrentes do Plano de Desligamento Voluntário 2019; e reconhecimento de precatórios em volume superior a exercícios anteriores.

Reconhecidos esta semana como um dos maiores operadores logísticos do mundo pelo World Post & Parcel Awards, os Correios demonstram importantes avanços, com foco na recuperação e manutenção da saúde financeira da empresa. Atualmente, a estatal opera com receita positiva e se posiciona como uma empresa dinâmica e adaptável às novas realidades e tendências do mercado.

Neste período de pandemia, os Correios têm se mostrado ainda mais relevantes, cumprindo sua missão de entregar as melhores soluções à população também nesse momento adverso, em que segue prestando seus serviços essenciais em todo o território brasileiro.

Cadastro para o Auxílio Emergencial pode ser feito nas agências dos Correios a partir desta segunda-feira

A partir desta segunda-feira (8), as mais de seis mil agências dos Correios, presente em todos os municípios do país, estão habilitadas a fazer o cadastramento de quem precisa do benefício. A expectativa é realizar até 27 milhões de atendimentos.

Para o presidente dos Correios, general Floriano Peixoto Vieira Neto, o contrato assinado na última sexta-feira (5) é uma oportunidade para a empresa reafirmar seu compromisso social. “Para os Correios, essa é uma missão que vai além de colocar à disposição do cidadão a nossa rede de agências. É com orgulho e comprometimento que os nossos empregados se dispõem a atender e aproximar os brasileiros nesse momento de dificuldade que atravessamos”, ressaltou.

A população sem acesso aos meios digitais terá o cadastro feito gratuitamente por funcionários dos Correios. Os demais interessados que possuem condições de acesso à internet devem fazer o cadastro no aplicativo ou site da Caixa Econômica Federal ou da Dataprev. “É um serviço para buscarmos os mais vulneráveis, que vão fazer o cadastramento assistido por um funcionário dos Correios. Ele vai cuidar de todos os detalhes para cumprirmos o nosso compromisso, que o presidente Bolsonaro nos determinou, de que nenhum brasileiro vai ficar para trás”, afirmou o ministro Onyx Lorenzoni.

 

Documentação

Para pedir o cadastramento numa agência dos Correios, o interessado deve apresentar os seguintes documentos: identificação oficial com foto, em que conste também o nome da mãe do beneficiário; Cadastro de Pessoa Física (CPF) do usuário e dos membros da família que dependem da renda do titular e dados bancários ou documento de identificação (RG, CNH, passaporte, CTPS, RNE ou CIE) para solicitar abertura de Conta Social Digital, em nome do titular.

Para os que não são bancarizados, será aberta uma Conta Social Digital na Caixa, caso o cadastro seja aprovado. Para abertura de conta deverá ser apresentado um documento de identificação (RG, CNH, passaporte). O cidadão receberá um protocolo de cadastro ao final do atendimento.

Quem realizar o cadastramento nos Correios poderá consultar o andamento do pedido em qualquer agência da empresa após o prazo determinado pela Dataprev para a conclusão da análise. Para isso, deverá retornar com o comprovante do atendimento de cadastro e o CPF.

Vale ressaltar que os Correios não realizarão o pagamento do benefício e que acompanhamento da liberação também pode ser feito nos canais disponibilizados pelo Ministério da Cidadania, Dataprev e Caixa ou pelo telefone 121.

Na página dos Correios, no sistema Busca Agência, é possível obter informações sobre as unidades abertas ao público. A grande maioria dos pontos de atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

 

Medidas preventivas

Em atenção à saúde de seus profissionais e do público, os Correios adotaram medidas de proteção para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Além do trabalho remoto por empregados classificados como grupo de risco, há controle

Correios lança nova versão do portal Fale Conosco

Com base em pesquisa realizada com usuários e clientes, os Correios lançaram a nova versão do portal Fale Conosco, no site da empresa. Entre as melhorias implementadas, está a ampliação do prazo de reativação e recorrência de manifestações para produtos e serviços nacionais, de 30 para 90 dias. Também ficou mais fácil solicitar o ressarcimento nacional: a opção agora está disponível na página inicial do campo “Registro de Manifestações”.


Para clientes Pessoas Jurídicas, foram lançados dois novos canais de atendimento: a página “Soluções para seu Negócio” – onde será possível solicitar atendimento comercial e se informar sobre serviços e formas de contratação – e a página “Suporte ao Cliente de Contrato”, exclusiva para suporte tecnológico e financeiro de clientes de contrato, como solicitações de segunda via de fatura, baixa de fatura, carta de anuência, carta de quitação, entre outros.


A expectativa é que os novos canais facilitem o acesso e tragam maior visibilidade aos produtos e serviços da empresa. A página inicial do portal também foi modificada para que o usuário possa identificar mais rapidamente a sua necessidade e ser melhor direcionado.


Números

O portal Fale Conosco é umas das principais ferramentas dos Correios para levantar as necessidades dos clientes e, a partir das informações, aperfeiçoar o portfólio de serviços da empresa.Em 2019, foram registradas neste canal mais de 12 milhões de manifestações, segundo números publicados no Relatório de Gestão da Ouvidoria dos Correios. Os registros relacionados a objetos nacionais e internacionais correspondem a 0,2% do total de objetos tratados pela empresa anualmente.

A nova versão está disponível no endereço https://apps2.correios.com.br/faleconosco/app/index.php

Sustentabilidade dos Correios é reconhecida internacionalmente

Ser uma empresa socialmente responsável, economicamente viável e ambientalmente correta. Essa é a base da Política de Sustentabilidade dos Correios, que integra as dimensões social, ambiental e econômica nos negócios e em toda a cadeia de valor da empresa. Neste 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, a estatal destaca as principais ações que realiza para evitar desperdícios, minimizar os impactos ambientais das suas atividades e ser mais competitiva no mercado concorrencial.Entre as boas práticas, a gestão das emissões dos gases do efeito estufa, realizada desde 2013, merece destaque. Ano a ano, os Correios reduzem de forma expressiva a liberação de gás carbônico na atmosfera. Segundo dados do último Inventário Corporativo de Emissão de Gás Carbônico da empresa, em 2019 houve redução de 33,5% das emissões de CO₂, em comparação ao ano-base de 2013.

Na soma dos últimos seis anos, os Correios deixaram de lançar na atmosfera mais de 180 toneladas de carbono. Além de proteger o planeta e o meio ambiente, esse desempenho também gera valor a títulos comercializados por empresas que participam do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) da bolsa de valores e que utilizam os serviços dos Correios.

As principais medidas que contribuíram para a diminuição da emissão de CO₂ nos Correios foram a diminuição do consumo de combustível, por meio da renovação da frota e otimização do uso de voos pela empresa, além da substituição de viagens a negócios por videoconferências.

Pela qualidade e abrangência dos dados da empresa sobre emissões de carbono, os Correios receberam um certificado de reconhecimento da União Postal Universal (UPU), em Berna, na Suíça. Em fevereiro deste ano, o vice-diretor Geral da UPU, também enviou uma carta parabenizando os Correios pelos resultados e pelo exemplo que dão à comunidade postal mundial, “enquanto empresa responsável e importante para o desenvolvimento sustentável”.

A estatal também se encontra entre as melhores utilizadoras mundiais do programa Oscar, ferramenta online do setor postal que permite gerir recursos, controlar emissões de gases de efeito estufa e identificar medidas de redução.


Ações socioambientais

Desde 2013, os Correios realizam o programa Ecopostal, que consiste na doação de camisas de carteiros, malas e malotes inservíveis à empresa, mas em bom estado para serem transformados em outros objetos. Ao reaproveitar os tecidos – evitando a incineração dos itens –, a ação reduz impactos ambientais e ainda promove inclusão social e geração de renda.

Em recente parceria com o Ecopostal, o programa Pátria Voluntária e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) estão destinando tecidos para confecção de máscaras e outros produtos que ajudarão no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os objetos serão entregues, gratuitamente, às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Os Correios também adotam a coleta seletiva solidária, que destina resíduos como papel, papelão e plásticos a cooperativas de catadores de materiais recicláveis. Atualmente, a ação é realizada em unidades dos Correios em mais de 50 cidades e municípios do país, beneficiando 807 associações.

Além disso, 100% das caixas de encomendas e envelopes comercializados nas agências da empresa possuem a certificação Forest Stewardship Council (FSC), do Programa Brasileiro de Certificação Florestal que asseguram a exploração sustentável das florestas.


Serviços ecoeficientes

Para cuidar das gerações futuras, os Correios buscam integrar os aspectos social, ambiental e econômico em tudo que fazem. Isso inclui oferecer produtos e serviços que aliam inovação tecnológica e eficiência à redução de impactos ambientais.

Conheça alguns dos serviços ecoeficientes dos Correios:

·         e-Carta: serviço que oferece postagem eletrônica, impressão de objeto e entrega em domicílio. A impressão é feita em papel de fonte renovável, manipulada de forma ambientalmente responsável. Com o encurtamento da distância a ser percorrida para transportar o objeto, a solução promove ainda a redução de emissão de CO₂;

·         Pagamento e Envio de Comunicados: funcionalidade do e-Carta voltada a órgãos do judiciário que viabiliza o recebimento de documentos, por meio eletrônico, e entrega física o mais próximo possível do endereço, por meio da integração à cadeia logística dos Correios;

·         Mala Direta Especial: para evitar a postagem de objetos com CEPs inválidos ou mal endereçados, o serviço realiza a validação direta do CEP ao receber o arquivo eletrônico. O arquivo de CEPs incorretos é devolvido ao cliente para que ele atualize sua base de dados. Assim, são evitados devoluções e deslocamentos desnecessários.

Correios recebe encomendas da China por via marítima

 
Os correios brasileiro e chinês firmaram acordo para viabilizar o transporte de encomendas e documentos vindos da China por meio marítimo. A decisão atende solicitação da União Postal Universal (UPU) – agência especializada da ONU que coordena o sistema postal internacional – para flexibilizar os modais de encaminhamento e desburocratizar a entrada de cargas postais pelas alfândegas mundiais.

Devido à redução de voos internacionais, em decorrência de medidas para reduzir a disseminação do novo coronavírus, objetos postados na China estavam retidos no país, sem perspectiva de envio.

Para o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, as negociações realizadas demonstram que as entidades postais internacionais estão trabalhando em alternativas que minimizem os impactos da pandemia nos tráfegos comerciais.

“Devido à grande quantidade de carga represada oriunda dos sites de e-commerce chineses, o correio daquele país foi um dos primeiros a optar pelo encaminhamento marítimo. Desta forma, os Correios se prontificaram em seguir os encaminhamentos da UPU para facilitar e desburocratizar a entrada desta carga, garantir a continuidade do serviço postal e, assim, atender às expectativas dos consumidores brasileiros”, afirma o dirigente.

As primeiras cargas chegaram ao Terminal de Contêineres de Paranaguá – (TCP), no Paraná, no último sábado, dia 30. A escolha do porto paranaense se deve à proximidade do Centro Internacional dos Correios em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A unidade, com 20 mil metros quadrados, é responsável pelo recebimento e desembaraço de grande parte das encomendas internacionais que chegam ao Brasil.

Outras duas remessas de objetos vindas da China por meio marítimo estão previstas para chegar ao TCP nos meses de junho e julho.

A continuidade do serviço por via marítima pós pandemia ainda é uma decisão a ser avaliada. Além do entendimento entre os correios do Brasil e da China, é necessário ainda apurar a adaptabilidade dos operadores, em função do tráfego aéreo reduzido. A modalidade se mostra interessante, dado o volume envolvido e os custos operacionais e de transporte, se comparado ao modal aéreo.

Comissão Filatélica apresenta os temas da programação de selos 2021

 

A 118ª Comissão Filatélica Nacional (CFN) recebeu, no ano passado, mais de 600 sugestões de temas para emissões e elegeu oito, que farão parte da Programação Anual de Selos Comemorativos e Especiais 2021.

Em um processo totalmente digital, as propostas foram enviadas pelo público por meio da página Sua Ideia Pode Virar Selo, disponível no site dos Correios. Também foi feita a triagem e análise do material para realização de votação on-line pela CFN. O resultado da votação foi homologado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação (MCTIC).

Abaixo, segue a lista com os temas vencedores:

1.      Profissão – Gari;

2.      Centenário da descoberta da Insulina;

3.      Ano Internacional para eliminação do Trabalho Infantil;

4.      Queijos do Brasil;

5.      Sesquicentenário da Lei do Ventre Livre;

6.      O Auto da Compadecida;

7.      Rendas brasileiras; e

8.      Fauna brasileira.


História –
 A CFN é um colegiado criado em meados dos anos 1940. O antigo Departamento de Correios e Telégrafos instituiu uma comissão que era responsável por captar as propostas de selos comemorativos e especiais, além de cuidar de todos os outros tipos de selos e formas de franqueamento e organizar exposições filatélicas.

A comissão mais similar à que hoje conhecemos foi instituída pelo Decreto 44.745/1958, assinado pelo então presidente Juscelino Kubitschek. Pelo documento, a comissão deveria cuidar do recebimento e avaliação de propostas dos selos comemorativos, processo feito até 15 de novembro do ano anterior ao lançamento dos selos. Neste momento, passou a ser formada por um colegiado misto, composta por membros dos Correios e instituições externas, como Ministério da Educação e Cultura, Ministério das Relações Exteriores e Casa da Moeda.


Novas propostas –
 O público já pode apresentar suas sugestões de selos para 2022, por meio da página Sua Ideia Pode Virar Selo, no site dos Correios, após realização de cadastro.

MMFDH, Correios e Pátria Voluntária realizam entrega de materiais para produção de kits a moradores em situação de rua

Em parceria com os Correios e o Programa Pátria Voluntária, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), iniciará, nesta quinta-feira (14), a entrega de material têxtil reutilizável para a população em situação de rua, com o intuito de minimizar os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A proposta do projeto é estimular a responsabilidade social e o trabalho voluntário, com o reaproveitamento de camisas de carteiros, malas e malotes postais inservíveis aos Correios para a fabricação de itens, como máscaras de proteção facial, toucas, mochilas e sacos para dormir.


As ações serão desenvolvidas em consonância com as regras do programa Ecopostal dos Correios, que realiza o descarte adequado de materiais inservíveis para a empresa, transformando-os em outros objetos, de modo a reduzir o impacto ambiental e promover a solidariedade.


A primeira doação será destinada ao Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto (BOMPAR), em São Paulo (SP), que atende cerca de dez mil pessoas em situação de rua e pretende produzir cerca de 30 mil máscaras para proteção individual.


Na próxima semana, está prevista a entrega de tecidos para a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais – BPW de Brasília (DF), instituição que atua no desenvolvimento do potencial profissional e liderança das mulheres.


A mobilização promovida pelo MMFDH já conta com o apoio de 26 instituições, que se cadastraram na plataforma do Pátria Voluntária. Instituições interessadas em participar da confecção e da distribuição do material podem se inscrever pelo endereço: 
patriavoluntaria.org.


Saiba mais: 
https://patriavoluntaria.org/pt-BR/aggregators/7cb36eda-134f-45db-91cb-ee9c59532e97