Browsing Tag

Clássicos na Lagoa

Camerata de Cordas da UFC se apresenta no Clássicos na Lagoa

 

Sinfonias de cordas do período Clássico da música erudita mundial. Esse é o tema da próxima edição do Clássicos na Lagoa, cujo grupo a subir ao palco é a Camerata de Cordas da Universidade Federal do Ceará (UFC). Esta apresentação encerra uma série de concertos sobre a era clássica e abre espaço para que se inicie, a partir de novembro, as apresentações voltadas ao período romântico. O evento acontece dia 5 de outubro, às 17 horas, na Lagoa do Porangabussu.

A Camerata de Cordas da UFC é um grupo formado há dois anos por professores do curso de Licenciatura em Música do Instituto de Cultura e Arte. Sob direção das professoras Liu Man Ying (violino e viola) e Dora Utermohl de Queiroz (violoncelo e contrabaixo), a camerata é constituída por 25 integrantes, dentre eles alunos da graduação de música da universidade e de outros cursos. O projeto, que conta com o apoio da Secretaria de Cultura Artística da UFC, também envolve a participação de profissionais da comunidade, jovens vestibulandos e adolescentes.

 

Liu Man Ying é doutora em música pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e realiza pesquisas de Pós-doutorado no Instituto de Artes da UNESP. É professora de violino e viola do curso de Licenciatura em Música da UFC. Dora Utermohl de Queiroz é mestre em música e bacharel em violoncelo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). É professora de violoncelo no curso de Licenciatura em Música da UFC e integrante da Orquestra Sinfônica da UFC Fortaleza.
O projeto Clássicos na Lagoa, criado em 2016 pelo Instituto de Ciências Médicas Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ICM), se consolidou como um espaço de encontro entre moradores de diversos lugares da cidade. O objetivo é através da cultura desenvolver valores como cidadania, corresponsabilidade, inclusão social e qualidade de vida. O ICM reúne um grupo de médicos renomados da cidade, que têm como propósito construir em Fortaleza um hospital de alta qualidade na área de cardiologia e outras especialidades, oferecendo atendimento de alto padrão a usuários do SUS e particulares.

O Clássicos na Lagoa tem o apoio da Ennel, do Instituto Beatriz e Lauro Fiuza e da Plataforma Sinfonia do Amanhã.

 

Serviço:

Projeto: Clássicos na Lagoa

Apresentação: Camerata de Cordas da UFC

Local: Lagoa do Porangabussu

Data: 5 de outubro de 2018 – sexta-feira

Horário: 17 horas

Contatos: Giovana de Paula (assessoria de comunicação) – 999820608

Apoio: Enel

TRIO NEPOMUCENO E GRUPO DE CRIANÇAS DA UFC SE APRESENTAM NO CLÁSSICOS NA LAGOA

 

Ludwing van Beethoven, um dos maiores compositores do período clássico da música erudita mundial, será interpretado pelo Trio Nepomuceno durante a próxima apresentação do Clássicos na Lagoa, dia 14 de setembro, às 17 horas, na lagoa do Porangabussu. O concerto contará também com a participação de crianças e adolescentes que compõem o grupo de Ensino Coletivo de Cordas Tico Tico, da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O Clássicos na Lagoa se consolidou como um importante espaço de projeção da música erudita e formação musical. É idealizado pelo Instituto de Ciências Médicas Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ICM), que também mantém uma escola de violino gratuita para estudantes de escolas públicas do bairro. Sempre às primeiras sextas-feiras de cada mês, grupos musicais se apresentam gratuitamente para a população. Em setembro, excepcionalmente, será na segunda sexta-feira, em função do feriado de 7 de setembro. O projeto tem o apoio da Enel.

O Trio Nepomuceno da UFC é formado pela violinista Liu Man Ying, pela violoncelista Dora Utermohl de Queiroz e pelo pianista Vitor Duarte, professores do curso de Licenciatura em Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Ceará. A escolha do nome do grupo é uma homenagem ao compositor brasileiro Alberto Nepomuceno, regente e pianista nascido em Fortaleza, considerado o pai do nacionalismo da música erudita brasileira.

Os integrantes do Trio Nepomuceno têm ampla experiência musical e docente. Liu Man Ying é Doutora em Música pela ECA-USP, integra a Orquestra Sinfônica e coordena a Camerata de Cordas da UFC. Dora Utermohl de Queiroz é Mestre em música pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), integra a Orquestra Sinfônica e coordena o projeto Grupo de Violoncelos da UFC. Vitor Duarte é Doutor em música pela The University of Arizona-USA, tendo recebido vários prêmio no Brasil e o nos Estados Unidos como o “Green Valley International Piano Competition”.

A professora Dra. Liu Man Ying também coordena o projeto de extensão Ensino Coletivo de Violino e Viola, do qual o grupo Tico Tico faz parte. São crianças e adolescentes de 9 a 12 anos, que iniciaram seus estudos musicais em março de 2017. Este grupo atualmente conta com alguns violoncelos mirins que fazem parte do projeto de Violoncelos da Profa. Dora Utermohl de Queiroz.

Serviço

Apresentação: Trio Nepomuceno e Grupo de Ensino Coletivo de Cordas Tico Tico

Data: 14 de setembro de 2018 – sexta-feira

Local: Lagoa do Porangabussu

Horário: 17 horas

Apoio: Enel

Clássicos na Lagoa apresenta Música de Câmara: sonatas e quinteto com piano do período Clássico

 

O encontro entre músicos eruditos de várias partes do país dará a tônica ao próximo concerto do projeto Clássicos na Lagoa, a ser realizado no dia 03 de agosto, às 17 horas, na Lagoa do Porangabussu.

A apresentação marca ainda o início do período Clássico, de acordo com a programação cultural do projeto, que prevê a realização de concertos que abordam a evolução dos períodos da história da música ocidental. Serão interpretadas as obras de Haydn, Mozart e Beethoven.

O concerto, intitulado “Música de Câmara: sonatas e quinteto com piano do período Clássico”, contará com a participação de músicos de renome no país: Tiago Ribas, professor de violino da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL-RS); Nadilson Gama, professor de violino da Escola Clássicos na Lagoa e violinista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de SP; Liu Man Ying, professora de violino e viola da Universidade Federal do Ceará; João Paulo Machado, professor de viola da Universidade de Brasília (UNB-DF); Dora Utermohl de Queiroz, professora de violoncelo da Universidade Federal do Ceará; e Marcelo Brum, professor de piano da Universidade Federal do Acre (UFAC-AC). Eles estarão reunidos em Fortaleza para participar do II Encontro de Cordas Flausino Valle (IIECFV).

O Clássicos na Lagoa é um projeto mantido pelo Instituto de Ciências Médicas Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ICM), cujo propósito é promover cultura e incentivar a promoção da saúde por meio da arte. O instituto também está financiando uma escola de música voltada à formação de crianças de colégios públicos do bairro. Ao todo 30 estudantes estão tendo aula gratuita de violino com o professor e violinista Nadilson Gama. O ICM é uma instituição que tem atuado na formação de profissionais de saúde e investido na construção de um hospital de alta complexidade em cardiologia e outras especialidades.

No atual programa musical do Clássicos na Lagoa, que terá duração de dois anos, já foram abordados os seguintes períodos da música erudita: música medieval e renascentista com o Grupo Syntagma; período Barroco com a Orquestra Jacques Klein (IBLF) e a Camerata de Cordas da UFC; e o final do período Barroco e transição para o classicismo com o Quarteto da Orquestra Contemporânea Brasileira. O programa foi idealizado pela professora de violino e viola da UFC, Liu Man Ying, e pelo maestro Arley França.

Nova programação do Clássicos na Lagoa

 

Um olhar sobre a música erudita desde o Renascimento, passando pelo período Barroco, Clássico e Romântico. Este é o novo programa musical do Clássicos na Lagoa, que pretende promover um passeio pela história da música por meio de concertos educativos. Criado em 2016, o projeto se consolidou como um importante cenário de formação de plateia, cujo foco é investir na promoção da saúde através da arte.

Em 2018, serão dez concertos às margens da lagoa do Porangabussu. A Orquestra de Sopro de Pindoretama irá abrir as apresentações no dia 2 de março, às 17 horas, com um repertório mais abrangente. Em abril o grupo Syntagma interpreta os compositores que marcaram o período do Renascimento, seguido por três concertos voltadas à época Barroca, outros três ao período Clássico e finalmente uma apresentação sobre a era Romântica.

O Instituto de Ciências Médicas Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ICM), em parceria com o Instituto Beatriz e Lauro Fiuza (IBLF) e a Plataforma Sinfonia do Amanhã, são os idealizadores do Clássicos na Lagoa. Iniciado em outubro de 2016, o projeto faz parte de uma estratégia mais ampla de tornar a região do Porangabussu um polo de desenvolvimento social, econômico e cultural, tendo o hospital do ICM, que está em fase de construção, como âncora de um modelo voltado à inclusão social.

 

A Orquestra

Formada por 50 integrantes, a Orquestra de Sopro de Pindoretama realizou mais de 600 concertos e representou o Brasil em quatro turnês internacionais, três na Alemanha (2002, 2006 e 2014) e uma na Noruega (2010). No repertório, o grupo interpreta clássicos da música erudita, música original para orquestra de sopros, estilos brasileiros e gêneros internacionais como jazz e mambo.

Criada há 18 anos pela Associação dos Amigos da Arte (AAMART), o grupo formou mais de mil jovens e atualmente é responsável pela formação de cerca de 300 alunos, de 8 a 18 anos.

 

Programação

Concerto inaugural

Orquestra de Sopro de Pindoretama – 2 de março

Renascimento

Syntagma – 6 de abril

Barroco

Orquestra Jaques Klein – 4 de maio

Camerata de Cordas da UFC – 1º de junho

Trio Casa de Vovó Dedé – 6 de julho

Clássico

Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira – 3 de agosto

Quarteto de Cordas Cantabile – 14 de setembro

Quarteto de Cordas Casa de Vovó Dedé – 5 de outubro

Romântico

Trio Nepomuceno – 9 de novembro

Concerto Natalino

Orquestra Contemporânea Brasileira – 7 de dezembro

 

Serviço

1ª Apresentação: Orquestra de Sopro de Pindoretama

Data: 2 de março

Local: Lagoa do Porangabussu

Horário: 17 horas