Browsing Tag

Câncer

Com desafios voltados para a obesidade e o câncer em crianças, primeira edição do Hackathon Saúde Infantil inicia dia 23

 

Para estimular soluções que promovam a prevenção, o diagnóstico e o tratamento de qualidade para crianças e adolescentes que lidam com o câncer e a obesidade, o Instituto Desiderata realizará de 23 a 30 de outubro a primeira edição do Hackathon Saúde Infantil. Totalmente online, o evento está com inscrições abertas e gratuitas até o dia 21, pelo site https://www.hackathonsaudeinfantil.com.br.

Trabalho em equipe, maratonas com trocas de experiência e conhecimento, desafios inspiradores e projetos que unem tecnologia, criatividade e inovação pelo principal objetivo: ajudar a transformar a realidade de milhares de crianças e adolescentes que convivem com o câncer ou a obesidade, e são atendidos pelo sistema público de saúde do Brasil. Durante o evento, os inscritos deverão propor soluções para os dois desafios apresentados pelo Desiderata, um de Oncologia Pediátrica e outro de Obesidade Infantil.  Funciona assim: a partir de problemas já mapeados, os participantes articulam ferramentas que vão produzir mudanças sociais para tornar a vida dessas crianças mais saudável.

As inscrições podem ser individuais ou em grupo, respeitando a capacidade máxima de cinco pessoas por equipe. Durante os dois primeiros dias do evento, acontecerá a formação de times entre os participantes ainda sem grupo.

A live de abertura do Hackathon Saúde Infantil será no dia 23 e, com as equipes definidas, os integrantes poderão idealizar e executar seus projetos nos dias 24 e 25. Depois de apresentados ao júri, os trabalhos passam por análise e avaliação. A divulgação do resultado e a premiação de R$ 15 mil para o 1º lugar de cada categoria serão no dia 30, em uma live para todos os envolvidos.

Fundado há 17 anos, o Desiderata é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) com uma história inovadora de atuação conjunta com gestores públicos e organizações. O Instituto desenvolve e implementa soluções relacionadas à prevenção, ao diagnóstico e ao cuidado da saúde de crianças e adolescentes.

 

Médica e cordelista Paola Tôrres lança cartilha sobre Leucemia

Com lançamento virtual para esta quinta-feira (15), às 20h, a obra “Leucemia Sem Segredo – Uma Cartilha em Cordel” será distribuída gratuitamente para associações de pacientes e para as principais instituições brasileiras que atuam no tratamento e prevenção do câncer.A literatura de cordel está cada dia mais viva e presente em diversos espaços brasileiros, e na medicina não tem sido diferente. A médica e cordelista Paola Tôrres, que recentemente tomou posse na ABLC – Academia Brasileira de Literatura de Cordel, já tem um trabalho de destaque na união dessas artes: a medicina e o cordel. Neste novo lançamento, essa atuação se dá de forma ampliada.

A obra “Leucemia Sem Segredo – Uma Cartilha em Cordel” se propõe a acessibilizar informações sobre a Leucemia Mielóide Aguda, uma doença severa, e que embora tenha tratamento, ainda é alvo de preconceitos e equívocos, possivelmente pela fala de conhecimento.

Com a sonoridade das rimas e da métrica do cordel, Paola que é sobretudo uma educadora, nos convida com leveza para uma aula regada por poesia, conhecimento e desmistificação sobre uma doença tão pouco abordada.

Ricamente ilustrada pelo premiado artista plástico Jô Oliveira, a cartilha é apresentada por Nelson Hamerschlak (Hospital Israelita Albert Einstein), apoiada pela Astellas Farma Brasil, e foi editada pelo Instituto Roda da Vida.

Além da edição impressa, que será distribuída gratuitamente para associações de pacientes e para as principais instituições brasileiras que atuam no tratamento e prevenção do câncer, o e-book estará disponível nas redes e sites dos parceiros deste projeto. O lançamento será virtual, e está marcado para 15 de outubro (quinta-feira) no canal do YouTube do Instituto Roda da Vida!

Serviço:
Lançamento da obra “Leucemia Sem Segredo – Uma Cartilha em Cordel” de Paola Tôrres – (Quinta-feira) às 20h.
canal do Instituto Roda da Vida .

Outubro Rosa chama atenção para câncer de mama em cadelas e gatas

 

 

Em cadelas com propensão ao desenvolvimento de neoplasias, de todos os tumores possíveis, a probabilidade da ocorrência do câncer de mama fica entre 45% e 50%. É o que afirma o médico-veterinário Andrigo Barboza de Nardi, autor do livro Quimioterapia Antineoplásica em Cães e Gatos (2008) e coautor de outros dois, Oncologia em Cães e Gatos (2016) e Princípios e Técnicas de Cirurgias Reconstrutivas da Pele em Cães e Gatos (2016).

Com 20 anos de experiência na área e mais de 40 estudos de oncologia publicados em periódicos científicos, toda a sua especialização, do mestrado à pós-doutorado, foi em cirurgia veterinária, com ênfase em oncologia.
Atualmente, é professor de cirurgia, no Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinária, da Universidade Estadual Paulista (Unesp-Jaboticabal). Ele explica que a ocorrência de câncer de mama nas gatas é diferente, sendo o terceiro de maior prevalência, atrás de linfomas e carcinomas de células escamosas (câncer de pele). “A probabilidade da incidência do câncer de mama em gatas com propensão à neoplasia fica entre 20% e 30%”, diz.
Outubro Rosa Pet
Nem por isso os tutores podem descuidar de suas fêmeas de estimação. A prevenção de tumores mamários em cadelas e gatas ainda é a melhor opção. A recomendação é que façam o exame frequente de palpação ao longo das duas cadeias mamárias. “O diagnóstico e o tratamento precoce da lesão ainda é a melhor maneira de proporcionar um prognóstico e, para algumas pacientes, a possibilidade de conferir a cura do tumor”, alerta Nardi.
O mês de outubro chega para reforçar a necessidade de o tutor fazer essa avalição em casa e, ao detectar algum nódulo ou aumento de volume, recomenda-se que o animal seja levado ao médico-veterinário para avaliação clínica e orientação sobre a melhor abordagem de diagnóstico e tratamento.
A cada ano, o Outubro Rosa Pet ganha maior adesão e, em 2020, em meio à condição de distanciamento devido à covid-19, médicos-veterinários se uniram para fortalecer a campanha de um novo jeito, por meio das mídias sociais. Coordenados pelo professor Geovanni Dantas Cassali, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), está sendo promovida a Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Mama em Animais de Companhia.
Na programação do Outubro Rosa Pet Brasil realizará um evento on-line e gratuito, de 26 a 29 de outubro de 2020, que reunirá palestrantes de todo o país. Mais informações podem ser encontradas no Instagram @outubrorosapet.
Prevenção
Segundo Nardi, a literatura cita e na prática ele já comprovou que a castração precoce é uma das formas de prevenir os tumores de mama. Antes, se preconizava a castração antes do primeiro cio. Agora a orientação mudou, pois trabalhos publicados nos últimos cinco anos, descrevem consequências indesejadas relacionadas com a castração precoce, como tendência à incontinência urinária na fase adulta, alterações comportamentais e favorecimento à obesidade. Em cadelas de grande porte e gigantes podem ocorrer até alterações de desenvolvimento ósseo. “Por esses motivos, temos indicado a castração entre o primeiro e segundo clico estral [cio]”, orienta o professor.
De acordo com a médica-veterinária Márcia de Figueiredo Pereira, a influência hormonal é um dos fatores de risco mais relevantes, por isso a indica-se a castração como forma de prevenção.
“O risco de desenvolver carcinomas mamários é de 0,05% em cadelas castradas antes do primeiro cio e houve redução de até 91% [da doença] em gatas castradas antes dos 6 meses de idade. No entanto, a idade de castração ainda é um tópico de discussão considerando-se o risco de problemas ortopédicos ou outras neoplasias”, pondera.
Assim como Nardi, Márcia também sugere a castração entre o primeiro e o segundo cio, e afirma que o uso de progestágenos ou estrógeno-progestágenos também foi associado ao desenvolvimento de tumores benignos ou malignos em gatas e a carcinomas mamários em cadelas.
Causas
Professora associada de Patologia, do Departamento de Medicina Veterinária, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Márcia lembra que a complexidade dos tumores mamários tem instigado pesquisadores a realizar estudos que contribuam com a redução de riscos de desenvolvimento e evolução da doença. Segundo a docente, o alto risco de morte coloca o câncer de mama em destaque, uma vez que muitos estudos têm demonstrado que a maioria dos tumores mamários em cadelas e gatas é maligno.
Diversos fatores de risco tem sido objeto de estudos, como idade, raça, dieta, obesidade e fatores hormonais, segundo a professora. “As cadelas acometidas têm geralmente entre 7 e 12 anos, enquanto, em gatas, as neoplasias são mais frequentes entre 10 e 11 anos de idade”, afirma. Para ela, a dieta e a obesidade, especialmente em animais obesos desde o primeiro ano de vida, são fatores importantes que têm sido associados ao desenvolvimento de tumores mamários.
Márcia relata que a compreensão dos fatores de risco é importante para a prevenção, mas é necessário ainda estabelecer condutas para o diagnóstico, prognóstico e tratamento dos tumores mamários. Para isso, médicos-veterinários de todo o país reúnem-se periodicamente para elaborar um consenso que conduza a resultados práticos e atualizados, fornecendo diretrizes sobre as neoplasias mamárias. “Estes encontros conduziram a produção de artigos [Braz. J. Vet. Pathol., v.7, n.2, 2014; Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. 2018, v.55, n.2, 2018] que tem auxiliado a aprimorar o diagnóstico e direcionar condutas terapêuticas que melhorem os resultados com relação às neoplasias mamárias”, revela.
Tratamento
Nardi explica que o tratamento de eleição mais apropriado ainda é o cirúrgico, especialmente quando está restrito à mama. Em casos de tumores malignos agressivos, de acordo com critérios e indicadores relevantes de malignidade, , o profissional indica a realização de quimioterapia antineoplásica no pós-operatório, como tratamento complementar, na tentativa de melhorar o prognóstico e aumentar a sobrevida.
Márcia concorda que o protocolo cirúrgico para cada paciente se baseia no tamanho da lesão primária, na presença de metástases em linfonodos e de metástases distantes. “O diagnóstico histopatológico continua sendo o padrão ouro, que é a melhor ferramenta para prever o comportamento biológico, mas o estudo de marcadores prognósticos e preditivos podem auxiliar o planejamento terapêutico, além de oferecer alternativas para tratamento e aumentar as chances de sobrevida e melhorar a qualidade de vida do paciente”, declara.
Como tratamento complementar, para Nardi as práticas integrativas são bem-vindas. “Vemos na prática que a acupuntura ajuda a reduzir a dor e manter o equilíbrio orgânico da paciente, até mesmo para que ela consiga tolerar de forma mais tranquila o tratamento convencional”, explica.
A radioterapia também é uma opção, segundo ele, podendo ser indicada em alguns casos de tumores que não são operáveis. “Lesões muito grandes, que comprometem várias mamas, ao longo das duas cadeias mamárias e com infiltração na parede da cavidade abdominal, a radio pode ser uma opção”.

Evento multidisciplinar discute atualização sobre tratamentos contra o câncer

 

O 3º Simpósio Multidisciplinar em Oncohematologia e Imunoterapia aborda, entre outros temas, tratamentos oncológicos modernos como a imunoterapia, em que a atuação do próprio sistema imunológico do paciente é potencializada para combater as células cancerosas

O Brasil deve registrar 625 mil novos casos de câncer neste ano no país, dos quais 4,33% (27.080 novos diagnósticos) no Ceará, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Os avanços no tratamento oncológico e os cuidados necessários para garantir a segurança no tratamento desses pacientes no contexto da pandemia de covid-19 estão entre os temas abordados no Simpósio Multidisciplinar em Oncohematologia e Imunoterapia. A iniciativa será promovida entre os dias 1º e 3 de outubro de 2020, com realização do Núcleo de Oncologia e Hematologia do Ceará (Nohc) e Oncovie.

Realizado de forma presencial nas duas edições anteriores, desta vez palestrantes do Ceará terão presença garantida em estúdio e especialistas nacionais e internacionais terão participação por meio de transmissão online. As inscrições para o simpósio são totalmente gratuitas e voltadas para profissionais da saúde que atuam na oncologia, reumatologia e para estudantes interessados nessa áreas.

 

Demanda social e atualização

O médico oncologista, doutor em Farmacologia Clínica e diretor da Associação Médica Cearense, Aurillo Rocha, é um dos organizadores do evento científico e ressalta a importância de manter a comunidade oncológica atualizada, especialmente quando as informações científicas são cada vez mais dinâmicas.

 

“Nosso simpósio surge num momento de grande demanda social e disponibiliza uma diversidade de informações e reflexões para a discussão de conhecimentos oncológicos e de áreas relacionadas”, diz o oncologista. Temas como tratamentos menos invasivos, cuidados paliativos e oncogenética estão na pauta do evento, que tem ainda quatro encontros online pré-simpósio (15, 17, 24 e 29 de setembro).

“Sabemos que hoje é possível realizar um tratamento diferenciado baseado em novas tecnologias e em novas práticas para pacientes com doenças crônicas como câncer e doenças reumáticas, o que garante mais sucesso nos resultados”, explica o oncologista Aurillo Rocha. O evento promove, além das palestras para profissionais médicos e equipes multidisciplinares, conteúdos relevantes na área de pesquisa básica e submissão de trabalhos científicos.

Serviço:

As inscrições para o 3º Simpósio Multidisciplinar em Oncohematologia e Imunoterapia estão abertas no link a seguir

https://doity.com.br/iii-simposio-multidisciplinar-em-oncohematologia-e-imunoterapia

Profissionais de saúde participam de evento online para tratar sobre câncer da tireoide

A clínica Oncovie e o Núcleo de Oncologia e Hematologia do Ceará promovem nesta quinta-feira (30) encontro online para debater tratamentos e avanços no combate do câncer da tiróide. A ação faz parte da programação do projeto Sessões Clínicas Online, que teve foco no julho verde, mês de conscientização dos tipos de cânceres que atingem a região da cabeça e pescoço.

“Com a pandemia encontramos no ambiente online uma forma de dar ainda mais amplitude ao projeto que já tínhamos iniciado presencialmente no começo deste ano. O nosso objetivo com essa ação é fomentar o debate com profissionais da medicina e as pessoas interessadas com temas que estejam diretamente ligados ao câncer”, afirma o oncologista clínico e diretor técnico das clínicas Oncovie/Nohc, José  Aurillo Rocha.

A importância de debater sobre o câncer da tireóide é reforçada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), que prevê que até o fim de 2020 sejam registrados mais de 14 mil novos casos da doença.

” Aproximadamente 84% dos casos, neste ano, devem ser registrados em mulheres, entre as quais o câncer de tireoide deve ser o quinto com maior incidência, de acordo com o Inca”, afirma o cirurgião de cabeça e pescoço e que será o mediador do encontro, Francisco Bomfim Júnior.

Serviço

Sessões Clínicas Online – Câncer da Tireoide

Dia: 30 de julho 2020

Horário: 19h30

Local: Online através da plataforma Google Meet –

Entrada gratuita limitada ao número de vagas da plataforma (250 pessoas)

Instituto Roda da Vida confecciona e doa máscaras para pacientes oncológicos

 

O espírito coletivo e o prazer de ajudar ao próximo fazem a diferença em momentos de crise. Pensando nisso, o Instituto Roda (IRV) da Vida doa máscaras para os pacientes oncológicos e seus familiares. A ideia é fortalecer essa rede de cuidado e fazer a roda girar. “Nós ressaltamos que a solidariedade precisa de um corpo, de algo concreto e não pode ficar só no virtual”, explica a médica onco-hematologista e diretora do IRV, Paola Tôrres.

Todas as máscaras foram confeccionadas pela colaboradora, Fátima Holanda. A entrega é realizada na sede do IRV, em horários marcados, para evitar aglomerações. A orientação é que alguém da família do paciente, que esteja saudável, portando um documento do mesmo, possa receber as máscaras, assim evita o risco de contaminação desses pacientes.

DOAÇÕES

Para diminuir os impactos da crise, o IRV também está recebendo doações de lata de leite, sardinha e outras proteínas para ajudar pacientes oncológicos de baixa renda. Os interessados em contribuir, também poderão doar sabão e detergente. Para mais informações envie e-mail para: institutorodadavida@gmail.com ou mande mensagem pelo direct no Instragram @institutorodadavida.

SOBRE O IRV

O Instituto Roda da Vida (IRV), uma associação sem fins lucrativos. Desde a sua fundação em 2012 o instituto recebe pacientes oncológicos gratuitamente, encaminhados por Instituições de Câncer do Ceará, para atividades complementares ao tratamento tradicional (quimioterapia e radioterapia), como Yoga, meditação, dentre outros. Todas as práticas têm relação com a Medicina Integrativa, que foca no bem estar das pessoas.

A Associação Peter Pan conta com o apoio da população para renovar o seu Certificado junto ao Ministério da Saúde

 

A Associação Peter Pan – APP  está em processo de renovação do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área de Saúde (CEBAS) e, para isto, a instituição conta com o apoio da população em declarar publicamente seu apoio aos serviços prestados pelo Centro Pediátrico do Câncer, também conhecido como Hospital Peter Pan,  por meio de resposta à consulta pública requerida pelo Ministério da Saúde.

A renovação do CEBAS, além de reconhecer a APP como entidade beneficente de assistência social para prestação de serviços na área de saúde, também possibilita a isenção de contribuições sociais e a celebração de convênios com o poder público.

A licença torna possível a manutenção e expansão das atividades exercidas pela entidade nos segmentos de diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, tratamento e assistência social a crianças e adolescentes com câncer.

Diante da importância dos serviços prestados pela Associação Peter Pan, a sociedade tem o papel fundamento de contribuir com sua manifestação, que deve ser feita diretamente na página da internet do Ministério da Saúde, conforme o passo-a-passo adiante descrito.

Passo 1: http://siscebas.saude.gov.br/siscebas/WebApplication/consultaPublica.php

Passo 2: Na LISTA DE CONSULTA PÚBLICA, ao clicar em MANIFESTAR, abrirá a tela onde se faz a identificação pelo CPF da pessoa e a manifestação (limitada a 1000 caracteres).

Se for dirigente de alguma entidade, identifique-a com o CNPJ

Passo 3 (mesma tela): confirmar o código de segurança randômico

Passo 4(mesma tela): salvar.

 

Você sabia?

•          A Associação de Combate ao Câncer Infantojuvenil, ou Associação Peter Pan (APP),  atua na promoção e assistência à saúde de crianças e adolescentes com câncer, assim como assistência a suas famílias de forma gratuita.

•          As ações médicas são realizadas em parceria direta com o Hospital Infantil Albert Sabin (Governo do Estado do Ceará), com recursos do SUS, no Centro Pediátrico do Câncer – prédio construído e equipado pela APP com recursos provenientes de doações;

•          A APP realiza, desde 2007, Campanhas de Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil capacitando profissionais de saúde do Ceará para detecção de sinais e sintomas em estágio inicial;

•         Em novembro passado, a APP foi premiada como a Melhor ONG do Brasil, dentre 757 entidades avaliadas pelo Instituto Doar, Agência O Mundo Que Queremos, Rede Filantropia, Fundação Getúlio Vargas, Fundação Lemann e Fundação Toyota segundo 47 critérios, como estrutura administrativa, financeira, captação de recursos e transparência.

A Presidente da instituição, Olga Freire, reforça que o apoio da comunidade é fundamental para que a renovação do CEBAS aconteça. “Mais do que nunca precisamos do apoio da sociedade para darmos continuidade ao trabalho realizado nesses 24 anos. Unidos, continuaremos a transformar a história do câncer infantojuvenil no Ceará”.

O Dia Estadual de Conscientização sobre o Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil é integrado ao Calendário Oficial de Eventos do Ceará

Com o objetivo de disponibilizar para a população cearense mais informações e orientações acerca do câncer infantojuvenil, O Dia Estadual de Conscientização sobre o Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil passa a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Estado do Ceará. A data será celebrada anualmente no dia 04 de setembro, mês da conhecida companha Setembro Dourado.

O projeto, desenvolvido pela Associação Peter Pan (APP), na pessoa da médica oncologista e hematologista pediátrica e Gerente da Técnica Médica da APP, Sandra Emília Almeida Prazeres, contou com o apoio da Deputada Estadual, Fernanda Pessoa, responsável por aprovar o projeto junto ao Plenário da Câmara dos Deputados.

A médica explica a importância de contar agora com uma data exclusiva para falar sobre o Diagnóstico Precoce. “Diferente do câncer que atinge os adultos, não existem medidas preventivas para o câncer infantojuvenil, com exceção das vacinas de Hepatite B e HPV. Por isso, o principal aliado na busca pela cura é o Diagnóstico Precoce. Detectar essa doença bem cedo e trata-la em centros especializados, é o que vai contribuir para que esta criança ou adolescente possa ter uma qualidade de vida melhor, bem como a redução de sequelas no futuro. Durante todo o mês de Setembro, a Associação Peter Pan já vem trabalhando a campanha Setembro Dourado, porém agora temos mais um motivo para celebrar e lutar pela esperança de vida”, finaliza ela.

O câncer infantojuvenil

O câncer infantojuvenil é a doença que mais vitimiza crianças e adolescente de 0 a 19 anos no Brasil. Nos últimos 40 anos o tratamento do câncer infantojuvenil sofreu significativas mudanças. Hoje, cerca de 70% dos casos diagnosticados de forma precoce e tratados em centros especializados, como o Hospital Peter Pan, têm chances de cura. Além disso, grande parte dos pacientes podem ter uma boa qualidade de vida após o tratamento.

Os sintomas do câncer infantojuvenil são muito semelhantes as doenças comuns da infância, por isso é um papel da sociedade como um todo estar atenta as crianças e adolescentes. Sinais como palidez, hematomas sem causa aparente, perda de peso sem explicação, alterações nos olhos, inchaço abdominal e qualquer outro sintoma que persista deve ser investigado por um profissional de saúde.

Campanha Setembro Dourado

O Setembro Dourado é uma campanha nacional criada para chamar a atenção, através de ações preventivas e educativas, para os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil, bem como a importância do Diagnóstico Precoce.

ASSOCIAÇÃO PETER PAN AMPLIA O SETOR DE SAÚDE MENTAL EM HOSPITAL DE TRATAMENTO ONCOLÓGICO PEDIÁTRICO

 

Buscando garantir, não só a cura de seus pacientes, mas também o bem
estar e qualidade de vida das crianças, adolescentes e familiares em
tratamento no Centro Pediátrico do Câncer, a Associação Peter Pan
desenvolveu um setor destinado exclusivamente a saúde mental em um
hospital de tratamento oncológico pediátrico na cidade de Fortaleza.

O objetivo dessa iniciativa é realizar acompanhamentos psicológicos
durante todas as fases do tratamento, bem como fortalecer o tratamento
humanizado junto aos pacientes e familiares, prevenção do
desenvolvimento de possíveis transtornos mentais, estudos clínicos,
além de combinar tratamento convencional com terapias complementares
que integram corpo, mente e espírito.

Com o novo setor de Saúde Mental é esperado que haja uma diminuição
dos transtornos de adaptação, depressivos e ansiosos, diminuição de
casos de abandono parental, aumento na adesão ao tratamento, aumento do
equilíbrio emocional, casos de superação e auxílios sociais, bem
como aprimoramento da qualidade de comunicação e informação passada
aos pacientes e familiares e a integração e aproximação da família
durante o tratamento.

A ideia do setor é trabalhar tanto em atividades grupais (grupo de
mães, grupo de apoio ao luto, grupo de adolescentes e grupo de
gestantes), como também atendimentos individuais junto a pacientes e
familiares em tratamento (UTI, Internação, Atendimento Dia,
Quimioterapias, Ambulatórios e Ambulatório de Diagnóstico Precoce),
assim como em Cuidados Paliativos.

Suas atividades se concentram na prevenção do desenvolvimento de
transtornos mentais, tratamento digno, apoio contra a vulnerabilidade
social, conferências familiares, comunicação de notícias, cuidados
paliativos, consulta multidisciplinar, psicodiagnósticos realizados em
parceria com a Universidade de Fortaleza (UNIFOR), realização de
programas de extensão da Universidade Federal do Ceará (UFC) e
estágios supervisionados com estudantes da Unifor.

O acompanhamento está acontecendo de segunda a sexta.  A psicóloga e coordenadora do novo setor, Mariana Bruno Soares, explica de onde surgiu a ideia de desenvolver um setor exclusivo  para a saúde mental e qual o impacto que ele terá no decorrer do tratamento
dos pacientes. “A necessidade da criação de um setor de saúde
mental da Associação Peter Pan surgiu da carência cada vez mais
evidente dos pacientes e familiares. Pessoas que, além de atravessar um
tratamento longo e muito difícil, passam por uma grande vulnerabilidade
social e emocional, por isso precisam de um acompanhamento personalizado
e aprofundado, para assim então podermos falar de dignidade e
humanização, um dos grandes objetivos da Associação Peter Pan”,
salienta ela.

 PROJETO INTEGRARE
O projeto Integrare faz parte do setor de Saúde Mental e trata-se de
uma iniciativa desenvolvida pela Associação Peter Pan, em parceria com
a médica dermatologista, Dra. Gina Belém. Sua base é a medicina
integrativa, que combina terapias alternativas como yoga, reike,
musicoterapia, aromaterapia, palhaçoterapia, arteterapia, massoterapia,
microfisioterapia e outros.

Essas terapias são combinadas com um
tratamento personalizado multidisciplinar, envolvendo as áreas de
psicologia, nutrição, terapia ocupacional e palestras educativas.
O objetivo do Integrare é proporcionar aos pacientes oncológicos do
Centro Pediátrico do Câncer e seus cuidadores, em conjunto com o
tratamento convencional, o autocuidado, que representa a parte que cabe
ao paciente em cuidar de si mesmo. Pode representar o cuidado com a
higiene pessoal, a espiritualidade, incluir a relação com o meio e com
as pessoas ao redor, hábitos alimentares, atividade física, qualidade
de sono, uso de práticas ou terapias complementares e gestão de
estresse.

Os atendimentos são coordenados pela Associação Peter Pan, em
parceria com o Hospital Infantil Albert Sabin e realizados no Hospital
Peter Pan e na sede administrativa da instituição, de segunda a
sexta-feira, nos turnos da manhã e tarde.  Inicialmente, os atendimentos estão sendo direcionados para os cuidadores e gradualmente, conforme orientação médica do Serviço de
Oncologia do CPC, será dado início aos atendimentos dos pacientes
oncológicos.

Outubro Rosa: Instituto Roda da Vida realiza programação especial gratuita com foco em educação em oncologia, promoção de saúde e medicina Integrativa

Nesta terça-feira (15), das 8h às 17h, será realizada mais uma edição do Portas Abertas. Em alusão ao mês de prevenção ao câncer de mama, a programação do evento irá abordar educação em oncologia e promoção de saúde relacionadas ao tema. O evento também irá permitir que o público conheça o Instituto Roda da Vida (IRV), além da troca de experiências com outros pacientes. A programação é gratuita e aberta ao público. 

Durante o encontro, os presentes participam da oficina de sucos funcionais com a onco-hematologista e presidente do (IRV), Paola Tôrres. Dentre as atividades confirmadas estão Yoga, Biodança e a conversa “Vamos falar sobre o câncer de mama”, com a médica oncologista clínica Iane Figueiredo, e a onco-hematologista e presidente do (IRV), Paola Tôrres. O debate também conta com a participação da paciente Socorro Maria. O encontro irá abordar alguns mitos e inovações no tratamento da pessoa com câncer de mama.

O que é a Medicina Integrativa?

A Medicina Integrativa alia ao tratamento convencional de doenças, práticas que garantem serenidade e equilíbrio para o sucesso dos tratamentos. 

De acordo com Paola Tôrres, mais de 50% dos médicos no Ceará já orientam seus pacientes a procurarem essas práticas complementares ao tratamento convencional (quimioterapia, radioterapia).

Sobre o Instituto Roda da Vida

O IRV recebe durante todo o ano pacientes oncológicos, gratuitamente, encaminhados pelo Crio e o Hospital do Câncer, para atividades complementares ao tratamento tradicional (quimioterapia e radioterapia), como Yoga, meditação, dentre outras. Todas as práticas têm relação com a Medicina Integrativa, que é um complemento ao tratamento tradicional e foca no bem estar das pessoas.  

Serviço: 

Outubro Rosa: Instituto Roda da Vida realiza programação especial gratuita sobre práticas integrativas de saúde 

Data: terça-feira, 15 de outubro, a partir das 8h

Local: Rua Lauro Maia, 1245 – Bairro de Fátima

*Evento gratuito e aberto ao público

Humorista Dinah Moraes realiza show beneficente em prol da Associação Peter Pan

A humorista cearense, Dinah Moraes, realiza no próximo dia 02 de outubro (quarta-feira) um show beneficente em prol das crianças e adolescentes em tratamento no Hospital Peter Pan. O espetáculo acontece no Cineteatro São Luiz, às 19h e a classificação indicativa é livre.

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou online por meio do link https://bit.ly/2kMrfTb. O ingresso custa R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia), além de 1Kg de alimento não perecível.

O show, intitulado “Minha História”, traz narrativas da trajetória da artista, através de relatos, atuações e música, e conta com um elenco de pessoas que fizeram parte da sua vida. Algumas delas, assim como a protagonista, falam sobre situações reais, vividas ao longo de muitos anos na companhia de Dinah. A ideia do espetáculo nasceu da vontade de reforçar a identificação que o público cultiva com a humorista desde o início de sua carreira.

O valor arrecadado no espetáculo com a venda de ingressos será utilizado nos programas sociais desenvolvidos pela Associação Peter Pan. Dinah conta como conheceu a Associação Peter Pan. “Eu conheci um dos pacientes da Associação Peter Pan por meio do programa social Realizando Sonhos. Quando ele me disse que ver meus vídeos fazia com que esquecesse um pouco da situação que estava vivendo me comoveu muito. Foi por meio dessa criança que eu conheci de fato a Associação Peter Pan”.

Uma grande realizadora dos sonhos das crianças da instituição, a humorista explica de onde surgiu a ideia de usar o seu trabalho para ajudar pacientes com câncer. “Apenas quando entrei no Hospital que pude entender a dimensão e importância dessa instituição. Infelizmente o meu pequeno fã veio a óbito em março deste ano, mas o sonho dele se transformou em uma missão pessoal minha, de ajudar a instituição por meio do meu trabalho. E no show, além do humor, eu quero abordar também a importância do Diagnóstico Precoce e do trabalho que a Peter Pan faz”, complementa ela.

Dinah Moraes

Dinah começou a se aventurar na produção de vídeos humorísticos em 2014, conquistando milhões de pessoas que hoje acompanham seu trabalho na internet e também nos palcos. Atualmente, a humorista cearense é sucesso nainternet com mais de 600 milhões visualizações no Facebook e 400 milhões no YouTube. Além da espontaneidade presente em todos os seus trabalhos, outro fator que determina a identificação com o público é o seu orgulho de ser nordestina. A artista sempre traz em suas produções aspectos característicos da cultura cearense, como a linguagem, os costumes regionais e o talento inato para a comédia.

Serviço:

Evento: Minha História – Dinah Moraes (Show Beneficente)

Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro, Fortaleza)

Data: 02 de outubro

Horário: 19h

Ingresso:  R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) + 1Kg de alimento não perecível

Vendas: Bilheteria do Cineteatro São Luiz e online (https://bit.ly/2kMrfTb)

Associação Peter Pan realiza abertura da campanha McDia Feliz

Neste sábado, 24 de agosto, a Associação Peter Pan realiza a abertura do McDia Feliz 2019. O evento acontece na Praça da Flores (localizada na av. Desembargador Moreira, s/n  – Aldeota), às 7h30. Com a presença da presidente da Associação, Olga Lúcia Freire e o time de McAmigos que têm feito parte da campanha, a solenidade reúne funcionários, voluntários, pacientes e amigos que apoiam a causa.

Há 30 anos, o mês de agosto é marcado pelo McDia Feliz, que transforma a venda de Big Mac em sorrisos. A Associação Peter Pan participa da campanha há 21 anos e será beneficiada com a venda de tíquetes antecipados, produtos promocionais com a marca McDia Feliz e sanduíches Big Mac nos restaurantes de Fortaleza, Juazeiro do Norte e Sobral no dia 24 de agosto.

A Presidente da Peter Pan, Olga Lúcia, Freire, explica a importância da Campanha para a causa. “Essa parceria com o Instituto Ronald McDonald tem sido decisiva para a transformação do câncer infantojuvenil no estado do Ceará. Todo Big Mac vendido será transformado em esperança de futuro. O valor arrecadado viabiliza a conclusão do 2º andar do Centro Pediátrico do Câncer, que inclui 2 centros cirúrgicos, um de médio e outro de grande porte, construção de sala de recuperação com 6 leitos e expansão de 3 leitos de  UTIs”, pontua ela.

Sobre o McDia Feliz

O McDia Feliz, atualmente, é uma das maiores mobilizações pelas crianças e adolescentes no Brasil. Há 20 anos, o Instituto atua nas necessidades antes, durante e depois do tratamento de crianças e adolescentes com câncer e beneficia instituições ligadas a oncologia pediátrica através de campanhas como o McDia Feliz. A campanha é um sucesso graças à participação de instituições, funcionários, franqueados e fornecedores, além da mobilização de milhares de voluntários que incentivam a sociedade a abraçar a causa. O McDia Feliz desde 2018 ampliou seu impacto social e passou a beneficiar duas causas de grande importância no Brasil: saúde e educação. Este ano, o McDia Feliz acontece no dia 24 de agosto e todos os recursos arrecadados com a venda do Big Mac serão revertidos para as instituições participantes em todo o Brasil.

Mais informações em www.mcdiafeliz.org.br.

Sobre o Instituto Ronald McDonald

Organização sem fins lucrativos, o Instituto Ronald McDonald (IRM) atua há 20 anos para aproximar famílias da cura do câncer infantojuvenil e aumentar as chances de cura da doença aos mesmos patamares dos países com alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Para atingir esse objetivo, o Instituto Ronald McDonald trabalha promovendo a estruturação de hospitais especializados, a hospedagem para famílias que residem longe dos hospitais, a capacita profissionais de saúde para realizarem o diagnóstico precoce, incentiva a adesão a protocolos clínicos e promove disseminação de conhecimento sobre a causa.

A ONG faz parte do sistema beneficente global Ronald McDonald House Charities (RMHC), presente em mais de 60 países, coordenando os programas globais: Casa Ronald McDonald, voltado para a hospedagem, transporte e alimentação dos pacientes; e o Programa Espaço da Família Ronald McDonald, que torna menos desgastante o dia a dia das famílias durante o tratamento.

No Brasil, há ainda outros dois programas locais: Atenção Integral e Diagnóstico Precoce, com ações específicas de combate ao câncer infanto-juvenil. O Instituto conta com o apoio de diversas empresas e pessoas físicas para desenvolver e manter seus programas. Saiba mais sobre as fontes de arrecadação, os programas e as instituições beneficiadas em www.institutoronald.org.br.

Associação Peter Pan 

Associação Peter Pan nasceu da vontade de amar, no ano de 1996. Fruto de um voluntariado responsável, comprometido e empreendedor que soube unir pessoas, empresas, Estado e transformar a história do câncer infantojuvenil no Ceará. A entidade realiza sua missão de elevar o índice cura e proporcionar qualidade de vida aos pacientes e familiares por meio de três diretrizes decisivas, Atendimento Humanizado, Tratamento Especializado e Diagnóstico Precoce.

Nos seus 23 anos de realizações foi construído o Hospital Peter Pan, que possui com 95 leitos, sendo 07 de UTI Pediátrica, desenvolvidos de 17 Programas Sociais, que possibilitam inúmeras ações de humanização, entre elas, a construção de casas, a doação de mais de 1.000 cestas nutricionais/mês e o apoio a todas as famílias dos pacientes no estado do Ceará, além da realização de cursos de capacitação em sinais e sintomas do câncer pediátrico, para profissionais do Programa de Saúde da Família no Ceará. Atualmente a instituição tem como objetivo concluir o 2º andar do Centro Pediátrico do Câncer.

Serviço:

Evento: Abertura da Campanha do McDia Feliz 2019

Local: Praça das Flores

Data: 24/08/2019

Horário: 07h30min

Fórum “Todos Juntos Contra o Câncer” reunirá oncologistas para propor soluções de prevenção e controle do câncer


A cidade de Fortaleza sediará o Fórum “Todos Juntos Contra o Câncer”, nos dias 27 e 28 de junho, no Hotel Praia Centro. O evento reunirá atores da rede de oncologia para discutir e identificar as maiores dificuldades na área, propor as soluções necessárias, alinhadas com a Política Nacional de Prevenção e Controle do Câncer, e encaminhá-las aos órgãos competentes. 

Ao todo, serão 30 palestrantes de diversas áreas da saúde com cinco painéis de debates. Entre os assuntos a serem debatidos estão o controle social e o papel das ONGs para melhorar a atenção ao paciente, o raio x da assistência oncológica, como empoderar o paciente para ampliar a humanização e permitir a decisão compartilhada, entre outros.

O evento está sendo promovido pelo Instituto Roda da Vida e a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale). Participarão médicos e profissionais da área, representantes de órgãos públicos, associações e instituições, pacientes e cuidadores, promotores, advogados, comunicadores, professores e alunos.

PROGRAMAÇÃO

Dia 27
16h | Credenciamento
16h30 | Abertura – Boas-vindas e objetivos do evento
17h | Apresentação de cordel ao vivo e curta metragem com a
experiência dos pacientes
18h | Câncer infantil: a cura é possível

Dia 28
8h | Credenciamento
8h30 | Conhecer para tratar melhor – Educação em Oncologia
10h30 | Raio-X da assistência oncológica no Norte e Nordeste
12h30 | Foto do grupo e almoço
14h | Experiência do paciente – como empoderar o paciente para
ampliar a humanização e permitir a decisão compartilhada
16h | Controle social. Ampliando o papel das ONGs para melhorar a
atenção ao paciente
18h | Coffee break e visita às exposições
18h30 | Encerramento – Orquestra e fotos dos melhores momentos

Serviço:
Fórum “Todos Juntos Contra o Câncer”
Data: 27 e 28 de junho
Local: Avenida Monsenhor Tabosa, 740 – Praia de Iracema. (Hotel Praia Centro).

X Breast Cancer Weekend discute avanços no tratamento do câncer de mama nos dias 21 e 22 de junho em Fortaleza

Quando se fala em câncer e apesar de um amplo trabalho de conscientização desenvolvido nos últimos anos, o câncer de mama continua sendo o tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo, depois do câncer de pele não-melanoma, correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano.

No Brasil, a realidade é a mesma, mas o percentual sobe para 29% dos novos casos. Em paralelo, a Medicina promove avanços no diagnóstico e na abordagem a este tipo de câncer, com ações de prevenção, novas medicações e tratamentos personalizados, cirurgias preventivas em mulheres assintomáticas e diversas técnicas para ampliar a qualidade de vida da mulher.

Estes e diversos outros temas de relevância social, médica e científica serão discutidos por grandes nomes nacionais e internacionais da Mastologia e da Oncologia reunidos em Fortaleza nos dias 21 e 22 de junho, no Hotel Gran Mareiro, para a realização do X Breast Cancer Weekend. O tradicional evento é uma realização da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) e da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), com organização da Kanguru Promoções. A expectativa é que mais de 200 profissionais estejam presentes e participem das conferências e mesas redondas.

Dentre os assuntos em pauta durante o evento estão o diagnóstico precoce, as mastectomias redutoras de risco e as estratégias de preservação da fertilidade/função ovariana em mulheres jovens com câncer de mama. Durante o evento, será apresentado também um estudo atualizado, com dados de 2019, de rastreamento populacional e de alto risco do câncer de mama. Através das discussões, o objetivo é atualizar os profissionais médicos e, ao final, proporcionar às mulheres brasileiras e cearenses afetadas pelo câncer de mama os benefícios de um tratamento mais personalizado e com menor impacto. “O X Breast Cancer Weekend se firmou como um dos eventos nacionais mais relevantes na nossa especialidade de câncer de mama, pelo caráter multidisciplinar, por trazermos ao Ceará palestrantes de todo país e nomes representativos da medicina mundial, todos experts em suas especialidades, para a construção de um evento de alto nível para a promoção e educação de nossos profissionais”, afirma Dr. Francisco Pimentel, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia no Ceará e um dos organizadores do evento. 

O acesso das mulheres ao tratamento também será debatido assim como as novas estratégias para incorporar o arsenal de tratamentos à disposição dos médicos. “Infelizmente, a maioria dos benefícios que temos advindos dos avanços das terapias nos últimos anos não está ao alcance de todas”, comenta Dr. Francisco Pimentel. Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, assim como é possível um tratamento com maior potencial curativo quando a doença é diagnosticada em fase inicial.

De acordo com o Dr. Markus Gifoni, representante da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica no Ceará e um dos organizadores do evento, a programação do X Breast Câncer Weekend foi pensada com base nos resultados dos últimos estudos realizados em congressos internacionais dedicados ao câncer de mama. Entre os nomes internacionais convidados estão as médicas Andrea Barrio, mastologista do Memorial Sloan Kettering de Nova York (EUA), e Meena Moran, radio-oncologista do Yale Cancer Center e professora da Yale School of Medicine (EUA). Além das mesas redondas e conferências, o evento contemplará sessões de discussão de casos clínicos.

Alguns destaques da programação

21 de junho, sexta-feira
8h – Abertura
8h45 – Rastreamento do câncer de mama em 2019: populacional e alto risco
11h30 às 12h30 – Mastectomias redutoras de risco em pacientes sem mutação
14h30 às 15h30 – Preparo do Paciente antes do Tratamento Sistêmico Neoadjuvante
16h30 às 17h30 – Fazendo a diferença nos detalhes (na cirurgia, na radioterapia adjuvante, estratégias de preservação da fertilidade/função ovariana em mulheres jovens com Câncer de Mama).

22 de junho, sábado

9h às 10h – Câncer de mama inicial e medicina de precisão
11h30 às 12h30 – Desafios atuais do tratamento sistêmico

*Programação completa no site: www.breastcancer10.com.br

X Breast Cancer Weekend

Endereço: Hotel Gran Mareiro

Quando: sexta-feira (21) e sábado (22) de junho de 2019
Informações e programação completa: www.breastcancer10.com.br
Telefone: (85) 3452-0800

Instituto especializado em pacientes com câncer precisa de doações

A associação sem fins lucrativos utiliza terapias integrativas para melhorar a qualidade de vida de pessoas com câncer

O Instituto Roda da Vida (IRV), uma associação sem fins lucrativos, precisa de doações para ampliar sua sede no Bairro de Fátima. A reforma tem como objetivo oferecer novas atividades integrativas. Desde a sua fundação em 2012 o instituto recebe pacientes oncológicos gratuitamente, encaminhados por Instituições de Câncer do Ceará, para atividades complementares ao tratamento tradicional (quimioterapia e radioterapia), como Yoga, meditação, dentre outros. Todas as práticas têm relação com a Medicina Integrativa, que foca no bem estar das pessoas.

Aos interessados em contribuir, é possível colaborar com massa corrida e tintas Hidracor (branco neve) e três equipamentos de ar condicionado. As contribuições podem ser entregues na sede do IRV. As doações também podem ser realizadas por meio de depósito bancário nos seguintes dados: Banco do Brasil – agência: 3655-2 conta corrente: 56404-4, CNPJ: 17036382/0001-06.

Medicina Integrativa
A Medicina Integrativa alia ao tratamento convencional de doenças, práticas que garantem serenidade e equilíbrio para o sucesso dos tratamentos. Um dos objetivos do IRV é dar esse apoio não somente aos pacientes, seus familiares e amigos, mas também auxiliar médicos e profissionais da área de saúde a compreender melhor a utilização de novas estratégias para a promoção da saúde.


A Medicina Integrativa alia ao tratamento convencional de doenças, práticas que garantem serenidade e equilíbrio para o sucesso dos tratamentos. Um dos objetivos do IRV é dar esse apoio não somente aos pacientes, seus familiares e amigos, mas também auxiliar médicos e profissionais da área de saúde a compreender melhor a utilização de novas estratégias para a promoção da saúde.

Serviço
Doe para o Instituto Roda da Vida
Doações: Banco do Brasil – agência: 56404-4, conta corrente: 3655-2, CNPJ: 17036382/0001-06.
Endereço: Rua Lauro Maia, 1245- Bairro de Fátima
Telefone: (85) 3055-5029
www.institutorodadavida.org.br