TREINAMENTO: No que você pensa quando lê esta palavra?

Eu já fiz essa mesma pergunta pra um grupo de dezenas de pessoas. Ouvi respostas que variavam dos treinos da academia (exercício físico) ao treino da caligrafia (exercício para escrita).

Treinar é “tornar hábil”; “realizar por meio da instrução”; “habilitar”.

É através do treino que aprimoramos uma habilidade, que nos tornamos aptos a desempenhar com mais destreza e primor um determinado papel.

E por que eu falo de TREINAMENTO numa coluna que trata de Comunicação no Ambiente Corporativo?

Porque ao longo dessa jornada assessorando diversos profissionais eu já me deparei com empresários e gestores que minimizam o valor dos “treinamentos” em suas respectivas empresas/corporações. Como se fosse uma perda de tempo ou um momento de “descontração” laboral “investir” em treino, e isto é um grande equívoco.

A aprovação no processo seletivo institucional não configura alinhamento com todas as práticas da empresa, muito menos garantia de fluidez nos processos preestabelecidos. A aprovação é somente o primeiro passo de uma caminhada, que pode ser longa e produtiva com o devido apoio.

E treinar é uma forma de APOIAR! E não se faz apoio sem comunicação. Aliás, a essência do treinamento é a Comunicação.

Se você é um líder ou gestor, não deixe de treinar sua equipe! Quer falar comigo sobre isso? É só comentar aqui no blog! Até breve!

Por Luiza Monteiro – Fonoaudióloga – desenvolvimento de habilidades de comunicação

Você também pode gostar leia