Procuradora do Município de Fortaleza lança segundo livro, voltado para o público jovem, escrito durante o período de isolamento social

Aliando literatura clássica sob forte influência de Machado de Assis com o universo da investigação policial, a Procuradora do Município de Fortaleza Dra. Fátima Memória faz o pré-lançamento virtual do seu segundo livro, “O mistério da pluma azul”, pelo site da Editora Premius.

A obra, assim como o seu primeiro título “Os 11 enigmas da esfinge”, é dedicada ao público infanto-juvenil e foi escrita durante os meses de isolamento social devido à pandemia da covid-19. “Escrever foi a válvula de escape mais efetiva que eu poderia ter encontrado. Como no primeiro livro, cultivei o hábito solitário de escrever e criar o enredo, mas com o diferencial de que, em 2020, a abstração da realidade conturbada durante a escrita gerou um aspecto apaziguador, me ajudando a enfrentar os desafios impostos pela calamidade”, afirma a autora.

A expectativa é de que o livro seja bem recebido pelos jovens, assim como a sua primeira obra, que obteve um feedback positivo por parte de alunos que tiveram a edição introduzida como leitura escolar. A Procuradora acredita que a boa recepção é um resultado da paixão que ela coloca na sua escrita – reflexo do seu amor pessoal pela literatura. “A leitura de livros foi, na infância e adolescência, meu melhor lazer. Depois que minhas duas filhas cresceram, concentrei-me novamente nos livros como atividade primordial e escrever parecia um sucessor natural. É uma forma de tentar devolver ao mundo tudo de bom que consegui com as leituras”, conclui.

Durante o período de pré-lançamento, a renda obtida com a venda dos livros será doada para a entidade sem fins lucrativos Revarte – Resgate dos Valores pela Arte, instituição que fomenta leitura e outras atividades culturais a jovens da Sapiranga, há mais de 20 anos.

 

 

Sinopse: Uma pesquisa sobre o escritor Machado de Assis leva três estudantes a se envolverem nas investigações de assaltos a carros-fortes, na imaginária cidade de Veredópolis, no interior do Rio de Janeiro. Enquanto o grupo se esforça para superar medos, problemas familiares e a pressão sobre a escolha profissional, consegue arranjar tempo para a elucidação dos crimes. O que um livro da Idade Média, em cuja capa repousa a pintura de uma linda pluma azul, poderia ainda significar numa época povoada de interfaces e mensagens instantâneas? Uma dica: livros inspiram vidas. Livros marcam vidas. Livros transformam vidas.

Vendas na sede da Editora Premius e no site www.premiuseditora.com.br. Valor do livro: R$ 35,00.

Você também pode gostar leia