Os benefícios do chocolate à saúde do corpo

No dia 7 de julho é comemorado o Dia do Chocolate, o queridinho da maioria dos brasileiros. O que muita gente não sabe é que o chocolate tem benefícios para a saúde. Por ser um alimento antioxidante, é capaz de neutralizar os chamados radicais livres do corpo, gerados naturalmente e aumentados com estresse, sol, entre outros. Segundo a endocrinologista, Ana Flávia Torquato, essas substâncias antioxidantes atuam nos vasos sanguíneos, melhorando a pressão arterial, melhoram o perfil do colesterol, e tem potencial de proteção cardiovascular. Além disso tem ação antienvelhecimento e dá uma sensação de bem estar, pois aumenta a serotonina no cérebro.

“Todos os benefícios do chocolate estão associados à massa da amêndoa do cacau, por isso é válido escolher o chocolate que tenha pelo menos 70% de cacau na composição. Já os chocolates mais doces e ao leite, que são os mais procurados, possuem apenas cerca de 25% de cacau. A maior parte da sua composição é leite e açúcar, portanto, esses mais doces, são considerados uma guloseima e não trazem os benefícios esperados. Os brancos, menos ainda! Estes, por sua vez, não possuem a massa do cacau em sua composição, apenas a gordura. A quantidade adequada a ser consumida é algo em torno de 30 até 50g por dia. Apesar de ser um alimento saudável, ele é calórico e pode gerar ganho de peso se consumido em excesso.” esclarece Ana Flávia.

A dermatologista, Hercilia Queiroz,  reforça que desde os primeiros estudos sobre o chocolate, é percebido que não é um componente do cacau em si, que é o maior vilão em pacientes com acne ou com pré-disposição a quadros de acne, mas a presença de vários outros componentes na composição do doce industrializado, como por exemplo, a presença de grande percentual de leite, associado a outros componentes de alto índice glicêmico. “A orientação então, seria apostar nos chocolates com mais cacau, menos leite e menos açúcar”, afirma.

Hercilia Queiroz ainda explica, que apesar do leite e seus derivados terem um baixo índice glicêmico, induzem o aumento do hormônio IGF1 (fator de crescimento semelhante a insulina 1), que se relaciona ao agravo, ou surgimento do quadro de acne em pacientes suscetíveis geneticamente. Importante lembrar também que o leite é composto por várias substâncias, como estrogênio, progesterona aminoácidos, além da presença do iodo contida na fórmula do leite, também pode influenciar o quadro de acne.

Embora traga tantos benefícios à saúde, o consumo de chocolates, em geral, exige cautela. Para aproveitar os benefícios do produto para a pele, cabelos e unhas, é necessário apreciá-lo com moderação, já que é um alimento calórico, rico em gordura e açúcar. Além disso, o chocolate amargo também promove o humor e pode aliviar o estresse emocional.

Você também pode gostar leia