Restaurantes registram cerca de 30% da capacidade de atendimento nos primeiros dias de retomada, aponta Abrasel 

Nestes primeiros dias de retomada das atividades nos restaurantes de Fortaleza (iniciada na segunda-feira, 22), a Abrasel no Ceará estima que a movimentação alcançou, em média, 30% da capacidade de atendimento dos estabelecimentos, abaixo do limite estipulado pelo protocolo do Governo do Estado, que permite até 50%.

“Já esperávamos um retorno tímido, principalmente pelo fato de que ainda não é momento para almoços de lazer. A retomada dos restaurantes nesta fase se dá para atender àqueles que voltaram ao trabalho de forma presencial, e precisavam almoçar de forma segura”, afirma Rodolphe Trindade, presidente da Abrasel.

Trindade alerta ainda para a importância de continuar seguindo as exigências de forma rigorosa: “estamos muito felizes com o trabalho dos empresários do setor, que adotaram medidas rígidas para garantir que possamos dar um passo de cada vez, mas é importante reforçar a permanência destas ações, para que não aconteça no Ceará o mesmo que está havendo em estados do Sul e Sudeste, que após a flexibilização precisaram voltar ao lockdown. Seria uma morte violenta para a economia”.

Edna Mendonça, proprietária do restaurante Divina Comida, tem observado um fluxo crescente a cada dia. Na segunda-feira, o movimento foi bastante tímido, o que já mudou no segundo dia. “A gente percebe que as pessoas estão cautelosas, mas ao constatar que os restaurantes estão sendo rígidos nas medidas, voltam a frequentá-los”, avalia.

Entre as medidas que estão sendo adotadas pelos restaurantes, estão: 

– Funcionamento para atendimento presencial em horário de almoço, das 11h às 16h, operando com 50% da capacidade de atendimento.

– Talheres devem estar em quantidade para uso individual e devidamente lacrados

– Restaurantes são orientados a aferir a temperatura dos clientes que vão adentrar o estabelecimento com termômetro digital à distância segura, impedido a entrada daqueles que estiverem identificados com quadro febril (acima de 37,5ºC).

– Mesas deverão obrigatoriamente manter uma distância entre si de 2 metros.

– Será admitido apenas dois ocupantes por mesa. Se forem na mesma família, mais de 2 ocupantes estão permitidos.

– Garçons e atendentes devem utilizar máscaras de proteção, viseiras de proteção “Face Shields”.

– Nos sistemas de “Self-Service” e “Buffets”, além de ter as mãos higienizadas, o cliente deve receber luvas plásticas para manuseio dos utensílios, sendo descartadas ao final do trajeto.

 

Você também pode gostar leia