Grupo OTO anuncia nova UTI exclusiva para pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19; Saiba demais ações

Os Hospitais OTOclínica Matriz (Aldeota) e OTOclínica Sul, ambos localizados na capital cearense, vem sendo buscados para o diagnóstico e tratamento da pandemia Covid-19. Com intuito de prestar melhor atendimento à população e cumprir com a lista de sugestões dos órgãos públicos, o Grupo OTO anuncia nesta terça-feira uma série de ações adotadas nos hospitais.

Uma das respostas mais rápida é a nova Unidade de Terapia Intensiva inaugurada na unidade Matriz. São leitos de UTI exclusivos para atendimentos à casos de pacientes sob suspeita ou confirmação de Covid-19 e que necessitam de internação. Há ainda uma outra UTI, também disponibilizada para estes pacientes, somando duas no total.

Para ambos hospitais foram adotadas: alteração no fluxo de atendimento da emergência, visando isolamento do paciente suspeito; equipe específica para unidade de internação especial; otimização dos fluxos de limpeza da organização; suspensão de visitas aos pacientes internados, com o objetivo de reduzir o fluxo de pessoas nos hospitais; criação de protocolo institucional para manejo de paciente suspeito ou confirmado com o novo coronavírus, que passa por atualização diária; e estabelecimento de fluxos específicos para o serviço de imagem e laboratório nestes atendimentos.

Pandemia

Na noite da última sexta-feira (20), o Ministério Público do Ceará emitiu recomendação que os hospitais particulares de Fortaleza apresentassem plano de contingenciamento e protocolos relativos aos pacientes suspeitos e infectados. Tão logo expedido o documento, o Grupo OTO concluiu a série de providências que já vinham sendo adotadas.

O Ceará é um dos estados do Brasil com mais casos da doença confirmada. A maioria deles está concentrado em Fortaleza. Desde o dia 19 de março de 2020, o Grupo vem divulgando, diariamente, boletins sobre casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 atendidos nas unidades da rede Hospital OTOclínica Matriz e Sul. Os boletins podem ser acessados por meio do perfil no Instagram: @hospital_otoclinica.

Você também pode gostar leia