O CAMINHO PARA LIVRAR-SE DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA PASSA PELA AJUDA PROFISSIONAL DAS CASAS DE RECUPERAÇÃO

O abuso de substâncias químicas é considerado doença.  É tido como um problema social, quando o uso constante de drogas prejudica várias áreas da vida de uma pessoa e a de terceiros, na maioria das vezes, a família. No recente relatório da Organizações das Nações Unidas – ONU foram apresentados dados sobre o uso de substâncias químicas, entre os quais o aumento da produção de ópio em 65% e o consumo da maconha na geração com 40 anos ou mais. O fácil acesso às essas substâncias e a licitude de algumas torna a situação mais grave.

O uso de drogas não significa falta de caráter e deixar de usá-las não é tarefa fácil e rápida. Neste contexto, entram as instituições de recuperação como um apoio fundamental e, muitas vezes, o último recurso para auxiliar nessa difícil trajetória rumo à “cura”.

A DESPERTAR CLÍNICA TERAPÊUTICA nasceu do ideal de seus dois proprietários, Tauama de Moraes e Rodrigo Xavier, ambos dependentes químicos em recuperação. Os dois se conheceram na luta contra a dependência química no ano de 2001 e seguiram juntos no objetivo de ajudar outras pessoas que vivem o mesmo drama.

Tauama é psicólogo e Rodrigo é administrador. Ambos atuam na CASA DESPERTAR, auxiliados por uma equipe especializada, composta de médicos, assistente social, administradores e conselheiros.

Em 2009, movidos pelo sentimento de gratidão e vontade de retribuir a ajuda que receberam, eles se capacitaram em suas áreas de atuação, cada um em sua expertise, e fizeram cursos, seminários e palestras sobre o tema. em 2012, iniciaram as atividades, com dificuldade, pouca estrutura, sem pessoal, mas com princípios e valores e muita vontade de fazer a coisa acontecer. Em 2014, eles finalmente tiveram seu trabalho validado, por meio do credenciamento dos principais planos de saúde, o que lhes trouxe condições de inovar e respaldar excelência o serviço.

Atualmente, a CASA DESPERTAR dispõe de cerca de 50 profissionais, entre corpo técnico, monitoria e administração, internando nas modalidades voluntária (Aquiraz) e compulsória (Camará).

A modalidade voluntária é aquela que pode ser realizada quando o dependente ainda tem nível de conscientização e aceita o tratamento por vontade própria, já a involuntária é usada quando a situação está fora de controle e a pessoa não consegue mais ter noção da gravidade e escolher o melhor para a sua vida, devendo ser solicitada por um psiquiatra a guia para internação pela família. Nessas situação é possível, com a autorização da família, usar o recurso da imobilização para remover o paciente à clínica.

Em Fortaleza, há uma unidade administrativa, onde fica os setores administrativo/financeiro, setor de acolhimento/comercial e o setor de Recursos humanos. Todas as segundas-feiras à noite acontecem as reuniões com os familiares, quando são realizados os atendimentos ambulatoriais e o pós tratamento individual e ou em grupo, conduzidas por psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais e conselheiros.

Segundo Rodrigo,  a dependência química adoece a família inteira. “Não é uma doença contagiosa, mas é contagiante, contagiando todo o círculo de relacionamento com as pessoas que convivem com o dependente”, explica. Ele diz, ainda, que toda a família precisa de ajuda e que esse auxílio é prestado de forma contínua.

A novidade da CASA DESPERTAR é a inauguração de uma unidade de tratamento apenas para mulheres. A Assistente social, Thais Morais, afirma que a unidade funcionará no Eusébio para atendimento exclusivo às mulheres por razões específicas. “É importante oferecer à elas as mesmas oportunidades de recuperação e reinserção para que elas voltem a ocupar seus espaços na sociedade”, afirma.

SERVIÇO:
Atendimento 24h

Administração

  • Av. Ulisses Bezerra, 2227, Cidade dos Funcionários
  • Fortaleza, CE
  • Ver no mapa 

Unidade Fazenda Sorriso

  • Rua Júlio Fernandes de Araújo, 98
  • Jacundá – Aquiraz, CE
  • Ver no mapa 

Unidade Camará

  • Rua Manoel Feliciano de Lima, 11
  • Aquiraz, CE

Redes sociais e site:

@casadespertaroficial

www.casadespertar.com.br

Você também pode gostar leia