Orquestra Contemporânea Brasileira convida David Valente para concerto no Cineteatro São Luiz


Imagine assistir a um concerto, cuja orquestra principal traz como convidado um instrumentista que, por suas condições de saúde, aprendeu a tocar teclado e acordeon com os dedos dos pés. O músico, David Valente, se une à Orquestra Contemporânea Brasileira (OCB) em uma apresentação a ser realizada no dia 15 de setembro, às 10h30, no Cineteatro São Luiz. Os concertos compõem a Temporada 2019 e são parte da programação da residência artística que a orquestra realiza no Cineteatro, equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT).

Tendo como conceito o diálogo entre música erudita e popular, a orquestra vem atraindo cada vez mais um público diversificado. A primeira parte do concerto privilegiará obras de compositores da chamada “música clássica”, com destaque para composições do período Barroco escritas para orquestra de cordas. Na segunda parte do concerto, o cantor e instrumentista cearense David Valente participa do espetáculo, interpretando músicas de Frank Sinatra, Luis Miguel, Roberto Carlos e Dominguinhos.

Portador de uma deficiência físico-motora congênita (artrogripose), que o impossibilita de usar suas mãos normalmente, David Valente desenvolveu e aprimorou essas habilidades especiais com os pés, que o possibilitam escrever, digitar e tocar os instrumentos. Com diversos CD´s e DVD´s gravados, ele tem se apresentado no Brasil e exterior, cantando e tocando sucessos da música brasileira e internacional e emocionando o público que lhe acompanha.

Ainda no mês de setembro, no dia 18, a Orquestra Contemporânea Brasileira realizará mais um concerto didático, às 9 horas, no Cineteatro São Luiz, onde os estudantes terão a oportunidade de conhecer o funcionamento de uma orquestra, o papel de um regente e a sonoridade dos instrumentos. A cada apresentação, escolas convidadas levam seus alunos para apreciar o evento.

Os concertos didáticos fazem parte de uma estratégia mais ampla no sentido de contribuir com a educação e profissionalização de jovens de diversos municípios do Ceará. Além do núcleo de formação musical em Fortaleza, outro núcleo foi iniciado em setembro, em Limoeiro do Norte, através de parceria com a prefeitura municipal. A Orquestra também possui núcleos em Pindoretama e São Gonçalo do Amarante, este com patrocínio da EDP Brasil (Energia de Portugal) e apoio do Instituto EDP, organização responsável pela gestão dos investimentos socioambientais da Empresa.

“Um dos focos do Instituto EDP é usar a arte e a música como meio de formar, capacitar e cuidar das comunidades onde atua, e é com essa visão que apoiamos os núcleos didáticos da Orquestra no Ceará, pois acreditamos no potencial do projeto para o desenvolvimento de centenas de crianças e adolescentes na região”, comentou Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP. O núcleo apoiado pelo Grupo atende hoje cerca de 160 jovens em situação de vulnerabilidade social.

A OCB se formou em 2016, como fruto de uma ação cultural do Sistema Brasileiro de Bandas e Orquestras (Sinfonia.br), em parceria com a Associação dos Amigos da Arte (AAMARTE). A direção artística é do maestro Arley França, doutor em Educação, mestre e licenciado em Música, e responsável pela criação de mais de 40 bandas e orquestras infantojuvenis no Ceará, além da direção de concertos na Alemanha e Noruega. Orientou-se em regência em cursos realizados na Inglaterra, Itália e Estados Unidos, e integra o projeto Orquestrando o Brasil, do maestro João Carlos Martins. 

Sala com a maior média de espectadores por sessão de cinema no Brasil, o Cineteatro São Luiz em seu primeiro ciclo de gestão desde sua reabertura pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (maio de 2015 a dezembro de 2018) recebeu 602.437 espectadores em 2.667 atividades, chegando a média diária de 450 espectadores. Sendo capaz de abrigar, em alta performance, diversas linguagens artísticas em seus “seis palcos”, o equipamento rebatizado de Cineteatro chega em março de 2019 aos 61 anos em plena atividade.

Serviço:
Concerto da Orquestra Contemporânea Brasileira com David Valente 
Local: Cineteatro São Luiz
Data: 15 de setembro Horário: 10h30
Valor: R$ 20,00 inteira / R$ 10,00 meia entrada
Realização: Sinfonia BR e AAMARTE
Apoio cultural: Cineteatro São Luiz, Instituto EDP
Patrocínio: EDP
Contatos: Arley França (Maestro da OCB) 98899.1061 / Giovana de Paula (Assessora de
Comunicação) 99982.0608

Você também pode gostar leia