Festival Internacional de Dança reunirá 2.800 artistas em Fortaleza


A 19ª Edição do Festival Internacional de Dança de Fortaleza (Fendafor) reunirá 2.800 artistas, de 27 de junho a 7 de julho, em Fortaleza. O evento também vai receber bailarinos, coreógrafos e maitres de dança de 15 Estados e quatro países do mundo, entre os quais Estados Unidos e Suíça.

O palco principal do Festival será o Theatro José de Alencar, com mostra de dança, competição e cursos. As inscrições podem ser feitas por meio do endereço eletrônico www.fendafor.com.br.

A abertura, chamada “Noite de Gala”, ocorre no primeiro dia, às 18h30, com a apresentação de dois espetáculos convidados: a Companhia Tanztheater Baden, da Suiça, que apresentará “Ex- Change”, sob a direção de Hans Jürg Forrer, da Itália, e a coreografia do brasileiro Marcos Bento, com os bailarinos Anna Axmann, Ariel Venâncio, Daria Reimann, Clarissa Costa e Jhon Morais durante um processo vivido em Baden na Suíça, de abril a maio de 2019. Esse intercâmbio surgiu com o intuito de fortalecer os laços entre a Cia. Tanztheater Baden e o Fendafor que há anos convida o grupo a se fazer presente no festival.

A segunda apresentação será da Companhia de Dança do Grupo Bailarinos de Cristo Amor e Doações (BCAD), com apresentação do Espetáculo “Pedaços de mim, a dança do meio século”, uma criação de Janne Ruth e Atenita Kaira. Trata-se de um encontro da cena contemporânea contada com um olhar de uma mulher que viveu inúmeros momentos do nosso País, desde a ditadura até os tempos atuais.

“Mesmo sem apoio o Fendafor vai acontecer. Nós sabíamos que o evento era importante, pela inclusão social e oportunidade que dá para todos os grupos dançarem e fazerem o que ama, mas não tínhamos a dimensão real dessa importância. Estamos movidos por esse sentimento e pelos depoimentos que recebemos dos dançarinos, que esperam o ano inteiro uma oportunidade de mostrarem seu talento. Mesmo sem as condições ideais, o evento vai ocorrer”, diretora geral do evento, Janne Ruth.

MOSTRA INTERNACIONAL DE DANÇA
Durante a Mostra Internacional de Dança, que começa dia 27 de junho e termina dia 30, o Festival receberá cerca de 50 grupos e bailarinos convidados de vários Estados do Brasil e outros países, bem como das mais tradicionais escolas de dança do Ceará. Um deles é o Cícero Gomes, primeiro bailarino do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, que dançará com a bailarina convidada Manuela Rocado, do Rio de Janeiro. Ela foi finalista do Youth America Grand Prix e em 2018 foi contratada para a temporada de Coppélia do Ballet do Theatro Municipal da capital fluminense em agosto de 2018.

A Mostra Internacional de Dança receberá ainda outros convidados, como o bailarino Tutto Gomes, da Bahia, ator da Companhia do Teatro Castro Alves; o sapateador Giuliano de Washington, dançarino da Cia. Sole Defined, dos Estados Unidos; os bailarinos Marcos Bento e Daria Reimann, ambos da Suiça, e Ariel Venâncio, de Rondonópolis, Mato Grosso.


COMPETIÇÃO
Dentro do Fendafor 2019 ocorre, de 1º a 7 de julho, a Mostra Competitiva, que nasceu a partir de uma vontade dos próprios bailarinos. “Eles questionavam à direção do evento por que um Festival de grande porte como esse, não poderia propor dentro de suas ações, uma mostra competitiva. Essas questões foram analisadas com cuidado e profissionalismo, pois, a partir do momento que o Fendafor apresentasse uma Mostra de Dança Competitiva, ela teria que proporcionar muito mais que premiação com medalhas e troféus, como costumamos ver em outros festivais”, explicou Janne Ruth.

No dia 8, na Noite dos Campeões, os primeiros lugares se apresentarão e logo em seguida acontecerá a entrega de premiações, que oferecerá R$ 10 mil para os melhores bailarinos, grupos e coreógrafos.

A premiação envolve passagens aéreas, bolsas para Escolas e Companhias de Dança Nacionais e Internacionais, como a Miami City Ballet School, Summer Brasil 2018, seletiva para o International Orchedance Competition; Indicações para o Pridansp Prêmio Internacional de São Paulo, entre outros.

Além disso, durante as competições estará havendo seletiva para o YAGP American Grand Prix. As variações de repertório concorrerão a vagas para a seletiva brasileira, que acontecerá em setembro, em São Paulo, dia 17, no Teatro Sérgio Cardoso, e de 18 a 20, no Theatro Municipal de São Paulo. Serão selecionados também conjuntos, duos e trios para a Final do YAGP 2020 em New York.
 
EDUCAÇÃO

Além da oportunidade de os grupos amadores mostrarem os seus trabalhos, o Fendafor oferece 20 cursos. Ao todo, são 700 vagas totalmente gratuitas para bailarinos e artistas cearenses. Alguns cursos serão isentos para bailarinos de outros estados que foram selecionados em Festivais. Serão promovidos curso de ballet contemporâneo, ballet clássico, sapateado, danças urbanas e jazz.

“Apostando na formação de sujeitos críticos e na compreensão de um profissional de dança que dimensione sua atuação artística como ferramenta de constituição formativa dos indivíduos, a direção pedagógica do Fendafor vem para dar segmento a proposta original do evento, que tem como premissa oportunizar o desenvolvimento de novos talentos, trocando experiência com os mais inúmeros grupos, bailarinos e Companhias de Dança de todo Brasil e outros países do mundo. Aliando sempre teoria e prática, formação e informação, amador e profissional, o evento oferece em média 700 vagas de cursos e residências artísticas durante os 12 dias do Evento”, disse Janne Ruth.

Os cursos serão distribuídos em locais diferentes: Theatro José de Alencar, Centro de Ballet Clássico Mônica Luiza, Ballet Hugo Bianchi, Academia Passos, Academia Michelle Fontinelle, Academia Bailarte, Escola Vila das Artes e na Rede CUCA de Fortaleza (CUCAS – Barra, Jangurussu e Mondubim) são várias modalidades de dança de todos os níveis, a partir de 08 anos e serão ministrados por grandes Maitres da Dança brasileira e Internacional.

FENDAFORFISIO
Com foco na saúde dos artistas participantes de todo Brasil, o Fendafor incrementa mais um ano o “Fendafor FISIO 2019”. O Festival oferecerá atendimentos fisioterapêuticos para os participantes. A ideia começou em 2017 e foi essencial para os bailarinos que necessitaram de atendimento. Esse serviço auxilia não somente em eventuais quadros de dores, mas principalmente em técnicas que contribuam para um melhor desempenho músculo/articular, uma vez que a dança exige muitas habilidades físicas e treino atlético.

O Fendafor 2019 conta com o apoio da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria da Juventude, da Escola Vila das Artes, do Theatro José de Alencar, Bravo Produções e Devant Acessórios de Dança.

SERVIÇO:
19ª Edição do Festival Internacional de Dança de Fortaleza (Fendafor)
Local: Teatro José de Alencar
Data: de 27 de junho a 7 de julho
Site: www.fendafor.com.br

Você também pode gostar leia