Grupo Uirapuru – Orquestra de Barro encerra temporada do espetáculo Passarinhada em Fortaleza

Composta por jovens músicas do povoado de Moita redonda, Cascavel, a apresentação une o canto dos pássaros ao som dos instrumentos de barro, produzidos na própria comunidade, a partir de técnicas ancestrais

O Grupo Uirapuru – Orquestra de Barro retorna aos palcos de Fortaleza e se apresenta, nos dias 14 e 15 de junho de 2019, às 20h, no Teatro São José, com o espetáculo Passarinhada.

Os shows são gratuitos e contam com apoio do Governo do Estado do Ceará e Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), por meio do XI Incentivo as Artes, inovando e encantando os espectadores de todas as idades ao unir o canto de pássaros ao som dos instrumentos de barro.

“Passarinhada”, que nessa última temporada passou por Cascavel, Aquiraz, Nova Olinda e Crato, tem direção de Tércio Araripe, músicas de Jorge Santa Rosa e regência de Joel Rocha. Composta por jovens da Moita Redonda, pequeno povoado rural do município de Cascavel-CE, que tem como tradição a cerâmica feita com técnicas ancestrais, a orquestra é formada por instrumentos como guitarra, cello, marimba, flauta, harpa, por exemplo, todos feitos de barro na própria comunidade.

Além da apresentação, a orquestra vai realizar nas cidades por onde passar uma exposição e venda de peças feitas na Moita Redonda. Além disso, serão realizadas oficinas gratuitas de cerâmica, com vagas limitadas até 20 participantes por cidade. Inscrição via e-mail tercioararipe@gmail.com

Som do barro

Iniciativa realizada pelo Instituto 3 ARTE – Arte, tecnologia e educação, o Grupo Uirapuru – Orquestra de Barro é uma ação conjunta entre o luthier e artista plástico Tércio Araripe e as “senhoras do barro” de Moita Redonda. Conforme explica Araripe, a ideia do grupo, que foi criado em 2009 pelo próprio artista e luthier, foi o de resgatar a memória de uma tradição que vinha sendo abandonada pela nova geração da região com a realização de oficinas para a produção de instrumentos musicais feitos de barro.

“Precisamos despertar o interesse das novas gerações em seguir adiante com a tradição do barro, algo que vinha perdendo espaço por conta do surgimento de novos materiais, como o alumínio e o plástico. No entanto, acredito que é possível acompanhar a modernidade sem abrir mão do que já foi feito pelos nossos antepassados, o que abre uma série de possibilidades de formação para esses jovens com o barro”, diz Tércio Araripe.

Serviço: Passarinhada, com Grupo Uirapuru – Orquestra de Barro

Fortaleza

Dia: 14 e 15/06

Horário: 20h

Local: Teatro São José

Classificação: livre

Entrada gratuita

Você também pode gostar leia