CIEE se lança no agronegócio

O Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE deu início às primeiras turmas de aprendizes do arco Agronegócio e Mecanização. Os 16 jovens já iniciaram suas atividades dentro das corporações, entre elas, na Ester Agroindustrial, em Cosmópolis (SP). A ação é uma resposta da instituição às empresas parceiras que têm solicitado a capacitação de mão-de-obra para o setor da economia que representa 32% da balança comercial do país.

Os novos cursos têm como objetivo dar oportunidade para jovens entre 18 e 24 anos incompletos. A previsão é que em 2020 o arco tenha cinco mil jovens em capacitação e figure entre os três principais programas de aprendizagem da instituição, ficando atrás apenas do Administrativo e Comércio e Varejo, que contam hoje com 54 mil e 13 mil jovens, respectivamente.

CIEE 55 anos – Transformando vidas, construindo futuros

Desde sua fundação, há 55 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de mais de 200 mil estudantes e a aprendizagem de mais de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.

Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais: Facebook,Instagram, Twitter, YouTube e Linkedin. www.ciee.org.br

5 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CIEE

1 – É uma entidade de assistência social, de caráter filantrópico, sem fins lucrativos e não tem qualquer vinculação com os governos, Sistema S (Sesi, Sesc, Senai) ou entidades de classe.

2 – Promove o acesso e a integração ao mundo do trabalho a adolescentes e jovens por meio da oferta de programas de estágio e aprendizagem.

3 – É uma entidade qualificada para ministrar os encontros de capacitação socioprofissional a aprendizes.

4 – É mantida por contribuições de empresas e órgãos públicos parceiros nos programas ofertados. Nada é cobrado dos jovens e adolescentes beneficiados.

5 – É dirigido com um conselho composto por educadores, profissionais liberais e empresários, todos voluntários.

Você também pode gostar leia