La Tapí, empresa com gosto regional, ganha prêmio de empreendedorismo

 

Substituir o pão pela tapioca, servida em formato de sanduíche num filtro de café. Com essa proposta inicial, a La Tapí, uma tapiocaria artesanal criada pelos sócios e primos, Davi Espíndola e Albert Espíndola, foi uma das vencedoras do 6º Troféu Empreender 2018, na categoria Microempresa.

Com pouco mais de um ano de funcionamento, de acordo com Davi, esse reconhecimento foi surpreendente e é um incentivo para continuar crescendo. “É gratificante e ao mesmo tempo foi uma surpresa, porque eu não estava preparado para ganhar. Quando vi as outras empresas, tinha gente que já estava há tempos no mercado. Mas estamos muito felizes de impactar a vida das pessoas que moram pelo Benfica”, afirma.

Situada no bairro tradicionalmente familiar e estudantil da capital cearense, a La Tapí chegou como um projeto de valorização do produto regional atrelado a um espaço moderno e jovial. Um dos objetivos do negócio, conta Davi, é também contribuir para o desenvolvimento do bairro, que tem um valor simbólico para ele, pois era onde os avós moravam, e mãe e tia cresceram.

Assim como o local, o comércio também tem uma conexão com a família. “Meu pai já foi comerciante, e os pais do meu sócio também. Talvez até nisso já esteja no sangue, despertou uma sede pelo comércio”, relata Davi, que aponta como principal desafio no empreendimento a necessidade de se manter focado no propósito apesar das dificuldades. “O empreendedor não pensa só no capital, mas em fazer a diferença na vida das pessoas, por meio da geração de emprego e de ações de responsabilidade socioambiental”.

 

 

Planejar para crescer

Durante o processo de implantação dos fluxos na empresa, Davi explica que foi fundamental contar com a consultoria de instituições como o Serviço Nacional de Aprendizagem Profissional do Ceará (Senac-CE). “Nós (empreendedores) somos muito solitários, e é aí onde entram as empresas que ajudam e fomentam o empreendedorismo no país. Sem o Senac, esse projeto teria sido praticamente impossível. Nos ajudou muito no crescimento e desenvolvimento da empresa”, fala, já planejando as próximas consultorias.

De acordo com Diana Moreira, consultora técnica do Senac/CE, a microempresa passou por um processo que envolveu o Diagnóstico dos Procedimentos e Fluxos de Produção no Serviço de Alimentação, identificando pontos de melhoria para dar agilidade na entrega dos pedidos e ganho na produtividade. “Na La Tapí, os resultados puderam ser observados em curto prazo, gerando aumento da satisfação dos clientes com relação ao tempo de recebimento dos pedidos, à excelência no atendimento e à qualidade das preparações servidas”, explica.

 

 

Próximos passos

O planejamento para o futuro da La Tapí já está a todo vapor, segundo Davi, entre as ações para 2019 estão programados o incremento do cardápio com mais opções de comidas saudáveis, inclusive vegana; a parceria com associações do bairro para campanhas de responsabilidade social; a adaptação dos materiais para se tornar uma empresa cada vez mais sustentável; além de novos projetos de consultoria.

 

 

Consultoria Senac

O setor de Consultoria do Senac tem sua atuação voltada para soluções de acordo com o diagnóstico das necessidades de cada empresa, atendendo a todos os segmentos do comércio de bens, serviços e turismo para iniciativas de diversos portes.

Para empresas do segmento de Alimentação, por exemplo, são trabalhadas diversas áreas, tais como: Especificações Técnicas de Áreas de Produção de Alimentos, Desenvolvimento de Cardápio, Desenvolvimento de Produtos (Gastronomia), Elaboração de Ficha Técnica de Produtos (pratos quentes, confeitaria e panificação), Desenvolvimento de Alimentos Congelados com Ficha Técnica, Elaboração da Carta de Drinks e Coquetéis com Fichas Técnicas, Desenvolvimento de Carta de Vinhos, Cervejas ou Destilados, Consultoria para a Implantação das Boas Práticas na Manipulação de Alimentos, Auditoria para Declaração de Conformidade com o Programa Alimentos Seguros PAS, Implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS).

 

 

Como funciona?

De acordo com Diana, o atendimento do Senac acontece desde a elaboração de documentos para adequação legal até a implantação de metodologias de trabalho e procedimentos buscando soluções inovadoras e adequação ao mercado. “Através da Gerência de Negócios Estratégicos (GNE), os Consultores de Negócios visitam as empresas e realizam o levantamento das demandas, com posterior elaboração de proposta que passa pela aprovação das empresas”, explica Diana.

 

 

Serviço:

Consultoria Senac/CE

Telefones:

(85) 32705472 / 5475 Fortaleza e Região Norte do Estado

(88)35664790 Cariri e Região Centro Sul do Estado

Mais informações: https://www.ce.senac.br/consultoria/

Você também pode gostar leia