Natal do Jardins Open Mall terá edição especial da Auê Feira Criativa a partir desta sexta-feira (23)

 

Dando continuidade à programação natalina do Jardins Open Mall, em um espaço que respira harmonia e contemplação, acontece, nos dias 23, 24 e 25 de novembro, de 16h às 21h, a edição especial da Auê Feira Criativa, organizada este ano para movimentar a economia e fomentar a troca de experiências entre cearenses e turistas. Cerca de 20 expositores estarão com seus produtos na edição #aueedicaoespecialjardins.

O coletivo formado por Fernanda Wilza, Mariana Marques e Pedro Mourão incentiva o trabalho do pequeno produtor inspirado nas práticas da economia criativa e agrega uma rica diversidade de negócios, aliado a uma programação ao ar livre totalmente gratuita. Moda, gastronomia, artesanato, design/decoração, acessórios e produtos naturais são alguns dos segmentos que o visitante encontrará durante a feira, além de brinquedos e atividades artísticas garantindo um espaço de descanso e de diversão para todas as idades.

“Desde que a Auê começou nosso desejo era ocupar outros espaços além da Praça, que pudéssemos contar com a iniciativa privada também pra isso. É lindo o shopping abrir esse espaço e nos receber. Faremos um mix incrível com as lojas e será um momento de celebrar isso”, afirma Mariana Marques, responsável pela comunicação da Auê.

Para Tatiana Gurgel, gerente de marketing do Jardins Open Mall, “a ideia é oferecer aos visitantes presentes originais e alguns produtos feitos por artesãos e empreendedores cearenses especialmente para esta edição, colaborando para unir todos em um ambiente agradável e tranquilo para compras e lazer”.

Para os empreendedores, as feiras são ótimas oportunidades de ampliação de clientes e também de parcerias. Ana Carolina Borges e Elenice Correia, da Borges Baker, já participaram da feira com sua confeitaria vegana e apostam nas oportunidades geradas durante esses eventos “Ser feirante nos permite aquecer o comércio local, viver e ocupar os espaços da nossa cidade. Percebemos uma interessante prospecção de clientes por conta desse tipo de evento, ampliamos nosso público e aquecemos nossa demanda. Vemos como uma oportunidade de expandir mercado”.

 

Economia criativa

De acordo com o Relatório do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2017, patrocinado no Brasil pelo Sebrae, de cada 100 brasileiros e brasileiras adultos (18 – 64 anos), 36 deles estavam gerenciando alguma atividade empreendedora. Seja na criação ou aperfeiçoamento de um novo negócio, ou na manutenção de um negócio já estabelecido, isso significa uma taxa total de empreendedorismo (TTE) de 36,4%. Os dados da mesma pesquisa apontam que, em números absolutos, quase 50 milhões do contingente de brasileiros já empreendem e/ou realizaram, em 2017, alguma iniciativa visando a criação de um empreendimento em um futuro próximo.

Contudo, além de capacitação e investimento inicial, muitos desses pequenos empreendedores não dispõem de um espaço físico para a comercialização de seus produtos. Daí a importância das feiras que se multiplicam a cada ano no país e ampliam o público consumidor do negociante, ao mesmo tempo em que aproxima o cliente desse tipo de produção de pequena escala.

Apesar de estarmos falando de microempreendedores, o volume monetário que circula pelas feiras não deve ser subestimado. Nas últimas quatro Auês realizadas, o montante circulado chega perto dos R$ 450 mil e esse volume tende a aumentar, segundo o coletivo.

“Importante ressaltar que nossa crença não mora em qualquer empreendedorismo. Nosso foco é pensar quem cria e vende, que dentro da economia criativa normalmente são os mesmos grupos. Encurtar os caminhos de distribuição é a principal de nossas metas. Por isso, a economia criativa é a nossa cara, porque entendemos que a matéria prima mais importante é o capital humano, e o modo de trabalho em que acreditamos é a coletividade”, reforça Mariana.

 

Onde tudo começou

O primeiro insight para o surgimento da Auê nasceu de uma conversa entre Mariana Marques e Telma Miasaki, empreendedora da marca “Maria vai à festa”, que, enquanto criadora, sentia a necessidade de uma grande feira não apenas pautada pela troca comercial, mas também que proporcionasse um momento de lazer, cultura e descanso em meio ao caos da cidade. Logo após a conversa, o trio de amigos que já estavam envolvidos com ocupação de espaços públicos na cidade através de outros trabalhos pensou em como poderia se cooperar para colocar esse projeto em ação.

“Muitas marcas reclamavam da inexistência desse espaço, um lugar onde pudessem vender suas ideias, conversar, sentir o consumidor. Essa troca é importantíssima. Nos espelhamos nas feiras fixas que já acontecem em outras cidades, inclusive fora do país”, conclui Pedro Mourão, sobre a ausência de oportunidades como essa para os pequenos negócios.

 

 

Serviço:

Auê Feira Criativa no Jardins Open Mall

Local: Shopping Jardins Open Mall – Avenida Desembargador Moreira, 1011.
Data: 23,24 e 25 de novembro de 2018.
Hora: 16h às 21h.

Você também pode gostar leia