PROJETO ELO das marcas autorais cearenses Elemento fio, K e Padma vão ao Mercado EnoCriativo (SP)

Crédito: Caio Paiva

 

O projeto ELO, união da arquiteta Suyenne Lemos (com sua marca autoral de joias Elemento fio) junto às designers Monike Oliveira e Evelyn Matthews (respectivamente detentoras da marca de roupas K e da marca Padma, também de joalheria artesanal), transformaram sonhos em negócio criativo e aventuram-se junto para dar vida à uma idéia.

Nesse final de semana, o trio estará no importante evento Mercado EnoCriativo – Feira de Degustação e Criatividade, que acontece de 09 a 10 de dezembro, em São Paulo (no Museu da Casa Brasileira – Av. Faria Lima, 2705). As marcas reunidas Elemento fio, K e Padma representarão a inventividade empreendedora cearense nessa super feira, que se distingue como “uma plataforma para experiências sensoriais e com produtos inspiradores, que valoriza os empreendedores criativos de design, moda, artes, fazeres, gastronomia, vinhos e espumantes originais do Brasil, idealizada pela ProjectHub, primeira rede global de empreendedores criativos estabelecida no Brasil, e a Casa Vitis, referência em experiências enogastronômicas”.

O ELO celebra com empatia, colaboração e coragem, as três histórias distintas, que se cruzam nessa aliança, que não é só de joias, roupas e negócios, mas da vontade de mostrar que ‘é melhor fazer junto que sozinho'”, como bem distinguem as idealizadoras ao mostrarem mais detalhes sobre cada uma das três marcas irmanadas:

A Elemento Fio exibirá suas jóias, que se caracterizam pelo desenho limpo, simples – elementar – que por vezes dialoga com a rigidez geométrica do desenho técnico, seguindo fluida e livre no contorno irregular de uma pedra bruta, tendo como principal matéria-prima utilizada a prata, totalmente processada na oficina da marca, desde a liga até o último polimento, moldando o metal à ideia. Na primeira coleção, Suyenne Lemos atenta que “a arquitetura entra em cena de forma simbólica – através das inspirações do livro “Cidades Invisíveis”, de Italo Calvino -, revertendo-se em peças que propõem um instantâneo, um vislumbre, na tentativa de captar um momento, nem que apenas uma sombra, e trazê-las para outra escala, outra proporção”.

Já a K é uma marca de moda com espírito de Startup, cujas roupas têm um espírito prático, atemporal e o nosso estilo vai do pretinho básico ao nada básico, como adverte a designer Monike Oliveira. Enquanto Evelyn Matthews apresenta a Padma a partir do nome que “já transmite o que sentimos na alma – pureza”, e distingue ainda que “somos uma empresa que busca nas joias artesanais transmitir o sentimento e a emoção para que histórias fiquem armazenadas na memória”. Na coleção de lançamento, denominada de Nácar, usaram como referência o mar e tudo que representa: areia, água, conchas, pérola e o seu universo místico. Assim, NINFAS é o tema para as linhas, que personificam a fertilidade e a natureza dessas ninfas das águas, Dione, Métis, Eudora, Polidora, Criseis e Idia.

Você também pode gostar leia