Browsing Tag

StartUp

Startup cearense é a primeira do país a receber investimento do EDP Ventures Brasil

 

A startup cearense Delfos acaba de ser contemplada com aporte de R$ 1,5 milhão para finalizar o desenvolvimento da Inteligência Artificial aplicada à manutenção preditiva de usinas de geração de energia. A empresa foi a primeira do setor elétrico brasileiro a receber investimento do EDP Ventures Brasil, veículo de investimentos de capital de risco (Corporate Venture Capital) do Grupo EDP. Além da EDP Ventures Brasil, que atuou como Investidor Líder, sendo responsável pela maior fatia do capital, o aporte tem participação do BMG Uptech e da Bossa Nova Investimentos.

“Escolhemos a Delfos para receber o primeiro aporte da EDP Ventures Brasil por acreditarmos que esta solução brasileira tem um grande potencial de crescimento no mercado de energias renováveis local e global. Queremos investir para alavancar o desenvolvimento de tecnologias criadas no Brasil e que tenham qualidade para ganhar o mundo”, afirma Cassio Vidigal, Head da empresa de Venture Capital da EDP.

Segundo Rosario Cannata, Investment Manager da EDP Ventures “A Inteligência artificial aplicada à manutenção preditiva é uma tecnologia muito inovadora, com a qual a Delfos poderá ajudar empresas de energia eólica, hidrelétrica e solar a se tornarem mais eficientes, aumentando a produção das usinas e reduzindo seus custos através da previsão de falhas e de um melhor conhecimento operacional”. A Delfos iniciou sua relação com a EDP em 2016, ao vencer o concurso de startups EDP Open Innovation e receber uma premiação de 50 mil euros para o desenvolvimento de um sistema de previsão de falhas em turbinas eólicas. Na ocasião, o administrador Guilherme Studart e o engenheiro Samuel Lima criaram um modelo de cruzamento de dados capaz de antecipar o desgaste dos componentes e recomendar a manutenção preventiva dos equipamentos.

Durante esse período, a startup passou por todos os processos de mentoria da EDP e conquistou grandes clientes no País, encerrando o ano de 2018 com projetos e contratos envolvendo 3,1 GW (gigawatts) de ativos, mais do que sete vezes o total monitorado em 2017 (0,4 GW).

“O apoio da EDP impulsionou a forma de atuação da Delfos no mercado. Nossa solução tem como objetivo possibilitar uma Governança Operacional eficiente, reduzindo incertezas operacionais e aumentando a produtividade dos ativos de energias renováveis. Queremos expandir nosso negócio utilizando a Inteligência Artificial aplicada a todos os segmentos do setor de Energia “, destaca Guilherme Studart, CEO da Delfos.

Com o aporte da EDP Ventures Brasil, BMG Uptech e Bossa Nova, a startup pretende agora consolidar a robustez da plataforma, aumentando a escalabilidade, além de aperfeiçoar a confiabilidade dos dados, tornando o sistema capaz de operar em tempo real e gerando um clone virtual para a captação de possíveis falhas. Além do apoio financeiro, BMG Uptech e Bossa Nova contam com um portfólio de mais de 400 startups investidas e poderão ajudar a Delfos na expansão local e internacional e no acesso a capital de risco em futuras captações. Os investidores terão direito a uma participação minoritária da empresa e trabalharão em conjunto para dar suporte ao crescimento da Companhia.

 

A escolha da EDP Ventures Brasil

No início de 2018, a Delfos desenvolveu um projeto-piloto com a EDP Renováveis em um complexo eólico na Bélgica. O modelo de previsão de falhas, testado em 11 turbinas, aumentou sua capacidade de análise e melhorou a habilidade de tratar dados, gerando modelos mais assertivos e painéis de análise aprimorados. A constante evolução da plataforma atraiu o interesse da EDP Ventures Brasil, que, com apenas oito meses de atuação, já havia prospectado mais de 200 startups e conversado com mais de 70 fundos de investimentos, aceleradoras e polos tecnológicos.

Além de investimento direto, a empresa de Venture Capital da EDP oferece também apoio financeiro para a realização de projetos-piloto, acesso às áreas de negócio e ativos do Grupo EDP e seus parceiros em 16 países, além do acompanhamento de uma rede de incubadoras, aceleradoras e investidores brasileiros e internacionais.

A EDP Ventures Brasil procura startups com soluções para o mercado de energia que possam trazer valor para o grupo dentro das seguintes verticais de investimento: energia renovável, redes inteligentes, armazenamento de energia, Inovação digital (blockchain, IoT, big data, realidade virtual), Soluções com foco no cliente (fintechs, soluções inteligentes para casa) e área de suporte (legal tech, plataformas de RH).

A EDP Ventures Brasil avalia desde startups em fase inicial de desenvolvimento (seed investment) até startups mais maduras, em fase de escala e tração no mercado (series A), com a possibilidade de co-investimento com outras corporações ou fundos parceiros. Interessados podem acessar o site www.edpventures.vc para obter mais informações ou inscrever novos projetos.

O Grupo EDP possui uma estratégia global de Corporate Venture. Por meio de um veículo semelhante existente em Portugal desde 2008, a EDP já investiu mais de 30 milhões de euros em 22 startups.

Plataforma de inovação aberta da EDP Brasil

No Brasil, a EDP apoia o empreendedorismo nacional no setor de energia desde 2015, com iniciativas que auxiliam no desenvolvimento de soluções desde a ideia inicial até o investimento, passando pelos processos de prototipagem, aceleração e projeto-piloto. Os programas de aceleração EDP Starter Brasil e Free Electrons são as principais portas de entrada para a aproximação com a Companhia.

 

Sobre a EDP Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Geração, Distribuição, Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, e atende cerca de 3,4 milhões de clientes pelas suas Distribuidoras em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, tornou-se a principal acionista da CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Sicredi seleciona startups para semana de conexão do seu programa Inovar Juntos

 

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,8 milhões de associados e atuação em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal – anunciou as dez startups selecionadas para o seu programa de conexão, o Inovar Juntos. No total, foram 211 startups inscritas, 20 delas participaram do Pitch Day e apresentaram soluções para desafios da instituição, concorrendo a parcerias com o Sicredi.

Conheça as startups selecionadas

· Allya: rede colaborativa de parcerias e benefícios inteligentes que conecta a empresa e seus colaboradores à mais de 20 mil endereços ao redor do Brasil.

· Connekt: plataforma de recrutamento com marketing digital para localização de candidatos, redução de custos, aumento de velocidade e melhoria da experiência para recrutadores.

· CosmoBots: plataforma de criação e gestão de chatbots com Inteligência Artificial, com solução focada em resolver os principais problemas no atendimento convencional ao cliente: acesso a informações, tempo de resposta e acompanhamento do atendimento.

· Hallo! Social: criação de redes sociais privadas e aplicativos personalizados para entidades que queiram melhorar a comunicação e engajamento com seu público.

· Ludos Pro: plataforma gamificada que utiliza técnicas e mecânicas de jogos para engajar, ensinar e aumentar a produtividade. Ao mesmo tempo que instrui por meio de desafios lúdicos e interativos, gera informações para identificar melhorias e oportunidades para o negócio.

· Meerkat: soluções customizadas em visão computacional como reconhecimento facial, ocr de documentos, detecção de liveness e ALPR para a indústria bancária e seus integradores tecnológicos.

· Paytrack: controle de despesas de viagens e faturas por meio de processos automatizados em compliance com a controladoria e a gestão fiscal.

· Saffe: soluções de pagamento e autenticação via reconhecimento facial. O software trabalha com biometria e os dados são coletados do rosto do usuário.

· Solution In Box: empresa de serviços de tecnologia em automação de processos de negócios, que tem como objetivo otimizar o tempo com foco em resultados imediatos.

· Pipefy: plataforma de gerenciamento de processos que capacita os gerentes de uma organização para criar e executar seus próprios fluxos de trabalho personalizados por meio de uma interface simples no estilo Kanban.

O Sicredi em parceria com a Innoscience criou o Inovar Juntos para se aproximar do ecossistema de startups, aportando mais inovação nos negócios e gerando mais valor aos associados.

A próxima fase do programa, prevista para iniciar em outubro, consiste em testar as soluções apresentadas pelas startups no Sicredi.

 

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,8 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Taskr: Cearenses criam aplicativo gratuito para conectar clientes e prestadores de serviço

 


É certo que aumento do acesso à internet, principalmente devido à expansão dos dispositivos móveis, vem possibilitando cada vez mais interações entre as pessoas. Mas e se a ferramenta pudesse auxiliar também na geração de novos negócios? É com essa perspectiva que nasce o aplicativo Taskr, ao permitir, de maneira simples, conectar prestadores de serviços e clientes. A startup, criada por jovens cearenses, é um marketplace que oferece um canal para geração de renda e incentivar o mercado a se desenvolver, abrangendo diversas categorias como ensino, consertos, beleza, consultorias, entre outros.
O idealizador da Taskr, Matheus Vasconcelos, lançou a ideia da startup em uma roda de conversa entre amigos. A partir da observação de um problema em que era comum entre quase todos, – a dificuldade de encontrar prestadores de serviços autônomos – juntou-se aos amigos Hayner Esteves e Rafaelle Freire para desenvolver um projeto que pudesse solucionar de forma prática e segura a conexão entre prestadores de serviços e potenciais clientes.
Já disponível para download gratuito no site da startup e nas principais plataformas mobile (Android e iOS), o aplicativo conta atualmente com mais de 100 categorias de serviços e 1000 pessoas cadastradas. Para usufruir da tecnologia, o profissional autônomo ou freelancer que deseja oferecer seu trabalho no Taskr deve preencher seus dados com dias e horários disponíveis, além de informar o valor do serviço. Já o contratante pode comparar e avaliar os perfis de cada prestador de serviço, além de manter contato por um chat disponível na plataforma.
O CEO da plataforma, Hayner Esteves, espera que o aplicativo possa captar ainda mais usuários e mantê-los ativos. “Nosso objetivo não é vender qualquer tipo de produto, mas prover um espaço saudável e seguro onde autônomos e freelancers possam desenvolver seus negócios. Buscamos oferecer aos profissionais e aos consumidores uma plataforma fácil e intuitiva de oferta e procura de serviços, sejam domésticos ou empresariais”, explica.
Serviço:

Taskr – Encontre e Oferte Serviços

Downloads disponíveis no site www.taskr.com.br/app

Também disponível no Google Play Store (Android) e Apple Store (iOS)

Mais informações: https://medium.com/taskroficial

Facebook: www.facebook.com/taskroficial | Instagram: @taskroficial

Startups de todo o País apresentarão seus projetos durante o ‘Pitch Day do Company Creation’, em Fortaleza (CE)

 

 

Empreendedores cearenses e de outros estados brasileiros participarão, em Fortaleza (CE), de um ‘Pitch Day’ para apresentação de suas startups. O evento acontece na próxima quinta-feira (7), às 17h, no Hub Inovação do Banco do Nordeste (Hubine) e faz parte do encerramento da primeira edição do Curso Company Creation Brasil, promovido pelo Instituto Planet, em parceria com a italiana StarBoost Academy, e com apoios da Elephant Coworking e do Hubine.

Durante o evento, que será gratuito e aberto ao público, será apresentado o ‘Elevator Pitch’ das melhores ideias do curso, que serão avaliados por especialistas do campo da inovação, empreendedorismo e startups. Ao final, será escolhido o melhor projeto, onde o seu representante será premiado com um estágio na sede da StarBoost, em Turim (Itália), e poderá ter seu projeto financiado e implementado na Smart City Laguna, a primeira Cidade Inteligente Social do Mundo, que está sendo construída no distrito de Croatá, em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Segundo Susanna Marchionni, presidente do Instituto Planet e diretora geral da SG Desenvolvimento – realizadora da Smart City Laguna, o curso Company Creation tem como objetivo desenvolver um negócio com o menor investimento financeiro possível. “O curso, que iniciou a primeira edição no Brasil em setembro e aconteceu durante 10 semanas, teve o envolvimento de 105 potenciais empreendedores de diferentes cidades do País, diferentes idades e diferentes conhecimentos, entre graduados, pesquisadores, empresários e startupers, a quem foram disponibilizados ferramentas e conhecimentos para começar as atividades empreendedoras”, explica.

 

O curso
O Company Creation Brasil, que foi realizado nas modalidades presencial, em Fortaleza (CE), e à distância, foi idealizado pelo Instituto Planet, em parceria com a StarBoost Academy, empresa italiana que deu suporte aos potenciais empresários na criação executiva de sua empresa com suas habilidades UX, software de design, gráficos e desenvolvimento. A versão brasileira foi facilitada por Daiany França, empreendedora, gestora de projetos certificada internacionalmente e co-fundadora do Instituto Esporte Mais.

“O Pitch Day do Company Creation será uma oportunidade para abordar temas de inovação e outras questões sobre o desenvolvimento do empreendedorismo e compartilhar as experiências que são desenvolvidas na Itália. Também será uma chance para as equipes de inicialização procurarem potenciais co-fundadores para desenvolver suas ideias e vivenciar a experiência de apresentar seu projeto para um grupo de investidores, mentores e empreendedores experientes”, explica Susanna Marchionni.

 

Sobre o Instituto Planet The Smart City (www.institutoplanetsmartcity.com.br)
Fundando em 2016, o Instituto Planet, em seu primeiro ano de fundação, já fez parte da vida de 1700 pessoas, entre crianças, jovens e adultos. As ações desenvolvidas acreditam no compromisso e responsabilidade social de nutrir e gerenciar os projetos de interesse público da Smart City Laguna, a primeira Cidade Inteligente Social do Mundo. Com a idealização do Instituto e o apoio de parceiros conquistados neste ano, já realizamos ações gratuitas e abertas à comunidade como: Dia de Futebol, oficinas de hortas urbanas, curso de artesanato, Curso English in the Smart City, curso Treino Social, distribuição de sementes nativas e curso de empreendedorismo. Além de disponibilizar os equipamentos públicos, Biblioteca Planet e Cine Planet, para uso de 7 escolas da região, que beneficiaram mais de 200 alunos da rede pública.

 

Sobre a Planet Smart City (www.smartcitylaguna.com.br)
O Grupo Planet, formado por empresas inglesas e italianas, está desenvolvendo no distrito de Croatá, em São Gonçalo do Amarante (CE), Região Metropolitana de Fortaleza, a primeira Cidade Inteligente Social do Mundo: a Smart City Laguna. O empreendimento une inovações, tecnologia, sustentabilidade, planejamento urbano moderno e soluções de mobilidade em um só lugar. Financiado com recursos próprios, o empreendimento é uma realização da empresa brasileira SG Desenvolvimento, onde seus fundadores possuem 25 anos de experiência no mercado imobiliário e na construção civil nacional e internacional. A primeira etapa será entregue em dezembro de 2017, com previsão de conclusão da cidade inteligente em 2021. Ao todo, serão investidos US$ 50 milhões e o projeto tem como objetivo ajudar a suprir o déficit habitacional de uma região apontada por estudos como uma área de grande potencial e desenvolvimento do mundo, onde está inserido o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), e ao mesmo tempo apresentar ao mundo um inédito modelo referencial para novas cidades, com expectativa e estrutura para comportar cerca de 25 mil pessoas.

 

Sobre a StarBoost (www.academy.starboost.it/fortaleza)
StarBoost é um movimento empreendedor, parte de um importante grupo industrial, com experiência decenal no campo da inovação digital. O grupo reúne empreendedores em série, investidores, consultores e mentores que formam, dão suporte e valorizam talentos no processo de criação da própria empresa. Uma atividade que se concretiza através do desenvolvimento e aplicação do “Modelo Meritocrático Empresarial”: uma nova gramática de negócios que proporciona cooperação e união coesa de talentos criando valor e bem-estar quer seja para os artesãos das iniciativas, quer seja para acionistas de capital que arriscam financiando projetos. Através desse novo modo de concepção e de realização de novos empreendimentos, Starboost contribui para a criação de uma sociedade inclusiva, em que o bem-estar seja realmente distribuído e ao alcance de todos.

 

Serviço:
Pitch Day – Company Creation
Data: 7 de dezembro (quinta-feira)
Local: Auditório do Hubine – Banco do Nordeste (Av. Pedro Ramalho, 5700 – Passaré)
Horário: 17 horas
Gratuito e aberto ao público
Inscrições: goo.gl/ZsoVMe

Novo programa da Alphaville Urbanismo selecionará startups para parcerias comerciais

 

Ainda dá tempo de inscrever sua startup para participar do Alpha Inova, organizado pela Alphaville Urbanismo, em parceria com a Innoscience e a Startse. As inscrições podem ser efetuadas até o dia 14 de agosto. Para isso, basta apenas que possuam MVP estruturado e que atuem nos segmentos de Construção e Sustentabilidade, Relacionamento e Atendimento, Processos Internos, Crédito e Cobrança, Marketing e Vendas, além de Comunidade e Serviços.

As 15 escolhidas serão apresentadas no dia 1º de setembro e poderão se apresentar em formato de pitch no Alpha Inova Day, para executivos, líderes e colaboradores da Alphaville Urbanismo em São Paulo.

Após a divulgação das selecionadas, ocorre a Semana da Conexão, entre os dias 11 e 14 setembro, quando as startups entenderão os desafios enfrentados no dia a dia dos negócios. No dia 15, elas apresentarão as propostas de projeto piloto, que serão selecionadas pelos líderes da Alphaville Urbanismo para execução a partir de outubro. O programa termina no dia 18 de dezembro, resultando na seleção de startups para se tornarem fornecedoras ou parceiras da Alphaville Urbanismo.

O Alpha Inova é um projeto inovador no mercado imobiliário brasileiro, no qual a maior urbanizadora do país selecionará startups com projetos nos seis segmentos para conectarem-se com suas áreas de negócios e testarem as suas soluções, podendo gerar parcerias comerciais.

 

Os interessados podem realizar suas inscrições gratuitamente no site http://alphainova.com/

 

Sobre a Alphaville Urbanismo

Com mais de 40 anos de atuação, a Alphaville Urbanismo leva a todo o Brasil uma proposta exclusiva de planejamento urbano, por meio do desenvolvimento de empreendimentos horizontais que conciliam preservação ambiental, infraestrutura altamente qualificada e o comprometimento com a sociedade. A Alphaville Urbanismo possui 126 empreendimentos já lançados em 23 estados do Brasil e Distrito Federal, que representam mais de 76 milhões de metros quadrados urbanizados.

Geraldo Luciano realiza mentoria coletiva para 15 empresas cearenses participantes do Programa Scale Up Endeavor

 

 

 

No próximo dia 25 (terça), a Endeavor realizará mais uma do Scale Up, em Fortaleza. Geraldo Luciano Mattos Júnior, diretor Vice-Presidente de Investimentos e Controladoria e de Relações com Investidores da M. Dias Branco, será responsável por uma mentoria sobre gestão financeira.

o evento, exclusivo para as 15 empresas cearenses selecionadas para o programa em 2017, vai proporcionar momento de troca de conhecimento sobre desafios e aprendizados entre os empreendedores. A mentoria ocorrerá na EIM Instalações Industriais.

O programa Scale Up oferece anualmente mentoria a empreendedores selecionados em todo o país. Este ano, foram mais de 200 empresas, sendo 15 delas cearenses. São elas: Catarina Mina, CENEGED, Cheppitos, Delfos, Dogville, E-novar, Fenix Solar, Grupo Geppos, Happy Code, Jolie, Masterfocus, Morphus, Pathfind, Trevo Gelateria e Trixlog.

As Scale Ups integram o grupo de empresas de alto crescimento (EACs), que são responsáveis por quase metade dos novos postos de trabalho, segundo o IBGE. Uma Scale-up pode ser definida como uma EAC que baseia seu crescimento acelerado na escalabilidade do seu modelo de negócios.

 

Sobre a Endeavor 

A Endeavor é uma organização global e sem fins lucrativos que existe para multiplicar o número de empreendedores de alto impacto e criar um ambiente de negócios melhor para o Brasil. Para isto, seleciona e apoia empreendedores inovadores, que sonham grande e transformam os setores em que atuam; compartilha suas histórias e aprendizados; e promove estudos para direcionar o ecossistema empreendedor brasileiro. Mais informações: https://endeavor.org.br/