Browsing Tag

show

MÚSICA AUTORAL E TRIBUTO À RITA LEE MOVIMENTAM O DOMINGO DE CARNAVAL NO BOOZER´S PUB

 

A programação do Carnaval de Fortaleza traz opções para todos os gostos musicais nos mais diversos pontos da cidade. Entre as quais, para os amantes do rock nacional, a tarde do dia 11, Domingo de Carnaval apresenta os shows do cantor Berg Menezes, às 15h, e da banda Jardim Suspenso com o seu Tributo à Rita Lee, às 17h, no projeto Carnaval de Rock Brasileiro, no Boozer´s Pub.

Para animar ainda mais a festa, haverá concurso de fantasia e promoções de bebidas. A entrada é gratuita e não haverá cobrança de couvert.
Serviço

Carnaboozers de Rock Nacional

Berg Menezes: às 15h

Jardim Suspenso – Tributo à Rita Lee: às 17h

Dia 11 de fevereiro

Boozer´s Pub

Rua Carlos Vasconcelos, 834, Aldeota (ao lado da Receita Federal)

Entrada gratuita

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/166939260606268/

CAIXA CULTURAL FORTALEZA PREPARA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PARA O CARNAVAL

Crédito: Luciana Rodrigues


A CAIXA Cultural Fortaleza está com uma programação especial para aqueles que querem curtir o Carnaval com muita diversão e arte. Até domingo (11/02/2018), o público de todas as idades vai ter a oportunidade de conferir espetáculos musicais, exposições e outras atividades voltadas especialmente para os pequenos foliões.

 

Bailinho infantil

No dia 11 de fevereiro, por exemplo, acontece o Bailinho Gente Arteira, onde crianças e adultos vão poder brincar e soltar a imaginação ao som de músicas que marcam o ritmo carnavalesco. Durante a festa, a garotada vai confeccionar seus próprios adereços de Carnaval, como máscaras, brincos, tiaras de flores, entre outros. A folia vai ser das 16h às 18h, na Sala Multiuso e tem capacidade para 40 pessoas. Classificação: livre.

 

Exposição

Para os amantes das artes plásticas, a dica é a segunda Mostra bienal CAIXA de novos artistas, que reúne 37 obras de 30 artistas provenientes de estados de todas as regiões do país: Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Os trabalhos contemplam diversos suportes, de desenhos a esculturas, passando por fotografias, gravuras, instalações, intervenções, pinturas, vídeo e instalações.

O conceito desta edição gira em torno da configuração das relações urbanas no momento atual. De modo a concretizar essa abordagem, a curadoria priorizou trabalhos que apresentassem qualidades artísticas resultantes da experimentação e da força poética visual. Assim, não só a potência do assunto de cada trabalho, mas também a contundência da abordagem dos diferentes artistas determinou a escolha dos nomes presentes na exposição.

 

Nando Cordel

Já entre os dias 8 e 11 de fevereiro, a CAIXA Cultural Fortaleza apresenta uma temporada especial de shows com um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos. O cantor e compositor pernambucano Nando Cordel celebra seus 30 anos de carreira trazendo a Fortaleza o show “Grandes Sucessos”, brindando o público com clássicos da nossa música, como “De volta pro aconchego”, “Gostoso demais”, “Isso aqui tá bom demais” (parcerias com Dominguinhos), “Doido pra te amar”, “Você endoideceu meu coração”, “É de dar água na boca”, “Tanto querer” (com Geraldo Azevedo), entre outros.

Com mais de mil gravações de músicas de sua autoria, o que o torna um dos compositores brasileiros mais prolíficos em registros de sua obra, o artista lançou nada menos que 25 CDs e também teve canções gravadas por nomes como Chico Buarque, Fagner, Maria Bethânia, Elba Ramalho, Zizi Possi, Emílio Santiago, Fafá de Belém, Martinho da Vila e Amelinha, além do grande parceiro Dominguinhos. Um trabalho que sempre se destacou também de forma viva, no palco, em inúmeros shows no Brasil e no exterior.

Nos shows da temporada, Nando Cordel vai estar especialmente acompanhado por familiares, sentindo-se em casa ao dividir o palco com Tauana Cordel(contrabaixo), Tauã Cordel (bateria) e Caiã Cordel (percussão), além de Léo Lima (sanfona).

 

Funcionamento

A CAIXA Cultural Fortaleza funcionará normalmente até domingo, 11 de fevereiro. Na segunda e terça-feira de Carnaval estará fechada, reabrindo na quarta-feira, 14 de fevereiro, das 10h às 20h.

 

Serviço:

Bailinho Gente Arteira

Data: 04 e 11 de fevereiro

Horário: 16h às 18h

Classificação: livre

Capacidade: 40 pessoas

Grátis

Exposição: Mostra bienal CAIXA de novos artistas

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Período: 10 de janeiro a 11 de março de 2018

Horário: terça-feira a sábado, das 10h às 20h | domingo, das 12h às 19h

Classificação indicativa: Livre

Entrada gratuita

Acesso para pessoas com deficiência

Paraciclo disponível no pátio interno

Música: “Nando Cordel – Grandes Sucessos”

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Datas: 8 a 11 de fevereiro 2018

Horário: Quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Duração: 80 minutos

Classificação indicativa: Livre

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Vendas a partir do dia 7/02, das 10h às 20h, na bilheteria da CAIXA Cultural Fortaleza.

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

Serviço de manobrista gratuito no local

Bilheteria CAIXA Cultural Fortaleza: (85) 3453-2770

Cantora cearense Marília Lima lança seu primeiro CD autoral em parceria com o CUCA Jangurussu

 

A cantora cearense Marília Lima, arista revelação da cena blues de Fortaleza, dá início em 2018 aos preparativos para a gravação e o lançamento de seu primeiro álbum autoral, intitulado Rosa Negra, que busca valorizar ainda mais a expressão da black music no Ceará. O diferencial do álbum está justamente na forma como ele será produzido pela artista. A captação do áudio e do material gráfico, além de todo o processo de pré, pós-produção e divulgação, será feito com um olhar para a realidade do bairro Jangurussu, a partir do show ao vivo que acontece no dia 03 de fevereiro, às 19h, no Pátio do CUCA Jangurussu.

A experiência da gravação de Rosa Negra será objeto de uma oficina prática, em um total de quatro encontros de duas horas, com 15 alunos previamente selecionados pelo CUCA Jangurussu. Na ocasião, os participantes terão a chance de acompanhar o processo de gravação, percebendo os detalhes que permeiam a captação do áudio de um álbum fonográfico, além de saber sobre as especificidades do processo de gravação de um disco ao vivo. A ideia é que eles coloquem em prática, durante a apresentação no dia 03 de fevereiro, o que aprenderam durante a oficina.

“A gravação e o lançamento do disco é uma forma de exaltar a população do bairro, um dos mais carentes da capital cearense. Também queremos proporcionar uma oportunidade para esses jovens da região de terem o primeiro contato a área musical, algo que pode ser tornar uma bela profissão”, explica Marília Lima.

A oficina será ministrada por Alencar Júnior, músico, compositor, produtor musical, professor de áudio, som para cinema, sonoplasta, editor, radialista, técnico de som, técnico de captação de som direto para cinema e audiovisual. O facilitador também possui vasta experiência nas áreas musical e audiovisual, realizando dublagens, trilhas, finalização de áudio de filmes, gravação e produção musical.

 

Amadurecimento musical

Rosa Negra, como faz de ressaltar a artista, mostra uma face amadurecida de sua trajetória. Além de revelar composições suas e de parceiros, canções experimentais e regravações de clássicos em diálogo com a cultura brasileira, o trabalho contará com um time de músicos experientes, como Leonardo Vasconcelos (piano, teclados), Débora Marciel (guitarra), Romualdo Filho (baixo) e Marcelo Holanda (bateria).

“Rosa Negra não deixa de ser numa alusão à valorização do negro e das populações excluídas historicamente. Por isso, fizemos questão de realizar uma gravação ao vivo e a captação de imagens para o material gráfico do disco em um dos espaços historicamente mais esquecidos da capital cearense, quase sempre relacionado à imagem do antigo ‘lixão’ da cidade. Este trabalho vai ter muito de cada um de nós”, reforça Marília Lima.

 

Trajetória

Nascida em berço musical no ano de 1985, Marília Lima é uma das cantoras e compositoras mais promissoras de sua geração. Dentre seus processos criativos, ela se inspira em grandes divas da música universal, como Dalva de Oliveira, Etta James, Maysa, Aretha Franklin, Janis Joplin, Núbia Lafayette, Ella Fitzgerald, Amy Winehouse e Nina Simone. Embora faça releituras e tenha escrito músicas em inglês, suas composições são, em sua maioria, em português, justamente para aproximar o público do universo sonoro do jazz, blues, rock e soul, entre outros estilos.

Em 2011, insere-se como revelação e referência feminina do gênero blues na cidade como vocalista da Banda InBlues. Considerada uma das principais e mais marcantes vozes femininas da black music de Fortaleza, Marília Lima passa a circular com uma série de shows a convite de casas noturnas especializadas no gênero e através de parceria com a Associação Casa do Blues, participando da gravação do 1º DVD coletivo da categoria no Ceará, com a presença de 3.000 espectadores no Parque do Cocó em Fortaleza.

Em 2013, é convidada a participar do Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga e, em 2014, obtém destaque na programação da Casa do Blues Estoril, ainda como integrante da Banda InBlues. No decorrer do ano de 2014, participa da gravação do DVD Casa do Blues Estoril, com sua banda e, no mesmo ano, desenvolve um projeto independente em formato duo, o Piano Blues Project, em parceria com o tecladista e produtor Leonardo Vasconcelos, quando decide apostar no primeiro trabalho solo e autoral, o espetáculo musical intitulado Rosa Negra, que dará origem ao CD gravado em parceria com o CUCA Jangurussu.

 

SERVIÇO: Show de gravação do CD Rosa Negra – Marília Lima

Dia: 03/02

Horário: 19h

Local: CUCA Jangurussu – Av. Gov. Leonel Brizola, s/n – Jangurussu

Classificação: Livre

Mais informações: (85) 3444-6201

Daniela Mercury comanda Bloco dos Sujos em Sobral

​Daniela Mercury (Foto: Célia Santos)

Com 72 anos de história, o tradicional Bloco dos Sujos está confirmado no pré-Carnaval deste ano em Sobral e será puxado pela cantora Daniela Mercury. Como de costume, o bloco irá sair no sábado que antecede o Carnaval, dia 3 de fevereiro, no Circuito Coluna da Hora/Arco. São esperados mais de 20 mil foliões que contarão com um esquema especial de trânsito e segurança. A concentração começa a partir das 17 horas.

No comando do trio-elétrico, Daniela vai apresentar a turnê do seu mais recente trabalho: Tri Eletro, lançado no segundo semestre do ano passado. O álbum conta com três canções inéditas: “Samba Presidente”, uma composição da cantora e o primeiro pagode da carreira dela; “Eletro Ben Dodô”, uma canção que enaltece o Carnaval e os criadores do trio elétrico; e a terceira canção é a música de trabalho, “Banzeiro”.

Além das faixas novas, a cantora baiana também deve levar para avenida o repertório de hits da carreira que já soma mais de 30 anos. Entre os sucessos no setlist não devem faltar “O canto da cidade”, “Swing da cor”, “Nobre Vagabundo”, “Ilê Pérola Negra”, “O mais belo dos belos” e “Rapunzel”.

 

Bloco dos Sujos

Uma das maiores expressões carnavalescas do município, o Bloco dos Sujos foi criado em 1946 com o nome de Bloco dos Anjos por um grupo de rapazes da sociedade sobralense. Na época, o bloco desfilava pelas principais ruas de Sobral e era composto apenas por homens. Com o passar dos anos a tradição se modificou. Hoje, a festa reúne homens vestidos de mulher e mulheres vestidas de homem.

 

Sábado Magro

Além do tradicional Bloco dos Sujos, o último sábado de pré-Carnaval será marcado também pelo desfile de 15 blocos – 10 fixos e 05 itinerantes – selecionados pelo Edital de apoio e incentivo aos blocos de rua, lançado este ano pela Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria de Cultura, Juventude, Esporte e Lazer (Secjel) e do Instituto Escola de Cultura, Comunicação, Ofícios e Artes (Ecoa).

 

Serviço:

Desfile Bloco dos Sujos 2018

Data: 03 de fevereiro (sábado)

Local: Circuito Coluna da Hora/Arco

Hora: 17 horas (Concentração: Praça da Coluna da Hora)

Levi Castelo Branco faz apresentação única no Theatro Via Sul Fortaleza

 

 

Um dos destaques da música cearense nos últimos anos, o cantor Levi Castelo Branco faz apresentação única, com suas primeiras canções autorais, no Theatro Via Sul Fortaleza, dia 4 de fevereiro, às 20h. O cantor, pianista e compositor tomou conta dos palcos fortalezenses e vem trazendo apresentações ousadas em um repertório sempre versátil e cheio de personalidade.

 

O CANTOR
Tendo iniciado sua carreira cantando na igreja, Levi nasceu em Fortaleza e passou a infância estudando música, canto e piano. Após formar-se em direito, decidiu dedicar-se à música e, desde então, vem se destacando como um dos nomes exponenciais e mais cotados para o mercado de eventos na região nordeste. Multifacetado e talentoso, Levi Castelo Branco se destaca pela versatilidade e performance de palco, em que esbanja carisma e conquista a empatia do público com um repertório repleto de brasilidade. Atualmente o artista não chama atenção apenas nos palcos e já acumula mais de 1 milhão de acessos nos vídeos publicados em suas redes sociais.

O ESPETÁCULO
O espetáculo apresenta releituras de canções brasileiras, criações inusitadas e conversa entre ritmos e estilos. O cantor propõe reconstruir a estética de músicas esquecidas pelo rádio, mas que permanecem na memória afetiva de todo brasileiro. De Roberto Carlos a Engenheiros do Hawai, de Caetano Veloso a Paralamas do Sucesso. Como costuma dizer: “não me apego ao artista ou ao estilo musical, à época ou a qualidade letrística. Gosto
da música pela música, aquela que arrepia quando a gente começa a cantar”.

 

SERVIÇO

Levi Castelo Branco
Datas: 4 de fevereiro de 2018
Horário: 20 horas
Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz
Ingressos: Inteira R$ 60 e meia entrada R$ 30
Capacidade do Teatro: 732 Pessoas
Informações: (85) 3099-1290
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados.
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.
Estacionamento no Shopping Via Sul

Psirico e Júnior Vianna agitam o Bloquinho Charmoso neste sábado (3)

 

Com hits que prometem embalar o Carnaval 2018, o Psirico comanda a festa neste sábado (3), no quarto dia do Bloquinho Charmoso, na Área Verde do Shopping Iguatemi. Junior Vianna, Pedrinho Ordep e Dj Caio também agitam o evento, que é uma realização da Multi Entretenimento e Solo Music.
A banda de axé, comandada pelo cantor Márcio Victor, vai embalar mais uma vez o Carnaval de Salvador. O grupo Psirico emplacou diversos sucessos que conquistaram o público, a exemplo do “Lepo Lepo”, “Ela é toda boa” e “Sambadinha”, que projetou a banda nacionalmente após o Carnaval de 2004, que fazem parte do repertório e arrasta multidões por onde a banda passa.

 

 

 

Bloquinho Charmoso

O Bloquinho Charmoso traz quatro sábados de muita energia e vibração ao som de atrações de diferentes ritmos que têm tudo a ver com a folia. A festa reúne nomes como Preta Gil, Felipe Araújo, Psirico, Bloco do Sargento Pimenta e muito mais. Pra não ficar de fora do evento que promete ser o esquenta mais memorável dos carnavais de Fortaleza, basta garantir o ingresso na Loja do Bloquinho Charmoso, no Shopping Iguatemi Fortaleza, e também nas lojas MR2 moda masculina nos Shoppings Parangaba, RioMar Kennedy, Jóquei e Messejana. Ou através do site Bilheteria Virtual.

 

Serviço

BLOQUINHO CHARMOSO

Realização: Multi Entretenimento e Solo Music

Atrações do Quarto dia: Psirico, Junior Vianna, Pedrinho Ordep e Dj Caio

Data: 03/02

Horário: a partir das 15 horas

Local: Área Verde do Shopping Iguatemi (Av. Washington Soares, 85 – Edson Queiroz)

Ingressos: A partir de R$ 80,00 (mais informações: (85) 3025.7777)

PONTOS DE VENDAS:

Loja Bloquinho Charmoso do Shopping Iguatemi (piso L1 – em frente à praça do Mini Shopping)

Loja MR2 moda masculina nos Shopping Parangaba, Jóquei, Messejana e RioMar Kennedy.

Xand Avião e Léo Santana têm os próprios blocos no pré-carnaval de Maranguape e saem na avenida nos dias 02 e 03 de fevereiro, respectivamente

 


​Leo Santana e Xand Avião (Divulgação)

Consagrado e aclamado pelo público de Fortaleza e região metropolitana, o pré-carnaval de Maranguape já faz parte do calendário turístico e de entretenimento da cidade, sendo um dos eventos mais aguardados do ano.

O bloco mais tradicional do pré-carnaval de Maranguape é o ‘Bloco Arroxo’ – que traz novidades para edição de 2018, marcada para os dias 02 e 03 de fevereiro. Dois grandes nomes da cena musical vão liderar a festa pela primeira vez. Xand Avião comanda o “Aviões Elétrico”, na sexta-feira (2) e Leo Santana puxa o bloco “Vem Com o Gigante, no sábado (3).

Além da novidade dos blocos “Vem Com o Gigante” e “Aviões Elétrico”, puxados por Léo Santana e Xand Avião, respectivamente, o pré-carnaval apresenta um novo percurso – de aproximadamente 2km-, para dar maior comodidade e segurança ao público. Ao público que prefere mais privacidade, a melhor opção são os camarotes; que garantem uma visão privilegiada da passagem das bandas.

Desde a primeira edição, o pré-carnaval de Maranguape conta com o apoio da Secretaria de Turismo do Estado do Ceará, Secretaria de Cultura de Maranguape, Secretaria de Infraestrutura, Secretaria de Saúde, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Juizado da Infância e Juventude.

Idealizado pela 7tons Eventos e pelo Bloco Arroxo – que carregam na bagagem vasta experiência em levar alegria a grandes públicos promovendo eventos de grande porte – o pré-carnaval de Maranguape deve receber em média 80 mil pessoas nas duas noites de folia.

Já passaram pela micareta nomes como É o Tchan, Harmonia do Samba, Aviões do Forró, Léo Santana, Avine Vinny, Solteirões, Chicabana, entre outras. Bandas locais também agitam o Bloco Arroxo – que marcou o pré-carnaval de Maranguape com um dos melhores do Brasil.

 

 

SERVIÇO BLOCO ARROXO:

Dia 02/02: Xand Avião em AVIÕES ELÉTRICO

Dia 03/02: Léo Santana em VEM COM O GIGANTE

Hora: 22 horas

Concentração: Rua Capistrano de Abreu s/n – Centro | Maranguape-CE

Valor: R$ 100 (dia 02/02) e R$ 100 (dia 03/02)

Pontos de vendas:

Lojas Maranguape (Shopping Mall)

Lojas Blinclass (Shoppings Maracanaú, Iguatemi, North Shopping Jóquei e North Shopping Fortaleza)

Vendas online: www.ingressando.com.br

Informações: 85 98836-9798 | 85 3052.9900

JOÃO BOSCO E HAMILTON DE HOLANDA SE APRESENTAM NA CAIXA CULTURAL FORTALEZA

 

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 23 a 25 de fevereiro de 2018, o show Eu vou pro samba, encontro inédito em Fortaleza dos renomados músicos Hamilton de Holanda e João Bosco. No palco, os artistas celebram o samba, apresentando alguns de seus temas preferidos em novos e personalizados arranjos que integram o violão (e a voz) de João Bosco com o bandolim de Hamilton de Holanda.

Cada artista, a seu modo, construiu uma vitoriosa carreira que, neste momento, conflui nos acordes do samba, em um lugar compartilhado: o palco. “Incompatibilidade de gênios”, “Linha de passe” e “Corsário”, composições de João Bosco e Aldir Blanc, ganham renovados contornos instrumentais. Também integram o repertório desse show as canções “Milagre” de Dorival Caymmi, e “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso.

 

 

Sobre João Bosco

O mineiro mais carioca da música popular tem mais de 40 anos de carreira. Cantor, compositor e violonista, viveu sua infância em um ambiente musical. Em 1967, conheceu o poeta Vinicius de Moraes, que viria a ser seu primeiro parceiro. Com o poeta compôs “Rosa dos Ventos”, “Samba do Pouso” e “O Mergulhador”, entre outras canções. A parceria com Aldir Blanc começou em 1970, quando conheceu o compositor que formaria com Bosco a parceria que lhes rendeu mais de uma centena de canções como “O Mestre Sala dos Mares”, “O Bêbado e A Equilibrista”, “Bala com Bala”, “Kid Cavaquinho”. Em 1972 conheceu Elis Regina, que gravou uma parceria sua com Aldir Blanc: “Bala com Bala”. A carreira de João Bosco deslanchou com a interpretação da cantora para o bolero “Dois Pra Lá, Dois Pra Cá”.

Nos anos de 1980 e 1990, após encerrar parceria com Aldir Blanc, passa a compor com diferentes parceiros, como Antonio Cícero, Wally Salomão, Abel Silva e, de uns anos para cá, com seu filho Francisco Bosco, escritor e poeta. Em 2003, João Bosco lança o inédito “Malabaristas do Sinal Vermelho”. No álbum, o artista provou ser capaz de atualizar a temática social, sempre presente na sua obra, sem esquecer seu jeito de fazer música. O trabalho, parceria com o filho Francisco Bosco, recebeu indicação ao Grammy de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. Atualmente, trabalha o lançamento do álbum “Mano Que zuera”, que saiu no final de 2017, foi aclamado pela crítica, além de indicado na categoria de Melhor Disco na premiação da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA). Recentemente, João Bosco recebeu o Prêmio à Excelência Musical da Academia Latina da Gravação, durante a 18ª Entrega Anual do Grammy Latino.

 

Sobre Hamilton de Holanda

Hoje, 17 anos depois de adicionar duas cordas extras ao bandolim, 10 no total, reinventa a forma de tocar o instrumento e o liberta do legado de algumas de suas influências e gêneros. Hamilton é um músico de estilo único. A Música Popular Brasileira é a sua matriz desde o início. A paixão e comprometimento com essa herança musical nacional é tão grande que, a partir de sua iniciativa, no ano 2000 foi criado o Dia Nacional do Choro, que é comemorado todo dia 23 de abril, data de nascimento de Pixinguinha. Em sua trajetória consta o prêmio de melhor instrumentista por unanimidade, erudito e popular, do Icatu Hartford de Artes 2001.

O seu primeiro trabalho solo, ‘01 byte 10 cordas’, foi o primeiro CD de bandolim 10 solo do mundo. Hamilton de Holanda foi diversas vezes nominado ao Latin Grammy, sendo premiado nas duas últimas edições: em 2016, na categoria Melhor Disco Instrumental com ‘Samba de Chico’ e, em 2015, na categoria Melhor Canção Brasileira com “Bossa Negra”, parceria com Diogo Nogueira e Marcos Portinari. Já dividiu o palco com Milton Nascimento, Chico Buarque, Chucho Valdes, Egberto Gismonti, Zeca Pagodinho, Stefano Bollani, Djavan, Richard Galliano, Marisa Monte, Alcione, Maria Bethania, SeuJorge, entre muitos outros. Participou também das gravações de CDs/DVDs de Maria Bethania, Djavan, Beth Carvalho, João Bosco, entre outros. Em constante produção, Hamilton enfileira inúmeros lançamentos em 36 anos de profissão. Em 2018, o Baile do Almeidinha celebrou seis anos e ganhou uma versão infantil, o Bailinho do Almeidinha.

 

Serviço:

Música: Eu vou pro samba, de João Bosco e Hamilton de Holanda

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Data: 23 a 25 de fevereiro de 2018

Horários: sexta, às 20h | sábado, às 18h e às 20h | domingo 19h
Duração: 80 minutos

Classificação indicativa: livre

Ingressos: R$20,00 e R$ 10,00

Vendas a partir do dia 22 de fevereiro, das 10h às 20h, na bilheteria do local

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

Serviço de manobrista gratuito no local

Paraciclo disponível no pátio interno

TERESA CRISTINA CANTA NOEL CHEGA A FORTALEZA

 

 

 

Depois do sucesso de “Teresa canta Cartola”, Teresa Cristina lança seu novo trabalho, com direção musical de Caetano Veloso, homenageando um dos maiores e mais importantes artistas da música popular brasileira: Noel Rosa, com o show: Teresa Cristina canta Noel: “Batuque é um privilégio”.

 

A apresentação única acontece no dia 22 de abril no Teatro RioMar Fortaleza. O eterno poeta da Vila Isabel é o segundo na trilogia proposta em homenagem aos grandes sambistas do Brasil, em que Teresa Cristina dá voz à obra de um grande compositor, acompanhada por Carlinhos sete cordas, com arranjo bem pessoal.

Realização: Opus Promoções e Uns Produções

 

TEATRO RIOMAR FORTALEZA – CE

22 DE ABRIL 2018

Domingo 20h

Chicabana, Latino, Dorgival Dantas e Matheus Fernandes misturam estilos musicais no Bloquinho no Bosque deste sábado (27)

 

 


Depois de esgotar os ingressos pelo segundo sábado consecutivo, o Bloquinho no Bosque vai fazer uma mistura musical com atrações que dominam diferentes estilos – no terceiro dia de festa,  neste sábado (27).

A batida baiana da banda Chicabana, o forró romântico de Dorgival Dantas, o som singular do cantor Latino, o sertanejo de Matheus Fernandes e o pagode do grupo Mesura promete agradar todo o público que passar pelo bosque Marina Park Hotel.

O Marina Park Hotel será palco das quatro edições do Bloquinho que acontecem nos dias 13, 20 e 27 de janeiro e 03 de fevereiro. Além de curtir o clima de praia, rodeado por belezas naturais e vista para o mar, o público vai dançar ao som de grandes atrações musicais.

Na capital do forró, não poderia ser diferente. A festa começou dia 13 de janeiro, com Aviões e Avine Vinny. No último sábado (20), quem puxou o bloco foi Léo Santana e Ricardo Chaves, além de Marcinho, Salve Simpatia e DJ Ralk. Uma mistura musical toma conta deste sábado (27) com Latino, Dorgival Dantas, Matheus Fernandes e Chicabana. Para encerrar, dia 03 de fevereiro, o público vai rebolar muito sob o comando do Harmonia do Samba e Felipão.

 

 

 

SERVIÇOS BLOQUINHO NO BOSQUE

Data: Sábado, 27

Local: Marina Park Hotel (Avenida Presidente Castelo Branco, 400 – Moura Brasil)

Horário: 15h30

Atrações: Chicabana, Latino, Dorgival Dantas e Matheus Fernandes

VALOR (ABADÁ):

Dia 27/01: R$ 80 (meia) | R$ 160 (inteira)

Vendas físicas:

Lojas URB (Shopping Del Paseo, Shopping RioMar, Monsenhor Tabosa)

Lojas BlinClass(Shopping Iguatemi, Shopping Via Sul, Shopping Benfica, Shopping Parangaba, Shopping Maracanaú, Shopping Maranguape, North Shopping Jóquei, North Shopping Fortaleza)

Vendas online: www.ingressando.com.br

Informações: 85 9 8773.7330

Cantora cearense Marília Lima vai lançar seu primeiro CD autoral em parceria com o CUCA Jangurussu

 

A cantora cearense Marília Lima, arista revelação da cena blues de Fortaleza, dá início em 2018 aos preparativos para a gravação e o lançamento de seu primeiro álbum autoral, intitulado Rosa Negra, que busca valorizar ainda mais a expressão da black music no Ceará. O diferencial do álbum está justamente na forma como ele será produzido pela artista. A captação do áudio e do material gráfico, além de todo o processo de pré, pós-produção e divulgação, será feito com um olhar para a realidade do bairro Jangurussu, a partir do show ao vivo que acontece no dia 03 de fevereiro, às 19h, no Pátio do CUCA Jangurussu.

A experiência da gravação de Rosa Negra será objeto de uma oficina prática, em um total de quatro encontros de duas horas, com 15 alunos previamente selecionados pelo CUCA Jangurussu. Na ocasião, os participantes terão a chance de acompanhar o processo de gravação, percebendo os detalhes que permeiam a captação do áudio de um álbum fonográfico, além de saber sobre as especificidades do processo de gravação de um disco ao vivo. A ideia é que eles coloquem em prática, durante a apresentação no dia 03 de fevereiro, o que aprenderam durante a oficina.

“A gravação e o lançamento do disco é uma forma de exaltar a população do bairro, um dos mais carentes da capital cearense. Também queremos proporcionar uma oportunidade para esses jovens da região de terem o primeiro contato a área musical, algo que pode ser tornar uma bela profissão”, explica Marília Lima.

A oficina será ministrada por Alencar Júnior, músico, compositor, produtor musical, professor de áudio, som para cinema, sonoplasta, editor, radialista, técnico de som, técnico de captação de som direto para cinema e audiovisual. O facilitador também possui vasta experiência nas áreas musical e audiovisual, realizando dublagens, trilhas, finalização de áudio de filmes, gravação e produção musical.

Amadurecimento musical

Rosa Negra, como faz de ressaltar a artista, mostra uma face amadurecida de sua trajetória. Além de revelar composições suas e de parceiros, canções experimentais e regravações de clássicos em diálogo com a cultura brasileira, o trabalho contará com um time de músicos experientes, como Leonardo Vasconcelos (piano, teclados), Débora Marciel (guitarra), Romualdo Filho (baixo) e Marcelo Holanda (bateria).

“Rosa Negra não deixa de ser numa alusão à valorização do negro e das populações excluídas historicamente. Por isso, fizemos questão de realizar uma gravação ao vivo e a captação de imagens para o material gráfico do disco em um dos espaços historicamente mais esquecidos da capital cearense, quase sempre relacionado à imagem do antigo ‘lixão’ da cidade. Este trabalho vai ter muito de cada um de nós”, reforça Marília Lima.

Trajetória

Nascida em berço musical no ano de 1985, Marília Lima é uma das cantoras e compositoras mais promissoras de sua geração. Dentre seus processos criativos, ela se inspira em grandes divas da música universal, como Dalva de Oliveira, Etta James, Maysa, Aretha Franklin, Janis Joplin, Núbia Lafayette, Ella Fitzgerald, Amy Winehouse e Nina Simone. Embora faça releituras e tenha escrito músicas em inglês, suas composições são, em sua maioria, em português, justamente para aproximar o público do universo sonoro do jazz, blues, rock e soul, entre outros estilos.

Em 2011, insere-se como revelação e referência feminina do gênero blues na cidade como vocalista da Banda InBlues. Considerada uma das principais e mais marcantes vozes femininas da black music de Fortaleza, Marília Lima passa a circular com uma série de shows a convite de casas noturnas especializadas no gênero e através de parceria com a Associação Casa do Blues, participando da gravação do 1º DVD coletivo da categoria no Ceará, com a presença de 3.000 espectadores no Parque do Cocó em Fortaleza.

Em 2013, é convidada a participar do Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga e, em 2014, obtém destaque na programação da Casa do Blues Estoril, ainda como integrante da Banda InBlues. No decorrer do ano de 2014, participa da gravação do DVD Casa do Blues Estoril, com sua banda e, no mesmo ano, desenvolve um projeto independente em formato duo, o Piano Blues Project, em parceria com o tecladista e produtor Leonardo Vasconcelos, quando decide apostar no primeiro trabalho solo e autoral, o espetáculo musical intitulado Rosa Negra, que dará origem ao CD gravado em parceria com o CUCA Jangurussu.

 

Serviço: Show de gravação do CD Rosa Negra – Marília Lima

Dia: 03/02

Horário: 19h

Local: CUCA Jangurussu – Av. Gov. Leonel Brizola, s/n – Jangurussu

Classificação: Livre

Mais informações: (85) 3444-6201

Rec-beat promove o poder feminino com shows de Karina Buhr e Larissa Luz

 


Larissa Luz (Foto: Juan Rodriguez)

Um grito de liberdade ecoa em cada verso disparado por cada uma delas. Karina Buhr e Larissa Luz participam do Festival Rec-Beat no Carnaval pernambucano e dividem o palco com atrações nacionais e internacionais, nos dias 19 e 20, em Sobral e Fortaleza. Ícones do poder feminino no mercado nacional, as cantoras integram a grade do evento que chega a 23ª edição promovendo uma celebração da diversidade musical através de diferentes linguagens, experimentações sonoras e inovações estéticas.

Dona de uma das mais coerentes trajetórias artísticas do Brasil, Karina Buhr é uma das atrações mais aguardadas da noite. A pernambucana apresentará o show do disco Selvática, terceiro álbum autoral lançado em 2015. No álbum, a cantora e compositora canta o incômodo, o inconformismo e não economiza no peso. Através de canções que extrapolam as fronteiras entre o rock e o regional, como PicNic, Esôfago e Cerca de Prédio, trabalha a temática feminista com a urgência punk.

Já Larissa Luz, que faz parte da nova cena musical baiana, é conhecida por unir trap, rap, dubstep, rock, samba reggae e ijezá. A cantora também é influenciada pelos movimentos estéticos do afrofuturismo e afropunk. No festival, Larissa apresentará o show do disco “Território Conquistado”, criado com a colaboração da antropóloga Goli Guerreiro. O álbum ainda faz homenagem a cantoras como Elza Soares e Nina Simone, passeando por histórias de negras que influenciaram a trajetória da artista.

Para Luísa Cela, presidente do Instituto Ecoa de Sobral, que recebe o Festival Rec-Beat no dia 19, em tempos de reafirmação do sexo feminino, não poderia faltar no palco a presença de mulheres fortes, talentosas e de personalidades únicas. “Me sinto feliz por poder participar desse momento. E temos muito mais a dizer sobre Karina e Larissa. Elas não representam apenas essa nova onda feminina de artistas do cenário cultural, não. Elas são também a própria música nordestina, que continua reverberando e transcendendo novos espaços pelo mundo”.

 

Karina Buhr

Programe-se

Além de Karina Buhr e Larissa Luz, se apresentam no Festival Rec-Beat o paraense Lucas Estrelas e a dupla colombiana de música eletrônica Mitú. Em Sobral, o evento acontece nesta sexta-feira (19), na Praça São João, em parceria com o Instituto Ecoa. Já em Fortaleza, o palco será montado na Praça Verde do Centro Dragão do Mar, no sábado (20). Toda a programação é gratuita e conta ainda com shows de Dj’s locais nas duas cidades.

 

Serviço

Rec-Beat Sobral

Data: 19 de janeiro de 2018, às 19h

Local: Praça São João – Sobral – CE

Entrada: Gratuito

Mais informações pelo telefone: (88) 3611.3324

Rec-Beat Fortaleza

Quando: 20 de janeiro de 2018, às 19h

Onde: Praça Verde (Dragão do Mar, Fortaleza – CE)

Entrada Gratuito

Turnê do VAV chega à Fortaleza nesta quinta-feira (18/01)

 

 

 

 

Abrindo o calendário de k-pop de 2018, esta semana o VAV realiza sua primeira turnê brasileira para encontrar os fãs. Os eventos terão início dia 15 de janeiro, no Rio de Janeiro, passando por Fortaleza, no dia 18, e encerrando dia 21, em São Paulo.

Fortaleza será a única capital do Nordeste em que o boygroup se apresenta. E o evento será realizado no RioMar Kennedy nesta quinta-feira, dia 18 de janeiro, a partir das 18h, na Praça de Eventos, Piso L2 do shopping.

A apresentação em formato Fanmeeting será um encontro com os fãs em que o VAV traz algumas de suas músicas famosas, este formato de turnê realizado pelo grupo ainda é inédito no país.

O Fanmeeting será aberto ao público, e durante o evento, apenas os participantes de Meet&Greet e Fansign com seção de autógrafos poderão interagir com o boygroup no palco, os demais apenas assistirão as performances.

A HDM Produções realiza a turnê em parceria com a Far Music Entertainment e a Yamato Music. Os ingressos estão à venda no site Sympla.

VAV no Brasil

Formado por ST.Van, ACE, Baron, Jacob, Lou, Ayno e Ziu, o grupo da Ateam, comandado pela lenda do k-pop Ryan Jhun, estreou em 2015 com a canção “Under the Moonlight”. De lá para cá, coleciona singles e arrasta o público para seus eventos pelo mundo. Pela primeira vez no Brasil, os garotos estão ansiosos para finalmente conhecerem o país, estimulados pelas centenas de mensagens de brasileiros em suas redes sociais.

 

Clipe da música She’s Mine – https://www.youtube.com/watch?v=5H341LBApyM

Clipe da música ABC – https://www.youtube.com/watch?v=kYQkB07QKEg

Vídeo para os fãs do Brasil – https://www.youtube.com/watch?v=8IXK58kHhQg

 

Serviço

VAV em Fortaleza

Data: 18 de janeiro, quinta-feira

Horário: 18h

Local: Piso L2, Praça de Eventos – RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy)

Ingressos:

APENAS Fansign (inclui pôster)

Preço Único: R$ 130,00

Faixa etária: Livre

COMBO Meet&Greet (HI-TOUCH Foto+Fansign+Fanmeeting)

Combo Único: R$ 280,00

Faixa etária: Livre

Vendas no Site:

www.sympla.com.br

Emerson Ceará traz seu stand-up comedy pela primeira vez a Fortaleza

 

O comediante Emerson Ceará apresenta,  pela primeira vez a Fortaleza,  seu show de stand-up comedy intitulado “A Esmo”. O espetáculo acontecerá no dia 07 de abril, às 21h, no Espaço Jangada do shopping Iguatemi. Os ingressos custam entre R$ 25 e R$ 200 e podem ser adquiridos antecipadamente pelo site www.ingressando.com.br ou nas lojas na Blinclass.

Emerson saiu cedo do interior do Ceará e foi garçom em um bar de comédia em Curitiba. Fez parte do grupo Os Goiabas, campeão da maratona do humor do programa Tudo é Possível. A carreira cresceu, Ceará fez parte do elenco do “Saco de Risadas”, do Domingão do Faustão, da TV Globo, por um ano. Foi também um dos finalistas do prêmio “Multishow de Humor” e atualmente se destaca por seu stand up arretado. Nos palcos, ele faz rir, rindo da sua própria trajetória de vida cheia de altos e baixos.

O cearense é o primeiro garçom comediante e sua ida ao palco foi fruto de sua curiosidade natural. Emerson Ceará já recusou vários convites para se mudar rumo aos palcos paulistanos, preferindo o diferencial: “sou o único cearense em Curitiba. Em São Paulo eu seria só mais um”, opina.

Em busca de uma vida melhor, o comediante saiu de Nova Olinda, no Ceará, em 2006, aos 18 anos, rumo a Londrina, no Paraná. O objetivo era trabalhar de vendedor ambulante. A carreira não durou muito, apenas um mês, quando largou tudo e foi para Curitiba. Na capital paranaense foi ajudante de pedreiro, pintor, mas o maior sonho mesmo era ser garçom.

Sem saber fazer uma caipirinha que fosse, se candidatou a vaga e por incrível que pareça, ele foi contratado no Comedy Club. Ao ver uma apresentação de Danilo Gentili decidiu que podia também fazer rir. Foi então que a dupla jornada começou. Todo final de show, o garçom largava o avental e subia no palco do bar e contava alguns “causos”.

Há sete anos decidiu investir na carreira, saiu de vez de trás do balcão e foi pra frente da plateia.

 

Serviço:

Emerson Ceará | Stand-up Comedy “A Esmo”

Data: 7 de abril

Local: Espaço Jangada do shopping Iguatemi (Av. Washington Soares, 85 – Edson Queiroz, Fortaleza – CE)

Horário: 21 horas

Vendas online: www.ingressando.com.br

Vendas físicas: Lojas Blinclass (Shopping Iguatemi, Shopping Benfica, North Shopping Joquei, North Shopping Fortaleza, Shopping Via Sul, Shopping Parangaba, Shopping Maracanaú e Shopping Maranguape)
VALORES PROMOCIONAIS | 72H

01 ingresso: Plateia Premium – R$ 50,00

02 ingressos: Plateia Premium – R$ 80,00

03 ingressos: Plateia Premium – R$ 100,00

01 ingresso: Plateia Ouro – R$ 25,00

02 ingressos: Plateia Ouro – R$ 40,00

03 ingressos: Plateia Ouro – R$ 50,00

VALORES NORMAIS

01 ingresso: Plateia Premium Inteira – R$ 100,00

01 ingresso: Plateia Premium Meia – R$ 50,00

02 ingressos: Plateia Premium Inteira – R$ 160,00

02 ingressos: Plateia Premium Meia – R$ 80,00

03 ingressos: Plateia Premium Inteira – R$ 200,00

03 ingressos: Plateia Premium Meia – R$ 100,00

01 ingresso: Plateia Ouro Inteira – R$ 50,00

01 ingresso: Plateia Ouro Meia – R$ 25,00

02 ingressos: Plateia Ouro Inteira – R$ 80,00

02 ingressos: Plateia Ouro Meia – R$ 40,00

03 ingressos: Plateia Ouro Inteira – R$ 100,00

03 ingressos: Plateia Ouro Meia – R$ 50,00

Júnior Santtos, Tropa de Choque e a dupla Fran e Diego são atrações deste sábado (13) no “After dos Bloquinhos”

 

Júnior Santtos_Credito: Camila Pontes

 

Os bloquinhos de pré-carnaval começaram com força total em Fortaleza. E para quem deseja prolongar a diversão e curtir a noite toda, o destino é um só: o Arre Égua Bar. Neste sábado (13), a edição do “After dos Bloquinhos” recebe a banda Tropa de Choque, o cantor pernambucano Júnior Santtos e a dupla queridinha dos fortalezenses, Fran e Diego, além do DJ Felipe Feitosa.

 

Fortaleza vai receber diversas opções de bloquinhos de pré-carnaval durante o verão cearense. Nos sábados de janeiro, o Arre Égua promove noites especiais para quem quiser continuar se divertindo depois de curtir os pré-carnavais, que já são sucesso na terra do sol.

 

Serviço:

AFTER DOS BLOQUINHOS

Data: Sábado, dia 13 de janeiro

Local: Arre Égua Bar (Rua Delmiro Gouvêia, 420 – Varjota)

Atrações: Fran e Diego, Júnior Santtos, Tropa de Choque e DJ Felipe Feitosa

Horário: 21h

Valor: R$ 20 (primeiro lote)

Vendas: No local

Informações: 85 9 9223.0470 | 85 9 8726.2188

Descontos: www.listavipfortal.com.br