Browsing Tag

show

Arraiá do Carnacumbuco está de volta com shows de Wallas Arrais e JM Puxado e grandes sucessos do forró no dia 15 de junho



Uma festa à altura de uma das épocas mais animadas do ano. Essa é a energia do Arraiá do Carnacumbuco, evento junino que retorna ao calendário com grandes atrações no próximo dia 15 de junho na praia de Cumbuco, litoral oeste do Ceará. 

No line up, o cantor Wallas Arrais com um repertório atualizado para o São João, além dos hits do DVD “Wallas de Boa”, como “3 Curtidas” e “Bebendo para Esquecer”; e a revelação do forró JM Puxado, trazendo a pegada do xote embalada pelo recém lançado CD Promocional “Sente a Pegada”, além do novo single “Nenhum Bilhete”, que ganhou clipe recentemente. 

Também marcam presença duas bandas consagradas na história do forró: Lagosta Bronzeada e Noda de Caju, trazendo grandes sucessos. Promovido pela For You Eventos e Social Music, o Arraiá do Carnacumbuco já iniciou as vendas e os ingressos podem ser adquiridos nas lojas Social Tickets (RioMar); Zeiss (Dom Luís); Homem do Sapato (Virgílio Távora) e no app e Site Efolia. 

Serviço
Arraiá do Carnacumbuco 

Data: Sábado, 15 de junho
Atrações: Wallas Arrais, JM Puxado, Lagosta Bronzeada e Noda de Caju
Local: Cumbuco – Casa Carnacumbuco 
Ingressos: 
Loja Zeiss (Dom Luis)
Homem Do Sapato (Virgilio Tavora)
Social Tickets (Riomar)
App e Site Efolia.com.br

Geraldo Azevedo apresenta show de seu quarto DVD no Theatro Via Sul Fortaleza

O cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo desembarca na capital cearense para duas apresentações, dias 1° e 2 de junho, no Theatro Via Sul Fortaleza. O músico lançou recentemente o seu quarto DVD, “Geraldo Azevedo – Solo Contigo”, e espera emocionar a plateia com seu show, no formato mais recorrente da carreira: voz & violão.

Intimista e delicada, a apresentação busca gerar um clima aconchegante, envolvendo e emocionando a plateia com seu repertório variado, no qual não falta espaço para os grandes sucessos e músicas inéditas.

Acompanhado de seu virtuoso violão, Geraldo Azevedo passeia por mais de cinco décadas de composições, apresentando desde sucessos do início de sua carreira até canções do seu último álbum, “Salve São Francisco”, incluindo também algumas músicas inéditas, como “Amor Antigramático” (composta por Geraldo a partir de poema de Mário Lago), e uma homenagem a Luiz Melodia, com “Estácio, Eu e Você”. Entre os sucessos, “Bicho de Sete Cabeças” (Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Renato Rocha), “Dia Branco” (Geraldo Azevedo e Renato Rocha) e “Táxi Lunar” (Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Alceu Valença) estão no repertório.

O cenário, elaborado pelo artista Fabio de Souza, é formado por 400 baixelas simulando prata, que refletem e emolduram as cenas dos mais de 50 anos de carreira de Geraldo Azevedo. O figurino, de Gustavo de Carvalho, e a luz, pilotada por Valmyr Ferreira, dialogam com o grande painel, batizado de “O tempo e sua própria natureza”.

Serviço:

Geraldo Azevedo – Solo Contigo
Datas: 1° e 2 de junho de 2019

Horário: Sábado 21h e Domingo 20h;

Classificação: 12 Anos

Duração: 80min

Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz

Ingressos: R$120/R$60 (plateia baixa central e lateral) R$100/R$50 (plateia alta central e lateral ) R$ 90/R$45 (mezanino)
Capacidade: 732 Pessoas

Informações: (85) 3099-1290

Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados.

Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.

Estacionamento no Via Sul Shopping

Tributo a banda Roupa Nova é apresentado gratuitamente

A banda Sorry John homenageia a banda Roupa Nova no projeto Tributos RioMar que acontece nesta sexta-feira, 24, às 19h, no RioMar Fortaleza. A atração recorda sucessos como ‘Whisky A Go Go’, ‘Dona’, ‘Meu Universo é Você’, ‘Linda Demais’, ‘A Força do Amor’, ‘Todo Azul do Mar’ e muito mais.

O público vai curtir as músicas durante duas horas de show, que segue até às 21h, na Praça de Alimentação, Piso L3. A banda cearense é formada pelos músicos Thiago Mendonça (teclado e voz), Ramon Quetelle (contrabaixo e voz), Ênio Bastos (bateria e vocal), Cesar Jr. (voz e percussão) e George Alexandre (guitarra e violão).

A Banda Roupa Nova é a banda que mais teve as suas músicas em trilhas sonoras de novelas, além disso o grupo já ganhou inúmeros prêmios e já participou de muitos programas de TV. Com quase 50 anos de carreira na música, Roupa Nova permanece fazendo muito sucesso e tem shows marcados em vários lugares do país.

Serviço:

Tributo ao Roupa Nova

Data: 24 de maio, sexta-feira

Horário: 19h às 21h

Local: Praça de Alimentação, Piso L3 – RioMar Fortaleza (Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)

Telefone: 3066-2000

Entrada gratuita

Buteco Fortaleza: Gusttavo Lima traz sucessos do DVD “Embaixador” no dia 8 de junho

Buteco Fortaleza: Gusttavo Lima traz sucessos do DVD “Embaixador” no dia 8 de junho

O retorno a Fortaleza do cantor Gusttavo Lima será embalado por grandes sucessos do artista que está no topo das paradas. A festa acontece no dia 8 de junho, no Colosso Fortaleza, com a turnê “Buteco”, que é sucesso por onde passa e traz ainda atrações como Gabriel Diniz e Jonas Esticado.

No palco, o Embaixador trará hits do seu DVD gravado durante 63ª edição da Festa do Peão de Barretos. “Cem Mil”, último single lançado em fevereiro, já está há 14 semanas consecutivas no topo da lista da Crowley – sequência que iguala “Cem Mil” ao hit “Apelido Carinhoso” (canção mais tocada no ano de 2018). Na lista da ConnectMix, “Cem Mil” já alcança a 10ª semana em primeiro lugar. O sucesso segue também no Youtube, onde a música já soma mais de 206 milhões de visualizações e aparece como a terceira mais acessada no canal do cantor.

“Sem palavras para agradecer esses resultados. Meu muito obrigado aos fãs, aos radialistas e a toda galera que tem curtido Cem Mil! Vamos com tudo”, comenta Gusttavo Lima que fechou 2018 com seus hits tocando exatas 3.420.940 vezes. As informações são do site oficial do cantor.

Os ingressos para o Buteco do Gusttavo Lima em Fortaleza podem ser adquiridos nas lojas DLT (Shopping Iguatemi, North Shopping, North Shopping Joquei e Grand Shopping Messejana), Loja do Siriguella e Social Tickets, além do site Ticketpremium.com.br

Serviço
Buteco do Gusttavo Lima
Data: 8 de junho (sábado)
Atrações: Gustavo Lima, Gabriel Diniz e Jonas Esticado
Local: Colosso Fortaleza (Av. Hermenegildo Sá Cavalcante, s/n – Edson Queiroz)
Vendas: Lojas DLT (Iguatemi, North Shopping, North Shopping Joquei e Grand Shopping Messejana), Social Tickets e Loja Siriguella e
SiteTicketpremium.com.br

IATE CLUBE DE FORTALEZA RECEBE NOVA EDIÇÃO DO PROJETO IMAGINÁRIO

Dentro das comemorações dos 65 anos de fundação do Iate Clube de Fortaleza, neste sábado, 25, a partir das 17h30, acontece a primeira edição de 2019 do projeto Imaginário que terá como atrações os grupos Badabés e em seguida, Marimbanda. A entrada é gratuita.

O grupo Badabés fará sua estreia como banda trazendo uma mistura de estilos pop e blues.

A Marimbanda completa 20 anos de atividades musicais em 2019. Para esse show tão especial está sendo preparado um repertório inédito que será gravado em breve pelo quarteto cearense. O quarteto também executará clássicos da MPB. Com um extenso currículo, onde destacam-se apresentações pelo eixo Rio – São Paulo, e um turnê pela França e Bélgica, o grupo lançou dois CDs: Marimbanda e Tente Descobrir.

O Projeto Imaginário tem o apoio da Lei de Incentivo à Cultura, realização da Modo Maior Projetos Culturais e já realizou dez shows musicais com bandas iniciantes e também com bandas já consagradas.

Serviço

Projeto Imaginário

Shows com os grupos Badabés e Marimbanda

Iate Clube de Fortaleza

Av. Vicente de Castro, 4813 – Caís do Porto

Horário: 17h30

Entrada gratuita

Restaurante Engenho Dedé Fortaleza recebe noite musical especial com “Forró das Antigas”

Inauguração do Engenho do Dedé Fortaleza

O famoso Happy Hour do Restaurante Engenho Dedé será diferente neste sábado, 25, no shopping Iguatemi. A casa recebe um especial com o melhor do “Forró das Antigas” com a banda “Cuscuz com Ovo” e revive sucessos consagrados no Ceará. O especial ocorre a partir das 20h, no restaurante.

Com um ambiente perfeito para reunir a turma após o expediente de trabalho, o Restaurante Engenho Dedé Fortaleza realiza o Happy Hour de segunda-feira a sábado, a partir das 17h. Com estrutura ímpar e cardápio variado, os clientes podem aproveitar diversos tipos de cerveja como a Cerveja Dedé Puro Malte. O espaço cobra couvert artístico.

Sobre o Restaurante Engenho Dedé

Referência em gastronomia em todo o país, o Restaurante Engenho Dedé tem unidades nas cidades de Manaus, Belém, Fortaleza e Belo Horizonte. Entre os destaques do cardápio, a Carne de Sol tem lugar especial. Além do “Joelho de Porco Defumado”, especialidade e um dos prediletos do público; o “Tambaqui Manaura”, também é um dos pratos mais solicitados pelos clientes na unidade, assado, coberto com vinagrete, baião de dois, salada e uma deliciosa farrofa de banana. Os clientes também podem se deliciar com os diversos petiscos de entrada que a casa oferece.

Serviços Restaurante Engenho do Dedé Fortaleza
Local: Shopping Iguatemi Expansão (1º piso)
Site: http://engenhodede.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/engenhodedeoficial/
Instagram: https://www.instagram.com/engenhodede/
Twitter: https://twitter.com/engenhodede

GERALDO AZEVEDO LANÇA ‘SOLO CONTIGO’, EM FORTALEZA

A figura marcante deste cantador, sozinho no palco, vestido como um trovador moderno, empunhando seu eterno companheiro de luta (o violão), tocando e “en-cantando”, remete a um lugar no espaço-tempo no qual a areia da ampulheta não cai, o relógio deixa de marcar as horas e o calendário não faz mais sentido.

É um daqueles raros momentos em que você pede licença e embarca numa viagem ao fundo do coração – algo que poucos artistas podem nos proporcionar de verdade nos dias de hoje.

A força do cancioneiro de Geraldo Azevedo é impressionante – mas não surpreendente para quem o acompanha. O repertório escolhido para as apresentações nas noites dos dias 1 e 2 de junho, no Teatro Via Sul Fortaleza, é apenas uma das possíveis sínteses de uma obra sólida, elaborada em diversas fases de sua vida.

Adequadamente batizado de “Solo Contigo”, este projeto reapresenta alguns dos momentos mais significativos de Geraldo Azevedo, tocados no formato onde a canção nasce e onde tudo começa, no formato voz e violão, o principal eixo na feitura de sua música, elaborada nota por nota, acorde por acorde, melodia por melodia, no decorrer de seus 52 anos de carreira.

Curiosamente (ou não), este é o primeiro registro produzido em vídeo, com foco total apenas neste tipo de show que o mestre faz há décadas – nele estão canções escritas ao lado de seus ilustres parceiros, ao longo dos anos, mas que poderiam ter sido compostas ontem mesmo: atemporais e universais, falam direta e intimamente com cada um de nós.

“A realização deste projeto é algo que faltava à minha obra”, confessou Geraldo a este que vos fala. E não é de hoje – muito pelo contrário – que produtores, músicos, cantores e compositores são categóricos em reiterar que uma das melhores formas de você compreender e sentir a essência de uma canção é ouvi-la em seu estágio básico, na voz e no violão somente. “É onde ela se revela plenamente”, afirmam.

A apresentação começa com uma releitura de “Príncipe Brilhante”, do álbum “For All Para Todos”, de 1982 – um acerto, sem dúvida – iniciar a comunhão com sua plateia com essa lúdica versão, acompanhada por uma caixinha de música que nos teletransporta aos tempos da infância, onde sonhos e viagens imaginárias habitavam o nosso dia a dia. É um prenúncio do que que virá pela frente.

Na sequência, o cancioneiro azevediano vai tomando conta do Centro Cultural João Nogueira, desfilando clássicos lançados em álbuns que definiram seu perfil artístico e seu sucesso – ali estão “Inclinações Musicais”, “Canta Coração”, “Dia Branco” e “Moça Bonita”, do LP de 1981 “Inclinações Musicais”; “O Princípio do Prazer”, “Chorando e Cantando” e “Dona da Minha Cabeça”, de seu primeiro trabalho independente, produzido com recursos próprios, “De Outra Maneira”, lançado em 1986. Brilham ainda neste setlist, dentre outras canções essenciais de sua obra, a belíssima parceria com Alceu Valença, “Caravana”, lançada na trilha sonora da novela “Gabriela”, em 1975, além de “O Charme das Canções”, gravada em 1984 no LP “Tempo Tempero”, feita com Capinan; “Letras Negras”, do disco “Berekekê” (1991), outra parceria com Fausto Nilo; “Bicho de 7 Cabeças II” (Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Renato Rocha) e, claro, “Táxi Lunar” (Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Alceu Valença), ambas do antológico álbum de 1979, “Bicho de Sete Cabeças”.

Neste mar de canções não poderiam faltar inéditas: o ator e compositor Mário Lago teve sua poesia “O Amor Antigramático” musicada por Geraldo. “A Saudade Me Traz”, de autoria do companheiro de trabalho Sergio Peres, também foi selecionada para o espetáculo. Completam ainda o time de novidades “Pensar em Você”, de Chico César; “Veja (Margarida)”, de Vital Farias; e “Estácio, Eu e Você”, faixa que abre “Pérola Negra”, o clássico álbum de 1973, numa emocionada homenagem que Geraldo Azevedo presta à Luiz Melodia.

Porém, tão importante quanto este cancioneiro, é a presença calorosa, muito à vontade, deste cantador, nascido às margens do majestoso Rio São Francisco, no enorme palco carioca. Ele se apresenta como se estivesse nos recebendo na sala de sua casa, com toda a hospitalidade típica do nordestino, onde sempre canta para amigas e amigos. E aqui cabe a pergunta: o palco é a sua casa? Ou a casa é seu palco?

“Solo Contigo” vem se somar a outros importantes registros ao vivo em voz e violão em sua discografia: os CDs “A Luz do Solo” (1985) e “Ao Vivo Comigo” (1994). A produção musical e gravação de áudio ficaram por conta de outro grande parceiro de longa data: o guitarrista e produtor Robertinho de Recife. A direção de fotografia e geral deste DVD, realizada com muita sensibilidade, é de Bernardo Mendonça.

“Solo Contigo” cumpre vários papéis. O principal, talvez, seja o de relembrar (porque nós, brasileiros, somos os campeões do esquecimento) que Geraldo pertence à geração de artesãos da canção popular brasileira, a geração nascida na década de 1940, tão presente nas nossas vidas, que produziu e produz até hoje, a maior parte do que há de mais inspirador, relevante, especial e belo dentro da música brasileira. E Geraldo Azevedo é um destes mestres.

DVD GERALDO AZEVEDO – SOLO CONTIGO

Gravado no Rio de Janeiro, em 06 de setembro de 2018, no Imperator – Centro Cultural João Nogueira

VOZ, VIOLÃO E DIREÇÃO MUSICAL – Geraldo Azevedo

PRODUÇÃO MUSICAL, GRAVAÇÃO E DIREÇÃO DE ÁUDIO – Robertinho de Recife

DIREÇÃO E DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA – Bernardo Mendonça

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO – Emília Veras e Gabriela Azevedo

FAIXAS DO DVD

  1. Príncipe Brilhante (Geraldo Azevedo / Carlos Fernando)
  2. Inclinações Musicais (Geraldo Azevedo / Renato Rocha)
  3. O Amor Antigramático (Mário Lago / Geraldo Azevedo)
  4. Estácio, Eu e Você (Luiz Melodia)
  5. A Saudade Me Traz (Sergio Peres)
  6. O Charme das Canções (Geraldo Azevedo / Capinan)
  7. O Princípio do Prazer (Geraldo Azevedo)
  8. Letras Negras (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo)
  9. Canta Coração (Geraldo Azevedo / Carlos Fernando)
  10. Veja (Margarida) (Vital Farias)
  11. Tanto Querer (Geraldo Azevedo / Nando Cordel)
  12. Pensar em Você (Chico César)
  13. Caravana (Geraldo Azevedo / Alceu Valença)
  14. Chorando e Cantando (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo)
  15. Parceiro das Delícias (Geraldo Azevedo / Capinan)
  16. Talvez Seja Real (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo)
  17. Estrela Guia (Geraldo Azevedo / Carlos Fernando)
  18. Você Se Lembra (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo / Pippo Spera)
  19. Bicho de 7 Cabeças II (Geraldo Azevedo / Zé Ramalho / Renato Rocha)
  20. Dona da Minha Cabeça (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo)
  21. Dia Branco (Geraldo Azevedo / Renato Rocha)
  22. Moça Bonita / Sabor Colorido (Geraldo Azevedo / Capinan)
  23. Táxi Lunar (Geraldo Azevedo / Zé Ramalho / Alceu Valença)

FAIXAS DO CD

  1. Inclinações Musicais (Geraldo Azevedo / Renato Rocha)
  2. O Amor Antigramático (Mário Lago / Geraldo Azevedo)
  3. Estácio, Eu e Você (Luiz Melodia)
  4. A Saudade Me Traz (Sergio Peres)
  5. O Charme das Canções (Geraldo Azevedo / Capinan)
  6. O Princípio do Prazer (Geraldo Azevedo)
  7. Letras Negras (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo)
  8. Veja (Margarida) (Vital Farias)
  9. Você Se Lembra (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo / Pippo Spera)
  10. Pensar em Você (Chico César)
  11. Caravana (Geraldo Azevedo / Alceu Valença)
  12. Dona da Minha Cabeça (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo)
  13. Moça Bonita / Sabor Colorido (Geraldo Azevedo / Capinan)
  14. Táxi Lunar (Geraldo Azevedo / Zé Ramalho / Alceu Valença)

TURNÊ DE LANÇAMENTO

SHOW EM FORTALEZA

Serviço:

Show: GERALDO AZEVEDO TUNÊ ‘SOLO CONTIGO’

Data: 01 E 02 DE JUNHO

SÁBADO às 21h e DOMINGO às 20h

Local: Teatro Via Sul Fortaleza

Vendas:

Bilheteria do Teatro Via Sul

Avenida Washington Soares, 4335

(85) 3099.1290

Online: www.ingressorapido.com.br

Valores:

Mezanino: meia R$ 55,00 e inteira R$ 110,00

Plateia alta: meia R$ 60,00 e inteira R$ 120,00

Plateia Baixa: meia R$ 70,00 e inteira R$ 140,00



➢ Ouça aqui o CD ‘Solo Contigo’ com 14 faixas

➢ Assista aqui ao vídeo release com entrevista feita por Charles Gavin

➢ Assista aqui ao clipe da faixa “A Saudade Me Traz”



Comédia “Cris Pereira Ponto Show” chega à Fortaleza em única apresentação

Sucesso de crítica e de público no sul do país. Mais de 500 mil pessoas já assistiram ao show de comédia criado por Cris Pereira, que traz ao palco personagens que representam os mais variados tipos de pessoas.

O show, com mais de uma hora e meia de duração, aproxima a plateia de seus próprios conhecidos, amigos, parentes. Personagens da vida real. Dia 1º de junho, às 20h30, no Teatro Rio Mar Fortaleza.

O empresário dos flanelinhas Claudiovaldo Nogueira tenta demonstrar que conhecimento e sabedoria são suas grandes qualidades. Um cara que procura não apenas ocupar seu próprio espaço na sociedade como ainda guarda uma vaga pra você.


Quem nunca recebeu conselhos sobre a vida amorosa enquanto trocava o pneu do carro? Pois então! Jorge da Borracharia já foi estrela de um espetáculo próprio durante dois anos, com muito sucesso. E talvez seja, até hoje, o personagem mais adorado pelo público — de ambos os sexos, mesmo que ele prefira o masculino.

O bagual Gaudêncio é como aquele seu parente mais grosso que dedo destroncado. O típico morador do interior e, no caso gaúcho, um tradicionalista ferrenho.

Além de buscar Odete em outro espetáculo próprio, ele chega se espraiando pelo palco, se sentindo mais em casa do que sogra chata. E quem não conhece um Kirilove? O bebum gente fina conta suas andanças e proezas com a ingenuidade e sinceridade de qualquer pessoa embriagada. Um bêbado feliz que adora compartilhar seu bom humor entre um traguinho e outro.

Talvez o momento mais louco do espetáculo seja a aparição da doce e sem noção Virgínia Istar Uars. Ela comanda um programa de entrevistas, interagindo com o público e revelando seus devaneios com a maior naturalidade.

Serviço:
Cris Pereira Ponto Show
Dia: 1º de junho
Horário: 20h30
Local: Teatro RioMar Fortaleza – Rua Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu
Valores: a partir de R$ 60
Ingressos: https://uhuu.com/evento/ce/fortaleza/cris-pereira-7423 ou Bilheteria do Teatro RioMar
Duração: 100 minutos
Classificação Etária: Livre
Realização: Festei Produções
Informações: (85) 3103.1234 | (85) 98708.1696

Sessão Sonora “Erasmo Carlos” ocorre no início de junho no Cineteatro São Luiz

Os ingressos para o evento variam de R$25 (meia) a R$50 (inteira) e começam a ser vendidos nesta sexta-feira (17/5).

O Tremendão é o personagem da sessão sonora de junho que terá a exibição do filme “Minha Fama de Mau”, do diretor Lui Farias, com a biografia musical do artista seguido de seu show “… Amor é isso”. Os ingressos para o evento, que ocorre no dia 9 de junho (domingo) a partir das 15h30, começam a ser vendidos nesta sexta-feira (17/5), a partir das 10h, na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus.

Sobre a venda dos ingressos

Os assentos serão marcados, haverá limitação de dois ingressos por CPF (cada pessoa pode apresentar apenas um CPF no ato da compra) e limitação de meia-entrada em 40% do total de ingressos.

A venda será simultânea na bilheteria e no site da Tudus (com taxa de conveniência). No ato da compra, é necessária a apresentação do CPF, documento de identificação com foto e comprovante de meia entrada.

Quem tem direito a meia entrada: estudantes, idosos (pessoas com mais de 60 anos), pessoas com deficiência e seu acompanhante, professores da Rede Pública de Ensino de Fortaleza, jovens pertencentes à famílias de baixa renda com idade entre 15 e 29 anos e doadores regulares de sangue.

O filme

Lutando para sobreviver e se virando com pequenos trabalhos, o jovem Erasmo Carlos (Chay Suede) alimenta uma paixão: o rock and roll. Fã de Elvis Presley, Bill Halley & The Comets e Chuck Berry, ele aprende a tocar violão e passa a perseguir a ideia de viver da música. Misturando talento e um pouco de sorte, ele conquista a admiração do apresentador de TV Carlos Imperial (Bruno de Luca), um cara influente no meio artístico, e através dele conhece o cantor Roberto Carlos (Gabriel Leone), com quem começa a compor diversas canções. A parceria dá muito certo e o sucesso logo chega, transformando para sempre a vida de Erasmo.

A biografia musical é do diretor Lui Farias, tem duração de 1h56 e classificação indicativa de 12 anos.

Só será permitida a entrada para o filme até às 16h. Após esse horário, o público que não chegar a tempo para a exibição do filme, terá entrada liberada às 17h para o show.

O show

“…Amor é isso” é o 31º trabalho do cantor e compositor carioca Erasmo Carlos que, com 53 anos de carreira fonográfica retoma a trilha explorada no clássico LP “Carlos, Erasmo”, lançado em 1971 e que se tornaria referência fundamental aos artistas da geração da música brasileira do século 21.

Em 12 faixas inéditas, Erasmo abre parcerias com Emicida, Dadi Carvalho, Adriana Calcanhotto, Samuel Rosa e até Tim Maia, além de retomar o trabalho com parceiros de outros tempos, como Arnaldo Antunes e Marisa Monte. Há também canções escritas especialmente para ele por Nando Reis e Marcelo Camelo, além da faixa “Não Existe Saudade no Cosmos”, de Teago Oliveira, lançada como primeiro single. Completando o repertório, três faixas escritas por Erasmo sozinho.

“Só sou feliz enquanto estiver nos palcos!”. Com esta frase, Erasmo resume de forma definitiva onde se sente melhor. Entre seus eternos sucessos e o frescor de músicas novas, o artista, que completa 77 anos de vida, emociona no seu novo show que segue em turnê nacional.

Sessão Sonora

A “Sessão Sonora” nasceu da ideia de valorizar à potência de Cineteatro do São Luiz em criar sinergias entre as duas linguagens artísticas mais populares no Brasil: o cinema e a música. Expressões artísticas apreciadas por todas as pessoas, de todas as idades e classes sociais, dos gostos mais ecléticos e variados. O projeto afirma a vocação do equipamento como um dos poucos Cineteatros do Brasil.

SERVIÇO
● Evento: Sessão Sonora Erasmo Carlos
● Data: 09/06 (domingo)
➜ 15h30 [CINEMA] Exibição do filme “Minha Fama de Mau”
Entrada: mediante compra do ingresso da Sessão Sonora / Obs.: Entrada permitida até 30 minutos após o início do filme | Classificação Indicativa: 12 anos
➜ 18H [SHOW] “…AMOR É ISSO” – ERASMO CARLOS
Entrada: mediante compra do ingresso da Sessão Sonora Classificação indicativa: Livre | Duração: 90 min
● Entrada: R$50,00 (inteira), R$ 25,00 (meia) – assentos numerados | limitação de 40% de meia-entrada e de dois ingressos por CPF. (À venda na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus.)

Humorista Gil Soares, o Caboré, levará espetáculo inclusivo e democrático ao interior cearense, a partir desta quinta (16)

Jovens, adultos, idosos, LGBT, mulheres, pessoas com deficiência e a população da zona rural são público-alvo do show gratuito e livre de apelações. Viçosa, Meruoca, Baturité e Pacoti serão contemplados

Quem nunca ouviu a famosa piada do “pavê” nos almoços e ceias em família? Ou não lembra do Joãozinho, garoto atrevido que costumava figurar as anedotas dos anos 90? Nessa mesma época, piadas com mulheres, negros e gays eram comuns e ninguém questionava sobre isso, pelo contrário, riam e as repassavam sem o menor pudor.

Porém o cenário mudou. O combate ao machismo, ao racismo e à homofobia fizeram com que esse tipo de piada não arranque mais os risos de outrora. A forma de “fazer humor” também mudou. Se antes os personagens eram os protagonistas do humor, há algum tempo o stand-up, o “humor de cara limpa”, é o que domina os palcos.

De Chico Anysio, Dercy Gonçalves, Mazzaropi, Jô Soares, Tom Cavalcante, passando pelos Os Trapalhões, Casseta e Planeta, Hermes e Renato, até chegar ao CQC, Portas dos Fundos, Tá no Ar, o humor viveu grandes momentos e profundas transformações, sendo alvo até mesmo de polêmicas e reflexões sobre o limite de suas abordagens.

Recentemente, o humorista Danilo Gentili foi condenado a seis meses e 28 dias de detenção em regime semiaberto pelo crime de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) por publicar um vídeo em que, segundo a decisão do caso, ofendeu “a dignidade ou o decoro, atribuindo-lhe [a Maria do Rosário], alcunha ofensiva, bem como expôs, em tom de deboche, a imagem dos servidores públicos federais e a Câmara dos Deputados”. A opinião popular ficou dividida.

“O humor é uma arte em constante evolução. Piadas de cinco anos atrás já não são consideradas engraçadas atualmente. Qual adulto de hoje não se divertiu pedindo para o amigo repetir várias vezes e rapidamente três palavras que resultavam numa frase engraçada? Hoje, as crianças não se divertem mais assim.

E, dessa forma, o humor precisa ir evoluindo, junto com a realidade, com os valores, rotinas e bandeiras em que está inserido. É aquela história: se alguém se sente incomodado com uma piada, ela não vale mais. Parafraseando Chico Anysio, com o qual concordo plenamente: o melhor estilo de humor é o que faz rir”, reflete o humorista cearense Gil Soares, o “Caboré”, que no novo show apresenta-se também na versão stand-up e busca uma forma democrática e inclusiva de humor.

Em “As Caras do Cabra”, Gil satiriza algumas situações do cotidiano, e apresenta seus personagens com o requinte de um mestre de cerimônia. A transformação e/ou transição de tais personagens são feitas em palco e com interação da plateia.

Assim, o público tem a oportunidade de se deleitar com um show de piadas, músicas, danças e trejeitos. O novo projeto do humorista, por meio de apoio do Governo do Estado do Ceará, através do XI Edital de Incentivo às Artes – Humor, torna esse espetáculo itinerante e levará para municípios cearenses com pouco acesso a esse tipo de arte, shows gratuitos e abertos à população.

Quatro cidades serranas do Ceará serão contempladas ao longo do mês de maio e início de junho: Viçosa do Ceará (16 de maio), Meruoca (17, 18 e 19 de maio), Baturité (31 de maio) e Pacoti (1 e 2 de junho). Além delas, Fortaleza já recebeu dois shows gratuitos, também abertos à comunidade. Ao todo, serão 11 apresentações, favorecendo um público estimado de 4 mil pessoas.

O humorista garante que conseguirá arrancar boas gargalhadas do público com artifícios que constituem um humor acessível e livre de apelação. “O bacana desse projeto é que pretendemos fomentar a cultura do humor cearense com recursos que não passam pela apelação ou conteúdos pornográficos, mas sim, pela utilização de piadas conectadas com os assuntos do momento, “tiradas”, anedotas e expressões populares.

Esse é um dos motivos que faz com que o nosso público-alvo seja bastante amplo: são adolescentes (12-18 anos), adultos, idosos, jovens (15-29 anos), LGBT, mulheres, pessoas com deficiência e a população da zona rural”, destaca Gil.

“As Caras do Cabra” foi concebido a partir de experimentos, pesquisas e observações do cotidiano que Gil Soares vem fazendo ao longo de mais de 20 anos de sua empreitada cultural. Apresentando-se de cara limpa (estilo stand up comedy), e sem deixar de lado seus personagens, o humorista transita pelo universo cômico de vários tipos no seu espetáculo, renovado e atualizado. Dessa forma, antenado com as tendências e sem perder o foco, o artista mostra que é o “Cabra” e apresenta suas “Caras” e facetas no show que leva a molecagem cearense em sua essência.

ESPETÁCULO “AS CARAS DO CABRA”

FICHA TÉCNICA

Texto/Direção: Gil Soares

Produção: Caboré Produções

Produção executiva: Carlos Araújo

Sonoplastia: Daniel Soares

Contra-Regra: Daniel Soares

Adereços: Cristiano Castro

Figurino: Mariana Carneiro

Fotografia: Márcia Melo

Projeto Gráfico: Jonny Santos

Assessoria de Comunicação: Carolina Lopes – (85) 98200 4855

Serviço:

Show de Humor “As Caras do Cabra”

Datas, locais e horários:

VIÇOSA

  • 16 de maio – Teatro Municipal de Viçosa – às 17h30
  • 16 de maio – na Praça de Eventos da Igreja do Céu – às 20h30

MERUOCA

  • 17 de maio – Clube do Distrito de Anil – às 19h30
  • 18 de maio – Auditório do Centro de Feiras e Eventos – às 20h30
  • 19 de maio – Casa da Juventude do Distrito de São Francisco – às 19h30

BATURITÉ

  • 31 de Maio – Local: IFCE Baturité – Av. Ouvidor Vitóriano Soares Barbosa, 160 – às 15h30
  • 31 de Maio – Local: Balneário Itamaracá Clube de Baturité – Rua Del. de Pol, R. Srg. Sebastião, 400 – às 19h30

PACOTI

  • 01 de Junho – Pátio Público Restaurante do Mineiro – às 21h
  • 02 de Junho – Praça da Feira Livre de Pacoti – às 9h

Entrada gratuita

Cátia de França apresenta repertório de seu clássico disco “20 Palavras ao Redor do Sol” em Fortaleza

Show comemora 4 anos da reabertura do Cineteatro São Luiz

Um dos maiores nomes da cultura paraibana, a cantora e compositora Cátia de França volta a Fortaleza para um show especial no dia 19/05 (sexta-feira). Comemorando o aniversário da reabertura do Cineteatro São Luiz, ela apresentará o show do histórico álbum “Vinte Palavras ao Redor do Sol”, que completa 40 anos esse ano e chegou às plataformas de música digital em formato remasterizado.

O evento acontecerá às 18h e os ingressos variam entre R$ 15 e R$ 30. A classificação é livre.

Nascida em João Pessoa, Cátia de França tem seis discos de estúdio e se tornou uma lenda viva da música regional brasileira. Suas canções já foram gravadas por grandes nomes da MPB, como Elba Ramalho, Amelinha e Xangai. Versátil e estudiosa, desde menina aprendeu a dominar instrumentos como o piano, a sanfona e o violão. Mais tarde, se interessou pelos acordes de flauta e pela percussão.

Chegou a ser professora de música e, em meados dos anos 70, se aventurou nas composições próprias em parceria com o poeta Diógenes Brayner. A poesia e a admiração pela literatura seriam marcas de sua música a partir daí. Na época, a artista morava no Rio de Janeiro e integrava um grupo de músicos e amigos nordestinos que a ajudaram a iniciar a sua carreira. Acompanhou Zé Ramalho na lendária turnê “Avohai”, tocando sanfona.

Era 1979 quando Cátia de França lançou seu LP de estreia, “20 Palavras ao Redor do Sol”. Como inspiração, ela recorreu às obras literárias de João Cabral de Melo Neto, Graciliano Ramos e de seu conterrâneo José Lins do Rego para costurar uma verdadeira colcha de ritmos e linguagens.

Se a inspiração veio da literatura, nas letras colaboraram Xangai, Israel Semente, Sérgio Natureza e Lourival Lemes. Entre os músicos de apoio, Dominguinhos, Sivuca e Severo na sanfona; Sérgio Boré e Chico Batera na percussão; Bezerra da Silva no berimbau; Lulu Santos na guitarra; e Amelinha e Elba Ramalho nos vocais de apoio. Tudo isso amarrado pela viola de 12 cordas, arranjos e direção musical de Zé Ramalho.

Nos últimos anos, Cátia circulou pelo Recife (PE), João Pessoa (PB), Chapada dos Veadeiros (GO), Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), São Paulo (SP), além de eventos importantes como o Festival de Inverno de Garanhuns (PE, em 2016) Psicodália (SC, em 2017), Mostra Cantautores (MG em 2018).

Nesses shows, Cátia convidou no palco parceiros de vida e composição como Xangai, Chico César e Socorro Lira; mas também se aproximou da efervescente cena atual com Júlia Vargas, Anelis Assumpção e Russo Passapusso (Baiana System).

Além do repertório do álbum “20 Palavras”, Cátia apresenta músicas de seus outros discos. Destaque para as faixas do seu mais recente álbum “Hóspede da Natureza” (Porangareté/Natura Musical), que ganha em 2019 uma edição especial em um vinil laranja, com direito a encarte completo e acabamento especial.

O Cineteatro São Luiz é um equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), localizado à Rua Major Facundo, 500, no centro de Fortaleza.

Serviço

Cátia de França

Data: 19/05/2019 (sexta-feira)

Horário: 18h

Local: Cineteatro São Luiz

Endereço: Rua Major Facundo, 500 – Centro – Fortaleza/CE

Ingressos: R$ 30 (inteira)/ R$ 15 (meia)

Classificação etária: Livre

Ceará Show: o Musical tem inscrições abertas para novos atores até o dia 15 de maio

Após dois anos e meio de apresentações e mais de 100 mil espectadores atingidos, o Ceará Show, primeiro espetáculo permanente do estado promovido pelo Beach Park Entretenimento, está com inscrições abertas para renovar o elenco.

As audições serão realizadas para os papéis de Moa, o protagonista do espetáculo, Moacir, o primeiro cearense, Mazé, que retrata a força da mulher nordestina, e Padre Cícero, personalidade religiosa de Juazeiro do Norte.

A pré-seleção já está sendo realizada e pode ser feita pela internet até o dia 15 de maio, através do preenchimento de um formulário online (https://forms.gle/mk8hdU5fGQoQKofz5) e do envio de vídeos demonstrando habilidades de atuação e canto. O papel de Moa, tem como foco atores a partir de 16 anos ou com aparência de adolescente, com experiência de canto opcional. Para Moacir, o perfil contempla atores com aparência jovem e com experiência de canto.

Já para a personagem Mazé, procura-se atrizes que tenham 20 anos ou mais, com experiência obrigatória em canto, e para interpretar o Padre Cícero, o perfil pede atores com 20 anos ou mais e experiência em canto obrigatória. Para todos os papéis, a experiência em dança é opcional. Também não é obrigatória experiência em atuação.

Frank Sinatra recebe tributo da Orquestra Filarmônica do Ceará no Dia dos Namorados

O concerto acontecerá no Dia dos Namorados, 12 de junho, no Teatro RioMar Fortaleza, a partir das 20h, com interpretação dos tenores Ricardo Máximo e Franklin Dantas, além do cantor Milton Nunes. Ingressos à venda na bilheteria do Teatro ou pelo site www.teatroriomarfortaleza.com.br.

A Orquestra Filarmônica do Ceará vai passear por diversos momentos da carreira de Frank Sinatra em concerto especial de Dia dos Namorados, em 12 de junho, no Teatro Rio Mar Fortaleza.

O tributo será regido pelo maestro Gladson Carvalho e conta com a participação do cantor, Milton Nunes, além da interpretação dos tenores Ricardo Máximo e Franklin Dantas.

Além do Dia dos Namorados, a apresentação, que faz parte do projeto ‘Grandes Clássicos’, da Orquestra Filarmônica do Ceará, terá mais um motivo especial para comemorar. Na ocasião, serão lançados livro e CD que contam a história dos 21 anos da OFCE, completados em maio de 2019.

LIVRO E CD – “Orquestra Filarmônica do Ceará: Uma Vida, Um Destino, 21 anos de história”. Esse é o título do livro escrito pelo criador da OFCE, maestro Gladson Carvalho, que fundou a OFCE em maio de 1998. Conjuntamente, será lançado um CD que consta grandes clássicos, como Adágio de Albinoni, a aria de Bach, o Cisne de Saint- Saens e a Sinfonia para um Amor Incondicional de autoria do maestro Gladson Carvalho.

FRANK SINATRA – Foi um dos músicos recordistas de vendas com mais de 150 milhões de cópias mundialmente. Nascido na cidade de Hoboken como ítalo-americano, Sinatra encontrou a fama como artista solo, depois que assinou contrato com a gravadora Columbia em 1943, tornando-se o ídolo dos bobby soxers. Sua carreira renasceu com o sucesso do filme From Here to Eternity (1953), lhes rendendo um Oscar e Globo de Ouro na categoria de “Melhor Ator Coadjuvante”. O cantor lançou vários álbuns elogiados pela crítica, incluindo In the Wee Small Hours (1955), Songs for Swingin ‘Lovers! (1956), Come Fly with Me (1958), Only the Lonely (1958) e Nice ‘n’ Easy (1960).

OFCE – A Orquestra Filarmônica do Ceará surgiu em 22 de maio de 1998, em reunião na casa da mãe de seu criador, o maestro Gladson Carvalho. Com intuito de reunir os melhores músicos do Ceará em um trabalho ousado, promovendo formação de plateias, laboratório profissionalizante, geração de trabalho e renda para cerca de 70 profissionais da música.

A Filarmônica do Ceará tem contribuído para conter a constante demanda de talentos musicais que o estado perde e ainda perde para outras terras, devido à falta de incentivos e recursos para manter-se em atividade. A OFCE é um sonho realizado, em concertos de porte nacional e internacional, além de duas óperas, O Cientista e O Jesuíta.

Serviço

TRIBUTO A FRANK SINATRA COM A ORQUESTRA FILARMÔNICA DO CEARÁ

Data: 12 de junho

Horário: 20 HORAS

Local: TEATRO RIOMAR (SHOPPING RIOMAR FORTALEZA – RUA DES. LAURO NOGUEIRA, 1500 – 3001 – PAPICU)

Valores: A partir de R$20 (meia)

VENDAS FÍSICAS: BILHETERIA DO TEATRO RIOMAR

(Funcionamento da bilheteria: Terça a Sábado das 12h às 21 | Domingos e feriados das 14h às 20h | Fechado às segundas-feiras)

VENDAS ONLINE: www.teatroriomarfortaleza.com.br @teatroriomarfortaleza

INFORMAÇÕES: 85 3244.2688

100 ANOS DE DALVA DE OLIVEIRA EM FORTALEZA

Depois de enorme sucesso em São Paulo e no Rio de Janeiro, a turnê “100 anos de Dalva de Oliveira” chega em Fortaleza no dia 16 de maio de 2019, às 20h, no Theatro José de Alencar. Com Eliana Pittman, Claudette Soares, Alaíde Costa e Márcio Gomes.

Baseado no álbum homônimo, lançado ano passado, pela Biscoito Fino, com a participação de mais de 30 grandes artistas da música brasileira, o espetáculo reúne 4 grandes vozes da nossa música de diferentes estilos e gerações interpretando os clássicos do repertório da eterna estrela Dalva: a versátil e internacional Eliana Pittman, as divas da Bossa Nova Claudette Soares e Alaíde Costa, e o novo “Rei da Voz”, Márcio Gomes.

Com direção musical do pianista Alexandre Vianna, direção e roteiro de Thiago Marques Luiz (produtor do álbum) e produção executiva da Idearte Produções, de Amaury Junior, o espetáculo “100 anos de Dalva de Oliveira” reserva momentos de grande emoção e passeia por todos os estilos que foram imortalizados por Dalva de Oliveira; do samba canção ao samba exaltação, passando pelo bolero, pelo tango e até pelas marchinhas de carnaval.

Estão presentes clássicos como Ave Maria do Morro, Bandeira Branca, Máscara Negra, Kalú, Tudo acabado, Neste mesmo lugar, Errei sim, Hino ao Amor, Segredo e tantas outras músicas que estão no inconsciente coletivo do povo brasileiro desde as décadas de 50, 60 e 70. Mais informações no Release em anexo

Serviço

Local: Theatro José de Alencar

Data: 16 de maio de 2019

Hora: 20h

Valores de ingressos:

Torrinha – torrinha meia – R$ 40,00

Torrinha – torrinha inteira – R$ 80

Camarote – camarote meia – R$ 50,00

Camarote – camarote inteira – R$ 100

Frisas – frisas meia – R$ 60,00

Frisas – frisas inteira – R$ 120

Balcão – balcão meia – R$ 60

Balcão – balcão inteira – R$ 120

Plateia – plateia meia – R$ 60

Plateia – plateia inteira – R$ 120

Vendas:

Bilheteria do Theatro José de Alencar

R. Liberato barroso, 525 – centro, fortaleza

Tcket Shop – Shoppings Iguatemi e RioMar Kennedy

Online:

Www.bilheteriavirtual.com.br

“Alice e País das Maravilhas” recebe adptação e faz temporada no Teatro Ceará Show



Clássico da literatura americana, escrito há 146 anos por Lewis Caroll, “Alice no País das Maravilhas” ganha uma adaptação desenvolvida pela Companhia de Teatro da Escola de Atores Marcelino Câmara. O espetáculo será apresentado nos dias 11, 18 e 25 de maio, às 17h, no Teatro Ceará Show.


​A peça conta a história de Alice, uma menina curiosa e inteligente, que cansada do seu mundo monótono de estudos e livros sem gravuras, acaba caindo no fantástico País das Maravilhas após seguir um coelho muito atrasado. Nesse mundo de sonhos, conhece personagens peculiares como a Lagarta, o Gato e o Coelho.  ​​

Nessa versão, adaptada e dirigida por Marcelino Câmara, a interação com a plateia fará parte do roteiro desse enredo encantador. O novo espetáculo conta, ainda, com caprichosos figurinos e cenários criativos. A montagem investe, também, numa concepção de cenas dinâmicas com músicas divertidas e originais.​​

Serviço:

​Alice no País das Maravilhas – ​Dias: 11, 18 e 25 de maio​ – Horário: 17h​Local: Teatro Ceará Show (Av. da Abolição, 2323) ​​Classificação: Livre ​Ingressos: R$40,00 // R$20,00​ – Vendas: www.ingressorapido.com.br ou na bilheteria do teatro​​​Informações: (85) 4012-3030