Browsing Tag

musica

Canto da Apá celebra um ano com encontro de corais gratuito, no Theatro José de Alencar, nesta sexta (15)

 

 

A oitava e última edição deste ano do Projeto Conexões Sonoras tem um gostinho especial: a comemoração de um ano do Centro Cultural Canto da Apá. Para celebrar esse momento em grande estilo, a cantora e idealizadora do projeto, Apá Silvino, reúne os corais da Sefaz, Secult e Canto da Apá para um encontro gratuito no Theatro José de Alencar, nesta sexta-feira (15), às 17h30.

Com um repertório exclusivamente natalino, os corais irão apresentar-se juntos e separados, sempre acompanhados por Eduardo Holanda no violão.

Apá tem uma história pessoal como regente de canto coral, principalmente nesta época do ano, quando sempre fazia apresentações pela cidade. Depois de cerca de cinco anos, é a primeira vez que consegue juntar grupos distintos para cantar juntos. “Eu tava com muita saudade de nessa época, neste momento em que a gente tá vivendo tanta desigualdade, violência e tanto desencontro, reunir 60 pessoas para espalhar, generosamente, essa energia de Natal, de solidariedade, de esperança e de paz”, explica Apá.
Conhecendo os corais

O coral da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult) foi criado por Apá e tem 23 anos, mas ficou parado por dez. Há seis meses retornou com Apá como maestrina e a maior parte dos integrantes são servidores que estão cantando pela primeira vez.
Apresentando um repertório natalino pela primeira vez, o Coral do Canto da Apá tem 10 meses e fez a sua primeira apresentação no Encontro de Corais ADUFCE em abril de 2017. O grupo é formado por cantores que possuem alma na ponta da língua e fazem do canto a sua motivação pessoal.

Também criado por Apá, o coral da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (Sefaz) tem 23 anos e, assim como o coral da Secult, é formado por servidores que se propõem a humanizar as suas carreiras através do canto. O grupo já participou de encontros de corais fora do estado.

Com entrada gratuita, o encontro de corais do Canto da Apá promete uma noite especial e regada a muita emoção. “É isso que iremos fazer lá, cantar e ser feliz”, finaliza Apá.

 

Sobre o Canto da Apá

Com sede inaugurada oficialmente em 12 de dezembro de 2016, em Fortaleza, o Centro Cultural Canto da Apá foi concebido pela cantora, compositora, regente e preparadora vocal, Aparecida Silvino e sua equipe. Hoje, o espaço tem, ao todo, 33 cantores recebendo orientação em técnica vocal, interpretação, gerenciamento de carreira e formação de repertório.

 

Serviço:

Centro Cultural Canto da Apá apresenta Projeto Conexões Sonoras edição especial com Encontro de Corais
Local: Theatro José de Alencar
Dia: 15 de dezembro (sexta-feira)
Horário: 17h30
Ingresso: Gratuito.

Mais informações: cantodaapa@gmail.com ou https://www.facebook.com/cantodaapa.

Divulgada programação completa do Festival Cearense de Hip Hop


O Festival Cearense de Hip Hop – FCH2, que está na sétima edição, divulgou a programação completa. Considerado o maior evento do Gênero do Norte e Nordeste, acontece de 09 a 12 de dezembro no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. O evento é uma realização do Instituto de Dança, Arte, Cultura e Educação – IDANCE, com o apoio institucional da ENEL e do Governo do Estado através da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.

Todos os dias do festival acontecem as Mostra Livre, que contempla diversas modalidades de Dança e a Competitiva, separada por modalidades e categorias como: Hip Hop Freestyle (Júnior – até 14 anos; Sênior – 15 a 17 anos e avançado – a partir de 18 anos), onde também será a Seletiva Nordeste para o 17º FIH2 – FESTIVAL INTERNACIONAL DE HIP HOP; Battle Crews; Popping Battles; FCH2 Bboy; FCH2 Bgirl; FCH2 Experimental e FCH2 House.

Já a partir do dia 10/12 (domingo), começam os Workshops com convidados nacionais e internacionais. O primeiro é o “House Dance Collab”, com Loly Pop (CE), Coreano (CE) e Libel Lia (IT), de 09h a 12h.

Na segunda (11), de 9h às 12h, tem o internacional Mr. Ringo (U.S.A); Guiga de Souza (BR), de 9h às 10h15 e Vini Azevedo (BR), de 10h30 às 12h.

Terça (12), os franceses Cinthia (9h às 10h15) e Edson Guiu (10h30 às 11h45); Pelezinho (BR), de 9h às 10h15 e FabGirl (BR), de 10h30 às 11h45, ministram as ações de formação.

A programação completa, inscrições e locais dos Workshops, estão disponíveis através do site www.fch2.com.br .

FCH2 em números

O FESTIVAL CEARENSE DE HIP HOP – FCH2 vem fortalecendo, desde 2011, a cena das Danças Urbanas no estado do Ceará e nordeste Brasileiro, com programação que prevê o intercâmbio entre artistas consagrados e criadores de estilos de Danças Urbanas com milhares de jovens e adultos. Prova disso, são números alcançados na última edição.

Ao todo, em 2016, participaram do festival 1629 dançarinos, em 431 apresentações (mostras livre e competitiva), representando 22 municípios de 9 estados do país, 342 artistas foram qualificados através das ações formativas e 195 intervenções urbanas aconteceram em alguns cartões postais da cidade de Fortaleza.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

DIA 09 DE DEZEMBRO (SÁBADO)
ATIVIDADE
LOCAL
HORÁRIO
GRAFFITI
ESPAÇO HARLEM
14h00
CYPHER
ESPAÇO HARLEM
14h00
FCH2 B-GIRL
ESPAÇO HARLEM
17h00
BATALHA MC’s
ESPAÇO HARLEM
18h30

10 DE DEZEMBRO (DOMINGO)

ATIVIDADE
LOCAL
HORÁRIO
MASTER CLASS HOUSE DANCE COLLAB – LOLY POP/ COREANO/ LIBEL LIA
AUDITÓRIO DRAGÃO DO MAR
09h às 12h
MESA REDONDA-ECONOMIA CRIATIVA NAS DANÇAS URBANAS
AUDITÓRIO DRAGÃO DO MAR
09h às 12h
SELETIVA POPPING
ESPAÇO HARLEM
15h00
BATALHA HOUSE
ESPAÇO HARLEM
16h30
SUNSET
ESPAÇO ROGACIANO LEITE
17h00
SUNSET
ESPAÇO ROGACIANO LEITE
17h00
ABERTURA OFICIAL
PALCO BRONX
18h00
HIP HOP AVANÇADO (PARTE 01)
PALCO BRONX
18h45
SELETIVA BATTLE CREW
PALCO BRONX
19h30

11 DE DEZEMBRO (SEGUNDA)

ATIVIDADE
LOCAL
HORÁRIO
WORKSHOP GUIGA DE SOUSA
SALA DE DANÇA DO SESC
09h às 10h30
WORKSHOP VINI AZEVEDO
SALA DE DANÇA DO SESC
10h30 às 12h
WORKSHOP MR. RINGO
TEATRO SESC IRACEMA
09h às 12h
CYPHER
ESPAÇO HARLEM
16h00
BATALHA EXPERIMENTAL
ESPAÇO HARLEM
17h00
SUNSET
ESTATUA DE IRACEMA
17h00
FCH2 B-BOY
ESPAÇO HARLEM
18h30
MOSTRA LIVRE
PALCO BRONX
19h30
HIP HOP JÚNIOR, SÊNIOR E AVANÇADO PARTE 2
PALCO BRONX
20h30

12 DE DEZEMBRO (TERÇA)

ATIVIDADE
LOCAL
HORÁRIO
WORKSHOP PELEZINHO
SALA DE DANÇA DO SESC
09h às 10h15
WORKSHOP FABGIRL
SALA DE DANÇA DO SESC
10h30 às 11h45
WORKSHOP CINTIA
TEATRO SESC IRACEMA
09h às 10h15
WORKSHOP EDSON GUIU
TEATRO SESC IRACEMA
10h30 às 11h45
CYPHER
ESPAÇO HARLEM
16h00
SUNSET
NOME CEARÁ – PRAIA DE IRACEMA
17h00
MOSTRA LIVRE
PALCO BRONX
18h30
POPPING BATTLE FINAL
PALCO BRONX
19h00
BATTLE CREW FINAL
PALCO BRONX
20h10

* EPAÇO HARLEM – PALCO EMBAIXO DO PLANETÁRIO.
* PALCO BRONX – ANFITEATRO DRAGÃO DO MAR.
SERVIÇO

7ª EDIÇÃO DO FESTIVAL CEARENSE DE HIP HOP

Mostras Livre e Competitiva l Intervenções Urbanas l Espetáculos l Shows

QUANDO: 09 a 12 de dezembro

ONDE: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Palco embaixo do Planetário e Anfiteatro)

PROGRAMAÇÃO COMPLETA E INSCRIÇÕES WORKSHOPS: Através do site www.fch2.com.br

INFORMAÇÕES: (85) 99984.4704

Programação de dezembro do Jardins Open Mall terá participação de Coral Infantil

 

Iniciando o mês natalino com uma ampla programação de Natal, o Jardins Open Mall segue celebrando com uma atmosfera repleta de bons sentimentos e o verdadeiro sentindo dessa época, que é levar uma mensagem de amor e esperança aos clientes e passantes do Jardins Open Mall.

A partir de quarta-feira (06), às 20h, a banda Mano Braz se apresentará no mall. Na quinta-feira (07), às 20h, o jazz do Hermano Faltz Quartet trará as melhores interpretações do ritmo vibrante e luxuoso das décadas de 40 e 50, durante o Italin Fest, no Geppos – Italiano Contemporâneo. Na sexta-feira (08), às 18h, o Jardins Open Mall traz a banda Vitrola 55, no Happy Friday Geppos.

No sábado (9), às 18h, o Jardins Open Mall receberá a visita do Papai Noel durante o “Música para o Coração”, coral de Natal do Jardins Open Mall & Coisas di Maria. Para compor o grupo, foram convidadas 32 crianças que são clientes da loja Coisas di Maria, com o apoio de um maestro, quarteto de cordas e mais 15 crianças do coral da Duetos Escola de Música. A proposta do grupo é fazer uma reflexão sobre o mundo atual. O que está sendo feito para que ele seja um lugar mais gentil com seus moradores. Na ocasião será apresentada a música “Vilarejo”, interpretada por Marisa Monte. A CiaMix terá também uma participação muito especial durante a apresentação, com personagens temáticos sendo os mestres de cerimônia do evento.

 

 

Programação completa

Quarta-feira (06)

20h – Banda Mano Braz

Quinta-feira (07)

20h – Hermano Faltz no Geppos – Italiano Contemporâneo.

Sexta-feira (08)

18h – Happy Friday Geppos com a banda Vitrola 55.

Sábado (09)

18h – Música para o coração – (Jardins Open Mall & Coisas di Maria)

• Programação de Natal do Jardins Open Mall

Local: Shopping Jardins Open Mall – Avenida Desembargador Moreira, 1011.

Data: De 06 a 09 de dezembro.

Entrada gratuita
Mais informações: 3433-2300 / 3433-1048

Projeto Conexões Sonoras chega à sua sétima edição nesta quinta (30), apresentando as vozes masculinas do Canto da Apá

 

O Centro Cultural Canto da Apá apresenta mais um grande espetáculo. Nesta edição, o Projeto Conexões Sonoras traz as vozes masculinas do espaço: Mayko Fonseca, Paulo Probo, Márcio Juaçaba, Afrânio Soares e Materson Silva, o BatMarteson. As apresentações acontecerão nesta quinta-feira (30), no Foyer do Teatro José de Alencar.  As apresentações começam às 18h e os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro e no Canto da Apá.

Os cantores fazem aula no Canto da Apá e, apesar de não serem profissionais, se esforçam para que a música esteja sempre presente em suas vidas. O repertório da noite foi escolhido a dedo por cada um. Mayko, que é jornalista por profissão e professor de inglês, traz para o projeto três composições próprias que está lançando em um EP. Paulo, que tem formação em turismo, cantará Tom Jobim, enquanto Márcio, empresário, vai apostar em MPB. Já Afrânio, que é engenheiro de TI, cantará sucessos de Geraldo Azevedo, Gilberto Gil e Chico Buarque. O BatMaterson, nome artístico do dentista Materson Silva, vai apostar em sambas variados. Para dar mais emoção à noite, os cantores serão acompanhados por Eduardo Holanda, no violão, e Hoto Junior, na percussão.

 

 

Sobre o Canto da Apá e o projeto Conexões Sonoras

Com sede inaugurada oficialmente em 12 de dezembro de 2016, em Fortaleza, o Centro Cultural Canto da Apá foi idealizado pela cantora, compositora, regente e preparadora vocal, Aparecida Silvino e sua equipe. Hoje, o espaço tem, ao todo, 33 cantores recebendo orientação em técnica vocal, interpretação, gerenciamento de carreira e formação de repertório.

Para que cada cantor tenha o privilégio do primeiro show, o Canto da Apá, em parceria com o Teatro José de Alencar, apresenta toda última quinta feira de cada mês no Foyer do TJA, o Projeto Conexões Sonoras.

O Projeto encerra o ano de 2017 com um encontro de corais no dia 15 de dezembro, às 17:30h, nas escadarias externas do Teatro, onde estarão os corais da SEFAZ, SECULT e o Coral do Canto da Apá, tendo como convidados especiais Léo Pessoa e Maria Gabriela.

 

Serviço:

Centro Cultural Canto da Apá apresenta Projeto Conexões Sonoras
Local: Foyer do Theatro José de Alencar
Dia: 30 de novembro (quinta feira)
Horário: 18h
Ingresso: R$20,00 (inteira) – R$10,00 (meia)
Mais informaçõescantodaapa@gmail.com ou https://www.facebook.com/cantodaapa.

Ministério da Cultura e Fundação Raimundo Fagner apresentam: concerto Renascimento

Foto: Johnson Rocha

A Fundação Raimundo Fagner traz ao público cearense uma ótima oportunidade de conhecer através da música, um dos períodos de maior efervescência cultural européia, o Renascentismo. Por intermédio do concerto Renascimento: cantando histórias entre mitos e paixões, composto por 65 crianças, entre 6 e 13 anos de idade, oriundas, na sua maioria, das escolas públicas de Fortaleza, a plateia poderá desfrutar de uma primorosa releitura da Renascença. O concerto acontece no Foyer do Theatro José de Alencar, às 18h nos dias 25 e 26 de novembro, encerrando dia 29 às 18h noCuca Mondubim.

O concerto renascentista da Fundação Social Raimundo Fagner apresenta 13 peças e ressalta acontecimentos, no âmbito das artes, do período, colocando em evidência a música sacra para coro, música instrumental e o cânone, características musicais da época, através de célebres histórias como Kyrie, de William ByrdJesu Rex Admirabilis, de Giovanni Pierluigi da PalestrinaAllemande, de Claude GervaileGavota, de Michael PraetoriusEl Grillo, de Josquin des Prez e Triste España, de Juan del Encina.

O recital traz consigo histórias, entre mitos e paixões, célebres como Romeu e Julieta, de William Shakespeare, com base nas peças Greensleaves, de autor desconhecido, Romeu e Julieta, de Lindemberg Monroe; Lamento d’amore, de Johnson Rocha; e Orfeu, contada a partir da Toccat e do Prologo da Ópera L’Orfeu, de Claudio Monteverdi.

Por fim, a peça Venid a suspirar al verde prado, do Cancioneiro de Belém, retratando sobre o Brasil renascentista. As encenações lúdicas são feitas por crianças, que, através da Instituição, puderam desfrutar da história da música erudita. A ideia é passar para o público as caracteristicas marcantes do renascimento incluindo não só a música, mas todas as artes do período.

As obras foram adaptadas pelo maestro Eduardo Saboya, músico pós graduado em Arte e Educação para o ensino da música, com experiência nas práticas de regência, canto coral, técnica vocal, flauta doce, violão, percussão e musicalização infantil. Para o maestro todas as etapas aplicadas foram fundamentais para a realização do concerto. Desde o primeiro dia letivo deste ano os educadores se envolveram para ensinar sobre essa época aos alunos, resultando na formação do recital que saiu da sala de aula para apresentação em espaços públicos culturais da cidade.

Serviço:

Local: Foyer do Theatro José de Alencar

Data: 25 (sábado) e 26 (domingo);

Horário: às 18h;

Local: CUCA Mondubim

Data: dia 29 (quarta-feira)

Horário: às 18h;

Entrada gratuita.

Cinema, música, teatro e dança são algumas das atrações do TJA esta semana

Em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, dia 20 de novembro, o Maracatu Nação Iracema apresenta no Jardim do TJA a “Missa Inculturada” na terça (21) às 17h, gratuito, classificação livre*. A apresentação reuni elementos da cultura afro-brasileira em memória da história e da cultura do povo negro, presente no uso das cores, na música, nas danças e na reverência à memória dos antepassados. Ainda na terça o foyer recebe o VII Recital da Vienna Escola de Artes às 19h, gratuito e classificação livre. O evento também acontece na quarta (22), no mesmo horário.

Na quinta (23), é a vez do foyer receber o programa Percursos Instalativos Sonoros do musicista Eric Barbosa às 14h, gratuito e classificação livre.  Já às 16h, o Festival Popular de Teatro de Fortaleza traz à calçada do TJA o espetáculo Imaginário Criador da Trupe Motim de Teatro de Quixeré. O espetáculo dialoga com o teatro, as artes visuais e a música, no intuito de dar vida a um inventor e sua máquina por atores-manipuladores-músicos que ocupam o espaço urbano.

Encerrando a quinta, o Cineclube Morro do Ouro através do projeto O Incrível Cinema De Chaplin exibe o filme Vida de Cachorro (1918, 35 minutos).  O projeto é é uma mostra temática que repousa sobre a obra do cineasta Charles Spencer Chaplin, o tema dessa sessão é A constituição de Carlitos, personagem célebre de Chaplin e contará com a mediação do historiador e psicólogo, Hallyson Alves.

Sexta é dia de Rock

Dia 24, acontece mais uma edição do Ponto.CE no TJA, desta vez em parceria com a casa de show Toca Good Garden. Quem faz o som dessa vez são as bandas Rotten Flies (PB), Pastel de Miolos (BA) e Radix. Ingressos: $10, R$5 (meia), classificação livre.

No sábado (25), o Theatro José de Alencar será palco para a III Edição do Festival Egípcio Libanês do Norte e Nordeste. Um evento que visa proporcionar um intercâmbio entre bailarinos locais, de outras regiões e admiradores dessa cultura tão rica e desconhecida por muitos. A apresentação acontece às 17h e os Ingressos custam R$30 (valor único). Classificação livre.

Fundação Social Raimundo Fagner Apresenta Concerto Renascentistas

Nos dias 25 e 26 de novembro, às 18h, o foyer do TJA recebe o recital Renascimento – Cantando Histórias entre Mitos e Paixões. A apresentação da Fundação Social Raimundo Fagner traz à cena uma releitura primorosa da arte renascentista. Os concertos serão apresentados  por crianças e jovens entre sete a treze anos, que, através da Instituição, puderam desfrutar da história da música erudita, fruto dos estudos musicais da instituição no ano de  2017. Gratuito. Classificação indicativa livre*

Segunda Temporada CPBT

Nos dias 25 e 26/11, a sala de Teatro Nadir Papi Sabóia recebe a segunda temporada das montagens de conclusão do Curso Princípios Básicos de Teatro – turma noite 2016/2017. O espetáculo “Trinta e duas”, conta a história de duas mulheres, Marly e Eunice, que seguem como retas paralelas trilhando caminhos que nos levam a uma jornada pela memória da resistência marginal de Fortaleza. As sessões de “Trinta e Duas” acontecem às 17h e 19h. O ingresso de cada espetáculo custa R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação: 12 anos*

Pauta Aberta Morro do Ouro apresenta “Anlodo: Tambores do Ceará”

Também no sábado, dia 25/11, o programa Pauta Aberta Morro do Ouro apresenta o espetáculo “Anlodo: Tambores do Ceará”. Projeto selecionado na Chamada  de Ocupação do Theatro José de Alencar, é realizado pelo coletivo Raízes do Griô. Em cena, você poderá conferir a caminhada ritualística dos iniciados que exteriorizam o alimento para alma no resgate da ancestralidade via o som dos variados batuques dos tambores. Ingressos R$10 e R$5 (meia), classificação indicativa livre, às 19h, no Teatro Morro do Ouro.

Domingo é dia de Teatro Infantil

A Pauta Aberta Infantil deste mês apresenta o espetáculo “Baú de Munganga”. Serão manifestações e brincadeiras populares integradas a histórias cantadas e faladas que tratam de temas de cunho ambiental, cultural e social. O espetáculo é apresentado pela Cia Trupe Brincante e integra a Chamada de Ocupação 2017 do TJA. Os ingressos estão à venda ao preço de  R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação livre*

E encerrando a programação semanal do Theatro José de Alencar, o palco principal recebe no domingo (26) o ballet La Fille Mal Gardée. Apresentado pela primeira vez em Bordéus, em 1786, conta a história de Lise, filha única de uma viúva fazendeira, que se apaixona pelo camponês Colas, no interior da França, no século XVIII. Ingressos R$30, R$15. Classificação livre.*

Confira a programação completa do TJA no site: www.secult.ce.gov.br

Garage Sounds anuncia mais duas capitais que vão receber o festival em 2018

 

O Festival Garage Sounds se consolidou como um dos maiores festivais de música independente do país e alça voos mais altos. Em 2018, o FGS traz grandes novidades. Além de Fortaleza, o festival chega a mais duas capitais nordestinas: Natal e Recife. Na capital cearense, o público vai poder curtir muita música em duas datas diferentes: nos dias 06 de janeiro e 10 de março.

Em 06 de janeiro, um sábado, os fortalezenses vão poder curtir a primeira edição “Garage Sounds – Only Locals”, que chega com a proposta de fomentar a cena cearense, levando ao público mais de 50 bandas locais em um único dia.

Em março, o festival volta a acontecer em Fortaleza marcado para o dia 10/03 (sábado), na Praça Verde do Centro Cultural Dragão do Mar. Dessa vez, trazendo atrações locais já consagradas na cena cearense como: Damn Youth, Sulamericana e Facada, além de bandas nacionais queridinhas do público como: Scalene, Project46 e Pense.

No dia anterior, sexta-feira, dia 9, o evento acontece em Recife (Pernambuco). Já no domingo, dia 11, é a vez de Natal (Rio Grande do Norte) receber o festival e encerrar o evento com chave de ouro.

O Garage Sounds, é um festival independente que chega para fortalecer o lançamento de tendências e novos artistas locais e nacionais, além de abrir espaço e servir de vitrine aos músicos e bandas que lutam por um espaço no mercado tão concorrido, como o musical.

Serviço:

FORTALEZA – LOCALS ONLY | 06 DE JANEIRO

Evento: Festival Garage Sounds (50 atrações | Somente bandas locais)

Quando: 06 de janeiro de 2018

Horário: 14 horas

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Meia: R$ 20,00.

Entrada social: R$ 20,00 + um livro.

Combo | Meia Locals Only + Garage Sounds (10/03/18): R$ 65,00.

Ponto de venda: Lojas Clikks dos Shoppings RioMar Fortaleza, Iguatemi, Benfica e Parangaba.

Compre online: bit.ly/GSLocalsOnly

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

Redes sociais: @garagesounds; www.facebook.com/garagesoundsfestival/.

 

EDIÇÃO RECIFE: 09 DE MARÇO

Evento: Festival Garage Sounds | Recife (Pernambuco)

Quando: 09 de março de 2018

Horário: 16 horas

Local: Baile Perfumado

Compre online: bit.ly/PrevendaGSrecife

Valores pré-venda:

R$30,00 Meia

R$35,00 Inteira Social (Ingresso + um kg de ração ou 1 livro em bom estado)

R$60,00 Inteira

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

 

EDIÇÃO FORTALEZA: 10 DE MARÇO

Evento: Festival Garage Sounds (Bandas locais e nacionais)

Quando: 10 de março de 2018

Horário: 14 horas

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Meia: R$ 50,00

Entrada social: R$50,00 + a doação de um livro.

Ingressos disponíveis nas lojas Clikks Eyewear a partir de sexta

Compre online: http://bit.ly/ingressosGS18

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

 EDIÇÃO NATAL: 11 DE MARÇO

Evento: Festival Garage Sounds | Natal (Rio Grande do Norte)

Data: 11 de março de 2018

Horário: 13 horas

Local: Arena das Dunas

Compre online: bit.ly/prevendaGSnatal

Valores pré-venda:

R$35,00 Meia

R$35,00 Meia Social (Ingresso + um kg de ração ou 1 livro em bom estado)

R$70,00 Inteira

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

Secult realiza programação especial alusiva ao Dia da Cultura , 5 de novembro

No próximo dia 5 de novembro se comemora o dia da cultura. Com o objetivo de celebrar a data, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) preparou, nos seus equipamentos, uma programação especial para receber o Mês da Cultura. Ações acontecem, principalmente, no Theatro José de Alencar e no Cineteatro São Luiz. As atividades são gratuitas e a preços populares.

“Cultura é no mínimo dois, disse certa vez Gilberto Gil, portanto só podemos pensar em fazer cultura no plural. Na nossa relação com o mundo e como outro. É o ser e estar no mundo. É o se relacionar e perceber este mundo. Domingo, 5 de novembro, é uma data muito importante, porque a gente está comemorando tanto aqueles que fazem a arte (o fazer artístico cultural), como também a sociedade como um todo, que recebe e frui intensa e vive o mundo a partir desta relação, deste encontro com a cultura. Viva a arte que é liberdade, trincheira, resistência, é sementeira, que transforma, que resignifica e tem potência”, afirma Fabiano Piúba, secretário da Cultura do Ceará.

De Fora pra dentro

No dia 3 de novembro, em parceria com o grupo As 10 Graças de Palhaçaria, o São Luiz privilegia a rua e reúne na Praça do Ferreira, um dos principais palcos de Fortaleza, diversas expressões artísticas de múltiplas linguagens e estéticas da arte e da resistência cotidiana em Fortaleza. As atividades do dia iniciam, às 12h30, com Teatro de Bonecos do Circo Tupiniquim; segue com a peça “Conversa de lavadeiras” da Trupe Caba de Chegar; e Sarau Palavras e Resistência com Edivaldo Ferrer, Yasmim Queiroz, Felipe Firmino, Alisson Thag e Livia Maria.

Isso, sem falar na “Rua de todo o dia” que, constituindo o imaginário da cidade, revela os grandes nomes que fazem da rua um lugar de efervescência artística e cultural. A mostra será guiada pela dançarina Maya, apresentando nomes que habitam a praça há pelo menos 15 anos: o Palhaço Coloral e seu parceiro Ronaldo, o artista Eduardo Show da Vida, o malabarista cearense Robert e o chileno radicado cearense Rafael Sudaka.

E não para por aí, a programação também inclui a Instalação “No Olho da Rua: partilhas do sensível na madrugada”, com registros da artista Lissa Cavalcante; Mostra Galpão com os grupos “As 10 Graças de Palhaçaria”, “Cia. Ponto”, “Coletivo Os Pícaros Incorrigíveis”, “Grupo Fuzuê” e “Cia CLÊ e Inquieta Cia”; Intervenção urbana “Vendedor de amor” de João Victor; “O Riso e o Som” com “Clube da Babananas” com Rayane Mendes e Igor Cândido, “Yeah” de Maurício Rodrigues, e Batuque de ODE dos Tambores de Safo.

Fechando a programação do dia no Cineateatro São Luiz, o Curta Mais Teatro apresenta “Três Travestis”, com Silvero Pereira, do Coletivo Artístico “As Travestidas”. Os ingressos podem ser adquiridos a preços populares, sendo: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

No dia 4 de novembro quem se apresenta no Cineteatro São Luiz é Silva Moura com o espetáculo teatral “À Beira de…”. A entrada é gratuita e limitada a 80 lugares (público sobre o palco).

Fechando a programação alusiva ao dia da cultura no Cineteatro São Luiz, no dia 5 de novembro, às 18h, o São Luiz recebe João do Crato e Luiz Fidélis. Os ingressos podem ser adquiridos a preços populares, sendo: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

João do Crato é personalidade preciosa da cultura do Cariri. Conhecido por ser audacioso, talentoso e dono de uma interpretação visceral, o músico resgata em seu repertório grandes nomes da MPB como Marinês e Adoniran Barbosa, além dos grandes nomes da música feita no Cariri, como Abidoral Jamacaru, Pachelly Jamacaru e Geraldo Urano, entre outros. Em suas apresentações, João mistura simbolismo, ritmo e dança.

Luiz Fidelis, por sua vez, é cantor e compositor regional. Versátil, não deixa nada escapar da sua visão de poeta. Com mais de 200 músicas gravadas, seu nome é sempre lembrado quando o assunto é Forró. Fidelis está presente no repertório de grandes nomes da música popular Nordestina, como Elba Ramalho, Marinês, Mastruz com Leite e Frank Aguiar, entre outros.

TJA

O Theatro José de Alencar também traz programação especial. No dia 5, acontece, de 15h às 20h, um “Ato pela liberdade da Arte”, com programação variadas com teatro, dança e música, um palco aberto para receber atores e atrizes. Uma ação realizada
em parceria com o Fórum de Teatro que contará com apresentações de artistas de diversas linguagens com palestras, discussões e debates sobre a liberdade de expressão hoje no Brasil.
Programação Completa – TJA e Cineteatro São Luiz

DIA 03/11 | SEXTA-FEIRA – Cineteatro São Luiz

[DIVERSAS LINGUAGENS] Dia da Cultura: arte como campo de resistência

12H30 [TEATRO DE BONECOS] Curta São Luiz:  “Lutas e Paixões de Mateus, O Topador de Boi”, com o Circo Tupiniquim

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall do Cineteatro São Luiz (Foyer).

As Lutas e Paixões de Mateus o Topador de Boi, espetáculo de mamulengo, popular, jocoso, mostra as aventuras de um dançador de boi que se vê impedido pelas autoridades “competentes” de realizar sua brincadeira, enquanto Mateus vai arranjando um meio de driblar a situação e dançar seu boi, procura envolvimento com o público no intuito de arranjar uma namorada, tudo isso a base de muito humor e muito riso típico do boneco popular nordestino.

13H20 | Conversa de lavadeiras com a Trupe Caba de Chegar

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira.

Texto de Robson Araújo, o espetáculo é a reafirmação do riso na rua. Conta a história de três lavadeiras que têm muita disposição para o trabalho, para a fofoca e o despeito. Entre “bacias e sabões” vão lavando a maior mazela da atualidade que é a apropriação do alheio, a cobiça, a inveja.

14H | Sarau Palavra e Resistência

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall de entrada do Cineteatro São Luiz.

A poesia tem se mostrado cada vez mais forte na cidade, saraus brotam quase todos os dias e se firmam nas periferias de Fortaleza, ocupando também o centro e as praças da cidade buscando ainda mais integrar a linguagem das ruas por meio da poesia falada num único espaço: a poesia oral, a arte de rua e a performance. Sendo assim, espaços para livre experimentação poética, em que o microfone é aberto para o público. Os poetas Edivaldo Ferrer, Yasmim Queiroz, Felipe Firmino, Alisson Thag e Livia Maria irão embalar o microfone com suas produções.

14H20 | Rua de todo dia

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira.

A Praça do Ferreira é um dos principais palcos da cidade de Fortaleza, historicamente os artistas de rua tem feito desse lugar um grande acontecimento poético, constituindo o imaginário da cidade e revelando os grandes nomes que fazem da rua um lugar de efervescência artística e cultural. A mostra será guiada pela dançarina Maya, apresentando nomes que habitam a praça há pelo menos 15 anos, o Palhaço Coloral e seu parceiro Ronaldo, e o artista Eduardo Show da Vida. O malabarista cearense Robert e o chileno radicado cearense Rafael Sudaka trazem o circo e o malabarismo das ruas em performances que desafiam a gravidade.

14H30 às 18H | Instalação No Olho da Rua: partilhas do sensível na madrugada

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall de entrada do Cineteatro São Luiz.

Os devires se definem em um campo de multiplicidade, desdobramento da diferença, onde as forças que constituem o corpo entram em uma zona de vizinhança, fronteiriça. Os registros da artista Lissa Cavalcante constituem o olhar da partilha, da troca e do encontro em um dos principais palcos da cidade, a Praça do Ferreira, que durante três madrugadas abriu suas “portas” e recebeu o Grupo As 10 Graças de Palhaçaria, onde o instante se tornou outro, e os corpos ganharam vida, dando lugar a histórias, olhares e laços que se constituem através da arte.

16H | Mostra Galpão

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall de entrada do Cineteatro São Luiz.

Um território em ruínas para se reerguer com toda a sua força. O Galpão da Vila é um espaço de fruição, formação, residência e resistência artística localizada no Benfica, sede dos grupos As 10 Graças de Palhaçaria, Cia. Ponto, Coletivo Os Pícaros Incorrigíveis, Grupo Fuzuê e Cia CLÊ e Inquieta Cia. De Teatros. A mostra Galpão surge da união e do atravessamento entre as estéticas e poéticas desses grupos, que habitam a cidade entre o teatro, a rua e o circo contemporâneo em uma deriva de números, performances e outros surgimentos dessa potente mistura.

16H20 | Vendedor de amor

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira e ruas do Centro.

Intervenção urbana criada em 2014 pelo palhaço, performer e psicólogo João Victor, o trabalho é resultado de uma pesquisa continuada entre as poéticas da performatividade e a arte da palhaçaria, tendo a rua como local de experimentação, o vendedor de amor atravessa as ruas da cidade com sua mercadoria, bem as vezes tido como precioso, as vezes desvalorizado. O encontro e a troca fazem parte das relações abordadas na performance e o que acontecer quem diz é o cliente.

O Riso e o Som

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira.

17H10 | Clube da Babananas

Fechando a programação do dia, uma transa entre música e palhaçaria. O “Clube da Babananas” é construído em uma perspectiva moderna da bufonaria, é a ruptura das convenções amorosas. Desenvolvido pelo casal de palhaços Rayane Mendes e Igor Cândido, o número explora a sintetização do romantismo e o grotesco, gerando assim, um misto de sensações em seu público. O espetáculo resgata o humor ácido e burlesco dos cabarets europeus associado à palhaçaria cearense, trazendo à cena um casal que não hesita em compartilhar suas mais secretas intimidades, resultando em uma proposta moderna e hilariante.

17H40 | Yeah – Maurício Rodrigues

Um palhaço rock star, rock and roll, trocando rock por moedas, por miúdos, um rock de uma nota só. Um pedaço, um momento, rock bamba. Samba de um palhaço só. Só um palhaço, um pedaço, um momento…um momento…um momento. Utilizando instrumentos musicais como: Ukulele, baixo e bateria, Palhaço Batuta constrói o seu singelo show de rock. Transformando uma praça em um mega palco com direito à show pirotécnico.

18H10 | Batuque de ODE – Tambores de Safo

Composto por 22 batuqueiras, com alfaias, caixas, repiques, abês e agogôs, o Batuque de ODE é uma proposta de cortejo que nasceu através de oficinas de percussão realizadas pelo Grupo Tambores de Safo, com o apoio Tambor para Mulher. O grupo passeia por ritmos como o samba afro, samba de roda, coco, maracatu cearense e músicas da cultura popular.

19H [TEATRO] Curta Mais Teatro: “Três Travestis”, com Silvero Pereira, do Coletivo Artístico “As Travestidas”.

Entrada:  R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia). Classificação: 16 anos. Local: Cineteatro São Luiz. Duração: 70min. Direção: Silvero Pereira. Elenco: Silvero Pereira (Gisele Almodóvar), Rodrigo Ferrera (Mulher Barbada) e George Hudson (Betha Houston).

O Coletivo Artístico As Travestidas inova trazendo Gisele Almodóvar, Mulher Barbada e Betha Houston em um show com um repertório que vai de Caetano Veloso a Nina Simone. O espetáculo que integra a programação especial do Cineteatro São Luiz no mês em que se comemora o dia da cultura acontece no dia 3 de novembro, às 19h. Os ingressos podem ser adquiridos a preços populares, sendo: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). “Três travestis” dividem o palco com quatro músicos para cantar as dores e alegrias de ser quem são. Dirigido pelo ator e dramaturgo Silvero Pereira, que viveu o personagem “Nonato” na novela global “A força no querer”, o espetáculo cênico-musical é um show inspirado na música homônima de Caetano Veloso.

DIA 04/11 | SÁBADO – Cineteatro São Luiz

19H [TEATRO] Curta Mais Teatro: À Beira de… , com Silvia Moura

Entrada: Gratuita (limitada a 80 lugares – público sobre o palco).

Local: Cineteatro São Luiz (Palco). Classificação: Livre. Duração: 40 minutos.

Um estado… momentâneo ou não. Estarrecedor. A necessidade de estancar para daí conseguir falar sobre algo ou sobre uma sensação causada por várias insatisfações. O desejo do nada se estabelecendo por ter tantos cúmulos… Sons de coisas caindo no chão, estilhaços, imagens de mãos segurando algo que… quase caiu. Um processo irreversível de extinção. Esse trabalho trata da busca por um estado de presença que estabeleça com o público uma relação de casualidade. O público ilumina o espetáculo, e é levado a procurar um lugar para conseguir ver o trabalho da forma que lhe for menos arriscado. É proposto ao público segurar objetos que podem cair, escolher um lugar para ficar, escolher que parte deve ser iluminada do trabalho, a interação direta com o público é parte da composição do trabalho.

DIA 05/11 | DOMINGO – Cineteatro São Luiz

18H [MÚSICA] Duo com Luiz Fidélis e João do Crato

Entrada: R$20,00 (inteira) / R$10,00 (meia) . Classificação: Livre. Local: Cineteatro São Luiz. Duração: 90min.

DIA 05/11 | DOMINGO – Theatro José de Alencar

15H às 20H
ATO PELA LIBERDADE DA ARTE
Jardim – Gratuito
Em comemoração ao Dia Mundial da Cultura, o Theatro José de Alencar e o Fórum de Teatro um ato pela liberdade da arte. E contará com apresentações de artistas de diversas linguagens com palestras, discussões e debates sobre a liberdade de expressão hoje no Brasil.

Fran e Diego, Pagode Mais ou Menos e DJ Sandiego inauguram domingos musicais do Complexo Food e Music

 

 

 

As tardes de domingo em Fortaleza vão ganhar uma nova programação. Vem aí o Complexo Food & Music; um ambiente familiar que vai unir o melhor da gastronomia dos food trucks com boa música. E o pontapé inicial das tardes musicais será neste domingo (5), às 16h, ao som da dupla Fran e Diego, que vai levar ao público os sucessos do sertanejo universitário. O Pagode Mais ou Menos comanda a roda de samba, e o funk fica por conta do DJ San Diego.

O Complexo Food & Music tem capacidade para atender até 1000 pessoas sentadas. O valor do ingresso custa R$10 e crianças até 10 anos de idade não pagam.

 

Serviço:

Atrações: Fran e Diego e DJs locais.

Data: Domingo, 5 de novembro

Local: Complexo Food & Music (Rua Marvin, 460 – Parque Manibura)

Horário: 17 horas

Classificação: Livre

Valor: Ingresso/Couvert: R$ 10 (Crianças até 10 anos não pagam)

Vendas: No local

Informações: 85 9 9765.4531 

Garage Sounds confirma data e anuncia pré-venda

 


O festival de rock Garage Sounds já tem data para a sua terceira edição: dia 06 de janeiro de 2018. O evento, que já está firmado no calendário roqueiro da cidade, traz cerca de 40 bandas em mais de 12 horas de festa. Nesta  edição, serão montados quatro palcos na Praça Verde do Dragão do Mar.

 

O Garage Sounds segue o modelo de festivais americanos e europeus de “rock fair”. Com o line-up ainda para ser anunciado, a organização promete seguir a fórmula de trazer atrações de renome nacional, e dar espaço para as melhores bandas da cidade. Na 2ª edição, o festival contou com nomes conhecidos na música nacional como Fresno; DeadFish; DFC e Dance ofDays, além de banda estabelecidas na cena local com MadMonkees; SiegeofHate;  DamnYouth e Jack The Joker.

 

A pré-venda de ingressos já está disponível pelo site ingressando.com.br e podem ser adquiridos pelo preço especial de lançamento a partir de R$ 35,00. A entrada dá acesso aos quatro palcos e a todos os espaços do evento como a Galeria Garage Sounds, setor onde o púiblico vai encontrar artigos relacionados à cultura do rock. Maiores informações serão publicadas em GarageSounds.com.br e nas redes sociais do evento.

 

O lado social sempre esteve presente nas edições do Garage Sounds. Mais uma vez, o festival fez parceria com a ONG Abrace, que trabalha na área de proteção animal, com objetivo de estimular a posse responsável de animais domésticos. A entrada social custa – na pré-venda – R$35,00. Ao adquirir este tipo de ingresso o comprador deverá doar na entrada do evento 1 kg de ração ou um livro em bom estado.

 

 

Serviço:

Evento: Festival Garage Sounds

Data: 06 de janeiro de 2018

Horário: 14 horas

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Ingressos:

Meia especial pré-venda: R$ 35,00.

Entrada social pré-venda: R$ 35,00 + doação de 1kg de ração ou um livro em bom estado a ser entregue no dia do evento.

Inteira pré-venda: R$ 70,00.

Informações: 85 9 9868.9843|garagesounds.com.br.

Redes sociais: instagram.com/garagesounds (@garagesounds); www.facebook.com/garagesoundsfestival/

Mona Gadelha apresenta show “Praia Lírica” em Tributo à canção Cearense dos anos 70, dia 29, no Cineteatro São Luiz

 

A partir de um mergulho afetivo e ousado na canção cearense que emergiu nos anos 1970 e causou impacto na MPB, perpetuando a geração “Pessoal do Ceará”, a cantora e compositora Mona Gadelha concebeu o disco Praia Lírica, um tributo à canção cearense dos anos 70. Acompanhada por Fernando Moura, um dos mais conceituados pianistas em atividade no país, Mona Gadelha apresenta a obra no Cineteatro São Luiz, no dia 29 de outubro, às 18h.

 

O espetáculo também conta com a participação do guitarrista Mimi Rocha e o multi-instrumentista Herlon Robson. Os ingressos já estão à venda com preços populares, sendo 20,00 (inteira) e 10,00 (meia).Lançado em 2011 com shows em Fortaleza, Rio e cidades de São Paulo, além da capital, Praia Lírica, como previa Gilmar de Carvalho, tornou-se atemporal, e abriu caminho para a pesquisa de um repertório rico em preciosidade poética e que surpreende a cada nova leitura.

 

Um repertório escrito por Ednardo, Belchior, Fagner, Rodger Rogério, Ricardo Bezerra, Brandão, Petrúcio Maia, Fausto Nilo, Augusto Pontes, Caio Silvio e Graco Braz – todos representados com suas canções pela voz de Mona e o piano de Fernando.Praia Lírica é o quinto disco da cantora e compositora, que a lançou no desafio de interpretar somente outros autores em um trabalho que levou o músico e crítico Aquiles Reis, do MPB4 a escrever: “ Apesar de ser conhecida como musa do rock, da turma do Ceará, Mona Gadelha, em seu quinto disco, se propôs o desafio de cantar músicas de compositores cearenses , seus conterrâneos desde a cena musical dos anos 1970 e 1980, acompanhada apenas de piano. Mas se engana quem acha que com isso ela deixou de lado sua verve roqueira …Lá está ela intacta”.

 

O show traz músicas como “Noturno” (Caio e Graco Silvio), “Paralelas” (Belchior), “La Condessa” (Ricardo Bezerra, Brandão e Ribamar), “A Manga Rosa” (Ednardo) e “Astro Vagabundo” (Fagner e Fausto Nilo), entre outros clássicos do cancioneiro cearense e surpresas que a cantora prepara para o público do Cineteatro São Luiz.

 

 

Serviço:

Evento: Mona Gadelha apresenta o show “Praia Lírica” em Tributo à canção Cearense dos anos 70Duração: 60 minutosData: 29/10/2017Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro)Ingressos: R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia)Venda sem taxas de conveniência: Bilheteria do Cineteatro São Luiz Fortaleza (Endereço: Rua Major Facundo, 500. Centro – Fortaleza – CE). De terça a sábado, de 10h às 18h30.Venda com taxa de conveniência no site da Tudus: http://www.tudus.com.br/evento/cineteatro-sao-luiz-praia-liricaClassificação indicativa: Livre

Filmes, música, teatro e formação são algumas das atrações desta semana no Theatro José de Alencar

 

 

Com atividades que iniciam na quinta-feira (05), o Theatro José de Alencar traz uma semana de filmes, muita música de qualidade e formações artísticas resultantes da Oficina Costumer Designer Vivencial, que conta com a Participação da Orquestra de Câmara Villa Lobos. Além destas ações, a programação inclui a visita guiada ao teatro e destaques para os projetos de audiovisual que integram a Chamada de Ocupação do TJA.

O ponto de partida é o Cine Morro do Ouro, atividade de audiovisual que ocorre nesta quinta, 5/10, às 17h30, trazendo nesta edição o filme “Da Janela Lateral”, de Natércia Rocha. A exibição tem entrada gratuita, e classificação indicativa livre, podendo ser conferida no Teatro Morro do Ouro. O filme “Da Janela Lateral” aborda a solidão das grandes cidades, através de registros feitos do 9º (nono) andar do Edifício Paraguaçu, localizado no cruzamento entre as ruas Pedro I e Sólon Pinheiro, no centro de Fortaleza. O documentário de quinze minutos é dividido em três dias e duas noites, onde estão condensados fragmentos do dia a dia e suas contradições.

Ainda na quinta, às 19h o projeto Conexões Sonoras apresenta Allicya Guimarães e o Coral Do Canto da Apá em um belíssimo tributo a Wilson Simonal. Acompanhados de Eduardo Holanda e Hoto Júnior, Allicya e o Coral prometem uma noite de muita qualidade musical, em única apresentação no Foyer do TJA, com ingressos ao preço de R$ 20 e R$ 10 (meia), e classificação indicativa livre. A história de amor entre a Índia Iracema e o Guerreiro Martim ganha o palco do TJA em estreia teatral

Quinta também é dia de estreia do musical Iracema dos Lábios de Mel, às 19h, no Palco Principal do TJA. Trata-se de uma Livre adaptação do dramaturgo Ilclemar Nunes para a obra de José de Alencar, que conta a história de amor entre a Índia Iracema e o Guerreiro Branco Martim Soares, do qual floresce o brasileiro fruto da miscigenação: o mameluco Moacir. O musical tem a direção de Ilclemar Nunes, elenco totalmente cearense e mostra de forma visceral o amor, as guerras, a paixão, a amizade e os ritos dos índios que habitaram o Ceará. Com classificação indicativa de 14 anos, o espetáculo segue em cartaz de 5 a 7/10, às 19h e no domingo, 8/10, às 18h30. Os ingressos estão à venda na Bilheteria do TJA ao preço de R$ 30 e R$ 15 (meia). Classificação Indicativa: 14 anos.

 

 

Sexta de Música com Ponto.Ce no TJA

Uma das acões do maior festival de artes integradas do nordeste e que também vem se consolidando ao longo dos anos no calendário nacional de festivais independentes, o Ponto.CE recebe esta semana as bandas autorais Casa de Velho, Behú e Indiada Buena. A atividade tem por objetivo promover a interação de artistas cearenses com nomes de outros estados e países e ocorre sempre às 18h, das sextas-feiras, na Praça Pedro Boca Rica.

 

Formação Artística em destaque

Integrando o processo de conclusão da oficina de introdução e desenvolvimento de técnicas básicas em design aplicado à indumentária com vivência cênica, a partir das peças que compõem o acervo de figurino do Theatro José de Alencar, será realizada neste sábado 7/10, às 17h, no Pátio Nobre do TJA a apresentação resultante da Oficina Costumer Designer Vivencial. A atividade conta com participação especial da Orquestra de Câmara Villa Lobos. Para participar basta doar 01 kg de alimento não perecível.

Ainda no sábado, 7/10, às 19h, será apresentado no Teatro Morro do Ouro o Pauta Aberta, o Espetáculo “COMO ELE MENTIU PARA O MARIDO DELA”. Em pauta, uma cena curta escrita pelo autor irlandês Bernard Shaw, prêmio Nobel de literatura em 1925. Em atrito com este texto, que conta com uma estrutura dramática tradicional, a montagem opera com elementos característicos da pop art, assim como o exagero de emoções, citando a estilos teatrais como a do melodrama, entre outras referências que operam intertextualmente nesta cena curta.

A música ganha destaque também no sábado, às 19h30, e no domingo (8/10), às 17h30, no espetáculo CANÇÕES EM TECHNICOLOR, apresentado pelo Coral Folk, na Sala de Teatro Nadir Papi Sabóia. Criado em 2013, como um quarteto feminino com repertório de música folk, com foco na estadunidense, o projeto retomou as atividades em 2016 sob a forma de coro feminino. Nesta edição, destacará a voz e a presença da mulher como contadora e cantadora das histórias e poesias da música “folk. O espetáculo leva a direção de Carlos do Valle. Ingressos a R$ 20 e R$ 10 (meia). Classificação Indicativa: Livre.

 

 

Domingo é dia de Teatro Infantil

Pensada para o público infantil, a Pauta Aberta deste domingo, às 16h, apresentará gratuitamente o espetáculo infantil “POR ONDE AS LINHAS TORTAS SE ENCONTRAM, no Teatro Morro do Ouro. Em cena uma história de 2 clowns que se encontram, inesperadamente, após um desses fazer uma grande bagunça sozinho na cena. Nesse encontro uma conflituosa, engraçada e criativa relação dos dois se inicia, causando um grande alvoroço e confusão na cena. O grande barato é que a plateia também participa dessa grande emoção.

Confira a programação completa do TJA no site: www.secult.ce.gov.br

Mossoró conta com mais uma edição do Fest Bossa & Jazz

 

 

 

Nomes consagrados e novos expoentes da música local, nacional e internacional ocuparão a “Estação das Artes Elizeu Ventania” nos dias 22 e 23 de setembro, em Mossoró, no Estado do Rio Grande do Norte. O espaço será palco da edição 2017 do Fest Bossa & Jazz realizado pela Juçara Figueiredo Produções, que preparou uma programação diversa e totalmente gratuita.

O Festival conta com as prévias que veem dando um clima jazzístico e musical à cidade sempre às quintas desde 31 de agosto passado, quando a  Desert Blues difundiu o gênero em Mossoró. Ela é tida como a única banda autêntica de blues na cidade. Já, no dia 07 de setembro, o grupo Monxoró apresentou-se com toda a sua essência nos instrumentos de metal e base rítmica. E, no dia 14 deste mês, a contagem regressiva ficou com a sonoridade ousada e cheia de musicalidade da Frequência 2, formada por Anderson Lima e Gustavo Almeida. Eles misturam estilos como pop, jazz, blues, soul, reggae e samba-rock.

A última prévia que antecederá o evento acontecerá no próximo dia 21 de setembro. A primeira aconteceu, com exceção, na quarta-feira, 23 de agosto, durante o lançamento do Festival e, quem cantou na noite deste dia, foi a cantora e instrumentista cearense, Gabriela Mendes. Todas as prévias são realizadas no Restaurante Virgulino do Thermas Hotel e Resort, que fica em Mossoró, cidade que atrai anualmente, uma quantidade considerável de turistas.

Um dos mais importantes eventos do calendário cultural anual do Rio Grande do Norte, o Fest Bossa & Jazzacontece desde 2010 com assinatura de Juçara Figueiredo Produções, apoio da Prefeitura Municipal de Mossoró, patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, recursos da SETUR e EMPROTUR por meio do Governo Cidadão e Grupo Banco Mundial. Em Mossoró, o evento conta com a promoção da TCM.

 

 

 

Oficinas e Workshops

Nos dias 21 e 22 deste mês, acontecerá em dois horários, 8 e 14 horas, na Escola de Artes de Mossoró, a oficina “Construção de Instrumentos com Materiais Recicláveis”. Os ministrantes são o músico e artesão Alexandre Ferro e a assistente Adriana Freitas que ensinam crianças e adultos a confeccionarem diversos instrumentos musicais com materiais recicláveis, a exemplo de bobinas de papelão, garrafas plásticas e tampinhas.

Além das oficinas, serão realizados nos mesmos dias e local, Workshops voltados para estudantes e músicos que buscam conhecimento e aprimoramento das técnicas musicais. O primeiro será de guitarra com o angolano Nuno Mindelis, um dos melhores guitarristas de blues pela Downbeat. E, o segundo, de Arranjo, com o renomado arranjador e pianista Fernando Merlino. As vagas para oficinas e workshops são limitadas e podem ser feitas na Escola de Artes.

 

 

 

Os Shows

O aquecimento para os esperados shows acontecerá às 19 horas do dia 22 deste mês, na Praça de Convivência de Mossoró, com o cortejo da Street Band (RN) que levará o público até o palco, onde às 20h, será a abertura oficial do Festival com apresentação da Filarmônica Monsenhor Honório composta por 50 integrantes. Todos sob a regência de Damião Senna.

Já às 21h30, haverá o Tributo a Emílio Santiago com Marcos Lessa e Alan Barboza. Na direção musical, o arranjador e pianista carioca Fernando Merlino que tocou durante anos ao lado de Emílio Santiago. Hoje, Merlinoé  diretor musical da Leny Andrade. Completando o time de feras no Tributo, estarão os potiguares Alex Magno (baixo), Anderson Lima (guitarra) e Gustavo Almeida (bateria).

E, para fechar a noite de sexta com autenticidade, quem está programado para subir ao palco, às 23h, é o angolano Nuno Mindelis, eleito pela Revista Guitar Player, o melhor guitarrista de Blues quando venceu o 30th Anniversary Guitar Player Competition. Nuno promete agitar a plateia com o seu expressivo e criativo Blues.

No sábado, 23 de setembro, último dia do Festival, a Orquestra Sanfônica de Mossoró fará às 20 horas, no palco do Elizeu Ventania, uma apresentação especial e marcante ao lado da cantora e intérprete da cidade,Dayanne Nunes. Na sequência, às 21h30, o cantor Sueldo Soares (RN) convidará Sandra de Sá (RJ). Sem dúvida, um encontro entre duas potências musicais que farão uma apresentação eletrizante entre a MPB e o Black Music.

Para finalizar, às 23h, o Fest Bossa & Jazz ficará com o americano, J.J. Jackson que será acompanhado porGustavo Cocentino e Blue Mountain. O músico apresentará algumas de suas canções autorais e clássicos como “Stand By Me”. Com carreira solidificada no Brasil, Europa e EUA, o bluesman já teve canções em trilhas de novelas como “Bebê a Bordo”, “Vamp” e “Rainha da Sucata”. O músico, além de ter uma pegada Soul/Blues, também “empresta” seu timbre e carisma para importantes campanhas publicitárias.

E, para o público que não quer se despedir do clima do Fest Bossa & Jazz, logo após os shows no palco, serão realizadas nas duas noites, no Birra Nordestina, a  Jam Session que reunirá músicos e curiosos para apresentações cheias de irreverência e de improvisação. Esse é o festival que alia música e aprendizado.

 

 

ISABELLA TAVIANI APRESENTA SHOW EM FORTALEZA EM OUTUBRO

 

 

 

Recife e Fortaleza recebem, neste mês de outubro, a cantora Isabella Taviani, em um espetáculo ousado para curtir a intimidade como o público fiel que acompanha a sua caminhada de cerca de 13 anos. Na capital cearense, o show é dia 20, no Teatro RioMar Fortaleza e 21, no Teatro RioMar Recife.

Nesse espetáculo, Isabella será acompanhada pelo tecladista Marco Brito e pelo violonista e guitarrista Felipe Melanio. No repertório do show estão aqueles sucessos que todo mundo sabe cantar como “Luxúria”, “Sentido Contrário”, “De Qualquer Maneira”(mais conhecida como “Peixinho”), “Digitais”, “Último Grão”,“A canção que Faltava”, entre outras.

Filha de pianista clássica e neta de cantor de ópera, Isabella Taviani cursou canto lírico por seis anos e, desde então, desenvolve um estilo que cativa a todos pela força e melodia envolvente de suas composições. Ela se orgulha de dizer que os alicerces de sua carreira foram construídos sobre uma base sólida de fãs: “Nunca fui nenhuma queridinha da imprensa, nem tenho minha cara estampada em jornais ou TV’s todos os dias. Portanto, quem divulga e sustenta minha carreira são estes fãs fiéis que tenho tanto orgulho de preservar.”

“Esse show surgiu da necessidade que senti para fazer o público voltar pra casa tendo ouvido quase todas as canções que esperava ouvir num show meu. No camarim, sempre há muita cobrança: faltou aquela música! Porque você não cantou a que eu amo? Bem, se eu conseguirei essa proeza? Só indo aos shows para descobrir!”

 

Classificação: Livre
Duração: 90min.

ISABELLA TAVIANI

FORTALEZA (CE)

Dia 20 de outubro

Sexta-feira, às 21h

Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE)
www.teatroriomarfortaleza.com.br

 

INGRESSOS:

Setor Valor  Meia-Entrada
Plateia Alta R$ 80,00  R$ 40,00
Plateia Baixa B R$ 100,00  R$ 50,00
Plateia Baixa A R$ 120,00  R$ 60,00

 

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

 

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Ingresso Rápido: 4003-1212

www.ingressorapido.com.br

 

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 –

Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das

12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o

início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

Orquestra Filarmônica do Ceará faz homenagem a Fagner, Belchior e Ednardo

 


A Orquestra Filarmônica do Ceará apresenta mais um grande espetáculo. Depois dos tributos a Luiz Gonzaga e Elvis Presley, chegou a vez da OFCE a prestar homenagem a três grandes ídolos cearenses: Fagner, Belchior e Ednardo. A noite especial está marcada para quinta-feira (31), no Teatro José de Alencar. O concerto começa às 19h30 e os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro.

A Orquestra Filarmônica do Ceará  surgiu em maio de 1998, em reunião na casa da mãe de seu criador, o maestro Gladson Carvalho; com o intuito de reunir os melhores músicos do Ceará em um trabalho ousado, promovendo formação de plateias, laboratório profissionalizante, geração de trabalho e renda para cerca de 70 profissionais da música.

A OFCE tem contribuído para conter a constante demanda de talentos musicais que o estado perde e ainda perde para outras terras, devido à falta de incentivos e recursos para manter-se em atividade. A OFCE é um sonho realizado, em concertos de porte nacional e internacional, além de duas óperas, O Cientista e O Jesuíta.

Assim como as filarmônicas do mundo inteiro, a Filarmônica do Ceará é mantida pela iniciativa privada, mediante doações, patrocínios e projetos culturais, e recentemente lançou o Projeto Sócio Contribuinte, nas categorias Estudante, Professor, Empresário e Empresa, que dá direito aos associados a entrada gratuita nos concertos e shows, e a compra de CDs e DVDs, acesso a aulas de flauta, violino, viola, violão e piano com 50% de desconto.

Atualmente com 19 anos, a OFCE tem trilhado um caminho desafiador para continuar existindo. A sensibilização dos empresários é urgente, a fim de que esse projeto continue semeando talentos e colhendo maravilhosos frutos em prol da harmonia entre corpo e espírito.

A OFCE tem o apoio da D&E Entretenimento.

 

SOBRE SERRÃO CASTRO

Serrão Castro iniciou na música ainda criança, apresentando-se em festividades escolares. Aos 15 anos, como compositor, passou a participar dos festivais de música.

Em 2000 grava o álbum Palavras no Varal. O artista tem participado de inúmeros projetos no Ceará e por todo Brasil. Como integrante do Coral do Povo (Fundação Demócrito Rocha), participou do Show Verde e Amarelo do Rei Roberto Carlos no Ginásio Paulo Sarasate.

No ano de 2002 até 2004, fez diversas turnês pela Espanha, onde ao lado da banda Conexão Sul, mostrou a musicalidade brasileira e suas nuances. Tem a música Bolinhas de Sabão (Manassés de Sousa e Serrão de Castro) no repertório da cantora e compositora Kátia Freitas.

 

 

Serviço:

Data: Quinta-feira, 31 de agosto

Local: Teatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525 – Centro)

Horário: 19h30

Valores: R$15 (meia) | R$30 (inteira)

Vendas: Bilheteria do Teatro José de Alencar

Informações: 85 9 8899.0644 | 85 9 9618.5840