Browsing Tag

Festival

I Anima Ceará divulga curtas selecionados para a mostra competitiva

 

Um total de 24 filmes vai compor a Mostra Brasileira de Curtas-Metragens de Animação do I Anima Ceará – Festival Nordestino de Cinema de Animação, Games e Web, que acontecerá de 23 a 26 de maio de 2018 em Fortaleza. Foram selecionadas produções das três regiões do audiovisual: 07 do CONNE (Centro Oeste, Norte e Nordeste), 07 do FAMES (formado pelos estados do Sul, Minas Gerais e Espírito Santo) e 10 do EIXO (Rio de Janeiro e São Paulo). Todos os selecionados disputam o Troféu Anima Ceará, que será concedido ao melhor nas categorias de Curta-Metragem, Roteiro, Produção CONNE e Trilha Sonora. Ao vencedor na categoria de Melhor Produção CONNE será concedido também o prêmio de R$ 5 mil, por decisão da curadoria junto à direção do festival. As exibições acontecerão no Cinema do Dragão, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, com entrada gratuita.

OS SELECIONADOS

A bailarina (Lucas Argenta. RS), Adeus (Marília Feldhues. PE), A formidável fabriqueta de sonhos Menina Betina (Tiago Ribeiro. PA), Aquário (Alice Andreoli Hirata. SP), As bordadeiras do jardim (Julia Vellutini. SP), Aviãozinho (Antônio Jr. RJ), Boi (Lucas Bettim e Renan Carvalho. SP), Cartas (David Mussel. RJ), Ciclo (Felipe Del Rio de Barros. SP), Desencontro (Jackson Abacatu. MG), Dia um (Natália Lima, Júnior Ramos e Itamar Silva. PE), Fome (Rildo Farias. GO), Golpe Baixo (Gabriel Nóbrega, Márcio Nicolosi e Rodrigo Paulicchi. SP), La loba (Julia de Macedo Nicolescu. RJ), Metamorfose (Jane Carmen Oliveira. MG), Meu melhor amigo (Laly Cataguases. MG), Millie (Israel Dilean. MG), O consertador de coisas miúdas (Marcos Buccini. PE), O explorador de Saturno (Guilherme Araújo e Iuri Araújo. GO), O malabarista (Iuri Moreno. GO), O suicídio (David Lucas. MG), Rise (Jannerson Xavier. SP), Solito (Eduardo Reis. RS) e Tailor (Calí dos Anjos. RJ).

EXIBIÇÕES ESPECIAIS

Além da mostra competitiva, dois filmes de animação terão exibições especiais. Na noite de abertura acontece a estreia do curta “Blwarh”, do cearense Levi Magalhães. Em 2015 o diretor lançou a webserie homônima, utilizando a técnica stop motion. No encerramento do festival, haverá homenagem ao cineasta e artista plástico baiano Chico Liberato, um dos pioneiros do cinema da animação nordestina, sempre rebuscando tradições regionais para contar histórias comoventes. Na ocasião, será exibido seu longa-metragem “Ritos de Passagem”, lançado em 2014.

SEMINÁRIO

Um seminário com palestras, mesas redondas, workshops e bate-papos também compõe a programação do I Anima Ceará, com foco nas novas políticas e no mercado da animação nas plataformas Cinema, TV, Games e Web. A programação acontecerá no Auditório do Dragão do Mar.

Em sua primeira edição, o Festival surge para levar parte significativa da produção de animação brasileira ao público e profissionais cearenses, visando a inter-relação entre os produtores e realizadores brasileiros e a promoção de novos talentos na área da animação game e novas mídias, em especial das regiões CONNE (Centro Oeste, Norte e Nordeste).

O I Anima Ceará – Festival Nordestino de Cinema de Animação, Games e Web é uma promoção da Universidade Federal do Ceará (UFC), através do Núcleo de Cinema de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira. Apoio institucional: Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura, por meio do X Edital Mecenas do Ceará. Patrocínio VIP do Beach Park Studios. Parceria: Associação Cultural Cine Ceará, CONNE (Conexão Audiovisual Centro-Oeste, Norte e Nordeste) e Câmara Setorial do Audiovisual. Realização: Parabelum Produções e Fórum Cearense de Animação. Agradecimento: Enel Distribuição Ceará.

 

SERVIÇO

I Anima Ceará – Festival Nordestino de Cinema de Animação, Games e Web – De 23 a 26 de maio de 2018 em Fortaleza/CE. Local: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Informações: (85) 3366.7771, 3366.7772 e producaoanimace@gmail.com. Site: www.animafestival.com.br. Exibições com acesso gratuito.

Conheça as bandas finalistas do EDP Livre Brands, que levará o vencedor para tocar em Portugal

 

As oito bandas independentes de rock e pop rock, que participarão da grande final do EDP Live Bands Brasil são de cinco estados – Maranhão, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Elas se apresentarão ao vivo no dia 12 de maio para o júri do concurso, em disputa pela oportunidade de gravar um álbum com a Sony Music e se apresentar em um dos maiores festivais de música da Europa, o NOS Alive´18, em Portugal.

As bandas Madame Lulu (Maranhão), Codinome Winchester e DKUKAS (Mato Grosso do Sul), Cabelera e Sound Bullet (Rio de Janeiro), Bibiana Petek (Rio Grande do Sul), Código de Conduta e Jamirulus (São Paulo) foram escolhidas pelo público e por um grupo de especialistas formado pelos parceiros EDP e Sony Music. O concurso musical, em sua terceira edição no País, reuniu cerca de 1.500 inscritos de todo o território nacional.

Cada banda finalista interpretará ao vivo no Bourbon Street, em São Paulo, duas músicas originais e inéditas, sendo uma delas o trabalho inscrito em etapas anteriores do concurso. O júri responsável pela escolha da banda vencedora avaliará aspectos como técnica, execução e interpretação musical, originalidade, presença de palco e interação com o público.

Os competidores participarão também de um workshop de gestão de carreira com especialistas renomados da indústria da música, que compartilharão suas experiências no mundo artístico.

“Na Europa, a EDP já é considerada a empresa da Energia Oficial da Música e queremos trazer essas oportunidades também para o Brasil, onde encontramos bandas de excelente qualidade nos últimos anos”, reforça Paulo Campos Costa, diretor de comunicação do Grupo EDP.

O EDP Live Bands Brasil é fruto de uma parceria da EDP, companhia que atua em todos os segmentos da cadeia elétrica no País, com a Everything is New e Sony Music, e com o apoio institucional da Revista Lounge. Sucesso mundial, a competição é realizada em Portugal desde 2014, chegando neste ano a sua quinta edição. Na Espanha, o concurso é sediado pela primeira vez.

Gelpi, a vencedora de 2017

Banda de Folk e Blues Rock formada pelos três irmãos Bolívar, Pedro e Laura Gelpi, além do Erik Banach Feller, Fernando Pellegrini e Lucas Alcade Varisco. Aborda novas sonoridades, com instrumentos como o Banjo Folk ou o Lap Steel e leva como principais referências as bandas Mumford and Sons, Edward Sharp and The Magnetic Zeroes, Bob Dylan, entre outros. Os músicos do Rio Grande do Sul se destacaram por sua originalidade e estão atualmente no processo de gravação com a Sony Music.

“Com a viagem que o concurso nos proporcionou para participarmos do Nos Alive, tivemos a oportunidade de experimentar um intercâmbio cultural muito grande e conhecer diversas bandas, de nacionalidades diferentes, além de dividir o palco com músicos que são referência para nós”, diz Lucas Varisco, integrante da Gelpi, banda vencedora da edição de 2017.

Final EDP Live Bands Brasil

Onde: Bourbon Street (Rua dos Chanés, 127, Moema)

Data: 12 de maio de 2018

Horário: 19h

Entrada gratuita – sujeita à lotação

Para mais informações, entre em contato pelos canais:

Facebook facebook.com/edplivebandsbrasil

E-mail edplivebands@edpbr.com.br

Maloca Dragão 2018 celebra o poder transformador da arte no Ceará

 

De 24 e 29 de abril de 2018, o Governo do Estado do Ceará realiza a 5ª edição da Maloca Dragão, o maior festival de artes do Brasil, com programação totalmente gratuita no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e em outros 20 pontos da Praia de Iracema e Centro de Fortaleza. Com o tema “As barricadas abriram caminho: 50 anos de maio de 68”, o festival convida o público a fazer uma reflexão sobre esse momento histórico e os seus desdobramentos nos dias atuais.

Surgida com o objetivo de celebrar o aniversário do Centro Dragão de Arte e Cultura, que comemora 19 anos no dia 28 de abril, a Maloca apresenta ao público centenas de atrações, entre shows, espetáculos cênicos de teatro, dança, circo, arte urbana, cultura popular, além de exposições, feiras de gastronomia, design e moda, lançamentos literários e sessões de cinema, debates e rodadas de negócios entre artistas e players de diferentes países. Durante seis dias, o festival traz mais de 150 apresentações, 90% delas cearenses, e tem a expectativa de receber um público total circulante de 500 mil pessoas. A programação completa pode ser conferida no site: www.malocadragao.org.br.

Entre os destaques desta edição, o lançamento da Maloca Futuro, uma rede de escolas criativas que vai abrir as portas do mundo da economia criativa para mais de 50 mil jovens cearenses, e o programa Conexões Maloca, mercado de negócios da Maloca Dragão que oportuniza um hub cultural do Ceará para o mundo e que, neste ano, além de promover um intercâmbio com renomados curadores e programadores de música, também trará convidados ligados às artes cênicas.

 

PROGRAMAÇÃO:

 

CONEXÕES MALOCA

O Conexões Maloca é o mercado de negócios da Maloca Dragão. Iniciativa única no Estado, o Conexões proporciona, durante o festival, o contato de atores do mercado da musica nacional e internacional com a mais recente produção musical cearense. O objetivo é promover um intercâmbio de experiências e impulsionar a circulação das produções do Ceará em novos palcos nacionais e estrangeiros. Chegando à quarta edição consecutiva, o Conexões Maloca tem fortalecido e aprimorado, a cada ano, as articulações com o mercado das artes e assim ampliado a projeção da produção cearense para outros públicos e palcos. A novidade deste ano é a realização de encontros com curadores e programadores de espetáculos cênicos.

dia 27

14h | Auditório do Dragão | A aceleração como novo modelo de negócios na música

convidado: Rizoma, Aceleradora do Programa Natura Musical

15h | Cena 15 | Roda de conversa com curadores e programadores de espetáculos cênicos e lançamento da revista TREMA! (PE)

convidados: Fernando Ziegler Zugno (RS) e Pedro Henrique Lira Vilela (PE)
Mediador: Rogério Mesquita e Andrei Bessa

dia 28

14h | Auditório do Dragão | Como conseguir projeção no cenário das plataformas digitais?

convidados: Altafonte, One RPM, Deezer

Mediador: Bruno Silveira

16h |Auditório do Dragão | Os mercados da música na Europa em 2018

Convidados: Casa da Música Porto (PT), Festival Ao Sul do Mundo (PT) Agência artística Two Gentlemen (SW), Le Silex, Catalpa Festival (FR), Le Rocher de Palmer, Festival Musiques Metisses – (FR).
Mediador André Bourgeois

dia 29

15h | Auditório do Dragão | Comunicação e Promoção da música na Europa

Convidados: Rádio Nova (FR), Rádio TSFJazz (FR), Festival Ao Sul do Mundo (PT), Agência Two Gentlemen SWI.
Mediador André Bourgeois

17h | Modelos criativos de negócios para a música

Aceleradora de projetos artísticos Makinita, mercado de música Imesur e Frecuencias (CH)

MALOCA FUTURO

Feira da Rede de Escolas Criativas do Instituto Dragão do Mar que apresentará possibilidades de formação em artes e esportes em escolas mantidas pelo Governo do Ceará.

De 27 a 29 de abril, das 17h às 23h, na quadra poliesportiva da Praça Almirante Saldanha

ARTES VISUAIS

Depois de homenagear, em 2017, o fotógrafo Chico Albuquerque, a Maloca Dragão celebra, neste ano, a vida e a obra de Sérvulo Esmeraldo (1926-2017), artista visual nascido no Crato e que, em trajetória brilhante, tornou-se um dos principais nomes da arte contemporânea do Brasil, em especial da arte cinética. No dia 26 de abril, a partir das 19h, o Museu de Arte Contemporânea do Ceará abre “Sérvulo Esmeraldo, o Artista Homenageado”, uma prévia de uma grande exposição que será aberta em maio, no Dragão. Com curadoria de Dodora Guimarães, a instalação traz vídeos, fotos, livros e catálogos sobre o Sérvulo Esmeraldo.

Além de percorrer brevemente a biografia de Sérvulo, a instalação trará a obra “La Femme Bateau”, recém-resgatada do mar da Praia de Iracema. Com acesso gratuito, a instalação poderá ser visitada até 06 de maio, de terça a domingo, das 9h às 19h (acesso até as 18h30) e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30).

No dia 26 de abril, às 18h, o Dragão abre, na Multigaleria, “No Coração de Maio de 68”.

Fruto de parceria entre o IDM, a Aliança Francesa de Fortaleza, o Institute Français do Brasil e o Consulado Geral da França no Recife, a mostra apresenta 43 fotos inéditas do fotógrafo francês Philippe Gras e a série de dois documentários inéditos “Mai 68, un étrange printemps” (Maio de 68, uma primavera estranha), dirigida pelo historiador Dominique Beaux.

As visitações podem ser feitas até 06 de maio, de terça a domingo, das 14h às 21h (acesso até as 20h30).

MALOCA CINEMA

De 26 a 29 de abril, o Cinema do Dragão exibirá 9 filmes, divididos entre 3 pequenas mostras. “No Coração de Maio de 68”, “Maloca Dragão Apresenta”, que traz filmes inéditos ou pré-estreias, e “Hub Chileno”, com produções de Valparaíso (CH).
Dia 26 de abril | Quinta-feira

16h30 | Sala 2 | Mostra No coração do maio de 68 | Le fond de l’air est rouge (O fundo do ar é vermelho) – 1977 (de Chris Marker)
As esperanças e as decepções suscitadas pelos movimentos revolucionários de 1968 no mundo inteiro. Do regime chinês ao cubano, passando pela Primavera de Praga, até os movimentos estudantis e operários franceses. Chris Marker ressalta que não se pode simplificar o que nada tem de simples: as manifestações populares, os movimentos da política, os rumos incertos da História e da sociedade.

20h | Sala 2 | Maloca Apresenta | ABC da Greve – 1990 (de Leon Hirszman)
O filme cobre os acontecimentos na região do ABC paulista, acompanhando a trajetória do movimento de 150 mil metalúrgicos em luta por melhores salários e condições de vida. Sem obter êxito em suas reivindicações, decidem-se pela greve, afrontando o governo militar. Este responde com uma intervenção no sindicato da categoria. Mobilizando numeroso contingente policial, o governo inicia uma grande operação de repressão. Sem espaço para realizar suas assembleias, os trabalhadores são acolhidos pela igreja. Passados 45 dias, patrões e empregados chegam a um acordo. Mas o movimento sindical nunca mais foi o mesmo.

Dia 27 de abril | Sexta-feira

17h30 | Sala 2 | Hub Chileno | Valparaíso (29 min) – 1962 (de Joris Ivens) + Valparaíso Mi Amor (89 min) – 1969 (de Algo Francia)
Valparaíso: Um documentário de curta-metragem sobre Valparaíso, Chile. Uma cidade construída em cima de colinas, onde a vida é uma constante luta contra a geografia.

Valparaíso mi amor: O filme conta a história de quatro irmãos órfãos, seu pai é preso por roubo na tentativa de encontrar comida para a família. Quando as crianças são deixadas sozinhas, bruscamente lhes é apresentada uma nova realidade: a rua. Então, eles são forçados a encontrar o seu próprio meio de sobrevivência. Ao longo da obra, vemos como os personagens evoluem, uma das crianças morre, uma menina acaba por torna-se prostituta e os outros dois entram para a vida do crime.
19h30 | Sala 2 | Maloca Apresenta | Ex Pajé – 2018 (de Luis Bolognesi)
Um poderoso pajé passa a questionar sua fé depois de seu primeiro contato com brancos que julgam sua religião como demoníaca. No entanto, a missão evangelizadora comandada por um pastor intolerante é posta em cheque quando a morte passa a rondar a aldeia e a sensibilidade do índio em relação aos espíritos da floresta mostra-se indispensável.
Dia 28 de abril | Sábado

17h30 | Sala 2 | Mostra No coração do maio de 68 | Milou en mai (Loucuras de uma Primavera) primavera) – 1990 de Louis Malle)
Em um casarão do sudoeste da França, cercado de vinhedos, a avó acaba de falecer. Estamos em maio de 1968. Apesar das greves, a família virá par o enterro. Milou, o neto da falecida, vai contra o resto da família que deseja vender a propriedade.
19h30 | Sala 2 | Maloca Apresenta | Rogério Duarte o Tropikaoslista – 2018 (de Walter Lima Jr.)
Rogério Duarte é um dos nomes mais importantes da Tropicália, movimento cultural brasileiro da década de 60. O artista plástico foi um dos primeiros a denunciar publicamente as torturas cometidas no regime militar. Durante a ditadura, a sua atuação política e seus feitos culturais mobilizaram muitos artistas e inspiraram toda uma geração.
Dia 29 de abril | Domingo

17h30 | Sala 2 | Mostra No coração do maio de 68 | Mourir à trente ans (Morrer aos 30 anos) – 1982 (de RomainGoupil)
O filme é um documentário biográfico em preto e branco sobre Michel Racanati, um lider militante durante os protestos de maio de 68 em Paris

19h30 | Sala 2 | Mostra No coração do maio de 68 | Mai 68: Un étrange printemps (Maio de 68 uma Estranha Primavera) – 2018 (de Dominique Beaux)
Maio de 1968: A França está em meio a uma revolução. Este documentário entrevista pessoas que participaram ativamente desse momento histórico e remonta alguns dos seus acontecimentos mais importantes, assim como seus desdobramentos nos dias de hoje.

OCUPA PERIFA

Contra o extermínio da juventude, coletivos de arte da periferia trazem à Maloca ainda mais vida, arte e cultura, ocupando o Pavilhão Atlântico do Poço da Draga e o Largo dos Tremembés com uma programação formada por saraus, discotecagens, rodas de conversa, workshop de passinho e reggae, performances e shows.
Dia 27 de abril | Sexta-feira

17h30 | Oca Maloca

Dj William apresenta Baile de Favela
Fortal la máfia
Set Baile de favela
Negrada Sounds
Set Baile de favela
Grupo Samille Ervely – cover Beyoncé
Capim Santo – Canto para despertar (música popular)

Dia 28 de abril | Sábado

18h | Pavilhão Atlântico (Poço da Draga)

Arte no Poço – Arte urbana
Sarau Natorart
Workshop do passinho do reggae
DJ Piá
Performance Larissa Paiva
Wanderson Barney
ZLK
DJ Piá
Encerramento

Dia 29 de abril | Domingo

16h | Pavilhão Atlântico (Poço da Draga)

Sunset no Pavilhão – Negrada Sounds
Sarau SlamOkupa
Batikum
MIC LIVRE
Na quebrada do Côco
Coletivo Polarizar (performance)
Frieza Records (rap)
Encerramento
MALOCA DE RUA

A cultura de rua marca presença na Maloca Dragão 2018 com uma extensa programação realizada de 27 a 29 de abril, na rua Dragão do Mar, a partir das 20h. A cultura de rua será celebrada com treinos livres e campeonatos de skate, workshops, danças urbanas (street dance) e batalha de rima.

Arte Urbana

Dia 24 de abril | Quarta-feira

15h | Ksim (CE) | Sem título (graffiti) | Muro Dragão do Mar
15h | Felipe Figueroa (Chile) | Pertenencia (graffiti) | Muro Dragão do Mar
16h | Yarzon (CE) | Abaixo (picho) | Muro Dragão do Mar
17h | Wonkla (CE) | Pink Pelé Beijando o Mundo (lambe) | Muro Dragão do Mar

Dia 25 de abril | Quarta-feira

09h | Maíra Ortins (CE) | Sobrevivência dos vaga-lumes, mural e intervenção (graffiti e instalação) | Muro Dragão do Mar
16h | Ise Araujo (CE) | Sem título (graffiti) | Muro Dragão do Mar
17h | Abaporu Produção e Cultura (CE) | Cores da Rua (lambe) | Muros Dragão e muros entorno

Dia 26 de abril | Quinta-feira

15h | Charles Lessa (CE) | Sem título (graffiti) | Muro do Dragão do Mar
16h | Yarzon (CE) | 1968 1968 (performance) | Arena Dragão do Mar
18h | Aparecidos Políticos (CE) | Grande acordo Nacional (lambe) | Muros do Dragão do Mar e muros do entorno
21h | Edivaldo Ferrer (CE) | Batendo boca, batendo beira, pagando brabo (performance) | Rua Draga Dragão

Dia 27 de abril | Sexta-feira

15h | Hirlan Moura (CE) |Sem título (graffiti) | Muro do Dragão
16h | Narcélio Grud (CE) | Le Mur (instalação) | Entorno da quadra da Praça Almirante Saldanha
17h | Yarzon (CE) | Safra (stencil) | Muros Dragão e muros entorno
18h | Artur Bombonato (CE) | Sem título (instalação) | Colunas do espelho d´água

Dia 28 de abril | Sábado

17h | Ítalo Campos (CE) | Deriva (performance) | Pavilhão Atlântico
18h | Narcélio Grud (CE) | Etéreo lambe lambe & stickers (lambe) | Muro Dragão
19h | Vitor Grilo (CE) #IssoNãoéPixação ( videomapping) | entorno Dragão do Mar

Dia 29 de abril | Domingo

16h | Wonkla (CE) | Pink Pelé Beijando o Mundo (lambe) | Muro Dragão do Mar
17h | Abaporu Produção e Cultura (CE) | Cores da Rua (lambe) | Muros Dragão e muros entorno
21h | Ivna Lundgren (CE) | RGB Trick (videomapping) | Entrada principal do Dragão
20h | Vitor Grilo (CE) #IssoNãoéPixação ( videomapping) | entorno Dragão do Mar

Feiras

Maloca de Comer | Quinta, de 19h às 23h, e de sexta a domingo, das 17h às 23h | Praça de Alimentação no Palco Draga Dragão
Fuxico no Dragão | De sexta a domingo, das 17h às 23h | Arena Dragão do Mar
Feira Índice | De sexta a domingo, das 17h às 20h | Arena Dragão do Mar

TEATRO_DANÇA_CIRCO_LITERATURA_CULTURA DE RUA

Dia 25 de abril | Quarta-feira

Cineteatro São Luiz

19h30 |Coletivo Complexo Duplo (RJ) | Cabeça | TEATRO

Theatro José de Alencar

21h |Balé Castro Alves (BA) | Lub Dub | DANÇA

Porto Dragão

22h30 | Grãos de Imagem (MG) | Vaga Carne | TEATRO

Dia 26 de abril | Quinta-feira

Oca Maloca

19h | Grupo Formosura de Teatro (CE) | Frei Tito Vive | TEATRO
Porto Dragão

20h | Teatro Máquina (CE)| Nossos Mortos | TEATRO

Teatro Dragão do Mar

21h | Valéria Pinheiro / Cia. Vatá (CE) | 233 A, 720 Khalos | DANÇA

Dia 27 de abril | Sexta-feira

Oca Maloca

17h30 | Ocupa Perifa | MÚLTIPLAS LINGUAGENS
20h20 | Orlângelo Leal (CE)|Autômato | CIRCO
21h15 | Trupe do Palhaço Baratinha (CE) | O Mundo do Circo | CIRCO
21h35 | Companhia Itinerante de Malabares (CE)| Na Companhia um do outro | CIRCO
Arena Dragão do Mar

15h às 18h | Brincando e Pintando no Dragão | INFANTIL
16h | Cia Prisma de Arte | Era Uma Vez… Conta, Canta e Encanta | INFANTIL
18h | Felipe Camilo (CE) |Perecível | LITERATURA
19h |Paula Yemanjá (CE) |Mnemosine: Porquê memória é feminina! | LITERATURA

Teatro Dragão do Mar

20h | Coletivo Nopok (RJ) | Deslizes | CIRCO
22h | Manada Teatro (CE) | Aquelas | TEATRO

Porto Dragão

19h | Cia. Balé Baião (CE) | A Invenção do Baião Teimoso | DANÇA
23h | Coletivo Arremate de Teatro (CE) | Entre Nós: Buzinas, chicotes e ácidos | TEATRO

Cena 15
18h |Andreia Pires (CE) | Fortaleza 2040 | DANÇA
Teatro das Marias

19h| Coletivo Barlavento (CE) | Corpos Embarcados | DANÇA
21h | Outro Grupo de Teatro (CE) | Expurgo | PERFORMANCE
22h | Cia dos Pés Grandes (CE) | Incompleto | DANÇA

Espetáculos de Rua

18h | Rua Dragão do Mar | DANÇAS URBANAS
18h |Tatiana Valente & Felipe Damasceno (CE) | Hater: posso ajudar? | DANÇA
20h | Rua Dragão do Mar | Treinos livres de Skate| CULTURA DE RUA
20h | Livia Mattos (BA) | A Sanfonástica Mulher Lona | CIRCO
21h | Jefferson Skorupski (CE) | Serviçal | PERFORMANCE
Dia 28 de abril | Sábado

Oca Maloca

18h30 | Boi Juventude (CE) |Bumba meu boi | CULTURA POPULAR
19h45 | Iagos Domingos (CE) | Permissão para Desmoronar | CIRCO
20h | Coletivo Os Desconhecidos (CE) | Elementus | CIRCO
20h40 | Circo do K’OS (CE) |Os Clássicos da Palhaçaria | CIRCO
Arena Dragão do Mar

15h às 18h | Brincando e Pintando no Dragão | INFANTIL
15h | Oficina de pintura facial | INFANTIL
16h | Mágico Éflem | INFANTIL
17h | Centenário Antônio Candido: Recortes com Ana Filgueiras | LITERATURA
18h | Jorge Pieiro | Escreverler, os caminhos da escrita | LITERATURA
Teatro Dragão do Mar

20h | Teatro Suspenso (CE) | Playback | TEATRO
22h | Nívea Jorge e Viana Junior (CE) | Solo de Barro – Primordia | DANÇA

Porto Dragão

19h | Teatro del Ocaso (Chile) | Pequeña Ficción Política | TEATRO
22h | Grupo Ânima (CE) | O Retorno a Juberlano | TEATRO

Teatro das Marias

18h | Rogeane Oliveira (CE) | Peça para Dias de Chuva | TEATRO
19h | Alysson Amâncio Cia. de Dança | Desatar | DANÇA
21h | Tatiana Valente e Gabriela Jardim (CE) | Embaraçzada | CIRCO

Teatro Boca Rica

21h | João Paulo Barros (CE) | Viração | DANÇA
Teatro da Praia

22h | No Barraco da Constância tem! (CE) | Marlene: dissecação do Corpo do Espetáculo | TEATRO
Espetáculos de Rua

18h | Rua Dragão do Mar | DANÇAS URBANAS

19h | Rua Viaduto Moreira da Rocha, 140 (Poço da Draga) | Joaquina Carlos (CE) | Reza de Maria | TEATRO
20h | Rua Dragão do Mar | Competição de Skate| CULTURA DE RUA
21h | Coletivo As Nega (CE) | Pela Força da Linha | DANÇA

Pavilhão Atlântico (Poço da Draga)

16h20 | Ocupa Perifa | MÚLTIPLAS LINGUAGENS

Dia 29 de abril | Domingo

Oca Maloca

17h | Grupo Miraíra (CE)| Fandango, a nau perdida | CULTURA POPULAR

19h | Grupo Desequilibradoz (CE) | Empoderamento Feminino | CIRCO
19h30| Trupe Marlyn (CE) | Compilação de Números | CIRCO
20h20 | Casa do Palhaço Produções (SC) | Bom apetite | CIRCO

Arena Dragão do Mar

15h às 18h || Brincando e Pintando no Dragão | INFANTIL
16h | Oficina de pintura facial | INFANTIL
17h |Julie Oliveira (CE) | Performance Sarau Versos e Canções | LITERATURA
18h| Lançamentos dos livros Claviculário, de Anna K Lima; A Rainha de Nada, de Úrsula Avelino, e 7Dayz, de Vítor Batista | LITERATURA

Teatro Dragão do Mar
17h | Edivaldo Batista (CE) | Iroko | INFANTIL

20h| Coletivo Ponto Art (BA) | Entrelinhas |DANÇA

Porto Dragão

21h | Aspásia Mariana (CE) | Guerreiras | DANÇA
22h | Coletivo Atuantes em Cena (CE) | Cardinal | TEATRO
23h|No Barraco da Constância tem! (CE) | Rara | DANÇA

Teatro das Marias

19h| Wellington Fonseca e Maria Epinefrina (CE)| Uma Dança Para Meus Pesares | DANÇA

Teatro Boca Rica

18h | Wellington Gadelha (CE) | Gente de Lá | DANÇA
20h | Grupo Imagens (CE) | Navalha na Carne | TEATRO

Teatro da Praia

19h | Thomas Saunders e Henrique Castro (CE) | REGinger | DANÇA
21h | Pedro Vilela ( PE ) | Altíssimo | TEATRO

Espetáculos de Rua

17h | Rua Dragão do Mar | DANÇAS URBANAS
19h | Pavilhão da Magnólia e Cia. Prisma de Artes (CE) |Urubus | TEATRO
20h | Rua Dragão do Mar | Oficina de Skate| CULTURA DE RUA

Largo dos Tremembés

16h20 | Ocupa Perifa | MÚLTIPLAS LINGUAGENS

Música

Dia 26 de abril | Quinta-feira

Palco Praça Verde

21h | Gero Camilo canta Belchior

Palco Draga Dragão

22h | Gilberto Gil, Mestrinho, Sofia Freire e Moreno Veloso – Refavela 40

Oca Maloca

20h | Luiza Nobel e Mulher Barbada com participação de Orlângelo Leal |Frei Tito Vive| ATO SHOW

Dia 27 de abril | Sexta-feira

Palco Praça Verde

19h | Maracatu UinuErê (CE)
20h10 | Maracatu Raízes de Pai Adão (PE)
22h | Luxo da Aldeia (CE) – Lançamento do disco “Tantos Carnavais Depois”

Palco Draga Dragão

20h | Daniel Groove – Lançamento do clipe “Seu Amor”
22h | Selvagens à Procura de Lei – Gravação de DVD ao vivo
Oca Maloca

23h30 | Miss Jane (CE) |MÚSICA
Palco José Avelino

19h |Glauco King
20h40 | Lascaux
22h20 | Apokálipo (CHILE)

Palco Rogaciano Leite Filho

19h50 | Intuición
21h30 | Casa de Velho
18h | Pulso de Marte

Palco Anfiteatro

19h30 | Vitor Colares
22h | Astronauta Marinho + Máquinas
Dia 28 de abril | Sábado

Palco Praça Verde

21h15 | Ilya
21h | Procurando Kalu
22h30 | Francisco El Hombre

Palco Draga Dragão

20h | Os Alfazemas – Lançamento do DVD “TU”
21h30 | Lagosta Bronzeada

Oca Maloca

23h15 | Radiola Sound System Feat Frank Luz |MÚSICA

Palco José Avelino

18h | Kapitch Rap
19h20 | LPO
21h | Caixeiros Viajantes

Palco Rogaciano Leite Filho

18h50 | Os Bardos
20h10 | Xavier FLM

Palco Anfiteatro

19h | Algarobas
22h | Cristiano Pinho

Dia 29 de abril | Domingo

Palco Praça Verde

19h | Getúlio Abelha
20h20 | Silvero Pereira perto do mar, longe da cruz – Participações de Linn da Quebrada, Mulher Barbada e Valéria Houston
21h40 | Soledad – Lançamento do single “De manhã, logo cedo”
23h | Letrux

Palco Draga Dragão

19h | Bukét O Fabuloso
20h10 | Padêro Mc
21h20 | Rincón Sapiência
23h30 | Mákina Kandela (Chile)

Palco José Avelino

18h | Encéfalo
19h40 | Faixa de Gaza
20h30 | Richie Ramone (USA)

Palco Rogaciano Leite Filho

18h50 | Ankerkeria
21h | Facada

Palco Anfiteatro

18h | Vacilant
21h30 | Mandacaru Jazz
Oca Maloca

23h | Nara Hope | Vênus
Maloca Iracema
Dia 26 de abril | Quinta-feira

23h | Largo dos Tremembés | Tertúlia Black
23h | Ritmo Urbano | Juruviara
Dia 27 de abril | Sexta-feira

21h | Órbita Bar | BATEU
Dia 28 de abril | Sábado
00h |Ritmo Urbano | Pedro Falcão & Sertônica Band
00h |Largo dos Tremembés | Os Transacionais | Do boqueirão ao pé de coco – Homenagem a Messias Holanda
00h | Mambembe | Fertinha
Dia 29 de abril | Domingo

00h|Mambembe | Fliperama
00h|Largo dos Tremembés | Trovador Eletrônico – Tributo a Belchior
00h|Ritmo Urbano | Dubaile
Serviço: Maloca Dragão 2018
De 24 a 29 de abril, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e em outros pontos da Praia de Iracema e do Centro
Acesso gratuito.
programação completa no site: www.malocadragao.org.br

Festival de Doces e Sorvetes chega ao RioMar Fortaleza neste final de semana

 

 

Fortaleza volta a receber um mundo de guloseimas no Festival de Doces e Sorvetes do RioMar Fortaleza. Em sua segunda edição, o evento acontece na cidade nos dias 21 e 22 de abril, no Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu, a partir das 16h, com entrada gratuita. O Festival vai oferecer uma variedade de guloseimas, como cupcakes, trufas, brigadeiros, espetinhos de morango com chocolate, brownies, sorvetes artesanais e muito mais.

Entre as operações já confirmadas estão: Havana, Belucci, Yozen, Cookie dos Sonhos, Marimari Guloseimas, La Crepe com Chocola, entre outros

Para garantir mais diversão ainda, o evento contará com sorteios, brinquedos para crianças e o show da banda infantil BBK. A programação é voltada para toda a família. O Festival é realizado em parceria com a Baladeira Inovações.

 

Serviço

Data: 21 e 22 de abril, sábado e domingo

Local: Estacionamento da Lagoa do Papicu – RioMar Fortaleza (R. Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)

Horário: a partir das 16h

Telefone: (85) 3066-2000

Entrada gratuita

É amanhã! Concurso Comida di Buteco começa nesta sexta (13), em Fortaleza

 

A espera finalmente vai acabar. Nesta sexta (13), vai começar o concurso Comida di Buteco em todo o país. Fortaleza recebe a disputa pela oitava vez de 13 de abril a 06 de maio. Em 2018, 21 estabelecimentos participam da saborosa disputa para saber quem é o melhor da cidade. Onze deles são estreantes. Eles fortalecem o buteco como um dos mais importantes ícones da cultura brasileira. Em todo o Brasil são quase 600 butecos participantes, presentes em 21 cidades das 5 regiões brasileiras.

O Espaço Casa de Sogra, vencedor de Fortaleza em 2017, defende o título. A relação nacional de todos os botecos pode ser vista em: http://www.comidadibuteco.com.br/. O preço do petisco participante do concurso será mantido em, no máximo R$ 25,90 e unificado para todo o país. Em 2018, o tema criativo para o desenvolvimento do petisco é livre. Após a primeira etapa onde serão conhecidos os 21 campeões, um corpo de jurados elegerá, pelo terceiro ano consecutivo, o Melhor Buteco do Brasil. Como novidades, o concurso terá Florianópolis como cidade participante.

O Comida di Buteco foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a cozinha de raiz através da visibilidade aos butecos espontâneos/tradicionais. Já pode ser considerado, não apenas um concurso, mas um movimento que envolve pessoas de todas as classes sociais e idades de norte a sul do Brasil.

 

Butecos participantes:

100 Petiscos – petisco: Tiras de Carne ao Chimichurri (descrição: Tiras ao Chimi)

Endereço: Rua República do Líbano, 1080 – Varjota

Funcionamento: Terça a sábado das 17h às 0h

Telefone: (85) 3181-3744

Alpendre – petisco: Pastel Méééé (descrição: Pastel de carneiro com queijo gruyere, acompanhado de geleia de pimenta com laranja)

Endereço: Rua Torres camara, 181 lj 1. – Aldeota

Funcionamento: terça a sexta das 17h às 0h, sábado das 10h às 0h e domingo das 11h às 19h.

Telefone: (85) 3261-1525

Bar Chá da Égua – petisco: Chiquita Bacana (descrição: Carne suína apimentada na crosta de panko acompanhada com molhos)

Endereço: Av. Gomes de Matos, 302 – Montese

Funcionamento: Terça a sábado das 18h às 03h

Telefone: (85) 3494-3762

Bar do Helano – petisco: Caviar nordestino (descrição: Ova de Curimatã)

Endereço: Rua Carlos Vasconcelos, 2310 – Joaquim Távora

Funcionamento: Terça a sexta das 16h às 23h30, sábado das 12h às 23h30.

Telefone: (85) 3085-4389

Bar do Nem – petisco: Charutos do Rei (descrição: Uma dupla de charutos salteados na manteiga da terra e recheados com carne suína, pimentões, cebola roxa, pimenta biquinho e linguiça calabresa, na redução da cajuína)

Endereço: Rua General Clarindo de Queiroz, 1745 – Mercado São Sebastião

Funcionamento: Terça a domingo das 8h às 15h

Telefone: (85) 3081-2918

Bar O Camocim – petisco: Buchada da Preta (descrição: Buchada de peixe acompanhada com cuscuz)

Endereço: Rua Padre Mororó, 1012 – Centro

Funcionamento: Domingo das 12h às 20h , segunda a sábado das 11h até 0h.

Telefone: Rua Padre Mororó, 1012 – Centro

Birosca 1545 – petisco: Linguiça Húngara Artesanal (descrição: Uma deliciosa linguiça fina, feita com carne suína magra de paleta e pernil, condimentada com sal, pimenta, especiarias e embutida. Servida com uma maionese apimentada com folhas e grãos de mostarda. Para acompanhar a delicadeza da acidez do picles de macaxeira)

Endereço: Rua Joaquim Nabuco, 1545 – Aldeota

Funcionamento: Terça a sábado 19h às 1h

Telefone: (85) 3099-3661

Boteco Vintage – petisco: Crocante do Nilo (descrição: Tilápia empanada com gergelim acompanhada de molho tropical e purê de batata doce)

Endereço: Rua Padre Miguelino, 1159 – Fátima

Funcionamento: quarta e quinta das 18h às 0h, sexta e sábado das 18h às 02h

Telefone: (85) 9 8621-8449

Bulls Beer House – petisco: El Calderon (descrição: Calabresa salteada com molho de tomate, cebola, pimentões e pimenta biquinho acompanhada de cesta de pães)

Endereço: Rua Gustavo Sampaio, 800 – Parquelândia

Funcionamento: terça a domingo das 18h às 0h

Telefone: (85) 99916-3205

Cantinho Acadêmico Bar – petisco: Calderada Dragão do Mar (descrição: Frutos do mar (polvo, lagosta, camarão e atum)

Endereço: Avenida 13 de Maio, 2370 – Benfica

Funcionamento: Segunda a sexta a partir das 16h; Sábado a partir das 18h até o fechamento.

Telefone: (85) 3281-8857

Carneiro do Tércio – petisco: Isca de Bacalhau a Moda do Chefe (descrição: Isca de bacalhau ao molho especial da casa)

Endereço: R. Gonçalves Ledo, 1123 – Aldeota

Funcionamento: Segunda das 10h às 14h, terça a sábado das 10h às 23h, domingo das 10h às 21h

Telefone: (85) 3045-3231

Espaço Casa da Sogra – petisco: Franz Kafta (descrição: Espetinho de carne moída com bacon e queijo. Acompanha farofa crocante, vinagrete de feijão verde, chimichurri e o maravilhoso tempero secreto da casa)

Endereço: Rua Vasco da Gama, 1072, Fundos – Monteses

Funcionamento: Quinta e sexta 17h30 às 0h, sábado e domingo das 11h30 às 21h.

Telefone: (85) 98727-3144

Esquina do Chef – petisco: Egg Ball’s (descrição: Bolinho de carne empanado com farinha panko e ervas, recheado com ovo de codorna cozido. Acompanhado ao molho barbecue e finalizado com pimenta biquinho e salsa)

Endereço: Rua Joaquim Torres, 888 – Joaquim Távora

Funcionamento: Todos os dias 18h às 0h

Telefone: (85) 3246-4244

Fabrika Bar 1650 – petisco: Toast do Fabrika (descrição: Toast de linguiça picante do Fabrika com cebolas douradas e molho provençal)

Endereço: Rua Dr. José Lourenço, 2072 – Loja 1 – Fátima

Funcionamento: Quarta a sexta das 17h às 0h, sábado das 18h às 02h

Telefone: (85) 3039-0436

Kina do Feijão Verde – petisco: Cestinha do Kina (descrição: Cestinha de massa filo com creme de macaxeira e carne de sol)

Endereço: Rua João Cordeiro, 1697 – Aldeota

Funcionamento: Terça a sábado das 10h às 23h30. Domingo das 10h às 19h30.

Telefone: (85) 3253-7655

Marcão das Ostras – petisco: Mar vira Sertão (descrição: Mini Cuscuz de milho com recheio e calda de mariscos)

Endereço: Rua Professor Carvalho, 2901 – Joaquim Tavora

Funcionamento: terça a sexta das 16h30 às 0h, sábado 12h às 0h, domingo 11h às 21h.

Telefone: (85) 3032-5954

Outras Palavras – petisco: Quibe Nordestino (descrição: Bolinho de macaxeira crocrante em forma de quibe, recheado com carne de sol desfiada e queijo qualho assado)

Endereço: Rua Ana Bilhar, 1470 b – Varjota

Funcionamento: quarta das 17h às 23h, quinta das 17h às 01h, sexta 17h às 02h, sábado 12h às 01h.

Telefone: (85) 99982-7998

Quintal 55 – petisco: Assadim do Quintal (descrição: Aquele carne de panela desfiada ao molho que é a cara de comida da vovó, com alho poró frito e macaxeira frita. Acompanha creme de alho poró)

Endereço: Alamenda das Boninas, 55 – Quadra 29 – Cidade 2000

Funcionamento: Quinta a sábado das 18h às 23h

Telefone: (85) 9 8155-0493

Seu Zé – Bodega – petisco: Vaca Estrela (descrição: Feijão Verde, Costela Bovina cozida e um caldinho para forrar a barriga. É claro não poderia faltar o pãozinho que vai no formato de massa folheada para limpar o prato)

Endereço: Rua Joaquim Torres, 1051 – Joaquim Távora

Funcionamento: Terça a sexta das 17h às 0h, sábado 11h às 23h

Telefone: (85) 3016-0059

Tarantulas Grill – petisco: Tarantino (descrição: Porção com 06 enroladinho de massa de pastel com recheios de carne de sol com queijo mussarela,carne moída com queijo mussarela e calabresa com queijo mussarela acompanhado de maionese temperada)

Endereço: Rua Antônio Drumont, 633 – Monte Castelo

Funcionamento: Terça a sxta 17h às 23h30, sábado 10h30 às 23h30

Telefone: (85) 98817-6538

Varandão da Vila – petisco: Asinhas no Avesso (descrição: Asinhas de frango dessosadas recheada dando um diferencial no sabordo petisco)

Endereço: Av. Osório de Paiva, 1612 – Parangaba

Funcionamento: Quarta a sábado das 17h às 22h

Telefone: (85) 3483-2680

 

Sua força transformadora

Ele é o primeiro concurso do gênero e desde 2016, se tornou uma Eleição Nacional, com a participação de público e jurados. Em 2017 o Concurso engajou mais de 5 milhões de pessoas visitando os butecos participantes, provocando um forte impacto em toda a cadeia produtiva do setor:

· 520 mil votos

· 6 mil empregos gerados

· R$ 70 MM em mídia espontânea

· R$ 140 MM de impacto na cadeia de valor, da indústria ao consumidor

 

Sua mecânica

Na primeira etapa, em cada uma das cidades, os butecos pré-selecionados apresentam os tira-gostos criados especialmente para a competição, sendo tema livre na edição 2018. O público e um corpo de jurados visita, vota e elege o campeão, avaliando 4 categorias ( petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida) . O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%.

Na segunda etapa, em junho, uma comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas 4 categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). Cada campeão recebe 3 jurados ( um jurado da sua cidade e dois de outras cidades ). Elege-se aí o MELHOR BUTECO DO BRASIL, que será conhecido e premiado no mês de Julho.

 

Buteco com “u”, o perfil dos participantes:

Os estabelecimentos selecionados para participar são classificados pela organização do concurso como “ESPONTÂNEOS”: estabelecimentos em que o dono está sempre à frente do negócio, não pertencendo à redes ou franquias e que muitas vezes se originou na própria casa da pessoa. Tem a identidade de seu proprietário e na maioria das vezes , outras pessoas da família do dono trabalham ali também.

Cidades participantes por Estado: Ceará: Fortaleza; Bahia: Salvador e Lauro de Freitas; Pernambuco: Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes; Amazonas: Manaus; Pará: Belém, Icoaraci e Ananindeua; Minas Gerais: Belo Horizonte, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia, Poços de Caldas e Vale do Aço ( Timóteo, Ipatinga e Coronel Fabriciano); São Paulo: São Paulo (capital), Campinas, Jaguariúna, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto; Rio de Janeiro: Rio de Janeiro (capital) e Baixada Fluminense; Santa Catarina: Florianópolis; Rio Grande do Sul: Porto Alegre e Canoas; Paraná: Curitiba; Distrito Federal: Brasília, Guará, Aguas Claras, Taguatinga; Goiás: Goiânia e Aparecida de Goiânia.

 

Patrocinadores 2018

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua CAUSA, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas, pois nenhum buteco participante paga nada para participar nem é obrigado a consumir nenhum produto dos patrocinadores.

Empresas patrocinadoras em Fortaleza: Apresentador: Dona Benta e Tabasco; Patrocinadores: McCain, GetNet Mastercard e Trident; Promoção: Verdes Mares; Apoiadores: 51 reserva, Chandon, Hotel Sonata de Iracema, Diário do Nordeste, Secretaria de Turismo, Smart Fit, Teknisa, Abrasel, Perdigão.

Concurso Comida di Buteco começa, nesta sexta-feira (13), em Fortaleza

 

 

Há quem diga que Sexta-feira 13 traz azar. Não vai ser o caso da próxima. Isso porque, nessa, vai começar o concurso Comida di Buteco. Fortaleza recebe a disputa pela oitava vez de 13 de abril a 06 de maio. Em 2018, 21 estabelecimentos participam da saborosa disputa para saber que é o melhor da cidade. Onze deles são estreantes. Eles fortalecem o buteco como um dos mais importantes ícones da cultura brasileira. Em todo o Brasil são quase 600 butecos participantes, presentes em 21 cidades das 5 regiões brasileiras.

O Espaço Casa de Sogra, vencedor de Fortaleza em 2017, defende o título. A relação nacional de todos os botecos pode ser vista em: http://www.comidadibuteco.com.br/. O preço do petisco participante do concurso será mantido em, no máximo R$ 25,90 e unificado para todo o país. Em 2018, o tema criativo para o desenvolvimento do petisco é livre. Após a primeira etapa onde serão conhecidos os 21 campeões, um corpo de jurados elegerá, pelo terceiro ano consecutivo, o Melhor Buteco do Brasil. Como novidades, o concurso terá Florianópolis como cidade participante.

O Comida di Buteco foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a cozinha de raiz através da visibilidade aos butecos espontâneos/tradicionais. Já pode ser considerado, não apenas um concurso, mas um movimento que envolve pessoas de todas as classes sociais e idades de norte a sul do Brasil.

Butecos participantes:

100 Petiscos – petisco: Tiras de Carne ao Chimichurri (descrição: Tiras ao Chimi)

Endereço: Rua República do Líbano, 1080 – Varjota

Funcionamento: Terça a sábado das 17h às 0h

Telefone: (85) 3181-3744

Alpendre – petisco: Pastel Méééé (descrição: Pastel de carneiro com queijo gruyere, acompanhado de geleia de pimenta com laranja)

Endereço: Rua Torres camara, 181 lj 1. – Aldeota

Funcionamento: terça a sexta das 17h às 0h, sábado das 10h às 0h e domingo das 11h às 19h.

Telefone: (85) 3261-1525

Bar Chá da Égua – petisco: Chiquita Bacana (descrição: Carne suína apimentada na crosta de panko acompanhada com molhos)

Endereço: Av. Gomes de Matos, 302 – Montese

Funcionamento: Terça a sábado das 18h às 03h

Telefone: (85) 3494-3762

Bar do Helano – petisco: Caviar nordestino (descrição: Ova de Curimatã)

Endereço: Rua Carlos Vasconcelos, 2310 – Joaquim Távora

Funcionamento: Terça a sexta das 16h às 23h30, sábado das 12h às 23h30.

Telefone: (85) 3085-4389

Bar do Nem – petisco: Charutos do Rei (descrição: Uma dupla de charutos salteados na manteiga da terra e recheados com carne suína, pimentões, cebola roxa, pimenta biquinho e linguiça calabresa, na redução da cajuína)

Endereço: Rua General Clarindo de Queiroz, 1745 – Mercado São Sebastião

Funcionamento: Terça a domingo das 8h às 15h

Telefone: (85) 3081-2918

Bar O Camocim – petisco: Buchada da Preta (descrição: Buchada de peixe acompanhada com cuscuz)

Endereço: Rua Padre Mororó, 1012 – Centro

Funcionamento: Domingo das 12h às 20h , segunda a sábado das 11h até 0h.

Telefone: Rua Padre Mororó, 1012 – Centro

Birosca 1545 – petisco: Linguiça Húngara Artesanal (descrição: Uma deliciosa linguiça fina, feita com carne suína magra de paleta e pernil, condimentada com sal, pimenta, especiarias e embutida. Servida com uma maionese apimentada com folhas e grãos de mostarda. Para acompanhar a delicadeza da acidez do picles de macaxeira)

Endereço: Rua Joaquim Nabuco, 1545 – Aldeota

Funcionamento: Terça a sábado 19h às 1h

Telefone: (85) 3099-3661

Boteco Vintage – petisco: Crocante do Nilo (descrição: Tilápia empanada com gergelim acompanhada de molho tropical e purê de batata doce)

Endereço: Rua Padre Miguelino, 1159 – Fátima

Funcionamento: quarta e quinta das 18h às 0h, sexta e sábado das 18h às 02h

Telefone: (85) 9 8621-8449

Bulls Beer House – petisco: El Calderon (descrição: Calabresa salteada com molho de tomate, cebola, pimentões e pimenta biquinho acompanhada de cesta de pães)

Endereço: Rua Gustavo Sampaio, 800 – Parquelândia

Funcionamento: terça a domingo das 18h às 0h

Telefone: (85) 99916-3205

Cantinho Acadêmico Bar – petisco: Calderada Dragão do Mar (descrição: Frutos do mar (polvo, lagosta, camarão e atum)

Endereço: Avenida 13 de Maio, 2370 – Benfica

Funcionamento: Segunda a sexta a partir das 16h; Sábado a partir das 18h até o fechamento.

Telefone: (85) 3281-8857

Carneiro do Tércio – petisco: Isca de Bacalhau a Moda do Chefe (descrição: Isca de bacalhau ao molho especial da casa)

Endereço: R. Gonçalves Ledo, 1123 – Aldeota

Funcionamento: Segunda das 10h às 14h, terça a sábado das 10h às 23h, domingo das 10h às 21h

Telefone: (85) 3045-3231

Espaço Casa da Sogra – petisco: Franz Kafta (descrição: Espetinho de carne moída com bacon e queijo. Acompanha farofa crocante, vinagrete de feijão verde, chimichurri e o maravilhoso tempero secreto da casa)

Endereço: Rua Vasco da Gama, 1072, Fundos – Monteses

Funcionamento: Quinta e sexta 17h30 às 0h, sábado e domingo das 11h30 às 21h.

Telefone: (85) 98727-3144

Esquina do Chef – petisco: Egg Ball’s (descrição: Bolinho de carne empanado com farinha panko e ervas, recheado com ovo de codorna cozido. Acompanhado ao molho barbecue e finalizado com pimenta biquinho e salsa)

Endereço: Rua Joaquim Torres, 888 – Joaquim Távora

Funcionamento: Todos os dias 18h às 0h

Telefone: (85) 3246-4244

Fabrika Bar 1650 – petisco: Toast do Fabrika (descrição: Toast de linguiça picante do Fabrika com cebolas douradas e molho provençal)

Endereço: Rua Dr. José Lourenço, 2072 – Loja 1 – Fátima

Funcionamento: Quarta a sexta das 17h às 0h, sábado das 18h às 02h

Telefone: (85) 3039-0436

Kina do Feijão Verde – petisco: Cestinha do Kina (descrição: Cestinha de massa filo com creme de macaxeira e carne de sol)

Endereço: Rua João Cordeiro, 1697 – Aldeota

Funcionamento: Terça a sábado das 10h às 23h30. Domingo das 10h às 19h30.

Telefone: (85) 3253-7655

Marcão das Ostras – petisco: Mar vira Sertão (descrição: Mini Cuscuz de milho com recheio e calda de mariscos)

Endereço: Rua Professor Carvalho, 2901 – Joaquim Tavora

Funcionamento: terça a sexta das 16h30 às 0h, sábado 12h às 0h, domingo 11h às 21h.

Telefone: (85) 3032-5954

Outras Palavras – petisco: Quibe Nordestino (descrição: Bolinho de macaxeira crocrante em forma de quibe, recheado com carne de sol desfiada e queijo qualho assado)

Endereço: Rua Ana Bilhar, 1470 b – Varjota

Funcionamento: quarta das 17h às 23h, quinta das 17h às 01h, sexta 17h às 02h, sábado 12h às 01h.

Telefone: (85) 99982-7998

Quintal 55 – petisco: Assadim do Quintal (descrição: Aquele carne de panela desfiada ao molho que é a cara de comida da vovó, com alho poró frito e macaxeira frita. Acompanha creme de alho poró)

Endereço: Alamenda das Boninas, 55 – Quadra 29 – Cidade 2000

Funcionamento: Quinta a sábado das 18h às 23h

Telefone: (85) 9 8155-0493

Seu Zé – Bodega – petisco: Vaca Estrela (descrição: Feijão Verde, Costela Bovina cozida e um caldinho para forrar a barriga. É claro não poderia faltar o pãozinho que vai no formato de massa folheada para limpar o prato)

Endereço: Rua Joaquim Torres, 1051 – Joaquim Távora

Funcionamento: Terça a sexta das 17h às 0h, sábado 11h às 23h

Telefone: (85) 3016-0059

Tarantulas Grill – petisco: Tarantino (descrição: Porção com 06 enroladinho de massa de pastel com recheios de carne de sol com queijo mussarela,carne moída com queijo mussarela e calabresa com queijo mussarela acompanhado de maionese temperada)

Endereço: Rua Antônio Drumont, 633 – Monte Castelo

Funcionamento: Terça a sxta 17h às 23h30, sábado 10h30 às 23h30

Telefone: (85) 98817-6538

Varandão da Vila – petisco: Asinhas no Avesso (descrição: Asinhas de frango dessosadas recheada dando um diferencial no sabordo petisco)

Endereço: Av. Osório de Paiva, 1612 – Parangaba

Funcionamento: Quarta a sábado das 17h às 22h

Telefone: (85) 3483-2680

Sua força transformadora

Ele é o primeiro concurso do gênero e desde 2016, se tornou uma Eleição Nacional, com a participação de público e jurados. Em 2017 o Concurso engajou mais de 5 milhões de pessoas visitando os butecos participantes, provocando um forte impacto em toda a cadeia produtiva do setor:

· 520 mil votos

· 6 mil empregos gerados

· R$ 70 MM em mídia espontânea

· R$ 140 MM de impacto na cadeia de valor, da indústria ao consumidor

Sua mecânica

Na primeira etapa, em cada uma das cidades, os butecos pré-selecionados apresentam os tira-gostos criados especialmente para a competição, sendo tema livre na edição 2018. O público e um corpo de jurados visita, vota e elege o campeão, avaliando 4 categorias ( petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida) . O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%.

Na segunda etapa, em junho, uma comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas 4 categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). Cada campeão recebe 3 jurados ( um jurado da sua cidade e dois de outras cidades ). Elege-se aí o MELHOR BUTECO DO BRASIL, que será conhecido e premiado no mês de Julho.

Buteco com “u”, o perfil dos participantes:

Os estabelecimentos selecionados para participar são classificados pela organização do concurso como “ESPONTÂNEOS”: estabelecimentos em que o dono está sempre à frente do negócio, não pertencendo à redes ou franquias e que muitas vezes se originou na própria casa da pessoa. Tem a identidade de seu proprietário e na maioria das vezes , outras pessoas da família do dono trabalham ali também.

Cidades participantes por Estado: Ceará: Fortaleza; Bahia: Salvador e Lauro de Freitas; Pernambuco: Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes; Amazonas: Manaus; Pará: Belém, Icoaraci e Ananindeua; Minas Gerais: Belo Horizonte, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia, Poços de Caldas e Vale do Aço ( Timóteo, Ipatinga e Coronel Fabriciano); São Paulo: São Paulo (capital), Campinas, Jaguariúna, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto; Rio de Janeiro: Rio de Janeiro (capital) e Baixada Fluminense; Santa Catarina: Florianópolis; Rio Grande do Sul: Porto Alegre e Canoas; Paraná: Curitiba; Distrito Federal: Brasília, Guará, Aguas Claras, Taguatinga; Goiás: Goiânia e Aparecida de Goiânia.

Patrocinadores 2018

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua CAUSA, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas, pois nenhum buteco participante paga nada para participar nem é obrigado a consumir nenhum produto dos patrocinadores.

Empresas patrocinadoras em Fortaleza: Apresentador: Dona Benta e Tabasco; Patrocinadores: McCain, GetNet Mastercard e Trident; Promoção: Verdes Mares; Apoiadores: 51 reserva, Chandon, Hotel Sonata de Iracema, Diário do Nordeste, Secretaria de Turismo, Smart Fit, Teknisa, Abrasel, Perdigão.

Programação artística e ações ambientais vão marcar o 19º Festival Jazz & Blues que começa no dia 10 de fevereiro

 

Mais de 20 shows, além de ensaios abertos, bate-papos e oficinas para adultos e crianças estão na programação artística musical do 19º Festival Jazz & Blues, que começa no dia 10 de fevereiro. São seis dias de atividades, sendo quatro em Guaramiranga (10 a 13) e, depois da Quarta-feira de Cinzas, mais dois em Fortaleza (15 e 16). Na cidade serrana, o Festival promove também ações ambientais, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA).

 

JAZZ E BLUES NA SERRA

Em Guaramiranga a música entra em pauta já pela manhã com o Café no Tom, um bate-papo com uma das atrações do Festival, sobre sua carreira e sua música. É sempre às 11h, no restaurante Basílico, na Praça do Teatro Rachel de Queiroz. Participam dessa conversa, respectivamente de sábado a terça, Juarez Moreira (MG), Davi Duarte (CE), Filó Machado (SP) e Jefferson Gonçalves (RJ). Também às 11h, no domingo e na segunda-feira, acontecem oficinas na sede da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA). No domingo a oficina é de sopros, com o músico mineiro naturalizado canadense Marcelo Padre, do Duo Estro Cuba, e na segunda-feira é de guitarra com o cearense Lu D’Sosa.

Às 16h30 o público já pode chegar à Cidade do Jazz & Blues, estrutura erguida pelo Festival na rua principal, a cerca de 600 metros da Praça do Teatro Rachel de Queiroz. Começa com os Ensaios Abertos dos espetáculos das 21h, e segue com a sessão Shows ao Pôr do Sol, às 17h, com duas atrações por dia. No sábado, se apresentam no fim de tarde o Trio Guara (CE) e Juarez Moreira (MG). No domingo, a sessão começa com o show do homenageado desta edição do Festival, o cearense Macaúba do Bandolim, acompanhado por seu filho Marinaldo (também um virtuoso nesse instrumento), Ribamar Freire (nome histórico do violão de 7 cordas) e Fernando do Pandeiro, e depois o palco é do também cearense Davi Duarte com o Duo Estro Cuba.

Na segunda-feira, quem abre a sessão das 17h é o trio instrumental de baixo, bateria e guitarra formado por Netinho de Sá, Robertinho Marçal e Lu D’Sosa (CE). O show seguinte é de Filó Machado Trio (SP), com Filó e Felipe Machado nos violões e Fábio Leandro no piano. Na terça-feira, a primeira apresentação da tarde é do trio de gaita, violão e percussão formado por Rebeca Câmara, Natanael Pereira e Igor Ribeiro (CE). Em seguida, quem sobe ao palco é o guitarrista mineiro Gustavo Andrade com o carioca Jefferson Gonçalves, que juntos apresentam o show “Explosion Blues”.

Tem mais shows à noite. Na sessão das 21 horas, o festival recebe quatro grandes atrações. No sábado, o show é do sanfoneiro Waldonys com o Sexteto de Jazz da Big Band Unifor. No domingo, o som jazzístico instrumental é levado ao palco pelo multi-instrumentista Arismar do Espírito Santo (SP), com o gaitista brasiliense Gabriel Grossi, o gaúcho Bebê Kramer no acordeon e o violonista cearense Cainã Cavalcante. Na segunda-feira, a atração é Dori Caymmi (violão), um dos grandes mestres da música brasileira, que se apresenta ao lado de Itamar Assiere (piano), Jefferson Lescowich (contrabaixo) e Ricardo Costa (bateria). Na sessão das 21h, na terça-feira, o Festival apresenta o projeto “Blues for Africa”, do paulista Adriano Grineberg (piano), tendo como convidado especial o cantor gaúcho Filipe Catto.

Depois é a hora das tradicionais Jam Sessions, que esse ano começam mais cedo, às 23 horas. Serão quatro noite de blues, blues rock e outros sons afins. Quem se apresenta na Jam de sábado é a cearense Marília Lima. No domingo, o guitarrista cearense Rafael Balboa faz um tributo a Eric Clapton. Quatro guitarristas de estados distintos se juntaram no projeto que será apresentado na Jam de segunda-feira: Blues do Nordeste, com André de Sousa (Piauí), Gustavo Cocentino (Rio Grande do Norte), Roberto Lessa (Ceará) e Rodrigo Morcego (Pernambuco). E as mulheres fecham a programação de shows na serra com “Divas do Blues”, apresentado pelas intérpretes Marília Lima, Raíssa Dantas e Fernanda Fialho.

 

AÇÕES AMBIENTAIS

Guaramiranga está localizada em uma APA (Área de Proteção Ambiental) do Maciço de Baturité. Para que seu público conheça a riqueza natural da serra e mantenha uma boa convivência com sua flora e fauna, o Festival soma, às atividades musicais, uma série de ações ambientais, começando no sábado de manhã, na entrada da cidade, com a Blitz Ecológica, que busca sensibilizar quem chega para a importância da preservação ambiental. Com a participação da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) e da Cagece, são distribuídas mudas de plantas aos visitantes, que recebem também orientações para o descarte correto do lixo e a programação destas ações. As outras ações ambientais são as oficinas de repelente natural de citronela e de produção de mudas, palestra sobre a APA de Baturité, trilha ecológica e exibição do filme “A lei da água”. Essas ações buscam aproximar as pessoas da natureza e reforçar o respeito ao meio ambiente. A programação pode ser conferida no site do Festival.

 

PARA AS CRIANÇAS

Uma programação especial foi criada para o público infantil. O Espaço Do Ré Mi, na Cidade Jazz & Blues, vai oferecer oficinas de musicalização ministradas pelos professores Amanda Montenegro e Diego Gomes, da escola BSB Musical, de Fortaleza. A atividade, destinadas a crianças de 6 a 10 anos, acontecerá das 9h30 às 10h30 nos dias 11, 12 e 13, respectivamente com aulas de prática de canto, percussão/expressão corporal através de dinâmicas rítmicas e, no último dia, atividades de ritmo com apoio de instrumentos percussivos (canos sonoros) e uma dinâmica de grupo. O objetivo é proporcionar a comunicação e a expressão através da música.

 

EXPRESSO JAZZ & BLUES

O Expresso Jazz & Blues sobe a serra novamente esse ano, com destino a Guaramiranga. O transporte oficial do Festival faz um ‘bate-volta’ nos quatro dias de programação na serra, saindo de Fortaleza às 13h e retornando à meia-noite. O passaporte inclui o translado ida-e-volta para um dia e um ingresso para o show das 21h. O passaporte custa R$ 140,00.

 

DOIS DIAS EM FORTALEZA

Em Fortaleza três espaços vão receber a programação. No Cineteatro São Luiz acontecerão shows de Dori Caymmi na quinta-feira, dia 15, e “Blues for Africa” de Adriano Grineberg com o convidado Filipe Catto na sexta-feira, 16, ambos às 19 horas. No Centro Cultural Banco do Nordeste haverá oficina de gaita no dia 15, às 17h, com Jefferson Gonçalves, que na sequência, às 18h30, apresenta o show “Explosion Blues” com o guitarrista Gustavo Andrade. E para fechar esta edição, tem festa de encerramento no dia 16, às 20h30, no Theatro José de Alencar, com shows de Davi Duarte e Duo Estro Cuba e do Blues do Nordeste.

Apresentado pelo Ministério da Cultura, com apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e da Prefeitura Municipal de Guaramiranga, o 19° Festival Jazz & Blues tem como patrocinadores: Hipercor, Nacional Gás e BNB. Apoio cultural: Cineteatro São Luiz, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Theatro José de Alencar, Indaiá, Café Santa Clara Reserva da Família, Cagece, Dakota, Casa Pio, Mercadinhos São Luiz e Servis Segurança. Agradecimentos: ENEL e Coca-Cola. Promoção: Diário do Nordeste. Realização: Ministério da Cultura e Via de Comunicação.

 

Serviço:

19° Festival Jazz & Blues – De 10 a 13 de fevereiro de 2018 em Guaramiranga e nos dias 15 e 16 em Fortaleza. Informações: (85) 3262.7230. Site: www.jazzeblues.com.br. Instagram: @festivaljazzeblues. Facebook: Festival Jazz & Blues (CE).

Ingressos para os shows das 21h em Guaramiranga: À venda até o dia 9 de fevereiro na Bilheteria Virtual (www.bilheteriavirtual.com.br) e nos seguintes pontos de venda em Fortaleza: Mercadinhos São Luiz Cambeba (Av. Washington Soares, 6180) e Mercadinhos São Luiz Cocó (Av. Engenheiro Santana Júnior, 2977). De 10 a 13 os ingressos serão vendidos somente em Guaramiranga, na bilheteria, que funcionará das 15h às 20h. R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia). O restante da programação em Guaramiranga tem acesso gratuito.

Ingressos para os shows no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza: À venda no local (Rua Major Facundo, 500 – Centro). Horário de funcionamento da bilheteria: Terça a sábado das 10h às 18h30 e, aos domingos, a bilheteria é aberta uma hora antes de cada evento e fecha no início da última atividade (conforme programação do dia). R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia). Venda com taxa de conveniência no Tudus (www.tudus.com.br). Informações no Cineteatro São Luiz: (85) 3252.4138 (horário comercial). Em breve informações sobre venda de ingressos para a programação do dia 16 às 20h30 no Theatro José de Alencar.

Festival Garage Sounds apresenta mais uma edição em Fortaleza no dia 10 de março e chega a mais quatro capitais do Brasil no primeiro semestre de 2018

 


​DANCE OF DAYS PALCO PRINCIPAL – FelipeToscano

O Garage Sounds vem com grandes novidades em 2018! Além de duas edições em Fortaleza – a primeira aconteceu no dia 6 de janeiro – o festival acontece em mais quatro capitais brasileiras: Natal, Recife, Belém e Manaus. Na capital cearense, o público vai poder conferir mais um dia de Garage, 10 de março, na Praça Verde do Dragão do Mar.

Mais de 20 atrações vão passar pelos três palcos montados para o festival, entre elas, nomes consagrados na atual cena do rock nacional como Scalene, Project46, Pense, La Ranza e Gangrena Gasosa. As bandas locais também terão espaço no Garage Sounds II (2018). Compõem o line up cearense, a galera do Plastique Noir, The Knockers e Berg Menezes e muito mais.

No primeiro semestre de 2018, cinco capitais brasileiras vão receber o evento. Além de Fortaleza (10/03), o festival itinerante passa por Recife (09/03), Natal (11/03), Manaus (06/04) e Belém (07/04).

Soma-se à programação musical, o ‘Garage Geek’ – uma área com videogames e tudo relacionado à cultura nerd; e mais foodtrucks e Galeria GS com loja e stands de diversos produtos.

Idealizado em 2106, o Garage Sounds se consolidou como um dos maiores festivais de música independente do país, além de fortalecer o lançamento de tendências e novos artistas locais e nacionais, além de abrir espaço e servir de vitrine aos músicos e bandas que lutam por um espaço no mercado tão concorrido, como o musical.

 

 

Serviço:

GARAGE SOUNDS – Fortaleza

Data: 10 de Março

Local – Praça Verde do Centro Cultural Dragão do Mar

Horário – 14h

Valor:

Meia: R$50,00
Inteira: R$100,00

Meia-entrada Social: R$50 + um livro em bom estado a ser entregue no dia do evento

Vendas físicas: Lojas Clikks –(Shoppings Benfica, Parangaba, Iguatemi e Rio Mar Fortaleza)

Vendas online: www.ingressando.com.br

Informações: www.garagesounds.com.br | 85 99868.9843

Biquini Cavadão e Ponto de Equilíbrio agitam a segunda noite do Fest Verão Canoa neste sábado (13)

 

Depois de esgotar ingressos na primeira noite, o Fest Verão Canoa apresenta mais uma etapa do festival. Desta vez, o rock in roll do Biquini Cavadão e o reggae do Ponto de Equilíbrio desembarcam em Canoa Quebrada neste sábado (13) e promete lotar mais uma vez a barraca Chega Mais Beach.

Esta é a primeira edição do Fest Verão Canoa que vai reunir grandes atrações nacionais no período das férias. O primeiro dia do FVC aconteceu no dia 30/12, com Thiaguinho e Gabriel Diniz. Dia 13 de janeiro é a vez do rock do Biquini Cavadão e o reggae do Ponto de Equilíbrio e de Carlinhos Nação, e para encerrar, dia 20 de janeiro, o festival recebe a swingueira de Leo Santana e o forró de Felipão.

O Fest Verão Canoa está programado para acontecer todos os anos no período de dezembro e janeiro, e promete consolidar-se como o maior evento de verãodo litoral nordestino. Cerca de 30 mil pessoas devem passar pelos três dias do festival que, além de divertir o público que vem para curtir as praias da região, incrementa o turismo e a economia local.

Uma grande estrutura será montada na barraca Chega Mais para receber o público com conforto e segurança. O apoio da Prefeitura Municipal de Aracati tem sido fundamental para execução do projeto dando total apoio no trânsito, vias de acesso, divulgação, limpeza, etc.

Serão gerados cerca de 1.200 empregos diretos e três mil indiretos. Além de parcerias com agências de viagem, influenciadores digitais e fã-clubes.

 

SERVIÇOS FEST VERÃO CANOA:

Data: sábado (13)

Local: Barraca Chega Mais Beach (Praia de Canoa Quebrada | Aracati-CE)

Horário: 21 horas

Atrações: Biquini Cavadão, Ponto de Equilíbrio e Carlinhos Nação

Vendas físicas:

Fortaleza: Lojas Ferrovia (Shoppings Iguatemi e RioMar)

Aracati: Lojas Leve Estilo e Hering

Mossoró: Restaurante Candidus

Russas: Mafalda Magazine

Limoeiro do Norte: Sport Modas

Jaguaruana: Kaio Roberto

Vendas online:

www.ingressando.com.br

Valores:

Pista: R$ 42

Front: R$ 72

Lounge: R$ 102

*Verificar valor do lote atual.

Informações: 88 3421. 7101 | 85 9 8773.7330

I’Music fecha parceria com três grandes marcas

 

O I’Music, novo festival de música do Iguatemi Fortaleza, que acontece nos próximos dias 05,06 e 07 de janeiro, terá o patrocínio da Coca-Cola, Itaipava e Indaiá. As três grandes marcas chancelaram seu apoio no evento que promete sacudir a cidade durante três dias, com muita diversão, música, entretenimento e alegria. Ao todo, serão 9 (nove) atrações nacionais, entre os três dias de festival. São elas: Selvagens à procura de Lei, Ana Vitória, Projota, Paralamas do Sucesso, Frejat, Jota Quest, Ney Matogrosso, Jorge Ben Jor e Monobloco, além de DJs, shows pirotécnicos, roda gigante, tirolesa, experiências sensoriais e muito mais. O festival, além das grandes atrações, terá a atriz Mônica Iozzi como apresentadora oficial dos três dias de evento.

 
Dinâmica
Para este ano, o Iguatemi Fortaleza oferece aos seus clientes uma oportunidade inédita de unir as compras de final de ano com a oportunidade de assistir a apresentações de ícones da música brasileira. Na ação promocional, a cada R$ 200,00 (duzentos reais) em compras (*), o cliente terá a condição especial de adquirir até quatro ingressos, pelo preço individual de R$ 40,00 cada, e válido para qualquer um dos três dias do I’Music. O novo festival unirá bandas nacionais de peso, durante os dias 05, 06 e 07 de janeiro, no Estacionamento Laranja do Shopping.

FESTIVAL CURTA CANOA DIVULGA OS SELECIONADOS PARA MOSTRA COMPETITIVA 2017

 


O Festival Latino Americano de Canoa Quebrada (Curta Canoa) divulga, nesta segunda-feira (04), as 50 produções selecionadas para a mostra Competitiva da 12ª edição, que será realizada entre os dias 07 e 12 de dezembro, na praia Canoa Quebrada, em Aracati.

Este ano, o festival recebeu cerca de 500 curtas e, por meio de uma criteriosa curadoria, foram selecionadas onze produções do Rio de Janeiro, sete de São Paulo, quatro do Ceará, três da Paraiba e Rio Grande do Sul, dois do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Espirito Santo, Paraná, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais e Santa Catarina, um do Pará, Mato Grosso, Alagoas, Maranhão, Piauí e Bahia.

Segundo o idealizador do Curta Canoa, Adriano Lima, essa é uma seleção muito potente. “O Brasil se consolidou no audiovisual e é, hoje, uma potência de resistência”, afirma. Adriano Lima também destaca a forte participação das produções cinematográficas cearenses nesta edição: “Felizmente a participação do Ceará foi muito forte e, por isso, decidimos realizar mais uma vez a mostra Bons Ventos, que vai exibir 56 filmes que não entraram na mostra competitiva”.

 

 

De olho na programação

Além das mostras Competitiva e Bons Ventos, a 12ª edição do Festival Curta Canoa realiza oficinas de formação em cineclubismo e preparação de atores para cinema e TV, com os facilitadores Henrique Dídimo e Giovanni Marsallis, respectivamente.

A programação também traz apresentações de teatro, canto e dança de grupos locais, e promete levar a magia da sétima arte para o cotidiano das crianças da rede publica de ensino de Aracati, em duas sessões de cinema infantil no Cinema Bom Vizinho.

 

Confira abaixo os filmes selecionados para o Festival Curta Canoa

Mostra competitiva de curta-metragem

A GENTE NASCE SÓ DE MÃE – CARU ROELIS – MG

A MARGEM DO UNIVERSO – TIAGO ESMERALDO – DF

APESAR DE TUDO – JANAÍNA DÓREA – RJ

AS CARTAS QUE NÃO LI – LUCIA CAUS – ES

AS AVENTURAS DO CRAUÁ – PATRÍCIA CARTES – ES

AS AVENTURAS DO MENINO PONTILHADO – LEO TABOSA – PE

BAUNILHA – LEO TABOSA – PE

BRAÇOS ABERTOS – MONIQUE LIMA – RJ

CINE RIO BRANCO – EUDALDO MONÇÃO JR. – BH

CLOSE – ROSANE GURGEL – CE

COCEIRINHA NA MÃO – LUCIANO IRRTHUM – MG

CUSCUZ PEITINHO – RODRIGO SENA E JULIO CASTRO – RN

DANNY – FERNANDO ALVES – SP

DESFRAGMENTO – HELENA LUKIANSKI E GIULIANA HEBERLE – RS

DIGA AO MEU PAI QUE ESTOU BEM – BRUNA FRACASCIO – SP

DIZ A LENDA – MARCIO DEL PICCHIA – SP

É NATAL – JAIME QUEIROZ – SP

ENTRE O ANJO E O POLICHINELO – GALVANDA GALVÃO & IZABELA LEAL – PR

EPÍLOGOS – ANDRÉ GLASNER – RJ

EU ME PREOCUPO – PAULO SILVER – AL

FEIRA LIVRE – ONDE O PASSADO E O PRESENTE SE ENCONTRAM – DYNHO SILVA – RN

FERIDA – DANDI QUEIROZ – SP

FLECHA DOURADA – CÍNTIA DOMIT BITTAR – SC

FRENÉTICA ILUSÃO – EDUARDO SUTIL – PR

GUIANA FRANCESA – EDMILSON FILHO E OLAVO JUNIOR – CE

HINO AOS ORIXÁS COM A PUREZA DAS CRIANÇAS – SÉRGIO ROSSINI – RJ

INTERVENÇÃO – ISAAC BRUM SOUZA – GO

LUIZ – ALEXANDRE ESTEVANATO – SP

MARIAS – EDEM ORTEGAL – MA

MORREU MARIA PREÁ – G. ANDRÉ MELO – CE

NEY SOUZA – O SENHOR DO TEMPO – ESTEVAN SILVERA – PR

O CD DE 2 BILHÕES DE DOLARES – NADABE RIBEIRO – CE

O QUEBRA-CABEÇA DE SARA – ALLAN RIBEIRO – RJ

O VENDEDOR DE PALAVRAS – ANDRÉ FALCÃO – RJ

PEDACINHO DO CÉU – CAIO ALVARENGA – RJ

QUANDO PAREI DE ME PREOCUPAR COM CANALHAS – TIAGO VIEIRA – SP

REDEMUNHO – MARCÉLIA CARTAXO – PB

ROLETA RUSSA EM TRANSITO – TAIGUARA BRUNO – PI

RUÍNA – ALAILSON BERNARDO – GO

SÉCULO XXI – LEONARDO GOOD GOD – MG

SERIA MELHOR SE VOCÊ TIVESSE MORRIDO – CLARA FERRER E MARCELLA DE FINIS – RJ

SOBRE UM FILME QUE NÃO ACABOU – DIEGO TAFAREL – RS

SONHOS DA LUISAH – JOAO RICARDO COSTA – SC

SURDEZ – GABRIEL FIGUEIRA – RJ

TELENTREGA – ROBERTO BURD – RS

TERCENDO LABIRINTO – RAQUEL GRANDA – RJ

UMA AVENTURA NA CAATINGA – LAERCIO FILHO – PB

UM POUCO A MAIS – ALEQUES EITERER – RJ

URSORTUDO – JANUÁRIO JR – DF

VOCÊ CONHECE DERRÉIS? – VERUZA GUEDES – PB

Garage Sounds anuncia mais duas capitais que vão receber o festival em 2018

 

O Festival Garage Sounds se consolidou como um dos maiores festivais de música independente do país e alça voos mais altos. Em 2018, o FGS traz grandes novidades. Além de Fortaleza, o festival chega a mais duas capitais nordestinas: Natal e Recife. Na capital cearense, o público vai poder curtir muita música em duas datas diferentes: nos dias 06 de janeiro e 10 de março.

Em 06 de janeiro, um sábado, os fortalezenses vão poder curtir a primeira edição “Garage Sounds – Only Locals”, que chega com a proposta de fomentar a cena cearense, levando ao público mais de 50 bandas locais em um único dia.

Em março, o festival volta a acontecer em Fortaleza marcado para o dia 10/03 (sábado), na Praça Verde do Centro Cultural Dragão do Mar. Dessa vez, trazendo atrações locais já consagradas na cena cearense como: Damn Youth, Sulamericana e Facada, além de bandas nacionais queridinhas do público como: Scalene, Project46 e Pense.

No dia anterior, sexta-feira, dia 9, o evento acontece em Recife (Pernambuco). Já no domingo, dia 11, é a vez de Natal (Rio Grande do Norte) receber o festival e encerrar o evento com chave de ouro.

O Garage Sounds, é um festival independente que chega para fortalecer o lançamento de tendências e novos artistas locais e nacionais, além de abrir espaço e servir de vitrine aos músicos e bandas que lutam por um espaço no mercado tão concorrido, como o musical.

Serviço:

FORTALEZA – LOCALS ONLY | 06 DE JANEIRO

Evento: Festival Garage Sounds (50 atrações | Somente bandas locais)

Quando: 06 de janeiro de 2018

Horário: 14 horas

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Meia: R$ 20,00.

Entrada social: R$ 20,00 + um livro.

Combo | Meia Locals Only + Garage Sounds (10/03/18): R$ 65,00.

Ponto de venda: Lojas Clikks dos Shoppings RioMar Fortaleza, Iguatemi, Benfica e Parangaba.

Compre online: bit.ly/GSLocalsOnly

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

Redes sociais: @garagesounds; www.facebook.com/garagesoundsfestival/.

 

EDIÇÃO RECIFE: 09 DE MARÇO

Evento: Festival Garage Sounds | Recife (Pernambuco)

Quando: 09 de março de 2018

Horário: 16 horas

Local: Baile Perfumado

Compre online: bit.ly/PrevendaGSrecife

Valores pré-venda:

R$30,00 Meia

R$35,00 Inteira Social (Ingresso + um kg de ração ou 1 livro em bom estado)

R$60,00 Inteira

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

 

EDIÇÃO FORTALEZA: 10 DE MARÇO

Evento: Festival Garage Sounds (Bandas locais e nacionais)

Quando: 10 de março de 2018

Horário: 14 horas

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Meia: R$ 50,00

Entrada social: R$50,00 + a doação de um livro.

Ingressos disponíveis nas lojas Clikks Eyewear a partir de sexta

Compre online: http://bit.ly/ingressosGS18

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

 EDIÇÃO NATAL: 11 DE MARÇO

Evento: Festival Garage Sounds | Natal (Rio Grande do Norte)

Data: 11 de março de 2018

Horário: 13 horas

Local: Arena das Dunas

Compre online: bit.ly/prevendaGSnatal

Valores pré-venda:

R$35,00 Meia

R$35,00 Meia Social (Ingresso + um kg de ração ou 1 livro em bom estado)

R$70,00 Inteira

Informações: 85 9 9868.9843|www.garagesounds.com.br

VI FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE DO CEARÁ 2017 SERÁ REALIZADO EM PACOTI E FORTALEZA

 

 


A sexta edição do Festival Internacional de Folclore do Ceará será realizada entre os dias 16 e 19 de novembro e, este ano, amplia suas ações para além da capital cearense, realizando a maior parte de suas atividades na Serra de Baturité, em Pacoti. Com ampla programação, o Festival terá apresentações musicais, dança folclórica, comercialização de artesanato, literatura de cordel, gastronomia regional, além de ações formativas com atividades como aulas-show, vivências e exposições, valorizando a cultura popular e fortalecendo o Ceará como cena internacional da dança, arte e cultura. Toda a programação será gratuita.

Para democratizar ainda mais o acesso do público às mais diversas formas de expressão da cultura popular, estimular o diálogo entre artistas e espectadores, além de repensar meios de valorizar as tradições, o Festival Internacional de Folclore do Ceará sobe a Serra de Baturité e ocupa praças, pátios e escolas de Pacoti, do dia 16 ao dia 18 de novembro (quinta a sábado), ampliando o raio de abrangência do Festival.

“Escolhemos Pacoti para esta descentralização nas atividades do Festival por ser uma cidade que já tem uma tradição na realização de feiras culturais e mostras juninas, onde o trade turístico se desenvolve e cresce a cada dia, além de ter uma população de moradores e visitantes ávida por cultura, lazer e entretenimento de qualidade”, explica Sheila Fernandes, Coordenadora do Festival. O encerramento do Festival será no dia 19/11 (domingo), no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza.

O VI Festival Internacional de Folclore do Ceará irá reunir cerca de 500 artistas de Grupos de Projeção Folclórica de abrangências local e nacional, Grupos de Etnia e Grupos Internacionais. A expectativa é atingir um público de 10 mil pessoas durante os quatro dias de evento, nos diversos espaços ocupados, que terão a oportunidade de desfrutar do rico intercâmbio artístico-cultural.

Além de valorizar as tradições, a pesquisa e a experimentação, o VI Festival Internacional de Folclore do Ceará será um encontro entre as mais distintas manifestações culturais e trará reflexões sobre as danças folclóricas em um contexto internacional, por meio do qual será possível conhecer aspectos da trajetória de um povo e ampliar conhecimentos. Os grupos internacionais que irão participar do Festival são: Paraguay Ete do Paraguai e Raíces de Mi Chile, do Chile.

De outros estados brasileiros virão especialmente para o Festival o Elenco Adulto do C.T.G – Centro de Tradições Gaúchas Fagundes dos Reis, de Passo Fundo (RS), o Grupo Folclórico Beneficente Bumba-Meu-Boi de Axixá, de São Luís (MA) Grupo Apolo de Danças Gregas (SP). Do Ceará, já confirmaram presença a Cia de Dança Estrelas da Rua, o Grupo de Dança Tablado, o Grupo de Tradições Cearenses, o Grupo de Tradições Folclóricas Raízes Nordestinas, o Grupo Mira Ira – IFCE e a TXAI Cia de Danças Populares, todos de Fortaleza.

O Festival homenageia duas personalidades da Cultura Popular Cearense: a professora Graça Martins e o produtor Clerton Vieira, além do Grupo de Dança Tablado. Todos têm trabalhado para fortalecer a cultura popular do Ceará.

Diante da grande influência da cultura africana nas manifestações artísticas brasileiras e por acreditar e valorizar esta ancestralidade e matriz genética, o VI Festival Internacional de Folclore do Ceará fará uma ação alusiva ao dia da consciência negra com a coroação de homenagem aos maracatus. Evidenciando o ícone da cultura negra cearense que é patrimônio imaterial.

Transmissão ao Vivo – As apresentações do palco principal serão transmitidas pelo site do Festival (www.festivaldefolcloredoceara.com.br), aproximando e ampliando o público por meio da tecnologia, possibilitando a interação durante as apresentações, em qualquer dispositivo com acesso à internet (computadores, notebooks, tablets e smartphones).

 

 


ATIVIDADES
Feira de Artesanato – Comercialização de CDs, DVDs, camisas, artesanato, entre outros produtos, de cada estado e país participante;
Vivências – Troca de conhecimento cultural entre os grupos participantes, com roda de conversa, experimentações de dança e instrumentação musical, costumes e expressões da cultura de cada lugar, visando a interação e integração entre os grupos;
Educar com Folclore – Visitação a escolas e creches da rede pública ou particulares, com apresentação de aula-show pelos grupos participantes. Dançarinos e coordenadores explicarão a origem da dança, a musicalidade regional, os costumes da região de origem, a cultura, os adereços e figurinos usados na apresentação, bem como a geografia e história da cidade, possibilitando a troca de conhecimento, a disseminação da cultura, a transmissão de valores, a fruição.

Folclore Itinerante – Inserção das comunidades da Zona Rural na programação de apresentações e aulas-shows do festival, contemplando um público que, geralmente, não tem oportunidade de desfrutar de programações culturais oferecidas na cidade. Esta ação será realizada exclusivamente em Pacoti, democratizando e descentralizando o acesso à cultura.

O VI Festival Internacional de Folclore do Ceará é uma realização da Encena Produções em parceria com a Prefeitura Municipal de Pacoti, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Instituto Dragão do Mar, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Curso Pré-Universitário UECEVEST e Ernanitur; apoio institucional da ENEL, Conselho Internacional de Dança (Cid-Unesco), Comissão Nacional de Folclore, Comissão Cearense de Folclore e Associação Txai Cultura e Arte; promoção do Instituto União de Arte, Educação e Culturas Populares e apoio cultural da Secretaria da Cultura do Ceará.

 

 

 

PROGRAMAÇÃO

16/11 (quinta-feira), Pacoti

Educar com Folclore
09h30 – Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai)
Local: Creche São José

Arena Cultura das Tradições
09h30 – Grupo Folclórico Beneficente Bumba-Meu-Boi de Axixá (São Luís–MA)
Conjunto Folklórico Raíces de Mi Chile (Chile)
Local: Ginásio Poliesportivo José Evandro Pimenta

Folclore Itinerante
14h30 – Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai)
Local: EMEIF Fernando Moreira Sales
Comunidade: Santana

Arena Cultura das Tradições
14h30 – Grupo Folclórico Beneficente Bumba-Meu-Boi de Axixá (São Luís–MA)
Conjunto Folklórico Raíces de Mi Chile (Chile)
Local: Ginásio Poliesportivo José Evandro Pimenta

Cortejo
17h30 – Ação com todos os grupos participantes e convidados
Local: Praça da Prefeitura

Palco Principal
18h30 – Abertura VI Festival Internacional de Folclore do Ceará
Coroação de Homenagem aos Maracatus Cearenses
Mostra Escolar de Dança Folclórica
Grupo Folclórico Beneficente Bumba-Meu-Boi de Axixá (São Luís–MA)
Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo–SP)
Elenco Adulto – C.T.G Fagundes dos Reis (Passo Fundo–RS)
Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai)
Conjunto Folklórico Raíces de Mi Chile (Chile)
Local: Polo de Lazer Raimundo Menezes Jucá

17/11 (sexta-feira), Pacoti

Folclore Itinerante
09h30 – Elenco Adulto – C.T.G Fagundes dos Reis (Passo Fundo–RS)
Local: EMEF São Sebastião
Comunidade: Boa Hora

09h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo–SP)
Local: EMEIF Rosa Maia Rebouças
Comunidade: Volta do Rio

Educar com Folclore
09h30 – Grupo Folclórico Beneficente Bumba-Meu-Boi de Axixá (São Luís–MA)
Local: EEM Menezes Pimentel

09h30 – Conjunto Folklórico Raíces de Mi Chile (Chile)
Local: Escola Monteiro Lobato
09h30 – Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai)
Local: Instituto Maria Imaculada

Cortejo
17h30 – Ação com todos os grupos participantes e convidados
Local: Praça da Prefeitura

Palco Principal
18h30 – Mostra Escolar de Dança Folclórica
Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai)
Grupo Folclórico Beneficente Bumba Meu Boi Axixá (São Luís–MA)
Elenco Adulto – C.T.G Fagundes dos Reis (Passo Fundo–RS)
Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo–SP)
Conjunto Folklórico Raíces de Mi Chile (Chile)
TXAI Cia de Danças Populares (Fortaleza–CE)
Local: Polo de Lazer Raimundo Menezes Jucá

18/11 (sábado), Pacoti

Palco Principal
18h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo–SP)
Grupo MIRAIRA (Fortaleza–CE)
Elenco Adulto – C.T.G Fagundes dos Reis (Passo Fundo–RS)
Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai)
Grupo Folclórico Beneficente Bumba-Meu-Boi de Axixá (São Luís–MA)
Conjunto Folklórico Raíces de Mi Chile (Chile)
Grupo de Dança Tablado (Fortaleza–CE)
Local: Polo de Lazer Raimundo Menezes Jucá

19/11 (domingo), Fortaleza
18h30 – Coroação de Homenagem aos Maracatus Cearenses
Grupo Tradições Cearenses (Fortaleza–CE)
Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai)
Grupo Folclórico Beneficente Bumba-Meu-Boi de Axixá (São Luís–MA)
Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo–SP)
Cia de Dança Estrelas da Rua de Fortaleza (Fortaleza–CE)
Elenco Adulto – C.T.G Fagundes dos Reis (Passo Fundo–RS)
Conjunto Folklórico Raíces de Mi Chile (Chile)
Grupo de Tradições Folclóricas Raízes Nordestina (Fortaleza–CE)
Local: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Serviço:
VI Festival Internacional de Folclore do Ceará
Pacoti, 16 a 18 de novembro de 2017:
Palco Principal – Polo de Lazer de Raimundo Menezes Jucá – Pacoti;
Palco Paralelo / Arena Cultura das Tradições – Ginásio Municipal de Pacoti;
Fortaleza, 19 de novembro de 2017:
Palco Principal – Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Transmissão ao Vivo – www.festivaldefolcloredocera.com.br
Programação gratuita

Mais informações pelos telefones 85 99677.5031 / 3023.3064 ou nas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/festivaldefolcloredoceara
Instagram: @folcloredoceara
Site: www.festivaldefolcloredoceara.com.br

A cidade pulsa com a oitava edição do Festival Popular de Teatro de Fortaleza

 

Com o tema “Rua que pulsa. Teatro que transforma”, o Festival Popular de Teatro de Fortaleza, que já faz parte do calendário cultural da cidade, prepara-se para ocupar as praças, ruas e terminais da capital, entre os dias 17 e 24 de novembro.

 

A capital irá pulsar a magia do Teatro, com 25 peças que contemplam todos os públicos, desde o infantil ao adulto. Ao todo, foram selecionados oito grupos nacionais e dois internacionais, com mais de 60 artistas envolvidos, dos mais variados Estados, como Sergipe, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Goiás e Argentina.

 

“Nosso objetivo, claro, é sempre levar arte para as ruas. Sabemos que muitas pessoas têm pouco ou nenhum contato com essa forma da manifestação artística. Essa é nossa forma de tentar mudar essa realidade. Além disso, a cada edição, procuramos promover alguma ação de cunho social. Dessa vez, estaremos recebendo doações de rações para cães e gatos, que serão doados à Companhia Acontece”, ressalta Raimundo Moreira, o coordenador geral do festival.

 

Paralelo a isso, os grupos de Teatro participantes do festival irão realizar um “Encontro de Troca de Saberes entre os Grupos Locais e Nacionais”, no dia 21/11, das 8 às 14h, no espaço Cena Casarão. O objetivo é justamente o intercâmbio de conhecimento e análise crítica da arte nos dias atuais. Além disso, o projeto realiza oficinas gratuitas, que acontecem entre os dias 07 a 26 de novembro, tanto no Centro Cultural Bom Jardim como na sede Sede do grupo Populart.

 

A abertura do evento, que conta com apoio cultural da Enel – através da Lei do Mecenato Estadual, será na sexta-feira, dia 17/11, a partir das 16h, na Praça José de Alencar. Além das peças teatrais, o público poderá conferir Di Ferreira e Claudio Mendes com Beat N’ Jazz.

 

 

Sobre a Cia. Prisma de Artes

A Cia. Prisma de Artes foi fundada em 1985, trazendo na bagagem um imenso trabalho junto à periferia da cidade. A Companhia deu origem a outras iniciativas culturais na comunidade, como blocos de pré-carnaval, festas juninas e de reisado.

O grupo surgiu a partir de jovens que trabalhavam em movimentos culturais na Igreja Católica e que mais tarde passou a ampliar a sua área de atuação. Em sua trajetória de metáforas e linguagens simbólicas, participou de eventos culturais levando apresentações artísticas a vários bairros de Fortaleza, cidades do Ceará e empresas estatais.

Inserindo-se na vida cultural da cidade, a Companhia encontrou muitos parceiros, levando o Festival Popular de Teatro de Fortaleza a conquistar o reconhecimento do público e do meio artístico. Em 2010, ano da primeira edição do Festival, a Cia. recebeu o Prêmio Carlos Câmara de destaques do ano.

 

 

 Serviço:

Data: 17 a 24 de novembro

Mais informações- Facebook: www.facebook.com/feptef/

 

PROGRAMAÇÃO

 

DIA 17/11 – SEXTA-FEIRA

 

MOSTRA TERMINAL:

TERMINAL PAPICU

12:00 – Le Son Sur Scène – Gustavo Portela (CE)

 

MOSTRA CENTRO:

PRAÇA JOSÉ DE ALENCAR

15h – Acordes do Amanhã – Orquestra (CE)

 

16h – Cerimônia de abertura

 

16:15 – Autômato – Dona Zefinha (CE)

 

17:15 – Show Di Ferreira (CE)

 

DIA 18/11 – SÁBADO

 

MOSTRA COMUNIDADE:

DIAS MACEDO

Praça do Renascer

 

16h – A menina que buscava o sol – Cia Prisma de Artes (CE)

 

BEIRA MAR – Meireles

 

17h – Conversa de Lavadeiras – Coletivo Rei Leal (CE)

 

MOSTRA ALTERNATIVA:

 

CUCA MONDUBIM

 

19h – O Incansável Dom Quixote – Magnífica Trupe de Variedades (RJ)

 

DIA 19/11 – DOMINGO

 

MOSTRA COMUNIDADE:

DIAS MACEDO

Praça do Renascer

 

17h – O Felizardo – Ovorini Carpintaria Cênica (MG)

 

MOSTRA ALTERNATIVA:

SEDE POPULART

 

18h – Dois Perdidos Numa Noite Suja – Grupo Imagens (CE)

 

DIA 20/11 – SEGUNDA-FEIRA

 

MOSTRA TERMINAL:

TERMINAL ANTONIO BEZERRA

12H – Mira So Kariri Me Voe Artesania (CE)

 

MOSTRA CENTRO:

PRAÇA DO FERREIRA

12h – Circo do KO´S Os Clássicos da Palhaçaria –  K’Os Coletivo (CE)

 

PRAÇA JOSÉ DE ALENCAR

18h – Patética – Cia Estável (SP)

 

MOSTRA COMUNIDADE:

MOURA BRASIL

16h – A Bruxa e a Natureza – Calu Maravilha (CE)*

 

MOSTRA ALTERNATIVA:

EPA – Espaço Popular de Artes

19h – Aquelas: uma dieta para caber no mundo – Coletivo Manada Teatro (CE)

 

DIA 21/11 – TERÇA-FEIRA

 

ENCONTRO EM REDE:

CENA CASARÃO

9h – Encontro entre os grupos locais e nacionais participantes do festival

 

MOSTRA CENTRO:

PRAÇA DOS LEÕES

16h – Dandys Acrobático -Cia Theastai de Artes Cênicas (MS)

 

MOSTRA COMUNIDADE:

PRAIA DO FUTURO II

16h – A Farsa do Panelada – Arte Jucá (CE) *

 

MOSTRA ALTERNATIVA:

CENA CASARÃO

20h – Show musical – Feita de Poeira – Jocasto Britto (CE)

 

 

DIA 22/11 – QUARTA-FEIRA

 

MOSTRA TERMINAL:

TERMINAL SIQUEIRA

12h – Le Son Sur Scène – Gustavo Portela (CE)

 

MOSTRA CENTRO:

PRAÇA DOS LEÕES

15h – Aparições Forçadas – Akellare Teatral (COL)* 15 h

 

16h – Os Cegos – Olho Rasteiro (PR)

 

MOSTRA COMUNIDADE:

 

DIAS MACEDO

EPA – Espaço Popular de Artes

16h – Relato Final – Cia Teatral Acontece (CE)

 

JÓQUEI CLUBE

16h – Puxa! Era uma bruxa?! – Rebeka Lúcio (CE)

 

MOSTRA ALTERNATIVA:

 

CUCA BARRA

15h – Sobre Anjos e Grilos: Universo de Mario Quintana – Cia de Solos e Bem Acompanhados (RS)

 

CUCA JANGURUSSU

15h – Se desconcierta el concierto – Latin Duo (ARG)

 

CINE SÃO LUIZ

19h – Gato Preto – Cia Teatral Oops! (GO) *

 

CCBJ – Centro Cultural Bom Jardim

18h – La Risa Es Bella – Diego Bruzzone (ARG)*

 

 

DIA 23/11 – QUINTA-FEIRA

 

MOSTRA TERMINAL:

TERMINAL PARANGABA

12h – A Bruxa e a Natureza – Calu Maravilha (CE) *

 

MOSTRA CENTRO:

 

PRAÇA JOSÉ DE ALENCAR

16h – O Imaginário Criador – Trupe Motim (CE)

 

MOSTRA COMUNIDADE:

COMUNIDADE JARDIM AMÉRICA

16h – Bom é o que acaba bem – Grupo Garajal (CE)

 

MOSTRA ALTERNATIVA:

TEATRO CARLOS CÂMARA

19h – Olho – Cia Teatral Oops! (GO) *

 

DIA 24/11 – SEXTA-FEIRA

MOSTRA TERMINAL:

TERMINAL MESSEJANA

12h – Do Que Parece Invisível – Silvia Moura (CE)

 

MOSTRA COMUNIDADE:

GENIBAÚ

16h – Entra na Roda – Comedores de Abacaxi S/A (CE)

 

MOSTRA ALTERNATIVA:

DIAS MACEDO

Praça do Renascer

 

17:30 – Os Cavaleiros da Triste Figura – Grupo Teatral Boca de Cena (SE)

 

19h – Cerimonia de Encerramento

 

19:30 – Show Musical *

Garage Sounds confirma data e anuncia pré-venda

 


O festival de rock Garage Sounds já tem data para a sua terceira edição: dia 06 de janeiro de 2018. O evento, que já está firmado no calendário roqueiro da cidade, traz cerca de 40 bandas em mais de 12 horas de festa. Nesta  edição, serão montados quatro palcos na Praça Verde do Dragão do Mar.

 

O Garage Sounds segue o modelo de festivais americanos e europeus de “rock fair”. Com o line-up ainda para ser anunciado, a organização promete seguir a fórmula de trazer atrações de renome nacional, e dar espaço para as melhores bandas da cidade. Na 2ª edição, o festival contou com nomes conhecidos na música nacional como Fresno; DeadFish; DFC e Dance ofDays, além de banda estabelecidas na cena local com MadMonkees; SiegeofHate;  DamnYouth e Jack The Joker.

 

A pré-venda de ingressos já está disponível pelo site ingressando.com.br e podem ser adquiridos pelo preço especial de lançamento a partir de R$ 35,00. A entrada dá acesso aos quatro palcos e a todos os espaços do evento como a Galeria Garage Sounds, setor onde o púiblico vai encontrar artigos relacionados à cultura do rock. Maiores informações serão publicadas em GarageSounds.com.br e nas redes sociais do evento.

 

O lado social sempre esteve presente nas edições do Garage Sounds. Mais uma vez, o festival fez parceria com a ONG Abrace, que trabalha na área de proteção animal, com objetivo de estimular a posse responsável de animais domésticos. A entrada social custa – na pré-venda – R$35,00. Ao adquirir este tipo de ingresso o comprador deverá doar na entrada do evento 1 kg de ração ou um livro em bom estado.

 

 

Serviço:

Evento: Festival Garage Sounds

Data: 06 de janeiro de 2018

Horário: 14 horas

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Ingressos:

Meia especial pré-venda: R$ 35,00.

Entrada social pré-venda: R$ 35,00 + doação de 1kg de ração ou um livro em bom estado a ser entregue no dia do evento.

Inteira pré-venda: R$ 70,00.

Informações: 85 9 9868.9843|garagesounds.com.br.

Redes sociais: instagram.com/garagesounds (@garagesounds); www.facebook.com/garagesoundsfestival/