Browsing Tag

Energia

Enel Brasil é destaque em Responsabilidade Socioambiental e Evolução do Desempenho no Prêmio Abradee 2018

 

 

A Enel Brasil foi destaque na solenidade de entrega da 20ª edição do Prêmio Abradee, realizada hoje (19) na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, com a premiação das empresas Enel Distribuição Ceará e Enel Distribuição Goiás.

A Enel Distribuição Ceará recebeu o primeiro lugar na categoria “Responsabilidade Social”, pela sétima vez. Já a Enel Distribuição Goiás recebeu o prêmio de primeiro lugar na categoria de evolução no desempenho, pela primeira vez.

“Esse prêmio é o reconhecimento de que estamos no caminho certo ao tratar a questão da sustentabilidade dos nossos negócios de forma integrada, com foco na qualidade dos serviços aos clientes e no cuidado com as pessoas e o meio ambiente. É gratificante também que, no primeiro ano após a nossa chegada em Goiás, os investimentos já comecem a dar resultado, contribuindo para a evolução da nossa distribuidora, afirma Carlo Zorzoli, presidente da Enel no Brasil.

 

Investimentos

No primeiro trimestre de 2018, a Enel Distribuição Ceará investiu R$ 151,64 milhões, valor 19,5% superior em relação ao mesmo período do ano passado. Os investimentos foram, em grande parte, para conexão de novos clientes e para modernização da rede de distribuição.

Em Goiás, a distribuidora de energia também vem ampliando os investimentos desde que a Enel assumiu a gestão da empresa, em 2017. Apenas no ano passado, foram investidos R$ 830 milhões, mais que o dobro dos R$ 300 milhões anuais investidos antes da privatização (em 2015 e 2016). A empresa vai investir outros R$ 2 bilhões até 2020 na modernização da rede de distribuição do Estado, o que trará melhorias ainda mais significativas aos clientes.

 

 

Como é feita a Pesquisa Abradee

A Abradee realiza estudos com consumidores de todo o Brasil desde 1999, partindo de um questionário com cerca de 97 perguntas utilizadas no cálculo do Índice de Satisfação com a Qualidade Percebida (ISQP) e demais indicadores da pesquisa. O levantamento é feito anualmente para medir a percepção do cidadão em relação ao serviço prestado pelas distribuidoras de energia elétrica.

 

Sobre a Enel no Brasil

A Enel é um dos maiores grupos do setor elétrico brasileiro e atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e soluções de energia. Após a aquisição da Eletropaulo, a Enel se tornou o maior grupo em distribuição de energia do país, com 17 milhões de clientes atendidos pelas empresas Enel Distribuição Rio (RJ), Enel Distribuição Ceará (CE), Enel Distribuição Goiás (GO) – antiga Celg, que passou a integrar o grupo em 2017, e Eletropaulo, adquirida em junho pela companhia.

 

Em geração renovável, a Enel no Brasil tem uma capacidade instalada total de cerca de 2,9 GW, dos quais 842 MW de energia eólica, 819 MW de energia solar e 1.270 MW de energia hidrelétrica. A empresa também conquistou recentemente o direito de construir projetos que vão adicionar ao portfólio da empresa no país uma nova capacidade renovável de mais de 1 GW. O grupo Enel possui ainda no Brasil a usina térmica Enel Geração Fortaleza (CE), a rede de transmissão Enel Cien (RS), conversora de energia para interconexão entre o Brasil e a Argentina, e uma empresa de soluções em energia para clientes residenciais, comerciais e industriais no mercado não regulado, a Enel X.

Associação Instituto Ação e Reação inicia projeto de judô, nesta quarta (11), em Massapê

 

Nesta quarta (11), a Associação Instituto Ação e Reação inicia o projeto de judô. A iniciativa é apoiada por meio do programa de sustentabilidade Luz Solidária da Enel Distribuição Ceará. A solenidade de lançamento acontecerá na sede da associação (Rua Prefeito Beto Lira, 260, Loja 01 – Centro, Massapê), às 13 horas.

Na ocasião, será realizada troca de lâmpadas para os clientes da localidade e participantes do projeto. Os clientes deverão levar uma conta de energia recente (último mês), documento com foto, duas lâmpadas florescentes ou incandescentes. Cada participante poderá trocar até 2 lâmpadas. Ao todo, serão disponibilizadas 300 lâmpadas Led.

A iniciativa atenderá crianças, adolescentes e jovens de famílias de baixa renda. O projeto de judô tem como principal objetivo contribuir com uma formação moral, intelectual e social de crianças, adolescentes e jovens. A iniciativa possibilitará o desenvolvimento de valores e habilidades, beneficiando os participantes com um melhor condicionamento físico, além de criar um ambiente de inclusão social. Pretende-se também potencializar habilidades em atletas com bom desempenho.

 

O programa

O Luz Solidária estimula o uso de eletrodomésticos eficientes por meio de descontos de 50% na compra de equipamentos novos e contribui com um projeto social. Desde a sua criação, em dezembro de 2009, o programa já trocou cerca de 62 mil eletrodomésticos, concedeu aproximadamente 31 milhões de bônus aos clientes residenciais e ofertou quase R$ 7,3 milhões a 224 projetos de geração de renda, meio ambiente, direitos humanos e capacitação no Ceará, Goiás e Rio de Janeiro.

 

Serviço

Início do projeto de judô

Data: 11/07/2018 (quarta)

Local: Rua Prefeito Beto Lira, 260, Loja 01 – Centro, Massapê

Horário: 13h

Enel Distribuição Ceará monta esquema especial durante os jogos da Copa do Mundo

 

A Enel Distribuição Ceará montou um esquema especial de atendimento durante a partida entre Brasil x Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo, na próxima sexta-feira, 6 de julho, que vai envolver a área técnica e o atendimento ao cliente.

A companhia vai alterar o funcionamento das lojas de atendimento no dia da partida, que funcionarão com expediente reduzido. O horário do atendimento ao público será até 13h. Para consultar sobre o horário de funcionamento das lojas em seu município, basta acessar: www.eneldistribuicao.com.br/ce/lojas.

Já na parte operacional, os operadores de sistemas e subestações, eletricistas, técnicos e engenheiros – estarão trabalhando durante todo o período para garantir o fornecimento de energia em todo o Ceará. O esquema especial envolve também a área de atendimento ao cliente, que funcionará normalmente, 24 horas por dia.

 

Serviço

Para comunicar ocorrências, solicitar serviços ou informações, os clientes da Enel Distribuição Ceará podem entrar em contato pelo aplicativo Enel Ceará, que pode ser baixado gratuitamente para iOS (http://goo.gl/quLoH9) e Android (http://goo.gl/pjQpNS); pelo site da companhia (www.eneldistribuicao.com.br); pelas redes sociais – Facebook (facebook.com/enelclientesbrasil) e Twitter (@enelclientesbr) ou ainda pela Central de Atendimento (0800 285 0196).

Enel Distribuição Ceará monta esquema especial durante os jogos da Copa do Mundo

 

A Enel Distribuição Ceará montou um esquema especial de atendimento durante os jogos da Copa do Mundo, entre os dias 14 de junho a 15 de julho, que vai envolver a área técnica e o atendimento ao cliente. A companhia manterá seu funcionamento normal durante todo o evento, com exceção apenas nos dias de jogos da seleção brasileira, onde as lojas de rua irão funcionar com expediente reduzido. Já na parte operacional, os operadores de sistemas e subestações, eletricistas, técnicos e engenheiros – estarão trabalhando durante todo o período para garantir o fornecimento de energia em todo o Ceará.

O esquema especial envolve também a área de atendimento ao cliente, que funcionará normalmente, 24 horas por dia. As lojas de atendimento funcionarão no mês de junho nos seguintes horários:

· Dia 17/06 | 15h – Brasil x Suíça – Lojas estarão fechadas

· Dia 22/06 | 9h – Brasil x Costa Rica – Lojas funcionam de 13h às 18h;

· Dia 27/06 | 15h – Brasil x Sérvia – Lojas funcionam de 8h às 13.

 

Serviço

Para comunicar ocorrências, solicitar serviços ou informações, os clientes da Enel Distribuição Ceará podem entrar em contato pelo aplicativo Enel Ceará, que pode ser baixado gratuitamente para iOS (http://goo.gl/quLoH9) e Android (http://goo.gl/pjQpNS); pelo site da companhia (www.eneldistribuicao.com.br); pelas redes sociais – Facebook (facebook.com/enelclientesbrasil) e Twitter (@enelclientesbr) ou ainda pela Central de Atendimento (0800 285 0196).

Enel alerta para os riscos com a energia elétrica durante a época dos jogos da Copa do Mundo

 

O mês de junho chegou e com ele veio o maior evento esportivo mundial, a Copa do Mundo, que será realizada esse ano na Rússia. É época de enfeitar a rua com bandeirinhas e faixas coloridas, de soltar fogos, instalar antenas de TV, entre outros. Tudo para torcer pela seleção brasileira. Mas na hora de programar uma festa, seja na rua ou em casa, os cuidados com a rede elétrica devem ser sempre lembrados.

O manuseio de objetos arremessados ou em contato com a rede elétrica pode causar curto circuito e às vezes falta no fornecimento de energia elétrica, choque elétrico e até levar a morte, conforme explica Marcony Melo, especialista em Eficiência Energética da Enel Distribuição Ceará: “Os enfeites deixam a festa mais alegre. Porém, bandeiras e fitas podem oferecer riscos se colocadas de maneira incorreta. Jamais se deve, por exemplo, utilizar a fiação elétrica da rua como sustentação”. O ideal é escolher bandeirinhas plásticas ou de papel e usar sempre barbantes de algodão ou fitilhos plásticos, pois outros materiais podem provocar choques elétricos. A amarração das bandeirinhas deve ser feita de poste a poste, com distância mínima de um metro abaixo da rede elétrica.
Se utilizar peças em tecido, tentar estendê-las em locais protegidos da chuva e do sereno. A umidade as deixa mais pesadas, aumentado o risco de se soltarem e tocarem na rede elétrica, podendo até romper fios energizados e atingir alguém. Vale ressaltar que os mastros (hastes) devem ser sempre de tubo plástico ou madeira. Depois de assistir aos jogos, lembre-se de desligar as ligações provisórias, a televisão e equipamentos de som da tomada, uma vez que, quando ficam ligadas, aquela luz do “stand by” continua consumindo energia.

 

Para iluminar e levar energia à sua festa, contrate profissionais qualificados para fazerem as instalações elétricas do local, no caso de realização do evento na via pública (rua e praça) deve ser feito um levantamento de carga e solicitar uma ligação provisória junto à Enel. Eles são devidamente preparados e equipados para realizarem esses serviços. É fundamental evitar emendas e isolamentos mal feitos em fios soltos no chão, principalmente em áreas molhadas. Vale também lembrar que ligações clandestinas, além de sobrecarregarem a rede e causarem acidentes, são consideradas crime. Muito cuidado também com a movimentação de escadas, andaimes, canos, antena de televisão, caçambas, veículos de grande porte, paredões de som ou qualquer objeto que possa tocar acidentalmente a rede elétrica.

 

Também é muito comum, na hora do gol, alguém da família deixar a sala de TV e correr para soltar fogos de artifício ou rojão na rua. Quando isso é feito próximo à rede elétrica, os prejuízos são sérios, como danos à rede elétrica, falta de energia e até incêndios. Por isso, na hora de comemorar com fogos de artifício ou rojão, faça-o longe da rede elétrica.

 

Evite soltar pipas perto da rede elétrica porque elas podem enroscar nos fios com risco de descarga elétrica. Vale lembrar que materiais metálicos também não devem ser utilizados na fabricação desse brinquedo, pois conduzem eletricidade, aumentando a chance de choque elétrico, podendo causar até a morte de uma pessoa. Em relação à pipa, o uso de cerol oferece mais um risco: ele corta a camada de borracha que reveste os fios de alumínio ou de cobre, criando a situação de transferência de corrente elétrica. Além disso, o uso do cerol também pode provocar acidentes com motociclistas.
Em caso de acidente

– O local deve ser isolado para que não haja a aproximação de pessoas;

– Não se deve retirar objetos ou pessoas que estejam em contato com fios da rede elétrica até que um profissional qualificado assegure que a energia foi desligada para, assim, manter a segurança e a integridade física dos presentes;

– Jamais tocar em fios partidos;

– Acionar o Corpo de Bombeiros no número 193 e a Enel pelo número 0800.285.0196.

Enel Distribuição Ceará expõe projeto Microrrede Inteligente em um dos maiores eventos do setor elétrico do País

 

Nos dias 9 e 10 de maio, a Enel Distribuição Ceará participa da 30ª edição do Circuito Nacional do Setor Elétrico (CINASE), um dos maiores eventos itinerantes do Brasil, que acontece no Centro de Eventos do Ceará. Na ocasião, a companhia estará com um estande que destaca o projeto Microrrede Inteligente, cujo objetivo é abrir o mercado da energia para novas tecnologias e criar novas formas de gerir a energia.

As microrredes são sistemas de geração e distribuição de energia, que funcionam de forma autônoma ou conectada à rede da distribuidora. Quando está ligada à distribuidora, a microrrede armazena energia durante o dia para ser consumida à noite, quando o consumo se eleva, diminuindo a demanda sobre o sistema que abastece a cidade. Já no modo autônomo, o sistema é capaz de manter o fornecimento de energia do imóvel, durante algumas horas, no caso de uma eventual falta de suprimento de energia pela rede da concessionária. A Enel investiu, até o momento, mais de R$ 10 milhões no projeto.

Esta solução engloba tecnologias de geração distribuída com fontes limpas de energia (solar e eólica), armazenamento de energia e automação da rede elétrica. As microrredes podem ser instaladas, por exemplo, em condomínios residenciais, shoppings centers e complexos industriais. Atualmente, o projeto passa por uma fase de testes em um condomínio na região metropolitana de Fortaleza e deve ser lançado ainda no segundo semestre deste ano.

Ceará registra mais de 20 mil raios em 2018

 

A Enel Distribuição Ceará registrou, por meio do Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas, 20.647 raios neste ano em todo o estado, entre os meses de janeiro e abril. Destes, 4253 foram registrados somente em abril.

Até o momento, o município com maior incidência de raios do ano foi Santa Quitéria (1040), seguido de Granja (1004), Crateús (646). Em 2017, a companhia registrou 72.843 descargas atmosféricas em todo o Estado. Granja foi o município com mais incidências, com 5.222 raios.

Monitorar as descargas atmosféricas no Ceará é um trabalho feito pela Enel por meio do seu Centro de Controle do Sistema (CCS). A atividade tem o objetivo de acompanhar e orientar as equipes de manutenção do estado sobre ocorrências na rede elétrica provocadas por descargas atmosféricas. O Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas foi desenvolvido com a finalidade de identificar o local de queda do raio na rede elétrica, prever tempestades e, consequentemente, minimizar o tempo de atendimento.

 

Cuidados dentro de casa durante tempestade

· Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;

· Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;

· Evitar consertos de instalações elétricas;

· Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Cuidados fora de casa durante tempestade:

· Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;

· Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

Enel informa

 

Como informado pelo Operador Nacional do Sistema, uma falha no Sistema Interligado Nacional (SIN), que não é gerenciado pelas distribuidoras de energia, atingiu nesta tarde 22% da carga do sistema elétrico brasileiro, afetando majoritariamente as regiões Norte e Nordeste do País.

A Enel Distribuição Ceará informa que começou restabelecer a energia do estado, na medida em que a ONS iniciou a normalização das cargas, e, até o momento, cerca de 30% do estado foi normalizado.

Echoenergia, empresa líder no setor de energias renováveis, firma parceria com Instituto Brasil Solidário para projeto inovador no município de Tianguá/CE

 

 

Sustentabilidade, Educação, Saúde, Arte e Empreendedorismo. Com ações que pretendem alcançar os principais eixos que possibilitam o crescimento social e econômico das comunidades locais, a Echoenergia, em parceria com o Instituto Brasil Solidário, dão início a um novo projeto desenvolvido a várias mãos, com participação e diálogo com gestores locais, moradores, estudantes e educadores do município de Tianguá e Ubajara, no Ceará. Após meses de levantamento e trabalho em campo, principalmente nas regiões mais próximas do Complexo Eólico já instalado no município, as ações integradas no âmbito da educação e economia solidária, planeja ser uma porta para grandes oportunidades que ressaltam os potenciais já característicos da região.

Espaços coletivos e planejados com uso de energia solar, incluindo a construção de um galpão para a realização de formações em marcenaria e corte-costura, seminários em rede municipal e atendimentos de saúde, além de um projeto inovador de capacitação e construção de tanques para a prática de piscicultura e aquaponia, são só algumas das atividades já previstas para início de obras ainda este ano, no Assentamento Valparaíso, em Tianguá.

As escolas da comunidade, receberão também um calendário de formações com atividades em educação ambiental, incentivo à leitura, oficinas de teatro e radio escolar e todo o apoio de materiais e estrutura para o implemento pedagógico nas aulas, incluindo a construção de uma biblioteca mobiliada, novas salas de aula e parquinhos para os alunos. Para a comunidade, foram elaboradas ainda atividades que dialogassem com a cultura e a demanda natural do próprio município, como um curso para Guias do Parque Nacional de Ubajara, construção de viveiros e implementação do projeto LEVE nas escolas, que incentiva a coleta seletiva por meio da participação de alunos e famílias.

Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, a instituição que já tem experiência com projetos junto a empresas de energia e mineração, e entende sobre a importância de uma iniciativa que envolva, em todos os processos, uma construção coletiva de planejamento das atividades, de forma que os moradores e poder público se sintam representados e com autonomia para dar continuidade as ações.

“O instituto tem uma longa trajetória de atuação em projetos que trabalham com o intuito de formar agentes multiplicadores, que acreditam na proposta de mudança social e querem o melhor para a sua comunidade, e dentro desse compromisso, nós também sabemos que qualquer formação no eixo educacional precisa de dedicação e tempo para se alcançar o melhor resultado. Esse será um projeto de 18 meses iniciais, e dentro dessa responsabilidade, nós queremos não só levar toda a bagagem que já temos nos projetos de educação, mas criar mais um modelo de desenvolvimento territorial capaz de ser escalonado. “, ressalta Salvatore.

O compromisso com a responsabilidade social respeitando principalmente o cuidado com o meio ambiente e comunidades, foram algumas das afinidades que permitiram a construção da parceria da Echoenergia e o Instituto Brasil Solidário. Para a realização do projeto, foi desenvolvido inicialmente um sólido relatório sócio ambiental, que permite monitorar o impacto de todas as atividades, além de processos de avaliação de impacto. O recurso está sendo financiado através do subcrédito social do BNDES, com pretensão de entrega da maior parte estrutural e capacitações até o final de 2018.

“A Echoenergia é uma empresa recente, e que se coloca no mercado com um compromisso muito forte de respeito ao meio ambiente e junto as comunidades que estão no território onde atuamos. Mas, para conseguirmos uma ação efetiva e participativa, não adianta que seja construído de fora, por isso, estamos priorizando nesse projeto ações que respeitem os potenciais da região e que construam um caminho de crescimento junto com as necessidades reais da comunidade”, enfatiza Flávia Montoni, Social Manager, gerente de responsabilidade sócio ambiental da Echoenergia.

Fundada no início de 2017, a Echoenergia é uma empresa que desenvolve, implementa e opera projetos de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis. A empresa tem sede administrativa em São Paulo e atividades operacionais distribuídas nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia. Nas terras cearenses, a empresa possui as operações comerciais do Complexo Eólico Ventos de Tianguá, desde abril deste ano. Localizado na Serra da Ibiapaba, o empreendimento conta com cinco parques eólicos, 77 aerogeradores e uma capacidade instalada total de 130 MW, que cobre uma área de 9.000 hectares.

 

 

Economia Solidária

Dentro da proposta de geração de renda e ações de economia solidária, o Assentamento Valparaíso, localizado a 5 km do Parque Eólico de Tianguá, será contemplado no projeto com várias ações que envolvem mudanças estruturais e de melhoria para os moradores da região. Entre eles, um espaço dedicado a prática de piscicultura, com módulos de formações e toda a estrutura de um sistema autossustentável. Apesar do baixo consumo de água da proposta, o projeto integrou a instalação de um poço profundo de 80 metros, além da instalação de placas solares, capazes de garantir energia para a piscicultura e as demais ações de economia solidária.

Com instalação de 4 tanques, o modelo inovador de cultivo de peixes em cativeiro, terá capacidade de produção de até 1.700 kg de tilápia por ciclo mensal, incluindo um sistema de reaproveitamento da água e dos rejeitos aquícolas, que serão direcionados para uma horta aquaponica. Na prática, funciona como uma produção integrada de peixes e vegetais em sistema de recirculação de água, ou seja, os peixes sujam a água para as plantas que, por sua vez, limpam a água para os peixes.

Outra iniciativa que deve movimentar as oportunidades de renda extra para a comunidade, serão as formações em costura e mobiliários em pallets, que além das capacitações, receberá um galpão com um espaço coletivo personalizado, incluindo equipamentos e estrutura para a continuidade das duas atividades. As ações foram solicitadas pelos próprios moradores, devido ao fácil acesso a matéria prima para os mobiliários e a demanda que permite comercializar tanto dentro da comunidade, como para o poder público local.

Prateleiras, banquetas com estofados e produção de fantoches nos cursos de corte e costura também serão fundamentais para atender uma necessidade direcionada dentro das atividades de incentivo à leitura nas escolas beneficiadas pelo projeto. Nas formações educacionais, todo esse material será utilizado como parte do planejamento de melhoria nos espaços dentro e fora de sala de aula.

Para Marizete José da Silva, uma das líderes da Associação de Moradores de Valparaíso, o projeto está sendo recebido com grande expectativa, principalmente pelo trabalho junto à comunidade, onde todas as atividades foram consultadas e aprovadas por moradores e educadores da região.

“A comunidade está bem empolgada para dar início as atividades, acho que essa questão de ter conversado antes de trazer um projeto já pronto, nos dá mais certeza de que será bem recebido, algumas ações são sonhos antigos dos moradores, como a Piscicultura, que até tentamos, mas não tínhamos condições nem a capacitação adequada, então estamos animados para a implantação, também por ter a questão do plantio que vai agregar para as mulheres aqui da região, outra ação muito esperada está sendo a biblioteca que com certeza vai ajudar muito o ensino aprendizagem da escola agrícola”, disse Marizete.

 

Educação

No eixo voltado para a melhoria nas formações educacionais em âmbito municipal e de estrutura das escolas locais, o projeto abrange oficinas e instalações que vão beneficiar não só o processo didático para alunos e educadores, mas ações de saúde e educação ambiental que terá impacto direto em toda a comunidade.

As ações serão divididas em grandes eixos temáticos como: incentivo à leitura, educação ambiental, cidadania, gestão pública, trabalho artístico com uso do grafite, qualificação profissional, prevenção e saúde, incluindo um trabalho de prevenção e higiene da saúde bucal, com cerca de 100 atendimentos odontológicos, no Assentamento Valparaíso.

O projeto prevê ainda a construção de uma biblioteca com aquisição de livros e quiosque de leitura, além de duas novas salas de aula, brinquedoteca e dois parquinhos que serão instalados nas Escolas Família Agrícola de Ensino Fundamental Antônia Suzete de Olivindo da Silva e Francisco Nemesio Cordeiro (EEIEF), em Valparaíso.

Para além dos espaços físicos com equipamentos novos e materiais de apoio para as escolas, o processo de formação junto aos educadores, terão o mesmo padrão de aprendizagem já reconhecido e aplicado pelo Instituto Brasil Solidário, em mais de 150 municípios do Brasil. As oficinas de rádio escolar, teatro de sombras e bonecos, educação ambiental, cidadania e educação política, fortalecimento comunitário, incentivo à leitura com propostas de organização das bibliotecas, programas de mediação de leitura, além de integração do artesanato e corte costura para confecção de materiais que construam espaços literários, tem como base todo o conceito do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, do IBS, que vem conseguindo formar agentes multiplicadores em todo o Brasil.

As formações terão foco não só dentro das escolas: o projeto fará várias capacitações aberta a comunidade, entre elas, um curso básico de elétrica e também uma formação de guias para o Parque Nacional de Ubajara, agregando a proposta de Educação Ambiental, visitas educativas e de sensibilização nos espaços.

Enel Distribuição Ceará participa do Ação Global, dia 27

 

A Enel Distribuição Ceará participará do Ação Global, projeto promovido pela Rede Globo em parceria com o Serviço Social da Indústria – SESI, no dia 27 de maio (sábado), no SESI da Parangaba, em Fortaleza. O evento terá como tema “Qualidade de vida para toda a família”.

A Enel Distribuição estará presente por meio do Programa Luz Solidária, que distribuirá 500 lâmpadas de LED em troca de lâmpadas fluorescente e/ou incandescentes compactas. Para participar, basta ser cliente residencial, levar a conta de energia do último mês, documento com foto e duas lâmpadas. Cada cliente beneficiado poderá adquirir no máximo duas lâmpadas.

O Ecoenel, programa que trocar resíduos por bônus na conta de energia, também estará lá, com informações e realização de novos cadastros. Os clientes que realizarem coleta durante o evento, receberão um brinde.

Nos dias 26 e 27, o Programa Enel Compartilha Eficiência sorteará 100 geladeiras novas e mais eficientes para os moradores da região. As inscrições ocorrem dia 26, de 09h às 17h, e dia 27, de 08h às 17h. O sorteio acontece no sábado, às 19h, e a entrega na segunda-feira (29), de 07h às 10h. Para concorrer, os clientes deverão atender a alguns requisitos básicos, como ter a última conta de energia paga, ser beneficiado pela Tarifa Social de Energia (Baixa Renda), nunca ter sido beneficiado pelo programa e possuir em casa uma geladeira velha em uso para realizar a troca.

A Enel Distribuição fará ação de conscientizção de  economia de energia elétrica e segurança, fazendo simulação em relação ao consumo diário de uma residência, bem como tirando dúvidas da população. Além disso, a distribuidora realizará oficina para mulheres, na qual serão abordadas algumas temáticas relacionadas ao consumo eficiente de energia, orçamento familiar, tarifa social de baixa renda e fortalecimento da auto estima.

A Ação Global facilita o acesso a direitos que são essenciais a todos os cidadãos. Além dos serviços da Enel Distribuição Ceará, os participantes podem ter documentos emitidos e receber atendimento médico e jurídico gratuitos. Quem nunca teve uma cédula de identidade ou CPF pode, finalmente, passar tornar-se cidadão. Tudo isso, em meio a muitas atividades de lazer, educação e esporte. Este ano, pela primeira vez, a Ação Global contará com um caminhão do Hemoce para doação de sangue e cadastro de medula óssea.

Serviço

Enel Distribuição Ceará participa do Ação Global 2017
Data: 27 de maio
Horário: às 9h e às 17h
Local: SESI Parangaba (Av. João Pessoa, 6754)

Moradores de Cascavel recebem 65 geladeiras novas

O Programa Enel Compartilha Eficiência sorteia 65 geladeiras novas e mais eficientes para os moradores do município de Cascavel. A iniciativa é destinada a clientes beneficiados pela Tarifa Social (baixa renda).

As inscrições para o programa ocorreram nos dias 18 (quinta), de 09h às 17h, e 19 (sexta) de 08h às 17h, na Praça da Igreja Matriz (Rua Dom Manuel, 47- Guanacés). O sorteio foi realizado no mesmo local, no dia 19 (sexta), às 18h, e a entrega das geladeiras no sábado (20), de 07h às 10h.

Para realizar o cadastro no programa, os clientes deverão atender a alguns requisitos básicos, como ter a última conta de energia paga, ser beneficiado pela Tarifa Social de Energia (Baixa Renda) ou Rural Monofásico e possuir em casa uma geladeira velha em uso para realizar a troca.

Em 2016, o programa Troca de Geladeiras entregou seis mil equipamentos. Nos oitos anos do programa, a companhia já substituiu cerca de 93 mil geladeiras em todo o Estado. 

Moradores do Eusébio recebem 65 geladeiras novas

 

O Programa Enel Compartilha Eficiência sorteia 65 geladeiras novas e mais eficientes para os moradores do Eusébio. A iniciativa é destinada a clientes beneficiados pela Tarifa Social (baixa renda).

Para se inscrever no programa é so comparecer nos dias 15 (segunda), de 09h às 17h, e 16 (terça) de 08h às 17h, na Praça Maria da Silva Barbosa/ Pça. do Jabuti (Rua: Francisco Rodrigues, 30). O sorteio será realizado no mesmo local, no dia 16 (terça), às 18h, e a entrega das geladeiras na quarta (17), de 07h às 10h.

Para realizar o cadastro no programa, os clientes deverão atender a alguns requisitos básicos, como ter a última conta de energia paga, ser beneficiado pela Tarifa Social de Energia (Baixa Renda) ou Rural Monofásico e possuir em casa uma geladeira velha em uso para realizar a troca.

Em 2016, o programa Troca de Geladeiras entregou seis mil equipamentos. Nos oitos anos do programa, a companhia já substituiu cerca de 93 mil geladeiras em todo o Estado.