Browsing Tag

Desperta Já

Movimento social realiza mutirão de limpeza em lagoa e praia de Fortaleza

 

 

O movimento social Desperta Já, nos próximos dias 14 e 21 de janeiro, na Praia do Futuro e Lagoa da Parangaba, respectivamente, deve realizar um Mutirão de Limpeza. A iniciativa visa atentar para os cuidados que todos devem ter com o meio em que vivem, promovendo uma ação de coleta de resíduos. Todo mês, o grupo organiza uma ação com esse objetivo.

 
O evento acontece simultaneamente em diversas capitais do país, com o objetivo de contribuir com uma cidade mais limpa e um país melhor para todos. As Lagoas de Fortaleza registram um alto nível de poluição. Na da Parangaba não é diferente, falta de saneamento, esgotos clandestinos e descarte irregular de resíduos sólidos são as principais reclamações dos moradores.

 
Já na Praia do Futuro, ponto turístico da capital, cerca de cinco toneladas de lixo são retiradas por dia. No local, existe ainda a preocupação com esgotos que vão para o mar. “A nossa ideia é mostrar para as pessoas que o lugar que nós vivemos deve ser preservado e que podemos deixar essas regiões mais limpas e de fácil acesso para todos”, ressalta Rodrigo Nóbrega, um dos organizadores do mutirão.

 
Serviço:
Campanha Limpa Já
Data: 14 (Praia do Futuro) e 21 (Lagoa da Parangaba) de janeiro
Horário: a partir das 10h
Organização: Movimento Desperta Já

Partido Novo faz ação para doação de sangue em Fortaleza

Neste sábado (16), o movimento “Desperta Já!”, paralelo ao Partido Novo, reúne voluntários que tenham interesse em doar sangue para abastecer os bancos de sangue e salvar vidas. A ação acontece das 8 às 13h, no Fujisan (Av. Barão de Studart, 2626 – Dionísio Torres). No restante do país, as doações começaram no dia 08 e vai até o dia 19 de dezembro.

 
O objetivo do “Desperta Já!” é contribuir com ideias e ações capazes de transformar o Brasil. Mais informações podem ser encontradas no site www.despertaja.com.

 
Sérgio Gonçalves, filiado ao Partido Novo, explica que o objetivo da plataforma é identificar os problemas comunitários e propor soluções que não dependam do Estado. “O intuito é começar mudando nas pequenas coisas. Vamos limpar espaços públicos, doar sangue, capacitar pessoas. Vamos fazer pesquisas de opinião para construção de pautas sugestivas, que mudem a vida das pessoas para melhor”, avisa Marcelo Medeiros, também filiado à sigla