Browsing Tag

Cultura

BLUBELL APRESENTA SHOW “CONFISSÕES DE CAMARIM” NA CAIXA CULTURAL FORTALEZA

 

Foto do album “Blubell – Confissões de Camarim”

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 19 a 21 de outubro, o show “Confissões de Camarim”, em que a cantora e compositora paulista Blubell interpreta canções do seu quinto álbum (homônimo ao espetáculo), lançado em 2016. No repertório, misturas de música pop contemporânea e jazz com a performance teatral de Blubell, que também entoa faixas de discos anteriores. Ela ainda empunha guitarra em algumas músicas e sobe ao palco com a banda composta por Bruno Serroni (violoncello), Zé Ruivo (teclados) e Richard Ribeiro (bateria e programações). O show se desvenda como uma peça de teatro em três atos: “o primeiro ato é mais dançante, o segundo mais romântico e o terceiro mais ‘maluquete'”, aponta a artista.

Produzido por Marcio Arantes (Liniker e Mariana Aydar), que trouxe ao álbum novas tonalidades contemporâneas à provocante verve vintage da cantante, “Confissões de Camarim” consagra Blubell como uma das vozes brasileiras da atualidade e pelas composições autorais. Sua assinatura permeia as 11 faixas do disco, que conta ainda com participação de Zeca Baleiro em “A Tardinha”, com letra do maranhense, e a versão da cantora para “Pretexto”, de Pélico. Blubell segreda penitências de amor, prazeres e fluências vindas com as cores lustradas do cotidiano, entre poéticas revelações, finas doses de ironia e encantamentos da vida, como na bossa-novista “Vida em Vermelho” com levada ska; na balada “Cosmos”; em “Another Day”, cantada em inglês e com pegada beatlemaníaca e no “Bolero do Bem” com nuances de reggae.

A multiplicidade rítmica traz músicas modernas com cara de antigas, como “Funny Honeymoon” e “Ontem”, além da diversidade em “Liberdade X Segurança”, canção mais existencialista que romântica; na mensagem irmanada ao público em “No Camarim” e na final “We’re All Alone”. No show, Blubell ainda retoma discos anteriores, como “Eu Sou do Tempo Em Que A Gente Se Telefonava” e “Diva É A Mãe”, entre as embaladas revelações de “Confissões de Camarim”.

 

Incentivo à cultura:

A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Fortaleza oferece, desde 2012, uma programação diversificada, com opções gratuitas ou a preços populares, estimulando a inclusão e a cidadania. O espaço, situado em um prédio histórico na Praia de Iracema, conta com um cine-teatro com 181 lugares, três amplas galerias de arte, sala de ensaios, salas para oficinas de arte-educação, foyer, café cultural e livraria, além de um agradável jardim e espaços para convivência e realização de eventos.

 

Serviço:
[Música]: Confissões de Camarim

Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema.
Data: de 19 a 21 de outubro de 2018 (de Sexta-feira a Domingo)

Horário: Sexta-feira e sábado às 20h (19 e 20/10) e domingo às 19h (21/10)

Classificação indicativa: Livre

Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA e pessoas acima de 60 anos).

Vendas a partir de 18 de outubro, das 10h às 20h

Paraciclo disponível no pátio interno

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista gratuito no local

Paraciclo disponível no pátio interno

Informações gerais | CAIXA Cultural Fortaleza:

(85) 3453-2770

Estão abertas as inscrições para o Festival Curta Canoa 2018


(Foto: Sandro Freitas)

Considerado um dos mais tradicionais eventos de cinema do Ceará, o Festival Latino Americano de Cinema de Canoa Quebrada, mais conhecido como Curta Canoa, está com inscrições abertas até o dia 15 de outubro. Os interessados em participar da Mostra Competitiva devem solicitar o regulamento e ficha de inscrição pelo e-mail isacc.social@gmail.com, Facebook do Instituto de Arte e Cultura do Ceará (Isacc Isacc), Facebook do evento (Curta Canoa) ou whatsapp (85) 9 9693 91 90.

O festival será realizado entre os dias 19 e 24 de novembro, na Praia de Canoa Quebrada. Para participar do evento é necessário ser uma produção de realizadores brasileiros e latino-americanos, concluída a partir de 2017, e que deve ter até 20 minutos. A trama poderá abordar qualquer tema e apresentar-se nos gêneros: documentário, ficção, animação ou experimental.

Premiações

Os filmes selecionados vão concorrer em nove categorias – melhor filme, melhor direção, melhor roteiro, melhor fotografia, melhor trilha original, melhor direção de arte, melhor ator, melhor atriz e melhor som – e poderão receber premiações em dinheiro (valor a ser fixado pela diretoria, após a avaliação dos resultados das parcerias) ou em serviços.

Nos dias do evento, além das exibições dos filmes selecionados para a Mostra Competitiva, também haverá apresentações de companhias artísticas locais, exibição de longas convidados pela direção do festival, Mostra Latino-Americana, e contará com a presença de diversos nomes das mais variadas áreas do segmento audiovisual.

 

Serviço

XIII CURTA CANOA –

Local: Praia de Canoa Quebrada

Data: de 19 a 24 de novembro.

– As inscrições seguem abertas até o dia 15 de outubro.

Mais informações: isacc.social@gmail.com

CAIXA CULTURAL FORTALEZA SEGUE COM A “MOSTRA MUNDO GIRAMUNDO” E REAPRESENTA O ESPETÁCULO “PEDRO E O LOBO”

 

 

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta até 21 de outubro a “Mostra Mundo Giramundo”, uma coleção de peças de conteúdo lúdico e educativo, que busca revelar o modo de trabalho e o processo criativo do grupo, nacionalmente conhecido por atuar com o universo do teatro de bonecos. Em sinergia com a mostra, de 12 a 14 de outubro serão realizadas apresentações de “Pedro e o Lobo”, o espetáculo mais apresentado da história do Giramundo. Dentro da programação ainda, no dia 14 de outubro haverá a palestra “Processo de Montagem Teatral”, que irá demonstrar como é feita a montagem dos espetáculos.

O espetáculo e a palestra têm o propósito de aproximar o espectador do ofício do marionetista e de sua realidade prática. O principal objetivo da “Mostra Mundo Giramundo” é a formação de plateia e criação de um espaço de reflexão crítica sobre o teatro de bonecos através de atividades multidisciplinares.

 

MOSTRA MUNDO GIRAMUNDO

O acervo não se limita à exibição convencional de uma coleção de bonecos, o que normalmente enfatiza apenas dimensões estéticas. Muito mais do que isso, a mostra revela as dimensões construtivas, mecânicas e cinéticas das marionetes, que priorizam o movimento e seus mecanismos.

Outro fator distintivo da mostra está na exibição organizada do processo de planejamento e construção de marionetes, suas etapas, ferramentas e abordagens. Isso pode ser qualificado como “acervo imaterial” do Giramundo, representado por seu know-how ligado ao design de bonecos. Nesse campo, destaca-se a rara exibição da coleção de desenhos, estudos e projetos para teatro de marionetes de Álvaro Apocalypse, criador do Giramundo e um dos grandes mestres mundiais desta expressão artística.

A dimensão histórica é representada na mostra por meio de cenas selecionadas dos principais espetáculos do grupo, de 1970 a 2014, com o intuito de compor uma trajetória visual das transformações pelas quais passaram as pesquisas da companhia.

APRESENTAÇÃO DE TEATRO “PEDRO E O LOBO”

“Pedro e o Lobo” é o espetáculo mais apresentado da história do Giramundo. A versão para bonecos do espetáculo reforça, com imagens, a ideia central da versão musical original de Sergei Prokofiev: compartilhar com as crianças a estrutura elementar de uma orquestra, seus principais timbres e grupos de instrumentos. O Giramundo optou pelo marionete a fio e à sua ampla gama de movimentos e possibilidades de expressão. Os cenários foram substituídos por desenhos em um quadro negro, as vozes dos personagens surgem ao vivo e o plano do palco é o do chão, mesmo nível dos pequenos espectadores.

PALESTRA PROCESSO GIRAMUNDO

Diretores do Giramundo Teatro de Bonecos, Beatriz Apocalypse e Ulisses Tavares falarão sobre o processo de montagem de um espetáculo na metodologia do grupo. Temas como adaptação, trilha sonora, construção de personagens, desenho, projetos, técnica de manipulação e ensaios serão explicados de modo claro e divertido. Serão utilizados exemplos dos 36 espetáculos montados pelo grupo desde a sua fundação até os dias de hoje.

INCENTIVO À CULTURA

A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Fortaleza oferece, desde 2012, uma programação diversificada, com opções gratuitas ou a preços populares, estimulando a inclusão e a cidadania.

O espaço, situado em um prédio histórico na Praia de Iracema, conta com um cine-teatro com 181 lugares, três amplas galerias de arte, sala de ensaios, salas para oficinas de arte-educação, foyer, café cultural e livraria, além de um agradável jardim e espaços para convivência e realização de eventos.

 

Serviço:

Exposição: “Mostra Mundo Giramundo”

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Data: até 21 de outubro

Horários: terça a sábado, das 10h às 20h | domingo, das 12h às 19h
Classificação indicativa: Livre

Ingressos: Entrada franca

Paraciclo disponível no pátio interno

Espetáculo: “Pedro e o Lobo”

Data: 12 a 14 de outubro de 2018

Horário: 17h
Classificação indicativa: Livre

Ingressos: R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (meia)

Vendas: 02h antes de cada espetáculo

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

Serviço de manobrista gratuito no local

Palestra: “Processo de Montagem Teatral”

Data: 14 de outubro de 2018

Horário: 18h30 às 19h30

Classificação indicativa: Livre

Local: no teatro após cada espetáculo

Informações gerais | Bilheteria da CAIXA Cultural Fortaleza:

Cineteatro São Luiz APRESENTA PROGRAMAÇÃO CULTURAL DA SEMANA

 

A semana no Cineteatro São Luiz começa nesta terça (25) com o Grupo Além do Verso em “Canta Ceará”. O evento faz parte do Curta São Luiz, começa às 12h30 no Foyer e tem entrada gratuita. Às 19h quem sobe ao palco do equipamento é Mazé Figueiredo com o espetáculo teatral “Diva”. A peça tem direção de Walden Luiz e entrada gratuita e limitada a 60 lugares.

Na quinta-feira (27), às 19h, Mano Brown faz show gratuito na Praça do Ferreira. O rapper fará show mesclando várias gerações. Uma mistura dos novos trabalhos com as músicas clássicas escritas por Mano Brown em quase três décadas de carreira com o Racionais MC’s. O evento que ocorre no coração de Fortaleza tem entrada gratuita e inicia às 19h com apresentação do coletivo “Baile de Favela” e dos MCs Doiston, Delabraga, General Vilão e Nara Hope da produtora de rap “Frutos”. O evento tem apoio do Cineteatro São Luiz, Rede Cuca e Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude da Prefeitura de Fortaleza, Coletivo Baile de Favela, Frutos e Raiz Records.

Dia 28, às 12h30, ocorre mais uma edição do Curta São Luiz com o Mestre Palhaço Pimenta. O evento ocorre no Foyer e tem entrada gratuita. Às 19h, Victor Mendes e Gero Camilo apresentam o espetáculo teatral “Andy” – um mergulho na vertiginosa trajetória do performer norte-americano Andy Kaufman. Os ingressos para o espetáculos estão à venda na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

No sábado (29), às 19h, Silvero Pereira apresenta o “Silvershow”, onde reproduz ao lado de uma banda orquestrada por Caio Castelo e bailarinos coreografados por Nádia Fabrici, os números apresentados na novela “A Força do Querer”, além de muitas outras surpresas. Os ingressos para o espetáculos estão à venda na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus por R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Fechando a semana, o Cineteatro recebe no domingo (30) o show “Dois Irmãos: Antônio Cícero e Marina Lima”. Os ingressos estão à venda por R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

DIA 25/09 (Terça)

12H30 [CURTA SÃO LUIZ] GRUPO ALÉM DO VERSO – CANTA CEARÁ

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 min

Local: Hall de entrada (Foyer)

Release: O Grupo Além do Verso, fundado em 2010, traz no cerne do seu trabalho o embasamento cultural às letras: poesias, versos, trovas, cordéis, arte pop, erudita, leitura dramática e declamações atreladas à música. O espetáculo Canta Ceará tem por objetivo fazer uma releitura de músicas de domínio público e de artistas cearenses a fim de atingir o grande público e as novas gerações visando valorizar nossa cultura. Além disso, em comemoração ao aniversário de 60 anos do Cineteatro São Luiz, serão lidos um cordel e trovas feitos exclusivamente por integrantes do Grupo Além do Verso. A apresentação contará ainda com declamação de versos do poeta e folclorista Juvenal Galeno cuja casa comemora em 27 de setembro deste ano 99 anos. O Grupo Além do Verso conta com 12 integrantes dentre os quais temos escritores, jornalistas, trovadores, cordelistas, contadores de história, declamadores e poetas.

19H [CURTA MAIS TEATRO] DIVA, COM DIREÇÃO DE WALDEN LUIZ

Entrada: Gratuita (Limitada a 60 lugares) | Classificação indicativa: 12 anos | Duração: 40 min

Local: Palco do Cineteatro São Luiz (Público sobre o palco – lotação 60 lugares)

Release: O projeto DIVA se constitui numa atividade nos campos da arte, da cultura, do social, educacional e da cidadania. É representativo do sonho da atriz Mazé Figueiredo, 80 anos de vida e 50 de teatro, que realizou o I, o II e o III Festival de Teatro para a Terceira Idade de Fortaleza- FESTIDADE. O espetáculo é encenado por uma atriz idosa e um ator jovem, num processo de interação de faixas etárias diferenciadas que compartilham de uma mesma vontade: fazer arte. O evento que ocorre no Cineteatro São Luiz tem entrada GRATUITA e limitada a 60 lugares – por ordem de chegada.

DIVA se apresenta para construção de um novo amanhã das Artes Cênicas de Fortaleza.

DIA 27/09 (Quinta)

19H [SHOW] MANO BROWN

Entrada: Gratuita | Local: Praça do Ferreira

Release: O rapper fará show mesclando várias gerações. Uma mistura dos novos trabalhos com as músicas clássicas escritas por Mano Brown em quase três décadas de carreira com o Racionais MC’s. O evento que ocorre no coração de Fortaleza, na Praça do Ferreira, tem entrada gratuita e inicia às 19h com apresentação do coletivo “Baile de Favela” e dos MCs Doiston, Delabraga, General Vilão e Nara Hope da produtora de rap “Frutos”. O evento tem apoio do Cineteatro São Luiz, Rede Cuca e Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude da Prefeitura de Fortaleza, Coletivo Baile de Favela, Frutos e Raiz Records.

DIA 28/09 (Sexta)

12H30 [CURTA A TRADIÇÃO, CURTA A CULTURA, CURTA O SÃO LUIZ] MESTRE PALHAÇO PIMENTA

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 min

Local: Hall de entrada (Foyer)

Release: O Palhaço Pimenta nasceu em 1945, na cidade de Jaguaribe. Iniciou suas atividades em circo por volta de 1960, no Gran Circo Uiara, como porteiro. Daí se envolveu nas ações de palco como trapezista, depois palhaço com o nome de Coça-Coça. Assumindo o posto mudou de nome para Palhaço Pimenta. Nestes 50 anos dedicados à arte circense, trabalhou em diversos circos, entre os quais o Estrela do Mar, Irmãos Silva, Barley Circo, Night and Day e Circo Uirapuru.

19H [CURTA MAIS TEATRO] ANDY, com Victor Mendes e Gero Camilo

Entrada: R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia) | Classificação indicativa: 16 anos | Duração: 90 min | Local: Palco Cineteatro São Luiz | Texto: Gero Camilo e Victor Mendes | Direção: Gero Camilo

Release: Um mergulho na vertiginosa trajetória do performer norte-americano Andy Kaufman, interpretado por Victor Mendes, acompanhado do parceiro Gero Camilo. A peça dialoga com os pensamentos transgressores do artista, tido como morto em 1984 nos EUA. Mas há controvérsias e Andy ainda pode estar vivo.

DIA 29/09 (Sábado)

19H [TEATRO] SILVERSHOW, com Silvero Pereira

Entrada: R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia) | Classificação: Livre | Duração: 75 min

Local: Palco do Cineteatro São Luiz

Release: Silvero Pereira, Gisele Almodóvar, “Nonato, motorista da novela”, Elis Miranda, Pabloo, Gal, Freddie… Não importa como queira chamar, sobre uma coisa não há dúvidas: Silvero Pereira é uma das grandes revelações no cenário nacional, não só por sua consagrada atuação nos palcos, mas também, agora, como revelação musical. Para celebrar sua passagem pelo Show dos Famosos do Domingão do Faustão, surgiu o SILVERSHOW onde Silvero reproduz ao lado de uma banda maravilhosa orquestrada por Caio Castelo e bailarinos coreografados por Nádia Fabrici, os números apresentados na novela “A Força do Querer” além de muitas outras surpresas.

DIA 30/09 (Domingo)

18H [SHOW] DOIS IRMÃOS: ANTÔNIO CÍCERO E MARINA LIMA

Entrada: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia) – com limitação de 40% de meia | Classificação indicativa: livre| Duração: 90 min

Local: Palco

Release: Com o espectáculo “Dois Irmãos”, Antônio Cícero e Marina Lima comemoram a parceria através da qual se traduzem. São mais de 40 anos de canções que compuseram sobre os temas que mais os sensibilizam, como: liberdade, sexo e amor.

O show é composto de músicas, declamações e conversas. As músicas são cantadas por Marina, os poemas, declamados por Antônio Cícero, e, nas conversas, os dois compartilham com o público as visões sobre música, poesia, parceria e inspiração.

Examinam detalhadamente determinadas canções, tendo em vista tanto a estrutura delas quanto o papel que, no processo de sua criação, desempenharam, por um lado, a inspiração, o imponderável e o inconsciente e, por outro lado, o trabalho sistemático e a finalidade consciente. São consideradas tanto as influências que essas canções assimilaram quanto as referências e alusões que contêm.

Entre as canções executadas por Marina se encontram “Charme do mundo”, “Três”, “Virgem”, “À francesa”, “Pra começar” e “Fullgás”. Entre os poemas declamados por Cícero se encontram “Guardar”, “Alma caiada”, “Eu vi o rei” e “Cara”.

TJA apresenta programação Cultural de 25 a 30 Set

 
FUNCIONAMENTO DO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR

Geral: de terça a sexta, das 9h às 22h; sábados e domingos, das 14h às 22h.
Bilheteria: de terça a domingo, das 14h às 19h.
Galeria Ramos Cotoco: de terça a sexta, das 9h às 18h; e sábado e domingo, das 14h às 18h.
Biblioteca Carlos Câmara e Sala de Figurino Flávio Phebo – de terça a sexta, das 9h às 17h;
Café Iracema: de terça a domingo, exceto feriado, das 14h às 20h.
Visita Guiada TJA: terça a sexta: 9h 10h 11h – 14h 15h 16h 17h, sábados e domingos: De 14h 15h 16h | Ingresso: R$ 6 e R$ 3 – Gratuito para grupos de instituições de ensino públicas e ONGs | Agendamento de Grupos: (85) 3101.2567.

Dia 25.09 – Terça-Feira
Visita Guiada – 09h 10h 11h – 14h 15h 16h 17h
19h30

[MÚSICA] “TRIBUTO A FRANK SINATRA” COM O TENOR FRANKLIN DANTAS E A ORQUESTRA FILARMÔNICA DO CEARÁ
Local: Palco Principal | Entrada: R$ 30 / R$ 15 | Classificação Indicativa: Livre

A Orquestra Filarmônica do Ceará surgiu em maio de 1998, em reunião na casa da mãe de seu criador, o maestro Gladson Carvalho; com o intuito de reunir os melhores músicos do Ceará em um trabalho ousado, promovendo formação de plateias, laboratório profissionalizante, geração de trabalho e renda para cerca de 70 profissionais da música.

Dia 26.09 – Quarta-Feira
17h30
[TEATRO] ARTE DE RUA – “CONVERSA DE LAVADEIRAS” – Coletivo Rei Leal (CE)

Local: Calçada | Entrada: Gratuito | Classificação Indicativa: Livre
Na peça “Conversas de Lavadeiras”, em tom de brincadeira, os atores destacam a inveja, a cobiça e outros pecados capitais através da história de três lavadeiras, na época em que surgiu o sabão em pó. O texto de Robson Araújo metaforiza a cobiça das pessoas quando mostra as duas que usavam sabão em pedra e a outra, mais jovem, com a novidade em pó.

Dia 29.09 – Sábado
Visita Guiada – 14h 15h 16h 17h
16h

[SARAU] F.A.M.A (FESTIVAL DE AMIGOS MÁGICOS)

Local: Teatro Morro do Ouro | Entrada: R$10 / R$5 | Classificação Indicativa: Livre

Com intuito de fortalecer a arte mágica no estado, o evento reúne mágicos do cenário local e do interior do estado, dando espaço para todos se apresentarem e mostrar um pouco de seu trabalho e na troca de experiências entre os mesmo amantes da “Arte do Ilusionismo”. Esta é a primeira edição do festival.

17h

[MÚSICA] 8º RECITAL DA VIENNA ESCOLA DE ARTES

Local: Palco Principal | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

Um recital dos alunos da Vienna Escola de Artes, instituição de formação musical.

19h

[SARAU] RECITAL “ALÉM DO VERSO” – Carlos do Valle

Local: Foyer | Entrada: R$10 / R$5 | Classificação Indicativa: Livre

Carlos do Valle ambienta com música seus textos poéticos escritos no blog Olhai Além, que ele mantém desde 2006. Com acompanhamento de Aldenor Paiva ao piano, Carlos reformula com novos textos e repertório o seu projeto músico-literário Único Verso, bem recebido em 2010 no mesmo Foyer do Theatro José de Alencar. Participação:Adenor Paiva e Coral de Mulheres Folk.

Dia 30.09 – Domingo
Visita Guiada – 14h 15h 16h
17h

[SARAU] RECITAL “ALÉM DO VERSO” – Carlos do Valle

Local: Foyer | Entrada: R$10 / R$5 | Classificação Indicativa: Livre

Carlos do Valle ambienta com música seus textos poéticos escritos no blog Olhai Além, que ele mantém desde 2006. Com acompanhamento de Aldenor Paiva ao piano, Carlos reformula com novos textos e repertório o seu projeto músico-literário Único Verso, bem recebido em 2010 no mesmo Foyer do Theatro José de Alencar. Participação:Adenor Paiva e Coral de Mulheres Folk.

18h

[MÚSICA] SALA DE CONCERTO ESPECIAL: SÉRIE DE CONCERTOS “TERRA DA LUZ” – Homenagem ao Ednardo e Compositores Cearenses – Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho – ORCEC

Local: Palco Principal | Entrada: R$20 / R$10 | Classificação Indicativa: Livre

A Orquestra Eleazar de Carvalho – ORCEC – tem a honra de apresentar mais um concerto da série popular: “Terra da Luz e seus compositores”, desta vez com toda a poesia das músicas e letras de Ednardo.

A VI Bienal de Dança De Par Em Par já começou com os Trajetos em Cena e os Percursos de Criação

 

No dia 19 de outubro, o Theatro José de Alencar certamente terá casa cheia, como de costume, para a cerimônia e o espetáculo de abertura de mais uma Bienal Internacional de Dança do Ceará / De Par Em Par. É a sexta edição dos anos pares da Bienal – a primeira foi há 10 anos, em 2008 – criada como desdobramento da veterana Bienal de Dança, dos anos ímpares, iniciada em 1997. A noite será de abertura oficial, mas o fato é que esta edição já acontece fora dos palcos desde o final de junho, com duas importantes ações formativas na capital e no interior: os Trajetos em Cena e os Percursos de Criação, projetos que a Bienal realiza há quatro anos.

A Bienal De Par Em Par formaliza o compromisso da Bienal em atender a demanda dos profissionais da dança no Ceará por ações continuadas na área de formação, principalmente para que os níveis de impacto constatados, que vão além de sua programação oficial, possam ser ampliados. Com estas ações, a Bienal procura fomentar e dar visibilidade à produção local, fortalecendo os processos colaborativos de criação, nacional e internacionalmente.

 

TRAJETOS EM CENA

Nos Trajetos em Cena, jovens dos bairros Vicente Pinzon, Praia do Futuro e do Morro de Santa Terezinha participam de oficinas ministradas por profissionais renomados nas artes cênicas no Ceará: iluminação (Walter Façanha), sonorização (Renato Sabóia) e figurino (Marina Carleial). Essas atividades formativas vão dar o devido suporte a dois espetáculos da Bienal. Um deles, “Sagração da Primavera”, é um trabalho coreográfico do cearense Márcio Medeiros com bailarinos do Vicente Pinzon, que será apresentado no dia 21, às 18h, no Theatro José de Alencar, e no dia 22 às 18h em Pacatuba, cidade que este ano também recebe a programação da Bienal. O segundo é “Lança”, dos coreógrafos Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira, de São Paulo, com bailarinos dos bairros Bom Jardim e Centro, numa parceria da Bienal com a Vila das Artes. Este será levado ao palco no dia 26, às 19h, em Trairi, e no dia 27, também às 19h, no Teatro Dragão do Mar.

 

Nos Percursos de Criação a Bienal realiza este ano residências de coreógrafos convidados com três companhias cearenses. Pela primeira vez no Brasil, Amy Bell (Inglaterra) conduz dois desses intercâmbios que resultarão em duas criações coletivas. Um deles é com o elenco do No Barraco da Constância tem!, cujo resultado será apresentado no dia 21, às 21h, no Teatro B. de Paiva, no Porto Dragão. O segundo é com a Inquieta Cia, que se apresenta no dia 23, às 21h, no Teatro do Dragão. A residência de Amy Bell surgiu de uma proposta da Bienal lançada ao Programa Pontes da Oi Futuro junto ao British Council visando criar esses contextos entre os dois países e entendendo as potencialidades desses encontros.

No Litoral Oeste do estado, a Paracuru Cia de Dança trabalha com Fabrice Ramalingom, um dos mais reconhecidos coreógrafos franceses da atualidade que, juntamente com Dominique Bagouet, criou o Danse Festival no Centro Nacional Coreográfico de Montpellier, um dos mais importantes centros da dança contemporânea europeia. O resultado dessa residência será “Doce – um hino à juventude”, que será apresentado no dia 19, às 20h, em Paracuru, no dia 25, às 21h, no Teatro do Dragão, em Fortaleza, e no dia 27, às 20h, em Trairi, também no Litoral Oeste.

A VI Bienal Internacional de Dança do Ceará / De Par Em Par é uma realização da Indústria da Dança, Proarte e Prodança. Agradecimento: Enel.

 

Serviço

VI Bienal Internacional de Dança do Ceará / De Par Em Par – De 19 a 28 de outubro de 2018 com programação em Fortaleza (19 a 28), Paracuru (19 e 20), Pacatuba (22 a 24), Itapipoca (26 e 27) e Trairi (26 e 27). Informações: bienal@bienaldedanca.com. Site: www.bienaldedanca.com . Toda a programação é gratuita.

CIA DE DANÇAS POPULARES TXAI REALIZA DUAS APRESENTAÇÕES ESPECIAIS NESTE FINAL DE SEMANA

Foto: Jeff André

Nesta sexta-feira (21) e sábado (22), a Cia de Danças Populares Txai participa de dois momentos de exaltação da cultura em Fortaleza. No dia 21 de setembro, a Cia apresenta o espetáculo Nos Ritmos do Ceará durante a comemoração pelo aniversário de 19 anos do Colégio Agnus. Dirigido pelos diretores Alexandre Lima e Fernando Pinto, o festejo será aberto ao público e terá início às 19h, na sede do Colégio (Rua Artur Ferreira, 200 – Montese), com a presença de diretores de estabelecimentos de ensino e autoridades de Fortaleza.

Já no dia 22 de setembro, o Clube dos Diários recebe o X Encontro da Cultura Gaúcha no Estado do Ceará, a partir das 19h. O evento contará com o tradicional churrasco ao estilo campeiro, baile e apresentações musicais para celebrar a tradição e cultura Sul Rio-Grandense no Estado. Para a ocasião, a Cia de Danças Populares Txai preparou uma apresentação de danças típicas da região, finalizando com um grande fandango, que será animado pelo Grupo Alma do Pampa, vindo do Rio Grande do Sul especialmente para o evento. Os ingressos para o X Encontro da Cultura Gaúcha no Estado do Ceará custam R$ 70 e dão direito ao jantar comemorativo e aos shows.

 

Sobre a Cia de Danças Populares Txai

Sob direção do premiado coreógrafo Lairton Guedes, desde 1999 a Cia de Danças Populares Txai elabora suas coreografias a partir do entendimento de que as manifestações populares são a sua essência em forma de ação: no pensar, no agir e no sentir, transbordando seus mais verdadeiros sentimentos. Por meio de pesquisas dessas verdadeiras e autênticas manifestações, a Cia de Danças Populares Txai faz uma releitura das diversas formas de tradições populares, com muita responsabilidade e respeito, transformando-as em espetáculos de projeções folclóricas, contribuindo para a propagação das raízes cearenses e valorizando a riqueza histórica cultural popular.

 

Serviço

Aniversário do Colégio Agnus

Data: 21 de setembro (sexta-feira)

Horário: 19h

Local: Colégio Agnus (Rua Artur Ferreira, 200 – Montese)

Gratuito e aberto ao público

X Encontro da Cultura Gaúcha no Estado do Ceará

Data: 22 de setembro (sábado)

Horário: 19h

Local: Clube dos Diários (Rua E, 100 – Dunas)

Preço: R$ 70,00 por pessoa (jantar e shows)

Mais informações: (85) 99989-0103

Siga nas redes sociais: Facebook @Txaidancaspopulares | Instagram @txaiciadedanca

Site: http://www.txaiciadedanca.com.br

V Caravana da Leitura e do Autor Cearense leva cultura para municípios cearenses

 

 

 

De setembro a dezembro deste ano, cinco municípios cearenses receberão a V Caravana da Leitura e do Autor Cearense, que se configura como um projeto de circulação literária que propõe atividades itinerantes de incentivo à leitura. Os municípios contemplados são: Jijoca de Jericoacara, Senador Pompeu, Orós, São Gonçalo e Morrinhos.

Para a coordenadora Luísla Carvalho, esse projeto tem interesse em consolidar-se como uma ação estratégica para promover o hábito da leitura, o desenvolvimento da literatura cearense e para a democratização do acesso à leitura e à cultura, por meio de atividades lúdicas, bem como divulgar os autores cearenses e suas obras junto ao público infanto-juvenil. O projeto dialoga com o objetivo global número 4 da ONU, que é levar educação de qualidade, colaborando com o desenvolvimento sustentável. A concretização da Caravana da Leitura, que ocorre em agradecimento à Enel Geração Fortaleza, conta ainda com o apoio institucional da Secretaria de Cultura do Estado, por meio da Lei do Mecenato Estadual.

Nesta edição, a Caravana da Leitura ficará um dia em cada município previamente agendado. “Em uma tenda montada em praças públicas serão oferecidas oficinas literárias, rodas de leitura, apresentações de contação de histórias, conversa com autores cearenses, doação de livros e distribuição de material informativo do projeto”, explica Luísla. O projeto possui a produção do EPA – Espaço Popular de Artes.

Ainda na programação, o projeto irá ministrar, durante o mês de setembro, capacitações em dinamização e contação de histórias para professores de escolas públicas em cada município contemplado. “A intenção é que esses professores possam trabalhar os livros dos autores cearenses de forma dinâmica e lúdica com seus alunos”, finaliza Luísla.

 

Cronograma:

Capacitações com professores

São Gonçalo: dia 19/09

Morrinhos: dia 21/09

Orós: dia 28/09

Senador Pompeu: dia 10/10

Jijoca de Jericoacoara: dia 01/10

Atividades literárias com os estudantes

Orós: dia 19/10

São Gonçalo: dia 26/10

Morrinhos: dia 01/11

Senador Pompeu: dia 09/11

Jijoca de Jericoacoara: dia 30/11

 

Serviço:

V Caravana da Leitura e do Autor Cearense

Data: setembro a dezembro de 2018

Local: municípios de Jijoca de Jericoacara, Senador Pompeu, Orós, São Gonçalo e Morrinhos.

Programação semanal Theatro José de Alencar

Programação semanal  do Theatro José de Alencar – TJA de  17 a 23 de setembro

 

[OFICINA – TEATRO] CORPO EM TRABALHO
18 a 22 de Setembro

Anexo CENA do TJA

A oficina “Corpo em Trabalho“ é um projeto de pesquisa/prática acerca das referências ritualísticas abertas dos culto aos orixás e também as referências narrativas as quais os deuses iorubas aparecem; objetivando dessa maneira averiguar o processo criativo de cena por meio de estímulos sensoriais e sinestésicos na busca de outras terreiros de criação e expressão cênica ligadas diretamente ao trabalho físico do ator/atriz. Corpo em Trabalho é uma oficina de teatro prática destinado a atores,atrizes, estudantes de artes cênicas.

Dia 17.09 – Segunda-Feira

TEATRO DE PORTAS ABERTAS – Programação Gratuita

Visita Guiada – 09h 10h 11h 14h 15h 16h 17h

09h

[POLÍTICA CULTURAL] ENCONTRO DA COMISSÃO ESTADUAL DO SISTEMA ESTADUAL DE TEATROS – SET-CE

Local: Sala Sidney Souto | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

O Sistema Estadual de Teatro vincula-se à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, tendo por objetivos sistematizar e implementar políticas de integração e incentivo aos teatros de todo o Estado, com diretrizes estabelecidas de forma democrática e participativa por essas instituições. Foi sancionado pela Lei 13.604, de 28 de junho de 2005, promovendo a articulação e a troca de experiência entre os teatros existentes no Estado, bem como encaminhando o debate sobre o papel e função dos teatros junto às comunidades, propondo formas de provimento de recursos, financiamento e fomento destinados aos equipamentos do Sistema. Atualmente o SET é composto por gestores de teatro de todas as macro-regiões do Estado.

15h

[TEATRO] ESPETÁCULO “DOIS LOKOS NA GUERRA CONTRA OS POLUIDORES” – Associação Cultural GTRV de Taíba (São Gonçalo do Amarante – CE)

Local: Saguão | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

“Dois Lokos na guerra contra os poluidores”, é uma comédia de temática ambiental que conta a história de dois soldados, soldado Ambiente e soldado Ecologia, de exércitos inimigos, que foram escolhidos para vigiar as fronteiras e cuidar para que invasores não poluam a natureza local, durante uma trégua na guerra.

16h

[HUMOR] SOBREMESA COM ARTE SORRINDO AO PINGO DO MEIO DIA

Local: Calçada | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

16h30

[TEATRO] ESQUETE “MINHA INTERNET CAIU, E AGORA?” – Grupo Cenas e Artes

Local: Teatro Morro do Ouro | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: 10 anos

17h

[TEATRO] ESPETÁCULO “GERAÇÃO TRIANON” – Instituto Teatro Público

Local: Diversos Locais | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: 12 anos

Com texto de Anamaria Nunes, a peça é ambientada no Teatro Trianon, célebre casa de espetáculos do Rio de Janeiro por suas comédias, entre as décadas de 20 e 30 do século XX.

18h

[TEATRO] HORA DO ANGELUS COM MASOR COSTA

Local: Calçada | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

19h30

[TEATRO] ESQUETE “O CALU” – Grupo Cenas e Artes

Local: Teatro Morro do Ouro | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: 10 anos

19h45

[TEATRO] ESPETÁCULO “BRASILEIRA: PROFISSÃO ESPERANÇA” – Grupo Clareia

Local: Pátio Nobre | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

O espetáculo é um passeio pela vida e obra da cantora Clara Nunes. A sereia Clara que canta e encanta arrastando todos para uma grande viagem pelo imaginário brasileiro. A peça adentra e busca revelar o universo mágico, místico e político do mito, seus sincretismos e sua importância para a música popular brasileira.

Dia 19.09 – Quarta-Feira

Visita Guiada – 09h 10h 11h 14h 15h 16h 17h

17h30

[TEATRO] ARTE DE RUA – “CONVERSA DE LAVADEIRAS” – Coletivo Rei Leal (CE)

Local: Calçada | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

Na peça “Conversas de Lavadeiras”, em tom de brincadeira, os atores destacam a inveja, a cobiça e outros pecados capitais através da história de três lavadeiras, na época em que surgiu o sabão em pó. O texto de Robson Araújo metaforiza a cobiça das pessoas quando mostra as duas que usavam sabão em pedra e a outra, mais jovem, com a novidade em pó.

Dia 20.09 – Quinta-Feira

Visita Guiada – 09h 10h 11h 14h 15h 16h 17h

17h30

[TEATRO] ESPETÁCULO “DA SILVA EL HIJO DE LAS AMÉRICAS “- Dona Zefinha (CE) e Pato Mojado (Argentina)

Local: Calçada | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

Dona Zefinha aposta numa pegada envolvente e divertida, quente fervendo como sabem fazer. Baseado na vida do povo latino com arranjos inspirados nas expressões artísticas populares e fusões de ritmos como a cumbia, tango, bolero, arrocha, samba, milonga, somado aos sons da rabeca, piano, violão, e sopros, trazendo um clima tropical. Convidados especiais Pato Mojado (Argentina) e Daniel Groove.

18h* e 20h

[TEATRO] ESPETÁCULO “O AMOR E O DIABO” – Grupo Arte de viver

Local: Palco Principal | Entrada: Fechado* e R$20 / R$10 | Classificação Indicativa: Livre

Dia 21.09 – Sexta-Feira

Visita Guiada – 09h 10h 11h 14h 15h 16h 17h

16h

[DANÇA] FESTIVAL DO CBDD – CONSELHO BRASILEIRO DA DANÇA – Seletiva Brasil

Local: Palco Principal | Entrada: R$40 / R$20 | Classificação Indicativa: Livre

Seletiva para o Festival Conselho Brasileiro de Dança realizado no Rio de Janeiro. O Festival de Dança do CBDD consiste em um evento com mostra competitiva contemplando os níveis Kids e Adulto, a partir de 4 anos ao avançado, aberto para todas as modalidades e categorias de dança.

18h

[MÚSICA] SHOW “HIATO ENTRE O VÃO E O NADA” – Banda Januário a Sete Palmos

Local: Teatro Morro do Ouro | Entrada: R$10 / R$5 | Classificação Indicativa: Livre

Este trabalho denota através do eu lírico as presenças e faltas de cada ser humano. O projeto se justifica através da humanidade de cada um dos integrantes da banda, que por serem amigos de longa data transparecem total intimidade entre si e conseguem fazer o público ter a mesma emoção, criando de forma muito pessoal uma atmosfera cheia de coloridos e sentimentos.

Dia 22.09 – Sábado

Visita Guiada – 14h 15h 16h 17h

16h

[MÚSICA] SHOW “SAMBAS QUE EU OUVI POR VOCÊ” – Keyliane e Azevedo

Local: Foyer | Entrada: R$10 / R$5 | Classificação Indicativa: Livre

O trabalho compila releituras de lindas canções do samba e bossa nova, envolvidas por um ar clássico e versátil, contando em ordem cronológica do repertório a história de cada música de forma poética. Esta proposta proporciona difusão e perpetuação da música Brasileira, historicamente marcada pelo samba e por suas vertentes.

16h

[DANÇA] FESTIVAL DO CBDD – CONSELHO BRASILEIRO DA DANÇA – Seletiva Brasil

Local: Palco Principal | Entrada: R$40 / R$20 | Classificação Indicativa: Livre

Seletiva para o Festival Conselho Brasileiro de Dança realizado no Rio de Janeiro. O Festival de Dança do CBDD consiste em um evento com mostra competitiva contemplando os níveis Kids e Adulto, a partir de 4 anos ao avançado, aberto para todas as modalidades e categorias de dança.

Dia 23.09 – Domingo

Visita Guiada – 14h 15h 16h

16h

[DANÇA] FESTIVAL DO CBDD – CONSELHO BRASILEIRO DA DANÇA – Seletiva Brasil

Local: Palco Principal | Entrada: R$40 / R$20 | Classificação Indicativa: Livre

Seletiva para o Festival Conselho Brasileiro de Dança realizado no Rio de Janeiro. O Festival de Dança do CBDD consiste em um evento com mostra competitiva contemplando os níveis Kids e Adulto, a partir de 4 anos ao avançado, aberto para todas as modalidades e categorias de dança.

17h

[Música] SALA DE CONCERTO – SÉRIE CONCERTOS DE CÂMARAS – Orquestra de Base da OSUECE
Local: Foyer | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

Diversão e Cultura: nova temporada do Domingo Divertido começa no Sobral Shopping

 

Começa, a partir deste domingo (16), mais uma temporada do Domingo Divertido no Sobral Shopping. Muita diversão e cultura com diversas atividades: desenhos para colorir, pintura facial, oficinas, teatro de fantoches, além da presença de personagens, tudo isso com a Karavana Kids.

O Domingo Divertido acontece sempre das 17h às 20h, em um espaço montado no corredor das Lojas Americanas. O acesso é gratuito.

MINISTÉRIO DA CULTURA apresenta TUDO QUE VOCÊ SEMPRE QUIS DIZER SOBRE O CASAMENTO

 


Crédito: Ismael Monticelli

 

Casados na vida real, Maria Flor e Emanuel Aragão, recontam sua relação, desde o primeiro encontro até o casamento. Nada fica de fora! Tudo aquilo que a gente não tem coragem de falar na frente do outro, eles dividem com o público, sempre convidado a participar da conversa, até porque, quem nunca enfrentou as dificuldades, maluquices e delícias do relacionamento amoroso, que atire a primeira pedra.

As apresentações com realização da Opus Promoções ocorrem nas seguintes datas e locais: 21 de setembro, no Teatro Riachuelo Natal (Natal/RN); 22 de setembro, no Teatro RioMar Recife (Recife/PE); 23 de setembro, no Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE); 17 de novembro, no Teatro Feevale (Novo Hamburgo/RS); 18 de novembro, no Teatro do Bourbon Country (Porto Alegre/RS). Confira o serviço completo abaixo.

Uma comédia romântica, uma espécie de stand-up de dois, em dupla, uma daquelas peças de casal, só que não. Um stand-up de casal! Só que é tudo verdade. Os nomes, as histórias, os dois, a vida. Eles contam suas histórias para a plateia, que pode responder e interromper quando quiser, afinal, não são sempre as mesmas histórias com todos nós? Uma peça feita por um casal para casais de todas as idades.

“Na verdade, o que a gente fez foi sentar e listar todas as coisas que nunca deveriam ser contadas pra ninguém sobre a nossa vida conjugal, e a partir daí, a gente construiu a dramaturgia do espetáculo”, conta Emanuel, que além de ator é roteirista.

“Eu nunca imaginei que eu fosse ter coragem de me expor tanto, mas no final das contas, eu acho que é exatamente isso que gera tanta identificação com o público!”, revela Maria Flor. “A peça é uma espécie de livro aberto da nossa relação, tá tudo lá…”, arremata a atriz.

Cada apresentação é única

Como numa conversa, contando sempre com a abertura para a participação espontânea do público, Maria Flor e Emanuel passam por todos os assuntos possíveis no que se refere ao relacionamento amoroso e à vida de um casal. Nada fica de fora, nada é íntimo demais que não possa ser jogado ali: sexo, saudade, ciúmes, traição, filhos, as brigas pelo espaço na cama e pelo uso do controle remoto.

O espetáculo

Os dois juntos desenvolveram o texto a partir das próprias experiências e transformaram a sua vida de casal em uma peça absolutamente pessoal, íntima, intrasferível e hilária. O resultado é uma comédia rápida, espontânea e absurdamente sincera! Com passagens mais tensas e outras totalmente descontraídas e leves, os dois vivem em cena, literalmente, a sua relação, em seus altos e baixos, como em todas as dinâmicas de casal.

Maria Flor

Com uma carreira de sucessos na televisão e no cinema, com várias novelas e séries no currículo, a atriz Maria Flor esteve em Malhação, Cabocla, Aline, As Brasileiras, Belíssima, O Rebu, A lei do Amor e filmes como Cazuza, Dois Filhos de Francisco, Pode Crer, O Bem Amado e, ainda sem data de estreia, Albatroz, de Bráulio Mantovani, além de estar na segunda temporada da série 3% da NETFLIX. Maria Flor não para e por isso se juntou ao marido, o ator e roteirista Emanuel Aragão, para escrever e protagonizar este espetáculo.

Emanuel Aragão

Ator e roteirista de sucesso, Emanuel Aragão transita por todos os gêneros da escrita, assim como encara o palco e a criação de roteiros e textos teatrais. Autor do filme “Os Homens são de Marte e é pra lá que eu vou – 2″ além de três temporadas da série com o mesmo título, Emanuel ainda tem no currículo peças como “Nãotemnemnome”, 24por1, “Meu avesso é mais visível que um poste” e “Hamlet – processo de criação”, trabalhos muito elogiados pela crítica.

FICHA TÉCNICA:

Texto e Atuação

Maria Flor

Emanuel Aragão

Produção

Maria Clara Horta

Free Lancer Producções

Iluminação e Sonoplastia

Guiga Ensa

Fotos

Ismael Monticcelli

Projeto Gráfico

Marcos Pavão

Duração: 80 min.
Classificação: 14 anos

MINISTÉRIO DA CULTURA apresenta
Lei Federal de Incentivo à Cultura
Realização: OPUS PROMOÇÕES, MODAL PRODUÇÕES e MINISTÉRIO DA CULTURA, Governo Federal

FORTALEZA (CE)
Dia 23 de setembro
Domingo, às 20h
Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE)
www.teatroriomarfortaleza.com.br

INGRESSOS:

Setor

Valor

Meia-Entrada

Plateia Alta

R$ 50,00

R$ 25,00

Plateia Baixa B

R$ 100,00

R$ 50,00

Plateia Baixa A

R$ 120,00

R$ 60,00

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 –

Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das

12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o

início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

Formas de pagamento:
Internet : Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American.
Bilheteria: Dinheiro, Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American e Banricompras (débito).

Shopping da capital recebe exposição com temática egípcia

 

 

Em setembro, o North Shopping Fortaleza recebe o Museu Egípcio, mostra itinerante que apresenta uma ampla visão da história egípcia, com mais de três milênios de civilização. A exposição fica em cartaz até 08 de novembro no Piso 3.

Com um acervo de mais de 400 peças, o museu exibe réplicas e esculturas e múmias, sarcófagos, estátuas de deuses e faraós, objetos funerários, joias e pinturas em papiros, conhecida e milenar arte egípcia. As peças são reproduções de obras expostas em famosos museus do mundo, como Cairo, Alexandria, Luxor, Louvre, Londres, Berlim e Vaticano.

O artista responsável pelo trabalho é Essam Ezzat Gouda Battal. Natural da cidade de Sharkia, no Egito, é formado em Artes Plásticas pela Universidade de Alfnon Algamela, no Cairo. Sua arte tem o intuito de valorizar e divulgar a cultura do Egito Antigo, por meio das exposições e das réplicas perfeitas de itens como O Escriba, O Busto Inacabado de Nefertiti, A Máscara de Tutancâmon e outros objetos religiosos e de adorno.

Serviço: Museu Egípcio no North Shopping Fortaleza. Até 08 de novembro no Piso 3. Visitação de segunda a sábado, de 10h às 22h, e aos domingos, de 13h às 21h. Entrada: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Informações: (85) 3404.3000 e www.northshoppingfortaleza.com.br

 

 

Musical “O Corcunda de Notre Dame” será apresentado no Theatro Via Sul Fortaleza

 

A escola de Teatro Encenna apresenta no dia 15 de setembro, em duas sessões, às 19h e 21h, no Theatro Via Sul Fortaleza, o espetáculo “O Corcunda de Notre Dame – O Musical”, inspirado em uma das obras mais famosas de Victor Hugo, lançado em 1831, considerado o maior romance histórico do autor. A adaptação e direção geral é de Aurélio Barros.

“O Corcunda de Notre Dame” narra a história do amor altruísta de Quasimodo, deficiente sineiro da catedral de Notre Dame, pela cigana Esmeralda. Quasímodo sonha em sair da Catedral para participar do “Festival dos Tolos”, e finalmente é instigado pelos amigos a fugir, aproveitando-se da ausência do poderoso Claude Frollo, homem que o criou desde a infância. A trama se fortalece com os planos cruéis do arquidiácono Frollo e de seus subordinados para deter os ciganos que vivem no pátio dos milagres. Uma reviravolta faz brotar o amor entre o Capitão Phoebus, militar convocado da guerra para perseguir e prender os ciganos e a jovem Esmeralda.

Uma história arrebatadora, em que, medo e coragem, fé e justiça se misturam, levando o expectador a perceber a superação sobre as limitações acerca das deficiências múltiplas, a repensar sua compreensão estética entre o feio e o belo, bem como enaltecer o amor como meio de superação das deficiências humanas.
O Musical conta ainda com a participação especial do coral “Soul Cantor” do Conservatório de Música Alberto Nepomuceno, sob a direção musical de Domízia Almeida e arranjos de Alvany Silva.

 

Serviço:

O Corcunda de Notre Dame – O Musical

Datas: 15 de setembro de 2018 (sábado)
Horário: 19h e 21h
Local: Theatro Via Sul Fortaleza – Av. Washington Soares, 4335 – Edson Queiroz
Ingressos: R$40/R$20
Capacidade do Teatro: 732 Pessoas
Informações: (85) 3099-1290
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados.
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.
Estacionamento no Shopping Via Sul

Programação semanal do Theatro José de Alencar

 

FUNCIONAMENTO DO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR
Geral: de terça a sexta, das 9h às 22h; sábados e domingos, das 14h às 22h.
Bilheteria: de terça a domingo, das 14h às 19h.
Galeria Ramos Cotoco: de terça a sexta, das 9h às 21h; e sábado e domingo, das 14h às 21h.
Café Iracema: de terça a domingo, exceto feriado, das 14h às 20h.
Visita Guiada TJA: terça a sexta: 9h 10h 11h – 14h 15h 16h 17h, sábados de: 14h 15h 16h e domingos: de 14h 15h 16h | Ingresso: R$ 6 e R$ 3 – Gratuito para grupos de instituições de ensino públicas e ONGs | Agendamento de Grupos: (85) 3101.2567.

Dia 12.09 – Quarta-Feira
Visita Guiada – 09h 10h 11h 14h 15h 16h 17h

17h30
[TEATRO] ARTE DE RUA – “CONVERSA DE LAVADEIRAS” – Coletivo Rei Leal (CE)
Local: Calçada | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre
Na peça “Conversas de Lavadeiras”, em tom de brincadeira, os atores destacam a inveja, a cobiça e outros pecados capitais através da história de três lavadeiras, na época em que surgiu o sabão em pó. O texto de Robson Araújo metaforiza a cobiça das pessoas quando mostra as duas que usavam sabão em pedra e a outra, mais jovem, com a novidade em pó. O espetáculo fica em cartaz nos dias 12, 19 e 26 de setembro.

15h e 19h
[MÚSICA] “UM CANTO DE PAZ” – A espiritualidade na construção da paz e em defesa da vida
Local: Jardim e Palco Principal | Entrada: R$30 / R$15 | Classificação Indicativa: Livre
A abertura do Um Canto de Paz 2018 acontece na quarta-feira, 12 de setembro, no Theatro José de Alencar (TJA). A partir das 15h, no jardim, será montada a Feira da Paz, um espaço para exposição de produtos culturais e serviços de várias ONGs que disseminam a mensagem da paz e da preservação do meio ambiente. Para celebrar a cultura da paz, o Show “Um Canto de Paz” reúne grandes nomes cearenses da música, às 19h, no palco principal do Theatro José de Alencar. Entre os nomes que farão o espetáculo especial estão Kátia Freitas, Lorena Nunes, Manassés, Marcos Lessa, Marcus Caffé, Adelson Viana, Davi Duarte, Dênia Carvalho e Tailândia Montenegro. Toda a verba será destinada ao projeto de alfabetização de jovens, adultos e idosos “Luz do Saber”, da Casa Beneficente Casa da União.

Dia 13.09 – Quinta-Feira
Visita Guiada – 09h 10h 11h 14h 15h 16h 17h

17h
[MÚSICA] LANÇAMENTO DO LIVRO “MENINO AMARELO – AS DESVENTURAS DE UM REI DESENCAMINHADO”, DE OSWALD BARROSO.
Local: Palco Principal e Jardim | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre
Com magníficas ilustrações de Descartes Gadelha, “Menino Amarelo” é o primeiro volume das memórias ficcionais de Oswald Barroso, um longo romance épico sob o título: “As Desventuras de um Rei Desencaminhado”. A partir da criação de um personagem fictício, Raimundo Flor, seu alter ego, o autor desenvolve a narrativa de sua história, incluindo a de seus ancestrais, sua família e centenas de companheiros de percurso, com liberdade imaginativa e rigor histórico, quanto a nomes, datas e locais, em que os fatos ocorreram. O primeiro volume de uma obra planejada para mais quatro, abarca a infância do personagem, indo do ano do seu nascimento, 1947, até a idade de 16 anos. O projeto é publicar um volume inicialmente. Os próximos, já em processo de elaboração, deverão se nominar: Risco Vermelho, e Sonho Azul. A riqueza da narrativa advém do fato de Oswald Barroso incluir em suas memórias um vasto número de personagens e acontecimentos, que revelam parte de um Brasil profundo e desconhecido.

19h
[MÚSICA] CANTARES – MOSTRA DE CORAIS DO TJA – Corais: BNB. SESC, Paracuru, Arte em Canto e Diocesano da Unicatólica de Quixadá
Local: Palco Principal | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre
Cantares – Mostra de Corais do TJA tem por objetivo de difundir a diversidade de coros, corais e grupos vocais de nossa cidade e do interior do Estado oportunizando trocas de experiências e a formação de plateia para o canto coletivo.

Dia 14.09 – Sexta-Feira
Visita Guiada – 09h 10h 11h – 14h 15h 16h 17h

18h
[MÚSICA] SEXTA DE ROCK – Bandas “Obskure”, “Réu Podre” e “Criminal Lies”
Local: Praça Mestre Pedro Boca Rica| Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre
O projeto Sexta Rock concebido pela Associação Cultural Cearense do Rock (ACR), no início da década de 2000, consolidou-se por seu caráter itinerante, de formação de plateias e difusão de trabalhos de veteranos e novos grupos de Fortaleza, Região Metropolitana ou de diferentes regiões do estado e valorizando causas sociais e políticas.Nesta edição o projeto recebe as bandas “Obskure”, “Réu Podre” e “Criminal Lies”.

20h
[MÚSICA] SHOW PONTES DE VIDRO – CAIO CASTELO
Local: Palco Principal | Entrada: R$10/R$5 | Classificação Indicativa: Livre
No show “Pontes de Vidro”, Caio Castelo se reinventa numa sonoridade mais dançante ao mesclar elementos orgânicos a eletrônicos e novas canções às de seus álbuns anteriores, tudo isso explorando as diversas possibilidades do formato voz, guitarra, sintetizadores e bateria.

Dia 15.09 – Sábado
Visita Guiada – 14h 15h 16h 17h

17h
[MÚSICA] CASA DAS ARTES APRESENTA TRIO NEPOMUCENO
Local: Foyer | Entrada: Gratuito | Classificação Indicativa: Livre
O trio é formado pela violinista Liu Man Ying, pela violoncelista Dora Utermohl de Queiroz e pelo pianista Vitor Duarte, todos professores do curso de Licenciatura em Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Ceará.

Dia 16.09 – Domingo
Visita Guiada – 14h 15h 16h

17h
[MÚSICA] SALA DE CONCERTO – GRUPO VOCAL ADORAÇÃO
Local: Foyer | Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre
Grupo composto de 09 pessoas, criado no ano de 2015 com o objetivo propagar a música gospel e arranjos de música cristã. O grupo tem se apresentado em diversos locais e em Igrejas de Fortaleza. Maestro Rodrigo da Costa é o diretor e preparador vocal do grupo.

19h
[TEATRO] ESPETÁCULO “BARRACAL”, direção Andreia Pires
Local: Palco Principal | Entrada: R$10 / R$5 | Classificação Indicativa: Livre
BARRACAL é como chamamos nosso trabalho cênico, que parte da leitura do “Diário de uma favelada” de Carolina Maria de Jesus reunida às músicas do Cartola, gerando assim uma encenação musicada que interfere inclusive nos modos de fazer um teatro não representativo dessas questões, mas engajado nas mesmas e também inventar outros modos de compor música e teatro sem precisar seguir critérios já impostos.

7ª edição do Curta o Gênero discute diversidade, feminismo, política e democracia

 

O Curta O Gênero (COG), evento cujo foco é nas discussões de gênero, sexualidades e feminismos, chega em 2018 à sétima edição, entre os dias 11 e 16 de setembro. O evento avança a cada ano ao trazer para o público uma programação gratuita que tem a diversidade como tema central.

Este ano, o COG 2018 traz como temática “Política e Democracia – Revisitando conceitos e apontando alternativas a partir dos feminismos latino-americanos”.

A programação traz várias atividades, como mostra de curtas-metragens, exposição de fotografias e ilustrações, simpósios e seminários, teatro, oficinas e minicursos em um mergulho estético-político nos campos dos feminismos, gênero e sexualidades.

A abertura será realizada no dia 11, às 14 horas, com a primeira mesa do VII Seminário Gênero Cultura e Mudança, na Caixa Cultural Fortaleza. O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e o Centro Cultural Belchior, também recebem parte do projeto. Todas as atividades são gratuitas, mas é possível ser solidário e colaborar com as ONG Velaumar e a Associação Beneficente de Educação e Cultura Nossa Senhora da Conceição, doando um quilo de alimento não perecível, um brinquedo ou um livro infantil. Os interessados em participar das atividades devem fazer o credenciamento, no dia 11, a partir das 9h.

Ao longo dos seis dias de evento, o público confere no Teatro da Caixa Cultural cinco mesas de debates do VII Seminário Internacional Gênero, Cultura e Mudança e poderá participar também das rodas de conversa que ocorrerão todas as manhãs no foyer do Teatro.

Pesquisadoras e ativistas de projeção internacional participarão do evento, dentre elas Amelinha Teles, Maria Lygia Quartim de Moraes e Mariana Mora Bayo (México).

Ainda dentro da programação do evento, até o dia 30 de setembro, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura recebe a VII Exposição Fotográfica “Contrastes – gênero, tempos, lugares, olhares” e a II Exposição de Ilustrações “Expressões de Gênero”.

As exposições se dedicam a transitar pelos campos das questões de gênero e sexualidade e suas interseccionalidades e ficam abertas à visitação do público das 14h às 20h.

Mostra Audiovisual

A programação da Mostra Audiovisual Internacional também vem forte esse ano. De mais de 360 curtas-metragens inscritos, a Mostra exibirá 52 produções de 12 estados brasileiros e 13 países. Exibirá ainda dois projetos da própria Fábrica de Imagens, o documentário “Horizontes Incertos” sobre direitos humanos, conservadorismo e neoliberalismo e o programa de TV Gênero Plural.

Para fechar as atividades no fim de semana, o destaque fica para os dois longas-metragens convidados, “Chega de Fiu Fiu” de Amanda Kamanchek Lemos e Fernanda Frazão e “Abrindo o Armário” de Dário Menezes e Luís Abramo.

Lançamento de livros

Durante a programação serão ainda lançados livros da Fábrica de Imagens e das convidadas Maria Lygia Quartim de Moraes (Unicamp), Rosane Borges (escritorae articulista da Carta Capital), Alinne Bonetti (UNIPAMPA), Gláucia Fraccaro (PUC Campinas) e Salete Maria da Silva (UFBA).

 

Colorindo o Gênero

A grande novidade para este ano é a realização do I Colorindo o Gênero, uma série de oficinas e exibições audiovisuais específicas para crianças, pensadas pela Fábrica de Imagens, pelos projetos de extensão Nucepec/UFC e Reapodere/UNILAB, pelo Coletivo Transvê de Sobral e pelas ativistas indígenas Telma e Beatriz Pacheco.

 

Sobre o Curta O Gênero

Realizado pela Fábrica de Imagens, com apoio da Rede Latino-americana de Gênero e Cultura e com a produção do Ponto de Cultura Outros Olhares e do Centro de Referência em Cultura, Arte, Comunicação e Novas Tecnologias para a Promoção dos Direitos Humanos, da Equidade de Gênero e da Diversidade Sexual – Cacto.

O COG conta, ainda, com o apoio da Caixa Cultural Fortaleza, da Secretaria da Cultura do Estado (Secult) e Enel por meio da Lei do Mecenato Estadual, do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e do Centro Cultural Belchior.

O evento é realizado desde 2012 e, em seis edições, aproximadamente 300 obras audiovisuais já foram selecionadas e exibidas de um total de pouco mais de 1000 inscritas.

 

Destaques

Os seminários apresentam mesas com nomes nacionais e internacionais como Lucy Mirtha Ketterer Romero (Temuco/Chile), Natalia Cabanillas (Argentina), Artemisa Odila Candé Monteiro (Guiné Bissau), Graziele Dainese (UNILAB), Wânia Pasinato (USP), Karla Bessa (UNICAMP), Ana Veloso (UFPE), Mirla Cisne (UERN) dentro outros.

 

Serviço

Curta O Gênero 2018

Data: 11 a 16 de setembro

Local: Caixa Cultural (Av. Pessoa Anta, 287- Praia de Iracema) Centro Cultural Belchior (Rua dos Pacajus, 123 – Praia de Iracema) e Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura ( Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema).

Entrada Gratuita