Browsing Tag

Cinema

‘Alita: Anjo de Combate’ estreia com diversas vantagens para quem é cliente UCI UNIQUE

 
O lançamento mais aguardado desta semana, ‘Alita: Anjo de Combate’ chega aos cinemas UCI de todo o país, inclusive nas salas especiais. A rede preparou vantagens exclusivas para quem é cliente UNIQUE e os associados do programa de benefícios vão ganhar brinde exclusivo, além de garantirem valores imperdíveis em todos os formatos de exibição.

O filme é o destaque da semana UNIQUE e os clientes podem comprar as entradas com preços especiais e ainda ganhar um Pop Socket promocional inspirado na história. Basta apresentar o CPF cadastrado para obter a promoção com os seguintes valores: XPLUS 3D (R$ 17), IMAX® 3D (R$ 23) e 4DX (com desconto de R$1).

Os fãs de carteirinha da rede UCI ainda garantem outros brindes super bacanas ao adquirirem ingressos para ‘Uma Aventura LEGO 2’ e ‘Scape Room’ nas bilheterias dos complexos.

O UCI UNIQUE também dá desconto de R$1 em qualquer dia em todos os filmes em cartaz e proporciona valor de meia-entrada para sessões de conteúdo alternativo (óperas, balés, futebol, shows), upgrade de pipoca nas bombonières e os brindes, além de desconto em ingresso para sessão de quinta-feira, o primeiro dia da cine-semana.

Para participar, basta comprar o cartão em uma das bilheterias dos cinemas e se cadastrar no site do programa (www.ucicinemas.com.br/UNIQUE) para validar a inscrição e obter todas as informações. Os novos membros recebem um ingresso para usar de 2ª a 5ª nas salas 2D, 3D e UCI XPLUS.

A ficção científica, produzida pela dupla James Cameron e Jon Landau (‘Titanic’ e ‘Avatar’), é baseada no famoso mangá homônimo que conta a história de uma ciborgue sem memória encontrada por um cientista que tenta protegê-la enquanto ela busca por suas origens.

Nas salas especiais, UCI IMAX, UCI XPLUS e 4DX, o público vai acompanhar a personagem Alita, que possui habilidades em artes marciais, com uma riqueza incrível de detalhes através das tecnologias de imagem, som e sensações que só a rede possui.

Na IMAX (no Rio de Janeiro, São Paulo, Ribeirão Preto, Recife e Fortaleza), as telas são quatro vezes maiores do que as de projeção digital comum, geram imagens com muito mais brilho, nitidez e profundidade e têm áudios superpotentes alinhados a laser, que são distribuídos por todo o ambiente através de 24 canais com 18.000 whatts de potência. A tecnologia dos alto-falantes permite identificar a localização específica de cada ruído, possibilitando sensações indescritíveis.

As salas XPLUS (Salvador, Manaus, Curitiba, Fortaleza, São Luís, Canoas, Rio de Janeiro e São Paulo), têm outro diferencial. Além das telas gigantes, com exibição em 3D, a tecnologia Dolby Atmos utiliza canais de áudio com até 128 deslocamentos simultâneos de objetos sonoros, proporcionando uma riqueza de detalhes e profundidade impressionantes, que criam a ilusão de um campo de som infinito ao redor do espectador. As caixas acústicas ficam localizadas inclusive no teto, para preencher a sala com o retrato sonoro mais preciso do filme, exatamente da maneira como o diretor o imaginou.

No Rio de Janeiro (UCI New York City Center) e no Recife (UCI Kinoplex shopping Tacaruna) a rede conta com as únicas salas XPLUS Laser do país, que torna ainda mais surpreendente a qualidade das imagens. A diferença de se assistir a um filme projetado a laser é enorme, com cores mais vibrantes, contraste mais profundo e brilho muito mais intenso. A tecnologia inovadora oferece a melhor qualidade de imagem e desempenho de cores disponíveis atualmente.

As salas 4DX (Rio de Janeiro e São Paulo) têm cadeiras que vibram e se movimentam, além de 20 efeitos especiais. Durante as exibições, dependendo das cenas, o espectador é impactado por diversas sensações e aromas. No UCI NYCC, no Rio, o público poderá perceber chuva, vendaval, neblina, trovão, bolhas d´água, luzes e tempestade (rainstorm), que combina ventos fortes com gotas de chuva e cria redemoinhos de água em cima do público. Mas, quem preferir sair seco da sessão, poderá desligar o botão “water”. Já no UCI Anália Franco, a sala especial conta ainda com o exclusivo efeito neve – o único no país.

Ingressos para as exibições nos cinemas da rede UCI podem ser adquiridos na internet, em aplicativos de celular, nas máquinas de autoatendimento disponíveis no hall dos complexos ou pelos canais Ingresso.com.

Outras informações sobre as promoções, classificação etária, horários e valores das sessões no site: http://www.ucicinemas.com.br.

UCI Cinemas traz de volta os valores promocionais às segundas-feiras


A “Segunda-Mania”, uma das promoções mais queridas pelo público da UCI, está de volta. A ação, que oferece entradas com preços especiais já no primeiro dia da semana, entra em vigor na próxima segunda-feira, dia 11 de fevereiro, nos complexos da rede pelo país.

Os cinéfilos poderão adquirir entradas com valores reduzidos em exibições nas salas convencionais para filmes 2D e 3D e cadeiras Superseats, que possuem encosto reclinável, assento mais largo, braços individuais e ótima localização. Alguns cinemas ainda oferecem o desconto para quem quiser curtir as exibições com toda tecnologia de som e imagem das salas IMAX e XPLUS.

Confira no link abaixo os cinemas participantes e os valores:
http://www.ucicinemas.com.br/segunda_mania

UCI abre pré-venda de “Capitã Marvel” e nas salas especiais da rede, a aventura será ainda mais extraordinária

 

 

A UCI está com pré-venda aberta para a primeira semana de exibição de “Capitã Marvel”, que traz Brie Larson no papel principal, apresentando a super-heroína Carol Danvers. A aventura chega aos cinemas brasileiros no dia 07 de março e na véspera do lançamento, na madrugada do dia 06 (às 00h01), haverá sessões FAN EVENTS nas salas da rede por todo país, incluindo as especiais.

Para quem não quer perder nenhum detalhe da história da agente da CIA que tem contato com uma raça alienígena e ganha poderes sobre-humanos, a dica é assistir ao filme com toda a tecnologia das salas IMAX, XPLUS e 4DX– que proporcionam experiências incomparáveis:

Na IMAX (no Rio de Janeiro, São Paulo, Ribeirão Preto, Recife e Fortaleza), as telas são quatro vezes maiores do que as de projeção digital comum, geram imagens com muito mais brilho, nitidez e profundidade e têm áudios superpotentes alinhados a laser, que são distribuídos por todo o ambiente através de 24 canais com 18.000 whatts de potência. A tecnologia dos alto-falantes permite identificar a localização específica de cada ruído, possibilitando sensações indescritíveis.

As salas XPLUS (Salvador, Manaus, Curitiba, Fortaleza, São Luís, Canoas, Rio de Janeiro e São Paulo), têm outro diferencial. Além das telas gigantes, com exibição em 3D, a tecnologia Dolby Atmos utiliza canais de áudio com até 128 deslocamentos simultâneos de objetos sonoros, proporcionando uma riqueza de detalhes e profundidade impressionantes, que criam a ilusão de um campo de som infinito ao redor do espectador. As caixas acústicas ficam localizadas inclusive no teto, para preencher a sala com o retrato sonoro mais preciso do filme, exatamente da maneira como o diretor o imaginou.

No Rio de Janeiro (UCI New York City Center) e no Recife (UCI Kinoplex shopping Tacaruna) a rede conta com as únicas salas XPLUS Laser do país, que torna ainda mais surpreendente a qualidade das imagens. A diferença de se assistir a um filme projetado a laser é enorme, com cores mais vibrantes, contraste mais profundo e brilho muito mais intenso. A tecnologia inovadora oferece a melhor qualidade de imagem e desempenho de cores disponíveis atualmente.

As salas 4DX (Rio de Janeiro e São Paulo) têm cadeiras que vibram e se movimentam, além de 20 efeitos especiais. Durante as exibições, dependendo das cenas, o espectador é impactado por diversas sensações e aromas. No UCI NYCC, no Rio, o público poderá perceber chuva, vendaval, neblina, trovão, bolhas d´água, luzes e tempestade (rainstorm), que combina ventos fortes com gotas de chuva e cria redemoinhos de água em cima do público. Mas, quem preferir sair seco da sessão, poderá desligar o botão “water”. Já no UCI Anália Franco, a sala especial conta ainda com o exclusivo efeito neve – o único no país

Para garantir ingressos para as primeiras exibições de “Capitã Marvel”, basta acessar www.ucicinemas.com.br ou canais Ingresso.com, além das máquinas de autoatendimento disponíveis no hall dos complexos. O filme será o destaque da semana do programa de relacionamento da rede, o UCI UNIQUE, e os clientes podem garantir seus ingressos com desconto exclusivo.

UCI Cinemas exibe nova montagem de “O Quebra-Nozes”, do balé Bolshoi

 
Um dos maiores clássicos do balé mundial, “O Quebra-Nozes” estará em fevereiro nas telonas da rede UCI pelo Brasil, de 7 a 10. Encenada pelo Bolshoi, a performance apresenta uma nova montagem gravada ao vivo, em dezembro de 2018, diretamente do teatro da companhia russa em Moscou.

A rede distribui o conteúdo da temporada 2018/2019 do balé Bolshoi para exibidores de todo o país. Entre eles, ainda serão destaques “La Bayadère” e a suíte de “Carmen/Petrushka”, que ganharam remontagens. Os entusiastas da dança também poderão assistir as performances “A Bela Adormecida” e “A Era de Ouro”. [Sinopses e datas dos espetáculos abaixo].

Os ingressos para todos os balés já estão à venda na rede UCI e podem ser adquiridos na internet, nas bilheterias, nos canais da Ingresso.com e nas máquinas de autoatendimento disponíveis no hall dos cinemas. As entradas custam R$ 40,00 (inteira em salas convencionas) e R$ 50,00 (inteira em salas vips). Clientes UNIQUE, o programa de relacionamento da rede, pagam meia-entrada. Para mais informações acesse.

Sobre os espetáculos

O Quebra-Nozes (2h20)
07 e 10 de fevereiro
Gravação da nova montagem em 23/12/2018
Direção: Yuri Grigorovich

Na véspera de Natal, o boneco Quebra-Nozes de Marie se transforma magicamente em um príncipe e sua magnífica aventura começa. O clássico retorna para o palco majestoso do Bolshoi para uma transmissão ao vivo de uma história atemporal, (aqui tinha o Quebra-Nozes, será que precisa repetir?)levando o público de todas as idades em uma jornada mágica por um mundo de completo encantamento, com flocos de neve dançantes e bonecos que ganham vida, acompanhados da amada trilha sonora de Tchaikovsky.

La Bayadère (3h20)
28 e 31 de março
Gravação da nova montagem em 20/01/2019
Direção: Yuri Grigorovich

A dançarina do templo Nikiya e o guerreiro Solor se apaixonam perdidamente, dando lugar a calorosas paixões e intrigas assassinas quando Rajah e sua filha Gamzatti descobrem seu amor proibido. La Bayadère é uma das maiores obras do balé clássico – uma história de amor, morte e julgamento vingativo situado na Índia. Cenários e figurinos deslumbrantes, e uma das cenas mais icônicas do balé, o “Reino das Sombras” ilumina o conto trágico do amor da dançarina do templo Nikiya pelo guerreiro Solor, e sua redenção definitiva.

A Bela Adormecida (2h50)
25 e 28 de abril
Direção: Yuri Grigorovich

A princesa Aurora cai sob a maldição da fada maligna Carabosse em seu aniversário de dezesseis anos, ficando em um sono profundo de cem anos. Somente o beijo de um príncipe pode quebrar o feitiço. Um brilhante balé de conto de fadas performado pelo Bolshoi. A Bela Adormecida apresenta diversos personagens mágicos, incluindo fadas, a Chapeuzinho Vermelho, o Gato de Botas e uma linda e jovem princesa Aurora, interpretada por Olga Smirnova, um “talento verdadeiramente extraordinário” (The Telegraph).

A Era de Ouro (2h20)
30 de maio e 02 de junho
Direção: Yuri Grigorovich

Nos anos 1920, o cabaré A Era de Ouro é o recinto noturno favorito. O jovem pescador Boris se apaixona por Rita. Ele a segue até o cabaré e percebe que ela é a linda dançarina “Mademoiselle Margot”, mas é também o interesse amoroso do gangster local Yashk. Com sua trilha sonora de jazz de Shostakovich e sua atmosfera de music hall com belos tangos, A Era de Ouro é um mergulho refrescante e colorido nos anos 20. Um balé histórico que só pode ser visto no Bolshoi! Captado ao vivo em 16 de Outubro de 2016.

Carmen Suite/ Petrushka
27 e 30 de junho
Gravação da nova montagem em 19/05/19
Direção: Alberto Alonso

Carmen, sempre apaixonada e de espírito livre, se encontra em um triângulo amoroso. O balé de um ato do coreógrafo Cubano Alberto Alonso, originalmente criado para a legendária primeira bailarina do Bolshoi Maya Plisetskaya, irá cativar audiências junto com Petrushka, uma nova criação do Bolshoi pelo coreógrafo contemporâneo Edward Clug, em uma noite que captura a alma do balé russo.

Serviço:
Ballet Bolshoi nos cinemas – Temporada 2018-2019
Valor: R$: 40,00 (salas convencionais) e R$: 50,00 (salas vips).
Horários: Quintas e domingos, às 19h e 14h, respectivamente.
Classificação: Livre
Locais de exibição na rede UCI: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza, Ribeirão Preto, Juiz de Fora, Campo Grande, Belém e Canoas.
Para mais informações: http://www.ucicinemas.com.br.

Cineteatro São Luiz se torna a sala pública com maior média de espectadores por sessão de cinema no Brasil

 

Com um público de 10.149 espectadores em 67 sessões de cinema no mês de janeiro, o Cineteatro São Luiz totalizou, desde sua reabertura em maio de 2015, a expressiva marca de 357.383 espectadores ao longo de 2.138 sessões de cinema, o que resulta numa média de 167 espectadores por sessão, dado que faz com que o São Luiz seja, hoje, a sala pública de cinema com a maior média de espectadores por sessão do Brasil; o segundo colocado no ranking das salas públicas de cinema – (que operam com sessões pagas e gratuitas) tem uma média inferior a 30 espectadores por sessão, segundo dados da Agência Nacional de Cinema, Ancine.

E mais: a média de público no circuito de salas comerciais do cinema brasileiro (salas que operam exclusivamente com ingressos pagos) durante o ano de 2018 foi, ainda segundo dados da Ancine, de 37 espectadores por sessão; considerando-se apenas esse critério (de sessões com ingressos pagos), o Cineteatro São Luiz teve, em igual período, a média de 78 espectadores por sessão, mais que o dobro da média nacional.

“São dados realmente gratificantes para todos nós, principalmente por sabermos que essa participação do público se dá diante de uma oferta múltipla e diversificada de conteúdo na tela do São Luiz, conteúdo esse organizado em faixas de programação que englobam desde o sucesso mais recente ao mais experimental dos filmes, seja ele de curta, média ou longa duração, e sempre privilegiando o cinema brasileiro e o cearense em particular.”, celebra Duarte Dias, Programador e Curador do Cinema do Cineteatro São Luiz.

Prestes a completar 61 anos de existência no próximo mês de março, o Cineteatro São Luiz prepara uma programação especial em alusão a data, que será comemorada com várias atividades durante todo o mês. “Estamos elaborando uma mostra especial de filmes para março, numa programação que contempla filmes clássicos e também contemporâneos, atuais, e que tem a mulher como protagonista principal, seja diante ou atrás das câmeras. Vem muita coisa legal por aí.”, Adianta Duarte Dias.

“Férias no São Luiz” segue com programação gratuita para toda a família

 

Casa cheia, alegria muita. Mais uma edição do Férias no Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). A programação gratuita, aberta ao público e para toda a família segue até o final do mês com filmes para todos os gostos. E a primeira semana já traz ótimos resultados: um público de 4.985 espectadores, o que dá uma média de 124 espectadores por sessão – a média do circuito comercial brasileiro é de 37 espectadores por sessão.

E melhor ainda: com os números dessa primeira semana, o Cinema do Cineteatro São Luiz ultrapassou a marca dos 350 mil espectadores desde a reabertura do equipamento, em maio de 2015, atingindo, para ser mais preciso, o expressivo número de 352.294 em 3 anos e 8 meses de funcionamento, um dado a ser celebrado.

 

Confira a programação:

DIA 22/01 (TERÇA-FEIRA)

18H30 [TERÇA DE GRAÇA] MALASOMBRO, COM A CIA. CEARENSE DE MOLECAGEM
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 12 anos | Duração: 90 min
Local: Palco do Cineteatro
Release: Anoitece na mansão dos Vampetas. A penumbra vem acompanhada de um toró sem proporções. Tábata e Cunha, funcionários da obscura casa, se desdobram em satisfazer as necessidades malucas de seu morador ilustre, em meio a falcatruas e revelações todos vão convivendo da pior forma possível até que em meio a uma manifestação da elite do bairro, um casal de Black bloc`s Waldisney e Britiney invadem o velho casarão. A esculhambação come de esmola. Em meio ao clima de sustos e malassombros, os jovens se entregam às delícias obscuras do terror, sem saber que rumam para um fatídico destino nos dentes do coxinha Vampeta.

DIA 23/01 (QUARTA-FEIRA)

10h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ | HOMEM-FORMIGA E VESPA (SESSÃO 3D)
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 12 anos
Direção: Peyton Reed | Fantasia, Ação | EUA | 2018 | 1h 58min | Legendado
Sinopse: Após ter ajudado o Capitão América na batalha contra o Homem de Ferro na Alemanha, Scott Lang (Paul Rudd) é condenado a dois anos de prisão domiciliar, por ter quebrado o Tratado de Sokovia. Diante desta situação, ele foi obrigado a se aposentar temporariamente do posto de super-herói. Restando apenas três dias para o término deste prazo, ele tem um estranho sonho com Janet Van Dyne (Michelle Pfeiffer), que desapareceu 30 anos atrás ao entrar no mundo quântico em um ato de heroísmo. Ao procurar o dr. Hank Pym (Michael Douglas) e sua filha Hope (Evangeline Lilly) em busca de explicações, Scott é rapidamente cooptado pela dupla para que possa ajudá-los em sua nova missão: construir um túnel quântico, com o objetivo de resgatar Janet de seu limbo.

14h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ | VENON
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção: Ruben Fleischer | Fantasia, Ação | EUA | 2018 | 1h 52min | Dublado
Sinopse: San Francisco, Estados Unidos. Eddie Brock (Tom Hardy) é um jornalista investigativo, que tem um quadro próprio em uma emissora local. Um dia, ele é escalado para entrevistar Carlton Drake (Riz Ahmed), o criador da Fundação Vida, que tem investido bastante em missões espaciais de forma a encontrar possíveis usos medicinais para a humanidade. Após acessar um documento sigiloso enviado à sua namorada, a advogada Anne Weying (Michelle Williams), Brock descobre que Drake tem feito experimentos científicos em humanos. Ele resolve denunciar esta situação durante a entrevista, o que faz com que seja demitido. Seis meses depois, o ainda desempregado Brock é procurado pela dra. Dora Skirth (Jenny Slate) com uma denúncia: Drake estaria usando simbiontes alienígenas em testes com humanos, muitos deles mortos como cobaias.

16h30 [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ – HOMEM-FORMIGA E VESPA
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 12 anos
Direção: Peyton Reed | Fantasia, Ação | EUA | 2018 | 1h 58min | Dublado
Sinopse: Após ter ajudado o Capitão América na batalha contra o Homem de Ferro na Alemanha, Scott Lang (Paul Rudd) é condenado a dois anos de prisão domiciliar, por ter quebrado o Tratado de Sokovia. Diante desta situação, ele foi obrigado a se aposentar temporariamente do posto de super-herói. Restando apenas três dias para o término deste prazo, ele tem um estranho sonho com Janet Van Dyne (Michelle Pfeiffer), que desapareceu 30 anos atrás ao entrar no mundo quântico em um ato de heroísmo. Ao procurar o dr. Hank Pym (Michael Douglas) e sua filha Hope (Evangeline Lilly) em busca de explicações, Scott é rapidamente cooptado pela dupla para que possa ajudá-los em sua nova missão: construir um túnel quântico, com o objetivo de resgatar Janet de seu limbo.

19h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ – DEADPOOL
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 16 anos
Direção: Tim Miller | Fantasia, Ação | EUA | 2016 | 1h 48min | Dublado
Sinopse: Ex-militar e mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) é diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida.

DIA 24/01 (QUINTA-FEIRA)

10h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ | JURASSIC WORLD: REINO AMEAÇADO
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 12 anos
Direção: Juan Antonio Bayona | Ficção Científica, Ação | EUA | 2018 | 2h 08min | Dublado
Sinopse: Três anos após o fechamento do Jurassic Park, um vulcão prestes a entrar em erupção põe em risco a vida na ilha Nublar. No local não há mais qualquer presença humana, com os dinossauros vivendo livremente. Diante da situação, é preciso tomar uma decisão: deve-se retornar à ilha para salvar os animais ou abandoná-los para uma nova extinção? Decidida a resgatá-los, Claire (Bryce Dallas Howard) convoca Owen (Chris Pratt) a retornar à ilha com ela.

14h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ | HOTEL TRANSILVÂNIA 3: FÉRIAS MONSTRUOSAS
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Genndy Tartakovsky | Animação | EUA | 2018 | 1h 37min | Dublado
Sinopse: Solitário e infeliz, buscando um novo amor na internet, Drácula é surpreendido com um presente da querida filha: férias em um cruzeiro. Inicialmente resistente à ideia, ele acaba engajado no passeio ao se encantar pela comandante, que, no entanto, esconde um segredo nada amigável.

16h30 [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ – OS INCRÍVEIS 2
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Brad Bird | Animação | EUA | 2018 | 1h 58min | Dublado
Sinopse: Quando Helena Pêra é chamada para voltar a lutar contra o crime como a super-heroína Mulher-Elástica, cabe ao seu marido, Roberto, a tarefa de cuidar das crianças, especialmente o bebê Zezé. O que ele não esperava era que o caçula da família também tivesse superpoderes, que surgem sem qualquer controle.

19h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ – DEADPOOL 2
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 16 anos
Direção: David Leitch | Fantasia, Ação | EUA | 2018 | 2h | Dublado
Sinopse: Quando o super soldado Cable (Josh Brolin) chega em uma missão para assassinar o jovem mutante Russel (Julian Dennison), o mercenário Deadpool (Ryan Reynolds) precisa aprender o que é ser herói de verdade para salvá-lo. Para isso, ele recruta seu velho amigo Colossus e forma o novo grupo X-Force, sempre com o apoio do fiel escudeiro Dopinder (Karan Soni).

DIA 25/01 (SEXTA-FEIRA)

12H30 [CURTA A TRADIÇÃO, CURTA A CULTURA, CURTA O SÃO LUIZ] MESTRE ZÉ PIO
Entrada: gratuita | Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 min | Acessibilidade em libras
Local: Hall de entrada (Foyer)
Release: José Francisco Rocha, o Mestre Zé Pio, Começou a brincar de boi aos três anos de idade. Mais tarde, tornou-se o índio do Boi Reis de Ouro. Criou o Boi Juventude, na Barra do Ceará, e desenvolve trabalho social com crianças, ensinando a cultura do bumba meu boi.

14h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ – OS INCRÍVEIS 2
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Brad Bird | Animação | EUA | 2018 | 1h 58min | Dublado
Sinopse: Quando Helena Pêra é chamada para voltar a lutar contra o crime como a super-heroína Mulher-Elástica, cabe ao seu marido, Roberto, a tarefa de cuidar das crianças, especialmente o bebê Zezé. O que ele não esperava era que o caçula da família também tivesse superpoderes, que surgem sem qualquer controle.

16h30 [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ | HOTEL TRANSILVÂNIA 3: FÉRIAS MONSTRUOSAS
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Genndy Tartakovsky | Animação | EUA | 2018 | 1h 37min | Dublado
Sinopse: Solitário e infeliz, buscando um novo amor na internet, Drácula é surpreendido com um presente da querida filha: férias em um cruzeiro. Inicialmente resistente à ideia, ele acaba engajado no passeio ao se encantar pela comandante, que, no entanto, esconde um segredo nada amigável.

19h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ – DEADPOOL 2
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 16 anos
Direção: David Leitch | Fantasia, Ação | EUA | 2018 | 2h | Legendado
Sinopse: Quando o super soldado Cable (Josh Brolin) chega em uma missão para assassinar o jovem mutante Russel (Julian Dennison), o mercenário Deadpool (Ryan Reynolds) precisa aprender o que é ser herói de verdade para salvá-lo. Para isso, ele recruta seu velho amigo Colossus e forma o novo grupo X-Force, sempre com o apoio do fiel escudeiro Dopinder (Karan Soni).

DIA 26/01 (SÁBADO)

10h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ | JURASSIC WORLD: REINO AMEAÇADO
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 12 anos
Direção: Juan Antonio Bayona | Ficção Científica, Ação | EUA | 2018 | 2h 08min | Legendado
Sinopse: Três anos após o fechamento do Jurassic Park, um vulcão prestes a entrar em erupção põe em risco a vida na ilha Nublar. No local não há mais qualquer presença humana, com os dinossauros vivendo livremente. Diante da situação, é preciso tomar uma decisão: deve-se retornar à ilha para salvar os animais ou abandoná-los para uma nova extinção? Decidida a resgatá-los, Claire (Bryce Dallas Howard) convoca Owen (Chris Pratt) a retornar à ilha com ela.

14h [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ | HOTEL TRANSILVÂNIA 3: FÉRIAS MONSTRUOSAS
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Genndy Tartakovsky | Animação | EUA | 2018 | 1h 37min | Dublado
Sinopse: Solitário e infeliz, buscando um novo amor na internet, Drácula é surpreendido com um presente da querida filha: férias em um cruzeiro. Inicialmente resistente à ideia, ele acaba engajado no passeio ao se encantar pela comandante, que, no entanto, esconde um segredo nada amigável.

16h30 [CINEMA] FÉRIAS NO SÃO LUIZ – OS INCRÍVEIS 2
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Direção: Brad Bird | Animação | EUA | 2018 | 1h 58min | Dublado
Sinopse: Quando Helena Pêra é chamada para voltar a lutar contra o crime como a super-heroína Mulher-Elástica, cabe ao seu marido, Roberto, a tarefa de cuidar das crianças, especialmente o bebê Zezé. O que ele não esperava era que o caçula da família também tivesse superpoderes, que surgem sem qualquer controle.

19h [CINEMA] Conclusão do curso de Realização em Audiovisual da Vila das Artes
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Resumo: Alunos da quarta turma de Realização em Audiovisual da Vila das Artes apresentam, sábado (26/01) no Cineteatro São Luiz, filmes de conclusão do curso. Os curtas terão exibição gratuita, com sessões abertas ao público, a partir das 19h. A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Na ocasião, serão exibidos os filmes “Janela do Alto” (Rodrigo Ferreira, 2019), “Papoulas” (Paolla Martins, 2019), “Montação” (Ariel Volkova, 2019) e “Paisagem na Garganta” (Mike Dutra/Gabi Trindade, 2019). Todos os filmes apresentam classificação livre e a duração total é de 76’30.

A quarta turma de Realização em Audiovisual da Vila das Artes contou com mais de 500 inscritos. Deste total, 40 alunos foram selecionados e concluíram o curso de dois anos de duração, durante os anos de 2016 a 2018.

DIA 27/01 (DOMINGO)

[SESSÃO SONORA] SELVAGENS À PROCURA DE LEI
Entrada: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
Release: Após a longa turnê de divulgação do disco Praieiro, os Selvagens à Procura de Lei voltaram a Fortaleza para filmar a apresentação no festival Maloca Dragão 2018. Com produção de Paul Ralphes, o show aberto ao público para mais de 20 mil pessoas, com palco erguido no Poço da Draga, mostra a energia da banda junto aos fãs, que cantam todas as músicas a plenos pulmões. O lançamento e a exibição do filme será no Cineteatro São Luiz na primeira edição do projeto Sessão Sonora de 2019, seguido de show acústico com os últimos lançamentos e os clássicos da banda.

16H [CINEMA] SELVAGENS À PROCURA DE LEI NA MALOCA DRAGÃO
Classificação indicativa: Livre | Duração: 90 min | Gênero: Documentário Musical

18H [SHOW] SELVAGENS À PROCURA DE LEI – ACÚSTICO
Entrada: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) | Classificação indicativa: livre | Duração: 50 min
Local: Palco do Cineteatro

DIA 29/01 (TERÇA-FEIRA)

18H30 [TERÇA DE GRAÇA] ENFIM, SÓS!, COM CIA DE TEATRO LUA
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 12 anos | Duração: 90 min
Local: Palco do Cineteatro
Release: Generosa e Imaculada são irmãs devotadas à família e aos valores de sua classe social, a alta burguesia. Suas rotinas, no entanto, serão abaladas por uma série de assassinatos que colocarão em xeque suas crenças e revelarão estranhos comportamentos. Segredos virão à tona e mistérios serão desvendados. Diante de tamanho caos, conseguirão as irmãs conservar o mundo aparente que tanto prezam?

DIA 30/01 (QUARTA-FEIRA)

19H [MÚSICA] ORQUESTRA POPULAR DO NORDESTE APRESENTA “O CANTO DA JANDAIA”
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre | Duração: 90 min
Local: Palco do Cineteatro São Luiz
Release: Aqui canta o nosso pássaro, jandaia-sol, cacaué, nandaia, nhandaia, queci-queci, quijuba. Pifes, rabecas, comidas, cachaças, violinos, batucadas, bandolins, baixarias, pianos, rendeiras, menina praieira, viola, violão, Alberto Nepomuceno, Macaúba, Zé Menezes, Tô só dizendo Sardinha também, Macaxeira Chips e baião Nesse banquete onde correm as águas do Jaguaribe, Poti, Cocó, compositores mergulham nos arranjos desse mapa, minha terra quente, olha o berro! Esse é o nosso concerto, nosso canto do Ceará!

DIA 31/01 (QUINTA-FEIRA)

19H [DENTRO DO SOM] CRISTIANO PINHO
Entrada: R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia) | Classificação indicativa: Livre | Duração: 70 min
Local: Sobre o palco do Cineteatro São Luiz – limitado a 70 lugares
Release: Cristiano Pinho, um dos mais aclamados instrumentistas do Ceará, guitarrista, violonista, rabequeiro, compositor, arranjador e produtor musical, faz show dentro do projeto “Dentro do Som” no Cineteatro São Luiz. A apresentação será o encerramento da Oficina de Guitarra e Improvisação, ministrada por ele, de 21 a 29 de janeiro, no Porto Iracema das Artes, e contará com a participação dos alunos.

// INFORMES IMPORTANTES //

REGULAMENTAÇÃO PARA ENTRADA DE MENORES NO CINETEATRO SÃO LUIZ (PORTARIA N.º 7/2.017 – Poder Judiciário – Comarca de Fortaleza – Coordenação da Infância e Juventude)

● Para eventos com classificação indicativa “livre”, o ingresso ou permanência de criança somente deverá ser permitido, na hipótese de encontrar-se acompanhada de adulto, independente da comprovação de parentesco. Nesse caso, será exigido documento de identificação exclusivamente do acompanhante adulto.

● A entrada ou permanência de adolescentes deverá obedecer a faixa etária de indicação, dispensada a presença de acompanhantes adultos.

● Na hipótese de filmes com classificação indicativa acima da idade da criança ou do adolescente, o ingresso e permanência somente deverá ser permitido, caso haja a presença dos pais ou responsáveis legais, ou, ainda, mediante autorização destes. Os pais devem preencher, assinar e entregar a autorização no cinema que deverão reter e arquivar o documento. O Cineteatro São Luiz disponibiliza os documentos de autorização para impressão na bilheteria.

● Considera-se criança a pessoa com até 12 (doze) anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre 12 (doze) e 18 (dezoito) anos de idade, nos termos da Lei 8.069/90.

 

SOBRE A VENDA DE INGRESSOS

Pontos de venda sem taxas de conveniência:
Cineteatro São Luiz Fortaleza.
Endereço: Rua Major Facundo, 500. Centro – Fortaleza – CE
Venda com taxa de conveniência: Site www.tudus.com.br
Horário de funcionamento da bilheteria do Cineteatro São Luiz:
Terças a sábados: 10h às 18h30
Domingos: No mínimo 1h antes de cada evento até o início da última atividade. Horário sujeito a alterações, de acordo com a programação.
Telefones para contato: 3252-4138 (em horário comercial).

 

Regras para meia-entrada e descontos:
Meia-entrada: Estudantes, idosos (pessoas com mais de 60 anos), pessoas com deficiência e seu acompanhante, professores da Rede Pública de Ensino de Fortaleza, jovens pertencentes a famílias de baixa renda com idade entre 15 e 29 anos e doadores regulares de sangue. Em todos os casos é necessária a apresentação do(s) documento(s) comprobatório(s) e do documento de identificação com foto.

Caso o benefício não seja comprovado, o portador deverá complementar o valor do ingresso adquirido para o valor do ingresso integral, caso contrário, o acesso ao Cineteatro não poderá ser autorizado.

Para compras na internet, a comprovação obrigatória se dará na retirada do respectivo ingresso na bilheteria do Cineteatro (a troca deve ser efetuada com antecedência, preferencialmente) ou na apresentação do ticket virtual na entrada do Cineteatro.

Descontos promocionais, somente na bilheteria do teatro

Via Sul Shopping realiza promoção exclusiva baseada na música “Jenifer”

De carona no sucesso da música “Jenifer”, de Gabriel Diniz, o Via Sul Shopping realiza, neste fim de semana, ação que envolve as Jenifers da cidade. Amanhã (19) e domingo (20), cinema, Theatro Via Sul e estacionamento têm acesso gratuito para quem apresentar seu documento de identificação nas bilheterias dos equipamentos.

No Centerplex Cinemas, as Jenifers recebem cortesia individual para qualquer sessão de sábado e domingo nas salas 2D e 3D. O limite é de uma entrada por CPF e de acordo com a lotação da sessão. A cortesia não é válida para Sala Mega.

Para o Theatro, a entrada gratuita é distribuída a partir de hoje (18) até 1h30 antes do espetáculo de amanhã (sábado, 19). O limite, assim como no cinema, é de uma entrada por CPF e de acordo com a lotação da sessão. A peça em cartaz no Theatro é “Más Companhias”, com o humorista, radialista e repórter Carioca, integrante do programa Pânico, da Rádio Jovem Pan. O espetáculo tem início às 21h.

Já o ticket de estacionamento é liberado para as Jenifers sem limite durante todo o período da ação, desde que o documento de identificação e o ingresso do cinema ou do Theatro sejam apresentados ao colaborador do Guichê de Atendimento. O guichê fica no Térreo, próximo à loja Alô Bijoux.

O regulamento da ação está disponível no site do Via Sul Shopping.
Serviço:

Cinema, Theatro e estacionamento gratuito para as Jenifers no Via Sul Shopping. Dias 19 e 20 de janeiro nos equipamentos sinalizados. Informações: (85) 3048.1300 e www.shoppingviasul.com.br

Mostra Retroexpectativa 2018/2019 se inicia nesta quinta-feira (17), no Cinema do Dragão

 
Nesta quinta-feira (17), tem início a Mostra Retroexpectativa 2018/2019, realizada pelo Cinema do Dragão, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Abre oficialmente a mostra a cópia remasterizada em 4K de Central do Brasil, em comemoração aos vinte anos do filme. A exibição será gratuita, às 20h, nas duas salas do cinema. Ao longo da mostra, serão realizados ainda cinco debates com cineastas brasileiros. O primeiro deles é com o diretor e roteirista cearense Petrus Cariry, apresentando o premiado “O Barco”, neste sábado (19), às 19h30, com ingressos a R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia).
De 17 a 30 de janeiro, a Mostra Retroexpectativa 2018/2019 apresenta ao público 74 longas-metragens divididos nas faixas retrospectiva, que reúne os filmes de maior sucesso do ano que passou; expectativa, que adianta os lançamentos do primeiro semestre deste ano; e, por fim, a faixa clássicos, com cópias remasterizadas do cinema mundial. Além dos filmes e debates, a programação oferece também, em parceria com a Escola Porto Iracema das Artes, a masterclass “Distribuição e Exibição do Cinema Brasileiro Independente”, no dia 29 de janeiro, com o programador mineiro Daniel Queiroz; e o Ateliê de Crítica Cinematográfica, que teve início na segunda-feira (14), com o curador do Cinema do Dragão, Pedro Azevedo.

Cada faixa, uma seleção de peso
Segundo Pedro Azevedo, a faixa retrospectiva apresenta os filmes que fizeram boa carreira nas salas do Dragão, como Uma Noite de 12 anos e Me Chame Pelo Seu Nome – que são os de maior bilheteria do ano de 2018 -, mas também filmes inéditos do circuito independente de arte que não tiveram espaço de estreia em Fortaleza como: Minha filha, Meu Anjo, O terceiro assassinato, Rota Selvagem, Museu, Lámen Shop e 1945.
Com 17 filmes na lista, a faixa expectativa traz diversidade com produções de diferentes nacionalidades e que circularam por grandes festivais internacionais, como os de Berlim, Veneza e Cannes. “Mais especial ainda para nós é exibir filmes brasileiros inéditos no circuito comercial e que fizeram excelente carreira em festivais nacionais e internacionais. Serão chances únicas de assistir a filmes como Sol Alegria, Clube dos Canibais, Los Silencios, Lembro Mais dos Corvos, Os Jovens Baumann e O Barco”, destaca Pedro.
Parte do DNA da programação do Cinema do Dragão, os clássicos têm lugar garantido em todas as edições da Mostra Retroexpectativa. Neste ano, o destaque é para a cópia remasterizada em 4K de Central do Brasil, em comemoração aos vinte anos do filme. Será o único da mostra com exibição gratuita, realizada em parceria com a Vídeo Filmes. Além do clássico brasileiro, são destaques ainda dessa faixa os títulos Juventude Transviada e O Iluminado, trazidos em cópias 4K negociadas diretamente com distribuidoras de fora do Brasil.

Discutir cinema
Além da exibição dos filmes, a Mostra Retroexpectativa caracteriza-se por trazer no bojo ações de formação em cinema. Nesta edição, a programação terá cinco debates com os seguintes realizadores brasileiros: Petrus Cariry (filme O BARCO), Beatriz Seigner (filme LOS SILENCIOS), Tavinho Teixeira (filme SOL ALEGRIA), Guto Parente (filme CLUBE DOS CANIBAIS) e Gustavo Vinagre (filme LEMBRO MAIS DOS CORVOS).
Será realizada ainda, em parceria com a Escola Porto Iracema das Artes, a masterclass “Distribuição e Exibição do Cinema Brasileiro Independente”, no dia 29 de janeiro, com o programador mineiro Daniel Queiroz, que é um dos coordenadores da Semana de Cinema. Outra novidade da mostra é o Ateliê de Crítica Cinematográfica, com o curador do Cinema do Dragão, Pedro Azevedo. A formação será realizada de 14 a 18 de janeiro, no Porto Iracema. As inscrições já estão encerradas.

NÚMEROS DA MOSTRA
74 longas-metragens

Sendo 17 na faixa de expectativa, 52 na faixa de retrospectiva e 5 na faixa de clássicos

5 debates

1 masterclass

1 ateliê de crítica cinematográfica

LISTA DE FILMES
// Retrospectiva

The Square

O dia depois

A câmera de Claire

Em chamas

120 Batimentos por minuto

Deixe a luz do sol entrar

O terceiro assassinato

As boas maneiras

Cachorros

Lámen Shop

A Fábrica de nada

Minha Filha

Meu anjo

A prece

Verão

Assunto de família

Zama

O Processo

Benzinho

Uma noite de 12 anos

Tinta Bruta

Diamantino

Me chame pelo seu nome

Desobediência

The Post – Guerra Secreta

Trama Fantasma

Jurassic World – Reino Ameaçado

Halloween

Infiltrado na Klan

Western

Antes que tudo desapareça

O Parque

Tesnota

Asako I & II

1945

Você nunca esteve realmente aqui

Custódia

Museu

O futuro adiante

O amante duplo

O animal cordial

A casa que Jack construiu

O Sacrifício do Cervo Sagrado

Projeto Florida

Hereditário

A pé ele não vai longe

A Rota Selvagem

Visages, Villages

À sombra de duas mulheres

Amante por um dia

Arábia

A misteriosa morte de Pérola

// Expectativa

Raiva

Amor até as cinzas

Amanda

3 Faces

Eu não sou uma bruxa

Imagem e Palavra

Temporada

Los Silencios

Vermelho Sol

Lembro mais dos corvos

Os Jovens Baumann

Estação do Diabo

Guerra Fria

Os Sonâmbulos

O Barco

Sol Alegria

Clube dos Canibais
// Clássicos

Central do Brasil

Persona

Juventude Transviada

O Iluminado

Acossado

SOBRE A FORMAÇÃO
// Ateliê de Crítica Cinematográfica

Facilitador: Pedro Azevedo
A proposta do ateliê consiste em trabalhar noções teóricas e práticas da crítica cinematográfica, construindo um local de experimentação onde os participantes possam escrever textos sobre os filmes exibidos durante a mostra Retroexpectativa 2018/2019. Entre os temas abordados, pretende-se estudar os meios enunciadores da crítica cinematográfica e de que forma o espaço de veiculação altera a estrutura do texto crítico. Também serão trabalhados métodos e técnicas de análise fílmica, estudo de textos e trechos de filmes, e a compreensão da crítica de cinema enquanto instrumento de reflexão, abrindo diálogos entre os elementos internos e externos de um filme.

As críticas produzidas no ateliê serão co-editadas pelo facilitador e publicadas no Blog do Dragão. Além das aulas, os participantes serão agraciados com credenciais de livre acesso ao Cinema do Dragão durante todo o período da mostra.
Período: 14 a 18 de janeiro, das 10h às 13h
Carga horária: 15h

Local: Porto Iracema da Artes (Rua Dragão do Mar, nº 60 – Praia de Iracema)

Vagas: 10
Inscrições: de 8 a 11/01/2019 (até as 12h), no site http://www.portoiracemadasartes.org.br/
*O resultado será divulgado nesta sexta-feira (11), a partir das 18h.
Mini-bio do facilitador

Mestrando em Estudos de Arte pela Universidade do Porto, com especialização em curadoria, museologia e crítica de arte, Pedro Azevedo é bacharel em Cinema e Audiovisual pela Universidade de Fortaleza e atua como curador do Cinema do Dragão desde 2013, onde já programou diversas mostras e festivais como a tradicional Retroexpectativa, Fotofestival Solar e o FAROL (Festival Internacional de Cinema de Fortaleza). Enquanto crítico, já colaborou com o Jornal O Povo nas coberturas dos festivais de Berlim e de Cannes, além de ser membro da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), por onde já integrou júris em diversos festivais nacionais e foi autor no livro Documentário brasileiro: 100 filmes essenciais. Também ministrou oficinas de crítica e curadoria para o Curso de Cinema Audiovisual da Unifor e foi co-idealizador do TVCine Dragão, programa de debates exibido pela TV Ceará entre 2015 e 2017.

// Masterclass Distribuição e Exibição do Cinema Brasileiro Independente

Facilitador: Daniel Queiroz
A masterclass abordará as diversas possibilidades de circulação da produção autoral e independente, realizada no Brasil, em curta, média e longa-metragem. Além de apresentar e avaliar o desenvolvimento histórico e como o mercado de distribuição e exibição de filmes está estabelecido no país, ela irá também propor a reflexão sobre novas possibilidades e caminhos, numa área que se encontra em grande transformação. Ela pretende ser útil para produtores e realizadores que planejam a carreira de suas obras e para curadores e programadores interessados no desenvolvimento de projetos de difusão de filmes, abarcando tanto o circuito de mostras e festivais (brasileiros e internacionais), quanto as janelas: cinema, tv e internet/ VOD (video on demand).
Quando: dia 29 de janeiro de 2019

Horário: das 14h às 18h

Local: Auditório da Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, nº 60 – Praia de Iracema)

Vagas: 50 (por ordem de chegada)
Mini-bio do facilitador

Daniel Queiroz nasceu em Belo Horizonte e começou a trabalhar com programação de cinema no CEC – Centro de Estudos Cinematográficos, na década de 1990. Foi Diretor de Audiovisual da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, programador do Cine Humberto Mauro, do Cine 104 e Diretor Artístico do Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. Atualmente, é um dos coordenadores da Semana de Cinema, festival do qual participa como programador desde 2013. Em 2018, passou também a atuar também na área de distribuição, com a Embaúba Filmes, que tem em seu catálogo filmes como Arábia, Inferninho, Inaudito, Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos e Os Sonâmbulos (www.embaubafilmes.com.br)

 
Serviço:
Mostra Retroexpectativa 2018/2019

Data: de 17 a 30 de janeiro de 2019

Local: Cinema do Dragão, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)

Ingressos: R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia). Às terças-feiras, o valor do ingresso é promocional, R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Cineteatro São Luiz recebe três lançamentos cinematográficos de dezembro nesta semana

 

A programação do cinema do Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, coloca em cartaz, a partir desta terça-feira (11), três filmes com lançamentos no mês de dezembro, sendo duas produções cearenses, a comédia “O Coquetel” e o documentário “Meu Tricolor de Aço”, e uma produção francesa filmada a partir da perspectiva do pai de santo Baba Leo, importante líder religioso de Fortaleza, o documentário “Candomblé – Um Legado Africano”.

As exibições começam hoje (11/12), às 19h, com o lançamento da comédia cearense “O Coquetel”. Com direção de João Mateus, o filme de 78 minutos traz o humor típico cearense como principal característica, sendo narrado a partir das peripécias de uma senhora chamada Marocas e de seu marido Sitonho. O acesso é gratuito.

Na quarta (12/12), o documentário “Candomblé – Um Legado Africano”, produzido pelos pesquisadores franceses Erika Thomas e Bernard Thomas, chega à tela do São Luiz também com acesso gratuito. No filme, Baba Leo, importante representante do candomblé em Fortaleza, apresenta, a partir de sua vivência, a história dessa religião afro-brasileira e seu legado no Brasil. A sessão tem início às 19h e será seguida de debate com personalidades do Candomblé do Ceará. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes de cada sessão, na Bilheteria do Cineteatro, por ordem de chegada e mediante apresentação de documento de identificação com foto.

Nos dias 13, 14 e 16, quinta, sexta e domingo respectivamente, o documentário “Meu Tricolor de Aço”, produção cearense que chegou aos cinemas no dia 6 de dezembro, será exibido em quatro sessões com entradas a preços populares, sendo R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Com direção de Glauber Santos Paiva Filho, Alcino Carvalho Brasil e Edvaldo Siqueira Albuquerque, o filme põe em foco a trajetória de 100 anos de glórias e conquistas do Fortaleza Esporte Clube, fundado em 1918. Os ingressos já podem ser adquiridos na Bilheteria do São Luiz ou no site da Tudus (www.tudus.com.br) com taxa de conveniência.

 

Programação completa:

DIA 11/12 (TERÇA-FEIRA) | 19h

SESSÃO ESPECIAL – LANÇAMENTO DO FILME “O COQUETEL”

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos

Direção: João Mateus | Comédia | Brasil | 2018 | 1h 18min | Nacional

Sinopse: Marocas é uma senhora feliz e cheia de energia. Sitonho, seu marido, o único barbeiro da cidade, anda desviando o caminho de casa. Todo dia ele dá uma passadinha no Cantinho da Alegria. Sentindo o marido ausente, Marocas acha que ele anda trabalhando demais e prepara um coquetel para lá de potente.

DIA 12/12 (QUARTA-FEIRA) | 19h

SESSÃO ESPECIAL – LANÇAMENTO DO FILME “CANDOMBLÉ: UM LEGADO AFRICANO”

Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre

Direção: Erika & Bernard Thomas | Documentário | Brasil | 2018 | 55min | Português

Sinopse: Introduzido no Brasil pelos escravos africanos, o candomblé, mesmo interessando a antropólogos e historiadores, sofre muitos preconceitos na sociedade brasileira. Neste documentário, o pai de santo Baba Leo nos explica os fundamentos dessa religião para desvendar, além de um rico imaginário e de uma forma de resistência, o hino à natureza e a vida como legado africano.

DIAS 13 E 14/12 (QUINTA E SEXTA) | 19H

DIA 16/12 (DOMINGO) | 14H E 16H

MEU TRICOLOR DE AÇO

Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia) | Classificação indicativa: Livre

Direção: Glauber Santos Paiva Filho, Alcino Carvalho Brasil e Edvaldo Siqueira Albuquerque | Documentário | 2018 | 1h12 | Brasil

Sinopse: Com foco na trajetória de 100 anos de glórias e conquistas do Fortaleza Esporte Clube, o filme puxa por detalhes históricos que remontam a 1912, quando foi fundado o Stella Foot-Ball Club, um dos primeiros clubes de futebol cearense. Através do fechamento deste clube, integrantes dele fundaram o Fortaleza Esporte Clube, tendo como seu primeiro presidente o comerciante e desportista Alcides Santos, que hoje dá nome ao estádio do clube.

SERVIÇO:
Evento: Lançamento da comédia cearense “O Coquetel”
Data: 11 de dezembro, às 19h
Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro)
Entrada gratuita
Evento: Lançamento do documentário “Candomblé – Um Legado Africano” (sessão seguida de debate)

Data: 12 de dezembro, às 19h
Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro)
Entrada gratuita

Evento: Exibição do documentário “Meu Tricolor de Aço”
Data: 13 e 14 de dezembro, às 19h e 16 de dezembro, às 14h e às 16h.
Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro)
Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | À venda na Bilheteria do Cineteatro São Luiz e no site www.tudus.com.br (com taxa de conveniência).

Caminhão leva cinema itinerante pelo Ceará

 

 

No dia 1º de dezembro um caminhão transformado em sala de cinema pega a estrada com destino a 30 cidades cearenses. É a V Mostra Itinerante de Cinema do Ceará, que circula pelo estado até o dia 21 de fevereiro, realizando 60 sessões gratuitas de cinema para crianças e adolescentes da rede pública de ensino e a população em geral. A realização é da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), em convênio com o Ministério da Cultura (MinC).

A iniciativa nasceu da necessidade de democratizar o acesso à cultura e ao lazer, por meio de conteúdo audiovisual, para uma parcela da população que não tem acesso às salas comerciais de cinema. Durante os 60 dias de programação, serão exibidos filmes de curta e longa-metragem, produzidos por diretores cearenses, com classificação indicativa livre.

Na V Mostra Itinerante de Cinema, serão exibidos sete filmes, sendo um o longa “Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro”, obra de Helder Martins, e seis curtas e médias metragem que contemplam os gêneros consagrados na linguagem cinematográfica: os documentários “Becco do Cotovelo”, de Pedro Cela e Eduardo Cunha, “Couro Tecido”, de Adriana Barbalho, e “Negro lá, negro cá”, de Eduardo Cunha de Souza, as ficções “Céu Limpo” de Marcley de Aquino e Duarte Dias, e “Doce de Coco”, de Allan Deberton, e a animação “Esaú, o contador de história”, de André Dias.

Em algumas cidades, também haverá exibição extra de produções que tiveram o município como locação. A curadoria da Mostra é de Duarte Dias,coordenador de audiovisual da Secult e curador de cinema do Cineteatro São Luiz. “Essas são, a nosso ver, as obras que, delimitadas num curto espaço de exibição, representarão os anseios de uma política cultural voltada para o audiovisual que não se resume apenas ao entretenimento, mas à reflexão e pensamento que a sétima arte é capaz de proporcionar”, explica.

A primeira cidade a receber o caminhão é Aracati, distante 150 quilômetros de Fortaleza, no litoral leste do estado. De 29 a 30 de novembro, grupos de escolas municipais terão acesso a uma oficina de animação, de 6 horas/aula, ministrada pelo realizador André Dias,em dois horários: de 08h às 12h e de 13h30 às 17h30,noInstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE Aracati. Já as sessões gratuitas de cinema acontecem nos dias 1° e 2° de dezembro, às 19h, noPolo de Lazer de Canoa Quebrada.

Além das exibições, estão previstas apresentações culturais de grupos locais em cada cidade. Em Aracati, a abertura do evento recebe o Projeto Circo-Teatro Escola, criado pela Associação Canoa Criança. O projeto atende meninos e meninas entre 7 e 12 anos da praia de Canoa Quebrada, oferecendo atividades de integração, desenvolvimento pessoal e profissional.

Ao ar livre

Na “bagagem”, o caminhão adaptado leva um projetor digital de 10 mil lumens, uma tela com dimensão de 8×6 metros que lembra um cinema convencional e os filmes que serão exibidos. Do lado de fora da estrutura, as crianças podem se servir de pipoca e refrigerante gratuitamente. As exibições ocorrem principalmente em bairros mais afastados do centro do município.

Na estrada

De Aracati, o caminhão segue viagem para os municípios de Jaguaruana, Palhano, São João do Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixeré, Umari, Jati, Jardim, Barbalha, Abaiara, Crato, Caririaçu, Altaneira, Tarrafas, Potengi, Iguatu, Banabuiú, Quixadá, Ibicuitinga, Monsenhor Tabosa, Ipaporanga, Hidrolândia, Forquilha, Pentecoste, Guaiúba, Redenção, Barreira e Pindoretama.

A V Mostra Itinerante de Cinema do Ceará é realizada pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e pelo Ministério da Cultura (MinC), com produção executiva do Instituto Social de Arte e Cultura do Ceará (Isaac) e apoio cultural do Banco do Nordeste. A programação completa pode ser conferida na página oficial do evento no Facebook e para obter mais informações acesse o site da Secult: https://www.secult.ce.gov.br/

Circuito do cinema: confira os municípios
Aracati (01 a 02/12)
Jaguaruana (03 a 04/12)
Palhano (05 a 06/12)
São João do Jaguaribe (07 a 08/12)
Limoeiro do Norte (09 a 10/12)
Morada Nova (11 a 12/12)
Quixeré (13 a 14/12)
Umari (15 a 16/12)
Jati (19 a 20/12)
Jardim (21 a 22/12)
Barbalha (26 a 27/12)
Abaiara (28 a 29/12)
Crato (08 a 09/01/2019)
Caririaçu (10 a 11/01)
Altaneira (12 a 13/01)
Tarrafas (14 a 15/01)
Potengi (16 a 17/01)
Iguatu (18 a 19/01)
Banabuiú (21 a 22/01)
Quixadá (23 a 24/01)
Ibicuitinga (25 a 26/01)
Monsenhor Tabosa (30 a 31/01)
Ipaporanga (01 a 02/02)
Hidrolândia (03 a 04/02)
Forquilha (06 a 07/02)
Pentecoste (08 a 09/02)
Guaiúba (13 a 14/02)
Redenção (15 a 16/02)
Barreira (17 a 18/02)
Pindoretama (20 a 21/02)

 

Serviço:
V Mostra Itinerante de Cinema do Ceará – De 1º de dezembro a 21 de fevereiro em 30 cidades do interior. Início: Dia 01 de dezembro, às 19h30, noPolo de Lazer de Canoa Quebrada, em Aracati. Realização: Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e Ministério da Cultura (MinC). Entrada franca em todas as atividades.

Sessão de cinema para mamães exibe “Bohemian Rhapsody” no RioMar Kennedy

 

 

 

A CineMaterna, sessão adaptada para mães com bebês de até 18 meses, exibirá nesta terça-feira, 27, o longa “Bohemian Rhapsody”, às 14h. A cinebiografia do Queen traz o ator, Rami Malek, interpretando o icônico cantor Freddie Mercury. A sessão de cinema realizada na Cinépolis do RioMar Kennedy faz parte da programação mensal promovida pelo Projeto CineMaterna.

Em dezembro, o projeto terá uma pausa, mas estará de volta em janeiro de 2019. Para escolher o filme que será exibido, as opções para votação estarão disponíveis no site: www.cinematerna.org.br

 

Projeto CineMaterna

A sala de cinema é adaptada com iluminação especial e som reduzido. Além de som e ar condicionado suave, para proporcionar o conforto dos bebês. A sala dispõe de trocadores abastecidos com fraldas, pomadas e lenços umedecidos, que podem ser usados gratuitamente. As mamães são recepcionadas por mães voluntárias, e contam ainda com um tapete emborrachado próximo à tela e um espaço para carrinhos de bebê.

 

Bohemian Rhapsody

Freddie Mercury (Rami Malek) e seus companheiros, Brian May, Roger Taylor e John Deacon mudam o mundo da música para sempre ao formar a banda Queen durante a década de 70. Porém, quando o estilo de vida extravagante de Freddie Mercury começa a sair do controle, a banda tem que enfrentar o desafio de conciliar a fama e o sucesso com suas vidas pessoais cada vez mais complicadas.

 

Serviço:

Sessão CineMaterna RioMar Kennedy

Data: 27 de novembro, terça-feira
Horário: 14h
Local: Piso L3 – Cinépolis RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy)
Filme: Bohemian Rhapsody
Duração: 135 min
Ingressos: Na Bilheteria
Mais informações: (85) 3089-0909

Cineteatro São Luiz recebe nesta quarta, 21, às 19h, encerramento do Festfilmes, com premiação dos curtas vencedores

 

A terceira edição do Festival Audiovisual Luso Afro Brasileiro (Festfilmes) chega ao fim nesta quarta-feira, 21, às 19h, no Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, com a solenidade de premiação aos vencedores das mostras Iracema, Nascente e Atlântica. Logo após, será exibido o filme “Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro”, de 1975, dirigido por Helder Martins. Tudo com entrada franca.

A exibição de “Padre Cícero: Os Miagres de Juazeiro” foi um dos momentos mais marcantes da etapa do Festfilmes no Cariri, no começo de novembro. A produção mostra a primeira metade da vida e da obra religiosa da figura polêmica e excêntrica de Cícero Romão Batista, mais conhecido como Padre Cícero, um padre que sempre exerceu suas funções às margens das diretrizes da Igreja Católica, tornando-se um personagem político influente e um líder religioso fervorosamente adorado por milhões de fiéis até os dias de hoje.

A premiação aos melhores filmes inclui troféu personalizado do Festfilmes além de prêmios em dinheiro: R$ 7 mil para os filmes da Mostra Atlântica, R$ 3 mil na Mostra Iracema e R$ 4 mil na Mostra Nascente.

Após passar pelo Cariri, por Redenção e Baturité, a terceira edição do Festfilmes, Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileiro, chegou a Fortaleza, com uma programação marcante para esta terça-feira, 20/11, Dia da Consciência Negra. A própria identidade do festival ressalta o compromisso com a temática luso afro brasileira e com a produção de cinema da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), levando a cidades do Ceará essa produção, habitualmente distante das grandes salas de cinema e da maioria das opções de exibidores em TV por assinatura ou serviços de “streaming”.

 

Emoção no primeiro contato com o cinema

A emoção dos estudantes de escolas públicas e de participantes de projetos sociais como o Instituto Tonny Italo, de Itaitinga, também deu o tom das exibições de filmes nessa terça-feira. Como aconteceu nas diversas etapas do festival, mais uma vez crianças tiveram a primeira oportunidade de contato com o mundo mágico de um cinema. E que experiência! Logo Cineteatro São Luiz, aquele que, para muitos, é o mais belo cinema de rua de todo o País.

 

Debate sobre salas públicas

Outro momento marcante na terça-feira do festival foi o seminário sobre o tema “Programação e Curadoria de Salas Públicas de Cinema: Desafios e Perspectivas”, com Letícia Santinon, gerente de Difusão do Circuito SPCINE, de São Paulo, e Duarte Dias, diretor do Festfilmes, cineasta, curador de cinema do Cineteatro São Luiz e coordenador de audiovisual do Governo do Estado.

“O seminário foi uma ótima oportunidade de diálogo sobre esse tema tão importante, que é a programação e curadoria de cinema em salas públicas, algo de extrema relevância não só para o conjunto de realizadores e empresas atuantes no mercado nacional, mas também para o público em geral”, destaca Duarte Dias.

“É para essas plateias que é dedicado todo esse esforço do poder público em ofertar conteúdo de qualidade, ao mesmo tempo em que promove acessibilidade para os mais diversos segmentos da sociedade brasileira”, complementou o curador, detalhando números e ações do Cineteatro São Luiz.

“É muito importante que as salas públicas de todo o Brasil discutam sobre sua programação e curadoria, pra entender o público que frequenta as nossas salas e trabalhar com diversidade pra formação dessas plateias”, destacou por sua vez, Letícia Santinon. “É importante que as salas tragam todos os tipos de filmografia, priorizando o cinema nacional mas também garantindo a diversidade. Esse é o papel de uma sala pública”.

Festfilmes chega a Fortaleza, com exibições no Cineteatro São Luiz, dias 20 e 21/11

Após passar pelo Cariri, por Redenção e Baturité, a terceira edição do Festfilmes, Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileiro, chega a Fortaleza, com exibições gratuitas no Cineteatro São Luiz, terça e quarta, 20 e 21 de novembro. Todos são convidados a comparecer, assistir aos filmes e participar do festival que conta com 92 obras, de cineastas de 24 estados brasileiros, de Portugal e Moçambique.

A presença do festival no Cineteatro São Luiz destaca a convergência de objetivos com a política de acesso de crianças e jovens ao audiovisual, já responsável por levar mais de 85 mil estudantes ao cineteatro, com o projeto Escola no Cinema, parceria entre as Secretarias da Cultura e da Educação, do Governo do Estado.

A terceira edição do Festfilmes é composta por 8 mostras de cinema, sendo 3 mostras competitivas e 5 mostras paralelas. As mostras competitivas são a Mostra Iracema, exclusiva para os realizadores cearenses ou residentes no Estado; a Mostra Nascente, que tem caráter nacional e exibe filmes de estreia de realizadores naturais ou residentes em qualquer município brasileiro; e a Mostra Atlântica, voltada para filmes de curta-metragem de realizadores naturais ou residentes em qualquer um dos países que compõem a CPLP: Angola, Brasil,Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, Timor Leste e São Tomé e Príncipe.

As mostras paralelas, por sua vez, dividem-se entre a Mostra Animada, voltada para o público infantojuvenil; a Mostra CPLP, composta por filmes que retratam aspectos históricos e culturais das nações da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP); a Mostra Retrospecto, com obras que se destacaram nas edições anteriores do festival; a Mostra Verde, com filmes com temática socioambiental, e a Mostra dos Festivais, que exibe filmes oriundos de festivais de cinema atuantes no âmbito da CPLP, desta feita destacando o Festival de Cinema de Jericoacoara – Jeri Digital, cuja sexta edição aconteceu em 2017.

 

Programação no Cineteatro São Luiz

Na terça-feira, 20/11, a programação do Festfilmes no Cineteatro São Luiz começa às 9h e segue ao longo de todo o dia. Às 10h acontece, no auditório do Cineteatro, o seminário “Programação e Curadoria de Salas Públicas de Cinema: Desafios e Perspectivas”, com Letícia Santinon, gerente de Difusão do Circuito SPCINE, de São Paulo, e Duarte Dias, diretor do Festfilmes, cineasta, curador de cinema do Cineteatro São Luiz e coordenador de audiovisual do Governo do Estado

Às 9h o público já pode curtir cinema de graça, com a Mostra Animada (classificação indicativa: 10 anos). Serão exibidos os filmes “3×3” (de Nuno Rocha, de Portugal), “O Gigante” (de Julio Vanzeler e Luís da Matta Almeida, coprodução de Brasil, Portugal e Espanha), “Disque Quilombola” (de David Reeks), “Cabeça Papelão” (de Quiá Rodrigues), “Até a China” (de Marão).

Os mesmos filmes serão apresentados na sessão de 14h30 no Cineteatro São Luiz, também com entrada franca, gerando oportunidade para nova plateia.

Às 16h acontece a Mostra Retrospeco, também com entrada franca e com classificação indicativa de 14 anos. Serão exibidos os filmes “O Refugiado” (de Rui Cardoso, de Portugal), “A Navalha do Avô” (de Pedro Jorge, Brasil), “A Fábrica” (de Aly Muritiba, Brasil), “Preto ou Branco” (de Aliso Zago, Brasil), “O Céu no Andar de Baixo” (de Eduardo Cata Preta, Brasil), “Fotograma 23” (de Victor Santos, de Portgual), “Amor em Pedaços” (de Felipe de Oliveira, Brasil), e “Tejo Mar”, de Bernard Lessa, do Brasil.

Fechando a programação da terça-feira, 20/11, no Cineteatro São Luiz, acontece Às 19h a Mostra CPLP, dedicada a filmes das nações integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. A classificação indicativa é de 12 anos. Será exibido o longa-metragem “Exodus – De Onde eu Vim Não Existe Mais”, coprodução Alemanha-Brasil, de 2017, dirigida por Hank Levine.

Acompanhando as jornadas de seis refugiados, Napuli, Tarcha, Bruno, Dana, Nizar e Lahtow, esta é uma observação sobre o estado do mundo frente à crise dos refugiados que se espalhou por todo o planeta, visto que cada vez mais pessoas deixam seus lares para fugirem de motivos diversos como guerras e epidemias, buscando um porto seguro para recomeçar suas vidas.

Na quarta-feira, 21/11, às 19h, fechando o Festfilmes no Cineteatro São Luiz, será feito o anúncio dos filmes vencedores das mostras Iracema, Nascente e Atlântica. Logo após, será exibido o filme “Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro”, de 1975, dirigido por Helder Martins. A exibição desse filme foi um dos momentos mais marcantes da etapa do Festfilmes no Cariri, no começo de novembro.

A produção mostra a primeira metade da vida e da obra religiosa da figura polêmica e excêntrica de Cícero Romão Batista, mais conhecido como Padre Cícero, um padre que sempre exerceu suas funções às margens das diretrizes da Igreja Católica, tornando-se um personagem político influente e um líder religioso fervorosamente adorado por milhões de fiéis até os dias de hoje.

Cineasta Halder Gomes, do filme “Cine Holliúdy”, é atração nesta terça 19h no Cariri, na abertura do Festfilmes

 

O filme “Cine Holliúdy”, uma das mais divertidas e bem-sucedidas produções do audiovisual cearense, será exibido em sessão especial com entrada franca nesta terça-feira, 30, às 19h, no Orient Cinemas do Cariri Garden Shopping, em Juazeiro do Norte. Será a abertura do 3o. FestFilmes – Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileirocom presença de autoridades e representantes de TV´s públicas do Nordeste, diretores de cinema e convidados. Também com a presença dos cineastas HalderGomes (diretor do filme) e Jefferson de Albuquerque, que receberão homenagens especiais do festival.

Eles serão agraciados com a Comenda Francis Vale, em reconhecimento à contribuição de suas trajetórias para o cinema cearense e brasileiro. A entrega da comenda será feita por Leny Rose, viúva de Francis Vale, cineasta, compositor e produtor cultural cearense, falecido em dezembro de 2017.

Halder Gomes, natural de Fortaleza, viveu sua infância em Senador Pompeu, influenciado pelos filmes de Bruce Lee e por outras produções de artes marciais. É mestre de Taekwondo e, curiosamente, formado também em Administração de empresas. Começou no cinema em 1991, como dublê de lutas em filmes de artes marciais, em Los Angeles, Estados Unidos, e estreou como diretor com o curta-metragem “Cine Holiúdy – O astista contra o caba do mal”, de 2004. A experiência serviu de embrião para o longa Cine Holliúdy, filme brasileiro com melhor média de público por sala em 2013/2014.

Também assinou o roteiro de Área Q (2011), dirigido pelo também cearense Gerson Sanginitto, e teve filmes exibidos em 25 países. Dirigiu também “Loucos por Futebol”, um documentário que, com muito bom humor, homenageia o time do Fortaleza Esporte Clube. Atualmente se prepara para lançar “Cine Holliúdy 2”.

Halder Gomes estará em Juazeiro do Norte nesta terça, 30/10, às 19h, na solenidade de abertura do Festfilmes, que segue até 21/11, em Juazeiro do Norte, Redenção, Baturité e Fortaleza, com 92 filmes de todas as regiões do Brasil, além de produções de Portugal e Moçambique. O evento tem ainda seminários, cursos e palestras. Tudo com entrada franca, contribuindo para a democratização do acesso à produção audiovisual, para a diversidade de temáticas nas telas e para um intercâmbio de culturas, temas e linguagens.

 

 

Seminário quarta, 10h

Outro destaque desta terceira edição do Festival é o seminário “Estratégia de Programação e Exibição da Cinematografia Nacional nas TVs Públicas e Privadas do Nordeste”, que acontece quarta-feira, 31/10, às 10h, no Auditório da TV Verde Vale. O debate contará com Celso Tomaz, diretor de Programação e Projetos da TV Ceará (TVC); Cynthia Falcão, diretora de Produção e Programação da TV Pernambuco (TVPE); Janaína Rocha, diretora de Programação e Conteúdos da TVE Bahia e com Wilton Almeida, diretor da TV Verde Vale. Além do diretor do Festfilmes, cineasta Duarte Dias, coordenador de Política Audiovisual da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, na mediação.

 

 

Cinema de graça o dia todo. Confira os horários e filmes

A partir das 10h30 da quarta-feira, 31/10, tem início a exibição de filmes, no Orient Cinemas, do Cariri Garden Shopping. Cinema ao alcance de todos, com entrada franca. A Mostra Animada é um dos destaques da quarta-feira, começando às 10h30 na Sala 5 e exibindo os filmes “3×3”, de Nuno Rocha (Portugal), “Disque Quilombola”, de David Reeks (Brasil), “O Gigante”, de Julio Vanzeler (Brasil/Espanha/Portugal), “Cabeça Papelão”, de Quilá Rodrigues (Brasil) e “Até a China”, de Marão (Brasil).

Na quarta, 13h, no mesmo local, começa a Mostra Iracema, com o público conferindo os filmes “Baratal 91”, de Felipe Farias e Rafael Oliveira (Ceará), “Leide”, de João Marcos Maia (Brasil), “Eroica”, de Josy Macedo (Ceará), “Sonhário”, de Paulo Amoreira e Glaucia Barbosa (Ceará), “Sudestino(s)”, de Germano de Sousa (Ceará).

Na quarta, 15h, tem início a Mostra Nascente, com os filmes “A Bolha”, de Mateus Alves (Pernambuco), “O conto do burro amarelo”, de Daiana Mendes” (Minas Gerais), “Majur”, de Rafael Irineu (Mato Grosso), “Balanceia”, de Juraci Júnior e Thiago Oliveira (Rondônia) e “Imaginários Urbanos”, de Glauber Xaviel (Alagoas).

Quarta-feira, 17h, começa a Mostra Atlântica, com os filmes “Pele de Luz”, de André Guiomar (Moçambique), “Minha Mãe, Minha Filha”, de Alexandre Estavanato (São Paulo), “Furna dos Negros”, de Wladymir Lima (Alagoas), “A Praia”, de Pedro Neves (Portugal), “A Viagem de Ícaro”, de Kaco Olímpio e Larissa Fernandes (Goiás) e “Um Jardim Singular”, de Monica Klemz (Rio de Janeiro).

Fechando a programação da quarta-feira, às 19h30 começa a Mostra CPLP, com os filmes “Timing”, de Amir Admoni (Brasil), “Amigos Bizarros de Ricardinho”, de Augusto Canani (Brasil), “Ovos de Dinossauro na Sala de Estar, de Rafael Urban (Brasil), “Justino”, de Carlos Amaral (Portugal), “O Céu no Andar de Baixo”, de Eduardo Cata Preta (Brasil), “Fotograma 23”, de Victor Santos (Portugal), “Amor em Pedaços”, de Felipe de Oliveira, e “Tejo Mar”, de Bernard Lessa (Brasil)

A programação segue intensa durante todos os dias do festival, com exibições de filmes com entrada franca. Confira a programação completa, incluindo horários e sinopses dos filmes, no site www.festfilmes.com.br

 

 

Mostras competitivas e paralelas

A terceira edição do FestFilmes é composta por 8 mostras de cinema, sendo 3 mostras competitivas e 5 mostras paralelas. As mostras competitivas são a Mostra Iracema, exclusiva para os realizadores cearenses ou residentes no Estado; a Mostra Nascente, que tem caráter nacional e exibe filmes de estreia de realizadores naturais ou residentes em qualquer município brasileiro; e a Mostra Atlântica, voltada para filmes de curta-metragem de realizadores naturais ou residentes em qualquer um dos países que compõem a CPLP: Angola, Brasil,Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, Timor Leste e São Tomé e Príncipe.

As mostras paralelas, por sua vez, dividem-se entre a Mostra Animada, voltada para o público infantojuvenil; a Mostra CPLP, composta por filmes que retratam aspectos históricos e culturais das nações da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP); a Mostra Retrospecto, com obras que se destacaram nas edições anteriores do festival; a Mostra Verde, com filmes com temática socioambiental, e a Mostra dos Festivais, que exibe filmes oriundos de festivais de cinema atuantes no âmbito da CPLP, desta feita destacando o Festival de Cinema de Jericoacoara – Jeri Digital, cuja sexta edição aconteceu em 2017.

Estão abertas as inscrições para o Festival Curta Canoa 2018


(Foto: Sandro Freitas)

Considerado um dos mais tradicionais eventos de cinema do Ceará, o Festival Latino Americano de Cinema de Canoa Quebrada, mais conhecido como Curta Canoa, está com inscrições abertas até o dia 15 de outubro. Os interessados em participar da Mostra Competitiva devem solicitar o regulamento e ficha de inscrição pelo e-mail isacc.social@gmail.com, Facebook do Instituto de Arte e Cultura do Ceará (Isacc Isacc), Facebook do evento (Curta Canoa) ou whatsapp (85) 9 9693 91 90.

O festival será realizado entre os dias 19 e 24 de novembro, na Praia de Canoa Quebrada. Para participar do evento é necessário ser uma produção de realizadores brasileiros e latino-americanos, concluída a partir de 2017, e que deve ter até 20 minutos. A trama poderá abordar qualquer tema e apresentar-se nos gêneros: documentário, ficção, animação ou experimental.

Premiações

Os filmes selecionados vão concorrer em nove categorias – melhor filme, melhor direção, melhor roteiro, melhor fotografia, melhor trilha original, melhor direção de arte, melhor ator, melhor atriz e melhor som – e poderão receber premiações em dinheiro (valor a ser fixado pela diretoria, após a avaliação dos resultados das parcerias) ou em serviços.

Nos dias do evento, além das exibições dos filmes selecionados para a Mostra Competitiva, também haverá apresentações de companhias artísticas locais, exibição de longas convidados pela direção do festival, Mostra Latino-Americana, e contará com a presença de diversos nomes das mais variadas áreas do segmento audiovisual.

 

Serviço

XIII CURTA CANOA –

Local: Praia de Canoa Quebrada

Data: de 19 a 24 de novembro.

– As inscrições seguem abertas até o dia 15 de outubro.

Mais informações: isacc.social@gmail.com