EDISCA APRESENTA ESPETÁCULO MOBILIS NA CAIXA CULTURAL FORTALEZA

 

Foto: Mila Petrillo

 

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, nos dias 02, 03, 04, 09, 10 e 11 de novembro de 2018, o espetáculo Mobilis, do grupo EDISCA. Os coreógrafos Dora Andrade e Gilano Andrade trazem ao palco 25 bailarinos em uma apresentação de 35 minutos, explorando movimentos em um jogo de gravidade e suspensão, equilíbrios e dinâmicas, ordem e caos, investigando as relações entre o real e o virtual.

Mobilis é um espetáculo de 2003, que retorna aos palcos com a observação do que há para além da forma, aquilo que o movimento aponta, o traço e o insinuado. A relação entre um espaço criado e um corpo plural composto de substância, imagem e sentidos que se articulam e provocam associações livres. Os bailarinos se movimentam em meio a projeções de seus próprios movimentos, num bailar onde mover-se é o ponto principal.

A fundadora e coreógrafa da EDISCA, Dora Andrade, explica que o espetáculo, originalmente estreado há 15 anos, foi uma quebra de paradigma na produção artística da instituição. “Antecederam ao Mobilis os espetáculos Jangurussu, Koi Guera e Duas Estações. As obras possuíam uma carga dramática bastante intensa e traziam em si uma espécie de denúncia, um alerta a problemática das minorias e, no caso do Duas Estações, uma possibilidade de reconexão com a nossa cultura nordestina. Então vem o Mobilis: um espetáculo conceitual, plástico, moderno e extremamente técnico”, explica Dora.

Para a coreógrafa, sair da trilogia dos espetáculos engajados que já caracterizavam as produções artísticas da EDISCA, retirou os coreógrafos e bailarinos da zona de conforto e trouxe muitas novidades ao reportório. Segundo Dora Andrade, o retorno de Mobilis aos palcos traz de volta essas sensações aos participantes. “É com imensa alegria que vemos esse balé voltar à cena na Caixa Cultural Fortaleza, parceira em várias temporadas. Esse é o quinto projeto da EDISCA aprovado na seleção pública da CAIXA. Temos convicção que essa temporada será um sucesso”, afirma a fundadora da instituição.

 

 

INCENTIVO À CULTURA

A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Fortaleza oferece, desde 2012, uma programação diversificada, com opções gratuitas ou a preços populares, estimulando a inclusão e a cidadania.

O espaço, situado em um prédio histórico na Praia de Iracema, conta com um cine-teatro com 181 lugares, três amplas galerias de arte, sala de ensaios, salas para oficinas de arte-educação, foyer, café cultural e livraria, além de um agradável jardim e espaços para convivência e realização de eventos.

 

 

Serviço:

Dança: Mobilis- Edisca

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Data: 02 a 04 e 09 a 11 de novembro de 2018

Horários: Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Duração: 35 minutos

Ingresso: Vendas a partir do dia 01/11 para as sessões entre os dias 02 e 04; e dia 8/11 para as sessões de 09 a 11/11, das 10h às 20h, na bilheteria do local.

R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)

Classificação indicativa: Livre

Informações gerais | CAIXA Cultural Fortaleza:

(85) 3453-2770

 

 

CAIXA Cultural Fortaleza (CE):
www.caixa.gov.br/imprensa | @imprensaCAIXA

Acesse o site www.caixacultural.gov.br

Siga a fanpage: facebook.com/CaixaCulturalFortaleza

Baixe o aplicativo “Caixa Cultural
Acesse o site www.caixacultural.gov.br

Siga a fanpage: facebook.com/CaixaCulturalFortaleza

Baixe o aplicativo “Caixa Cultural”

Você também pode gostar leia