Mestre Chico Bento Calungueiro integra a programação do Projeto Curta a Tradição, Curta a Cultura, Curta o São Luiz, neste dia 26


Nesta sexta, 26, às 12h30 o Mestre Chico Bento Calungueiro chega ao Hall do Cineteatro São Luiz com suas histórias e brincadeiras. Antes de apresentação, o mestre conversará com o público sobre sua história de vida e vivências com o teatro de bonecos. O projeto Curta a Tradição, Curta a Cultura, Curta o São Luiz é idealizado pelo ator e circense, Cláudio Ivo e conta com Produção Executiva da Ideias Produções. Foi aprovado no X Edital Mecenas do Ceará e tem Apoio Cultural da Enel.
Mestre Chico Bento Calungueiro, como é popularmente conhecido Francisco Furtado Sobrinho, morador da Comunidade de Córrego dos Furtados. É o único brincante de arte popular em atividade na cidade de Trairí, litoral oeste do estado do Ceará. Ainda criança, encantou-se com as brincadeiras de Cassimiro Coco (personagem tradicional do mamulengo cearense) e desde então não parou mais de criar. Desenvolve um trabalho ímpar com teatro de bonecos e foi reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN) através do Programa de Registro e Preservação do Patrimônio Imaterial. É um Tesouro Vivo do Estado do Ceará e por onde passa arranca sorrisos e desperta memórias com suas calungas.
A programação acontece, quinzenalmente às sextas-feiras e é gratuita. O projeto dialoga sobre os territórios das tradições populares a partir de uma curadoria norteada por histórias, memórias e afetos. Mestres da Cultura e grupos convidados partilham sua trajetória e contribuições para cena cultural cearense. Todos são convidados a festejar e celebrar entre saberes e fazeres artísticos. O circo, a dança, o teatro, o humor e a música que estarão presentes ao longo desta edição promovendo uma reflexão sobre a nossa relação com a tradicionalidade e a regionalidade.
Serviço:

Projeto Curta a Tradição, Curta Cultura, Curta o São Luiz

26/10 às 12h30 – Mestre Chico Bento Calungueiro

Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro, Fortaleza – CE)

Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: Livre

Você também pode gostar leia