Maracatu Solar grava DVD/CD ao vivo no Cineteatro São Luiz

 

O palco principal do Cineteatro São Luiz, receberá no dia 06 de outubro, às 19h, mais de 150 brincantes do Maracatu Solar que interpretam o espetáculo “Um Cada Um…Um Cada Sol…”, uma verdadeira ópera popular que agrega elementos de ancestralidades, identidades étnicas , e religiosidades através das linguagens da música, da dança e da artesania por meio de figurinos e adereços.

O Maracatu Solar, institucionalmente um Programa de Formação Cultural Continuada da Associação Cultural Solidariedade e Arte –SOLAR, foi fundado nos finais de 2006 por um grupo de artistas, entre estes Pingo de Fortaleza, Alan Mendonça, Descartes Gadelha, Tieta Pontes e Wiltom Matos, entre outros, e desde então vem desenvolvendo um conjunto de ações que procuram agregar valores a essas importante e referencial manifestação cultural cearense.

Com características próprias como a diversidade rítmica, as fantasias leves, a não obrigatoriedade da pintura no rosto entre seus brincantes e a não participação na competição carnavalesca, embora participe dos desfiles das agremiações de carnaval, o maracatu Solar atualmente conta com aproximadamente 300 brincantes e tem sua musicalidade bastante difundida, através dos projetos Brincar de Maracatu, Tambores Ancestrais na Noite Escura, entre outros.

O espetáculo “Um Cada Um…Um Cada Sol…” procura sintetizar a historicidade do Maracatu Solar e apresentar ao público a passagem de um cortejo simbólico de coroação de uma rainha negra por meio da interpretação de 17 canções referenciais de seu hinário, acompanhadas de suas respectivas coreografias e interpretadas por seus brincantes divididos em batuqueiros, dançarinos, cantores e músicos. O espetáculo traz a sonoridade do batuque acrescida de um naipe de sopros, experiência já realizada pelo Maracatu Solar no projeto Batuque de Carnaval, apresentado em praça púbica em janeiro desse ano.

“Realmente a junção do batuque com os sopros e a harmonia do violão fortalecem a sonoridade das canções do Maracatu Solar e valorizam as melodias das suas composições, criando um ambiente mais diversificado e musicalmente mais detalhado”, afirma Pingo de Fortaleza , cantor, compositor e idealizador do espetáculo.

O espetáculo contará com as participações especiais dos cantores, todos eles brincantes do Maracatu Solar: Pingo de Fortaleza, Jord Guedes, Eliahne Brasileiro, Dgal, Cariolano Solar, Wiltom Matos, Juliana Roza, Artur Guindugli, Juliana Eva, Inês Mapurunga e Yane Caracas, além de contar com Descartes Gadelha, griô do Maracatu Solar e responsável pelos arranjos rítmicos do grupo, que será o solista do espetáculo no universo da percussão. A regência de Um cada Um…Um cada Sol… ficará a cargo de Catherine Furtado. No campo da dança a coordenação das coreografias é de Fabrício Óliver, Débora Íngred e Gil Rodrigues.

No repertório do espetáculo estão alguns clássicos do maracatu cearense como Maculelê (Pingo de Fortaleza e Guaracy Rodrigues), Noite Azul (Pingo de Fortaleza, Parahyba e Augusto Moita), Maracatu Solar (Descartes Gadelha, Inês Mapurunga, Wiltom Matos, Pingo de Fortaleza e Alan Mendonça) , Solencanto (Pingo de Fortaleza) Paz de Oxalá (Pingo de Fortaleza e Guaracy Rodrigues), além de todas as parcerias de Pingo de Fortaleza e Descartes Gadelha compostas para o Maracatu Solar (Oxum de Mim, O axé Oculto de Ossain entre outras) e inédita “Para Minha Mãe Yemanjá” composta por Pingo de Fortaleza e Descartes Gadelha para ser a loa oficial do Maracatu Solar em 2019.

“Inicialmente íamos gravar um novo CD em estúdio (em 2015 lançamos um CD do Maracatu Solar em comemoração aos 10 anos da Solar),mas pensamos numa maneira de registrar nosso trabalho com o volume e intensidade que temos adquirido no palco e em cortejos. Então resolvemos fazer o CD ao vivo, para tentarmos captar a força da musicalidade coletiva do Maracatu Solar, posteriormente, vimos que a musicalidade sozinha não representaria a concepção de um maracatu, portanto resolvemos incluir todos os personagens e alas que configuram nosso cortejo, dessa maneira o CD virou também DVD”, explica Pingo de Fortaleza.

Para a realização dessa gravação pioneira no Ceará, estão sendo mobilizados dezenas de técnicos. A engenharia de som (gravação, mixagem e masterização do áudio) será realizada pelo Planeta Estúdio na figura do experiente técnico Airton Montezuma. A direção de luz será da premiada Tatiana Amorim e nas câmeras atuarão Saulo Monteiro , Sunny Maia e Israel Branco (edição).

“Embora o grupo Maracatu Solar não seja formado exclusivamente por profissionais da arte, a ONG Solar tem se constituído numa grande escola de múltiplas linguagens no universo do maracatu cearense. Hoje contamos com a Orquestra Solar de Tambores e a Cia Solar de Dança, que procuram aprofundar tecnicamente os conhecimentos específicos de suas linguagens artísticas e trabalham com uma visão de heterogeneidade estética tendo o maracatu como referência. A realização desse espetáculo é fruto desse processo contínuo de formação que realizamos”, pontua Pingo de Fortaleza que também é o coordenador de projetos e programas da Associação Solar.

 

Serviço
“Um Cada Um…Um Cada Sol…” – Show de Gravação do DVD/CD do Maracatu Solar
Local: Cineteatro São Luiz
Dia: 06 de outubro de 2018
Horário:19h
Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
No local, também estarão disponíveis à venda produções da Solar (Livros, CDs, etc)
Informações: (85) 3226 1189 / 9.9987 7321

Você também pode gostar leia