CAIXA CULTURAL FORTALEZA APRESENTA “OS SONHOS NÃO ENVELHECEM – TRIBUTO A MILTON NASCIMENTO”

 

Foto: Andrea Santiago

 

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 20 a 23 de setembro de 2018, o show “Os Sonhos não Envelhecem – Tributo a Milton Nascimento”. Com interpretação da cantora Clarice Assad, ela divide o palco com Bruno Repsold no contrabaixo, Felipe Cotta na bateria e Micael Chaves no violão. No repertório, clássicos como “Maria Maria” e “Travessia” além de canções menos conhecidas, como “Morro Velho”. Eles passeam pela obra do ‘Bituca’ abrangendo grande parte de sua sensibilidade e maestria como compositor.

Além das apresentações de “Os Sonhos não envelhecem”, serão realizadas duas ações: após cada show, haverá um bate-papo dos músicos com a plateia sobre o projeto homenageando Milton Nascimento, além de uma Master Class com Clarice Assad para o projeto “Acordes Mágicos / Plataforma Sinfonia do Amanhã” e mais 20 vagas ao público em geral, que vai acontecer no dia 21/09, das 14h às 16h. Os interessados podem se inscrever pelo e-mail oficinaturbinacriativa@gmail.com. Classificação: 16 anos.

O primeiro show foi realizado em 2016 no Rio de Janeiro, na Sala Cecília Meireles, com a criação de Clarice em parceria com o violonista André Muato. A performance resultou em um grande sucesso de público e crítica. Em julho do mesmo ano, o show foi convidado a participar do Savassi Festival, com apresentações no Oi Futuro Ipanema, no Rio de Janeiro e no Palco Pitágoras, em Belo Horizonte. Curiosamente, o palco foi montado na esquina da Rua Travessia, nome dado em homenagem à música de Milton Nascimento.

Os arranjos foram feitos cuidadosamente por Clarice em parceria com André Muato, expressando a admiração por toda a obra e a influência em suas carreiras. Para Clarice Assad, pensar em Milton é voltar ao tempo, como ela mesma diz: “Minha paixão pela música de Milton Nascimento surgiu quando era ainda criança. O que me chamava mais atenção nessa época, era a intensidade e variedade das canções”.

Clarice faz questão de manter sua musicalidade e sensibilidade para compositores e riquezas musicais do seu país. É cantora, pianista, compositora e arranjadora. Na sua formação musical sempre adiciona e mescla jazz, MPB e sua marca registrada, o scat singing – técnica de canto criada por Louis Armstrong que consiste em cantar vocalizando tanto sem palavras, quanto com palavras sem sentido e sílabas, os quais criam o equivalente de um solo instrumental apenas usando a voz. Em seu repertório, sempre encontramos música brasileira com novos arranjos, prezando pela melodia da canção e a essência da música e do compositor.

Clarice Assad

Radicada nos Estados Unidos há 20 anos. Nascida no Rio de Janeiro, em uma família musical, filha de Sergio, do Duo Assad e sobrinha de Odair e Badi Assad, Clarice cresceu cercada de música – desde os 7 anos já desenvolvia seus dons profissionalmente. Hoje, Assad é compositora, arranjadora, bandleader, cantora e pianista. Sua eclética música – sinfônica, teatral ou de câmara – percorre as salas de concertos do mundo. Foi indicada ao Grammy e já recebeu vários prêmios, incluindo o prestigiado McKnight Fellowship e Prêmio Aaron Copland de Composição. Além de encomendas da OSESP, Carnegie Hall e Lincoln Center.

 

Serviço:

Música: “Os Sonhos não Envelhecem – Tributo a Milton Nascimento”

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Data: 20 a 23 de setembro de 2018

Horário: de quinta-feira a sábado às 20h | domingo às 19h

Classificação indicativa: livre

Ingressos: R$ 15,00 (Meia-entrada), R$30,00 (Inteira)

Vendas a partir do dia 19/9, das 10h às 20h, na bilheteria do local

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

Serviço de manobrista gratuito no local

Paraciclo disponível no pátio interno

Informações gerais | Bilheteria da CAIXA Cultural Fortaleza:

(85) 3453-2770

Você também pode gostar leia