CINETEATRO SÃO LUIZ apresenta Programação Cultural de 26 Agosto a 02 Set

 

Esta semana, no Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro), começa com a Maratona de Séries “Roda de Mulheres” (28/8 às 16h; 30/8 às 16h). Serão exibidas oito edições do projeto que integra a grade da TVCeará.

A Mostra Perfil de Cinema “Ingmar Bergman” também continua com a exibição dos filmes: “Persona – Quando duas Mulheres Pecam” (28/8 às 19h), “Gritos e Sussurros” (29/8 às 19h) e “Morangos Silvestre” (30/8 às 16h).

No dia 29/8 às 12h30 o Curta São Luiz recebe o Coral da Secult e no dia 31/8, também às 12h30, o grupo Oré Anacã. O Curta São Luiz ocorre no Hall de entrada do Cineteatro e tem entrada gratuita.

Nos dias 1 e 2 de setembro, o espetáculo “Os Realistas” chega à Fortaleza em três sessões, sendo duas no sábado (1/9), às 18h e 21h, e uma no domingo (2/9), às 18h. “Os Realistas” têm direção de Guilherme Weber e Débora Bloch e conta, no elenco, com os atores: Débora Bloch, Emílio de Mello, Guilherme Weber e Isabel Teixeira. Esta é a primeira montagem realizada na América Latina do “The Realistic Joneses”, espetáculo que marcou a estreia de Will Eno na Brodway em 2014. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Cineteatro com preços populares, sendo: R$25 e R$12,50.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

DIA 28/08 (Terça-feira)

16h [CINEMA] MARATONA DE SÉRIES – RODA DE MULHERES (SÉRIE CEARENSE)
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Sinopse: Exibição dos quatro primeiros episódios dessa série que se propõe a dialogar com a sociedade em geral e sem amarras sociais, percebendo as mudanças e o simbolismo da presença da mulher na ocupação dos diferentes espaços, possibilitando outros olhares e novas perspectivas.

19h [CINEMA] MOSTRA PERFIL DE CINEMA – INGMAR BERGMAN | PERSONA – QUANDO DUAS MULHERES PECAM
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção de Ingmar Bergman | Drama | Suécia | 1966 | 1h24 | Legendado
Sinopse: Após um desempenho na peça “Electra”, uma famosa atriz, Elisabeth Vogler (LIv Ullmann), pára de falar. Sua psiquiatra, Lakaren (Margaretha Krook), a deixa sob os cuidados de Alma (Bibi Andersson), uma dedicada enfermeira. Como já fazem três meses que Elisabet não profere uma palavra, Lakaren decide que ela deva ser mandada para uma isolada casa de praia, com Alma. Na casa Alma fala pelas duas, pois Elisabet continua muda, comunicando-se apenas com pequenos gestos. Com o convívio Alma fica uma pouco enamorada pela atriz. Num dia conta para Elisabeth sobre uma excitante experiência sexual que teve numa praia, com desconhecidos, e a conseqüência desagradável disto. Pouco depois de fazer esta confidência ela lê uma carta que Elisabeth tinha escrito, onde fica chocada ao descobrir que a atriz pensa nela como um divertido objeto de estudo.

DIA 29/08 (Quarta-feira)

12H30 [CURTA SÃO LUIZ] CORAL DA SECULT
Entrada: gratuita | Classificação indicativa: Livre | Duração: 30 min
Local: Hall de entrada (Foyer)
Release: Apresentação do Coral da Secult, sob a regência da professora e cantora Aparecida Silvino.

19h [CINEMA] MOSTRA PERFIL DE CINEMA – INGMAR BERGMAN | GRITOS E SUSSURROS
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 18 anos
Direção de Ingmar Bergman | Drama | Suécia | 1972 | 1h30 | Legendado
Sinopse: Em uma casa no campo uma mulher está bastante enferma e recebe cuidados de suas duas irmãs e de uma empregada da família, que precocemente perdeu sua filha e por isso extravasa seu amor de mãe dando o maior carinho possível para aquela moça tão debilitada. Dentro deste contexto lembranças, frustrações e imaginações em um misto de amor e ódio surgem no interior de cada pessoa.

DIA 30/08 (Quinta-feira)

16h [CINEMA] MARATONA DE SÉRIES – RODA DE MULHERES (SÉRIE CEARENSE)
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: Livre
Sinopse: Exibição dos quatro últimos episódios dessa série que se propõe a dialogar com a sociedade em geral e sem amarras sociais, percebendo as mudanças e o simbolismo da presença da mulher na ocupação dos diferentes espaços, possibilitando outros olhares e novas perspectivas.

19h [CINEMA] MOSTRA PERFIL DE CINEMA – INGMAR BERGMAN | MORANGOS SILVESTRES
Entrada: Gratuita | Classificação indicativa: 14 anos
Direção de Ingmar Bergman | Drama | Suécia | 1957 | 1h32 | Legendado
Sinopse: Isak Borg (Victor Sjöström) é um professor de medicina que revisita vários momentos marcantes de seu passado durante uma viagem de carro até sua antiga universidade, onde ele irá receber uma honraria. Acompanhado de sua nora Marianne (Ingrid Thulin) ele evoca memória de sua família e de sua ex-namorada. Durante a viagem ele conhece uma garota adolescente que em muito se assemelha a Sara, seu antigo amor. A jovem pega carona com o professor e Marianne. Quanto mais Borg recorda as decepções e desilusões que viveu, mais ele se sente frio e cheio de culpa. Esses sentimentos se afloram quando ele encontra seu filho, igualmente frio e ressentido.

DIA 31/08 (Sexta-feira)

12H30 [CURTA SÃO LUIZ] ORÉ ANACÃ
Entrada: gratuita | Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 min
Local: Hall de entrada (Foyer)
Release: Entre Penas e Contas, espetáculo que traz à cena danças brasileiras de influência étnica negra indígena, coreografadas a partir de pesquisas in loco realizadas em todo o país, graças ao programa de extensão financiado pelo Ministério da Educação. Boi bumbá, afoxé, maracatu, coco; são danças que traduzem a importância da ascendência negra e indígena nas raízes de nossos ritmos e gestos da danças tradicionais brasileiras.

DIA 01/09 (Sábado)
18H E 21H [TEATRO] OS REALISTAS
Entrada: R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,50 (meia) – com limitação de 40% de meia | Classificação indicativa: 12 anos | Gênero: Comédia Dramática | Duração: 100 min | Acessibilidade: Libras nas duas sessões
Direção: Guilherme Weber | Elenco: Debora Bloch, Emílio de Mello, Guilherme Weber e Isabel Teixeira
Local: Palco

Release: Nos dias 1 e 2 de setembro, o espetáculo “Os Realistas” chega à Fortaleza em três sessões, sendo duas no sábado (1/9), às 18h e 21h, e uma no domingo (2/9), às 18h. “Os Realistas” têm direção de Guilherme Weber e Débora Bloch e conta, no elenco, com os atores: Débora Bloch, Emílio de Mello, Guilherme Weber e Isabel Teixeira. Esta é a primeira montagem realizada na América Latina do “The Realistic Joneses”, espetáculo que marcou a estreia de Will Eno na Brodway em 2014.

Débora Bloch, que acompanhava e estudava a trajetória do autor, assistiu à montagem do espetáculo e decidiu que iria produzir o texto no Brasil. Com os direitos cedidos, firmou parceria com Guilherme Weber, que assina a direção da empreitada e tem total intimidade com o universo do dramaturgo: ele ostenta o título de ator que mais encenou Will Eno em todo o mundo.

Em cena, dois casais de vizinhos se encontram e descobrem ter mais em comum do que as casas idênticas e sobrenomes iguais. Com este ponto de partida, a peça flagra a convivência do quarteto e os relacionamentos que começam a se entrelaçar. Em um hábil jogo de cena, o autor mostra também que nem tudo é o que parece ser, fazendo ainda que as situações reflitam sobre os diferentes estágios do casamento.

Para o diretor, ‘Os Realistas’ é um exercício do autor sobre o gênero realista. ‘É um gênero em que os heróis dão lugar a pessoas comuns. Nesta história, Eno desloca seus personagens para uma pequena cidade interiorana e campestre, em um movimento de alguma maneira também reverente ao teatro de Tchekhov.

Este confronto com a natureza, o vasto e o desconhecido faz com que estes personagens se cruzem em uma comédia existencialista sobre vida, morte, amor e vizinhos’, analisa Guilherme Weber, cuja relação com a obra de Will Eno começou em 2003, quando estrelou e assinou a criação com Felipe Hirsch da montagem brasileira de ‘Temporada de Gripe’ (‘The FluSeason’).

“Os Realistas” marca o retorno de Débora Bloch à produção teatral, tarefa que abraçou em meados dos anos 80. De lá para cá, ela foi responsável por espetáculos que marcaram a história recente do teatro brasileiro, como ‘Fica Comigo Esta Noite’ (1990), que lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Atriz em 1990, ‘Duas Mulheres e Um Cadáver’ (2000), estrelado e produzido ao lado de Fernanda Torres, ‘Tio Vânia’ (2003), em montagem dirigida por Aderbal Freire-Filho que ocupou o Parque Lage. Seu último espetáculo foi o monólogo ‘Brincando Em Cima Daquilo’ (2007/2008), com direção de Otávio Muller.

DIA 02/09 (Domingo)

18H [TEATRO] OS REALISTAS
Entrada: R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,50 (meia) – com limitação de 40% de meia | Classificação indicativa: 12 anos | Gênero: Comédia Dramática | Duração: 100 min | Acessibilidade: Audiodescrição
Direção: Guilherme Weber | Elenco: Debora Bloch, Emílio de Mello, Guilherme Weber e Isabel Teixeira
Local: Palco

Você também pode gostar leia