SENAC CEARÁ ABRE MAIS DE 260 NOVAS TURMAS

 

Esse é momento para quem deseja fazer um curso Técnico, de qualificação ou aperfeiçoamento profissional. O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE), instituição integrante do Sistema Fecomércio, está com inscrições abertas para toda a programação de cursos, de setembro a dezembro de 2018. São cerca de 5.400 vagas em mais de 260 turmas nos municípios de Fortaleza, Sobral, Iguatu, Juazeiro do Norte, Crato, Maranguape, Cedro, Aquiraz, Itapipoca, Quixadá e Limoeiro do Norte.

Com cursos de formação básica até os de aperfeiçoamento profissional, a programação contempla jovens à procura do primeiro emprego, o profissional em constante evolução e aqueles que buscam retornar ao mercado de trabalho. As turmas estão disponíveis nos turnos da manhã, tarde e noite, e em Fortaleza, os cursos acontecem nas unidades do Centro e Aldeota.

Há setenta anos, a instituição atua na qualificação dos trabalhadores do comércio e é referência em educação profissional no mercado cearense. Mais um diferencial do Senac é que os cursos são elaborados com base em diagnósticos de mercado sobre as habilidades e conhecimentos mais procurados pelos empresários em áreas como: Gestão, Beleza, Saúde, Gastronomia, Comércio, Informática, Moda, Artes, Idiomas, Turismo e Hospitalidade, além de outras.

O segmento de Gestão e Negócios oferece oportunidades para os alunos desenvolverem a liderança e tomar decisões estratégicas, por meio de cursos como Gestão Eficaz de Equipes; Liderança, Motivação e Produtividade; Líder Coach; Excelência no Atendimento; Assistente Administrativo; Assistente de Recursos Humanos, além de outros.

O domínio das ferramentas relativas à função e a constante atualização das tecnologias pode ser um diferencial competitivo em seleções de trabalho. Na área de Informática, o curso de Montagem e Manutenção de Notebooks atende uma demanda que está sempre em alta, ensinando fundamentos básicos da eletrônica, diagnóstico e reparo de possíveis defeitos. Há ainda outras turmas com inscrições abertas, como Excel Básico e Avançado; Gerência de Projetos com Microsoft Project; Ajustes e Retoques com Photoshop; Editor De Ilustração: Coreldraw; e muitos outros.

Já a Gastronomia é um segmento que cresce nos país, nos últimos anos, e exige cada vez mais profissionais qualificados. Os cursos do Senac preparam tanto quem busca um emprego quanto aqueles que desejam empreender. As ofertas de turmas abrangem os iniciantes e os alunos que já possuem experiência. Para quem está começando, há opções como Culinária para Iniciantes e Culinária Trivial. Já para quem deseja diversificar seus conhecimentos e atuação na área, os cursos vão desde Preparo de Pratos Saudáveis a Sushi e Sashimi.

 

Serviço

Informações e inscrições pelo site: http://cursos.ce.senac.br/.

Senac Centro: Avenida Tristão Gonçalves, 1245, Centro, Fortaleza. (85) 3270.5400

Senac Aldeota: Rua Tibúrcio Cavalcante, 1750, Aldeota, Fortaleza. (85) 3433.3884

Senac Crato: Praça da Sé, 596, Centro, Crato. (88) 3586.8750

Senac Juazeiro: Rua São Luís, s/n, São Miguel, Juazeiro do Norte

Rua Vicente Patu, 782 – Franciscano, Juazeiro do Norte, (88) 3566.8950

Senac Iguatu: Rua 13 de Maio, 1134, Centro, Iguatu – (88) 3582-7750

Senac Quixadá: Rua Presidente Kennedy, s/n, Alto São Francisco – (88) 3582.7793

Senac Maranguape: Rua Coronel Manoel Paula, 175, Centro, Maranguape – (85) 3270.5424

Senac Sobral: Rua Dr. João do Monte, 980, Centro, Sobral – (88) 3677.8700
Senac Cedro: Rua Adauto Castelo, 222, Centro, Cedro – (88) 3582.7798

Senac Aquiraz: Rua Pedro Brasil, 210, Centro, Aquiraz – (88) 3270.5850

Senac Itapipoca: Rua Pergentina Araújo, s/n , Centro, Itapipoca – (88) 3677.8747

Senac Limoeiro do Norte: R. José Hamilton de Oliveira, 160, Centro, Limoeiro do Norte – (88) 3582.7796/3432.4046

Senac Rede EAD (Educação a distância): www.ead.senac.br – (85) 3270.5466/67

 

Sobre os 70 anos do Sistema Fecomércio

Após o período da Segunda Guerra o Brasil passou por grandes desafios. O Estado não conseguia atender a crescente demanda por serviços sociais, nem acompanhar o novo contexto do mercado de trabalho. Deste modo, em maio de 1945, representantes empresariais da indústria, comércio e agricultura, realizam em Teresópolis, a primeira Conferência das Classes Produtoras (CONCLAP). Nesse encontro elaboram uma proposta ousada de custeio dos serviços sociais e da educação profissional para os trabalhadores com recursos das classes patronais.

A Carta da Paz Social foi o documento que formalizou as diretrizes para o desenvolvimento econômico com justiça social. Nascia assim, a partir da iniciativa do empresariado, o Sistema S, o maior Sistema de desenvolvimento social do mundo. No Ceará, em 16 de março de 1948, o empresário Clóvis Arrais Maia fundou a Federação do Comércio com a finalidade de unir lideranças do setor para colaborarem com a educação profissional e a qualidade de vida dos trabalhadores. No mesmo ano, a Fecomércio implanta o Sesc e o Senac instituições mantidas pelos empresários do comércio que ofertam serviços sociais e educam para o comércio de bens, serviços e turismo.

Você também pode gostar leia