Shows de Clau Aniz e Caio Castelo no Porto Dragão

 

Neste domingo 19 de agosto a partir das 20h, dois lançamentos movimentam a programação experimental do Porto Dragão, novo espaço do Instituto Dragão do Mar que pretende fomentar a vasta produção artística do Ceará: Clau Aniz, lançando seu álbum de estreia “Filha de Mil Mulheres, e Caio Castelo, lançando seu “Pontes de Vidro EP.01”, apresentam seus novos shows, trazendo também com músicas e releituras inéditas para além das discografias dos artistas.

 

Sobre Clau Aniz
Clau Aniz constrói uma sonoridade singular, onde a canção e a experimentação instrumental estão sempre lado a lado. Memória, sensibilidade e intuição são as ferramentas usadas para a feitura de suas canções. Do constante olhar desapressado, se fazem suas músicas tão carregadas de sentimentos. Seu caminho começou na música experimental e em 2014, formou a banda Voyage Roset, na qual era guitarrista e cantora. Em 2017, iniciou carreira solo e já se apresentou em lugares como Theatro José de Alencar, Centro Cultural Dragão do Mar e em festivais como Feira da Música e Barulhinho, além de colaborar com artistas como Caio Castelo e Vacilant. Ouça aqui o primeiro single do álbum: https://goo.gl/PN83A7

“Filha de Mil Mulheres” é seu álbum de estreia, disponível nas plataformas desde o dia 18 de maio e concebido sob a produção cuidadosa da própria artista e dos músicos Júnior Quintela e Yuri Costa. Acompanha Clau (voz e guitarra) a banda composta por Yuri Costa (guitarra), Junior Quintela (bateria), Ayrton Pessoa (teclado) e Caio Castelo (baixo), além de participações de Vitor Colares e Aparecida Silvino.

 

Sobre Caio Castelo
Caio Castelo apresenta o show de seu terceiro álbum, “Pontes de vidro EP.01”, primeiro de uma série de três EP’s que serão lançados ao longo do ano. As canções do EP.01 falam sobre enxergar a si no outro, bem como perceber o outro em si. Este show traz uma sonoridade mais dançante e mescla elementos orgânicos e eletrônicos. O músico iniciou sua carreira na banda Comparsas da Vivenda. Em 2013, lançou seu primeiro álbum solo, “Silêncio em Movimento”, seguido em 2016 por “Dois Olhos”, produzido pelo duas vezes ganhador do Grammy Alê Siqueira e por “Pontes de Vidro” em 2018.

Como produtor/diretor musical, instrumentista e arranjador, assina trabalhos como os discos Votu, de Matheus Santiago; Águajunta, de Lélis; e Distrações, do grupo instrumental Invisível, além de colaborações com artistas como Marcelo Jeneci, Tiago Araripe , Chico Salem, Lorena Nunes, Clau Aniz, Silvero Pereira, entre outros. Seu show já passou por Fortaleza-CE, São Paulo-SP, Rio de Janeiro-RJ, São Luis-MA, Recife-PE, Rio de Contas-BA, Sobral-CE, Crato-CE, Juazeiro do Norte-CE e Praia-Cabo Verde. Destaque também para turnê nacional em 2017 e participação em festivais como Maloca Dragão, Ponto CE, BR 135, Rua dos Inventos e UFC de Cultura. Acompanham Caio (voz, guitarra e sintetizador) os músicos Ayrton Pessoa (teclados) e Igor Ribeiro (bateria e percussão). Asssista aqui o clipe de “Ponto Cego”: https://goo.gl/gbp77L

Você também pode gostar leia