Secult e Seduc lançam edital “Artista, Presente!”, para credenciamento de artistas e Mestres da Cultura para ministrar atividades eletivas nas Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral da Rede Estadual de Ensino

 

A Secretaria da Cultura (Secult) e a Secretaria da Educação do Estado do Ceará lançam nesta terça-feira, 3/7, às 11h, no Cineteatro São Luiz, o Edital “Artista, Presente!”, para Cadastro de Propostas Artísticas para Atividades Eletivas nas Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, instituindo uma parceria que reforça o Programa Escolas da Cultura da Secult.

Também farão parte do credenciamento Mestres e Mestras da Cultura reconhecidos através da Lei dos Tesouros Vivos. O edital tem o objetivo de integrar e potencializar as políticas no âmbito do Plano de Governo (7 Cearás) e dos Planos de Cultura e Educação, possibilitando a inserção de ações culturais estratégicas nas escolas. Após o lançamento, que contará com apresentações culturais de grupos das escolas da Rede Estadual de Ensino e de um mestre da cultura, o edital estará disponível online para consulta e inscrições no site de editais da Secult: http://editais.cultura.ce.gov.br/.

“O credenciamento busca criar condições para a presença de artistas e de propostas de atividades eletivas nos ambientes das escolas de tempo integral e tem como principal objetivo criar um vínculo mais forte e mais efetivo entre a arte, a cultura e a educação. Nasce de uma parceria entre a Seduc e a Secult e busca, principalmente, introduzir no ambiente escolar a questão da linguagem artística a partir dessa relação com a própria escola e perceber o poder transformador e o ineditismo dessa ação”, destaca o Coordenador de Conhecimento e Formação da Secult, Lenildo Gomes.

Com o edital, será feita a seleção e credenciamento de propostas artísticas, a serem desenvolvidas como Atividades Eletivas, apresentadas por pessoas físicas, com ensino superior completo e residentes no Estado do Ceará, por no mínimo dois anos, para compor um Banco de Ofertas para as Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI), da Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc).

A programação da terça-feira (3) conta com apresentação de cordas, com trabalhos da Escola Otacílio Colares – Voz e Violão e destaque para Mestres e Mestras da Cultura.

O secretário da Educação, Rogers Mendes, acredita que a parceria será muito importante para a formação integral dos jovens. “Essa aproximação vai estreitar o contato dos alunos com a arte em suas diversas manifestações, o que poderá contribuir para a melhoria da aprendizagem em todas as áreas do conhecimento. A presença de artistas, de mestres e mestras da cultura ministrando eletivas favorecerá a materialização de uma das dimensões fundantes das EEMTIs, que é ser concebida como comunidade de aprendizagem”, explica o gestor.

Mestres da Cultura

Quanto aos Mestres e Mestras da Cultura, o credenciamento ocorrerá por meio de regime específico, levando-se em conta os títulos de Notório Saber em Cultura Popular, concedidos pela Universidade Estadual do Ceará – UECE.

As propostas para atividades eletivas deverão responder à proposta formativa indicada no Catálogo de Atividades Eletivas da SEDUC que compõem o Projeto “Artista, Presente!”.

Mais sobre o projeto “Artista, Presente!”

O Projeto “Artista, Presente!,” é uma iniciativa conjunta da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e da Secretaria da Educação do Estado do Ceará, voltada à formação artística e à vivência e produção cultural no cotidiano das escolas, que tem por objetivo aproximar artistas de diversas linguagens e campos de criação do ambiente escolar da rede estadual de ensino, impulsionando outros modos de experimentar, conhecer e produzir em artes.

Sobre Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTIs)

A rede pública estadual de ensino é constituída por 111 escolas de ensino médio regular com esta modalidade de ensino, onde estão matriculados 26 mil alunos. A maioria das EEMTIs está localizada entre os municípios mais populosos e as escolas foram distribuídas em áreas consideradas mais vulneráveis. Cada escola oferta uma jornada de nove horas, garantindo três refeições diárias. O currículo é composto por 30 horas semanais de disciplinas da base comum a todos e 15 horas na parte flexível, sendo que 10 são escolhidas pelos alunos. São as chamadas eletivas, que agora vão contar com artistas credenciados para a formação dos estudantes cearenses.

Você também pode gostar leia