Cineteatro São Luiz realiza Mostra Perfil de Cinema “Tarkovski” com entrada gratuita

 

No próximo sábado (16/6), o Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, realiza a Mostra Perfil de Cinema com a obra do cineasta russo nascido na então União Soviética “Andrei Tarkovski”. O cineasta dirigiu apenas sete longas-metragens e três curtas, além de ter escrito inúmeros roteiros e o livro “Esculpindo o Tempo”, sobre teoria do cinema. A Mostra tem entrada gratuita e três sessões: às 10h “Andrei Rublev”, às 14h “Solaris” e às 17h30 “Stalker”.

“Andrei Rublev” é um longa que Tarkovski dirigiu em 1965 sobre a vida do pintor russo que dá nome ao filme. Foi exibido uma única vez em Moscou em 1966, ganhando novas exibições em 1969 no Festival de Cannes – onde ganhou o prêmio FIPRESCI Prize – e nos anos 1971 em edição não oficial na União Soviética. Somente em 24 de dezembro de 1971 o longa é liberado.

“Solaris”, uma adaptação do livro homônimo de Stanislaw Lem, é o terceiro longa do cineasta, finalizado em 1972 e vencedor, no Festival de Cannes, dos prêmios “Grand Prix – especial do júri” e “FIPRESCI Prize”, além de ser nomeado “Palma de Ouro” – prêmio de maior prestígio do Festival.

O terceiro filme a ser exibido no Cineteatro São Luiz é “Stalker”, última realização de Tarkovski na União Soviética em 1979 e ganhador do Prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Cannes. O filme, que foi gravado duas vezes devido a perda do material na primeira captação, é baseado no romance dos irmãos Arkady e Boris Strugatsky intitulado “Roadisde Picnic” (Piquenique à beira da estrada).

 

Programação Completa:

DIA 16/06 (Sábado)
10h | ANDREI RUBLEV
Classificação indicativa: 12 anos
Direção de Andrei Tarkovski | Drama | URSS, Rússia | 1966 | 2h30 | Legendado
Sinopse: A vida de Andrei Rublev, o grande pintor de ícones da Rússia do século XV, um período de intensa turbulência e também de diversas dificuldades pelas quais passavam o povo russo. Na época o país sofria com a pobreza, a rigidez da igreja ortodoxa e também as invasões tártaras. Nesse cenário caótico, estão inseridos os diversos episódios da vida de Andrey, que mais tarde abandonaria seu trabalho como pintor, para se dedicar a Deus.

14h | SOLARIS
Classificação indicativa: 14 anos
Direção de Andrei Tarkovski | Ficção Científica | URSS, Rússia | 1972 | 2h45 | Legendado
Sinopse: Cientista enviado para investigar estranhos fenômenos ocorridos na estação espacial que orbita Solaris, reencontra ali a esposa que se matara há 10 anos. Depois de ser bombardeado com raios-x, o enigmático oceano que cobre o planeta parece dotado de alguma forma de razão com poderes para penetrar no íntimo dos seres humanos e materializar suas memórias, tornando-as reais através da criação dos “visitantes”. O filme recebeu o Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes em 1972.

17h30 | STALKER
Classificação indicativa: 12 anos
Direção de Andrei Tarkovski | Drama, Ficção Científica | URSS, Rússia | 1979 | 2h43 | Legendado
Sinopse: Em um país não nomeado, a suposta queda de um meteorito criou uma área com propriedades estranhas, onde as leis da física e da geografia não se aplicam, chamada de Zona. Dentro da Zona, segundo reza uma lenda local, existe um quarto onde todos os desejos são realizados. Com medo de uma invasão da população em busca do tal quarto, autoridades vigiam o local e proíbem a entrada de pessoas. Apenas alguns têm a habilidade de entrar e conseguir sobreviver lá dentro, são os “Stalkers”. Um escritor e um cientista querem entrar e contratam um stalker para guiá-los lá dentro. No caminho até o quarto, vão passar por rotas misteriosas e muitas vezes, mutáveis.

Você também pode gostar leia