20 municípios da Mesorregião dos Sertões Cearenses discutem a Educação Emancipadora & Cultura de Paz

 

 

O Projeto Contexto – Plataforma Educação Marco Zero, em parceria com a Vice-Governadoria do Estado do Ceará, o Ministério Público do Estado do Ceará e a Secretaria de Educação do Estado do Ceará, realiza no próximo dia 13 de junho, o II Encontro da Educação Emancipadora & Cultura de Paz: os desafios enquanto política pública. O evento, que será realizado no Município de Novo Oriente, também parceiro desta iniciativa, contará com a presença de gestores de 20 municípios da Mesorregião dos Sertões Cearenses, para a assinatura de um Acordo de Cooperação Técnica que permitirá a criação de Células de Mediação Escolar, além de uma Carta de Compromisso para tornar possível o alcance da educação contextualizada, emancipadora e a cultura de paz, em nível de política pública, como um processo efetivo dentro das escolas de todos os municípios participantes.

A iniciativa, que representa uma ação coletiva e de união de esforços para a redução dos impactos da violência no ambiente das escolas públicas municipais, urbanas e rurais, chegou ao Projeto Contexto, em reconhecimento ao trabalho que já vem sendo realizado pelo projeto nos 20 municípios que foram convidados a participarem do evento, sendo o responsável por promover as formações das novas Células de Mediação Escolar, que serão implementadas após a assinatura dos gestores.

Com alcance em 134 escolas da rede pública municipal, e mais de 1.500 professores envolvidos nas ações, o Projeto Contexto, é uma iniciativa co-financiada pela União Europeia, composta por uma Plataforma com organizações nacionais e internacionais com vasta experiência nos campos social, ambiental e educacional: We World ONLUS Itália, We World Brasil, ACACE (Associação de Cooperação Agrícola do Estado do Ceará), Cáritas Diocesana de Crateús, Escola Família Agrícola Dom Fragoso, ESPLAR – Centro de pesquisa e assessoria, Instituto Maria da Penha e Pastoral do Menor Nordeste I.

As atividades serão promovidas num trabalho de fortalecimento junto aos órgãos parceiros, e estará sendo realizada em sinergia com o “Projeto Mediação Escolar”, do Ministério Público do Estado do Ceará, Vice-Governadoria do Estado do Ceará e Secretaria de Educação do Estado do Ceará, que desde o ano passado também vem proporcionando formações em 22 municípios que assinaram o mesmo Termo de Cooperação que será apresentado no evento. Após essa ação conjunta, a expectativa é expandir a proposta de uma gestão positiva dos conflitos que permita a prevenção da violência nas escolas.

Segundo Carolina Rocha, Assessora Especial da Coordenadoria de Mediação, Justiça Restaurativa e Cultura de Paz, da Vice-Governadoria do Estado Ceará, a parceria acontece num momento muito importante dos debates sobre a Mediação de Conflitos e Práticas Restaurativas em todos os seus âmbitos.

“Nós entendemos essa parceria com o projeto, extremamente pertinente, num momento em que a mediação escolar vem ganhando força, não só nas comunidades, no âmbito escolar, mas também institucionalmente, e com esse trabalho podemos abranger um número maior de municípios. Considerando o tamanho do Estado, o número de escolas, às vezes fica difícil do Estado levar isso com mais rapidez no campo, então o projeto, vem como um parceiro estratégico, para tornar essa implementação real e possível, de maneira mais rápida nessas regiões”.

Para o Coordenador do Projeto Contexto, Rosângelo Marcelino, as ações chegam para somar ainda mais o trabalha já articulado nos municípios, reforçando os conceitos pedagógicos e sociais da educação contextualizada. “A Cultura de Paz e as Práticas Restaurativas são ações que fazem parte do conceito pedagógico já trabalhado na Educação Contextualizada, acredito que com essa ação coletiva, estamos apontando na direção de potencializar os valores fundamentais de paz, liberdade, igualdade de direitos e dignidade humana contribuindo para que as políticas públicas levem a uma democracia mais participativa e a um mundo mais equitativo, sustentável e inclusivo”, ressalta o Coordenador.

 

 

Municípios convidados e de atuação do Projeto Contexto:

Ipaporanga, Tamboril, Quiterianópolis e Nova Russas, Ararendá, Boa Viagem, Crateús, Deputado Irapuan Pinheiro, Ipueiras, Madalena, Milhã, Mombaça, Novo Oriente, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Poranga, Quixeramobim, Senador Pompeu, Solonópole e Tauá.

 

 

Sobre o Projeto Contexto: Educação, Gênero, Emancipação

Co-financiado pela União Europeia e a ONG We World Onlus, o projeto Contexto: Educação, Gênero, Emancipação, reúne uma plataforma de organizações com expertise em educação contextualizada, pedagogia da alternância, práticas restaurativas e cultura de paz, além de assuntos voltados para o gênero e combate à violência contra a mulher, representando os temas que a cada semestre, durante os 4 anos de projeto, são trabalhados dentro das escolas participantes, sendo a maior iniciativa projetual já realizada envolvendo a mobilização e aplicação da educação contextualizada nas escolas públicas municipais no Estado do Ceará.

Um dos pontos mais importantes do projeto, é tornar essa metodologia de ensino, desenvolvida pela Rede de Educação do Semiárido Brasileiro – RESAB, uma política pública para todas as escolas dos municípios participantes do projeto. Atualmente, as ações do projeto alcançam 134 escolas públicas municipais, mais de 1.500 professores/as e cerca de 20 mil estudantes, além dos Conselhos Municipais dos Direitos da Mulher, Conselhos Municipais de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, e Conselhos Municipais de Educação.

 

II ENCONTRO DA EDUCAÇÃO EMANCIPADORA E CULTURA DE PAZ

PROGRAMAÇÃO:

7h30 – Café da Manhã

09h – Apresentação Cultural

09h15 – Abertura Oficial (Fala das Autoridades)

09h40 – Leitura do Manifesto da Plataforma Educação Marco Zero

10h30 – Roda de conversa com Prefeitos(as) – “Educação Emancipadora & Cultura de Paz: os desafios enquanto política pública”

12h50 – Pronunciamentos e Assinatura do Acordo de Cooperação Técnica – Projeto: “Implantação da Mediação Escolar”

13h30 – Leitura da Carta de Novo Oriente – Compromisso com a Educação Emancipadora.

 

SERVIÇO

II ENCONTRO DA EDUCAÇÃO EMANCIPADORA E CULTURA DE PAZ

Data: 13 de junho

Horário: 07h30 às 13h30

Local: Auditório da Escola Estadual de Educação Profissional Maria Eudes Bezerra Veras. Endereço: Rua Ulisses Guimarães, s/n, Vila Feliz – Novo Oriente/CE.

Você também pode gostar leia