Coleção de joias inspirada nas obras de Sérvulo Esmeraldo é lançada hoje (10/05) por Bruna Bortolotti

 

A designer de joias Bruna Bortolotti desenvolveu uma série de acessórios diferente de tudo o que já havia feito, trabalhando pela primeira vez com os metais zinco e alumínio, e inspirada nas linhas simples, nas cores e no movimento das obras do cratense Sérvulo Esmeraldo. As peças serão apresentadas na noite de hoje (10/05), a partir de 21h, no desfile do estilista Iury Costa no Dragão Fashion Brasil, que acontece no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza.

A oficina de ourivesaria que Bruna Bortolotti divide com o avô, equipada com máquinas adaptadas à confecção de joias e ornamentos com metais preciosos, virou espaço de experimentação. A designer de joias chegou ali com desenhos de novas ideias: “O meu processo criativo está muito ligado à bancada, à criação junto com o processo de ourives. Dessa vez eu fiz muito teste em papel, muita maquete, já que eles são feitos praticamente em uma chapa”, explica Bruna.

Para desenvolver a coleção, a pesquisa de Bruna, também estudante de Arquitetura assim como Sérvulo foi um dia, atravessou diversas obras do artista. Apesar de ele também ter desenvolvido joias, a artista teve o cuidado de não mimetizar nenhuma joia produzida por ele, mas criar algo novo baseado em formas e cores de suas ilustrações e esculturas. “Como o desfile é uma coisa rápida, o processo criativo também parte do que é possível. Parti do que poderia ser mais simples, o que conversa com as esculturas do Sérvulo”, afirma a designer.

As joias desenvolvidas por Bruna complementam as peças de Iury Costa, com quem já havia trabalhado em 2016, em um diálogo que permite uma parceria criativa e harmoniosa. As cores e o formato chapado facilitam que as peças sejam vistas de perspectivas diferentes.

A arte como herança

Com apenas 18 anos, Bruna Bortolotti, hoje com 24, descobriu na família a ourivesaria. O avô, Seu Bomfim, de 82 anos, trabalhou como vendedor de joias e avaliador de penhor, quando aprendeu ainda mais sobre os metais preciosos. Foi ele a principal referência da jovem, que decidiu se dedicar à profissão de ourives e hoje assina a marca Bortolotti.

Durante o curso de Arquitetura, na universidade, criou o hábito de desenhar constantemente. Com as criações no papel, a cearense vai até o ateliê que divide com o avô, um inventor nato. No local, é possível encontrar máquinas adaptadas por ele para a ourivesaria e que facilitam o trabalho da dupla.

 

Serviço:

LANÇAMENTO DE NOVA SÉRIE DE ACESSÓRIOS DE BRUNA BORTOLOTTI

Data e horário: 10 de maio (quinta-feira), às 21 horas

Local: Dragão Fashion Brasil Festival 2018 – Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza

Aberto ao público

Você também pode gostar leia