Enel Distribuição Ceará realiza fiscalização da fiação de telecomunicação dos postes no Sul do Estado

 

A Enel Distribuição Ceará inicia, a partir do dia 2 de maio, fiscalizações e regularizações da fiação de telecomunicação dos postes instalados no Sul do Estado. Dentre as regiões que serão fiscalizadas, estão: Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, dentre outras localidades. O objetivo da ação é retirar e adequar a fiação e equipamentos que se encontram irregulares.

Conforme as Resoluções conjuntas da Aneel/Anatel 001/1999 e 004/2014, que trata do compartilhamento de postes, as empresas devem seguir o plano de ocupação e as normas técnicas da distribuidora local. O compartilhamento é o uso conjunto de uma infraestrutura da rede de distribuição aérea com as instalações das redes de telecomunicações. A gestão é do titular do poste e o serviço se dá por meio de aluguel.

De acordo com as normas técnicas da distribuidora, podem ser feitas 6 ligações em um poste: 4 de empresas de telecomunicações, 1 da Enel e 1 do Governo do Estado, e a distância mínima para a fiação de baixa tensão em via urbana, entre a rede elétrica e de telecomunicação, é de 6 metros.

Em estudo recente da companhia, foi identificado que essas normas não vêm sendo cumpridas e muitas empresas estão sobrecarregando os postes da distribuidora, prejudicando a qualidade do fornecimento de energia e comprometendo a segurança dos clientes. Nesse estudo, foi identificado que existem cerca de 84 mil postes com irregularidades no Ceará.

A Enel iniciou as ações de fiscalização em junho de 2017, no município de Fortaleza, realizando cerca de 400 regularizações e 2 mil fiscalizações com emissões de notificação por mês. No total, já foram retiradas cerca de 12 toneladas de cabos e equipamentos que estavam em situação irregular, um total de 5.251 postes regularizados.

Para a regularização, as empresas precisam apresentar um projeto de compartilhamento de postes, ter a disponibilidade na rede e ter a autorização da Anatel.

De acordo com Carlos Falconiere, Responsável pela área de Grandes Clientes e Governo da Enel, a ação preventiva pretende reduzir a poluição visual da rede no estado e os riscos de acidentes envolvendo cabos soltos de telefonia. As empresas de telecomunicações que possuem contrato de compartilhamento foram previamente notificadas sobre a ação e sobre as normas técnicas da companhia para uso e compartilhamento dos postes.

Material reaproveitado

Os materiais retirados da infraestrutura no Ceará serão reaproveitados pela Associação dos Catadores de Independência, que contam com uma parceria com o programa Ecoenel. A associação vai produzir cadeiras, cestos e luminárias, gerando renda para os participantes.

Denúncias

Para fazer denúncias sobre uma fiação irregular, o cliente pode entrar em contato como a companhia pelo 0800.285.7887 ou pelo e-mail compartilhamento.brasil@enel.com .

Você também pode gostar leia