Fortaleza sedia I Congresso Brasileiro de Gastronomia, Ciência e Cultura Alimentar

 

 

 

O Observatório Cearense da Cultura Alimentar (OCCA), com a co – realização da Universidade Federal do Ceará ( UFC) promovem de 26 a 28 de novembro na Fábrica de Negócios do Hotel Praia Centro, o I Congresso Brasileiro de Gastronomia, Ciência e Cultura Alimentar: Cultura Alimentar, Regionalismo e Patrimônio.

O evento contará com debates e mesas temáticas evolvendo tópicos relevantes da Cultura Alimentar, Ciência e Formação do profissional de Gastronomia, dentro de uma percepção holística do fazer alimentar e gastronômico. O uso sustentável dos recursos disponibilizados pela pesquisa científica e pelos saberes dos povos é peça chave no processo formativo do profissional que atua ou atuará na área de gastronomia.

Por essa razão o Congresso pretende contribuir com o debate sobre as interfaces existentes entre a cultura alimentar, a ciência em sua perene relação com a alimentação e o processo de formação institucional de futuros cozinheiros, buscando estimular o estreitamento de relações entre os setores acadêmicos (docentes, discentes e pesquisadores), científicos, e de todos os agentes ligados à cadeia produtiva e de serviço, em busca do fortalecimento da Gastronomia e da Cultura Alimentar no Brasil.

A palestra de abertura, “Práticas, Comportamentos e Culturas Alimentares, Sociabilidades, Ritos, Crenças e Cidade”, será proferida pelo doutor em Antropologia Social, Etnografia e Etnologia pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESS), de Paris, Jorge Santiago, no dia 26 de novembro às 14h.

Docentes, profissionais da área de gastronomia e chefs de cozinha de renome local e nacional participam do evento, como os professores Cláudia Leitão e Kadma Marques (UECE), Beatriz Brandão (IFCE), José Arimatéa Barros Bezerra (UFC) e os chefs Fernando Barroso (CE), Emerson Pedrosa (RJ), Walter Dantas (RN), João Barreto (PB), Rivandro França (PE), Michel Abras (MG), Gustavo Guterman (RJ), dentre outros.

 

Jorge Santiago – possui Doutorado em Antropologia Social, Etnografia e Etnologia (1997), na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales – EHESS, Paris. Em 2007, com a monografia A obra literária de Lima Barreto, uma proto-antropologia da cidade, foi agraciado com o Prêmio Itamaraty no Concurso Internacional de Monografias sobre a obra de Lima Barreto, promovido pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Obteve o Diploma Acadêmico Interuniversitário (2016-2017) com o tema Saúde, Sociedade, Migrações, obtido no Observatório de Saúde Mental, Vulnerabilidades e Sociedade, localizado no Centro Hospitalar Le Vinatier. É Professeur des universités na Université Lumière Lyon 2. Em 2017, foi convidado a integrar o Seminário Livre de Pesquisa, do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS/UECE), proferir a conferência: Elementos de antropologia urbana e da cidade. Os etnólogos, a antropologia urbana e da cidade contemporânea. Em parceria com Marina Rougeon, seu último livro Manger avec les esprits. Offrandes, partages et soins dans l’Umbanda au Brésil et au Portugal, lançado em 2017, em Paris, acha-se no prelo no Brasil.

 

Emerson Pedrosa​​ ​- chef paulistano que passou parte da juventude em Fortaleza, onde seu pai mantém no centro da cidade o Bar do Pereira. Foi souschef por 4 anos do estrelado restaurante Roberta Sudbrack. Atualmente, comanda o Bar Kalango, eleito o Melhor Bom e Barato pela Veja Rio, onde resgata receitas do sertão que marcaram sua infância e tocam fundo a sua memória afetiva.
Fernando Barroso – economista por formação, foi na gastronomia que o chef cearense encontrou sua verdadeira paixão e vocação. Inaugurou em 2000 o Alimenta Bistrô, após fechar uma casa de carnes nobres que tinha em Fortaleza. Durante os sete anos em que o restaurante funcionou foi um dos preferidos dos fortalezenses. Ganhou por três anos consecutivos os prêmios de melhor chef, melhor cozinha contemporânea e melhor restaurante concedidos pela revista Veja. Além das consultorias e catering que realiza atualmente, escreve sobre gastronomia no Jornal O Povo, comanda o programa Ceará à Mesa na TV O Povo e tem participações nas rádios CBN e Mucuripe FM.

 

João Barreto– chef, pesquisador do folclore e profundo conhecedor da cozinha de raiz no Nordeste brasileiro. Formado nas cozinhas das fazendas e na lida do campo, é fundador da Casa de Cumpade, restaurante rural na Paraíba e espaço dedicado ao resgate cultural e tradições nordestinas, onde oferece ao longo do ano um cardápio diversificado com os produtos que cultiva na Fazenda Santana, de sua propriedade. Fundador do Festival Degustando o Brasil, evento gastronômico temático que promove a gastronomia típica regional do Brasil.

 

Michel Abras – gastrólogo e cozinheiro profissional. Mestrando em Estudos Culturais Contemporâneos, desenvolve uma linha de pesquisa relacionada às PANC´S (Plantas Alimentícias não Convencionais), com elevado valor sócio cultural e gastronômico. Professor na área de gastronomia no Senac de Belo Horizonte, com foco no aproveitamento integral dos alimentos. Co-orientador no programa Primórdios da Cozinha Mineira, atuando no pilar das Hortaliças Tradicionais, trabalho que desenvolve o resgate e a ressignificação do saber culinário nas comunidades envolvidas, trazendo à tona produtos e costumes ricos em tradição e cultura.

 

Rivandro França – dos bombons de chocolate que produzia, valorizando os sabores regionais, o pernambucano transformou-se no chef do restaurante Cozinhando Escondidinho. Recebeu o prêmio de Chef Revelação do Brasil e de Pernambuco e também foi o vencedor do Prêmio Dolmã 2016.

 

Gustavo Guterman – graduado em Gastronomia no Centro de Formação Internacional Alain Ducasse e com Pós Graduação em Gestão de Segurança de Alimentos pelo Senac/SP. Trabalhou em cozinhas nacionais e internacionais como cozinheiro e chef de cozinha. Atualmente, é coordenador de Gastronomia do Instituto Federal Fluminense em Cabo Frio. É colunista de Gastronomia da revista InFood, administra o canal de informações Guterman Gastronomia, consultor gastronômico e palestrante.

 

Rodrigo Campos – ex-presidente e fundador da Associação Cearense de Cervejeiros Artesanais. Editor do primeiro blog cervejeiro do Norte e Nordeste (www.praquevocerveja.blogspot.com). Foi o cervejeiro mais premiado no concurso nacional de 2017, ganhando 4 medalhas, além de duas medalhas na Copa Sul Americana 2017. Professor de cursos de sommelier de cerveja em Fortaleza e da equipe do Science of Beer.

 

Walter Dantas – consultor gastronômico e palestrante. Gastrólogo no Hotel Escola Senac Águas de São Pedro. MBA em Administração de Estabelecimentos em Alimentos e Bebidas. Case de sucesso do Sebrae como Jovem Empreendedor, ganhando matéria no programa Fantástico da Rede Globo.

 

Para conferir a programação completa do I Congresso Brasileiro de Gastronomia, Ciência e Cultura Alimentar: Cultura Alimentar, Regionalismo e Patrimônio, acesse: www.cgcca.com.br

 

 

Serviço:

I Congresso Brasileiro de Gastronomia, Ciência e Cultura Alimentar.

Dia: 26 a 28 de novembro de 2017

Local: Fábrica de Negócios do Hotel Praia Centro

End: Av. Monsenhor Tabosa, 740 – Centro

Você também pode gostar leia