Imagem e influência

Nota: queridos (as) leitores (as), quero pedir desculpas pelo atraso na publicação desta coluna pois estive com minha saúde bastante debilitada. Felizmente estamos de volta com força renovada para compartilhar com vocês nossas impressões.

 

Sabemos que a regência dos padrões imagéticos veio para ficar! Não dá pra imaginar um mundo sem a tecnologia e a representação visual, até em filmes de ficção científicas ambientados em décadas ou séculos no futuro faltarão muitas coisas, menos tecnologia.

Com as mudanças nas ferramentas vieram as adaptações dos seres humanos e conhecemos profissões como blogueiros, vlogueiros, digital influencer. Todas são atividades de comunicação baseadas na opinião pública, buscando atingir vários objetivos: levar o público digital a consumir, refletir, se engajar, aprender, ensinar, etc.

Como profissional de imagem estou sempre exercitando o olhar sobre como os diversos elementos podem influenciar quem está ao redor, qual o sentido de cada postura e como melhor atingir os objetivos/público dos meus clientes. Em conversa recente sobre Digital influencers, surgiu a reflexão sobre como alcançar melhor projeção e estabeleci uma relação com o processo de tomada de decisão do voto…é cientificamente comprovado que você vota em projeção, ou seja, escolhe o candidato que personifique suas aspirações, seja no modo como se veste, no conteúdo de sua fala, propostas ou estilo de vida. Assim também se dá nossa relação como “seguidores”, acompanhamos os programas que contém assuntos que nos interessam, estudamos assuntos que nos façam evoluir, nos relacionamos com pessoas que possam crescer, compramos produtos/roupas de acordo com nossas aspirações e “colecionamos” perfis de redes sociais que retratam estilos de vida que queremos, produtos que temos ou desejamos, pessoas em quem nos espelhamos.

Influenciar é personificar a projeção do seu público, atentando sempre para a autenticidade, pois o mundo da tecnologia e das imagens não permite mentiras (não adianta publicar foto de uma viagem que nunca fez ou fingir um conhecimento que não tem). A lógica do digital influencer serve para o mundo real, pois sempre estamos em projeção. Somos influenciados por várias pessoas e influenciamos outras tantas, portanto, nossa imagem precisa ser constantemente trabalhada para manter essa influência.

Lembrando que  a Imagem pessoal é uma junção de forma e conteúdo!

Para ter uma imagem pessoal correta e influenciar pessoas no mundo real e virtual é preciso no mínimo autoconhecimento, ética, formação constante na área que atua, educação e etiqueta e bom relacionamento com as pessoas.

Fiquem atentos, vocês podem influenciar pessoas, de forma boa ou ruim!

Você também pode gostar leia